One Piece RPG
Canção do Inverno - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Enuma Elish
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 06:18

» Arco 1: Passagem pela ilha do riso
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 05:52

» O Sapo Mágico
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 05:13

» Pirataria, doces e mistérios
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 04:51

» Una Regazza Chiamata Pericolo
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 02:46

» [MINI-Fenrisulfr] Começo
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:11

» As mil espadas - As mil aranhas
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor jonyorlando Hoje à(s) 01:04

» The One Above All
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor Achiles Hoje à(s) 00:57

» The Claw
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor Achiles Hoje à(s) 00:22

» II - Growing Bonds
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor Vincent Hoje à(s) 00:21

» VI - Seek & Destroy
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:09

» Seasons: Road to New World
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor Ravenborn Hoje à(s) 00:02

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor Sagashi Ontem à(s) 23:49

» I - As rédeas de Latem City!!
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor Kyoji Ontem à(s) 23:24

» 1° Act - It's Navy Time
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor Roy Collins Ontem à(s) 23:12

» Mini - new man reformed
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor new man reformed Ontem à(s) 23:04

» [LB] O Florescer de Utopia III
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor Kekzy Ontem à(s) 22:57

» 1º Cap: O começo de uma grande aventura
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor JaponeisLK Ontem à(s) 22:11

» Ficha Lawrence
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor Lawrence Ontem à(s) 22:08

» Apresentação 5 ~ Falência Sensacionalista
Canção do Inverno - Página 4 Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 21:46



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Canção do Inverno

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 53
Warn : Canção do Inverno - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Canção do Inverno - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 4 EmptyDom 25 Set 2016, 20:33

Relembrando a primeira mensagem :

Canção do Inverno

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Montgomery Koba. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Onikoroshi
Civil
Civil


Data de inscrição : 28/08/2016

Canção do Inverno - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 4 EmptySeg 24 Out 2016, 20:20

Muito mais atordoado do que intimidado, Koba se levantou assim que o cachorro foi retirado de cima de seu corpo.

* Mas o que diabos foi isso? O que é que está acontecendo? *

Antes mesmo que ele pudesse organizar seus pensamentos, o ninja, ainda meio disperso pelo o que havia ocorrido, ouviu alguém berrando perto dele:

– O que você faz em minha sala, seu verme? Eu sou Krieg! O quão louco você é a ponto de invadir meu escritório? Vamos, me dê respostas!

Ainda sem responder e tremendo um pouco, Koba não respondeu. Sua raiva do cachorro era tanta que sua vontade foi de sacar sua espada e matar o animal e seu dono ali mesmo. Mas, ignorando o tom de voz do homem e procurando se acalmar, o ninja procurou bater a poeira do corpo e arrumar suas roupas, enquanto procurava pela caixa da entrega.

– Sou o entregador. – Responderia, com a voz baixa (quase inaudível) e a cabeça baixa – Joe me enviou para entregar isso. – Diria, (agora num tom de voz um pouco mais alto, mas ainda assim visivelmente envergonhado) esticando o braço em direção a Krieg, para entregar a caixa que trouxera até o zoológico.

* Pra mim chega! Essa foi a gota d’água! *

O jovem de cabelos brancos estava visivelmente desconcertado com toda a situação. Ele sequer esperou a réplica de Krieg. Ainda meio cambaleante, ele procuraria a saída da sala e tomaria a direção da saída (e, por conseguinte do porto) caso não fosse impedido.

Na sua cabeça ele passava diversas vezes as formas mais cruéis com mataria o maldito cachorro e seu dono, caso tivesse tempo para vinganças sem sentido e que chamariam atenção demais. Por fim, mais ou menor recuperado do susto, ele retomaria seu mantra:

* Tenho que sair logo dessa ilha. Estou perdendo tempo precioso! Preciso voltar ao porto. E rápido! *




* PENSAMENTOS *
– FALAS.
– FALAS DE OUTROS PERSONAGENS.




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Scarlight
Civil
Civil
Scarlight

Créditos : 15
Warn : Canção do Inverno - Página 4 10010
Data de inscrição : 01/07/2016
Idade : 20

Canção do Inverno - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 4 EmptyTer 25 Out 2016, 23:16


Koba apresentou para o homem o motivo de estar ali, Krieg logo ficou um tanto quanto confuso. Parece que ficou se perguntando o que ele havia trago, ou quem era Joe, até o momento em que tomou a mercadoria das mãos do ninja.

Olhou para dentro da caixa e deu um sorriso. Fechou-a e riu com prazer por alguns segundos, até o momento em que percebeu que Koba ainda estava ali. Fechou a cara num instante, Ortro rosnou para o rapaz. O cachorro não parecia estar satisfeito em ter saído de cima do rapaz.

- Não sei quem é Joe, mas já que você trouxe a mercadoria que havia encomendado havia 2 meses, pode ir logo embora - Disse ele - Antes que eu lhe dê um soco.

Não demorou muito para que Ortro rosnasse. Parecia estar morrendo de vontade de atacar o pescoço do ninja, mas não o fez. Krieg ainda estava olhando para o objeto que estava dentro da caixa, até que se virou para Koba e viu ele com sua expressão desconcertada. O ninja começou a sair e Krieg deu um empurrãozinho que quase levou o rapaz ao chão.

Com isso, o moço saiu do escritório, saiu do edifício de administração do zoológico. Levou cerca de 15 minutos para que pudesse encontrar a saída. Assim que chegou, viu uma moça conversando com a outra moça da bilheteria. Ela tinha cabelos brancos, amarrados em trancinhas, e seus óculos quase que transparentes estavam a frente de olhos vermelho vivo, penetrantes, profundos, intimidantes. Ela se vestia com o que parecia ser um uniforme de colégio verde muito escuro, além de carregar algo nas costas. Elas estavam conversando sobre alguma coisa.

- Preciso mesmo pagar para entrar? É sobre a criança amaldiçoada! - Disse ela.
- Outra querendo dar calote! Já houve um que entrou sem pagar, espero que Krieg tenha feito picadinho dele! - Disse a moça da bilheteria.
- Certo, aqui está. - Disse a mulher de olhos vermelhos, entregando dinheiro para a menina, e logo recebia um ingresso.

A moça da bilheteria parecia estar aborrecida. Pelo visto, intimidação ou qualquer tipo de controle sobre ela funcionava. Era uma menina muito fútil para que pudesse ser intimidade, e rebelde, pelo que se podia perceber. Talvez um novo nível da evolução, ou simplesmente um regresso. Fica a questão no ar.

Assim que a mulher passou pela porta giratória para entrar para dentro do zoológico, Koba já estava do lado de fora. Não parecia ter notado o rapaz, mas ela parecia ser alguém bem diferente, que não costuma muito ir a zoológicos. E o que teria a tratar com Krieg? E o que teria a tratar com Koba, como havia dito e deixado subentendido? Era melhor o rapaz dar o fora logo dali. Mas agora era ele quem decidirá o que deve fazer.

Mulher:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Fala
Falas alheias
"Pensamento"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Onikoroshi
Civil
Civil
Onikoroshi

Créditos : Zero
Warn : Canção do Inverno - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 28/08/2016
Idade : 38
Localização : Serra/ES

Canção do Inverno - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 4 EmptyQua 26 Out 2016, 20:07

– Preciso mesmo pagar para entrar? É sobre a criança amaldiçoada!

Ouviu Koba, a medida que se aproximava da cancela, na saída do zoológico. Aquilo, de alguma forma, quebrou o estado meio catatônico em que o jovem se encontrava.

* Outra vez essa conversa... Acho que essa é a minha deixa para sumir. *

O ninja procurou observar bem a garota, enquanto saia do local. Ele pretendia guardar bem o seu rosto, para o caso de se encontrarem no futuro. Koba também pode notar que ela carregava alguma coisa que se parecia muito com uma espada, mas como o equipamento estava coberto ele não pode confirmar. Porém, aquilo acendeu um sinal de alerta para o ninja de cabelos brancos.

* Se ela estiver mesmo carregando uma espada, enfrenta-la não vai ser uma ideia inteligente. Tenho que correr de volta para o porto. *

Temeroso de que tivesse que entrar em uma batalha em uma ilha repleta de caçadores de recompensas, Koba procurou se apressar em voltar para o porto. Ele pretendia encontrar Joe o mais rápido possível. Ele tinha uma sensação de que algo de ruim aconteceria em breve e queria ter a chance de sair da ilha antes que isso acontecesse. No caminho do porto pensaria:

* Assim que encontrar Joe, vou ter que ser muito rápido. Pegar meu pagamento, encontrar um navio e sumir daqui. *

Porém, enquanto procurava organizar melhor seu planejamento, o ninja procuraria antecipar uma possível emboscada:

* Tenho que ter cuidado redobrado no caminho. Não sei qual é a situação real da cidade com todos esses boatos se alastrando por aí. *

Com isso em mente, Koba procuraria tomar um caminho secundário até o porto. Em sua concepção, quanto menos ficasse “dando mole” nas ruas, melhor seria (para ele, no caso).




* PENSAMENTOS *
– FALAS.
– FALAS DE OUTROS PERSONAGENS.




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Scarlight
Civil
Civil
Scarlight

Créditos : 15
Warn : Canção do Inverno - Página 4 10010
Data de inscrição : 01/07/2016
Idade : 20

Canção do Inverno - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 4 EmptyQui 27 Out 2016, 14:13


O garoto parecia estar se desesperando aos poucos. Ele observava aquela mulher que pagava seu ingresso e logo sumia pela propriedade do zoológico. Parecia preocupado, provavelmente era uma caçadora que estava atrás de si para que pudesse encontrar sua avó, uma famosa pirata no New World, a segunda metade da Grand Line.

Antes que pudesse sumir, tentou se lembrar muito bem de seu rosto. Basicamente, era quase que inesquecível. Seus olhos vermelhos e ferozes, dominantes, seu cabelo branco trançado, era tudo muito incomum, raro. Com certeza o rapaz iria se lembrar dela.

Seja como for, não demorou muito para que pudesse sair correndo dali. Ele estava realmente preocupado. Seria uma integrante do clã Ant-Bullet, o clã que praticamente comandava Malkiham Island? Era realmente muito interessante como a reputação atingia as pessoas.

Não demorou muito para que pudesse chegar no porto. As pessoas ainda estavam descarregando mercadorias, encomendas, algumas pessoas levando as mesmas para os compradores, e várias iam em direção à fábrica da ilha. Joe ainda não era visível.

Levou cerca de 15 minutos para que Koba pudesse encontrar Joe com seus próprios olhos. Ele era realmente tímido demais para que pudesse perguntar para qualquer pessoa onde estava o careca bigodudo. Assim que encontrou, não disse nada, e Joe apenas ficou olhando o rapaz.

- O que foi? - Perguntou ele - Aconteceu alguma coisa? Entregou?


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Fala
Falas alheias
"Pensamento"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Onikoroshi
Civil
Civil
Onikoroshi

Créditos : Zero
Warn : Canção do Inverno - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 28/08/2016
Idade : 38
Localização : Serra/ES

Canção do Inverno - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 4 EmptyQui 27 Out 2016, 20:02

– O que foi? Aconteceu alguma coisa? Entregou?

Foi o que Koba ouviu antes de perceber que havia travado novamente, devido sua timidez.

* Isso aqui já está chegando no nível patológico... Coragem home! *

Pensaria o ninja antes de responder, forçando um pouco a voz para que pudesse ser ouvido e entendido claramente:

– Quase virei ração de cachorro, mas consegui. Ele parece ter gostado.

Koba tentou ser econômico com as palavras para não chamar atenção demais. Assim que o homem esboçasse qualquer tipo de reação, tentaria continuar:

– Ahn, tem mais uma coisa. Gostaria de saber quando teria algum navio zarpando. Preciso, REALMENTE, deixar a ilha. É imprescindível que eu chegue a Loguetown o quanto antes. Tenho assuntos de família, urgentes, a resolver.

Koba não esperava que Joe compreendesse suas motivações ou sua pressa, mas procuraria ser o mais enfático quanto fosse possível. Ele não tinha intenção alguma de permanecer naquela ilha um segundo a mais do que o necessário e assim que recebesse o devido por Joe embarcaria para fora da ilha (se fosse possível).

* Não dá para ficar muito tempo aqui, olhando o dia passar. Tenho que sair logo daqui. Estou muito exposto, parado deste jeito... e aquela garota. Já deve estar procurando pela “criança amaldiçoada” por aí de novo. Droga! *

Koba estava visivelmente preocupado, porém, aguardaria pacientemente a resposta de Joe para que pudesse tomar sua decisão de como agir em seguida.




* PENSAMENTOS *
– FALAS.
– FALAS DE OUTROS PERSONAGENS.




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Scarlight
Civil
Civil
Scarlight

Créditos : 15
Warn : Canção do Inverno - Página 4 10010
Data de inscrição : 01/07/2016
Idade : 20

Canção do Inverno - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 4 EmptySex 28 Out 2016, 16:58


Koba estava realmente começando a acreditar que sua timidez era realmente patológica. Bem, não se podia fazer nada, nascera com essa personalidade, e isso dificultava muito a comunicação com outras pessoas.
Seja como for, a piada do ninja parecera fazer Joe ficar intrigado, tanto que ele chegou a franzir o cenho e a coçar seu enorme bigode. Estava aguardando Koba dizer alguma coisa enquanto o observava melhor, intrigado. Ficou surpreso quando o ninja perguntou sobre algum navio.

- Um navio? Bem, só iremos partir amanhã a tarde! E Loguetown? O que você quer fazer no East Blue? - Perguntou Joe, pensativo. - Além do mais, para sair de um Blue para o outro, você precisaria pegar um dirigível, ou sei lá como chamam aquele troço.

Ele ainda mexia em seu bigode, pensando em uma solução. Olhava para todos os trabalhadores, carregando mercadorias, trabalhando incansavelmente, e olhou de volta para ninja. Não era possível saber o que estava pensando, só era possível ver sua expressão pensativa enquanto mexia em seus pelos faciais exagerados.

- Eu poderei te levar até Lvneel, mas isso apenas se você pagar pela viagem - Disse ele, por fim - E ainda assim sairemos amanhã a tarde, espero que você não se importe. Se desejar ir, precisara arcar com a despesa de B$10.000, entendido?

Basicamente, todo o dinheiro que foi dado em seu trabalho foi simplesmente para que Koba pudesse pagar sua viagem, e além do mais, só iria conseguir sair de lá amanhã pela tarde. Ele precisaria se apressar se quisesse viver e escapar de qualquer pessoa do clã Ant-Bullet. E queria realmente ir para Loguetown, mas infelizmente estava muito longe, tanto da ilha como do mar em que a mesma ficava. Restava agora saber o que Koba irá fazer.



Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Fala
Falas alheias
"Pensamento"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Onikoroshi
Civil
Civil
Onikoroshi

Créditos : Zero
Warn : Canção do Inverno - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 28/08/2016
Idade : 38
Localização : Serra/ES

Canção do Inverno - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 4 EmptySex 28 Out 2016, 18:34

* Amanhã à tarde? Pode ser muito, mas é melhor do que nada... *

Se resignaria Koba, já tentando imaginar o que poderia fazer para evitar ser localizado e/ou pego nesse meio tempo. O jovem tentaria olhar ao redor para ter certeza que não estaria em perigo.

– Vai ter que servir... Lvneel será! Aqui estão os B$5.000,00 que faltam para pagar a passagem. Você já tem os outros B$5.000,00 do trabalho de entrega para Krieg... – Tentaria dizer o jovem ninja entregando o restante do dinheiro a Joe.

Enquanto aguardaria por qualquer outra instrução de Joe, ele tentou imaginar uma forma que poderia usar para gastar o seu tempo:

* Pode ser que eu consiga achar a loja de ervas locais. Quem sabe eu consigo alguns dos itens para fabricar meus venenos... *

– Senhor Joe, o senhor teria algum outro serviço a ser feito?

Indagaria o jovem, assim que tivesse a oportunidade. Com algum tempo livre, Koba queria utilizar a oportunidade para juntar dinheiro.

* A passagem desse tal dirigível deve ser bem cara, pelo jeito que ele mencionou. E ainda existem alguns itens que preciso comprar, antes de sair da ilha...  *

Koba aguardou a resposta de Joe, mas mentalmente já procurava fazer planos, mesmo por que, independente da resposta do homem, ele já estava decidido a comprar os itens para fabricar sua especialidade: Veneno.

* Acredito que se perguntar nos lugares com maior movimento, vou conseguir encontra facilmente a loja que pode ter todos os itens que eu preciso. Agora é só questão de descobri se vai ser durante outra entrega ou se vai ser durante um passeio mais casual... *

Koba não tinha certeza se haveria outro serviço a ser feito, mas de uma forma ou de outra, procuraria utilizar as oportunidades que aparecessem da melhor forma possível. Bolso cheio ou vazio o ninja tentaria permanecer atento ao seu redor até que decidisse a respeito da possível proposta de Joe.




* PENSAMENTOS *
– FALAS.
– FALAS DE OUTROS PERSONAGENS.




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Scarlight
Civil
Civil
Scarlight

Créditos : 15
Warn : Canção do Inverno - Página 4 10010
Data de inscrição : 01/07/2016
Idade : 20

Canção do Inverno - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 4 EmptySeg 31 Out 2016, 13:23


Joe olhou de relance para o rapaz. Mesmo com ele dizendo isso, preferiu entregar o dinheiro para Koba e deixar com ele. Não parecia muito confortável em guardá-lo para si. Talvez estava impedindo-se de gastar com porcarias, ou simplesmente achava que o dinheiro do rapaz tenha que ficar com ele. Bem, não importava muito, apenas deixou tudo na mão do rapaz.

- Bem, não se preocupe, pode ficar com o dinheiro. - Disse ele - Se realmente for viajar conosco, eu cobro. Ah, e não tenho mais nenhum trabalho que você possa fazer para mim...

Ele pareci estar pensando, mas no fim apenas balançou a cabeça. Era inegável o fato de não haver mais nenhum trabalho para que Koba pudesse fazer e ganhar um dinheirinho a mais. Após alguns segundos, deixou o garoto ali, virando-se e indo trabalhar.

Koba então, vendo que não havia mais nada que pudesse fazer, simplesmente decidiu que precisa comprar um veneno agora. Saiu andando pela cidade, procurando por alguma farmácia que vendesse os materiais necessários e os ingredientes necessários para criar um veneno, talvez alguma loja especializada em ervas venenosas.

Andou por cerca de 30 minutos. 30 minutos que não serviram de nada, pois não encontrou farmácia alguma, loja alguma que vendesse ervas venenosas, ou cogumelos, ou qualquer outra coisa que possa fazer um efetivo veneno, para que pudesse enfrentar seus inimigos.

Quando parecia não haver esperanças, eis que surge uma lojinha, simples, como uma cabana feita de madeira, muito resistente pelo visto, porta de vidro e só. Uma plaquinha dizia "Bullet Medicamentos e Afins". Bullet... essa palavra não era estranha. Estaria relacionada ao Clã Ant-Bullet?

Seja como for, seria problema do ninja se ele realmente fosse entrar ou não. Caso entrasse, iria ver uma lojinha, com várias e várias prateleiras nas paredes de madeira, todas com vários vidros contendo várias ervas de diferentes tipos, além de vários cogumelos e outros ingredientes. Havia um balcão ao fundo, e atrás dele um armário de vidro cheio de potinhos rotulados, talvez remédios já feitos, capsulas, pomadas especiais.
Havia uma moça lendo um livro. Ela parecia ser doce, gentil. Olhos azuis, um cabelo loiro, vestindo um vestido verde musgo, uma blusa branca por baixo do mesmo e uma fita vermelha. Era realmente uma moça muito bonita, e não pareceu ter prestado atenção ao rapaz.

Era decisão do jovem rapaz entrar ou não nesta farmácia que parece ser propriedade do inimigo. O que Koba faria?
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Fala
Falas alheias
"Pensamento"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Onikoroshi
Civil
Civil
Onikoroshi

Créditos : Zero
Warn : Canção do Inverno - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 28/08/2016
Idade : 38
Localização : Serra/ES

Canção do Inverno - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 4 EmptySeg 31 Out 2016, 20:08

* "Bullet Medicamentos e Afins"... é claro que ia ter que ser em um lugar assim. *

Koba não se surpreendeu realmente, mas a constatação de que tudo na ilha se relacionava diretamente com o Clã era realmente irritante para o ninja.

* Acho melhor gastar o tempo de uma outra forma.  *

O problema, para o jovem de cabelos brancos, era que o navio partiria somente no dia seguinte, logo, ele permaneceu parado do lado de fora da loja, tentando imaginar uma forma de poder circular pela ilha sem ser notado.

* Um disfarce talvez. Mas com o dinheiro limitado, não dá para ser muito exigente... E ainda tenho que me preocupar com comida e alojamento. Acho que isso aqui vai ter que esperar. *

Um tanto quanto contrariado, Koba decidiu que seria melhor deixar os ingredientes para depois. Resignado, partiria em busca de um local onde poderia dormir naquela noite. Ele tentaria localizar o hotel mais barato do local (caso houvesse algum) ou alguma casa abandonada. Para que havia passado 10 anos dentro de uma caverna, no meio do nada, qualquer barraco seria um palácio.

* Se eu der sorte, pode ser que eu economize o suficiente para a passagem do dirigível. *

Imaginaria o ninja. Assim que localizasse um de seus dois salvos, tentaria retornar à cidade, em direção às lojas do local, para tentar encontrar uma loja de roupas ou de aviamentos (panos). Ele pretendia comprar um poncho ou pano suficiente para fazer um cobertor e uma bandana. Ele tinha a intenção de, caso conseguisse encontrar tal loja, solucionar seu problema de provavelmente ter que dormir ao relento e se disfarçar para poder entrar na loja de ervas no dia seguinte.

Assim que localizasse uma loja que pudesse lhe atender ele entraria no local (caso estivesse aberto) e pediria ao vendedor (ou vendedora):

– Por favor, você teria um poncho para uma pessoa de meu tamanho? – Caso entrasse em uma loja de roupas, ou - – Por favor, qual tipo de tecido você teria na cor marrom? Estou precisando de aproximadamente 1,80m ... - Caso encontrasse uma loja de aviamentos.




* PENSAMENTOS *
– FALAS.
– FALAS DE OUTROS PERSONAGENS.




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Scarlight
Civil
Civil
Scarlight

Créditos : 15
Warn : Canção do Inverno - Página 4 10010
Data de inscrição : 01/07/2016
Idade : 20

Canção do Inverno - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 4 EmptyTer 01 Nov 2016, 15:08


O jovem rapaz não quis entrar na farmácia para que pudesse obter seus remédios. Realmente era uma pena, mas precisava tomar muito cuidado onde pisava na ilha. Qualquer pessoa do Clã Ant-Bullet poderia surgir sem mais nem menos. Isso porque já deviam estar fazendo alguma investigação ou coisa do tipo para que o rapaz pudesse ser capturado para ser usado como isca para atrair sua querida avó.

Seja como for, enquanto ele andava pensando se iria conseguir alguma loja de aviamentos, finalmente encontrou a mesma, que tanto desejava. Era uma loja simples, feita de cimentos, com uma placa dizendo "Malk Roupas e Acessórios". Bom, ao menos era uma loja de roupas, o que facilitava muita coisa.

Ao entrar, veria a parede cheia de cabides com roubas um tanto quanto interessantes. Interessantes, por assim dizer, pois eram realmente muito comuns. Calças jeans, calças comuns, cores pouco interessantes. Alguma camisetas, camisas, jaquetas, blusas, vestidos, acessórios e outras peças muito desinteressantes. Algumas estantes de vidro estava entupidas de aviamentos, e havia uma moça num balcão de madeira, ao fundo, escrevendo alguma coisa. Ela olhou para o jovem e então sorriu.

- Bem vindo, no que posso ajudar? - Perguntou ela.

Era uma mulher que não parecia tão jovem. Tinha uma cara energética, mas ainda assim, parecia ter por volta dos 27 aos 30 anos. Seu cabelo era um corte curto, fofo, que deixava o rosto ainda mais fofo, e se escondia atrás de um par de óculos que ficavam na ponta do nariz. Vestia uma camisa cor vinho, por baixo de uma blusa de lã verde. Parecia estar apenas em mais um dia normal.

Koba então perguntou por algum poncho, algum tecido na cor marrom. A moça fez uma cara de quem estava pensando no que deveria fazer, até que foi aos fundos e voltou alguns segundos depois com várias roupas.

- Bem, olhe aqui, eu acho esses muito bonitos... coloquei alguns modelos de cores diferentes, e coloquei também alguns robes, caso você os ache bonitos. Fique a vontade! Ah sim, como nunca lhe vi aqui, vou fazer qualquer um dessas peças por apenas 10.000.

Estava tudo ali. Todos os ponchos e robes, com cores diferentes, muito estilosos. Era preciso esconder a identidade, mas quem decidia qual dessas peças iria usar seria Koba.

Ponchos e robes:
 
Aparencia da vendedora:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Fala
Falas alheias
"Pensamento"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Onikoroshi
Civil
Civil
Onikoroshi

Créditos : Zero
Warn : Canção do Inverno - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 28/08/2016
Idade : 38
Localização : Serra/ES

Canção do Inverno - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 4 EmptyTer 01 Nov 2016, 20:18

* Acho que um que consiga esconder a espada será o suficiente. *

Koba não pensou muito. Logo escolheu o poncho preto com uma espécie de touca e apontando para o mesmo, diria à atendente, já entregando o valor da peça de roupa.

– Vou querer este, senhorita.

Assim que recebesse o poncho da vendedora, Koba pagaria pela mercadoria, a vestiria e finalmente sairia da loja. Assim que saísse da loja, o ninja retornaria sua busca por um local abandonado para passar a noite.

* Acabei gastando dinheiro com coisas que não contava. Melhor economizar cada mísero centavo de berry... *

Com a ideia de economizar a todo custo, Koba iniciaria sua busca por um local próximo da loja de ervas. Caso não encontrasse, tentaria a área do porto. Afinal, armazéns tem bastante espaço.

Assim que encontrasse um local bom o suficiente, retornaria à cidade para tentar procurar comida nas lixeiras da parte de trás dos restaurantes/bares/hotéis. Era uma forma de se alimentar de graça sem chamar atenção. Talvez essa ação fosse um pouco baixa demais para uma pessoa normal, mas para Koba, aquele era um mero sacrifício para alcançar um objetivo maior. E um sacrifício que ele estava disposto a fazer, se fosse necessário.

* Vão se os anéis, ficam os dedos para trás... *

Com um pouco de sorte, Koba encontraria alguma alma caridosa, que se compadecesse de sua situação e lhe oferecesse ajuda. Apesar dele não estar contando com isso.




* PENSAMENTOS *
– FALAS.
– FALAS DE OUTROS PERSONAGENS.




[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Canção do Inverno - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Canção do Inverno   Canção do Inverno - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Canção do Inverno
Voltar ao Topo 
Página 4 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Malkiham Island-
Ir para: