One Piece RPG
Reencontro! - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Reencontro! - Página 4 Emptypor Narrador de Evento Hoje à(s) 19:06

» As Raízes do Vigilante Lucífugo
Reencontro! - Página 4 Emptypor Kekzy Hoje à(s) 18:29

» Meu nome é Mike Brigss
Reencontro! - Página 4 Emptypor Shiro Hoje à(s) 17:46

» 1º Tale - Where the Earth Meets the Sky
Reencontro! - Página 4 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 16:50

» Os 12 Escolhidos, O Filme
Reencontro! - Página 4 Emptypor Ceji Hoje à(s) 16:14

» Kit - Ceji
Reencontro! - Página 4 Emptypor Ceji Hoje à(s) 15:23

» [ficha] Arthur D.
Reencontro! - Página 4 Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 15:15

» Mini-Aventura
Reencontro! - Página 4 Emptypor Makei Hoje à(s) 14:25

» [Mini-Aventura] A volta para casa
Reencontro! - Página 4 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 12:40

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Reencontro! - Página 4 Emptypor Akuma Nikaido Hoje à(s) 12:34

» Mini-Aventura
Reencontro! - Página 4 Emptypor Makei Hoje à(s) 12:29

» Art. 4 - Rejected by the heavens
Reencontro! - Página 4 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 12:04

» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
Reencontro! - Página 4 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 11:06

» [Mini-Azarado] Um falastrão beberrento
Reencontro! - Página 4 Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 10:58

» Jade Blair
Reencontro! - Página 4 Emptypor Kylo Hoje à(s) 03:42

» Seasons: Road to New World
Reencontro! - Página 4 Emptypor Ravenborn Hoje à(s) 02:26

» The Victory Promise
Reencontro! - Página 4 Emptypor Akise Hoje à(s) 00:33

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Reencontro! - Página 4 Emptypor Fukai Hoje à(s) 00:27

» Kit Phil Magestic
Reencontro! - Página 4 Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 22:25

» 10º Capítulo - Parabellum!
Reencontro! - Página 4 Emptypor Marciano Ontem à(s) 22:12



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Reencontro!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Reencontro! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Reencontro! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Reencontro!   Reencontro! - Página 4 EmptyQua 10 Ago 2016, 20:58

Relembrando a primeira mensagem :

Reencontro!

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) civis Lótus Maeve e Elizabeth "de" Dawn. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento


Data de inscrição : 10/08/2015

Reencontro! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 4 EmptySeg 31 Out 2016, 15:53





Going to Hell



“Que?” Era a única coisa que consegui pensar ao acordar, bem, isso até perceber o que realmente estava a acontecer. Uma fúria dentro de mim crescia cada vez mais, uma raiva tão incomum em mim que chegava a ser deselegante.
“Calma… Dawn, tem calma… Não podemos nos exaltar… Não muito, não agora.”
-Quem está ai do lado? Qual seu nome? Não fique com medo... Apenas finja estar em outro lugar e espere que isso acabe rápido... Mas... Bem, espero que não seja sua primeira vez... primeira vez com um homem sabe... É horrível as garotas que foram trazidas para cá e pederam suas primeiras vezes para aquele parasita... A propósito meu nome é Estella... – disse uma voz do outro lado.
Encostar-me-ia na parede esquerda da cela, de onde a voz vinha.
- Não… Não é a minha primeira vez e nem será a última… - responderia num tom indiferente – Já fiz todo o tipo de coisas sexuais que possas imaginar, dificilmente irá me surpreender. – suspiraria – Podes chamar-me de Dawn, o povo nobre de Porto Branco chama-me de “A Rosa”… Não pelos melhores motivos… - enquanto falava veria se tinha a adaga comigo – Que tipo de mink és, Estella? E já agora, se me permites perguntar, o quanto é que sabes sobre isto? Sabes como o “ritual” funciona? – esperaria a sua resposta.
Se ela questionasse o porquê de me chamarem “A Rosa” responderia – Não sou ruiva, se é o que pensas. – soltaria um pequeno sorriso – É porque uma vez seduzi um nobre e durante o trajeto até a minha casa, fomos atacados. Como ele era apenas mais um, fiz o que pude para sobreviver mas ele não morreu. Felizmente, a minha irmã apareceu e nos salvou, porém, ele não gostou do meu gesto e disse que eu era uma bela e perigosa mulher, assim como uma rosa.
Levantar-me-ia e pegaria no lençol da “cama” e enrolaria na minha mão direita para, então, passar a mão pela parede procurando por buracos. Se encontrasse algum buraco na parede esquerda daria dois socos não muito fortes ao redor do buraco para ver se o material era realmente resistente. Se em algum momento a pesada porta se abrisse, eu pararia de imediato o que estava a fazer.
- Quase tenho pena daquela coisa, Estella… - comentaria enquanto procurava os buracos – Deve ser tão frustrante ter aquela aparência e não conseguir fazer nada de nada para mudar isso, mas se não fosse o facto de ele estar a maltratar a minha própria espécie, eu até poderia ignorar o facto de ele ter cometido o erro de me prender. – minhas falas seriam ligeiramente confiantes. – Estella, o que fazes da tua vida? Tipo… Tens família, amigos, casa, trabalho? – esperaria ela responder – Eu só tenho duas irmãs, não tenho casa nem trabalho. O mundo decidiu ser duro comigo, então irei mostrar ao mundo que usarei tudo para o partir.
Não vou negar, aquele sentimento de raiva começava a mudar a minha forma de ver o mundo, não que fosse muito diferente daquilo que eu já queria fazer, mas os meios que começava a pensar não eram os meios que a antiga Elizabeth usaria.
Durante todo o momento em que ali estivesse, tentaria manter sempre minha audição e olfato atentos, principalmente nos sons do exterior caso fosse possível, necessitava de ter uma ideia mínima de onde estava. O som talvez fosse me ajudar, principalmente se escutasse alguns animais.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :
Histórico
Nome da Personagem: Elizabeth "de" Dawn
Nº de Posts: 8
Álcool: (08/15)
Nº de vítimas: 0
Nº de brinquedos: 0
Ganhos: Adaga
Perdas:
Personagens: Koneko Shiroshi (NPC) – Uma jovem mink fofa que pediu ajuda da fabulosa e talentosa Elizabeth para encontrar uma pessoa.
Lótus Maeve (Player) - Irmã fodona que parte a cara dos durões Fu feliz
Coelhinha Ceguinha Mink (NPC) – É o que o nome diz. Takamoto Lisandro
Loira de olhos azuis e vermelhos (NPC) – uma vadiazinha que parece odiar Eliza
Coments Extras: N/A

Citação :

Objetivos
[ ]Aprender a perícia "Alpinismo"
[ ]Aprender a perícia “Rastreio”
[X]Encontrar Lótus
[ ]Encontrar Jin
[X]Comprar Arranjar adagas
[ ]Comprar bebidas (vinho)
[ ]"Brincar".
[ ]Arrumar roupas novas.
[ ]Arrumar um caderno musical e um lápis.
Off:
 



Última edição por GM.Cubo Nito em Sab 12 Nov 2016, 00:22, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kerigus
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Kerigus

Créditos : 74
Warn : Reencontro! - Página 4 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

Reencontro! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 4 EmptyTer 08 Nov 2016, 05:10



You can feel it, but you're ignoring. It creeps up on you, without a warning
FURIA!!!



Eliza não havia gostado de ser chamada de tarada, acho que ninguém gostaria, e aquele temperamento de Cassid estava começando a me irritar, o garotinha chata, pelo menos agora sabemos o nome das 2 irmãs, não que isso mude alguma coisa. Eliza ter saído do locar era algo perigoso talvez eu devesse te-la seguido, mas ao invés disso eu continuei conversando com Cassid.

-Para começo de conversa... Quem diabos é Marcos afinal? Da primeira vez eu achei que fosse algum erro seu com o nome Malaquias, mas agora estou confusa... De qualquer forma Malaquias é fácil e dificil de se achar ao mesmo tempo... Você só tem que ir no lugar certo e falar com a pessoa certa, mas os lugares certos e as pessoas certas não são as mais convidativas... Estamos falando de ladrões e assassinos, não são poucos também... Ir até Malaquias e dar-lhe uma surra você diz? Seria mais fácil invadir o QG da marinha e surra o sargento... Ele não é confiável... Suas mentiras contam mentiras e seus segredos tem segredos... Aquele homem atraí quem quer e libera quem quer... Se você falar com ele é por que ele quis assim... Se sair viva... Também foi escolha dele... Você precisaria de mais poder de fogo do que duas moças magrelas e três meninas do fundamental para sequer pensar em ter uma briga de 1 minuto com o Malaquias... – Era tudo muita informação, mas no momento estava preocupada com Eliza algo me dizia que ela estava demorando muito e isso era ruim, muito ruim. – Depois continuamos nossa conversa, vou trazer minha irmã de volta, existem algumas coisas que precisamos conversar, e o nome dele acho que era Jonas e não Marcos, posso estar confundindo nomes. – Diria esperando que ela tivesse alguma outra informação para quando eu voltar.

Sairia da cabana com meus ouvidos abertos para qualquer coisa que fosse capaz de me causar perigo ou não, eu queria achar a minha irmã e no momento isso era o mais importante para mim, não queria deixar minha irmãzinha sozinha na rua com essa cidade louca como ela está.

Procuraria não volta não me afastaria muito mais que alguns poucos metros da cabana onde estávamos pois acreditava que Eliza não teria ido tão longe, procuraria também tentar ouvir alguma conversa sobre uma Mink raposa que alguém esteja falando, afinal com essa loucura que esta Dawn Island com certeza se alguém visse uma ou presenciasse algo ocorrendo com uma Mink raposa este alguém estaria comentando sobre isso.

Caso eu perceba algum perigo relacionado ao ocorrido na frente do bar voltaria para cabana.

Caso eu sofra algum ataque vindo de trás e seja capaz de ouvir meu agressor se aproximando, daria um salto para minha direita para tentar me esquivar dele e contra-atacaria com um direto de direita no queixo.

Caso meu agressor tente algum ataque ou contra-ataque acima da minha cintura, me esquivaria com um salto para trás e contra-atacaria com um gancho no seu queixo.

Caso o meu agressor tente algum ataque ou contra-ataque abaixo linha da minha cintura, novamente me esquivaria com um salto para trás, e contra-atacaria com um chute com a perna direita nas costelas do homem.

Caso o homem caia desacordado, daria um pisão com a perna esquerda na sua cabeça, tentando acertar o meu calcanhar bem no meio do seu rosto.

Caso o homem não perca os sentidos mas fique um pouco zonzo, daria um direto de direita no seu estômago e perguntaria. – Onde ta a Mink raposa? - Se ele não responder simplesmente daria um direto de direita bem no meio do seu pescoço, logo abaixo do queixo.

Caso encontre Eliza diria para minha irmãzinha. – Não saia assim, é perigoso para um Mink andar sozinha na rua, eu sei que você sabe se cuidar mas mesmo assim eu fico preocupada.

Tendo encontrado Eliza ou não eu voltaria para dentro da cabana.

- Então, tu me parece tá escondendo alguma coisa sobre esse Malaquias, tu já conhece ele de algum tempo não? Ele já te capturo e fez coisas contigo? – Diria de forma calma e tranquila, enquanto encarava Cassid.

Já no caso de eu não encontrar Eliza, eu iria para cima de Cassid utilizando toda a minha velocidade a seguraria pelo pescoço com minha mão esquerda e apertando com força e diria. – Desembucha o que tu sabe sobre esse Malaquias agora, eles pegaram a Eliza e eu vo busca ela antes que algo aconteça, e se tu não me de uma resposta decente a tua irmã cega quem vai te que cuidar de ti. – A minha fúria neste momento seria tanta, que para ela ver que eu estava falando a verdade, daria um direto de direita no estômago de Cassid, não muito forte pois queria somente que ela sentisse dor e não desmaiasse, após isto aliviaria a pressão no seu pescoço para que ela possa falar.


Thak's for@Lovatic, on CG



Citação :
Histórico

Nome da Personagem:
Lótus Maeve
Nº de Posts: 8
Cigarro: (08/10)
EDC: 1
Ganhos: Maço de cigarros, caixa de fósforos
Perdas: Ainda não vi os preços. Mas acho que é 15mil.
Personagens: N/A
Coments Extras: N/A

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alfred
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Alfred

Créditos : Zero
Warn : Reencontro! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 27/07/2015
Idade : 23

Reencontro! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 4 EmptyDom 13 Nov 2016, 13:08


One for the Money
Are you ready motherfucker? Are you ready, let's go

As informações de Jin batiam com o Dossiê: Samul vivia em Frushin, um vilarejo na mesma ilha. Bem, não custa nada confirmar, não é mesmo? Enfim, lá estava ele, indo em direção ao vilarejo. Se encontrasse alguém pelo caminho, pediria informações; se não, ele ia no cru e no duro mesmo. Ah sim, quando coemçou a chover ele guardou as dinamites de volta na mochila. Nem fudendo que ele ia deixar que elas se tornassem inúteis. Elas poderiam ser de grande utilidade num futuro próximo.

Depois de ter chegado em Frushin, ele repetiria a mesma ladainha do post anterior para que pudesse achar Samul, tudo isso, é claro, sem dar na vista. Assim que encontrasse o velho, se ele estivesse sozinho, Jin se aproximaria dele furtivamente e VRAU!, fincaria uma das adagas nas costelas dele, tomando o cuidado de fazer o ferimento ser particularmente profundo. Sabe como é, sempre bom ter garantias. Se não estivesse sozinho, ficaria a uns três metros de distância dele e do acompanhante, e então sacaria a foice e usaria seu Double Down!, mirando nos pescoços de ambos, para decapitá-los de uma vez e encerrar a luta sem tretas. É claro que a prioridade seria derrubar o velho Samul. Ele sempre focaria seus ataques no velho caso um dos dois (ou ambos) lutassem de volta, já que o objetivo era matar o velho curandeiro; o acompanhante que se fodesse no quinto dos Infernos, quicando na jeba flamejante de Lúcifer.

Mais no próximo capítulo de "O Curioso Caso de Um Player Com Bloqueio Criativo".




----
Objetivos:
 
[spoiler=Histórico]Nome: Jin Kurato
Posts: (insira meme do Não Sei aqui)
Ganhos: - Foice
- Dossiê de Samul Dindi
- Dossiê de Istylian von Dracnier
- 5 bananas de dinamite
- 1 pacote de shuriken lvl 1
- 2 adagas lvl 1
- 2 soqueiras lvl 1
- 1 pistola lvl 1 com a sua munição
- 2 armadilhas de urso
- 2,5 milhões de Berries(em diamantes)
Perdas: -Valor da foice, creio que 20000
Personagens
> NPC's:
* Malaquias - chefe de algum tipo de seita religiosa, mais próximo de um chefe do crime, na verdade
>Players:

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | ???? | ????


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Deep
Civil
Civil
Deep

Créditos : Zero
Warn : Reencontro! - Página 4 1010
Masculino Data de inscrição : 09/11/2013

Reencontro! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 4 EmptySeg 21 Nov 2016, 02:43

Cubo


- Não… Não é a minha primeira vez e nem será a última…Já fiz todo o tipo de coisas sexuais que possas imaginar, dificilmente irá me surpreender.Podes chamar-me de Dawn, o povo nobre de Porto Branco chama-me de “A Rosa”… Não pelos melhores motivos…Que tipo de mink és, Estella? E já agora, se me permites perguntar, o quanto é que sabes sobre isto? Sabes como o “ritual” funciona?


Um silêncio vinha se prolongando um pouco vindo da cela ao lado, mas em seguida as palavras de Estella rasgavam a escuridão novamente.


-Que tipo de mink sou? Hmm… Do tipo que não é mink, eu trabalhava num bar de fantasias de animais, quando essa bagunça começou me trouxeram aqui, mas Jonas parece ter um gosto peculiar por ruivas e fingiu que não percebeu que eu não era mink… Agora quanto ao ritual? É simples… Ele te leva amordaçada a um pilar central onde alguns devotos malucos dele assistiram ele a estuprando, se ele quiser repetir a dose com você ele diz que não sentiu inspiração divina e te trancafia para uma outra vez, se ele achar que você não dará prazer a ele outro dia ele te mata e de alguma forma cura alguém… Em resumo… È isso ai…


Enquanto isso Dawn pegava o lençol, enrolava em sua mão e começav a tatear a parede. Não achava buracos maiores que um grão de feijão e pelo som, textura e cheiro, era concreto ou algo do tipo


- Quase tenho pena daquela coisa, Estella…Deve ser tão frustrante ter aquela aparência e não conseguir fazer nada de nada para mudar isso, mas se não fosse o facto de ele estar a maltratar a minha própria espécie, eu até poderia ignorar o facto de ele ter cometido o erro de me prender.


-Pena? Do Jonas? Você é louca ou quase.


– Estella, o que fazes da tua vida? Tipo… Tens família, amigos, casa, trabalho?
-Como disse trabalhava num bar, mas moro só… Me mudei para a cidade em busca de começar uma vida, mas logo que cheguei começaram as doenças. E você?


– Eu só tenho duas irmãs, não tenho casa nem trabalho. O mundo decidiu ser duro comigo, então irei mostrar ao mundo que usarei tudo para o partir.


-Uma aspirante a pirata hein? Quem diria… Talvez você seja a primeira daqui a merecer o que está por vir…


Um som de correntes arrastando era ouvido ao longe, em seguida vinha o som de concreto arrastado e uma voz feminina falava:


-Não… por favor… Eu não…


Em seguida o som de um alçapão fechando sumia com o som da moça.


-Se eu fosse você me prepararia… Esta menina era a única novata fora você, ele costuma chamar três mulheres por culto, então você deve ser a próxima.




Bowel

– Depois continuamos nossa conversa, vou trazer minha irmã de volta, existem algumas coisas que precisamos conversar, e o nome dele acho que era Jonas e não Marcos, posso estar confundindo nomes.


Lótus saia pelo buraco da cabana, mas nada estava ali perto, as pessoas estavam escondidas da chuva em suas casas e nada além dos pingos era ouvido, sua irmã Dawn em nenhum ponto era vista e Maeve voltou nervosa para a cabana.


- Então, tu me parece tá escondendo alguma coisa sobre esse Malaquias, tu já conhece ele de algum tempo não? Ele já te capturo e fez coisas contigo?


Dizia Lótus antes de avançar para Cassid.


– Desembucha o que tu sabe sobre esse Malaquias agora, eles pegaram a Eliza e eu vo busca ela antes que algo aconteça, e se tu não me de uma resposta decente a tua irmã cega quem vai te que cuidar de ti.


Mas em sua investida Lótus foi subjugada em velocidade, a pequena como um calafrio subiu por suas costas, depois puxou-lhe o braço esquerdo torcendo-o até começar a doer o suficiente para parar a agressora, em seguida a irmã de Dawn sentia uma afiada lâmina roçar-lhe o pescoço com o aço frio.


-Acho que eu me fiz mal entendida aqui… Você não está ne bem vinda nem segura aqui, eu e Usagi mantivemos nosso esconderijo por um bom tempo, mas se duas trapalhonas começarem a ficar entrando e saindo daqui, nosso esconderijo será perdido… Então vai baixando a bola… Fora que “sequestrar e fazer coisas”? Você deve se referir ao Jonas então não ao Malaquias…


Cassid soltava Lótus e pulava para o chão.


-Jonas tem como base uma antiga contrução embargada de uma cadeia, pelo preço certo sei quem te levaria lá…. Só não sei se você iria querer ir lá.




Jin



Jin andava pela estrada em direção a Frushin quando uma carroça passava a toda e quase o acertava, mas ainda assim o jogava na lama, coberto de lama, o coxeiro da carroagem parava a mesma e vinha ver se o jovem estava bem.


-Meu deus… O senhor está bem? O cocheiro era um velho senhor de bigode branco e careco que usava um terno preto.





Off (cubo):
 

OFF (bowel):
 

Off (jin):
 

____________________________________________________

-Fala de personagem...
"Pensamento de personagem"

Cor do Deep
Cor do Tesla
Cor do Voltz



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : Reencontro! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 25
Localização : Entre a faca e a parede

Reencontro! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 4 EmptySab 03 Dez 2016, 15:41





Going to Hell



“Tsc… Pirata? Eu? Não… Ainda não cheguei a esse nível de falta de bom senso. Nunca magoei fisicamente ninguém inocente! Quer dizer… Não diretamente…”
Dawn estava perdida em seus pensamentos, porém, estava atenta ao seu redor. O desespero da outra vítima encheu o seu ser. Estaria ela a ficar insana? Apenas o tempo o poderia dizer. Medo e empolgação eram fortes nela, todavia, o ódio por aqueles que a prenderam era ainda mais forte e presente em si.
- Aspirante a pirata… És uma pessoa engraçada, Estella. Até alguns criminosos podem ser amáveis e de coração puro. – diria Eliza – MAS tens razão numa coisa. É realmente estúpido sentir pena daquele homem, nem sei onde tinha a cabeça… Muitas emoções misturadas, sabes?
Dawn esperaria a sua porta abrir. Quando ela abrisse, a bela e jovem mink tentaria ver quantas pessoas estariam indo em sua busca.
Caso fosse uma pessoa desarmada, Dawn usaria toda a sua capacidade de sedução e atuação para atrair a sua presa até ela. Assim que ela estivesse dentro da cela, Elizabeth começaria a se aproximar e eventualmente jogar-se em seus braços.
- Apenas uma pessoa de puro coração consegue satisfazer-me… - diria Dawn como se estivesse desesperada – Eu consigo ver que o seu coração é o coração de um bravo guerreiro… - a astuta raposa começaria a passar a mão direita pelo tronco da pessoa até chegar perto do pescoço.
Eliza não sabia muito sobre o corpo humano, mas após anos a cantar e afinar a voz, sabia que a origem vinha de alguma parte da garganta.
Assim que Eliza percebesse o menor sinal de distração, a jovem usaria as suas garras para rasgar o pescoço da pessoa, não se importando com a provável morte da vítima.
“Não pode falar de qualquer forma… Preciso que ela fique em silêncio.” Pensaria Eliza.
Se Eliza fosse bem-sucedida, ela agarraria no pescoço da vítima com toda a força e sussurraria – Se queres viver mais um pouco, diz-me como eu liberto a jovem da cela ao lado e como saio daqui.
Dawn não era boa com ameaças, mas sabia que o medo era uma boa forma de ter o que queria. Caso ela não conseguisse as informações, Dawn sacaria a adaga (caso a tivesse) e acabaria de cortar a garganta da vítima. Se conseguisse, Dawn sorriria a bateria com o cabo da adaga no nariz da vítima.
Se por acaso fossem 2 pessoas e/ou quem entrasse estivesse armado, Dawn não iria colocar seu plano em marcha, em vez disso, tentaria “comportar-se” até que fosse com ela para o exterior da cela. Durante todo o momento, a mink iria tentar analisar os odores das pessoas.
“Este lugar é escuro, talvez se eu conseguir cancelar a visão de todos, eu consigo alguma vantagem com ou meus outros sentidos.” Pensariau Eliza.
Então, assim que tivesse oportunidade, Eliza correria para a porta e a fecharia com toda a força, deixando o local ainda mais escuro. Então, Eliza usaria a sua técnica Wild Beast: The Hunter in the Darkness em qualquer um dos alvos.
Se em algum momento (em todos os casos) Eliza fosse alvo de socos frontais, ela usaria a sua aceleração para se esquivar com maior eficácia para trás, com pequenos saltos. Se fosse um chute, Eliza seguraria a perna e usaria as suas garras para aleijar o agressor. Caso tentassem amarrar ela, Elizabeth usaria suas presas para morder com toda a força o agressor, com a intenção de fazer com que ele a largasse.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :
Histórico
Nome da Personagem: Elizabeth "de" Dawn
Nº de Posts: 9
Álcool: (09/15)
Nº de vítimas: 0
Nº de brinquedos: 0
Ganhos: Adaga
Perdas:
Personagens: Koneko Shiroshi (NPC) – Uma jovem mink fofa que pediu ajuda da fabulosa e talentosa Elizabeth para encontrar uma pessoa.
Lótus Maeve (Player) - Irmã fodona que parte a cara dos durões Fu feliz
Coelhinha Ceguinha Mink (NPC) – É o que o nome diz. Takamoto Lisandro
Loira de olhos azuis e vermelhos (NPC) – uma vadiazinha que parece odiar Eliza
Coments Extras: N/A

Citação :

Objetivos
[ ]Aprender a perícia "Alpinismo"
[ ]Aprender a perícia “Rastreio”
[X]Encontrar Lótus
[ ]Encontrar Jin
[X]Comprar Arranjar adagas
[ ]Comprar bebidas (vinho)
[ ]"Brincar".
[ ]Arrumar roupas novas.
[ ]Arrumar um caderno musical e um lápis.
Off:
 


____________________________________________________

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Kerigus
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Kerigus

Créditos : 74
Warn : Reencontro! - Página 4 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

Reencontro! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 4 EmptyDom 04 Dez 2016, 05:58



You can feel it, but you're ignoring. It creeps up on you, without a warning
Problemas+++



Aquele dia estava cada vez pior, parecia que não importava o que acontecesse os problemas iam sempre aumentar e formar uma bola de neve que estava rolando por cima de mim e rindo ainda. Eliza estava sumida e eu precisaria de dinheiro para conseguir alguém que talvez me leve até quem a pegou, cada vez eu odeio mais essa Cassid isso era certo.

Após Cassid me soltar eu respiraria fundo e me recompunha, era hora de salvar Eliza e eu não ia perder tempo brigando com Cassid, dinheiro para pagar alguém eu não tinha então precisava de Cassid para levar até o local, ou pelo menos me dar direções.

- já que tu sabe tanto sobre esse Jonas, me diz onde fica essa prisão, eu não tenho dinheiro pra paga alguém pra me leva lá, e tu aparentemente já esteve nesse local, parece que tu conhece eles muito bem. – Esperaria a resposta dela, caso seja negativa responderia contendo toma a minha raiva e ódio naquele momento. – Olha, não me interessa o que tu acha ou não acha, o negócio é simples, eles pegaram a minha irmã eu não tenho dinheiro pra entra na surdina depois bate em todo mundo até eles apagarem de vez, então eu vou fazer o caminho inverso, vo entra batendo em todo mundo até eles apagarem ou desistirem e me entregarem minha irmã, simples e divertido... então como eu chego nesse local, faz um desenho me fala quantas quadras andar tanto faz eu só preciso chega lá depois eu me arranjo? - No caso de resposta positiva ou negativa, ao sair da casa acenderia um cigarro e começaria a fumar.

No caso de Cassid me informar onde a prisão ficava seguiria as suas instruções me mantendo alerta para qualquer perigo que possa vir na minha direção, inicialmente andaria a passos rápidos, mas tentando demonstrar tranquilidade, pois não queria chamar atenção, andaria como alguém que simplesmente estava passando ou dando uma volta enquanto fumava. Caso perceba alguém me seguindo ou perceba que estava chamando atenção aceleraria o passo para o local da prisão. Chegando lá iria somente observar e tentar ouvir alguma conversa a uma distância segura, não ficaria parada encarando o local, daria voltas e para tentar não chamar muita atenção, mas estaria sempre atenta a tudo que estivesse ocorrendo, não iria tentar entrar no local antes de observar pelo menos um pouco, ter uma não de quantas pessoas haviam ali, ouvir alguma conversa útil relacionada ao que esteja acontecendo lá dentro coisas desse tipo.

Caso ela não me informe o local da prisão, simplesmente a ignoraria e sairia do local, ficar ali não me era mais interessante, mas saber onde elas estavam talvez seja. Procuraria por alguém que me pareça conhecer o local onde o Jonas fica, mas me manteria longe do bar onde arranjamos a confusão anteriormente. Tentaria ouvir pessoas falando sobre ele para identificar alguém que possa me ajudar, e caso encontre diria. – Você onde consigo encontrar o irmão Jonas, eu tenho uma informação que pode ser útil para ele curar esta praga que anda acometendo a cidade. – Falaria de forma confiante como se fosse alguém que realmente possui essa informação, o que em parte não era mentira eu sabia onde Cassid e sua irmã viviam e elas poderiam ser a cura milagrosa dele, caso queiram saber a informação que eu tenho responderia de forma direta após dar uma tragada no cigarro. – Falo somente pro irmão Jonas. – Me manteria o tempo todo atenta a algum ataque que possa vim da pessoa que estou tentando conseguir a informação, ou de alguém que esteja junto dela.



Thak's for@Lovatic, on CG



Citação :
Histórico

Nome da Personagem:
Lótus Maeve
Nº de Posts: 9
Cigarro: (00/10)
EDC: 1
Ganhos: Maço de cigarros -1, caixa de fósforos -1
Perdas: Ainda não vi os preços. Mas acho que é 15mil.
Personagens: N/A
Coments Extras: N/A

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alfred
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Alfred

Créditos : Zero
Warn : Reencontro! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 27/07/2015
Idade : 23

Reencontro! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 4 EmptyDom 04 Dez 2016, 16:21


One for the Money
Are you ready motherfucker? Are you ready, let's go


Tudo bem, ele estava seguindo seu caminho enquanto unicórnios sociopatas matavam e estupravam outros unicórnios e duendes estupravam unicórnios até que...

A wild carroça appears? What will Jin do? Not Notice, Dodge
Jin uses Not Notice. It's not very effective...
Carrosa uses ATROPELAR COM TUDO. IT'S SUPER EFFECTIVE!

E nessa pequena batalha pokémão que aconteceu (nome alterado de propósito pra evitar tretas de copyright), Jin acabou com as suas roupas sujas de lama. Mas o carroceiro, um homem careca de bigode branco e terno preto, perguntou se ele estava bem.

- Eu tô bem. - Jin responderia, se levantando e tirando o que pudesse de lama das suas roupas, o olharia. Então perguntaria para onde ele estaria indo: se fosse para Frushin, então o jovem pediria uma carona, até porque o carroceiro estaria com a consciência pesada por quase tê-lo mandado descobrir se no céu tem atropelamento; se não, ele continuaria indo, xingando demais por ter perdido uma boa roupa. Ele gostava daquela roupa.

Se o velho aceitasse dar a carona (ok, não era uma carroça, era uma carruagem), Jin perguntaria a ele o que estava indo fazer em Frushin e quem ele estaria levando pra lá. Caso o velho perguntasse o que ele iria fazer no vilarejo, ele diria aquela mesma ladainha dos posts anteriores que aquele quem vos narra está com preguiça de colocar aqui. Caso o cocheiro apresentasse um comportamento violento, Jin sacaria uma de suas armas e o faria ficar quieto. Caso ele atacasse, Jin seguiria em frente com o ataque e o mataria porque... bem, porque sim. Best justificativa evah.

Caso não houvesse nenhum incidente, ele ficaria na dele, sem agir, sempre tentando tirar alguma informação do cocheiro que pudesse ajudá-lo. Se ele fosse na parte de dentro da carruagem, junto com o outro passageiro, então ele tentaria conversar com o passageiro, dizendo a ladainha dos posts anteriores caso lhe perguntasse onde iria e o que iria fazer. Se fosse um homem, ele se limitaria a responder as perguntas; se fosse uma bela mulher, ele daria em cima dela. Ah qualé! Até ele merece um pouco de diversão de vez em quando!

Assim que chegasse lá, com carona ou sem, ele iria perguntar logo a um morador onde ele encontraria o velho Samul, para tentar terminar a sua missão logo e ganhar o resto da recompensa. Quando estivesse cara a cara com seu alvo, ele pensaria melhor no que fazer mais tarde.

----
Objetivos:
 
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | ???? | ????


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
OverLord
Pirata
Pirata
OverLord

Créditos : 31
Warn : Reencontro! - Página 4 4010
Masculino Data de inscrição : 31/03/2012
Idade : 23

Reencontro! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 4 EmptySab 10 Dez 2016, 03:05

Jin havia sido atropelado por uma carroça e quem dirigia ela, era um velho de bigode branco e terno preto, que havia se preocupado com o garoto e perguntado se ele estava bem, já o nosso rapaz, respondia dizendo que estava bem e com esta resposta, o velho dava de ombros e retornava para a carroça e retornava para o percurso que pretendia fazer antes de esbarrar no garoto.

Sem a carona, o rapaz caminhava até Frushin e ao chegar lá, parava uma pessoa qualquer, mas nesse momento, a pessoa, era bem pequena, usava uma roupa vermelha e no centro do crânio, era careca. Só possuía cabelo nos lados, cumprido. Jin perguntava sobre a localização do velho chamado Samul e a pessoa que havia sido parada, respondia: - Se Samul você quer encontrar, viajar você deve.  E foi nesse instante, que o velho atingia o braço do garoto e aplicava o que parecia ser uma injeção. Alguns segundos se passaram, o céu ficou escuro, raios e trovões começaram a surgir e antes da chuva cair, se Jin notasse para o velho, uma fumaça surgia nele, como se fosse um monte folhas e quando a fumaça sumia, o corpo não estava lá e nesse momento, ventania e uma chuva forte começava.

Na cabana, Lotus e Cassid discutiam sobre a localização de Eliza, “irmã” de Lotus, que estava sumida. Cassid então, dizia aonde o tal Jonas estava para a outra garota. Ao sair da cabana, Lotus acendia um cigarro e logo atrás, a outra moça saia também e de repente, elas podiam ver de longe, um vulto pequeno, que parecia ser de uma criança e depois, algo atingia seus pescoços, sem conseguirem reagir e então, o vulto sumia. Mas, uma coisa que esqueci de falar, antes de saírem da casa, a dupla conseguia escutar o som de raios e trovões e no momento que foram atingidas no pescoço, a forte ventania e a chuva começaram.

De repente, Lotus começava a seguir adiante, pois quando passava a mão no pescoço, o que via, parecia que um mosquito havia picado ela. De repente, um raio corria na direção delas e seguia com uma frase: Meu nome é Franchesco Bolas Grandes e eu sou o homem mais rápido do mundo.  Lotus já estava na metade do caminho, quando percebeu que Cassid não estava seguindo-a, a garota passava por uma “ponte pequena” sendo que na verdade, era uma poça de água, molhando seus pés. Mas, o mais importante, ela estava na direção errada do endereço que Cassid havia dito, mas o que Lotus devia se preocupar era que, ela não se recordava do endereço no momento.


Eliza conseguia escutar trovão e relâmpagos e em seguida, uma ventania, dava para escutar as árvores balançarem, as pessoas enjauladas ficavam com medo do tempo, menos Eliza. Em meio aos raios e trovões e do vendaval, as enjauladas podiam escutar gemidos vindo do andar de cima, pois estavam em um porão. Isso mesmo, porão. De repente, um vulto surgia no local, ele parecia pequeno, careca na parte de cima, mas possuía cabelo branco nas laterais, vestia um manto vermelho e chegou como um anjo.

- Se a jaula sair, vocês têm que ficar em luto. Com isso, de repente, Eliza viu cada garota que estava enjaulada, desmaiarem, depois foi a humana ao seu lado e por fim, ela. Quando a mink acordasse, ela se veria numa cabana e do seu lado, a garota da cela ao lado. A cabana era simples, comum, tinha uma lareira acessa e ainda surgia raios e trovões, além da forte chuva e ventania. De uma parte escura do local, o mesmo anão surgia e dizia. – Livres estão, mas problemas virão se continuarem aqui. Um perderá a cabeça e outro será empalado e por fim, alguém será traído. O homem de túnica vermelha então, dava passos para trás, voltando para o canto escuro da cabana, mas o anão, não estava mais lá. Foi tudo muito rápido, será que ele era real? Um sonho e elas estavam enjauladas ainda?





Parabéns:
 


OFF:
 

Bowel e Jin:
 

____________________________________________________

- Fala
* Pensamento
- Fala da Plateia

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

R.I.P:
 


Chibis:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kerigus
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Kerigus

Créditos : 74
Warn : Reencontro! - Página 4 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

Reencontro! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 4 EmptyTer 13 Dez 2016, 06:32



You can feel it, but you're ignoring. It creeps up on you, without a warning
Dorgas!!!!



Como eu suspeitava Cassid sabia onde o tal do Jonas estava, a foi até mais fácil do que eu pensava conseguir esta informação dela. Então era hora de ir atrás de Eliza, do lado de fora algo estranho aparecia, era um vulto pequeno vindo em nossa direção, e por algum motivo isso me parecia estranho, na verdade não sei se o vulto ou o fato de Cassid estar comigo depois de tudo que aconteceu, não esperava que ela fosse me seguir até o local onde o jonas estava, mas ela era rápida e podia ser de grande ajuda ao invadirmos e matarmos todo mundo.

O Vulto estava lá, parecia uma criança vindo em nossa direção, em meio aos raios e trovões que começaram logo antes de sairmos da casa, mas era algo estranho, eu não conseguia identificar o que ou quem era, e uma criança andando na rua sozinha era algo muito estranho, ainda mais com o tempo que fechado como estava pronto para uma grande chuva. Logo depois algo atingia meu pescoço, parecia uma picada de mosquito ao mesmo tempo o vulto da criança sumia, e uma grande ventania seguida de chuva começavam a assolar a cidade. “Que bagulho estranho foi esse...”, pensava enquanto fumava meu cigarro, caso ele não tenha apagado com a chuva, e caminhava em direção ao local indicado por Cassid.

Não era uma chuva ou raios que iam me fazer parar ou ir mais devagar, minha irmã havia sumido e o local mais provável de ela estar era com o tal do Jonas, essa chuva e esses somente iam dar um clima mais dramático para tudo que estava prestes a acontecer com o Jonas e seus capangas. Mas aparentemente meus planos não seguiriam o caminho esperado, um raio parecia correr em nossa direção e ao passar por nós eu podia ouvir a frase. - Meu nome é Franchesco Bolas Grandes e eu sou o homem mais rápido do mundo. – Aquilo me deixou confusa, será que alguém havia me drogado? Aquilo realmente era uma picada de mosquito ou uma marca de injeção? Mas se eu fui drogada com uma injeção como não percebi? Naquele momento eu sabia que havia algo errado acontecendo e antes de ajudar Eliza eu teria que lidar com os meus próprios problemas.

Andando mais um pouco percebia que Cassid havia sumido, “Será que ela desapareceu junto com o raio que passou por nós? ”. Eu me perguntava aquilo pois se eu estava drogada era bem possível aquele raio ser uma ilusão e como ouvi uma voz era bem provável que essa voz tenha sequestrado Cassid. - Melhor eu encontrar Eliza e Lia logo, mas antes precisa entender o que realmente está acontecendo. - Eu nem gostava de Cassid por mim ela que se exploda desde que não me atrapalhe então continuava a andar, até perceber que eu estava no caminho errado e para piorar eu não lembrava o endereço que Cassid havia me dado. “Mas como eu sei que estou no caminho errado se eu não consigo me lembrar do endereço correto? ”. Aquilo tudo estava muito errado, nada mais fazia sentido, eu passava por uma ponte que na verdade era mais uma poça d’água que molhava meus pés...

- Mas que diabos está acontecendo? – Falava em voz alta, e tentava fumar mais um pouco meu cigarro se ele ainda estivesse ali. Olharia em volta tentando me localizar, procurar um prédio ou algo que me indique onde estou, procuraria pessoas também precisava achar alguém para me ajudar a me localizar.

Caso encontre alguém perguntaria onde o eu poderia encontrar o irmão Jonas, afinal eu ainda tinha informações para ele. – Ei, onde posso encontrar o irmão Jonas, eu tenho uma informação bem útil para ele. – Diria de forma tranquila, afinal não queria chamar atenção ainda, somente encontrar o local onde o Jonas fica.

Manteria meus olhos e ouvidos abertos, afinal tudo estava muito estranho, e mesmo com medo de confiar nos meus sentidos pois acreditava estar drogada, eles eram a única coisa que eu tinha para confiar no momento. Caso eu veja o raio vindo na minha direção novamente, tentaria bater nele dando um direto de direita na altura do estômago de uma pessoa normal, tentando parar seja lá o que for aquilo. E caso eu perceba um ataque vindo em minha direção tentaria me esquivar com um pequeno salto para a minha direita. Tentaria retornar com um direto de esquerda no rosto ou na região que talvez ficasse o rosto de seja lá o que eu estivesse enfrentando.

– Quem é você? O que você quer? – Diria após o possível combate, eu não tinha muito o que fazer, estava provavelmente alucinando então a única coisa a se fazer era enfrentar esta alucinação.


Thak's for@Lovatic, on CG


off:
 


Citação :
Histórico

Nome da Personagem:
Lótus Maeve
Nº de Posts: 10
Cigarro: (00/10)
Ganhos: Maço de cigarros -1, caixa de fósforos -1
Perdas: Ainda não vi os preços. Mas acho que é 15mil.
Personagens: N/A
Coments Extras: N/A

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Bowel em Qua 14 Dez 2016, 23:22, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : Reencontro! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 25
Localização : Entre a faca e a parede

Reencontro! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 4 EmptyQua 14 Dez 2016, 18:02





Going to Hell



“Certo… Estou viva… Acho…”
Elizabeth verificaria se tinha tudo em “ordem” e então tentaria ajudar Estella. A jovem e bela mink aproximar-se-ia da jovem e diria estendendo a mão direita.
- Eu não quero ser decapitada nem empalada. – diria com um pequeno sorriso. Usaria toda a sua sedução na fala seguinte – Podíamos, quem sabe, sair daqui e aliviar corpo e mente… - sussurraria ao ouvido da jovem – Principalmente corpo.
Elizabeth tentaria procurar por mantimentos naquele lugar, principalmente por bebidas, a sede poderia vir a ser um problema no futuro próximo.
"Aquela pessoa que nos «salvou» era muito estranha... Gostaria de dizer obrigado, mas ao mesmo tempo não quero voltar a vê-lo..."
Caso a jovem negasse o seu pedido, Eliza se aproximaria ainda mais da jovem e com um movimento lento e de toque suave, levantaria o queixo de Estella e olharia em seus olhos.
- Qual é a pior coisa que pode acontecer? – diria – Podes achar que sou aspirante a pirata, mas apenas desejo esmagar o mundo com o meu sucesso. – ela aproximaria os seus lábios dos de Estella mas não a beijaria – E mesmo que eu fosse, o perigo não te deixa com o corpo agitado?
Se ela voltasse a negar, Dawn deixaria de insistir, para ela, o mais importante era estar com a sua irmã e receber o carinho que ela sabia que iria receber.
Uma vez no exterior, Eliza tentaria usar o seu olfato apurado para tentar encontrar um local familiar, sendo a sua antiga casa (caso estivesse na foresta), a cabana da mink coelho ou até um bar onde sempre fora bem recebida (Porto Branco). Eliza seguiria o cheiro e manteria a audição atenta a sons que fossem sinais de perigo e à voz de sua irmã.
Caso Eliza conseguisse sentir Lótus pelo odor ou pelo som, iria imediatamente ao seu encontro e dar-lhe-ia um grande abraço, sem dizer nenhuma palavra. Apenas a abraçando cada vez mais forte.
Caso Eliza não identificasse nenhum odor familiar, seguiria sempre em frente, sem mudar de direção, eventualmente iria chegar a algum lugar,



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :
Histórico
Nome da Personagem: Elizabeth "de" Dawn
Nº de Posts: 10
Álcool: (10/15)
Nº de vítimas: 0
Nº de brinquedos: 0
Ganhos: Adaga
Perdas:
Personagens: Koneko Shiroshi (NPC) – Uma jovem mink fofa que pediu ajuda da fabulosa e talentosa Elizabeth para encontrar uma pessoa.
Lótus Maeve (Player) - Irmã fodona que parte a cara dos durões Fu feliz
Coelhinha Ceguinha Mink (NPC) – É o que o nome diz. Takamoto Lisandro
Loira de olhos azuis e vermelhos (NPC) – uma vadiazinha que parece odiar Eliza
Coments Extras: N/A

Citação :

Objetivos
[ ]Aprender a perícia "Alpinismo"
[ ]Aprender a perícia “Rastreio”
[X]Encontrar Lótus
[ ]Encontrar Jin
[X]Comprar Arranjar adagas
[ ]Comprar bebidas (vinho)
[ ]"Brincar".
[ ]Arrumar roupas novas.
[ ]Arrumar um caderno musical e um lápis.
Off:
 


____________________________________________________

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Alfred
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Alfred

Créditos : Zero
Warn : Reencontro! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 27/07/2015
Idade : 23

Reencontro! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 4 EmptyQui 15 Dez 2016, 00:04


One for the Money
Are you ready motherfucker? Are you ready, let's go


FILHO DE UMA PUTA MANCA COM AIDS E SIFÍLIS!! Argh, agora Jin estav todo sujo e sem carona. Urgh. Genial.

Depois de fazer alguns dos xingamentos mais criativos de sua carreira, Jin finalmente chegou a Frushin. Sem nem ao menos olhar os seus arredores, ele foi logo atrás do primeiro ser vivo supostamente dotado de inteligência que viu e logo perguntou sobre Samul (seu cul). Tinha o tamanho de uma criança e tufos de cabelo prateado apenas dos lados da cabeça, mas com o centro liso e ele usava vermelho. O anão respondeu Jin prontamente.

A resposta foi... bizarra. Ele disse que Jin deveria viajar. Mas ele já tinha viajado muito. Só quando o anão pegou uma seringa e injetou nele foi que ele entendeu que viagem seria. Aí alguns segundos depois, o céu escureceu, começou a chover e a trovejar. Olhando pro velho, Jin teve a impressão que ele era feito de... folhas? Aí uma fumacinha e... CATAPIMBA! Ele sumiu.

Jin estava drogado. Bem, ele só bebeu pra caralho até hoje, nunca foi além disso. E woah, ele estava viajando muito. Uma viagem muito louca, com uma brisa forte. Olha lá, tem um macaco em cima do poste!!

Ele resolveu se sentar enquanto estava vendo tudo de uma forma bem louca e resolveu deixar passar os efeitos da droga. Não deveria durar muito. Então, quando os efeitos passassem, ele continuaria a sua épica busca por seu alvo. "A História de Jin Kurato - O COnquistador do Apocalipse". Seria um romance legal.

----
Objetivos:
 
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | ???? | ????


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Reencontro! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Reencontro!
Voltar ao Topo 
Página 4 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Dawn Island-
Ir para: