One Piece RPG
Chapter One - Beginning of a being without shadow XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» I - Conhecendo o mundo
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor Kekzy Hoje à(s) 18:34

» [FP] Kozuki Orochi
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 17:34

» Kozuki Orochi
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 17:34

» (Mini) Gyatho
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 17:30

» [Mini-Theodore]
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor Shroud Hoje à(s) 16:26

» Sette Bello
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor Pippos Hoje à(s) 14:38

» I - Pseudopredadores
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor Megalinho Hoje à(s) 13:39

» Teleton Chronicles I: Retaliação
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor Midnight Hoje à(s) 13:16

» Drake
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor CrowKuro Hoje à(s) 13:15

» Unbreakable
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor Ainz Hoje à(s) 12:20

» Cap. 1: Laços entrelaçados, as chamas da revolução se erguem!
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 12:05

» Shaanti Mochan
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor GM.Furry Hoje à(s) 08:21

» Alipheese Fateburn
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 07:59

» Evento Natalino - Amigo Secreto
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 05:17

» Nox I - Loucura
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor Jin Hoje à(s) 03:32

» Kime's here
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor Kimerado Hoje à(s) 01:35

» あんみつ - Anmitsu
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor Skÿller Ontem à(s) 21:27

» [ficha] Hinata Bijin
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 20:02

» Hinata Bijin
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 20:01

» Bizarre Adventure: Smooth Criminal
Chapter One - Beginning of a being without shadow Emptypor Achiles Ontem à(s) 18:41



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Chapter One - Beginning of a being without shadow

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : Chapter One - Beginning of a being without shadow 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 5ª Rota - Pindorama

Chapter One - Beginning of a being without shadow Empty
MensagemAssunto: Chapter One - Beginning of a being without shadow   Chapter One - Beginning of a being without shadow EmptySex 13 Jan 2017, 13:30

Chapter One - Beginning of a being without shadow

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Mark. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Markito
Civil
Civil
Markito

Créditos : Zero
Warn : Chapter One - Beginning of a being without shadow 010
Masculino Data de inscrição : 27/05/2013
Idade : 23

Chapter One - Beginning of a being without shadow Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter One - Beginning of a being without shadow   Chapter One - Beginning of a being without shadow EmptyDom 15 Jan 2017, 16:49





O pequeno camaleão, Mark, após o desagradável acontecimento ocorrido com sua colonia, o qual acabou ocasionando a perda de sua memoria, continuou a conviver em uma ilha totalmente nova para seus olhos, naqueles dias. Levando bastante tempo para mostrar grande diligência em adquirir conhecimento, a partir de caminhadas, sobre a ilha por inteira. Usufruindo de menos tempo que um humano normal conseguiria usufruir para o reconhecimento da ilha, pois o jovem camaleão pôs à sua genialidade e sua aceleração à disposição da suas expedições.

Aquela ilha inteira foi tornando-se cada dia menor, até que virou tudo tão família e pacato. Duas das coisas que para o garoto não eram nada boas; já que gostava de explorar lugares diferentes a procura daquela família que em seus pensamento provavelmente o abandonou, ou, ao menos encontrar outro minks; e era simplesmente ansioso ao ponto de ser um adorador das coisas que tem natureza ou índole agitadas ou agressivas. Tornando-os seus principais objetivos, a partir daquele momento, e desta forma deixaria para trás o tempo que passou na ilha.

O primeiro passo para o inicio de sua jornada, seria encontrar algum mercado que numa hora daquelas ainda estivesse de portas abertas. Não seria de importância alguma se o único estabelecimento aberto naquele momento fosse um mercado negro ou coisa parecida, desde que estivessem à venda as armas que o pequeno camaleão estava procurando. Levaria ao encontro do mercador com o objetivo principal.
─ Quero ver suas melhores Manoplas. Diga-me o seu preço! Nas palavras que o garoto tinha para falar com o mercador, não havia interesse algum em compra-las, mas estaria totalmente de acordo com roubar as mesmas utilizando do seu golpe baixo. Estava apenas observando onde as armas do seu interesse estariam guardadas e se havia algum meio de ser pego na calada da noite, quando colocaria seu plano em ação.

Sob a escuridão da noite, o gatuno, prosseguiria com o plano de roubar sorrateiramente a arma de seu gosto. Em seu retorno, usando de suas pericias de gatuno experiente: Arrombamento, Furtividade, Punga e principalmente a habilidade de sua espécie, à Invisibilidade. Tentaria entrar no estabelecimento (arrombamento), de modo invisível (habilidade) em silencio para não ser notado (furtividade) e, então, abrir ou destrancar algum cadeado ou fechadura (arrombamento) de onde possivelmente estariam as monoplas e tentar encontrar algum dinheiro guardadas na tentativa de levar consigo (punga).

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hoyu
Olhos de Deus
Olhos de Deus
Hoyu

Créditos : 76
Warn : Chapter One - Beginning of a being without shadow 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2013
Idade : 19
Localização : Grand Line - Jingle Bell Island

Chapter One - Beginning of a being without shadow Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter One - Beginning of a being without shadow   Chapter One - Beginning of a being without shadow EmptyQua 25 Jan 2017, 21:09


O inicio em Conami Island!


Depois de tanto tempo na ilha, aquele lugar não mais atraia a atenção do jovem mink, que agora pensava em viajar por ai. Não era uma ideia ruim, mas o jovem não estava preparado para algo desse tipo. O mesmo havia vivido a vida inteira ali, apesar de não se lembrar disso, então se quisesse faze-lo, teria que se preparar. Com isso em mente o mink saiu andando pela cidade atrás de uma loja de armas, entretanto uma coisa chamou a atenção do mesmo: Todos na rua evitavam chegar próximo a ele, e todos estavam no lado contrario a rua onde ele estava, evitando olha-lo. Infelizmente, tal tratamento era normal se tratando de um mink, mas isso não significa que não incomodaria ou irritaria Mark. Olhando ao redor, todas as lojas as quais o mink tentava se aproximar era fechadas as pressas, o que limitava bastante as opções do jovem. Em uma loja mais a frente, o vendedor acabou não percebendo a aproximação do mink até que fosse tarde demais e ele já estivesse dentro da loja. De forma geral, essa loja era bem parecida com as outras: paredes de cimento com detalhes em madeira e grandes janelas de vidro nas quais era possível ver o lado de dentro. No interior, vitrines mais vitrines  envolviam os quatro cantos d loja, cm armas enfileiradas e protegidas por uma parede de vidro trancada. Para pegar algo, era necessário a chave. ─ Quero ver suas melhores Manoplas. Diga-me o seu preço! – O vendedor fez cara feia pra o mink e respondeu de jeito arrogante. - E porque eu venderia algo para você? Trate de sair já da minha loja, que está espantando os clientes! – Apesar da péssima recepção do vendedor, o jovem viu algumas manoplas em vitrines em um canto da loja, então seu objetivo estava concluído por enquanto.

Saindo da loja, o mink voltou para onde morava e esperou. Com o tempo, o céu passou a ficar em um tom alaranjado indicando que o seu estava se ponto, e quando a lua brilhava no céu, era hora de trabalhar. Esgueirando sorrateiramente pela cidade, ele via que a maioria das casas já estava com a luz apagada, que indicava que seus moradores já haviam ido dormir. O mesmo conseguiu chegar facilmente na loja sem ser notado, e viu que a mesma estava com todas as luzes desligadas. Entretanto, foi uma surpresa para ele notar que, quando foi mexer na porta para tentar arromba-la percebeu que a mesma já estava aberta. Aproveitando a chance e entrando na loja atrás da manopla, ele viu um vulto de movendo na escuridão em um dos cantos da loja. Alguém já tinha invadido o lugar e estava o roubando. Quando os olhos do camaleão se adaptaram a escuridão do local, viu uma garota meio gato mexendo nas adagas que estavam na vitrine. Ao perceber Mark atrás de si, a garota se virou rapidamente com a adaga que roubara em mãos e a apontando para ele. - Merda! Não era para ter ninguém aqui!
Histórico do Mark:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Grupo:
 


2017:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Markito
Civil
Civil
Markito

Créditos : Zero
Warn : Chapter One - Beginning of a being without shadow 010
Masculino Data de inscrição : 27/05/2013
Idade : 23

Chapter One - Beginning of a being without shadow Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter One - Beginning of a being without shadow   Chapter One - Beginning of a being without shadow EmptyQua 25 Jan 2017, 22:47





Aquele não deveria ser o dia, nem deveria ser a hora e muito menos o lugar certo para o garoto colocar seu plano em ação, pois tudo começou de um jeito muito estranho. Primeiramente, o jeito como havia sido tratado peno dono do estabelecimento, era fora do comum, nem mesmo se importou quando Mark tentou demonstrar o interesse por uma de suas peças de maior valor. Rapidamente respondendo de um modo super arrogante e fazendo cara feia. Em seguida, mandando-o sair de sua loja sem nem ao menos lhe mostrar uma de suas peças em liquidação. Toda aquela situação, só fez com que o pequeno mink tivesse mais interesse em roubar aquele estabelecimento em especial, pois pessoas como aquele homem, arrogantes e mal-educadas, eram de fato os piores tipos de humanos na opinião do Camaleão.

Já no horário previsto de seu plano A, Mark, calmamente se locomoveu até o edifício alvo para cometer o furto, mas o segundo motivo para aquele não ser o dia certo surgiu, a porta já estaria aberta, mas as luzes continuariam apagadas. ─ Como poderia numa hora como essa as portas estarem abertas, mas as luzes continuarem apagadas? ─ Antes de montar estrategicamente seu plano, passou praticamente tudo que poderia acontecer e dar de errado pela cabeça do Genial Mink, mas infelizmente uma situação como aquela ficou fora de sua imaginação. Fazendo-o estender sua mão a porta por alguns segundos e depois prosseguir. Adentrando o interior da loja, um vulto se movimento ao canto em meio a escuridão. ─ Não, o senhor novamente!? ─ Por um curto período de tempo ficou desorientado até seus olhos se acostumarem na escuridão do estabelecimento, foi quando também conseguiu perceber que estava com as mãos levantadas para uma garota meio gato. ─ Estaria sonhando ou estou vendo outro Mink parado na minha frente!? ─ Era simplesmente incrível estar se deparando com outro mink, pois aquele era o primeiro que havia visto após a perda de memoria. ─ Estou sonhando ou você é mesma real? ─ Suas mãos desciam ao corpo novamente, voltando ao normal, demonstrando mais interesse em saber se aquela era mesmo realmente um ser verdadeiro ou parte de sua imaginação em relação ao horário, pois poderia muito bem estar sentindo sono.

Parte daquilo era uma tentativa de enganar a garota, já que sorrateiramente estava tentando se aproximar das manoplas tentando fazer passar despercebida sua movimentação.  Assim como todo Gatuno, não poderia deixar seu principal objetivo para trás, mas teria que usar de inteligencia para enganar aquela pessoa. ─ Posso perceber que você não é filha do proprietário e muito menos uma convidada do mesmo, pois está com suas mãos em algo que não te pertence no meio da noite. Além do mais, o homem que me atendeu mais cedo, parecia ser um humano de poucos amigos e gostar muito pouco de minks. ─ Tentava coagir a mulher ou ao menos fazer ela tentar entender que estariam no mesmo barco, pois os dois haviam invadido um residencia privada no meio da noite e tinha a questão da raça incomum em comum. ─ Você está aqui para roubar acertei? Sou tão gatuno quanto você. Deixe-me ajuda-la e sairemos os dois logo daqui com o que viemos buscar. ─ Em outras palavras, queria muitíssimo as manoplas, tanto que naquele exato momento estaria tentando pegar sorrateiramente sem que ela se desse conta disso, pois furtividade é uma das melhores pericias que o garoto possui.

Estaria colocando um plano B em ação: pegar a arma na qual estaria interessado, deixar a garota pegar a dela e fazer com que a mesma fuja com ele. Aquela é a primeira mink que ele vê e estava extremamente interessado em saber mais sobre a mesma, tendo várias perguntar loucas para sair de sua cabeça. Tentaria de varias formas fazer com que isso fosse possível, mesmo não aceitando seguiria ela sorrateiramente.


Objetivos:
 

____________________________________________________

Fala - Pensamento - Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Citação :
Minhas Aventuras:

[url=]Chapter One - ~x~[/color][/url]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hoyu
Olhos de Deus
Olhos de Deus
Hoyu

Créditos : 76
Warn : Chapter One - Beginning of a being without shadow 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2013
Idade : 19
Localização : Grand Line - Jingle Bell Island

Chapter One - Beginning of a being without shadow Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter One - Beginning of a being without shadow   Chapter One - Beginning of a being without shadow EmptyQui 26 Jan 2017, 14:59


Surpresa na calada da noite!

Mark não esperava algo assim. Pelo menos não hoje. Não tão cedo. A ideia de encontrar outro mink parecia tão complicada, mas em um piscar de olhos havia uma na sua frente. ─ Estou sonhando ou você é mesma real? – Ele dizia, ao volta ao normal, dissipando a camuflagem. Foi só então que a gata, que estava com a adaga apontada para onde ele estava, pareceu perceber que também se tratava de um mink. - Claro que sou. Achei que era o dono da loja, desculpa. – Ela disse, se virando novamente para a vitrine e pegando mais algumas coisas. O camaleão aproveitou a chance para ir para a vitrine onde as manoplas estavam, e notou que também estava aberta, com algumas coisas faltando. Se prestasse atenção, veria ao lado da garota uma grande sacola preta cheia de coisas que ela havia roubado. ─ Posso perceber que você não é filha do proprietário e muito menos uma convidada do mesmo, pois está com suas mãos em algo que não te pertence no meio da noite. Além do mais, o homem que me atendeu mais cedo, parecia ser um humano de poucos amigos e gostar muito pouco de minks. – A garota parou de pegar as coisas da vitrine e colocar na sacola e olhou o jovem. - É impressão minha ou você esta tentando me enrolar? Claro que sou uma ladra, ou você acha que algum dos babacas daqui atenderia de bom grande um mink? Eles são cheios de preconceito. – Disse se dirigindo à caixa registradora e pegando o dinheiro de lá. ─ Você está aqui para roubar acertei? Sou tão gatuno quanto você. Deixe-me ajuda-la e sairemos os dois logo daqui com o que viemos buscar. – O mink pegou um par de manoplas e guardou dentro da roupa. - Você ouviu o que eu acabei de dizer? Gatuno, você? Do jeito que fala, não parece. Daqui a pouco vai acordar a vizinhança inteira. E não preciso de ajuda. – A garota apoiou a pesada sacola nas costas e passou pelo camaleão, dando um esbarrão no mesmo, e seguindo pela porta dos fundos.

Caso saísse da loja, veria a garota pulando pelos telhados das casas com passos de pena que não produziam som algum e seguindo na direção da floresta, com o contorno iluminado pelo luar de uma lua nova. Caso olhasse seu bolso, notaria que, durante o esbarrão, a gata haviam lhe roubado no valor de 30.000 berries. O encontro não havia ido tão bem quando ele esperava, pois seu único contato com outro mink depois de tanto tempo estava indo embora e ele ainda por cima havia sido roubado. Felizmente, no entanto, ele havia conseguido as manoplas que queria, apesar de toda essa desventura, e era melhor ir embora antes que alguém olhasse pela janela por acaso e visse ele dentro da loja arrombada. Ser roubado poderia ser ruim, mas ser pego por roubar seria pior ainda.
Histórico do Mark:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Grupo:
 


2017:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Markito
Civil
Civil
Markito

Créditos : Zero
Warn : Chapter One - Beginning of a being without shadow 010
Masculino Data de inscrição : 27/05/2013
Idade : 23

Chapter One - Beginning of a being without shadow Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter One - Beginning of a being without shadow   Chapter One - Beginning of a being without shadow EmptySex 27 Jan 2017, 13:33





Nada do que aconteceu no desenrolar da situação constrangedora, entre dois minks gatunos estarem roubando à mesma loja, era compreensivo no momento exato do ocorrido, já que aquele era o primeiro roubo ou estivesse muito chocado ao encontrar o primeiro mink após seu acidente para perceber a mão da garota que estaria levando seu dinheiro. Percebendo somente ao sair correndo do interior da loja em busca da gata, colocando sua mão que não estaria segurando as manoplas no bolso do moletom acinzentado, não encontrando o dinheiro que estaria levando consigo. Projetando em sua mente o cenário em que estava a poucos segundos atrás e os momento exato que manteve sua atenção no rouba das manoplas e deixou a garota dar um encontrão em seu corpo, fazendo seu real movimento passar despercebido.

─ Ladrão que rouba ladrão.." ─ Aquela frase onde quem rouba um ladrão ganhará cem anos de perdão, foi a primeira coisa que o pequeno mink lembrou no momento, pois os dois eram gatunos e o camaleão acabava de ser roubado. Não deixaria aquilo passar em Branco, pois estava tratando de dinheiro, algo extremamente valioso para um gatuno e ser roubado por outro gatuno abriria um ferimento sentimental no jovem. ─ Você não vai escapar impune, terá uma consequencia bem merecida. ─ Sem tempo para perder o camaleão correu na mesma direção que viu a garota ir, enquanto tentaria usar as novas manoplas, seguindo para a floresta na forma de saltos, mas incrivelmente sem criar som algum. Não teria maneira de saber para onde a gata estava indo ou encontra-la caso não tivesse a visto ao sair do estabelecimento.

Tentaria rapidamente uma aproximação da gata correndo atrás dela pelas ruas da cidade até a floresta, pois estava lhe faltando um bom dinheiro e aquela mink seria a provável responsável pelo sumisso. ─ Ei, garota, devolva aqui meu dinheiro ou terão consequências. ─ Um grito tão alto como aquele, que o garoto havia feito em meio a uma floresta aparentemente inabitável, transmitiria o som por uma boa área a dentro da floresta, ecoando de forma rapida. ─ Estou te desafiando, aqui e agora, para uma batalha. Venha! ─ Não estavam apostando sua vida neste desafio, pois a batalha serviria somente para recuperar o dinheiro que havia perdido dentroda loja.

Objetivos:
 

____________________________________________________

Fala - Pensamento - Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Citação :
Minhas Aventuras:

[url=]Chapter One - ~x~[/color][/url]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hoyu
Olhos de Deus
Olhos de Deus
Hoyu

Créditos : 76
Warn : Chapter One - Beginning of a being without shadow 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2013
Idade : 19
Localização : Grand Line - Jingle Bell Island

Chapter One - Beginning of a being without shadow Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter One - Beginning of a being without shadow   Chapter One - Beginning of a being without shadow EmptySex 27 Jan 2017, 15:42


Desafio!

O jovem demorou alguns segundos para perceber o que havia acontecido, e que havia sido roubado. Quando percebeu já era tarde demais, e a garota já estava longe, seguindo em direção à floresta. O sentimento de indignação crescia dentro do peito do jovem, que decidiu correr atrás da gata, seguindo também na direção da floresta. Correndo o mais rápido que podia, o mink incrivelmente fazia pouquíssimo barulho, correndo sem encostar o calcanhar o chão, o que diminuía uns 70% o barulho produzido pela sua corrida. Quando chegou na floresta, percebeu que tinha perdido a garota de vista, visto que ela também era muito boa em ocultar sua presença. ─ Ei, garota, devolva aqui meu dinheiro ou terão consequências. – Gritou o mais alto que pode, mas só recebeu o silencio como resposta. Não havia motivo da garota voltar e enfrenta-lo diretamente, visto que era uma ladra. Faze-lo seria burrice, e ela sabia disso. ─ Estou te desafiando, aqui e agora, para uma batalha. Venha! – Mais uma vez, silencio. Por fim, depois de um tempo, seus chamados tiveram uma resposta, apesar de não ser a que ele queria. - Apareça, seu ladrão maldito! – O mink reconheceu o dono da voz como o dono da loja de armas que havia acabado de roubar.

Foi então que o homem entrou na linha de visão do camaleão e apontou uma espingarda para ele. - Seu desgraçado! Sabia que não prestava! Viram uma movimentação estranha na minha loja e me chamaram na hora. Só podia ser você, seu merda. Devolva tudo que roubou! – Para a infelicidade do garoto, ele só havia pego uma coisa, mas o homem não iria acreditar. As duas únicas opções para ele eram correr ou fugir, mas antes que ele fizesse algo, alguém deu um golpe do homem na nuca e fez ele desmaiar. Uma grande figura estava atrás do homem, e o jovem só conseguiu vê-lo melhor quando se aproximou. - Você está bem? – Disse um senhor de idade com orelhas de gato. - Não era para você ter me seguido, idiota! – Dizia a garota, aparecendo de trás do senhor. - Calada, Amélia! Ele é um de nós também. – em seguida se virou novamente para o camaleão. - Quem é você? Nunca te vi por aqui.
OFF:
 
Histórico do Mark:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Grupo:
 


2017:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Markito
Civil
Civil
Markito

Créditos : Zero
Warn : Chapter One - Beginning of a being without shadow 010
Masculino Data de inscrição : 27/05/2013
Idade : 23

Chapter One - Beginning of a being without shadow Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter One - Beginning of a being without shadow   Chapter One - Beginning of a being without shadow EmptySex 27 Jan 2017, 20:28





Em algum momento durante a distância em que estaria percorrendo sem nenhum conhecimento sobre o local, acabou perdendo a gata de vista, podendo ser tanto pela quantidade de coisas que poderiam atrapalhar sua visão quanto pela destreza e agilidade que teria a garota. Seus olhos somente teriam a ajuda de seus ouvidos para tentar encontra-la em meio a floresta, já que seus sentidos eram como os de um ser humano comum, não tendo nenhum aguçado se quer, mas não iria desistir do dinheiro perdido ou furtado, como queira lembrar. Infelizmente seus gritos pareciam não terem público algum, já que o silêncio deveria ser claramente percebido em meio aquela natureza. Entretanto nesse meio-tempo uma voz surgiu, fazendo-o lembrar do péssimo atendimento realizado pelo dono da loja de armas no dia anterior, pois se aquele não fosse o dono do estabelecimento seria alguém que teria uma voz extremamente similar a do senhor.

Novamente seus olhos estariam procurando pelo dono da voz que teria presenciado e de onde teria vindo, até que surge em sua linha de visão o homem que teria-o atendido na loja que acabará de roubar as manoplas. Armado com sua espingarda, faria com que a reação do garoto fosse erguer as mãos para o alto na forma de submeter a ameaça do homem. ─ Espeeere! ─ Seu tempo de fechar seus olhos e abrir novamente para ver o humano cair desmaiado diretamente ao chão. Percebendo que havia outra pessoa juntamente do homem, mas era uma grande figura e sua raça assemelhava-se a da garota que estaria procurando, só que demonstando ser mais educado que a menina perguntado até mesmo como estaria. Enquanto a garota surgiria de repente por trás da figura masculina de um gato, simplesmente falando que era um grande erro ter seguido até a floresta.

O pequeno camaleão estaria meio desnorteado, acabando de perceber que teria mais mink vivos do que só a garota que estaria perseguindo e do que ele imaginava. Eles pareciam ter tantas pergunta a mais para fazer ao garoto, do que o pequeno mink teria para fazer aos gatos que acabará de conhecer. ─ Eu.. sou.. Mark! Estou aqui atrás do dinheiro que a garota atrás de você acaba de me roubar. Posso entender roubar coisas de um humano preconceituoso, maleducado e arrogante. Mas de forma alguma vou compreender um mink roubar outro. Devolva meu dinheiro. ─ Uma série de palavras para dar uma lição de moral na garota, tentando fazer ela devolver o dinheiro que havia roubado do mink, pois ele estaria determinado a pegar de volta. Seu corpo esboçando ansiosidade e determinação porderia ser vislumbrado em seus olhos.
Observações:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

Fala - Pensamento - Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Citação :
Minhas Aventuras:

[url=]Chapter One - ~x~[/color][/url]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hoyu
Olhos de Deus
Olhos de Deus
Hoyu

Créditos : 76
Warn : Chapter One - Beginning of a being without shadow 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2013
Idade : 19
Localização : Grand Line - Jingle Bell Island

Chapter One - Beginning of a being without shadow Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter One - Beginning of a being without shadow   Chapter One - Beginning of a being without shadow EmptySab 28 Jan 2017, 11:49


Minks!

O desenrolar das coisas a frente do mink aconteceu de um jeito que ele nunca iria imaginar. De repente o vendedor da loja apareceu a sua frente, exigindo que ele devolvesse as coisas que roubou. Isso não seria um problema, entretanto ele portava uma espingarda que era apontada na direção do jovem. Mark só teve tempo de levantar as mãos em sinal de desistência antes do vendedor receber um golpe na nuca que o levou ao chão. EM um mesmo dia, o camaleão conseguiu encontrar dois minks, coisa que não havia conseguido até hoje. E a gata, Amélia, também estava lá, com o senhor. ─ Eu.. sou.. Mark! Estou aqui atrás do dinheiro que a garota atrás de você acaba de me roubar. Posso entender roubar coisas de um humano preconceituoso, maleducado e arrogante. Mas de forma alguma vou compreender um mink roubar outro. Devolva meu dinheiro. – Amélia mostrou a língua para ele.  - Não sei do que está falando. – Disse, zombeteira. - Acho que você esta cometendo um engano, garoto. Posso ter te salvado, mas não é porque somos minks que vamos nos ajudar e concordar mutuamente. Não é assim que o mundo funciona. Os humanos são todos de uma mesma raça, e mesmo assim traem e usam uns aos outros. Se você foi roubado, a culpa é completamente sua. No mundo, o que vale é a lei da selva: Os mais fortes sobrevivem. Se acha que vai chegar em algum lugar com esse pensamento, está muito enganado. – O homem começou a se virar para ir embora. - E você esta cometendo um erro grave, julgando todos os humanos pelos erros de alguns. Se você faz isso, o que o torna melhor do que eles? O mundo e grande, e existem humanos que ajudam e mink e não são preconceituosos. Se continuar com esse pensamento, não tenho o que fazer com você, mas se entende o que digo, me siga. Vamos Amélia. – O homem disse, e começou a andar floresta adentro, seguido pela garota.
OFF:
 

Histórico do Mark:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Grupo:
 


2017:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Markito
Civil
Civil
Markito

Créditos : Zero
Warn : Chapter One - Beginning of a being without shadow 010
Masculino Data de inscrição : 27/05/2013
Idade : 23

Chapter One - Beginning of a being without shadow Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter One - Beginning of a being without shadow   Chapter One - Beginning of a being without shadow EmptySeg 30 Jan 2017, 11:03





O pequeno jovem camaleão teve sua vida virada de cabeça para baixo, após descobrir uma garota meio gato, consequentemente também descobrindo que haviam outras raças além da sua, demonstrando felicidade mesmo não sendo a raça pela qual estaria procurando. A felicidade que estaria sentindo a pouco, mudaria no momento seguinte, pois seria quando o felino de autoridade tentaria praticamente criar uma conversa fiada sobre os pensamentos que o garoto tinha em relação aos humanos num geral serem ruins e não serem de toda verdade. ─ Se você foi roubado, a culpa é completamente sua. No mundo, o que vale é a lei da selva: Os mais fortes sobrevivem. ─ Aquela frase foi de grande impacto aos ouvidos do garoto, como se a culpa de ter deixado a garota passar pela porta com o dinheiro fosse totalmente dele, pois criar uma confusão e matar a ladra, serviria como uma demonstração de força no entendimento da civilização selvagem. ─ Se acha que vai chegar em algum lugar com esse pensamento, está muito enganado. ─ Felizmente aquele ser parecia não dar a mínima importância para uma criança do tamanho que o camaleão possuía, pois estava impondo claramente suas regras na opção de segui-lo floresta à dentro. Por outro lado, aquela era sua única opção, pois não havia prestado tanta atenção no caminho que teria percorrido para chegar no ponto atual em meio a floresta.

Somente por estar prestando atenção na ultima frase do felino, que o garoto descobriu o nome que se referia o gato quando chamava pela garota, Amélia. Aquele era um nome muito bonito para uma garota misteriosa a qual causa tanta confusão possuir. Mas, quanto ao homem que estaria fazendo a frente durante a nossa caminhada? Todos possuem um nome e geralmente o apresentam assim que se conhecem, mas por esquecimento, manter-se escondido ou simplesmente não estar com vontade de falar, acabou deixando o pequeno camaleão no escuro sem saber como chama-lo. ─ Espeeere! Estou te seguindo em meio a floresta no escuro, mas nem sei seu nome. Não poderia me falar a inicial para ter como te chamar? ─ Camaleões adoraram florestas, pois é um lugar onde praticamente tudo que se olha ao redor é de cor esverdeada, com outras poucas cores espalhadas por sua vasta área de vegetação. ─ Para onde estamos indo? ─ Era muito duvidoso o jeito dos dois felinos agirem e faltem com o pequeno camaleão, que mesmo com tantas situações ruins pelas quais passou desde que conheceu a garota, ainda estaria seguindo os mesmos.


Observações:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

Fala - Pensamento - Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Citação :
Minhas Aventuras:

[url=]Chapter One - ~x~[/color][/url]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Chapter One - Beginning of a being without shadow Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter One - Beginning of a being without shadow   Chapter One - Beginning of a being without shadow Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Chapter One - Beginning of a being without shadow
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Conomi Island-
Ir para: