One Piece RPG
I - Hein Guia?! XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
I - Hein Guia?! Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 19:53

» Livro Um: Graduação
I - Hein Guia?! Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 19:41

» Arco 5: Uma boa morte!
I - Hein Guia?! Emptypor Milabbh Hoje à(s) 19:28

» As Raízes do Vigilante Lucífugo
I - Hein Guia?! Emptypor Kekzy Hoje à(s) 18:29

» Meu nome é Mike Brigss
I - Hein Guia?! Emptypor Shiro Hoje à(s) 17:46

» 1º Tale - Where the Earth Meets the Sky
I - Hein Guia?! Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 16:50

» Os 12 Escolhidos, O Filme
I - Hein Guia?! Emptypor Ceji Hoje à(s) 16:14

» Kit - Ceji
I - Hein Guia?! Emptypor Ceji Hoje à(s) 15:23

» [ficha] Arthur D.
I - Hein Guia?! Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 15:15

» Mini-Aventura
I - Hein Guia?! Emptypor Makei Hoje à(s) 14:25

» [Mini-Aventura] A volta para casa
I - Hein Guia?! Emptypor Ryoma Hoje à(s) 12:40

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
I - Hein Guia?! Emptypor Akuma Nikaido Hoje à(s) 12:34

» Mini-Aventura
I - Hein Guia?! Emptypor Makei Hoje à(s) 12:29

» Art. 4 - Rejected by the heavens
I - Hein Guia?! Emptypor Ryoma Hoje à(s) 12:04

» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
I - Hein Guia?! Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 11:06

» [Mini-Azarado] Um falastrão beberrento
I - Hein Guia?! Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 10:58

» Jade Blair
I - Hein Guia?! Emptypor Kylo Hoje à(s) 03:42

» Seasons: Road to New World
I - Hein Guia?! Emptypor Ravenborn Hoje à(s) 02:26

» The Victory Promise
I - Hein Guia?! Emptypor Akise Hoje à(s) 00:33

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
I - Hein Guia?! Emptypor Fukai Hoje à(s) 00:27



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 I - Hein Guia?!

Ir em baixo 
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : I - Hein Guia?! 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

I - Hein Guia?! Empty
MensagemAssunto: I - Hein Guia?!   I - Hein Guia?! EmptyQua 28 Set 2016, 01:19

I - Hein Guia?!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Allan R. Armstrong. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Allan R. Armstrong
Civil
Civil
Allan R. Armstrong

Créditos : Zero
Warn : I - Hein Guia?! 4010
Data de inscrição : 07/09/2016

I - Hein Guia?! Empty
MensagemAssunto: Re: I - Hein Guia?!   I - Hein Guia?! EmptyQua 28 Set 2016, 14:34

Os Arautos da Fortuna comemoravam mais um dia em seu glorioso navio, O tubarão Prego. Como sei disso? Eu estava lá, sentado em um canto, degustando uma saborosa aguardente artesanal quando o primeiro tiro atingiu a embarcação. Fui um dos primeiros a cair, em questão de minutos os marinheiros subiram à bordo, a sede de sangue em seus olhos se exprimia através da frenética dança de morte que seus sabres e rifles orquestraram magistralmente. Neste dia, o mar sangrou.

São apenas lapsos, resquícios de memória que me fogem neste momento, minha última lembrança surge com a quebra da realidade, um negrume denso que engolfou o azul dos céus no esvanecer de minha consciência. É meu segundo naufragio, me envergonho disto, pois, na condição de tritão fui vencido pelo meu habitat, duas vezes. Mas espero que este segredo permaneça oculto.

No recobrar de minha lucidez abro lentamente os olhos, vejo areia. Estou em uma praia! Levanto-me vagarozamente reunindo o restante de minhas forças para tal proeza. Ergo-me com sucesso, e de pé contemplo o horizonte, desanimado. Infinitos grãos de areia extendem-se até o limite da visão, um deserto, e, na direção oposta o mar em toda sua vastidão.

_ E as infinitas possibilidades se encerram aqui.- diria enquanto coçaria o ouvido direito com o dedo indicador.

Não faço ideia de onde estou, tenho conhecimento apenas de que me encontro em um dos Blues. Antes de seguir a jornada dirgir-me-ia ao mar e mergulharia avidamente, ao emergir apenas caminhar iria pelo deserto. Corpo e roupa úmidas haveriam de facilitar a travessia, assim eu espero.

Vestido apenas com uma calça azul e uma faixa de seda dourada na cintura, pés descalços e membros superiores à mostra, o cabelo em seu trançado comum. Caminharia. Sentido retílineo, buscando alcançar a civilização, ou , algum povo de costume tribal. Olhos e ouvidos como sentinelas e corpo pronto para reagir a qualquer momento. No pensamento o desejo de rever os  companheiros e tomar um gole de aguardente.

____________________________________________________

Narração
- Falas

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luna
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Luna

Créditos : Zero
Warn : I - Hein Guia?! Banido10
Masculino Data de inscrição : 22/12/2011
Idade : 25
Localização : Lvneel - North Blue

I - Hein Guia?! Empty
MensagemAssunto: Re: I - Hein Guia?!   I - Hein Guia?! EmptySab 01 Out 2016, 17:24

Profundas Raízes.




As lembranças de um passado não tão distante assombravam a consciência de Allan, mas não levava muito tempo até que o jovem tritão acordasse em meio aos grãos quentes e finos da praia. Aquela época do ano trazia fortes temperaturas no início do dia, a ilha de Karatê Island em geral não possuía um clima pré-definido de modo que a oscilação de temperatura e ventos era constante, nada incômodo para os locais é claro.

- E as infinitas possibilidades se encerram aqui. - O som do mar abava a voz do garoto enquanto uma forte lufada de vento trazia o odor salgado típico das planícies costeiras e eriçava a pele do jovem tritão. Como eu disse, Karatê Island era uma ilha de clima verdadeiramente inusitado. A água do mar ainda estava quente do dia anterior e realmente foi para o rapaz reconfortante estar novamente em seu Habitat natural, mesmo que só por alguns segundos.

O deserto não era um lugar muito amigável e o caminho por ele não seria nada fácil para seu mais novo visitante. A umidade do mar conforme Roonfish ia avançado ficava para trás e agora apenas areia e algumas rochas em processo avançado de intemperismo lhe faziam companhia. Por algumas horas isso era tudo que o tritão via e após essas horas nem mesmo as rochas se faziam mais presente, era só areia e mais areia, subidas, descidas e mais subidas, se olhasse para trás notaria que seu caminho não estava assim tão reto como havia planejado. O denso calor refletido pelos grãos de areia castigavam o rapaz, o sol já estava colocando-se a pino e sem dúvidas se esconder-se em sua própria sombra fosse uma opção, Armstrong já o teria feito.

Não obstante, um esquilo surgia no horizonte em cima de um grande monte de areia e sua pequena movimentação em meio a quietude do deserto era captada pela visão aguçada de Allan, animais em meio aquele ambiente inóspito e árido eram simplesmente impossíveis de existirem, talvez fosse uma luz no fim do túnel para o rapaz já em estado inicial de desidratação. Rapidamente a pequena criatura esticava suas orelhas como se ouvindo algo, virava-se e sumia novamente oculta pelo grande topo de areia. Não demorava até o eco de tambores começarem a serem ouvidos e cada vez mais aumentarem seu som, algo estava se aproximando daquela região morta.  





OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Você não me vê na batalha?
É claro que estou lá, veja só o terror e o medo neles.


||Legenda||

|- "Roxanne - Intervenção" - |
|~Roxanne - Pensamentos~ |
|Roxanne - Fala|


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Allan R. Armstrong
Civil
Civil
Allan R. Armstrong

Créditos : Zero
Warn : I - Hein Guia?! 4010
Data de inscrição : 07/09/2016

I - Hein Guia?! Empty
MensagemAssunto: Re: I - Hein Guia?!   I - Hein Guia?! EmptySeg 03 Out 2016, 14:07

Segundos. Minutos. Horas. O transcorrer do tempo deixa de ter sentido quando se está no inferno, torna-se um conceito trivial perante o tormento eterno de sentir alma e corpo sucumbirem a dor e serem consumidos gradativamente, enquanto as gostosas gargalhadas do carrasco ecoam no pensamento. Se não estou no inferno, devo estar perto. Sob meus pés o tapete dourado se extende, infinito, belo e cruel. Os grãos de areia escaldante envolvem meus pés de modo doloroso, minhas escamas não mais transmitem o brilho vívido do mar, este que já está distante, minhas narinas deixam de captar o tênue aroma salgado que alivia os pulmões. Vago desesperançoso e cabisbaixo, enquanto o glorioso sol em seu ápice derrama sua cólera sobre meu corpo frágil.

Durante minha caminhada deparo me com uma imagem peculiar, o realismo presente em sua aparência leva-me a crer que não estou enlouquecendo. O esquilo é real! Direciono-me até o pequeno mamífero, salivando, a fome aprensenta-se através de um ronco sútil em meu estômago. Por sua natureza arisca o animalzinho fugiu ao primeiro sinal de perigo. Perigo este que eu não representava, mas que pude entender através do ressoar de tambores, cujo volume aumentava gradativamente.

_ E as trombetas do apocalipse começam a tocar! - sussurraria irônico.

Em meio ao limbo silencioso, restava me apenas uma opção: Ir em direção a origem do som. A música simbolizava civilização, poderia ser tanto minha salvação quanto condenação, mas como disse algum tempo atrás: " As infinitas possibilidades se encerram aqui". Tentaria mover-me o mais rápido que meu estado físico permitisse, e, caso encontrasse a origem da música ergueria os braços em sinal de paz e diria:

_ Eu sou Allan Armstrong, eu estou perdido e vim em paz. - diria de modo audível, como uma súplica. Não eram as melhores palavras, mas não me culpe, minha mente aturdida só conseguiria forjar uma sentença simples.

Caso não encontrasse a fonte dos tambores, permaneceria firme em minha peregrinação até encontrar o fim do inferno arenoso. Se ele tiver um fim.
Citação :
Off: Post fraco.. Não tinha muito o que fazer

Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

Narração
- Falas

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luna
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Luna

Créditos : Zero
Warn : I - Hein Guia?! Banido10
Masculino Data de inscrição : 22/12/2011
Idade : 25
Localização : Lvneel - North Blue

I - Hein Guia?! Empty
MensagemAssunto: Re: I - Hein Guia?!   I - Hein Guia?! EmptyQua 05 Out 2016, 23:35

OFF escreveu:
Quando aparecer uma palavra grifada assim, você deve abrir o spoiler e ver a imagem que descreve o acontecido na hora da narração. São 3 palavras/frases grifadas e três imagens, estão em ordem.


The Desert People.






O calor infernal secava tudo a sua volta e desnutria qualquer vida orgânica de modo que a um mero sinal de salvação em meio a todo aquele paraíso de Dante o jovem tritão partiu em disparada tendo a areia a segurar-lhe com garras atrozes, maldito ciúme doentio em partilhar suas vitimas. O pico do monte abrigava uma imensidão de nada, contudo, após árdua escalada o outro lado oculto pelo mesmo desvendou para Armstrong algo extremamente curioso, quase único.

A
cor de todos homens e mulheres ali presente era única, o som dos tambores agora não mais era abafado pelo obstáculo natural de modo que perfeitamente Allan podia escutar enquanto em uma espécie de tatame a céu aberto feito de areia compactada algumas dezenas de pessoas batiam palmas, tocavam espécies de arco e em ritmo cantavam simulando uma peça de teatro dispostas todas a formarem um círculo. De onde estava era praticamente impossível discernir o que ocorria naquela roda, porém, caso o Karateca ousasse enveredar em meio as pessoas que disputavam um campo de visão ombro a ombro poderia entender o verdadeiro espetáculo e porque as palmas ritmadas.

Um homem e uma mulher de pele escura lutavam em intenso ritmo enquanto pernas levantavam ondas de poeira e ar em movimentos ágeis, precisos e concisos enquanto que em um misto de esquiva, ataque e malícia golpes voavam para lá e para cá perfeitamente encaixados. Ali havia um espetáculo envolvente capaz de fazer qualquer um ficar sem piscar e o ritmo apenas aumentava junto das palmas, mais e mais golpes voavam tornando tudo ainda mais interessante até que um duplo soco era disferido pelo homem que trazia consigo caveiras em seu pescoço e uma enorme massa de poeira era deslocada deixando no ar a dúvida se havia ou não sido acertada a mulher, revelando apenas milésimos de segundo depois que ágil lutadora de cabelos brancos havia esquivado e ao mesmo tempo contra-atacado o homem com uma tesoura de perna em seus braços, lançando-o lateralmente contra os espectadores como se nada fosse.  - Ela é demais, não é? - Dizia um homem de pele igualmente escura e cabelo curioso, havia em seu rosto algumas tatuagens bem como em seus braços e algo diferente, um imenso olhar de admiração. - Desculpe a falta de educação, as lutas de Sinara me encantam. - Estendia a mão para o tritão sem sequer ligar para sua aparência esquisita. - Pode me chamar de rato. - Sorria de maneira despreocupada, por algum motivo ninguém ali ligava para a presença de um ser tão fora de contexto como Allan, outra luta iniciava agora entre mais uma dupla e empolgado o garoto perguntava. - Depois deles você topa uma luta? - A roda seguia em ritmo acelerado enquanto Rato aguardava uma resposta de Armstrong e o som dos instrumentos e palmas os envolvia.






Cena dentro da roda:
 

Rato:
 

Outra dupla:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Você não me vê na batalha?
É claro que estou lá, veja só o terror e o medo neles.


||Legenda||

|- "Roxanne - Intervenção" - |
|~Roxanne - Pensamentos~ |
|Roxanne - Fala|


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Allan R. Armstrong
Civil
Civil
Allan R. Armstrong

Créditos : Zero
Warn : I - Hein Guia?! 4010
Data de inscrição : 07/09/2016

I - Hein Guia?! Empty
MensagemAssunto: Re: I - Hein Guia?!   I - Hein Guia?! EmptySex 07 Out 2016, 14:13

Tum tum. Tum tum. O ribombar da loucura ecoa no interior de minha mente, as ondas sonoras adentram por minhas cavidades auditivas e recocheteiam em meu crânio estraçalhando-o figurativamente. O volume dos tambores infernais aumentam conforme eu me aproximo, os finos grãos reunem-se ao redor de meus pés na vã tentativa de engolfar meu corpo e alma. Não! Não me permitirei ser vencido. Jamais se render, este é o código dos Arautos da Fortuna, e, eu como membro remanescente defenderei o legado de minha família. Regozijo-me imediatamente, tomado por ímpeto e vigor guerreiros corro em direção ao paraíso. Meus pés comprimem e compactam a areia que não mais me atrasa, utilizando mãos e pés em conjunto alcanço meu objetivo.

O fulgor dourado retorna aos meus olhos quando vislumbro a vida brotar do limbo egoísta deste deserto. Palmas. Instrumentos. Combate. O que está diante de minhas veredas é singular. As pessoas apresentam traços semelhantes que caracterizam-nos, tal qual a pele bronzeada e vestimentas. Tentado pelo desejo de também entreter-me e talvez saciar a fome e sede me aproximo sutilmente.

As palmas e instrumentos ressoam frenéticos enquanto em uma arena central uma dupla duela avidamente, o modo como se  movimentam é peculiar e inusitado, em minha peregrinação pelos Blues jamais vi algo tão belo. Em uma mescla de classe proveniente da dança e ferocidade da batalha proporcionam um verdadeiro espetáculo ao qual deleito-me. Os espectadores devotam tamanha atenção que sequer notam a presença de um homem peixe poluindo seu ambiente monocromático e unigenito. Uma linda mulher de pele escura demonstra uma vitória incrível, derrubando seu adversário com um golpe que não sou capaz de descrever.

_ Ela é demais, não é! - olharia ao redor  buscando a certeza de que o rapaz tatuado dirigia-se a mim, para em seguida responder-lhe.

_ Ela é incrível. Acho que não tenho palavras para descrever o que estou vendo. - as palavras saltariam vagarosamente demonstrando espanto e leve incredulidade.

_Desculpe a falta de educação, as lutas de Sinara me encantam. Pode me chamar de rato.- ele estende as mãos em sinal de respeito e educação.

Me encontro em estado de surpresa, mas estenderei a mão retribuindo o cumprimento enquanto apertarei de leve e direi:

_ Prazer, eu sou Allan!

Outra dupla prepara-se para combater, procuro um posicionamento favorável para apreciar o espetáculo. Os instrumentos orquestrando a perfeita trilha sonora para o momento. Tudo perfeito._Depois deles você topa uma luta?.

Sou pego de surpresa novamente. Acredito não estar em minhas melhores condições. Mas, sou um Arauto da Fortuna e um lutador nato, seria vergonhoso para mim rejeitar o convite. Responderei abrindo um leve sorriso:

_ Se eu topo uma luta? Claro que sim! - aceitando o convite iria voltar os olhos ao combate que precedia o meu, enquanto tentaria encontrar o ritmo certo e participar da sinfonia de palmas, ainda matutando sobre ter encontrado um paraíso dentro do inferno.

Tendo findado o duelo,  será minha vez, sou completamente avulso e ignorante em relação a cultura e costumes deste povo desértico,  mas farei me esforçarei para não denegrir minha imagem e desagrada-los. Inicialmente apenas imitaria a apresentação ou mesura que Rato dirigisse a mim, mantendo a concentração para não cometer erros. No momento em que o duelo tiver seu inicío, flexionarei os braços posicionando-os a frente do tórax enquanto darei passos para o lado desenhando um círculo conforme me movimento. Aguardarei a investida de meu rival para reagir defensivamente, se ele tentar chutar-me tentarei esquivar-me jogando o corpo na direção oposta ao ataque e contra atacar com um soco de direita nas costelas.

Obtendo sucesso na esquiva e no soco, a manobra seguinte será um gancho com o mesmo punho que atingiu as costelas, a manobra ofensiva terá seu fim com um chute com a perna esquerda direcionado ao tronco de Rato visando causar danos e afasta-lo com o impacto.

Se em alguma hipótese não conseguir esquivar-me de um possível chute ou soco, tentarei reerguer os braços conforme meu estilo de combate e utilizando o máximo de minha agilidade executarei saltos para trás na tentativa de me afastar e reassumir o controle para uma investida futura.

____________________________________________________

Narração
- Falas

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luna
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Luna

Créditos : Zero
Warn : I - Hein Guia?! Banido10
Masculino Data de inscrição : 22/12/2011
Idade : 25
Localização : Lvneel - North Blue

I - Hein Guia?! Empty
MensagemAssunto: Re: I - Hein Guia?!   I - Hein Guia?! EmptyTer 11 Out 2016, 21:07

Mamão Maduro.




O duelo entre a dupla agilmente acabava com uma belíssima rasteira aplicada pela mulher, aquela era uma das regras e Allan logo saberia disso. - Vamos lá, é nossa vez!! - Rato chamava o tritão direcionando-se para uma das extremidades da roda e ficando de frente para o mesmo enquanto levemente curvava a coluna para cumprimenta-lo. - Temos algumas regras, o primeiro a cair como você acabou de ver, perde. - O dedo indicador se erguia. - Vale tudo aqui dentro, mas caso saia da roda, perde. - O dedo médio se erguia. - Se usar armas, perde. - O anelar se erguia e agilmente um chute frontal de Rato acertava o plexo solar de Armstrong. - Se você vacilar, perde. - O tom de voz traquina e malicioso surgia na voz do negro bem como um sorriso no rosto.

Oficialmente a luta havia começado e o tritão que não esperava um golpe tão ágil e na surdina já tinha uma enorme dor e dificuldade em respirar contra seu desempenho. Em círculos a batalha iniciava, ambos os combatentes giravam um de frente para o outro dentro da roda e o capoeirista com seu gingado começava a encurtar as distâncias até que os golpes começavam. Uma meia lua era descrita pela perna direita de Rato vinda da direita para a esquerda enquanto o tritão saltava da esquerda para a direita de maneira mal calculada e acabava por receber mais uma pancada, agora na cabeça.

O sangue surgia nos lábios e de quadro Allan estava com uma enorme nuvem de areia a se formar a sua volta e tendo o negro as suas constas ainda gingando e executando pequenos floreios acrobáticos.  - Um estrangeiro chegô pra jogá, chamou o negro pediu pra lutá!! Entrooou na roda e cerrou os punhôô, caiu de quatro quenem mamão maduro!! - A música cantada pelos integrantes da roda claramente dirigia-se a Armstrong que aparentemente ainda não havia perdido, afinal, cair de quatro não desclassificava. - Sente a música e a terra hôme peixe, ocê tá achando que tá no mar. - Uma pequena menina se ajoelhava na beirada da roda e dizia para Allan que precisaria se esforçar mais e calcular melhor seus movimentos para ter algum sucesso.





OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Você não me vê na batalha?
É claro que estou lá, veja só o terror e o medo neles.


||Legenda||

|- "Roxanne - Intervenção" - |
|~Roxanne - Pensamentos~ |
|Roxanne - Fala|


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




I - Hein Guia?! Empty
MensagemAssunto: Re: I - Hein Guia?!   I - Hein Guia?! Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
I - Hein Guia?!
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Arquipélago Wushu-
Ir para: