One Piece RPG
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Nox I - Loucura
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor Catuios Hoje à(s) 11:31 pm

» Sons of Vermillion's Blood: Gênesis
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 10:08 pm

» Bizarre Adventure: Smooth Criminal
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor Achiles Hoje à(s) 9:43 pm

» Teleton Chronicles I: Retaliação
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor Sakaki Hoje à(s) 9:34 pm

» [ficha] Hinata Bijin
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor Bijin Hoje à(s) 8:39 pm

» Apenas UMA Aventura
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor Van Hoje à(s) 8:35 pm

» Cap. 1: Laços entrelaçados, as chamas da revolução se erguem!
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor Wesker Hoje à(s) 8:07 pm

» Buki Bijin
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 7:02 pm

» Arthas Mandrake
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 6:58 pm

» Bastardos Inglórios
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor Wing Hoje à(s) 6:57 pm

» Evento Natalino - Amigo Secreto
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor Mizzu Hoje à(s) 6:13 pm

» あんみつ - Anmitsu
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor Vincentão Hoje à(s) 6:03 pm

» Unbreakable
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 6:03 pm

» Cap. 1 - Abrindo caminho
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor Fonseca Hoje à(s) 5:31 pm

» [Mini-Theodore]
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor Death-D.Obscure Hoje à(s) 5:04 pm

» [Ficha] Mikhail Vermillion
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 4:40 pm

» Mikhail Vermillion
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 4:37 pm

» Construindo o Começo
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor Graeme Hoje à(s) 3:17 pm

» [Ficha] Coldraz Vermiillion
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 1:35 pm

» Coldraz Vermillion
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 1:34 pm



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
tiagoluis14
Civil
Civil


Data de inscrição : 26/08/2016

Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante!   Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 EmptyQui Nov 10, 2016 12:42 pm

off::
 


Merique apruma os ouvidos quando ouve a voz feminina familiar.

"Deve ser ela me esperando. Bem Jenny, a garçonete do Honeybee mascava chiclete quando a encontrei e a mulher com quem vou me encontrar, se me lembro bem, usava um perfume forte e barato, preciso usar isso para encontrá-la"

Merique se viraria na direção da voz femina familiar que ouviu, confiando na sua ótima memória e seguiria naquela direção, aprumaria seu olfato também para ver se conseguiria identificar aquele perfume barato que a mulher usava quando falou com ele e marcou o encontro.
Caso Merique conseguisse captar o odor que procurava enquanto seguia a voz familiar que tinha ouvido, seguiria rapidamente nessa direção e entraria na taverna procurando pela voz e pelo aroma familiares.

"Preciso encontrá-la logo, espero que ela não esteja com muita pressa. E espero que ela ainda esteja usando aquele perfume"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamura
Civil
Civil
Takamura

Créditos : 3
Warn : Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 9010
Masculino Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 21

Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante!   Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 EmptySex Nov 11, 2016 10:31 am

O desfecho final! 



Nenhum cidadão com bom coração para ajudar um cego perdido, qual será seus motivos para agirem assim, Merique nunca entenderá até contarem para o gênio, os mais diversos aromas cercam-o e sua audição também não pode ajuda-lo devido a diversidade de barulhos. Bom, isso é o que querem pensar porque não contaram com sua determinação em tornar-se revolucionário bem como encontrar aquela garçonete, portanto nada impede de recordar alguns detalhes importantes para guia-lo e por esse motivo caminha na direção correta.

Indivíduos desviam daquele bastão, alguns pulam exageradamente, outros simplesmente contornam; Todavia a movimentação continua pequena cujo contém tendência de não haver nenhuma com o passar do tempo, enfim encontra á porta do bar - O que? - Ele está perdido? - Entrou sem querer? - Agora qualquer um pode entrar? O local é predominado por duvidas das mais variadas personalidades já que param tudo que estavam fazendo para observar aquele ambidestro cujo escuta diversas frases, exceto a que realmente necessita ouvir - Finalmente! Eu achei que ia desistir! Uma voz doce, forte em conjunto com sermões desvia a atenção para si mesmo consequentemente faz Captor caminhar em sua direção, todavia existe algumas mesas e cadeira como obstáculos.

Quando supera-los - Primeiramente, o que vai querer? E depois diga..porque quer virar..aquilo.. Uma chuva de questões é lançada para o médico na qual pode perceber certo cuidado por parte da mulher dado que não quer citar á palavra ''revolucionário''. Qual será a ação do socorrista?[/b]
Histórico:
 

Citação :
Numero de posts do narrador: 3

Dicas:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
tiagoluis14
Civil
Civil
tiagoluis14

Créditos : Zero
Warn : Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 26/08/2016
Idade : 26
Localização : São Paulo

Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante!   Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 EmptySex Nov 11, 2016 11:40 pm

"É as pessoas dessa cidade com certeza não são muito simpáticas com cegos, mas acho que é normal, provavelmente eles devem pensar que sou só mais um estorvo por não poder enxergar."

Merique após entrar na taverna e ouvir a voz de Jenny levanta a cabeça ligeiramente e abre um sorriso.

"Finalmente, é a pousada certa pelo jeito, preciso chegar até ela, incrível como até atravessar uma sala cheia pode ser uma missão para mim... por enquanto pelo menos."

Merique apuraria seus sentidos e iria andando com cuidado, seguiria em direção a voz de Jenny e para vizualizar as mesas usaria seu olfato, onde o cheiro de comida e bebida estivesse mais fortes ele se desviaria ligeiramente, pois provavelmente a comida estaria em uma mesa, usaria os diversos cheiros das pessoas para saber onde estariam sentadas e onde teria cadeiras para se desviar, usaria também sua audição para ouvir o movimento das pessoas e conversas e assim ter uma noção do que o cercaria. Colocaria seu bastão sempre um pouco a frente, para em último caso identificar qualquer objeto que seus sentidos não captassem, isso evitaria que ele esbarrasse completamente em algum objeto que passasse despercebido.

Caso conseguisse ouvir a pergunta de Jenny, passando por tudo assim, abriria um sorriso maior e diria:

-Bem, primeiro eu gostaria de um prato da janta que estão servindo hoje, junto com um copo de água, e se você puder me acompanhar ficarei honrado em pagar sua janta hoje também Jenny, por toda a ajuda que está me dando.

Merique ficaria um pouco encabulado após dizer isso, não costuma conversar com muitas garotas, mesmo desde pequeno todos lhe dizendo que era muito bonito, garotas não costumavam lhe dar atenção por conta de ser cego. Após isso ficaria um pouco mais sério para responder a oura pergunta de Jenny.

-Sobre o porque de eu querer me juntar a.... eles... é simples, quero fazer a diferença, esse mundo é muito injusto e difícil, principalmente para um cego, quero provar que também consigo atingir o auge, e mudar as coisas, mesmo sendo cego, um médico cego. Hmmm, será que você pode me guiar até uma mesa? Se quiser posso responder qualquer outra pergunta que você tiver quando estiver sentado, mas estou com fome e claro, ficaria muito feliz se você aceitasse meu convite e jantasse comigo, posso esperar até seu turno acabar se quiser.

Off::
 

____________________________________________________

*Pensamento*
-Fala-

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamura
Civil
Civil
Takamura

Créditos : 3
Warn : Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 9010
Masculino Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 21

Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante!   Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 EmptySab Nov 12, 2016 11:25 am

Superando Obstáculos! 



Com a determinação de encontrar com a mulher consequentemente nada pode impedir aquele cego de chegar até seu destino, aquelas conversas infinitas agora calam-se por um momento, talvez tudo estivesse em câmera lenta enquanto caminha. Captor demonstra que não é qualquer um da sua ''especie'' já que normalmente ficariam perdidos sem saber como superam um muro na sua frente, alguns até pedem ajuda e outros simplesmente dão meia volta, mas não Merique, ele usufrui do olfato aguçado para cheirar ás comidas localizando algum prato numa beirada de mesa bem como cheiro de álcool no item madeirado ou nas mãos de algum sujeito guiam seu trajeto para não bate-los.

Isso não é suficiente para completar seu objetivo, porém, o médico sabe muito bem dessa informação já que apura seus ouvidos para captar conversas até perceber que situa-se cercado; Som de líquidos entrando boca a baixo, duas taças tocando-se com intenção de indicar um brinde, risadas, cadeiras sendo arrastadas para trás, entre outros barulhos acabam atrapalhando-o. Contudo, isso não é suficiente para interrompe-lo dado que desvia incrivelmente dos empecilhos e para melhorar seu dia, o bastão que usou para encontrar algo não detectável indica que posiciona-se normal e sem nenhum problema para prosseguir.

Enfim, localiza-se frente a frente com Jenny - Temos um cavalheiro aqui? Aceitarei sua oferta... Infelizmente para o socorrista, não consegue visualizar seu lindo sorriso e em compensação ouve um tom de voz fino e delicado - Eu quero dois pratos do melhor da casa. Nas orelhas do gênio passa uma onda sonora na qual é o pedido efetuado pela dama, na primeira vez nem percebeu a aproximação daquele trabalhador e por algum motivo agora escuta seu passos afastando-se - Gostei da resposta, essa não é á taverna que sou garçonete e existe uma cadeira na sua direita é só sentar. Está tudo certo, só preciso que diga seu nome completo e idade. Após a breve explicação, um sonido de papel pode ser percebido tocando na mesa. Qual será a reação do aspirante a revolucionário?
Histórico:
 

Citação :
Numero de posts do narrador: 4

Dicas:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
tiagoluis14
Civil
Civil
tiagoluis14

Créditos : Zero
Warn : Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 26/08/2016
Idade : 26
Localização : São Paulo

Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante!   Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 EmptyQua Nov 16, 2016 12:17 am

off::
 



Merique sorri com as respostas de Jenny, estava se sentindo finalmente um pouco aliviado.

"Finalmente algo deu certo depois de eu chegar nessa cidade, sinto que estou chegando mais próximo do meu objetivo e ainda por cima quem está me ajudando é uma garota que tem uma voz muito doce."

Merique um pouco encabulado ainda por ter levado a citação de Jenny de que ele era um cavalheiro como um elogio, se senta na cadeira que ela indicou estar a direita, pensa um pouco e diz:

-Será que eles tem pernil assado aqui? Vou querer isso se eles tiverem e meu nome é Merique Captor, tenho 22 anos, na verdade faço 23 em alguns dias e sou solteiro, nã... não que você... tenha perguntado, mas só para... você poder saber... eu acho...

Merique se enrola um pouco no final de sua frase e fica vermelho de vergonha enquanto pensa.

"Acho que não levo jeito com garotas e olha que nem estou vendo ela, imagina se estivesse! Aaaah, como sou idiota, não se afobe Merique, não se afobe! E pare de falar besteiras!"

Fingindo uma pequena tosse para poder retomar seu pensamento Merique retoma sua fala

-Precisa de mais alguma informação? E bem, sou realmente novo nisso, então o que eu devo fazer como primeira missão, vocês tem algum tipo de... de base que eu devo ir, ou devo arranjar minha própria moradia?

Assim que a comida chegasse, Merique usaria seu olfato para se guiaria pelos aromas da comida e tentar comer, pediria uma água e diria para Jenny

-Você vai beber o que Jenny?

____________________________________________________

*Pensamento*
-Fala-

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamura
Civil
Civil
Takamura

Créditos : 3
Warn : Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 9010
Masculino Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 21

Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante!   Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 EmptyQua Nov 16, 2016 8:43 am

O primeiro passo é dado! 



No meio do restaurante encontra-se Merique e Jenny conversando sobre algo muito peculiar, uma entrevista para tornar-se revolucionário - Acho que você entendeu errado.. A garota tenta explicar a situação, porém é impedida pela própria risada devido á cena - Shhhh, olha á boca.. Uma repreensão é executada após ouvir á pergunta do cego, falar de base, missão, realmente não é uma boa ideia naquele local onde contém inúmeras pessoas e quem afirma que não existe algum inimigo por perto?

Por fim, á comida chega até o par - Obrigada, traga o melhor vinho da casa! o aroma de pernil assado rodeia Captor, talvez fosse seu dia de sorte bem como água num copo e sem demorar nenhum segundo, iniciar a devoração do alimento. - Nossa..você não come á dias? A dama surpreende-se pela pressa do médico; Enquanto isso, barulhos de pistolas sendo destravadas, pessoas conversando, alguns saindo do restaurante, outros entrando, cadeiras sendo arrastadas, entre outros sons podem ser percebidos pelo socorrista e algo muito horrível está para acontecer.

Depois de algum tempo, seu nariz também sente um cheiro de vinho fresco, perfumes de vários tipos, pólvora, refeições - Gostei da sua agilidade.. - Fico muito grato pelo reconhecimento, precisa de mais alguma coisa? Também ocorre um breve dialogo entre a mulher e o garçom. Qual será a reação do ambidestro?


Histórico:
 

Citação :
Numero de posts do narrador: 5

Dicas:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
tiagoluis14
Civil
Civil
tiagoluis14

Créditos : Zero
Warn : Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 26/08/2016
Idade : 26
Localização : São Paulo

Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante!   Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 EmptyQua Nov 16, 2016 2:29 pm

off::
 

Merique para de falar um pouco depois da repreensão de Jenny, ela realmente estava certa, deveria se precaver mais. Quando a comida chega Merique ataca sem dó, e depois do comentário de Jenny, percebe que realmente estava com muita fome, não tinha almoçado, e o cheiro de pernil assado é intensificado por seu olfato acima da média. Depois de um tempo comendo Jenny comenta da sua fome e Merique percebendo que está comendo rápido demais, faz uma pausa, toma um pouco de água e diz:

-Desculpa, não almocei, só tomei uma cerveja lá no Honeybee, que aliás você que me serviu hahaha, então acho que me apressei.

Merique volta para o pernil, mas dessa vez se controlando mais e degustando um pouco mais a carne. Como o lugar parece estar cheio, isso pode confundir os sentidos de Merique com tantas informações, isso faria ele ficar ainda mais atento, e deixar seu bastão sempre ao alcance da mão, encostado na mesa. Merique também aguçaria sua audição para prestar mais atenção em Jenny.

-E então Jenny, você tem mais alguma pergunta para mim? E me diz mais de você, faz tempo que trabalha com nossos.... amigos?

Merique falaria a última palavra dando um pouco mais de ênfase, para Jenny entender ao que ele se referia. Após terminar a comida, ele empurraria o prato levemente para a frente e terminaria sua água, pronto para só conversar com Jenny agora.

____________________________________________________

*Pensamento*
-Fala-

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamura
Civil
Civil
Takamura

Créditos : 3
Warn : Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 9010
Masculino Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 21

Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante!   Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 EmptyQui Nov 17, 2016 10:34 am

Uma situação de risco! 



A dama meramente gargalha com a explicação de Merique, porém sem nenhuma intenção negativa, o cego no que lhe diz respeito começa a diminuir sua velocidade perante aquela comida enquanto aumenta a focação de sua audição para captar algum perigo na volta - Cavalheiro, considere-se morto! Uma voz grossa bem como som de disparo pode ser ouvida, aquele barulho e cheiro em relação de armas faz sentido; Alguma pessoa aliada da lei é morta no meio do local. - Esses inimigos estavam tentando matar-nos, como é cego pensei que possui-se uma audição melhor que á minha, porém parece que errei. A decepção pode ser claramente percebida pelas ondas sonoras de Jenny, mas porque ela falou no plural?

- Opa, então é você que posiciona-se escondido?! A resposta aparece na hora certa, outro indivíduo tenta esfaquear a jovem revolucionaria pelas costas, contudo é impedido por uma lâmina que atravessa seu coração e o responsável contem uma fala tranquila e irônica. Será que é sorte ou azar? Toda certeza é que acabou a refeição antes de algum liquido vermelho preencher á mesa. Como sempre, os civis correm em desespero procurando á saída - Vou entregar mais uma chance, no meio desse tumulto existe outro soldado, sua missão é auxiliar seus superiores descobrindo-o. Outra oportunidade para mostrar seu valor chega até á estrutura física de Captor.

Por causa do pânico da população dificultaria sua capacidade de ouvir, teria que concentrar-se procurando algo em especifico, em relação do cheiro também localiza-se muito variado, principalmente pelo motivo de o edifício posiciona-se rodeado pelo odor de pólvora, sangue e perfume. Qual será a reação do socorrista?
Histórico:
 

Citação :
Numero de posts do narrador: 6

OFF:
 

Dicas:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
tiagoluis14
Civil
Civil
tiagoluis14

Créditos : Zero
Warn : Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 26/08/2016
Idade : 26
Localização : São Paulo

Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante!   Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 EmptySex Nov 18, 2016 12:14 am

Off::
 

Merique sente seu coração disparando com os eventos que aconteceram, primeiro o disparo depois o cheiro de sangue pungente no ar faziam uma carga de adrenalina percorrer seu corpo. Depois sua nova aliada e possível amiga dizendo que esperava mais dele o choca ainda mais.

"Ela está certa, tenho sentidos melhores que todos aqui, devia ter usado isso e percebido antes, preciso aprender muito e me esforçar mais, se quiser sobreviver e melhorar!"

Ouvindo o desenrolar dos acontecimentos, ele percebe que tinha mais deles escondidos no bar e de acordo com Jenny sobrou ainda um. Merique respira fundo se acalmando e aguça sua audição e olfato ao máximo, sua estratégia será simples e objetiva, como os civis estariam aterrorizados e correndo para a saída, com razão obviamente, afinal ali não era um lugar muito seguro, ele focará em encontrar a pessoa que não estará correndo, que entre o desespero dos civis acabará se revelando ser um soldado por estar mais calmo com a situação e pronto para agir.

Ele procurará pelos sons e cheiros da pessoa mais calma, tentando ouvir até seus batimentos cardíacos, e que estivesse parada ou andando em direção à eles e não à saída, excluindo de sua análise apenas Jenny e o homem com a fala tranquila e irônica que tinha ajudado sua companheira ao salvá-la de um ataque surpresa e que provavelmente era um revolucionário também.

Caso conseguisse identificar o soldado, o cego pegando seu bastão que estava logo ao seu lado, partiria para cima do inimigo, giraria o bastão por sobre a cabeça e desferiria um golpe em diagonal de cima para baixo, usando o peso de seu corpo para dar mais potência ao choque. Ao mesmo tempo diria com uma voz gélida e objetiva:

-É este!

____________________________________________________

*Pensamento*
-Fala-

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamura
Civil
Civil
Takamura

Créditos : 3
Warn : Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 9010
Masculino Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 21

Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante!   Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 EmptySex Nov 18, 2016 8:24 pm

Primeira missão cumprida?! 



Parece que nosso protagonista finalmente capta a mensagem para dar seus passos cujo tornarão-o mais forte, ele calmamente pensa num plano em que conseguirá descobrir seu alvo, á primeira etapa é concentrar-se com intenção de focar nas orelhas bem como nariz na qual usará para identificar; Assim como imagina, existe um coração desacelerando revelando uma certa serenidade no meio daquela bagunça assim como caminhando numa direção contrária de todos. Este fato facilita a decisão de Merique visto que pega seu bastão tentando acerta-lo, todavia desvia recuando num salto facilmente.

- Maldi.. A raiva por ser descoberto é muito grande e quando tenta retira á pistola tendo como objetivo assassinar Captor, o karma aparece com infinitos tiros no vigor do soldado - Eu não falei que esse jovem é promissor? - Você tem razão. - Quando vós estais errada? Um breve dialogo sobre o cego acontece nas suas costas, elogios e aprovações podem ser motivos de uma pequena comemoração. Por fim, todos fugiram do edifício, todos inimigos dos revolucionários encontram-se mortos e não demorará para á marinha aparecer. Qual será a reação do socorrista?
Histórico:
 

Citação :
Numero de posts do narrador: 7

OFF:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
tiagoluis14
Civil
Civil
tiagoluis14

Créditos : Zero
Warn : Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 26/08/2016
Idade : 26
Localização : São Paulo

Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante!   Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 EmptySeg Nov 21, 2016 11:39 pm

Off::
 

Merique respira fundo, e abaixa a cabeça, tentando se controlar, deixara sua guarda completamente aberta com a euforia de ter descoberto quem era o outro infiltrado, atacara sem pensar e se não fosse por seus aliados tão competentes, poderia estar em apuros. Mas logo após isso ouve os elogios e relaxa um pouco sua feição, mesmo errando em alguns pontos ele no fim conseguira, finalmente acertara algo.

"Posso comemorar depois, primeiro precisamos sair daqui, já foi muita emoção por uma noite para mim. haha"

Se virando para onde Jenny e os outros estão, abre um pequeno sorriso e diz:

-Bem acho que precisamos sair daqui né? Para onde devo ir Jenny, devo seguir sozinho para alguma estalagem e depois te encontrar na Honeybee, ou já posso ir com vocês?

Ele esperaria a resposta e seguiria as instruções, iria com eles, caso já o fossem levar para algum tipo de base, sempre tentando decorar os caminhos por onde passasse usando as informações que seus ouvidos e nariz conseguissem capturar.

Caso fosse instruído a esperar em algum lugar, Merique ficaria com uma expressão séria, mas meio desapontado, iria em direção a saída, levantaria seu capuz e tentaria seguir para outra estalagem a fim de encontrar um lugar para passar a noite, usando o cheiro de comida e os sons de barulhos de aglomerações para se guiar.

____________________________________________________

*Pensamento*
-Fala-

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante!   Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante! - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Livro I - Ato 1 - Um Cego Iniciante!
Voltar ao Topo 
Página 4 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Conomi Island-
Ir para: