One Piece RPG
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Apenas UMA Aventura
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor Mirutsu Hoje à(s) 03:07

» O Ronco do Bárbaro
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor Ghastz Hoje à(s) 02:29

» Sangue e Pólvora! O Caminho do Atirador!
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor rafaeliscorrelis Ontem à(s) 23:50

» Nox I - Loucura
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor Jin Ontem à(s) 23:18

» Unbreakable
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor Hooligan Ontem à(s) 22:05

» Bizarre Adventure: Smooth Criminal
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor Achiles Ontem à(s) 21:42

» I - Pseudopredadores
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor Domom Ontem à(s) 21:03

» Galeria Volker ~
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor Volker Ontem à(s) 19:27

» Untraveled Road
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor Layla Morningstar Ontem à(s) 19:07

» Arthas Mandrake
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor Wing Ontem à(s) 18:17

» [Ficha] Coldraz Vermiillion
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor Coldraz Ontem à(s) 16:42

» Coldraz Anne Stine
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 15:59

» Karelina Lawford
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 15:57

» O vagabundo e o aleijado
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor Tensei Ontem à(s) 15:32

» [Mini - Polyn] Sorriso afetado.
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor Polyn Ontem à(s) 15:09

» Bastardos Inglórios
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor Dante Ontem à(s) 14:14

» [Ficha] Mikhail Vermillion
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor Homero Ontem à(s) 13:43

» [Mini- Alvin] O garoto e a serpente
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor Alvin Stigma Ontem à(s) 13:11

» Latiffa Blackheart
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor Sunken Ontem à(s) 12:45

» Gato de Convês
Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Emptypor Ainz Ontem à(s) 09:37



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Chapter One - Beginning of a being without shadow

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Markito
Civil
Civil


Data de inscrição : 27/05/2013

Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter One - Beginning of a being without shadow   Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 EmptySeg 30 Jan 2017, 11:03





O pequeno jovem camaleão teve sua vida virada de cabeça para baixo, após descobrir uma garota meio gato, consequentemente também descobrindo que haviam outras raças além da sua, demonstrando felicidade mesmo não sendo a raça pela qual estaria procurando. A felicidade que estaria sentindo a pouco, mudaria no momento seguinte, pois seria quando o felino de autoridade tentaria praticamente criar uma conversa fiada sobre os pensamentos que o garoto tinha em relação aos humanos num geral serem ruins e não serem de toda verdade. ─ Se você foi roubado, a culpa é completamente sua. No mundo, o que vale é a lei da selva: Os mais fortes sobrevivem. ─ Aquela frase foi de grande impacto aos ouvidos do garoto, como se a culpa de ter deixado a garota passar pela porta com o dinheiro fosse totalmente dele, pois criar uma confusão e matar a ladra, serviria como uma demonstração de força no entendimento da civilização selvagem. ─ Se acha que vai chegar em algum lugar com esse pensamento, está muito enganado. ─ Felizmente aquele ser parecia não dar a mínima importância para uma criança do tamanho que o camaleão possuía, pois estava impondo claramente suas regras na opção de segui-lo floresta à dentro. Por outro lado, aquela era sua única opção, pois não havia prestado tanta atenção no caminho que teria percorrido para chegar no ponto atual em meio a floresta.

Somente por estar prestando atenção na ultima frase do felino, que o garoto descobriu o nome que se referia o gato quando chamava pela garota, Amélia. Aquele era um nome muito bonito para uma garota misteriosa a qual causa tanta confusão possuir. Mas, quanto ao homem que estaria fazendo a frente durante a nossa caminhada? Todos possuem um nome e geralmente o apresentam assim que se conhecem, mas por esquecimento, manter-se escondido ou simplesmente não estar com vontade de falar, acabou deixando o pequeno camaleão no escuro sem saber como chama-lo. ─ Espeeere! Estou te seguindo em meio a floresta no escuro, mas nem sei seu nome. Não poderia me falar a inicial para ter como te chamar? ─ Camaleões adoraram florestas, pois é um lugar onde praticamente tudo que se olha ao redor é de cor esverdeada, com outras poucas cores espalhadas por sua vasta área de vegetação. ─ Para onde estamos indo? ─ Era muito duvidoso o jeito dos dois felinos agirem e faltem com o pequeno camaleão, que mesmo com tantas situações ruins pelas quais passou desde que conheceu a garota, ainda estaria seguindo os mesmos.


Observações:
 

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Zura
Civil
Civil
Zura

Créditos : Zero
Warn : Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 3010
Masculino Data de inscrição : 14/02/2013
Idade : 23

Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter One - Beginning of a being without shadow   Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 EmptyQua 01 Fev 2017, 18:51

Maquei, to


Ok, eu admito que me faltou coragem este tempo todo. Só que convenhamos, sou um mink e com uma péssima fama na cidade, haja visto que fui confundido com piratas saqueadores. Não é facil conviver em público no momento. Porém já está um pouco tedioso ficar na floresta vagando por tanto tempo tentanto arrumar o que fazer, como por exemplo esperar. Esperar o que Zura? A sorte. Sim, igual àquelas fábulas, gostaria muito de um evento extraordinário que transformasse minha vida de um macaco confuso sem objetivos para algum com uma meta e saber chegar nela. Não, pera lá leitor. Eu sei o que quero: navegar. Pertencer a uma raça insubordinada ao mundo mas leal aos seus, meu ideal de confraria. Piratas!

Já cansado de me agarrar a tais ideias e ficar somente ali, finalmente pego impulso para sair. De certo meus devaneios me inspiraram a tentar alguma coisa, que fosse uma ida a cidade vazia para explorá-la e descobrir portos onde poderiam haver barcos, se fosse noite. Meu referencial era raso, era onde comprar comida basicamente. Então oras, parecia obvio que o primeiro passo seria saber o que a cidade teria a me ofertar. Caso ainda fosse cedo esperaria para tal.

Sairia em direção à cidade, ainda atento a movimentações e sons do ambiente, se eu fosse surpreendido precisaria estar preparado. Caso ouvisse algum som suspeito, desde galhos pisados à arbustos sendo amassados o seguiria de guarda alta e atento. Meu primeiro movimento se visse realmente alguém seria me esconder e observar. Sendo bem especifico: caso fosse humano ou um animal irracional tentaria me ocultar para depois - ainda com cuidado - ir para a cidade mesmo assim. Se por um milagre fosse um mink admito que minha curiosidade iria se aguçar, e minha motivação de ir por simplesmente ir para a cidade (fato que já poderia ter feito) sumiria na minha emoção de poder ser compreendido por outro da minha mesma espécie (se fosse macaco seria muito incrível, mas lagarto também serve; interessante pensar que sinto falta de ver outros iguais a mim). Neste caso o seguiria sempre tentando tomar cuidado a uma distância segura para se possível não ser visto. A perseguição silenciosa terminaria provavelmente, se eu não fosse visto com outros infinitos motivos adicionais, se eu não me sentisse confortável a fazer alguma abordagem amigável, que seria o intuito.

Não me leve a mal, mas acho que já estava beirando a locura já que não conseguia conversar com alguém.

Observações:
 

Objetivos:
 

falas diretas #EE9A49
pensamentos diretos #CDAA7D
narração/fala e pensamento indiretos (?) #EED8AE
falas ou citações de outros personagens #EEDD82


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hoyu
Olhos de Deus
Olhos de Deus
Hoyu

Créditos : 76
Warn : Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2013
Idade : 19
Localização : Grand Line - Jingle Bell Island

Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter One - Beginning of a being without shadow   Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 EmptySab 04 Fev 2017, 17:04


Zura – Floresta

Depois de muito tempo, Katsura tomou uma decisão. Ele agora queria sair dali, depois de tanto tempo, mas não seria uma tarefa fácil. Ele estava sozinho agora, e sua determinação não seria o suficiente para fazer algo assim. Ele tinha como objetivo ir para a cidade em busca de referenciais, então se pós ao caminho de lá. A noite escura deixava a floresta um tanto assustadora, mas nada que ameaçava uma pessoa que morava ali e já estava acostumada com o farfalhar comum das folhas ao vento. A luz da lua penetrava em poucos locais entre as folhas, mas hora o bastante para ser possível enxergar no local. Enquanto seguia pela trilha em direção à cidade, o mink macaco ouviu barulhos de passos vindo na direção contraria e se escondeu. Alguns segundos depois, vui três figuras andando pela floresta a dentro: Uma jovem mink felina, Um mink felino idoso e um mink camaleão jovem. Ele não esperava encontrar algom assim, então mudou seus planos e começou a segui-los de longe.

Zura e Mark – Floresta

Mark não parecia se ver contente com as declarações do idoso, mas resolveu acompanha-los pois eram os primeiros minks que via em muito tempo. O idoso não parecia se importar com a idade do camaleão, pois o tratava como adulto, como se acreditasse que quanto mais cedo aprendesse, melhor. Eles seguiam floresta adentro, até que Mark decidiu quebrar o silencio. ─ Espeeere! Estou te seguindo em meio a floresta no escuro, mas nem sei seu nome. Não poderia me falar a inicial para ter como te chamar? – O mink o respondeu sem se virar, continuando andando. - Meu nome é Irusan. – Mas o garoto não o deixou em paz. ─ Para onde estamos indo? – Amélia se virou para olhar para ele. - Não sabe ficar quieto não? – Reclamou, mas Irusan a reprendeu com um olhar. - Estamos indo para onde moramos. Lá te explicamos o porquê. – Nesse momento Mark conseguiu perceber que alguém os estava seguindo de longe. Com seus conhecimentos nessa área, não foi difícil para o mesmo conseguir perceber, ainda mais que a pessoa estava fazendo tudo errado, provavelmente por não ter treinamento na arte da furtividade. Caso Mark resolvesse falar algo ou se virar, o senhor iria colocar a mão em seu ombro, pedindo-o para ficar quieto, mas sem dizer uma só palavra. Eram movimentos muito sutis, que seu perseguidos não conseguia identificar. Chegaram então em uma casa feita de palha, mas bem feita, com um ar aconchegante. O senhor se virou quando chegaram, e foi só então que Mark e Katsura perceberam que a garota felina havia sumido. Antes que o macaco pudesse fazer algo, Amélia apareceu nas suas costas e lhe deu um empurrão com a sola do pé, fazendo ele se desequilibrar e cair em frente ao senhor e ao camaleão. - Olha só o que temos aqui. É feio seguir os outros assim. – Ao ouvir a confusão, alguém saiu de dentro da casa. - o que está acontecendo ai fora? – A dona da voz perguntou. Era uma belissima mink raposa.
Histórico do Mark:
 

Histórico do Zura:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Grupo:
 


2017:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter One - Beginning of a being without shadow   Chapter One - Beginning of a being without shadow - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Chapter One - Beginning of a being without shadow
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Conomi Island-
Ir para: