One Piece RPG
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» On The Top Of The World
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor Ceji Hoje à(s) 21:32

» A justiça não é cega!
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor Van Hoje à(s) 20:27

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor Kiomaro Roshiro Hoje à(s) 18:06

» There's no good man in the west
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 17:45

» The Victory Promise
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor Apoo Hoje à(s) 16:58

» Red Albarn e o Alvorecer de um Herói
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor GM.Doodles Hoje à(s) 15:22

» [Mini-Handa] Uma beleza preguiçosa
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor Handa Hoje à(s) 05:11

» Al mare!
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor Fanalis B. Ria Hoje à(s) 05:00

» Vermelho
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 04:15

» Ficha - Dylan Jones
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 02:31

» Dylan Jones
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 02:30

» [MINI - Gon Vinteluas] *SENHORAS E SENHORES!*
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:16

» [MINI-Yahikko] - A partir do zero!
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 20:32

» Una Regazza Chiamata Pericolo
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor Vrowk Ontem à(s) 20:03

» Unidos por um propósito maior
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor madrickjr Ontem à(s) 17:22

» [MEP] 01 | Eco
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor DJ GBR Ontem à(s) 17:06

» [MINI - DJ GBR] 01 | Eco
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor DJ GBR Ontem à(s) 17:03

» Faíscas da Revolução
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor K1NG Ontem à(s) 13:46

» O Sapo Mágico
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor K1NG Ontem à(s) 13:15

» Apresentação 3 - Falência Abrasiva
Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 12:06



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Congelando até o Sangue e os Ossos

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 47
Warn : Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Congelando até o Sangue e os Ossos   Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 EmptyQui 22 Dez 2016, 16:40

Relembrando a primeira mensagem :

Congelando até o Sangue e os Ossos

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Sckarshantallas Akuma. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Sckar
Membro
Membro


Data de inscrição : 13/11/2012

Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: Congelando até o Sangue e os Ossos   Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 EmptySex 26 Maio 2017, 03:04

Sckar ouvia Matarazzo em silêncio, mas este começou à lhe fazer umas perguntas, então ele iria respondendo à medida que eram feitas:

Matarazzo escreveu:
- Você é um bom ator...  Não está a fim de atuar em prol da sociedade?

- "Em Prol da Sociedade", é?

Matarazzo escreveu:
- Ele olhou nos olhos do rapaz, tentando descobrir o que havia por trás. - Pode me ajudar e ganhar uma boa quantia em berries. Tudo o que precisa fazer é servir de distração em uma emboscada.

- Como assim?

Matarazzo escreveu:
O salão já estava quase vazio, restando apenas Sckar, Santinno e a Bartender que observava desconfiada. - Se estiver interessado, vá ao observatório Colev, no sul da ilha.  É um lugar em que os namorados costumam ir pra dar uns amassos.  Tem uma bela vista por lá.  Ao chegar lá, observe e identifique-se a qualquer um como Katsu Noitra... Os vendedores certamente reconhecerão esse nome, e o Sicário virá atrás de você.  Não sei com que intenção, mas virá.  Não se preocupe, estarei por perto quando precisar.  E aí? Aceita?

- "Katsu Noitra"?

Repetiria o artista para memorizar mais facilmente o nome que lhe fora dito. Enquanto isso coçaria seu queixo com a mão direita e olharia Matarazzo bem nos olhos, tentando interpretar o olhar deste como quem tenta "ler a alma" do outro.

- Você mencionou uma quantia em bellies... De quanto estamos falando? Quanto você me oferece para servir de isca para um assassino profissional procurado?

O artista aguardaria a resposta e responderia:

- Irei pensar... Se concordar, seguirei suas instruções!

Matarazzo escreveu:
- Ele então olhou para a Bartender, que queria expulsá-los do lugar.  - Não temos muito tempo.  Mas pode fazer isso a qualquer hora que estiver preparado.

Sckar então diria:

- Então vou indo, por enquanto... Qualquer coisa, já saberei como encontrá-lo. Bastará ir ao observatório Colev, ao sul da ilha. Que é um lugar em que os namorados costumam ir pra dar uns amaços. E tem uma bela vista por lá.... Ao chegar lá, devo observar e me identificar a qualquer um como "Katsu Noitra"... Os vendedores certamente reconhecerão esse nome, e o Sicário virá atrás de mim. Então você estará lá para me defender e pegá-lo. Certo? Bem... me espere lá, se eu decidir ir, você estará à postos, senão... verá que não fui e amarelei!
Ok?


Diria o artista que faria um aceno para Matarazzo com a mão direita, deixaria a caneca com sua bebida na mesa mais próxima sem terminá-la (ainda não havia bebido nem metade), caminharia até a porta, abriria-a e sairia do bar. Mas antes de fechar a porta após sair, olharia para trás, por cima dos ombros e daria uma "piscadinha" com o olho direito e um sorriso, para "xavecar" a bartender de longe. Fecharia a porta e sairia pelas ruas do vilarejo, se misturando ao povo o mais rapidamente que conseguisse.

Ele olharia bem o como o povo se comporta. Coisas como gestos, palavras mais usadas, entonação da voz, palavras que nunca eram usadas e tudo mais que pudesse ser útil para parecer um nativo.
E quando tivesse acumulado informações o bastante, aproximaria-se de alguém e perguntaria da melhor maneira possível, para parece alguém nativo e que estava viajando por muito tempo, alguém que houvesse acabado de retornar de uma longa viagem e estivesse pedindo por informação:


- Oi, por favor... Você já ouviu o nome Katsu Noitra? Sabe quem é?

Sckar tentaria não baixar a guarda, falaria baixo, com as costas rente à alguma parede ou qualquer outra coisa que protegesse-o de um ataque por trás. Olharia para os lados, sem mover a cabeça, para não chamar a atenção e não parecer suspeito, mas também para não ser pego desprevenido. O artista estava desconfiado e não pretendia se deixar ser feito de "trouxa" por ninguém. Nem por piratas, nem por caçadores de recompensa e nem por marinheiros...

Algo está fedendo nessa história! Preciso investigá-la direito, antes de me envolver ainda mais...

Pensava o jovem. Que havia contado algumas mentiras para Matarazzo, mas quais seriam essas mentiras? E o que ele pretendia com isso?

OFF:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shogo
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Shogo

Créditos : Zero
Warn : Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 15/03/2013
Idade : 25
Localização : Farol

Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: Congelando até o Sangue e os Ossos   Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 EmptyDom 28 Maio 2017, 10:31

- Você mencionou uma quantia em bellies... De quanto estamos falando? Quanto você me oferece para servir de isca para um assassino profissional procurado? - Sckar estava certo. Precisava investigar antes de entrar em um imbróglio tão perigoso. - Por volta de 5 milhões. Já dá pra fazer uma festinha não é mesmo? - Santinno então sorriu, discretamente.

- Então vou indo, por enquanto... Qualquer coisa, já saberei como encontrá-lo. Bastará ir ao observatório Colev, ao sul da ilha. Que é um lugar em que os namorados costumam ir pra dar uns amassos. E tem uma bela vista por lá.... Ao chegar lá, devo observar e me identificar a qualquer um como "Katsu Noitra"... Os vendedores certamente reconhecerão esse nome, e o Sicário virá atrás de mim. Então você estará lá para me defender e pegá-lo. Certo? Bem... me espere lá, se eu decidir ir, você estará à postos, senão... verá que não fui e amarelei!
Ok?
- O espadachim então acenou com a cabeça, e ambos se retiraram do lugar, e seguiram em direções opostas. Ainda houve tempo para uma xavecada na bartender, mas esta o ignorou completamente.

Já nas ruas congelantes de Fernand Ice Island, poucas pessoas podiam ser vistas. Um homem carregando um carro de mão cheio de couro tentava passar com dificuldades por um obstáculo de gelo, quando Sckar se aproximou para algumas perguntas. - Oi, por favor... Você já ouviu o nome Katsu Noitra? Sabe quem é? - Então o velhote tirou um pouco da neve de cima dos olhos, e observou o garoto. - Katsu Noitra? Nunca vi… Mas dizem que vale alguma coisa no East Blue. - Disse o homem que tentava insistentemente passar com o carrinho pelo local, falhando miseravelmente. - E que tem uma boa pontaria… Não se envolva com piratas rapaz… - Aconselhava o velhote, e depois dava uma piscadela com seus olhos remelentos.


Histórico:
 

off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Por levantar questões filosóficas de grande relevância:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sckar
Membro
Membro
Sckar

Créditos : Zero
Warn : Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 33

Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: Congelando até o Sangue e os Ossos   Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 EmptyDom 28 Maio 2017, 15:20

Sckar ouvia e observava o senhor, por isso resolveu ajudá-lo e não por dó ou qualquer coisa do tipo, mas sim como se "pagasse" pela informação.

- Com licença, deixe eu desatolar para você!

Diria e então iria para trás do carro de mão, olharia atentamente as rodas e depois se agacharia e com as mãos tentaria tirar a neve do redor das rodas, para depois sim levanta o carrinho e desatolá-lo para o senhor. Enquanto isso, faria mais uma pergunta:

- Então ele é um pirata do East Blue? Sabe de alguém que poderia me dar alguma informação mais precisa sobre ele, senhor? É que meu tio tinha esse nome escrito em seus pertences e eu estava querendo saber quem é essa pessoa e qual a relação com meu tio. Agora que você disse isso, fiquei preocupado que ele tenha sido morto por um pirata... Apesar de eu não conseguir imaginar o porque um pirata o mataria... Bem, tenho muito à investigar ainda. Então se puder me ajudar com qualquer coisa, eu o agradeceria muito.

Contaria uma nova mentira para sensibilizar o senhor após ajudá-lo à desatolar o carro de mão,
ou ao menos tentar desatolar. Depois de ouvir a resposta do senhor, agradeceria e iria embora.


- Muito obrigado, senhor.

Depois disso iria para o lugar comentado pelo senhor, caso ele tivesse dado alguma informação válida. Senão andaria à esmo, procurando algo que chamasse sua atenção para procurar novas informações. Quando encontrasse alguém que pudesse perguntar, fosse indicação do senhor ou não, perguntaria:

- Com licença, estou querendo saber se conhece Katsu Noitra, por favor.

OFF:
 

____________________________________________________

Objetivos:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shogo
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Shogo

Créditos : Zero
Warn : Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 15/03/2013
Idade : 25
Localização : Farol

Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: Congelando até o Sangue e os Ossos   Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 EmptySeg 29 Maio 2017, 00:55

Sckar então tomou a frente do serviço, ajudando o velho a desatolar o carro de mão.  O homem agradeceu ao jovem, que não parava de perguntar coisas. - Então ele é um pirata do East Blue? Sabe de alguém que poderia me dar alguma informação mais precisa sobre ele, senhor? É que meu tio tinha esse nome escrito em seus pertences e eu estava querendo saber quem é essa pessoa e qual a relação com meu tio. Agora que você disse isso, fiquei preocupado que ele tenha sido morto por um pirata... Apesar de eu não conseguir imaginar o porque um pirata o mataria... Bem, tenho muito à investigar ainda. Então se puder me ajudar com qualquer coisa, eu o agradeceria muito. - O velhote vendedor de peles então coçou o queixo, e então arregalou os olhos.

- Sim! Eu sei quem! Jack com certeza pode lhe explicar melhor! - Então ele apontou para um iglu ao final da rua. - Siga até aquele iglu, e ao passar por ele vire à direita.  É fácil chegar até a residência de Jack.  É a que tem pedras de gelo amareladas, quase na costa da ilha.  Jack vai saber te explicar tudo, ele sabe de tudo! - O velhote então sorriu e continuou sua caminhada pela gelada Fernand Ice Island.

O frio só parecia aumentar, então Sckar se via pressionado a sair do meio da rua.  Seria melhor procurar abrigo o quanto antes.  Então o jovem seguiu as indicações do vendedor, e chegou a um iglu um tanto pequeno, com as paredes amareladas por fora. Ficava perto de um pequeno precipício, onde as ondas do mar se chocavam frias como aquela cidade.

Percebeu então que olhos fundos o observavam de uma pequena janela naquele iglu, e decidiu então perguntar. - Com licença, estou querendo saber se conhece Katsu Noitra, por favor. - Seco e direto, Sckar nem tivera a educação de se apresentar primeiro.  Talvez não tenha sido sem querer. - E a quem devo a honra de tal visita? - Os olhos que lhe observavam pareciam familiares, mas o rapaz ainda não podia ter certeza. - Saia deste frio rapaz.  Entre e conversaremos… - Convidou-lhe o dono de uma voz gutural.


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Por levantar questões filosóficas de grande relevância:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sckar
Membro
Membro
Sckar

Créditos : Zero
Warn : Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 33

Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: Congelando até o Sangue e os Ossos   Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 EmptySeg 29 Maio 2017, 08:40

Sckar ouvia a voz gutural falando e perguntando seu nome, então ele diria com a voz trêmula de frio:

- Sou Sckar e o senhor é...?

Sckar testaria para ter certeza que aquele era Jack. Ao primeiro momento, foi seco e direto, pois se aquele fosse algum inimigo potencial, talvez o atacasse, mas não foi o que aconteceu, porém nem por isso o artista baixou a guarda.

- Obrigado, com licença.

Diria o artista ao ser convidado à entrar, ele estava com muito frio, precisava entrar, mas não entraria à cegas. Ele olharia muito bem ao seu redor antes de entrar, para saber se não era seguido, depois só entraria observando o interior do iglu, para não ser surpreendido por algum oponente. Se assim o fosse, sacaria sua Katana rapidamente para defender-se. Mas caso não houvesse nenhum perigo imediato, ele apenas olharia para o seu anfitrião e diria com um sorriso:

- Me disseram que o senhor conhece bem o Katsu Noitra... O senhor era pirata também?

Sckar mentia novamente, "jogando verde" para ver o que teria como resposta.

OFF:
 

____________________________________________________

Objetivos:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shogo
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Shogo

Créditos : Zero
Warn : Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 15/03/2013
Idade : 25
Localização : Farol

Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: Congelando até o Sangue e os Ossos   Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 EmptyQui 01 Jun 2017, 00:56

- Sou Sckar e o senhor é...? - Perguntava o garoto ao dono da casa, que o olhava por uma pequena janelinha. - Sou Jack. Entre, o frio vai piorar. - E então o convite foi aceito pelo garoto, que estava congelando ali do lado de fora.

...

Sckar agradeceu o anfitrião e observou por dentro de seu iglu. O lugar era confortável, com peles de urso sobre todo o chão. Já o dono da casa era nada mais nada menos que o assassino no bar. Sckar agora podia ver com clareza.- Me disseram que o senhor conhece bem o Katsu Noitra... O senhor era pirata também? - Perguntou o rapaz, já esperando uma resposta certa.

- Não sou pirata… O homem então deitou sobre um amontoado de peles. - Fui convidado a me entregar à marinha, mas tá aí algo que eu não faria de modo algum.. - Ele então pegou uma adaga e a desembainhou. - Esqueça o Katsu… Ele era só um babaca que fez algumas merdas e se tornou um pirata. B$12 000 000,00 de recompensa por fazer baboseiras… - O homem tinha umas cicatrizes na cabeça. Era realmente assustador. - Quer saber o motivo de eu ter matado aquele cara?... - Ele então quase esperou por uma resposta de Sckar, antes de continuar.

- Ele era um homem perigoso… Mais do que eu ou você. - Foi então que ouviu-se uma explosão que estremeceu o iglu, mas não o destruiu. Fora algo como um aviso. - SICÁRIO CRUEL! AQUI É O SARGENTO QUARTA-FEIRA! ENTREGUE-SE À MARINHA AGORA, EM NOME DA LEI!!! - Sckar reconhecia aquela voz. Aquele era realmente o homem que dizia ser. Se o rapaz fosse visto com o criminoso naquele momento, seria incriminado por ajudar no assassinato do empresário. - VOU CONTAR ATÉ 10 ANTES DE INVADIRMOS ESSE SEU COVIL! HOMENS! PREPARAR!

- Você os trouxe até aqui? - O Sicário se levantou rapidamente, para observar pela janela o lado de fora. Estava nervoso.


Histórico:
 

Spoiler:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Por levantar questões filosóficas de grande relevância:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sckar
Membro
Membro
Sckar

Créditos : Zero
Warn : Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 33

Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: Congelando até o Sangue e os Ossos   Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 EmptyDom 04 Jun 2017, 17:54

Isso foi mais fácil do que o esperado...

Pensou assim que o seu anfitrião revelou sua identidade, mas logo surgiu um problema. Era o sargento quem havia cercado o lugar e o artista não queria ser visto pela marinha para evitar confusões desnecessárias. Precisava pensar RÁPIDO:

Droga! O que eu faço agora? Se me virem aqui conversando com ele, acharão que somos cúmplices e tudo que NÃO quero e NEM preciso é ser taxado de pirata!
Preciso RESOLVER isso agora!


Olharia fixamente para Sicário e diria bem baixinho, para não ser ouvido pelos marinheiros do lado de fora do iglu:

- Você acha que aquele sargentinho de m&rd@ iria ouvir e confiar em alguém que não é da marinha? E outra... foi você quem escolheu me usar de distração lá no bar, não faria sentido eu ficar por lá esperando você me usar, só para depois entregá-lo para a marinha. Se eu estivesse procurando te atrair, teria te atacado ou entregue assim que nos encontramos no bar.
Mas se você pedir com jeitinho, eu posso te salvar desse cerco.


Aguardaria a resposta e depois diria em um tom baixo de voz:

- Se esconda nesse amontoado de peles. Se tiver mais alguma coisa para cobrir-se... vamos tornar isso no melhor esconderijo possível. Ok? Seja rápido, eles logo irão invadir e mesmo nós dois, não seremos capazes de sobrevivermos à tantos deles, estando cercados e dentro deste iglu. Aqui é o pior lugar possível para se enfrentar um batalhão armado por armas de fogo.
Se quer sobreviver, faça EXATAMENTE o que eu mandar.


Se Sicário aceitasse o que Sckar lhe dizia, ele ajudaria à camuflar o assassino com as peles de urso e continuaria falando baixo:

- Se você tentar escapar pela janela, será encurralado e executado, nossa melhor oportunidade é nos mantermos aqui e deixá-los revistarem para que vão embora. É arriscado,
mas é a única saída. Você terá que confiar em minha atuação...


Ao terminar de ajeitar tudo, pegaria o cabo de sua katana e golpearia a própria testa, apenas o suficiente para deixar a área vermelha, conferiria num espelho ou mesmo em qualquer outra superfície reflexiva ao alcance. Tomando cuidado apenas para não ser visto pela janela o que estava armando. Depois guardaria sua katana novamente em seu cinto inferior escondido pela jaqueta e pelo casaco de pelos. Então caminharia até a porta e gritaria:

- HEY, SARGENTO!! SOU UMA VÍTIMA, IREI SAIR AGORA!

Abriria a porta e saindo bem devagar e um pouco cambaleante - como se estivesse tonto - com a mão direita cobrindo a área ferida na testa e a esquerda estendida, diria calmamente:

- Droga... ai ai aiiii... Esse filho d'uma figa me acertou quando o encontrei aqui.
Sei lá onde o filho da mãe está... ai ai aiiii...


Gemeria de dor e usaria todas suas habilidades de atuação para ser o mais realista possível. Tiraria a mão direita de sua testa, deixando a vermelhidão ficar amostra e levantaria-a para mostrar rendição e ser inofensivo para os marinheiros.

- Eu fiquei pu70 quando fui acusado de matar aquele homem no bar, então vim tentar limpar meu nome, Sargento. Mas pelo visto, sou apenas um artista mesmo, muito abaixo do nível de combate que vocês marinheiros possuem para enfrentar esses monstros. Não sei como conseguem. Nossa... como tá doendo...

Gemeria mais um pouco, abaixaria-se devagar e com dificuldade, pegaria um pouco de neve com a mão direita e depois levaria-a novamente para a testa, para anestesiar a dor.

- Acho que te devo desculpas, Sargento. Fui muito prepotente e quase paguei com a vida.

Levantaria-se devagar e com dificuldade. Olharia para o sargento e diria:

- Katsu Noitra!
É isso! Lembrei de algo que ele disse antes de me atacar...
Ele disse que Katsu Noitra iria pagar o que fez com ele. O senhor sabe quem é esse tal de Katsu Noitra?


Respiraria fundo e olhando para o chão, diria quase como se falasse para si mesmo:

- Parece que salvaram minha vida. Ele deve ter fugido de vocês antes de me matar... Só por isso estou vivo, então devo-lhes agradecer profundamente. Muito obrigado.

Ele choraria como uma criança que havia visto a morte de perto. Ele não mais olharia para os marinheiros e se portaria como um desiludido, desesperado e covarde. Como se sentisse vergonha de erguer a cabeça para olhar seus salvadores. Mas na realidade, estaria aguardando as reações e respostas dos mesmos.

OFF:
 

____________________________________________________

Objetivos:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shogo
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Shogo

Créditos : Zero
Warn : Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 15/03/2013
Idade : 25
Localização : Farol

Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: Congelando até o Sangue e os Ossos   Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 EmptyQua 07 Jun 2017, 03:01

Maione não tinha muita escolha, então resolveu aceitar a ideia do rapaz. Algo nele passava confiança ao brutamontes. Se escondeu por baixo das peles, mas seu tamanho não ajudava tornando seu disfarce muito óbvio. Enquanto isso, Sckar batia com a própria espada em sua cabeça, o suficiente para deixar um hematoma.

A pior das ideias. O que poderia dar errado?

- HEY, SARGENTO!! SOU UMA VÍTIMA, IREI SAIR AGORA! - Sckar caminhou então para o lado de fora cambaleando, e viu os marinheiros apontarem rifles em sua direção. - Droga... ai ai aiiii... Esse filho d'uma figa me acertou quando o encontrei aqui. Sei lá onde o filho da mãe está... ai ai aiiii… - Xavier o observou de cima a baixo, com um olhar prepotente. - Você outra vez hein?

- Eu fiquei puto quando fui acusado de matar aquele homem no bar, então vim tentar limpar meu nome, Sargento. Mas pelo visto, sou apenas um artista mesmo, muito abaixo do nível de combate que vocês marinheiros possuem para enfrentar esses monstros. Não sei como conseguem. Nossa... como tá doendo… - Sckar usava toda a sua atuação para se fingir de vítima, passando gelo na testa e tudo mais. O sargento ainda estava desconfiado. Xavier então olhou para seus homens, e apontou para o iglu. - Revistem o lugar.

- Acho que te devo desculpas, Sargento. Fui muito prepotente e quase paguei com a vida…. Katsu Noitra! - Sckar agora parecia mais do que nunca querer chamar a atenção dos homens da lei, o que deixava o Sargento Quarta-Feira sem muita paciência. - É isso! Lembrei de algo que ele disse antes de me atacar… Ele disse que Katsu Noitra iria pagar o que fez com ele. O senhor sabe quem é esse tal de Katsu Noitra?

- Sei sim. É um pirata tão sujo quanto Jack Maione. Mas já faz tempo que não se tem notícias de tal criminoso. - O Sargento então observou que seus homens estavam prestando mais atenção em Sckar do que em executar sua ordem. Bufou. - Andem logo com isso, idiotas! Não temos tempo a perder! - Quando o marinheiro finalizou sua frase, ouviu se passos pesados na neve. Então um rugido ressonou entre os flocos que caíam do céu, chamando a atenção de todos ali. - HOMENS! EM FORMAÇÃO! - Gritou o Sargento, quando viu um urso polar gigantesco correndo em direção ao grupo. O animal corria com as quatro patas no chão, e parecia furioso. Melhor seria se Sckar se preparasse para um possível confronto. Aquele animal selvagem com certeza não cairia em suas atuações.



Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Por levantar questões filosóficas de grande relevância:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sckar
Membro
Membro
Sckar

Créditos : Zero
Warn : Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 33

Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: Congelando até o Sangue e os Ossos   Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 EmptyTer 13 Jun 2017, 13:04

A atuação de Sckar parecia funcionar parcialmente, pois o sargento parecia não cair, mas os demais marinheiros, sim. O problema é que quem mandava, não estava suscetível aos comentários do artista. Contudo, algo veio para lhe "salvar" e ao mesmo tempo, "condenar". Um enorme urso polar. Ao vê-lo o artista pensou imediatamente:

Será aquele que me atacou naquele dia que eu improvisei um iglu enquanto trazia Lisa de volta pro vô dela? Ou talvez algum amigo? Afinal, não lembro se era tão grande assim... Mas debaixo daquela nevasca em que eu estava com má visibilidade, talvez fosse até uma montanha e eu não tenha visto direito!

O rapaz olharia pelo corpo do bicho, procurando visualizar as cicatrizes dos golpes que ele provocou no animal e pensaria:

Será que ele quer vingança?

Então gritaria:

- Socorro, um urso gigante!!!

Como o Sargento havia pedido para que entrassem em formação para lutarem contra o urso,
o artista esperava que não atirassem nele e sim no urso. E que tais tiros, atrasassem o urso um pouco e que este desse um fim nos marinheiros. Portanto correria de volta para dentro do iglu e fecharia a porta, trancaria-a, procuraria alguma cadeira e colocaria-a na frente, segurando a maçaneta. Retiraria sua espada da bainha em seu cinto inferior, sacando-a e diria baixinho:


- Fique quieto e não se mexa, não importa o que ouça ou o que aconteça!

Falaria bem baixo, para que o criminoso o escutasse e obedecesse, mas ninguém mais o ouvisse. Aguardaria que o urso surgisse atacando o iglu, para então contra-atacar cortando e perfurando qualquer parte do animal que adentrasse na construção de gelo e neve. Mas caso isso não ocorresse e os marinheiros vencessem o animal, guardaria a katana e gritaria:

- Sargento, já é seguro sair?

Se a resposta fosse positiva, sairia devagar e com as mão erguidas, com sua katana devidamente guardada e parcialmente escondida, como sempre.

OFF:
 

____________________________________________________

Objetivos:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shogo
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Shogo

Créditos : Zero
Warn : Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 15/03/2013
Idade : 25
Localização : Farol

Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: Congelando até o Sangue e os Ossos   Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 EmptyTer 25 Jul 2017, 20:21

- Socorro, um urso gigante!!! - Gritou Sckar, analisando a situação. Concluiu que não era o urso que havia conhecido anteriormente, por não haver marcas de uma luta passada. Quando o bicho os alcançou, derrubou os homens do marinheiro com uma só patada. Deu tempo o suficiente para que o jovem artista corresse para o iglu e trancasse a porta de madeira frágil. Procurou bloqueá-la, mas em seu âmago sabia que não seria o suficiente pelo tamanho do animal que rugia do lado de fora.

Ouviu-se o estalido de disparos do lado de fora da construção gélida, e o vento soprando cada vez mais forte. Maione se levantou e abriu a portinhola de observação, e então sorriu. - É a nossa deixa! - Então começou a desfazer a barreira que Sckar havia montado, e partiu em disparada para o lado de fora. O espadachim conseguiu ver a direção que o brutamontes tomara, já que o mesmo não era tão bom corredor assim.

Grunhidos de uma luta do lado de fora ainda se ouviam, e o esmagar de neve era tão bem audível quanto gritos de dor. Sckar tinha agora a opção de lutar bravamente e ganhar a confiança da marinha, ou fugir atrás de Jack, levantando dúvidas aos homens da lei que estavam ocupados demais para ir ao encalço do procurado. Nuvens negras se amontoavam no céu, enquanto o tempo do artista se esgotava.

- Morra fera maldita!!! - Xavier ainda parecia estar tentando fazer o seu show. Aquele era mesmo um homem exibido.


Histórico e otras cositas:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Por levantar questões filosóficas de grande relevância:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sckar
Membro
Membro
Sckar

Créditos : Zero
Warn : Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 13/11/2012
Idade : 33

Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: Congelando até o Sangue e os Ossos   Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 EmptyQua 26 Jul 2017, 21:20

O artista via seu alvo escapando e correndo (mesmo que lentamente), o sargento que desconfiava dele, estava lutando contra um urso polar gigante e a sua testa doía (por culpa própria).

Droga, o que devo fazer? Ainda posso correr atrás do assassino, mas posso ser confundido com um cúmplice dele pelos marinheiros. Posso sair e matar o urso, mas estragarei meu disfarce de artista inofensivo. Ou fico sem me meter em nenhum dos dois casos e perco o meu alvo e ainda fico à merce de um inútil sargento da marinha que acredita que sou cúmplice do assassino. O que devo fazer?

Pensava aflito enquanto sacava sua katana, olhava para a porta e preparava-se para sair pela mesma e ir lutar contra o urso e conquistar a confiança da marinha. Mas mudou de ideia, correria até a janela, saltaria-a e avançaria em direção ao Sicário, correria o mais rápido e silenciosamente que conseguisse e saltaria sobre seu alvo visando perfurar-lhe a garganta por trás enquanto caía sobre as costas deste.

Mas tinha ciência que o seu alvo era forte e provavelmente tinha bons reflexos, então correria com a Katana sacada na mão direita, mas com a esquerda segurando o cabo de sua foice para poder sacá-la em um movimento defensivo caso seu oponente tentasse um contra-golpe enquanto ele visava matá-lo. Assim poderia tentar bloquear o golpe do oponente e evitar um ferimento mais sério ou até mesmo, um ferimento fatal. Ao menos era o que ele esperava.

Sckar não estava subestimando seu oponente, mas se via encurralado e sem opções. Precisava tentar matar Sicário antes que este escapasse ou a marinha achasse que o artista havia o auxiliado à escapar. Porém, como sabia que aquele deveria ser um oponente forte, estava preparado para defender-se, enquanto visava matá-lo o mais rápido possível. O único problema era sua dor testa...


Maldição!!! Se eu soubesse que daria nisso, não teria me agredido!
Agora está doendo e preciso impedi-lo de fugir... Tenho que tomar cuidado para com algum contra-ataque dele e tentar matá-lo o mais rápido possível. Uma luta demorada será muito desvantajosa para mim.


OFF:
 

____________________________________________________

Objetivos:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: Congelando até o Sangue e os Ossos   Congelando até o Sangue e os Ossos - Página 9 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Congelando até o Sangue e os Ossos
Voltar ao Topo 
Página 9 de 10Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Minion Island-
Ir para: