One Piece RPG
Canção do Inverno - Página 6 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» MINI maximo 12 A procura de um destino
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor maximo12 Hoje à(s) 0:16

» Red Albarn e o Alvorecer de um Herói
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor Bijin Ontem à(s) 23:49

» Só mais uma Aventura
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor Jabuloso Ontem à(s) 23:30

» Cap. 2: Da alvorada ao Crepúsculo, os aspectos da liberdade surgem!
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor PepePepi Ontem à(s) 23:30

» [Mini-Eizen] Redenção do Espadachim
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor TheJoker Ontem à(s) 23:18

» Construindo o Começo
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor Graeme Ontem à(s) 22:55

» [MINI-JIN WOO] Ocioso de mão cheia
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor TheJoker Ontem à(s) 22:30

» Timbre Mudo
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor Oni Ontem à(s) 22:30

» I - Conhecendo o mundo
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:12

» O vagabundo e o aleijado
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor Megalinho Ontem à(s) 21:53

» Sem rumo definido
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor PepePepi Ontem à(s) 20:13

» Cap. 1 - Abrindo caminho
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor Bijin Ontem à(s) 19:53

» Apresentação - 2: Falência ambígua
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor love.licia Ontem à(s) 17:45

» Phantom Blood
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor Remenuf Ontem à(s) 17:13

» 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor ADM.Kiodo Ontem à(s) 16:51

» Sons of Vermillion's Blood: Gênesis
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor Midnight Ontem à(s) 16:41

» Arco da Queda I: O novo poder da marinha!Avante para a Grand Line!
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor Noah Ontem à(s) 16:13

» 1º Capítulo - Adeus, Micqueot
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor Oni Ontem à(s) 15:23

» [FICHA] - Artturi
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 14:56

» Artturi Bloodfist
Canção do Inverno - Página 6 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 14:50



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Canção do Inverno

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 70
Warn : Canção do Inverno - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Canção do Inverno - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 6 EmptyDom 25 Set 2016 - 20:33

Relembrando a primeira mensagem :

Canção do Inverno

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Montgomery Koba. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Onikoroshi
Civil
Civil


Data de inscrição : 28/08/2016

Canção do Inverno - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 6 EmptySex 11 Nov 2016 - 20:22

Ao ouvir o que o pai da garota acabara de dizer, o ninja só pode rir:

– HAHAHAHA!

O jovem mal pode se conter:

– Vocês são hilários! Mal posso esperar para ver o que a velhota vai fazer com vocês...

Koba ainda sorria enquanto era levado para a sela onde ficaria trancado. Após se ver completamente sozinho em sua sela, o ninja começou a confabular:

* Agora as coisas vão começar a ficar feias. Se esses idiotas conseguiram mesmo encontrar a velhota, melhor começar a pensar em um jeito de escapar. Se tem uma coisa que minha mãe me ensinou é que, não é inteligente (sob nenhuma circunstância) enfrentar a velhota. *

Preocupado, com todas as histórias contadas pela sua mãe (que ele tentava a todo custo não lembrar, embora não conseguisse), Koba temeu por sua vida. Contudo, como ele acreditava ainda ter tempo, para ao menos uma tentativa de fuga, ele procurou resolver problemas mais urgentes. Logo, procurou gritar a plenos pulmões:

– EI! VOCÊS! EU ESTOU COM FOME. MORTO EU NÃO VOU SERVIR PARA VOCÊS.

Ainda que temesse por sua vida, Koba ainda precisava preservar a pouca vida que ele tinha, para poder pensar em salvá-la no futuro (próximo ou longínquo).





* PENSAMENTOS *
– FALAS.
– FALAS DE OUTROS PERSONAGENS.




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Scarlight
Civil
Civil
Scarlight

Créditos : 15
Warn : Canção do Inverno - Página 6 10010
Data de inscrição : 01/07/2016
Idade : 19

Canção do Inverno - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 6 EmptySeg 14 Nov 2016 - 18:03


O rapaz logo começava a gritar pedindo por comida. Não demorou mais que 5 minutos para que uma empregada surgisse portando uma bandeja, e nessa bandeja havia simplesmente um pão que parecia estar velho e um tanto quanto duro, uma garrafa com água e um pouco de queijo, muito duro também pela aparência. Ao menos o pão tinha um tamanho avantajado.

A mulher deixou a bandeja logo em frente a cela, de modo que o rapaz poderia esticar os braços para que pudesse pegar. Assim que mordesse o pão, perceberia que ele estava bem difícil de mastigar, assim como o queijo, que não parecia nem um pouco agradável, e o sal estava passando do ponto. Somente a água estava em seu estado líquido e inalterado. Aquilo era lastimável.

Assim que terminasse de comer, não havia nada que pudesse fazer. Algumas horas se passaram. Qualquer coisa que ele tentasse, tanto quanto gritar por alguém ou coisa do tipo seria ineficaz. Já havia comido, se precisasse usar o banheiro havia um logo ali, e não havia mais nada que pudesse fazer, a não ser adormecer.

Caso resolvesse adormecer naquele colchão velho e com cheiro desagradável, mesmo se não adormecesse, no dia seguinte a mulher que havia capturado-o apareceria. Ela estava determinada, então começou a observar o rapaz da escada. Desceu, empunhou seu objeto envolto em tecidos, abriu a cela e fez sinal para o rapaz a seguir.

- Vamos, estamos preparados para irmos até a Grand Line, espero que esteja preparado - Dizia ela.

Era escolha do rapaz se levantar ou não, mas se não o fizesse, ela simplesmente iria obriga-lo, de modo que bateria com sua arma envolta em tecidos até que ele resolvesse se levantar. Assim que o fizesse, iria fazer com que ele fosse na frente. Pelo visto, estava atenta a qualquer passo em falso.

Assim que chegassem no térreo da mansão, era possível ver várias pessoas arrumadas, com suas armas, junto com o líder do clã, o pai da menina, com seus olhos vermelhos e penetrantes. Deu um sorriso, e então desatou a falar.

- Certo, meus subordinados, a hora chegou! - Disse ele, vitorioso - Conseguimos a isca para atrairmos aquela velha nojenta, e agora podemos ir para a Grand Line, onde pegaremos a cabeça dela e de sua tripulação, e com isso vamos ganhar fama e riquezas! Ouçam bem o que eu digo!

Então era esse o plano. Usar o rapaz de isca para que pudessem encontrar a avó do menino e, com isso, capturar a idosa e leva-la para as autoridades. Provavelmente ganhariam uma grana preta com isso, é com certeza algo a se levar em conta, mas não sabiam o verdadeiro poder da mulher.
O homem fez sinal para que fosse seguido, e todos que estavam ali o seguiram. Não iria deixar a casa e a ilha sozinha, e já possuía sua equipe aguardando em seu navio. Após alguns minutos, eis que surge Krieg, furioso.

- ONDE ESTÁ ELE? - Perguntou Krieg - ELE ENTROU SEM PAGAR, ONDE ESTÁ ELE?

Ele parecia estar realmente furioso. Olhava a multidão indo para o porto com muito ódio, até o momento em que olhou para o rosto de Koba. Não demorou para puxar um chicote cravejado de diamantes, e estalar perto da multidão. O mestre do clã parecia estar nervoso.

- O que significa isso? - Perguntou ele.
- CALADO, HIRO, EU QUERO O MEU DINHEIRO. - Respondeu ele.

Não demorou muito para que saltasse sobre todos, em direção a Koba. Por um triz o rapaz não foi pego, e agora estava solto, mas estava sem seus pertences, como sua ninjaken e seu dinheiro. O que ele deveria fazer?



Histórico:
 



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Fala
Falas alheias
"Pensamento"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Onikoroshi
Civil
Civil
Onikoroshi

Créditos : Zero
Warn : Canção do Inverno - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 28/08/2016
Idade : 38
Localização : Serra/ES

Canção do Inverno - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 6 EmptySeg 14 Nov 2016 - 21:19

Koba não entendeu direito o que estava acontecendo, porém, a situação lhe pareceu favorável.

* Esse idiota de novo? Acho que eu vou jogar mais um pouco de álcool nessa fogueira... *

– É isso mesmo! Não paguei e nem vou pagar. Afinal de contas, que pagaria para ver um punhado de animais quase mortos? Se quiser seu dinheiro, vá cobrar alguém que se importe, seu vira-latas sarnento.

* Acho que agora o caldo entorna. Só espero que esse palhaço faça seu trabalho direito. *

Deliberadamente, o ninja tentou irritar o Krieg. Ele queria que a confusão aumentasse para que pudesse, caso ninguém percebesse, furtar uma arma e escondê-la por debaixo de suas roupas. Koba procuraria por qualquer arma pequena (como uma faca, por exemplo). Caso não encontrasse tal arma, ele nem tentaria pegar nada.
Independente de conseguir ou não a arma e conseguir escondê-la, Koba não tentaria fugir. Ainda que não quisesse enfrentar sua avó materna, aquela era a melhor chance dele de sair da ilha e ele não ia deixa-la escapar.

* Vamos ver até onde esses caçadores vão, com toda essa história que capturar a velhota. Se metade das histórias que minha mãe me contou forem verdade, eles não vão conseguir nem chegar perto de onde ela está... melhor assim. *

O jovem ninja estava seguro que não veria o rosto de sua avó. Tão seguro que estava colaborando com seus captores. Ele tinha bem claro em sua mente que suas chances de a encontrar eram remotíssimas e era nessa certeza que ele se agarraria até o último momento.

– Ei velhote! Se você não dá conta de segurar nem esse pé rapado, como acha que vai conseguir enfrentar minha avó? – Tentaria dizer Koba para o líder do clã, como um ar de desprezo, somente com a intenção de deixar todos mais nervosos e aumentar ainda mais a confusão.




* PENSAMENTOS *
– FALAS.
– FALAS DE OUTROS PERSONAGENS.




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Scarlight
Civil
Civil
Scarlight

Créditos : 15
Warn : Canção do Inverno - Página 6 10010
Data de inscrição : 01/07/2016
Idade : 19

Canção do Inverno - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 6 EmptyTer 15 Nov 2016 - 15:26


O rapaz provocava ainda mais Krieg. Ele já estava ficando possesso de raiva, vermelho de ódio, até que pegou seu chicote e tentou estalar perto de Koba. Porém, como estava possesso de raiva, acertou um dos homens ali perto. No momento em que o fez, uma ninjaken, a mesma que Koba parecia ter comprado, caiu ao chão, além de alguns berry's. Não demorou para que o ninja, com sua furtividade, passa a mão por ali, recuperando uma ninjaken e alguns trocados, mas não parecia haver os seus 20.000. Mas ali havia quase metade.

Seja como for, as provocações estavam piorando. Agora ele provocava o mestre do bando. Parecia ter ignorado sua timidez no meio da aventura, e agora estava insultando quem estivesse ali. O homem parecia se abalar pouco, mas alguém do bando parecia ter se ofendido.

- Não fale do mestre desta maneira! - E avançou.

Antes que pudesse fazer algo, o rapaz foi chicoteado por Krieg e seu chicote cravejado de diamante. Muito sangue foi visto no homem, e seus pertences voaram. Dinheiro era possível ser visto. Koba afanou mais um pouco, de maneira que completou todo seu dinheiro agora. A situação havia se virado, e agora o rapaz havia recuperado tudo, visto que já estava com seu poncho em seu corpo.

- ME DÊ MEU DINHEIRO AGORA! - Disse Krieg, furioso.
- Não deixem que a criança escape! - Gritava o mestre do clã Ant-Bullet.

Já estava ficando tarde. Será que ele ainda conseguiria pegar alguma carona com Joe? Bem, com tantas pessoas atrás dele, talvez não fosse possível, mas ele poderia tirar proveito da situação. Krieg ainda chicoteava as pessoas e tirava a atenção do mestre do clã Ant-Bullet. O que o rapaz deveria fazer?



Histórico:
 



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Fala
Falas alheias
"Pensamento"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Onikoroshi
Civil
Civil
Onikoroshi

Créditos : Zero
Warn : Canção do Inverno - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 28/08/2016
Idade : 38
Localização : Serra/ES

Canção do Inverno - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 6 EmptyTer 15 Nov 2016 - 16:12

* Essa foi por pouco! *

Imaginaria Koba, ao ver o chicote de Krieg retalhar um dos membros do Clã bem próximo dele. Após ter certeza que tinha tudo o que precisava, o ninja não se fez de rogado. Com um sorriso no rosto o ninja tentaria dizer:

– Muito bem, senhoras e senhores. É aqui que nos separamos. Espero que, além de nunca mais ver nenhum de vocês, que vocês consigam encontrar a bruxa velha (e que ela mate até o último de vocês). Adeus!

Sem fazer menção de olhar para trás, Koba tentaria correr o mais rápido que conseguisse. Ele tentaria chegar ao porto. Ele tentaria alcançar a embarcação de Joe a todo custo. No caminho ele ainda tentaria imaginar:

* Só espero que ele não tenha partido ainda. Eu não estou muito na vibe de ficar com esses loucos. Ainda sou muito jovem para morrer desse jeito... *

Caso conseguisse chegar a tempo, Koba tentaria pagar a Joe, a passagem, subiria a bordo, caso conseguisse e tentaria ficar fora do caminho da tripulação e fora das vistas das pessoas do lado de fora. Caso não conseguisse, ele improvisaria de acordo com o que a situação apresentasse.




* PENSAMENTOS *
– FALAS.
– FALAS DE OUTROS PERSONAGENS.




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Scarlight
Civil
Civil
Scarlight

Créditos : 15
Warn : Canção do Inverno - Página 6 10010
Data de inscrição : 01/07/2016
Idade : 19

Canção do Inverno - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 6 EmptyQua 16 Nov 2016 - 15:13


O rapaz se despedia, esquecendo-se novamente de sua timidez. De qualquer forma, se despedir foi uma má ideia. As pessoas começaram a perseguir o rapaz. Ao menos Krieg começou a ficar nervoso e foi atrás dele, chicoteando tudo perto do rapaz, até o momento em que chicoteou sua mão e agarrou seu pulso, puxando o rapaz para si.

- Não vai fugir de mim! Pague o que me deve ou vai sofrer as consequências! - Dizia Krieg.

O homem parecia estar possesso de raiva. Ele não iria fazer o que Koba esperasse que ele pudesse fazer, como soltar seu pulso, por exemplo. Teria que arrumar um jeito de escapar.
Não demorou para que Mint surgisse para perseguir o rapaz também. Mesmo assim, Krieg pegou outro chicote, mais simples, e estalou no chão próximo a eles.

- Aqui não! - Gritou ele - Primeiro ele vai resolver os negócios comigo! Ou vai perder um braço!

O rapaz tinha duas escolhas. Ou arrumava uma maneira de fugir dali o mais rápido possível ou pagava e fugia. Mesmo assim, haviam membros do clã Ant-Bullet e Krieg estava em sua cola. Os caçadores de recompensas estavam recuados, esperavam que Krieg acabasse o que tinha que fazer. Mas e agora? A decisão era do rapaz.



Histórico:
 



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Fala
Falas alheias
"Pensamento"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Onikoroshi
Civil
Civil
Onikoroshi

Créditos : Zero
Warn : Canção do Inverno - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 28/08/2016
Idade : 38
Localização : Serra/ES

Canção do Inverno - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 6 EmptyQua 16 Nov 2016 - 20:02

* Agora ferrou! *

Imaginaria o ninja ao ver seu pulso preso pelo chicote de Krieg. Porém, tomado pelo desespero da fuga, Koba tentaria uma manobra arriscada. Ao invés de fugir, seguraria o chicote que o prendia e tentaria pular com ele em direção à Krieg.

* Vamos ver se funciona... *

Pensaria o jovem de cabelos brancos, que tinha a intenção de usar a parte do chicote contra o próprio dono. Ele tentaria usar o chicote como proteção para seu braço atingido, à medida que tentaria se aproximar de Krieg. Na cabeça do ninja, com menos chicote disponível para Krieg, melhor seria para ele.

Caso conseguisse se aproximar o suficiente para impedir que Krieg utilizasse o seu outro chicote, Koba tentaria utilizar sua ninjaken para cortar o dono do zoológico. Nesse ponto mesmo que ele não conseguisse cortá-lo, Koba teria se livrado do chicote perigoso, então já seria meio caminho andado para tentar fugir novamente.

A Koba, restava ver se seu “plano” daria o resultado esperado, ou se teria que improvisar novamente.




* PENSAMENTOS *
– FALAS.
– FALAS DE OUTROS PERSONAGENS.




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Scarlight
Civil
Civil
Scarlight

Créditos : 15
Warn : Canção do Inverno - Página 6 10010
Data de inscrição : 01/07/2016
Idade : 19

Canção do Inverno - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 6 EmptySex 18 Nov 2016 - 17:05


O rapaz tentava fazer um plano de ataque por se aproximar de Krieg. Ele planejava cortá-lo com sua ninjaken assim que se aproximasse o suficiente. Manobra mais tola impossível, pois já estava preso ao corpo do homem, e antes que pudesse se aproximar o suficiente para cortar seu oponente, ele tomou um soco na cara que foi suficiente para que levasse o rapaz para longe, de maneira que o mesmo se soltou do chicote, porém, a dor em sua face era enorme.

- O que esse idiota está querendo fazer? - Disse ele - Me dê logo os meus 1000 berry's!

Estava realmente muito nervoso. Será que o rapaz não entendia que era simplesmente dar um pouco de dinheiro e o homem iria deixa-lo em paz? Bem, parecia que não havia percebido isso, mas mesmo assim, parece que Krieg começou a conversar com Hiro.

- Certo, Krieg, eu lhe dou 1.000.000 de Berry's caso você me dê essa criança - Disse Hiro.
- 1.000.000!? - Exclamou Krieg, impressionado.
- Sim, apenas puxe ele novamente para mim. - Disse Hiro, com uma face séria.
- Espere! - Disse Krieg - Primeiro ele terá que me pagar! Mesmo que ofereça a parte dele para me pagar, eu preciso é do dinheiro dele! Agora, garoto, pague!

Hiro parecia não ter gostado da última frase, mas ficou calado. O rapaz estava jogando no chão. O que deveria fazer?



Histórico:
 



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Fala
Falas alheias
"Pensamento"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Onikoroshi
Civil
Civil
Onikoroshi

Créditos : Zero
Warn : Canção do Inverno - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 28/08/2016
Idade : 38
Localização : Serra/ES

Canção do Inverno - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 6 EmptySex 18 Nov 2016 - 20:00

* Mas que m… Essa doeu um pouco. *

Koba não se espantou de seu plano não ter funcionado. Só ficou um pouco ressentido de ter sido socado antes mesmo de ter tido a chance de atacar Krieg.

Porém, agora que estava livre do chicote, ele poderia retomar sua fuga. Sem nem ao menos esperar que Krieg e Hiro terminassem sua negociação, o jovem tentaria correr para a direção do porto, mais uma vez.

Porém desta vez ele tentaria uma abordagem um pouco diferente: Ele tentaria correr de maneira que seus movimentos e direção não fossem previsíveis (correria em zig-zag ou coisa parecida e evitaria correr em linha reta). Sua intenção era a de fazer com que os chicotes de Krieg tivessem alguma dificuldade de segurá-lo uma segunda vez.

Além disso ele tentaria jogar coisas entre ele e seus perseguidores (tais como latas de lixo, caixotes ou coisas que o valham) para tentar atrasá-los o máximo que fosse possível.

* Que a minha sorte não me falhe agora. *

Imaginaria o ninja, sonhando em poder encontrar o barco de Joe pronto para zarpar, assim que chegasse ao porto.

* Seria demais sonhar com um pouco de paz? *

Imaginaria ainda, antes de tentar imprimir mais alguma velocidade a sua tentativa de fuga.




* PENSAMENTOS *
– FALAS.
– FALAS DE OUTROS PERSONAGENS.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Scarlight
Civil
Civil
Scarlight

Créditos : 15
Warn : Canção do Inverno - Página 6 10010
Data de inscrição : 01/07/2016
Idade : 19

Canção do Inverno - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 6 EmptySeg 21 Nov 2016 - 17:00


Enquanto os dois conversavam e negociavam a cabeça do rapaz, ele saiu correndo. Foram 5 segundos de vantagem, pelo visto, porque os dois logo perceberam e saíram correndo atrás do rapaz. Ele corria pelas ruas de Malkiham como um foguete, e jogava latas de lixo e caixotes pelo caminho, de modo que atrapalhava muito aqueles que estavam o seguindo.

Não demorou muito para que a vantagem em tempo que ganhava se tornasse uma oportunidade para despistá-los. O rapaz entrou num beco e saiu correndo. Ao fundo era possível ouvir os passos das pessoas que estavam caçando um ninja que parecia saber bem como fugir. O fim do beco revelava o porto. Joe estava lá, organizando tudo para que pudesse partir.

Não demorou muito para que o rapaz viesse de encontro a ele. Parecia estar exauste de tanto correr. Joe olhou para o menino, um tanto quanto curioso, e então olhou em seu relógio. O sol já começava a se por atrás das nuvens.

- Trouxe o dinheiro? - Perguntou o homem, esperando a resposta certa.



Histórico:
 



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Fala
Falas alheias
"Pensamento"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Onikoroshi
Civil
Civil
Onikoroshi

Créditos : Zero
Warn : Canção do Inverno - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 28/08/2016
Idade : 38
Localização : Serra/ES

Canção do Inverno - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 6 EmptySeg 21 Nov 2016 - 21:07

* Graças aos Deuses! Ele ainda está ancorado! *

Pensaria o jovem ninja ao ver que a sua sorte não havia o abandonado. Com pressa de embarcar, ele procuraria entregar o dinheiro da passagem sem nem mesmo dizer uma palavra.

* Vamos logo, eu só quero sair daqui... rápido. *

O ninja de cabelos brancos quase não se aguentava. Ele procurava olhar ao redor o tempo inteiro, para evitar ser pego de surpresa. Mas não diria nada (em parte pela pressa de embarcar e em parte pela sua timidez - que ele fizera questão de esquecer durante seu ataque de fúria, logo quando Krieg apareceu).

Assim que tivesse a certeza de que Joe houvesse permitido que embarcasse, Koba subiria a ordo e se colocaria fora do caminho da tripulação, mas ao mesmo tempo escondido de que olhasse o navio de fora, a sua procura (como por exemplo em uma cabine ou no porão do navio – caso houvesse espaço em um destes locais).

* Vamos logo… Mais rápido, mais rápido. Antes que alguém venha. *

Imaginaria o jovem ninja, à medida que procurasse por seu esconderijo temporário.

Assim que estivessem fora do alcance do porto, Koba sairia de seu esconderijo e procuraria algum local mais confortável. Se tivesse a oportunidade, comeria alguma coisa e descansaria um pouco. Afinal, era importante verificar se tudo estava em ordem antes de alcançar o alto mar.




* PENSAMENTOS *
– FALAS.
– FALAS DE OUTROS PERSONAGENS.




[url
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Canção do Inverno - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 6 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Canção do Inverno
Voltar ao Topo 
Página 6 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Malkiham Island-
Ir para: