One Piece RPG
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Kit - Garou]
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor Ainz Hoje à(s) 12:06

» V - Into The Void
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 11:03

» Mini - DanJo
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor DanJo Hoje à(s) 02:51

» Crisbella Rhode
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 02:48

» A Aparição de Mais Um Meio a Tantos
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor Wave Hoje à(s) 00:53

» O vagabundo e o aleijado
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor Ghastz Hoje à(s) 00:40

» Mini Aventura - Agyo Shitenno
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:16

» O Legado Bitencourt Act I
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor Faktor Ontem à(s) 22:16

» Apenas UMA Aventura
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor Van Ontem à(s) 17:49

» Bellamy Navarro
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor Greny Ontem à(s) 12:43

» Unbreakable
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor Ainz Ontem à(s) 11:55

» (Mini) Gyatho
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 01:02

» (MEP) Gyatho
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:55

» [MINI-Tenzin]Here we go again
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:53

» [M.E.P]Tenzin
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:43

» [Extra] — Elicia's Diary
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 00:27

» M.E.P DanJo
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:27

» Mini Aventura - No Mercy
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:20

» [Mini-Rosinante-san] O homem que quer ser livre
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:15

» Retornando para a aventura
Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:13



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Chapter Zero - The Path of Order

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 7, 8, 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
Sakaki
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador


Data de inscrição : 22/10/2013

Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 EmptySeg 03 Abr 2017, 21:27

Chapter Zero - The Path of Order
MODO PSEUDOPSICOPATA = ON

Normalmente Yato se comportava com calma e serenidade, ele evitava ao máximo demonstrar qualquer tipo de emoção, na intenção de parecer mais “Badass”, por mais que seu interior refletisse completamente o contrário, e o mesmo se aplicava quando o jovem sentia dor, odiava a ideia de demonstrar para o inimigo que o mesmo havia-lhe afetado de alguma forma, aquilo era se mostrar fraco, e ao levar aquele golpe em suas costelas essa foi a primeira coisa que veio em sua mente, rapidamente tomava distância do inimigo após o segundo golpe, rapidamente sanava o desejo de levar a mão até o local do ferimento como uma forma de diminuir a dor, retirava qualquer expressão que representasse angustia ou dor de sua face e a trocava por um leve sorriso deixando um pouco dos dentes a mostra. Rapidamente trocaria um olhar com o homem de uma distância segura e então rapidamente refletiria sobre a situação.

Observaria cuidadosamente os ferimentos do homem, um corte na perna que dificultaria sua locomoção e um corte no ombro que com certeza afetaria sua maneira de bloquear e golpear com o bastão, já em contra partida Yato tinha hematomas em um dos braços e nas costelas, porém ambos ferimentos pareciam estar isentos de sangramentos, ou seja, o jovem claramente tinha o controle da situação, analisando tudo aquilo, ainda com a guarda alta e distante do homem, Yato mantinha o sorriso cansado no rosto e diria em voz confiante porém tremula:

- Como um homem da lei eu provavelmente deveria imobiliza-lo e prende-lo com vida, porém como não há ninguém por perto...

Enquanto Yato proferia as palavras furtivamente o mesmo levava sua mão que não havia sido atingida até o compartimento em seu cinto e do mesmo retirava uma Shuriken, mantinha a Shuriken escondida em seu punho fechado e ao terminar de dialogar com o homem partiria correndo com velocidade total para cima do adversário, mantinha o Ninjaken que estava na outra mão erguido, assim para manter a atenção do homem na arma, e ao chegar em uma distância de 5 metros do adversário o jovem daria uma cambalhota para o lado, e ao se reposicionar realizar um golpe vertical com o Ninjaken, um golpe de cima para baixo visando acertar o chão, esperando que o golpe levantasse poeiras ou pedras, o jovem aproveitava a oportunidade para arremessar a Shuriken que permanecia na outra mão contra o homem, visando acertar o rosto (mais especificamente o olho) do mesmo, todo movimento anterior seria um modo de chamar atenção para que assim o ninja pudesse se aproximar e fazer um arremesso limpo, e logo após realizar o movimento o jovem não esperaria para em seguida disparar contra o homem e então enterrar seu Ninjaken em seu peito, não em um movimento de corte, mas sim com intenção de cravar a arma no homem como uma estocada, e não pararia de aplicar força até que visse a outra ponta da lâmina sair pelas costas do homem.

O jovem procuraria manter a guarda alta durante todo movimento, mas caso de alguma maneira seu movimento desse errado, ou fosse atingido de alguma forma, o mesmo se afastaria e tentaria realizar o mesmo movimento novamente mas dessa vez procuraria tomar mais cuidado e mais distância. Caso Yato tivesse errado o arremesso, manteria o mesmo plano, mesmo errando o arremesso o mesmo teria sido feito muito próximo com média de 5 metros de distância, e com os ferimentos atuais do homem provavelmente não seria capaz de se defender dos dois golpes, ou seja, caso errasse o arremesso, o mesmo continuaria com o movimento de cravar a espada no adversário. Independente se o arremesso teria sucesso ou não, caso o segundo ataque fosse esquivado ou bloqueado, Yato não se afastaria, ergueria o Ninjaken em frente ao corpo com intenção de bloquear qualquer contra-ataque que viesse do adversário, também manteria a atenção nos pés, caso fosse feito um contra-ataque baixo o ninja tentaria novamente saltar por cima do bastão mas dessa vez invés de realizar um golpe contra o ombro do homem realizar um golpe de cima para baixo na diagonal visando acertar o pescoço do mesmo, porém caso Yato conseguisse bloquear o contra-ataque, o mesmo tentaria aplicar uma rasteira na perna ferida do homem, e caso ele caísse Yato seguiria com o plan ode enterrar a lâmina no mesmo, porém agora com ele no chão, e caso fosse atingido no contra-ataque se afastaria, e então seguiria o plano anterior. Mas caso tudo houvesse ocorrido como o planejado e Yato tivesse desferido os dois golpes com sucesso, o jovem olharia para o homem agonizante com uma lâmina no peito e terminaria a frase de ameaça:

- Que isso fique só entre nós dois.

E então retiraria a espada do corpo do mesmo e a guardaria ensanguentada na bainha, talvez seu golpe não fosse fatal, havia a chance do mesmo acertar outra parte próxima ao coração, nesse caso Yato não faria nada, apenas deixaria o homem agonizando no solo enquanto se dirigia a loja que se encontrava Hyo, tentaria adentrar pela porta frontal da loja, porém no caso de estar trancada o mesmo grudaria o ouvido na porta na esperança de ouvir alguma coisa. Caso ouvisse ruídos estranhos e de combate, o jovem tentaria arrombar a porta a chutes, e caso não fosse possível, o mesmo procuraria outra forma de adentrar no lugar, analisando cada extremidade da loja, porém caso não ouvisse nada o mesmo bateria fortemente na porta da loja e gritaria do lado de fora:

- Toc, toc...


Off:
 

Histórico:
 

Objetivos:
 

Citação :
Legenda

- Fala
"Pensamento"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ceji
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Ceji

Créditos : 2
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2013

Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 EmptySab 08 Abr 2017, 16:33

Tensão Da Batalha


Finalmente o grupo de ladrões havia se revelado, e isso havia me deixado aliviado, afinal, achar eles roubando significava que eles não roubaram sem nós vermos. De início eu podia ver três deles, um homem e uma mulher invadindo a loja fechada ao lado, e outro homem seguindo para a loja aberta. Dando uma olhada melhor nos dois que invadiam a loja fechada, por serem um homem e uma mulher, a primeira coisa que passou pela a minha cabeça foi a possibilidade de serem Bon e Clyde; mas logo percebi que eles eram muito parecidos e provavelmente eram irmãos, então não poderiam ser um casal como a vendedora disse. Se aqueles dois não eram Bon e Clyde, isso quereria dizer que o grupo deles deveria ser ainda maior e os outros provavelmente ainda iriam agir. Eu como Sargento deveria cuidar do maior número de inimigos possíveis, ou seja, os dois que tentava, invadir a loja fechada, e confiar por enquanto nos outros para defender a loja aberta do terceiro sujeito.

Com a mente organizada, o que era uma supresa, já que antigamente eu costumava agir sem pensar, eu me esgueirava para me aproximar deles. Eu estava muito orgulhoso de mim mesmo por ter pensado antes de agir, só que eu não me toquei que EU ERA UM CU QUANDO SE TRATAVA DE FURTIVIDADE. Adivinha? Eles me viram. Acho que da próxima vez iria correr gritando mesmo, iria economizar tempo. Bom, ao menos eu consegui me aproximar deles o suficiente para chegar na posição que eu queria com um avanço, o que já era um avanço parabéns, Lars tiozão, pelo trocadilho merda. Bom, voltando a porradaria, assim que eu me pus próximo a eles, girei minha katana ao meu redor com o lado cego, visando desarmar eles, mas o homem percebeu e conseguiu evitar o ataque. Após desarmar a garota com minha espada, o homem avançou contra mim com um chute em salto, chute esse que eu felizmente consegui evitar, mas o fdp aproveitou a chance para um ataque em sequência quando aterrissou do primeiro ataque e conseguiu acertar minha perna nesse segundo ataque. Ele realmente achava que eu deixaria barato aquela babaquice? Mas nem fodendo. Logo que ele me acertou na perna, eu usei a oportunidade para um contra-ataque em sua "zona reprodutora sensível", também conhecida como saco.

Não tive tempo de saber se o golpe pegou no saco dele mesmo ou se ele conseguiu evitar parcialmente e só atingiu a perna dele, mas o que importava era que eu havia conseguido lhe desestabilizar. Antes que ele pudesse cair, eu me recuperei e segurei ele pela roupa, em seguida avançando até a garota, que por acaso havia recuperado a pistola, usando ele como escudo. Se avaliar no total, o plano funcionou, mesmo ela tendo acertado um tiro de raspão na minha perna, já que ela não conseguiu mirar direito em mim e eu consegui jogar o homem em cima dos dois para embola-los. De brinde eu até desarmei ela de novo, me permitindo chutar definitivamente aquela pistola maldita para longe deles. Olha que maravilha!

Pondo minha espada em posição na frente do corpo, avançaria na direção deles com a mesma apontada para a frente. Eles naquele momento estavam desarmados, só podiam atacar com socos e chutes, e eu duvidava que eles fossem avançar contra uma lâmina vindo na direção deles. Eu utilizaria essa "proteção ofensiva" para me aproximar deles o máximo possível, para no último instante levantar um pouco a lâmina e acertar uma joelhada na cabeça (de preferência no queixo) do que estivesse mais favorável à esse ataque. Se eles tentassem avançar por baixo da minha lâmina antes de eu chegar neles, ficaria preparado para dar uma joelhada nele(s) e depois recuar. Caso eles tentassem esquivar para os lados durante minha investida, eu daria um mini salto girando com uma das pernas esticadas para tentar lhes acertar com ela tipo um Tatsumaki Sempuu Kyaku, dando prioridade a acertar o homem. Caso eu só acertasse um deles e o outro viesse tentar me atacar, eu tentaria me esquivar para algum dos lados e em seguida tentar acertar ele(a) na parte de trás do joelho com um chute, tendo como objetivo tentar derruba-lo(a). Caso em algum momento fosse acertado de uma maneira que me impedisse de continuar o comno, ou após terminar o mesmo, recuaria um pouco, mas me manteria em uma distância o suficiente para poder impedir uma possível fuga dos dois.

Depois de recuar, ficaria com a lâmina da espada na frente do corpo para o caso deles virem para cima, mas sempre atento para impedir caso eles tentassem fugir ou a mulher tentasse recuperar a arma. Caso tentassem me atacar, tentaria me esquivar dando um pequeno avanço para traz e em seguida seguiria com um passo para frente de volta e um golpe de Investida com a lâmina da espada, tentando visar áreas sem risco, como o braço e  ombro ou qualquer coisa assim. Caso eles tentassem fugir, eu correria atras dele(s) para tentar acertar ele(s) com um golpe cortante em uma das pernas, para impedi-lo(s) de fugir. Caso errasse o ataque ou não tivesse distância o suficiente para o fazer, tentaria arremessar a katana para acertar eles nas pernas ou ao menos fazer com que a mesma caísse na frente deles, para fase-los hesitar por um instante e eu poder avançar contra eles com uma joelhada nas costas. Caso conseguisse desmaiar os dois, procuraria alguma coisa em voltar para amarrar eles, e depois de o fazer, seguiria em direção a loja aberta carregando os dois amarrados, mesmo que arrastando eles.
OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

R.I.P. Lars:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Teru
Soldado
Soldado
Teru

Créditos : 37
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 04/01/2014
Idade : 22
Localização : F3 + Teru

Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 EmptyDom 09 Abr 2017, 22:58


Chapter Zero - The Path of Order
The First Jorney

I bite way more than I bark
A Dog In Big City XVIII
.


Com uma infiltração perfeita ou semi-perfeita, tendo em conta que conseguiu entrar sem fazer barulho porém não conseguiu manter-se silencioso o suficiente para efectuar um ataque surpresa, Rin aterrava com ambas as patas e pernas semelhante a um feral comum e ironicamente ao olhar para cima, o mink deparou-se com um par de ladrões que pelos vistos estavam a assaltar a loja ou algo do género, não era algo muito óbvio visto que a sua visão periférica não lhe permitia ver o passado e aos olhos de qualquer um não passava de um par de bandidos desconhecimentos semelhante a figurantes de um filme de acção ou personagens de uma história de banda desenhada. O tempo parecia ter parado instantaneamente, Rin tentava instintivamente calcular a distância entre si e ambos os infractores, o espaço que tinham para lutar e acima de tudo, o seu arredor e o que poderia usar em seu favor, coisas que poderiam ser úteis mas um dos principais aspectos era sem dúvida o facto de ser um situação de dois contra dois.

- Olá companheiro. Vim perguntar se queria ir comer uns hotdogs mas pelos vistos cheguei numa péssima altura...

De forma quase instantânea, o mink iria partir para cima dos bandidos na esperança de usar a sua velocidade "não-humana" para atacar primeiro, saltando na direcção dos dois ladrões de preferência na tentativa de passar no meio de ambos, Rin retiraria ambas as espadas das suas bainhas como normalmente lutava e aplicaria um golpe simétrico com ambas as espadas nas mãos dos ladrões na esperança de desarma-los, o golpe simétrico iria permitir-lhe atingir a mesma quantidade de espaço simultaneamente o que lhe permitiria desarmar os ladrões (caso estes estivessem armados), manter o seu equilíbrio e acima de tudo dar-lhe tempo suficiente para esquivar qualquer contra-ataque que um ou ambos os ladrões aplicassem visto que Rin tentaria passar pelo meio de ambos e depois rolar para frente de modo a esquivar qualquer retaliação.

Depois do primeiro ataque e depois de ter analisado o seu arredor Rin iria tentar aplicar um ou dois golpes com a sua espada num dos ladrões (de preferência o ladrão que estivesse mais longe de Hyo) e de seguida saltaria para alguma parte de modo a tomar protecção de algum tipo de projéctil que viesse na sua direcção. Caso não tivesse a sua oportunidade, tomaria atenção aos movimentos dos usuários, usando os seus conhecimentos médicos para identificar a movimentação e utilização de certos músculos para esquivar algum ataque ou movimento ofensivo e rapidamente respondendo com ambas as espadas, utilizando a espada da pata esquerda para aplicar golpes horizontais (de preferência se os adversários estivessem razoavelmente afastados) e com a espada da pata direita aplicar golpes descendente nas esperança de imobilizar o alvo, uma vez que agora era um marine, provavelmente não era boa ideia executar um ser humano em sangue frio... pelo que tinha ouvido na boca da população, aquele acto era considerado "incorrecto" porém era algo incompatível com o seu personagem logo seria melhor (caso tivesse a oportunidade) aplicar um golpe na cabeça ou pescoço de um dos ladrões com o cabo das suas katanas.

"Supostamente temos reforços, se levarmos essa luta para o exterior teríamos a vantagem numérica ... mas e se eles também tiverem reforços? Melhor jogar pelo seguro."

Durante o combate, o humanoide faria o seu melhor para se esquivar dos movimentos dos adversários, saltando de lado para lado ou até mesmo rolando por debaixo dos movimentos dos ladrões ou dando uma passada para trás numa tentativa de ripostar de um golpe. Tendo em conta que se tratava de uma loja e que os ladrões não era gigantes vistos que ambos estavam dentro de uma loja, Rin tentaria no meio dos seus movimentos empurrar ou atirar coisas para cima dos oponentes e provavelmente numa atitude mais eficiente e credível, empurrar um armário ou estante cheio de bens em cima dos infractores para tentar esmaga-los ou simboliza-los. Durante o combate o mink faria o seu melhor para se manter imóvel de modo a esquivar-se do maior número de golpes possível e simultaneamente tentar auxiliar Hyo nos seus movimentos de combate, tentar completar os seus movimentos ou colocar os inimigos em posições em que Hyo pudesse desferir um golpe directo, uma vez que tinha duas espadas umas das combinações mais prováveis era bloquear um golpe com ambas as suas espadas em posição de uma cruz e de seguida desviar-se do caminho para que o outro marinheiro pudesse atacar.

Objectivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

L£t Me bE yOur gUIdE, in tHiS pAth of MeGaLoMaNiA


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Narração   -   Pensamento  -   Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hyo
Civil
Civil
Hyo

Créditos : 6
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 8010
Data de inscrição : 30/11/2016

Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 EmptySeg 10 Abr 2017, 22:42

Após partir para cima do homem, o mesmo conseguia defender o meu soco com a sua katana, oque fazia um corte em minha mão direita, mas graças a isso o civil conseguia sair do local oque me deixava aliviado, antes que eu pudesse continuar a minha investida eu era interrompido pela ladra, que partia em minha direção acertando um golpe com seu leque em minha cabeça, em seguida ela tentava desferir outro golpe, oque abria uma oportunidade para mim, após ver uma brecha em seu movimento eu a golpeava com um soco em seu estomago, fazendo a mesma ajoelhar com um olhar de dor.  

Após o golpe desferido em seu estomago, eu apenas recuava e voltava a uma posição defensiva observando o movimento dos dois bandidos, eu podia sentir um certo incomodo em minha cabeça devido ao golpe da mesma e em minha mão, porém isso não me fazia desviar a atenção, eu apenas me mantinha focado observando os dois ladrões enquanto o homem pulava o balcão e mudava a sua postura pronto para entrar na luta também.

"parece que eu estou em desvantagem, lutar contra os dois sozinhos pode ser problemático"

-Bom, dois contra um, apesar de tudo não posso deixa-los sair daqui, então não hesitarei em acabar com vocês aqui

Entoava essas palavras com um tom sério, tentando faze-los pensar bem antes de partir para cima de mim para tentar ganhar algum tempo, provavelmente se o cliente que estava na loja fosse esperto ele avisaria algum dos meus companheiros sobre oque estava acontecendo no interior da loja, porém para a minha surpresa Rin já estava próximo ao local, após notarmos a presença dele os bandidos aparentemente não sabiam como reagir, oque podia ser uma brecha para um movimento nosso.

- Olá companheiro. Vim perguntar se queria ir comer uns hotdogs mas pelos vistos cheguei numa péssima altura...  

Rin ao chegar no local me dizia essas palavras, eu apenas olhava para o cachorro e abria um sorriso, amigável e sério, antes que eu pudesse dizer qualquer coisa o Mink partia para cima dos dois bandidos, ao ver a ação de Rin eu apenas acompanhava a investida do mesmo, tentando me focar no bandido oposto ao que Rin estivesse combatendo, se por um acaso o espadachim fosse para cima do Mink eu correria em direção a mulher, tentando lhe desferir um golpe em seu rosto, e se a mesma defendesse eu tentaria a surpreender com uma rasteira, se a mulher caísse ao chão eu tentaria tomar seus leques, jogando os mesmos ao longe caso conseguisse tira-los de suas mãos, durante o meu movimento eu me manteria sempre atento aos movimentos de mão da mulher, a fim de tentar defender qualquer possível ataque da mesma, observaria também a posição de seus pés, se por um acaso percebesse que ela tentaria algo com as mesmas eu tentaria me defender da forma que fosse possível.

Se ao invés da mulher o espadachim que viesse para cima de mim, eu esperaria o mesmo tentar desferir algum golpe em mim, e tentaria me esquivar se ele tentasse fazer um corte na horizontal eu tentaria me abaixar na tentativa de esquivar do mesmo, aproveitando para desferir um golpe em seu estomago, se o mesmo tentasse um golpe na vertical eu tentaria jogar o corpo para o lado com toda a velocidade que fosse possível, e em seguida eu tentaria desferir um soco em seu rosto tentando mirar em seu nariz.

Se eu tivesse a oportunidade de conseguir desferir um golpe surpresa no bandido que estivesse lutando contra o cachorro eu não hesitaria, tentaria lhe dar um soco em sua nuca com toda a minha força para fazer o mesmo desacordar. Eu tentaria sempre me manter em uma posição em que conseguisse olhar ambos os bandidos a fim de não ser atingido pelas costas por um deles e em que eu pudesse aproveitar qualquer brecha para um golpe surpresa, também tentaria evitar atrapalhar o movimento do cachorro da forma que fosse possível.


Histórico:
 

off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Fala (#008B8B - Darkcyan)
Pensamento (#228B22 - ForestGreen)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenway
Pirata
Pirata
Kenway

Créditos : 30
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 25/11/2016
Idade : 19

Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 EmptyQua 12 Abr 2017, 01:27

Narração 7 – Sem Dor, Sem Ganho

Sakaki


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O ninja evitava ao máximo demonstrar reações à dor mesmo que involuntárias, o fazendo apenas por um breve momento. Seu rival mal percebeu se Yato de fato recebeu dano ou não, sem ter tempo de reagir, o rapaz com o bastão foi obrigado a ouvir provocações do ninja, que se gabava insinuando que poderia lhe tirar a vida naquele momento, o bandido respondeu de forma ainda mais provocante, mais infame, firmou seus pés no chão, cuspiu contra o solo com uma leve expressão de angústia em seu rosto, colocando-se em posição para lutar, segurando o bastão em duas partes diferentes, apontando-o para o chão.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Cai pro pau merdinha -bradou-

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O bandido provavelmente apenas manteve-se naquela posição para não precisar se locomover, permanecer daquele jeito era provavelmente menos dolorido do que andar. Antes que mais provocações pudessem ao menos ser pensadas Yato corria em direção à seu adversário, revelando um truque inesperado, errou o primeiro golpe e o bandido nem se moveu, mas foi pego de surpresa pela shuriken que acertou próximo a seu olho, o distraindo. Foi o momento que o ninja viu para dar o golpe final.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A espada perfurava o peito do homem, porém assim que este percebia, utilizava de toda sua força em um único golpe, abdicando de técnica ou precisão para tudo ser investido em sua força bruta, puramente para machucar Yato, era óbvio que seria algo que não poderia ser esquivado, o bastão chocou-se fortemente contra as costelas já feridas do ninja e a dor foi tamanha que provavelmente envolveu fraturas, o jovem aterrissou e rolou a uns três metros do local onde lutava deixando a ninjaken encravada no peito de seu rival, que agora se encontrava desacordado. Com certo esforço Yato conseguiu proferir sua última provocação ”Que isso fique só entre nós dois.” foi o que ele disse. ao tentar se levantar e olhar para a loja via um homem saindo dela desesperado, o senhor ajudava Yato a se pôr de pé e esclarecia o que ocorria do lado de dentro da loja.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]L-lá dentro, o casal são os procurados, seu amigo está os combatendo! -disse, com sua voz trêmula.-

Ceji

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ceji encontrava-se em outro canto, enfrentando uma dupla, seus movimentos eram sagazes o suficientes para desarmar a mulher, mas ainda não havia se livrado por completo da ameaça. O tenente corria em direção aos irmãos usando a espada como um meio de evitar que fosse atacado.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Oavanço do tenente deixou ambos os irmãos desesperados, que colocavam-se de pé e em posição para lutar mas não sabiam ao certo o que fazer, até que a mulher gritou.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Depressa Andy, manobra Delta! -bradou a garota-

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Entendido Roxanne! -respondeu o rapaz-

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]No momento em que o rapaz terminou sua fala Ceji já estava próximo, entretanto a garota, Roxanne, serviu de pézinho para Andy, que saltou para trás evitando o golpe, porém a joelhada do tenente foi em cheio no queixo da moça, Andy aterrissou, mas não no chão, com a sola d pé o acrobata deu um potente golpe na cabeça de Ceji e o empurrou em seguida, que caiu tonto sobre o corpo da garota que estava inconsciente, seu rosto foi direto no busto da menina.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Se levantando com certa dificuldade, Ceji permaneceu com a espada na posição já antes vista, mantendo-se de costas para a rua, encarando o garoto.

Teru e Hyo

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Era uma situação meio tensa, sendo otimista, Hyo poderia sair apenas com aquela ferida, mas sendo mais realista no mínimo uns ossos quebrados lhe seriam garantidos. Mesmo sabendo disso o recruta se demonstrava confiante e não evitava demonstrar isso para seus rivais, talvez fosse corajoso… Ou apenas burro. Mas logo algo o iluminava uma figura peluda e linda adentrava, era Rin, que ironizava um pouco mesmo diante do perigo iminente.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ambos partiam para cima, primeiro Rin ia direto contra o espadachim, enquanto Hyo focava na mulher com os leques, que estava mais próxima de si. O cachorro desferiu um golpe na mão do homem, o único oponente a seu alcance, e o desarmou como planejado, contudo, este se demonstrava hábil jogando a espada para as costas de suas mãos, a arma girava como era de se esperar e o rapaz a segurava de um jeito não muito convencional, como se segura uma faca de cozinha para apunhalar alguém (espero que compreendam), então logo levantava seu braço na vertical ferindo o mink na barriga, que revidava com dois golpes que cortavam o peito do bandido.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Hyo por sua vez avançava contra a moça, que se recuperava aos poucos, se recuperando a mesma arremessou seu leque contra o pugilista acertando-o no rosto o que ocasionou o fechamento de seus olhos por instinto, resultando em um soco mal dado no rosto da moça, que mal a feriu. Sagazmente o boxeador deu uma rasteira em sua rival e a mesma caiu no chão, já desarmada devido à sua desesperada tentativa de arremessar o leque.
off:
 

Citação :
Sakaki: Costelas: 2/6 vai amenizar a dor quando terminar a contagem, mas ainda precisará ser tratado
Braços: 2/4
**Ficará tonto no próximo turno devido à brutalidade do golpe.
Hyo: Mão 2/5
Cabeça: 2/3
A dor na testa considera apenas um incômodo, narre a sensação mas não considere como penalidade.
Ceji: Pernas 2/5
Forte dor na Cabeça (Ficará tonto durante estes turnos ou até receber medicamento caso tenha):1/4
Teru: Corte superficial, ao longo de quase todo o tronco 1/5  (É superficial, mas é grande, então vai doer bastante mas vai sangrar pouco por enquanto)

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
TND... TND NEVER CHANGES
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG!
Links para ajuda
:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hyo
Civil
Civil
Hyo

Créditos : 6
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 8010
Data de inscrição : 30/11/2016

Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 EmptySeg 17 Abr 2017, 01:25

Minha tentativa de golpe em partes fracassava, afinal eu não esperava que naquele momento a reação da ladra fosse, arremessar seu leque em minha direção enquanto eu me preparava para soca-la, antes que eu pudesse acerta-la seu leque atingia meu rosto, não era algo que pudesse fazer algum grave ferimento ou que pudesse me fazer sentir muita dor a não ser que pegasse em um dos meus olhos, o único reflexo que eu conseguira ter naquele momento fora fechar os mesmos, oque resultava em um soco de raspão no rosto da ladra, antes mesmo que ela pudesse ter qualquer reação eu concluía com uma rasteira derrubando a mesma ao chão.

-bom, parece que você está desarmada e com desvantagem, eu não gosto de bater em mulheres então seria mais fácil para ambos se você apenas desistisse de lutar e deixasse com que eu lhe prendesse, isso poderia evitar você e seu namorado de se ferirem mais do que o necessário.

Enquanto falava essas palavras eu tentava rapidamente finalizar com a ladra, tentando soca-la na barriga com toda a minha força o quanto fosse necessário até que eu conseguisse perceber que a mesma não iria conseguir mais se levantar para lutar ou que desmaiasse, sempre prestando atenção em todos os movimentos da mulher, se ela demonstrasse que iria levar a mão a cintura para pegar algo ou que fosse tentar me contra-atacar ou até mesmo levantar, usaria toda a minha velocidade para começar o meu golpe, a minha intenção era poder o mais rápido possível finaliza-la para conseguir ajudar o meu companheiro, caso eu conseguisse desacordar a ladra eu correria em direção ao outro bandido, tentando lhe acertar com um forte soco  na costela com toda a sua força, tentando fazer com que o mesmo ficasse impossibilitado de continuar a luta.

Assim que fosse em direção ao outro bandido observaria sempre os movimentos da mão do mesmo, para tentar evitar ao máximo ser atingido pela lamina, se por um acaso o bandido notasse o meu movimento em direção a ele, eu apenas recuaria tentando abrir alguma brecha para que Rin pudesse finaliza-lo. Se a luta acabasse nestes movimentos, assim que ambos os bandidos estivessem devidamente impossibilitados de lutar eu olharia para o mesmo com um sorriso gentil no rosto.

-obrigado pela ajuda, acho que eu não conseguiria lidar com ambos provavelmente teria bastante dificuldade, e o ferimento em seu peito? Você precisa de alguma ajuda quanto a isso?

Em seguida olharia na loja se conseguia encontrar algo com que pudesse prender as mãos dos ladrões, algo como uma corda, fios ou qualquer objeto com que eu pudesse fazer uma amarração, se eu não conseguisse encontrar nada com que pudesse amarrar os bandidos eu colocaria a ladra em meu ombro, falando para Rin.

-parece que a missão está concluída, vamos voltar até o quartel general para entregarmos eles, ou você acha melhor procurarmos o sargento antes?

assim que Rin me desse a resposta eu seguiria em direção ao que ele opinou.


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Fala (#008B8B - Darkcyan)
Pensamento (#228B22 - ForestGreen)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Teru
Soldado
Soldado
Teru

Créditos : 37
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 04/01/2014
Idade : 22
Localização : F3 + Teru

Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 EmptySeg 17 Abr 2017, 13:02


Chapter Zero - The Path of Order
The First Jorney

I bite way more than I bark
A Dog In Big City XIX
.

Iniciando a situação de combate, as coisas tinham corrido de uma forma algo inesperada mesmo depois da sua entrada em grande, Rin tinha conseguido aplicar o primeiro golpe e desarmado o ladrão em condições, algo que era um golpe sortudo ou talvez habilidade pura que o humanoide nunca tinha visto na sua vida mas seja qual fosse a razão é que a manobra tinha sido bem sucedida. Quando preparava-se para imobilizar o homem com um golpe definitivo, o individuo removeu uma espada das costas e aplicou um golpe no torso do cachorro, Rin pensou que teria tempo suficiente para se esquivar mas infelizmente não foi rápido o suficiente para se desviar do golpe. No entanto o mink não se deu por vencido e rapidamente contra-atacou com um par de golpes no peito do ladrão, era uma sensação estranha ferir alguém, não que a sensação fosse nova para si mas de certa forma a pressão das suas katanas a perfurarem a pele humana eram um sensação humana, especialmente quando a profissão de Rin era remediar esse tipo de golpes.

- Que tipo de pessoa imoral é que tenta cortar um cachorro com uma faca?

De uma forma imediata, Rin iria usar a sua espada direita para perfurar o braço numa tentativa de desarma-lo, a sua arma era comum e de certa forma nada de especial, sendo uma daquelas lâminas comuns espalhadas no mundo um golpe daquela arma seria o suficiente para faze-lo largar a espada visto que ser perfurado por uma lamina iria atingir os músculos obrigando a largar a arma, não só pela anatomia do corpo humano mas porque qualquer humano naquela forma agiria da mesma forma. Esse era o plano que tentaria por em prática, desta vez Rin estaria mais atentos a ataques surpresa para evitar mais danos desnecessários como os que tinha acabo de receber, o mink usaria a sua katana esquerda para bloquear e desviar o golpe, visto que o cachorro era ambidextro, o mesmo estava bastante confiante que tinha capacidade suficiente para fazer o que planeava.

Assim que o ladrão estivesse incapaz de combater, Rin aplicaria ao mesmo uma rasteira com a intenção de o lançar ao chão e de seguida o prenderia no chão pisando no peito onde tinha efectuado o golpe com os seus sapatos sociais, os mesmos sapatos que odiava. Caso o ladrão não colabora-se o suficiente, o mink colocaria as espadas em formato de uma tesoura mantendo uma lamina em cada lado e encostando-as ao seu pescoço, se tudo correr como planeava tanto ele como Hyo teriam imobilizando os infractores. Rin procuraria algo para prender os ladrões, como estavam numa loja de certeza que haveria corda ou algo do género para amarrar aquelas duas pessoas, isto seria algo que o cachorro procuraria e que aconselharia a Hyo fazer o mesmo visto que ladrões não são de confiança, fora isso finalmente teriam a oportunidade de socializar um pouco e talvez formar uma amizade um pouco mais verídica do que apenas "colegas de trabalho".

-obrigado pela ajuda, acho que eu não conseguiria lidar com ambos provavelmente teria bastante dificuldade, e o ferimento em seu peito? Você precisa de alguma ajuda quanto a isso?

- Honestamente isso me acontece tantas vezes vou começar a andar com um kit de primeiros socorros... Por enquanto acho que estou bem, a dor vai ser pior logo mas por agora não.

Rin iria agora pegar nas armas que os ladrões portavam e guardaria-as na sua mochila, talvez pudessem ser utilizadas como prova no futuro ou na melhor das hipóteses poderia guarda-las para si e usa-las em alguma ocasião. Depois disso restava-lhe apenas olhar em redor em busca de algo que pudesse usar como um kit improvisados de primeiro socorros, nada de muito importante visto que provavelmente teria um kit decente no quartel da marinha, algum tipo de desinfectante ou apenas algo para amarrar a volta do corpo, assim que isso tivesse resolvido olharia para Hyo para ver se o mesmo esta ferido, caso fosse algo que pudesse fazer o cachorro não teria nenhum problema em ajuda-lo, caso contrário restava-lhe apenas dizer que trataria dos ferimentos dele quando chegassem no quartel visto que seria mais apropriado lá, especialmente visto que haveria mais recursos lá.

-parece que a missão está concluída, vamos voltar até o quartel general para entregarmos eles, ou você acha melhor procurarmos o sargento antes?

- Se fossemos entregar o infractores no quartel agora provavelmente teríamos um recompensa melhor visto que dividir por dois é melhor que dividir por quatro... mas... acho melhor procurar o tal sargento visto que fomos enviados para ajudar a moço... até me esqueci do nome dele - respondeu Rin colocando uma pata na sua cabeça coçando o seu cabelo e baixando uma das suas orelhas caninas para o lado.


Objectivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

L£t Me bE yOur gUIdE, in tHiS pAth of MeGaLoMaNiA


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Narração   -   Pensamento  -   Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ceji
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Ceji

Créditos : 2
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2013

Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 EmptySeg 24 Abr 2017, 22:25

Começando A Ficar Chato


Aquela luta já estava começando a encher o saco. Sei que queria alguma ação, mas lutar contra gente desorganizada que nem eles, e ter que me segurar para não matar já que precisávamos capturar eles vivos? Quando a luta está fácil e você precisa se segurar, deixa de ser luta e vira brincadeira, e não tem emoção nem adrenalina nisso. Tudo o que eu queria era acabar logo aquela palhaçada e ir ver como o resto do pessoal estava.

Eu já havia feito um bom progresso, entretanto, ao desarmar a mulher e jogar o cara em cima dela. Com eles estando desorganizados, aproveitei a oportunidade para, ao posicionar a espada à frente do meu corpo, avançar contra eles. Meu "ataque" os desesperou, o que me fez pensar em quantas batalhas eles já haviam estado, e os fez se levantar rapidamente. Aí você pensa: "ah, eles vão ir para os lados, um para cada, pois aí teriam mais chances de evitar o ataque", né? Mas nãããããããoooo, eles ficaram parados filosofando o que fazer, e teriam sido os dois acertados se a garota não tivesse dito para eles fazer uma tal de manobra delta. Eu não havia me preocupado muito com aquilo, pois visto a maravilhosa reação a minha Investida, não deveria ser nada, mas no final foi um movimento parcialmente efetivo. Enquanto a garota ajudou o garoto a saltar, ela ficou fadada a ser acertada pelo meu ataque, salvando apenas o garoto do golpe; embora os dois poderiam ter se safado se tivessem se jogado para os lados. Fazer o que?

Eu estava despreocupado quanto aos movimentos deles graças a atuação fracassada dos mesmos mesmos anteriormente, e por isso não vi o garoto vindo por cima e batendo com o pé na minha nuca. Eu fui jogado na direção da garota desmaiada pelo meu golpe, direto em seu busto, enquanto o garoto se endireitava no chão. Ao perceber onde minha cabeça se apoiava, um pensamento malicioso passou pela minha cabeça: ele havia me acertado com força, não esperava que eu me levantasse e recomposse instantaneamente. Após um longo segundo aproveitando a maciez daquela "trágica" queda , o típico momento de protagonista, me levantei já passando o antebraço no nariz para me certificar de limpar qualquer sangramento nasal antes que o outro visse.

Quando me levantei, percebi que o golpe havia feito mais efeito do que eu imaginaria que eu estava tonto. Bom, se tudo estivesse certo, ele deveria estar mais fodido do que eu, então deveria apenas me concentrar na luta e em não ser atrapalhado por aquele inconveniente. Após me posicionar, guardaria a espada novamente na bainha e ficaria em posição de luta corporal, mas propositalmente com uma abertura na parte superior do corpo, focando mais na defesa da parte de baixo - Que tal uma luta justa? Sem amiguinhas com armas de fogo - Diria no momento que guardasse a espada. O objetivo da apertura seria forçar ele a atacar a parte superior do meu corpo, o que diminuiria as opções de ataque dele, consequentemente diminuindo o problema que a tontura poderia causar. Ficaria em posição defensiva esperando o ataque dele, até porque mesmo que queria fugir, teria que passar por mim para chegar na garota. Caso ele atacasse a parte de baixo do meu corpo, tentaria bloquear com o braço ou joelho, e em seguida avançar com o ombro e o corpo de lado contra seu tórax, e caso acertasse voltaria a posição de defesa após me afastar alguns poucos passos.

Caso ele atacasse a parte de cima do meu corpo com um chute ou um soco, eu tentaria esquivar para um dos lados com um passo rápido, fazendo sempre meu corpo tender para a direção de onde o movimento de esquiva iniciasse para não acabar caindo do chão devido a tontura. Em seguida, caso esquivasse, tentaria contra-atacar com um movimentos dos braços semelhante a uma tesoura, usando o braço por baixo e o cotovelo por cima, tentando localizar um dos dois ataques no joelho/cotovelo dele, tendo como objetivo quebrar ou deslocar o membro acertado. Caso tivesse êxito, tentaria em seguida aproveitar a dor momentânea para um chute simples e rápido na canela para tentar desequilibra-lo derruba-lo no chão. Caso ele percebesse a minha tática da abertura, alternaria para uma defesa normal, mas com a base mais baixa para abaixar o centro de gravidade e deixar mais difícil de eu me desequilibrar ou ser derrubado, e tentaria fazer bloqueios com o braço em "X", seguidos de um giro com um golpe com os cotovelos, no caso de um golpe bloqueado com sucesso.

Caso eu esquivasse, mas percebesse que iria cair devido a tontura, ou se ele tentasse me derrubar, tentaria rodar o meu corpo durante o início da queda com minhas habilidades acrobáticas para tentar acertar ele com um chute de baixo para cima, antes da queda. Quando ou caso terminasse de cair, eu rolaria de lado no chão para me afastar dele e me levantaria o mais rápido possível, para voltar a posição de antes. Caso ele tentasse ir até a garota para tentar fugir com ela, ou caso tentasse fugir sozinho, eu correria na direção dele puxando a espada, e usuária minhas habilidades de corrida e velocidade para alcançar ele e tentar acerta-lo na perna com um corte, mas tendo certeza de não fazer um ferimento grande o suficiente para causar hemorragia. Se conseguisse, pararia na frente dele e diria para ele se render. Caso não conseguisse acertar ou alcançar ele, tentaria arremessar a katana na direção dele, mas tentando evitar pontos vitais e dando a preferida das pernas como alvo.

Caso eu desmaiasse ele também, juntaria os dois desmaiados e procuraria algo para amarrar eles, e após o fazer, seguiria arrastando eles até a loja. Caso não achasse nada para os amarrar, usuária as jaquetas que eles estavam usando para tal, e ao menos limitar os braços dos mesmos. Quando ou caso chegasse na loja e estivesse tudo tranquilo, chamaria a atenção dos outros Marines e sinalizaria sobre os dois que capturei. Caso houvessem lutas, eu tentaria por eles dois em um canto e me armar com a katana para tentar avançar contra um possível inimigo, chegando com tudo, de preferência por traz, com um golpe da katana de frente em uma das penas (perfurando com a ponta, não cortando), e caso não conseguisse mirar por causa da tontura, tornaria o golpe um giro com a espada, e depois me afastaria e manteria a defesa, e falaria com tom debochado - Mais uma moça para a brincadeira?
Spoiler:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

R.I.P. Lars:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenway
Pirata
Pirata
Kenway

Créditos : 30
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 25/11/2016
Idade : 19

Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 EmptySeg 01 Maio 2017, 20:21

Narração 8 – Fim da Batalha


Hyo e Teru


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O diálogo de Hyo após derrotar a ladra fazia com que a mesma se rendesse, talvez ela estivesse preocupada com o amor de sua vida ou quem sabe apenas não queria se esforçar em vão? O que importa é que ela se rendia tornando tudo mais fácil para os mocinhos..

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]E-eu não vou tentar nada, eu prometo. -disse a mulher-

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]H yo seguiu até o oponente de Rin, visando auxiliá-lo, mas se deparou com o mink pondo o pé no peito do homem e com a espada ferindo o braço do mesmo. O bandido que só tinha um braço logo se rendia também, não com palavras mas era claro que não tinha intenções de resistir.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ambos procuravam por cordas e, surpreendentemente, achavam uma mas em um lugar não muito convencional. Dentro daquele local de onde veio um barulho esquisito mais cedo, como se algo chocasse contra a parede, havia um homem, calvo, que encontrava-se amarrado  e amordaçado, ambos rapidamente o desamarraram e usaram a corda para prender os dois bandidos, retiraram também a mordaça, deixando que o homem se pronunciasse.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]—Obrigado, jovens, e-eu fui pego de surpresa por esse casal mais cedo. Vocês estão feridos, minha nossa, p-permita-me ajudá-los. -o homem terminava a frase entregando um kit de primeiros socorros à Rin.-

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Os dois companheiros saíram do estabelecimento, cada um com um dos bandidos capturados para enfim se encontrar com o resto do pessoal e ir para o QG.

Ceji

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Lars encontrava-se em vantagem contra a dupla seu único remanescente oponente estava claramente mais prejudicado que ele. Um pouco tonto e já de pé, o tenente guardou sua arma branca e chamou o seu oponente para uma luta justa, um mano a mano.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Vamos nessa! -respondeu o rapaz-

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O rapaz estava lento devido às dores no corpo mas ignorava como podia a dor para avançar contra Lars, chegando próximo do marinheiro, era desferido um golpe na parte de baixo que era bloqueado e em seguida um na parte superior que era por pouco esquivado abrindo espaço para um sagaz golpe de Lars que feriu gravemente o braço do bandido, deixando a brecha para que em seguida o marinheiro o derrubasse.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Argh… Eu me rendo, tá bom?! -disse o jovem-

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O soldado havia derrotado ambos os bandidos de uma vez e os imobilizam de uma forma improvisada. Carregando a garota e escoltando o rapaz, chegando à loja se deparava com os demais, um estava na rua e os outros saiam do estabelecimento.

Todos

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Todos se reuniram, Hyo e Lars saíram do estabelecimento, Yato estava inconsciente e o velho de mais cedo o apoiava e Lars chegava quando tudo já havia terminado, estava tudo pronto para a saída.

off:
 

Citação :
Sakaki: Costelas: 3/6 vai amenizar a dor quando terminar a contagem, mas ainda precisará ser tratado
Braços: 3/4
Hyo: Mão 3/5
Cabeça: 3/3
A dor na testa considera apenas um incômodo, narre a sensação mas não considere como penalidade.
Ceji: Pernas 3/5
Forte dor na Cabeça (Ficará tonto durante estes turnos ou até receber medicamento caso tenha):2/4
Teru: Corte superficial, ao longo de quase todo o tronco 2/5  (É superficial, mas é grande, então vai doer bastante mas vai sangrar pouco por enquanto)

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
TND... TND NEVER CHANGES
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG!
Links para ajuda
:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ceji
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Ceji

Créditos : 2
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2013

Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 EmptyTer 02 Maio 2017, 17:10

Tudo Resolvido


Aquela batalha finalmente estava de dirigindo a um fim, o que claramente era uma coisa boa, já que eu poderia me juntar aos outros e ajuda-los se eles estivessem com problemas. Mesmo eu estando tonto e com dor de cabeça pela maravilhosa manobra suicida deles, o único que continuava em pé estava claramente em um estado pior do que eu, se isso significava que eu poderia tacar o foda-se dali em diante. Como a luta estava me entediando, decidi apimentar as coisas guardando a espada e chamando meu oponente para uma luta justa, e, para a sorte dele, minha proposta foi aceita - Vamos nessa!

Eu estava tonto e não queria correr o risco fatal de ir para cima dele, me desequilibrar e cair, então esperei a iniciativa do mesmo. A dor dos golpes recebidos por ele, principalmente o recente ataque virilhar, pareciam lhe causar problemas, mas ele avançava com tudo o que tinha, e isso era algo a se respeitar. Ele chegava direto com um golpe abaixo da cintura, talvez uma tentativa de vingança pelo junior ferido, mas felizmente eu consegui bloquear a tempo. Eu pretendia seguir com uma ombrada de contra-ataque, mas mesmo ferido, o golpe por cima do mesmo foi mais rápido e eu tive que tentar me esquivar.

Por pouco minha esquiva não falhou, o que me deixou nervoso, já que ser acertado no rosto poderia aumentar minha tontura e dor de cabeça e me causar grandes problemas. Podem, há males que vem para o bem, ou quase-males nesse caso, porque assim que me esquivei, vi a oportunidade perfeita para um golpe duplo que QUEBROU O BRAÇO DELE. DA-LHE, FILHO DA P*TA! *tosse tosse* Quero dizer, o golpe fez ele se f*der muito, e não bastando o braço quebrado, eu ainda aproveitei a dor do osso se partindo e dei uma rasteira no otario, derrubando ele. Ele não pareciam muito acostumado com aquele nível de dor, então ficou gemendo de dor no chão, provavelmente sem condições de se levantar com facilidade, e logo se rendeu - Argh... Eu me rendo, tá bom?

Com aquilo finalizado, eu amarrei improvisadamente os dois, ajudei o cara a se levantar e segui para a loja aberta guiando o mesmo e carregando a moça. Chegando no local, pude ver que os assuntos lá também já haviam acabado: Haviam três bandidos derrotados, provavelmente por Hyo e o Orelhas Estranhas, já que o ninja magrelo estava desmaiado. Eles provavelmente haviam lutado contra os outros três do grupo de ladrões, e Sakaki provavelmente havia caído na luta. Eu estava acostumado a lutar em desvantagem numérica,  categoria que compõe a maioria das lutas que participei; mas mesmo eles tendo lutado uma batalha com números equilibrados, eles haviam superado minhas expectativas. Menos o Sakaki, ele tinha que treinar mais.

Após averiguar a situação, me pronunciaria em voz alta - Parece que as coisas acabaram aqui também. Estou feliz em dizer que, tirando o ninja adormecido ali, vocês superaram minhas expectativas. Continuem assim sem fazer merda. Agora, alguém aí tem algo para dor de cabeça? tomei uma porrada na nuca e agora minha cabeça está latejando - Então ficaria de olho nos bandidos enquanto houvesse tratamentos sendo feitos e/ou me dessem algo para minha dor de cabeça. Se me perguntassem ou falassem do ferimento da minha perna do tiro de raspão, diria - Isso é apenas um arranhão de um tiro de raspão. Se quiser fazer algo com relação a isso, pode fazer - E ficaria de olho nos bandidos enquanto ou se alguém cuidasse do machucado. Caso o ninja acordasse durante os preparos, diria a ele - É sério que foi nocauteado? Eu esperava mais de você. Recomendo mais treinamento de combate para você.

Com tudo preparado, eu organizaria o pessoal para retornar ao QG levando os bandidos, e no caminho pediria um relatório - Muito bem, agora preciso do relatório dos seus postos para repassar ao Rema-C... Digo, Sargento Hamaku - E, ao chegar no QG, caso não viessem marines cuidar dos prisioneiros, pediria para os três cuidarem dos bandidos enquanto iria a sala de Hamaku e, após bater e avisar da minha presença, já que aprendi a fazer isso do pior jeito, entraria e passaria o relatório.
Spoiler:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

R.I.P. Lars:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hyo
Civil
Civil
Hyo

Créditos : 6
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 8010
Data de inscrição : 30/11/2016

Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 EmptyQui 04 Maio 2017, 02:29

Parece que finalmente a luta chegava ao fim, as minhas palavras para a ladra aparentemente surtiam efeito, enquanto a mesma me respondia.

E-eu não vou tentar nada, eu prometo.

antes que pudesse fazer algo para ajudar Rin, eu apenas o via acertando um golpe no peito do homem seguido por um corte de espada no braço do mesmo assim finalizando o seu oponente também, que já não demonstrava mais ser uma ameaça.

finalmente havíamos terminado a nossa luta, para uma primeira experiencia de combate aquilo já podia me acrescentar alguma coisa, foi um bom jeito de ver como funciona a rotina de um marinheiro e uma missão real, eu ainda podia sentir a dor do golpe da ladra em minha cabeça que finalmente começava a amenizar, enquanto ainda podia sentir mais intensamente a dor em minha mão, após finalmente os ladrões se renderem, Rin e eu começávamos a procurar por cordas dentro da loja e assim que entravamos em um dos cômodos da loja, podíamos ver um homem calvo amarrado e amordaçado, oque de certa forma podia ser um pouco de sorte, afinal se por um acaso não tivéssemos cordas para amarrar os bandidos, poderia ser um problema para leva-los em direção ao quartel general.

Terminando de desamarrar o homem, o mesmo nos agradecia

- Obrigado, jovens, e-eu fui pego de surpresa por esse casal mais cedo. Vocês estão feridos, minha nossa, p-permita-me ajudá-los.

Ele entregava um kit de primeiro socorros a Rin, assim que ele colocava o kit nas mãos do cão eu lhe perguntava.

- você precisa de ajuda para cuidar do seu ferimento?

Se o cachorro me responde-se positivamente eu apenas o ajudaria da forma que fosse possível, se fosse negativa eu apenas caminharia em direção a loja e amarraria os bandidos em seguida eu observaria os produtos na mesma, se por um acaso tivessem cigarros e isqueiros lá eu pegaria um ou dois maços e um isqueiro e deixaria o dinheiro no caixa da loja ou em algum armário ou qualquer lugar em que o dono conseguisse observar.

Após finalmente terminar todos os assuntos na loja, eu me dirigia para fora da mesma, podia sentir o ar fresco entrar em meus pulmões, já fazia um bom tempo que estava dentro daquela loja lutando, de certa forma além da dor na mão eu já estava cansado e sentindo uma imensa vontade de fumar. Eu podia ver o sargento vindo em minha direção, eu levantava meu braço e fazia um movimento com a mão acenando ao mesmo. Oque me fazia lembrar da dor que eu sentia na mão, assim que o sargento chegasse eu lhe passaria um pequeno feedback da missão e escutaria o que ele teria para me dizer.

- Parece que as coisas acabaram aqui também. Estou feliz em dizer que, tirando o ninja adormecido ali, vocês superaram minhas expectativas. Continuem assim sem fazer merda. Agora, alguém aí tem algo para dor de cabeça? tomei uma porrada na nuca e agora minha cabeça está latejando

Eu apenas balançava a cabeça negativamente para o sargento e em seguida dava uma leve gargalhada.

- foi mais problemático do que imaginávamos não é?? E Rin acha que o Yato ficara bem?

Assim que terminássemos a conversa eu esperaria as ordens de Lars, tentaria também sempre manter atenção aos bandidos caso algum de meus companheiros estivessem ocupados em outras tarefas. Após tudo estar ok para voltarmos eu seguiria o ritmo do grupo se eu estivesse com cigarros eu acenderia um, dando uma forte tragada no cigarro.

- espero que não se importem se eu fumar

Se não tivesse com cigarros eu apenas seguiria o caminho prestando atenção ao que o sargento estivesse falando.

-Muito bem, agora preciso do relatório dos seus postos para repassar ao Rema-C... Digo, Sargento Hamaku.

"acho que ele quis dizer outra coisa, mas tudo bem."

-não tivemos grandes problemas na loja, conseguimos soltar todos os reféns que estavam na mesma sem mais problemas, acho que não tem nada muito relevante que possa ser falado, eram apenas alguns ladrões tentando roubar a loja em um péssimo dia de escolha, você quer concluir Rin?

Ao chegar ao QG, eu apenas aguardaria, se tivesse que olhar os bandidos, eu ficaria vigiando os mesmos, e perguntaria a rin.

- oque você achou da missão? Até que mandamos bem para novatos né?

Concluiria com um sorriso no rosto enquanto ficaria esperando Lars voltar com o feedback do termino da missão.


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Fala (#008B8B - Darkcyan)
Pensamento (#228B22 - ForestGreen)


Última edição por Hyo em Qui 08 Jun 2017, 00:12, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 8 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Chapter Zero - The Path of Order
Voltar ao Topo 
Página 8 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 7, 8, 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Shells Town-
Ir para: