One Piece RPG
Tem que ter karater - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 06:02

» Hey Ya!
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor GM.Mirutsu Hoje à(s) 02:56

» [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 02:55

» Enuma Elish
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 02:32

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 02:08

» [Ficha] Raveny Moonstar
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:38

» Raveny Moonstar
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:36

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 01:11

» Escuridão total sem estrelas
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 00:39

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor Kiomaro Hoje à(s) 00:27

» Arco 5: Uma boa morte!
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 23:58

» A inconsistência do Mágico
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 23:45

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor Furry Ontem à(s) 22:54

» Seasons: Road to New World
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor Volker Ontem à(s) 22:44

» Ain't No Rest For The Wicked
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor Hoyu Ontem à(s) 21:55

» I - O bêbado e o soldado
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor Domom Ontem à(s) 21:49

» Um novo tempo uma nova história
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 21:29

» Ruby Belmont
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:47

» Drake Fateburn
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:38

» Alipheese Fateburn
Tem que ter karater - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:10



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Tem que ter karater

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Tem que ter karater - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Tem que ter karater - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Tem que ter karater   Tem que ter karater - Página 4 EmptySex 06 Jan 2017, 16:32

Relembrando a primeira mensagem :

Tem que ter karater

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) civis Erickson e Jasmine. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Convidado
Convidado



Tem que ter karater - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Tem que ter karater   Tem que ter karater - Página 4 EmptySex 03 Fev 2017, 11:49

Tem que ter karater - Página 4 EMvNpuU
JASMINE
09
"Até que tá barato... isso é incrível." - não é como se aquilo a incentivasse a realizar mais transações honestas ao invés de roubar, dificilmente seria uma alternativa viável. No entanto, aquilo estava bem abaixo de seu orçamento, e sentia que em breve multiplicaria seus preciosos berries em um instante. - Eu fico com os cigarros e o isqueiro mesmo, obrigada e até! - dito isso, recolheu suas aquisições e perambulava pelas ruas de Karate Island, em busca de algo que lhe cativasse.

A nicotina lhe trazia uma paz maravilhosa, deixava que seus pulmões fossem tomados pela fumaça assassina, enquanto a expulsava tranquilamente para o céu aberto. Alguns cartazes lhe chamavam a atenção, no entanto o de uma moça loira se destacava pelo seu valor sobressalente aos demais, e sem pensar duas vezes, guardava o cartaz consigo.

O que acontecia em seguida, a pegava completamente de surpresa. Um sujeito que beirava os 2 metros se aproximava com um cartaz em mãos, sua aproximação era tão isenta da noção de "espaço pessoal" que a incomodava profundamente no mesmo instante. "Quem ele pensa que é?" - se não fossem pelas cifras indicando dinheiro abaixo da fotografia, sua resposta seria extremamente grosseira e imediata. Entretanto, ao reconhecer que se tratava do cara que passara por ela pouco tempo atrás, a fazia abrir um sorriso pouco discreto.

- Se você mentir, terei que te dar um soco. - estava prestes a mentir, quando foi atingida por tal frase. Estava tudo se desenrolando normalmente, ela simplesmente diria que nunca o havia visto e iria atrás dele sozinha, para quem sabe depois ir pegar a loira e somar um montante agradável de berries. Por outro lado, não era bem assim que a natureza de Jasmine funcionava, a parte do "soco" imediatamente amplificava sua curiosidade e naquela pequena trama que se envolvia, como se o esquisitão passasse a ser um pouco mais interessante.

- Se eu mentir, vai ter que me dar um soco, é? - e não conseguia conter o riso. Dava uma última tragada pensativa antes de atirar o cigarro para longe com um peteleco, ajeitar o chapéu e o encarar, ainda sorrindo debochadamente. - Então está bem, você vai me dar um soco. - Skylab não tiraria isso do nada, já havia se envolvido em brigas do tipo e presenciou tais dilemas paradoxais em Cactus Island. Ela o olhava esperando que entendesse o que tinha acontecido, na esperança de testemunhar algo bem engraçado.

Despreocupada, a moça aguardaria pela resposta do grandalhão para prosseguir. - Olha aqui, seu cabeça de vassoura, se quiser brigar comigo a gente resolve isso aqui agora no punho mesmo. - fazia algum tempo que a atiradora não deixava o revólver de lado para trocar alguns socos à moda antiga, e a ideia já a fazia estralar os ossos da mão como um convite à porradaria. Entretanto, não era bem isso que ela tinha em mente. Ao seu olhar, o sujeito não parecia passar de um imbecil cheio de músculos com um objetivo em comum, se ela o levasse até o cara da recompensa e juntos o derrotassem, não deveria ser muito difícil enganar o homem para levar toda a recompensa sozinha. - Só que sim, eu vi esse cara passando por aqui agora a pouco e não sabia que ele tinha uma recompensa. Ainda dá tempo de alcançar ele se a gente não se quebrar agora, ele esteve ali. - apontava para a direção em que estava vindo. - Você vem?

Deixaria no ar, caso o homenzarrão decidisse ir pelo caminho apontado, ela o acompanharia em passos largos, para não perder o procurado de vista. Caso contrário, ela o faria sozinha mesmo.

Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shiro
Pirata
Pirata
Shiro

Créditos : Zero
Warn : Tem que ter karater - Página 4 5010
Data de inscrição : 23/04/2015

Tem que ter karater - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Tem que ter karater   Tem que ter karater - Página 4 EmptySex 03 Fev 2017, 17:41

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
ERICKSON
11

A resposta da garota fez com que a mão esquerda de Erickson, que se mantinha erguida ao lado de seu rosto e fechada em um punho, mostrasse através de uma leve tremida um sinal de avanço que foi rapidamente descartado. - Hm? - O cenho franzido, o olhar um tanto que distante, a boca aberta em um círculo. Erick foi atirado em um poço de confusão. "E agora, eu dou um soco nela ou não?" Pensou, tentando decifrar as palavras obscuras daquela cowgirl. Se ele desse um soco e ela estivesse falado a verdade, sua honra iria pro ralo. Se evitasse de dar o soco e ela houvesse mentido, sua honra iria para o mesmo destino. Porém um sorriso aberto que retorcia-se em uma feição macabra formava-se em seu rosto, demonstrando que a uma resposta ele havia chegado. "Normalmente eu deixaria isso de lado, já que não tenho tempo para fracotes..." começaria a justificar para si mesmo. "Mas tenho que mostrar para essa garota que ninguém é capaz de me derrotar! Nem mesmo em joguinhos mentais!"

- Que pena, você mentiu. - Os dedos da mão esquerda de Erick se abririam, os dedos eretos e juntos apontariam para cima e Erick enrijeceria todos os músculos de seu braço, praticamente transformando-o em um pistão de carne e osso. A mão então avançaria na direção do peitoral da garota, um pouco acima de seus seios, visando acertar um golpe que descarregaria uma força moderada para não machuca-la, mas potente o suficiente para empurrá-la para trás.

- Isso não foi um soco, foi? - Diria após o golpe, enrolando o cartaz com ambas as mãos e guardando-o no elástico da calça. - Agora tem dois desfechos para esse encontro inusitado. - Diria com calma, sustentando um sorriso cínico no rosto. - Você me responde a pergunta ou você revida o golpe. - Um relâmpago de mau humor atravessaria o rosto de Erick, fazendo-o fechar a cara. - Você viu ou não o cara do cartaz?

Só que sim, eu vi esse cara passando por aqui agora a pouco e não sabia que ele tinha uma recompensa. Ainda dá tempo de alcançar ele se a gente não se quebrar agora, ele esteve ali. Você vem? - Caso isso fosse respondido, Erick daria alguns passos na direção dela, pensativo.

"Ela sabe onde ele está, porém parece que ela também quer sua recompensa... Isso pode ser um problema no futuro." Suspiraria impaciente. - Ok, eu vou. - Esticaria a mão direita pra ela ter algo no que se apoiar ao levantar. - Mas já avisando que a recompensa dele é minha. - Seria de uma falta de orgulho imenso dar a facada nas costas da garota após ela mostrar o caminho até a caça, por conta disso Erick já se explicava no começo, limpando sua mente de qualquer preocupação moralista.

Estaria disposto então a seguir a menina, caminhando ao seu lado, com ambas as mãos no bolso, intercalando o olhar entre a rua e a garota, em um misto de curiosidade e paranoia. - Eh, eu acabei não me apresentando. Eu sou Erickson Von Erbach, um nobre do reino de Fogoa, mas pode me chamar de Erick, O Orgulhoso. - Inventaria uma alcunha na hora, porém isso não seria uma mentira, mas somente a forma como a qual Erick gostaria de ser chamado. - E você é...? - Perguntaria, esperando espantar o fantasma do silêncio e constrangimento que normalmente assombra as relações com estranhos.
Histórico:
 

____________________________________________________



Ficha
| Aventura
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : Tem que ter karater - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

Tem que ter karater - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Tem que ter karater   Tem que ter karater - Página 4 EmptyDom 05 Fev 2017, 00:46

Takamoto Lisandro Adiantei um pouco.. Tomara que não tenha ficado estranho...

Sabiamente Jasmine olhava nos olhos sem sobrancelhas de Erick, e com um sorriso maroto tragava seu cigarro com prazer, jogava seu cigarro no chão com um simples peteleco e chamava o grandalhão para o pau. Por mais que a mesma seja uma atiradora, ela havia aprendido a brigar com as grandes confusões que participou, ela era diferente de uma donzela indefesa, ela era uma amazona pronta para o que der e vier.

O musculoso se encontrava em um dilema, será que ele poderia realmente a soca-la? Concluía que isso poderia manchar sua grande honra e despedaçar o seu amado orgulho, então não queria realmente machucar a moça que era atingida pelo golpe do grandalhão, ela não havia se machucado, porém seu bumbum estaria dolorido depois de cair de bunda no chão. O pugilista olhava para a garota como se ela fosse alguém insignificante que não valesse uma briga por ser tão fraca, ele não deveria subestimar as mulheres, muito menos Jasmine Skylab.

Antes de deixar a garota ali sozinha, ela admitia que avistou o alvo do caçador de piratas, se levantava apontando a direção que o mesmo havia ido, talvez se eles se juntassem e corressem agora daria para alcançar o pirata. E Erick concordava e os dois saiam em disparada à procura da recompensa pela cabeça do bandido, realmente era uma dupla estranha de se ver, uma cowgirl e um musculoso sem sobrancelhas correndo pelas ruas de Karate Island.

Declarava anteriormente que a recompensa pela cabeça do pirata seria de Erick que já havia estava a procura do pirata a um tempo, Skylab pensava que poderia tirar vantagem da ingenuidade do musculoso, mas parecia que ele era mais esperto do que parecia, será que entrariam em acordo para dividir a recompensa? Não havia tempo para discutirem o fato, o nobre de Fogoa se apresentava no meio do percurso.

Corriam, mas não encontravam o tal pirata, passando pelas ruas, encontrava um beco que tinha certa anormalidade, o beco se encontrava bagunçado, com algumas latinhas espalhadas e um latão de lixo derrubado, alguma pessoa havia passado por ali. Se eles decidissem entrar no beco, encontrariam uma entrada com a porta semi-aberta, para uma casa abandonada, sua porta verde estava acinzentada de sujeira e sua maçaneta estava enferrujada.

Mano, mano! – Dizia uma voz feminina doce. – O que foi Liza? – Dizia outra voz, era mais grossa e masculina, um homem. – Eu encontrei um esquisitão na rua e ele estava com um cartaz de procurado com seu nome e sua cara. – Ela dizia preocupada para o irmão. – Não se preocupe, pois tudo vai como o planejado, senti que estava sendo perseguido. Eles devem demorar pra chegar até aqui. – Dizia de forma séria e segura de si, se os dois estivessem abrido a porta e subido aos poucos a escada. Eles paravam de falar, o silêncio prevalecia, será que a dupla iria continuar no encalço do pirata?


Offs:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


Tem que ter karater - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Tem que ter karater   Tem que ter karater - Página 4 EmptySeg 06 Fev 2017, 16:59

Tem que ter karater - Página 4 EMvNpuU
JASMINE
10
A perseguição os levava até um beco aparentemente comum, exceto pela porta que ocultava uma casa ou algo do tipo. Pouco antes disso, o grandalhão anunciava que a recompensa seria toda dele, o que pouco importava à Jasmine. "Se for preciso, levo os dois na bala e fico com tudo sozinha." - sua confiança vinha do julgamento precoce do homem, não o considerava mais perigoso do que qualquer outra pessoa que havia encontrado até agora. - Erickson von Erbach? Acho que de nobre você não tem nada, senão não estaria se enfiando em becos como esse. Meu nome é Jasmine Skylab. - a garota desconhecia o tal reino de Fogoa, e até duvidava se aquele lugar realmente existia, tampouco engolia a história de nobreza. Quanto mais tempo passava com ele, mais certeza tinha de que era só um maluco.

- Vamos por aqui. - a atiradora conhecia bem as artimanhas da rua, e sentia um enorme potencial vindo daquele beco. Ela se abaixava rapidamente e pegava uma latinha, examinando-a como se aquilo fizesse sentido. Baixava o tom da voz e indicaria a porta com o dedo. - Tenho certeza que ele está aqui, vai na frente você, eu fico assim fora pra garantir que ninguém vai fugir ou emboscar a gente. Qualquer coisa dá um grito e é isso aí.

Caso Erickson discordasse com aquela tática e exigisse que ela não o deixasse entrar sozinho - ou sugerisse que invertessem os papéis -, ela cederia com um sorriso. - Tá bom, eu imaginei que você fosse ficar com medo. - e o acompanharia pelo interior do edifício.

Independente de onde ela estaria, sua postura sempre seria de alerta. Manteria já a pistola fora do coldre para poder disparar rapidamente. Seus olhos correriam todo o espaço para não perder nada: rotas de fuga, locais para se esconder, possíveis passagens ou armadilhas. Se não estivessem correndo, Jasmine procuraria suavizar seus passos para fazer menos barulho, embora não achasse que o grandalhão conseguisse executar o mínimo de furtividade.

Entretanto, se seu posto fosse decidido como ficar do lado de fora, ela examinaria cada canto daquele beco, e contornaria rapidamente os muros dos arredores para identificar possíveis locais de fuga, como janelas ou espaço entre grades ou barras.

Caso se visse em uma situação de combate, sua estratégia seria bastante banal. - Ora, não quero perder muito tempo aqui, vou dar a chance de você se entregar e... - antes que terminasse a frase, traiçoeiramente levaria a mira de seu revólver e dispararia contra seu alvo na altura do peito, realizando dois ou três disparos seguidos. Esquivaria-se com saltos curtos para evitar golpes, para a direita ou para a esquerda, enquanto ainda não tivesse identificado com o que estava lidando. Não deixaria ninguém fugir, neste caso procuraria acertar a mesma quantidade de tiros do quadril para baixo do fugitivo.

Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shiro
Pirata
Pirata
Shiro

Créditos : Zero
Warn : Tem que ter karater - Página 4 5010
Data de inscrição : 23/04/2015

Tem que ter karater - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Tem que ter karater   Tem que ter karater - Página 4 EmptyQui 09 Fev 2017, 21:31

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
ERICKSON
12
O beco circundava-os, tanto com construções como com sujeira, trazendo uma sensação claustrofóbica ao homem sem sobrancelhas. Sua audição permitiu que toda uma conversa suspeita fosse ouvida por Erick. - Estão falando de nós. - Comentou em voz baixa para Jasmine, que acabava de falar seu nome após caçoar da nobreza de Erick. Havia aprendido seu nome pouco tempo antes de entrar no beco, ouviu a garota falar, porém de forma muito superficial, pois seus olhos estavam perdidos no horizonte, procurando pela misteriosa garota que antes lhe havia dado uma informação. Por conta de sua desatenção, a única coisa que conseguia se lembrar com clareza era seu nome e o fato dela portar uma chamativa arma em sua cintura.

- Ir na frente? - Indagou Erick, colocando o dedão levantado sobre o peito. - Você é tão covarde assim? Pistoleiros... - Abanaria a cabeça, com os olhos fechados, em sinal de desaprovação.

Seus passos cessariam quando chegasse cerca de trinta centímetros da porta, sua mão direita com a palma totalmente aberta empurraria a porta com força, escancarando-a. Seus joelhos flexionariam e seu tronco seria jogado para trás em um pulo, recuando.  - Parece que a previsão deu errada. CHEGAMOS ANTES! HAHA ANTES! HAHA - Gritaria em júbilo, enquanto pousaria alguns metros atrás, na lateral da porta, permitindo que o espaço ficasse livre para Jasmine atacar.

Após o ataque da jovem, caso os oponente ali ainda estivessem, Erick avançaria novamente na direção da porta com passos rápidos, inclinando levemente o corpo para frente. Sua mão esquerda se fecharia em um punho, e quando Erick atravessasse o umbral, correria na direção de um dos irmãos que estivesse mais próximo, e quando estivesse perto o bastante, sua mão avançaria, de baixo para cima, em um golpe no queixo do indivíduo.

Para se defender, Erick daria dois ou três passos curtos e rápidos para o lado, girando o corpo no centro do próprio eixo, para se ver longe de golpes de longa distância. Para um ataque próximo, flexionaria os joelhos e então recuaria em um pulo breve para trás, quando seus pés pousassem no chão novamente, inclinaria a cabeça para frente, como se fosse um touro, e então daria dois largos passos para frente, na tentativa de cabecear o peito do adversário como forma de contra ataque.
Histórico:
 
[/quote]

____________________________________________________



Ficha
| Aventura


Última edição por Porco em Seg 13 Fev 2017, 17:15, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : Tem que ter karater - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

Tem que ter karater - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Tem que ter karater   Tem que ter karater - Página 4 EmptySab 11 Fev 2017, 00:57

Takamoto Lisandro Curto!

[justify]Estava certo que naquela casa abandonada podia ser encontrado o peixe dourado que os dois caçadores de recompensa queriam, porém não seria uma tarefa muito fácil conseguir capturar um pirata com uma recompensa bem alta. Os dois formavam o plano, Skylab queria deixar que o grandalhão fosse à frente, usar um corpo cheio de músculos como escudo era uma estratégia inteligente pra não levar nenhum tipo de dano, ela também poderia ir a frente, mas o orgulhoso nobre indagava a atitude da jovem que afrontava sua honra, é claro que ele iria na frente acabaria com todos que estariam ali.

A pistoleira ficaria vigiando a porta enquanto Erick teria que se aproximar e invadir o território do pirata, ele empurrava a porta com força e a fazia bater com força na parede dali ecoando um som alto no estabelecimento, recuava rapidamente e gritava incessantemente que não havia saído como o pirata havia previsto, porém ao perceber sua “amiga” não fazia disparos, pois apesar de alerta o plano entre eles não havia sido feito, além do que a porta conectava a uma escada que ia ao segundo andar deste prédio abandonado.

Se o plano era fazer um ataque surpresa, ele foi para culatra assim que o musculoso abriu a porta com força e gritou. Naquele momento, nenhum único som pode ser ouvido além do ranger da porta enferrujada. Estavam em uma situação desvantajosa, perderam o elemento surpresa da batalha e teriam que fazer o reconhecimento do local ao subir as escadas de maneira minuciosa e alerta para não serem atacados de surpresa.

Não se sabia se o andar de cima havia outra saída além daquela porta, porém tinham certeza que o pirata sabia que os dois estavam indo e estava preparado para atacar assim que tivesse a chance, seriam dois contra dois, quem venceriam o duelo? Piratas ou Caçadores?


Offs:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


Tem que ter karater - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Tem que ter karater   Tem que ter karater - Página 4 EmptySeg 13 Fev 2017, 18:12

Tem que ter karater - Página 4 EMvNpuU
JASMINE
11
Qualquer tentativa de uma aproximação furtiva ia por água abaixo quando o grandalhão se enfiou feito um brutamontes na casa e gritou feito um louco. Além disso, revelava que não estava sozinho ao dizer "chegamos antes", o que aumentaria o estado de alerta dos piratas. O silêncio seguido da ação desastrosa deixava claro que Erick não se metera em nenhuma luta ou perseguição, caso contrário já seria possível ouvir no mínimo uma resposta. Jasmine não esperava muito de Erickson, mas a sucessão de falhas a fazia levar a mão ao rosto em um gesto de impaciência.

- Ai ai... melhor não deixar esse asno sozinho. - suspirava. Apesar disso, continuava esperançosa de que arrancaria uma boa recompensa de tudo aquilo. Antes de entrar na casa, ela ficaria mais alguns segundos do lado de fora, examinando meticulosamente possíveis rotas de fuga com o auxílio de sua visão sensível. Assim que estivesse certa de que era perda de tempo permanecer ali, adentraria o recinto e ficaria atenta aos pormenores do interior: janelas, armários, tábuas ou móveis - o que pudesse proporcionar locais para fugir ou se esconder.

- Ande, eu te cubro. - cochicharia ao sujeito com um tapinha no ombro para que ele se adiantasse. Jasmine permaneceria atrás dele, com a arma empunhada e com a mira por cima dos ombros do boxeador na medida do possível, por conta de sua altura. Sabia que aquilo o iria incomodar bastante, ninguém gostava muito de estar sob a mira de uma arma, tampouco de um desconhecido em um lugar tão "emboscável".

A jovem não se descuidaria de sua retaguarda. De vez em quando olharia para trás, para ver se não os estavam seguindo ou tentando fugir. Caso se envolvesse em um combate, atiraria primeiro com o cuidado de não atingir o parceiro, e sim a altura do peito de seu alvo. Se a luta acontecesse em um lugar mais espaçoso, sua estratégia seria permanecer na retaguarda, de forma que seus disparos estivessem mais longe de Erickson.

Caso fosse pega de surpresa, defenderia-se com esquivas bastante básicas, como saltos para se afastar dos ataques, e contra-atacaria com um chute no quadril de seu oponente para fazer com que ele se afastasse. Dispararia se estivesse a uma distância segura, no intuito de atingir abaixo da cintura do seu agressor e possivelmente o imobilizar. Se a aproximação fosse inevitável, não hesitaria de posicionar a arma no coldre e avançaria com os punhos, desferindo uma sequência simples de socos entre direita, esquerda, direita sem muita técnica, mas aplicando o máximo de força que conseguisse.

Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shiro
Pirata
Pirata
Shiro

Créditos : Zero
Warn : Tem que ter karater - Página 4 5010
Data de inscrição : 23/04/2015

Tem que ter karater - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Tem que ter karater   Tem que ter karater - Página 4 EmptyQua 15 Fev 2017, 23:57

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
ERICKSON
13
- Me cobrir? - Lançou um olhar para ela por cima do ombro, fazendo um beicinho com a boca. - Ok, sem problemas. Trabalhar em equipe também é a atitude de um homem honrado. - Daria de ombros, voltando a olhar para cima e começando a subir as escadas. Manteria ambos os punhos fechados na frente das bochechas, com os olhos mirando para cima na escada, prontos para captar algo estranho.

Seus passos seriam lentos, um de cada vez, o mais suave possível, para não emitir som. Sua audição aguçada seria crucial para seus próximos passos, Erick se manteria atento a qualquer som estranho ou repentino, e caso escutasse tal coisa, logo trataria de descobrir, através de sua habilidade auditiva, a fonte do som. Com tal fonte descoberta, olharia para trás, na direção de Jasmine e apontaria para a direção de onde o som provavelmente saiu com o queixo, e então voltaria a continuar a avançar.

Ao subir totalmente as escadas, continuaria avançando reto ou na direção da porta mais próxima, com os olhos inquietos caminhando por todo o cômodo.

Caso algum golpe próximo lhe fosse desferido, um pulo diagonal para trás, na direção contrária da onde a arma de Jasmine estivesse posicionada, seria desferido, tentando sair da zona de ataque do adversário e deixando o caminho livre para a pistoleira fazer o seu trabalho.

Se fosse um golpe a distância, Erick franziria o cenho, abriria a mão direita e então avançaria com a mão na direção do projétil como se sua mão fosse uma cobra dando um bote, agarrando o que é que estivesse sido arremessado e aplicando força suficiente na musculatura da mão e do braço para bloquear o avanço do objeto. - Eu que te cubro. - Diria para Jasmine, caso houvesse impedido o avanço do objeto, lançando um sorriso de olhos fechados para a mesma.
Histórico:
 
[/quote]

____________________________________________________



Ficha
| Aventura
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : Tem que ter karater - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

Tem que ter karater - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Tem que ter karater   Tem que ter karater - Página 4 EmptySex 17 Fev 2017, 21:47

Takamoto Lisandro Muito texto, se algo ficar confuso tenho skype e talz, e também podem mandar MP!

Os passos dos dois eram vagarosos e firmes, subiam a escada com segurança e certeza que ali encontrariam o prêmio de toda a perseguição. A escada estava destinada a acabar no segundo andar daquela casa abandonada, as paredes eram estreitas e o orgulhoso aceitando que a pistoleira andasse ao seu lado o dando apoio era de fato trabalho em equipe, será que duas pessoas que acabaram de se conhecer teriam esta mesma atitude em uma batalha de duplas? Apenas a batalha que se aproximava diria se tudo ocorreria bem ou os dois se atrapalhariam, terminando de subir as escadas o primeiro passo era de Erick, seus ouvidos afiados captavam uma movimentação acima deles, a pistoleira sempre com a mira sob o ombro do boxeador estava atenta, porém sua audição não era tão boa quanto a do grandão.

Uma gota de suor caia lentamente ao chão assim como um homem de cabelos caia em direção aos dois que haviam entrado na sala daquele local, sua adaga segurada pelas duas mãos em direção das costas de um deles, mas o grandalhão alertava sua parceira que surpreendida atirava no pirata, a bala atingiria o peito do bandido se ele não tivesse dado um chute na parede próxima e saído da direção do disparo. O grandalhão e a atiradora agora estavam um do lado do outro encarando o rosto do pirata que valia em uma sala bem rudimentar, feita basicamente de madeira e possuía duas portas que conectavam a aquele cômodo. Possuía também duas janelas que iluminavam a sala com raios naturais do sol.

A sala era espaçosa, não teriam tantas dificuldades para movimentação, a escada conectada com a sala não tinha uma porta, se ele fosse empurrado cairia abaixo de cara. Os dois encaravam o pirata que aterrissava firme no chão, ele agora se ajeitava e lambia seu lábio inferior e depois puxava outra adaga de seu cinto e ficava em posição. – O que vocês querem aqui? Não fiz nada! – Afirmava o bandido, uma coisa estava estranha, onde estaria a garota que Erick havia visto antes? Por mais que fosse silencioso, o som de passos vindo do quarto próximo aos dois eram ouvidos pelo musculoso, sua audição não falha, a porta se abria abruptamente e de lá a bela garota com duas adagas, Skylab não tinha qualquer noção de como o boxeador sabia que ela vinha de lá, no entanto, ele recuava e empurrava a atiradora para não levar o golpe, ele queria recuar em diagonal para que a atiradora estivesse em posição de atirar, como antes, a atiradora não fazia ideia da movimentação da loira e o mesmo não havia a sinalizado devidamente, tudo foi tão rápido.

Sabendo que o quarto de onde a loira saiu estava ao lado dos dois, o grandalhão não podia se esquivar devidamente e levava um corte superficial em seu peito e afastava Jasmine do golpe que era empurrada pelo corpo de Erick. Os dois piratas agora estavam visíveis, o moreno ao norte e a loira ao oeste, eles cercavam os caçadores de piratas, a loira estava mais perto cerca de 2 metros dos dois e o pirata estava a 5 metros. – Não fizemos nada, se saírem não teria que eliminar os dois! – Dizia o pirata de modo rude, a irmã olhava para o pirata com o olhar preocupado com algo, e depois voltava a encarar os caçadores. – Isso! – Assentia.

A sala tinha algumas colunas pequenas conectadas no chão ao teto, destruir as colunas de sustentação poderia ser uma tragédia para ambos, pilastras de madeira poderiam ser usadas pelos piratas. A mira mais limpa seria na do pirata ao norte, a loira sabia que atiradora poderia acerta-la a curta distância e usava o grandalhão como obstáculo a sua mira. Dali iniciaria um combate entre as duplas. Jasmine&Erick VS A dupla de irmãos piratas!


Offs:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Tem que ter karater - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Tem que ter karater   Tem que ter karater - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Tem que ter karater
Voltar ao Topo 
Página 4 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Arquipélago Wushu-
Ir para: