One Piece RPG
Reencontro! - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [E.M] - Lista de Desafios e Prêmios
Reencontro! - Página 3 Emptypor War Hoje à(s) 18:21

» [Ficha] Joe Blow
Reencontro! - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 17:29

» Joe Kisame Blow
Reencontro! - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 17:28

» Forxen Dalmore
Reencontro! - Página 3 Emptypor Madrinck Dale Hoje à(s) 17:01

» (Mini-Aventura) Prólogo
Reencontro! - Página 3 Emptypor Makei Hoje à(s) 16:35

» [M.E.P.] Yuki
Reencontro! - Página 3 Emptypor Makei Hoje à(s) 16:34

» Mini-Aventura
Reencontro! - Página 3 Emptypor Makei Hoje à(s) 16:33

» Cap.1 Deuses entre nós
Reencontro! - Página 3 Emptypor Thomas Torres Hoje à(s) 15:45

» Um novo tempo uma nova história
Reencontro! - Página 3 Emptypor new man reformed Hoje à(s) 15:27

» Cap. 2 - The Enemy Within
Reencontro! - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 15:21

» Xeque - Mate - Parte 1
Reencontro! - Página 3 Emptypor Ceji Hoje à(s) 15:18

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Reencontro! - Página 3 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 15:14

» [MINI - Gates] O Pantera Negra
Reencontro! - Página 3 Emptypor Gates Hoje à(s) 9:20

» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
Reencontro! - Página 3 Emptypor Handa Hoje à(s) 2:45

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Reencontro! - Página 3 Emptypor Misterioso Hoje à(s) 1:46

» Enuma Elish
Reencontro! - Página 3 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 1:09

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Reencontro! - Página 3 Emptypor Narrador de Evento Hoje à(s) 0:32

» II - Growing Bonds
Reencontro! - Página 3 Emptypor Vincent Hoje à(s) 0:23

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Reencontro! - Página 3 Emptypor Licia Ontem à(s) 23:27

» Bitch Better Have My Money
Reencontro! - Página 3 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 23:03



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Reencontro!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Reencontro! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Reencontro! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Reencontro!   Reencontro! - Página 3 EmptyQua 10 Ago 2016 - 20:58

Relembrando a primeira mensagem :

Reencontro!

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) civis Lótus Maeve e Elizabeth "de" Dawn. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Alfred
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador


Data de inscrição : 27/07/2015

Reencontro! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 3 EmptyTer 27 Set 2016 - 21:35


GO, PENSYLVANIA!
I will not apologize

- 5 milhões pra mandar um velho descobrir se no céu tem pão? - Jin daria uma risada sarcástica - Meu amigo, você acaba de arrumar um Hitman.

Jin então estalaria o pescoço, enquanto segurava a foice na horizontal, apoiando o cabo desta nos ombros, com a lâmina voltada para baixo.

- Me diz aí quem é o velho, onde posso achá-lo, sabe essas informações de sempre e se quer que ele receba algum recado antes de descobrir se no céu tem erva medicinal.

----
Objetivos:
 

Off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Deep
Civil
Civil
Deep

Créditos : Zero
Warn : Reencontro! - Página 3 1010
Masculino Data de inscrição : 09/11/2013

Reencontro! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 3 EmptyDom 2 Out 2016 - 4:20

Cubo Mito e Bowel


As irmãs saiam correndo atrás coelha, ela corria agilmente por um beco alongado e tortuoso, ela parecia conhecer de cabeça aquele caminho, mas ainda esbarrava em sacos e latas de lixo, coisas que mudam levemente de lugar a cada dia. A coelha era seguida por Lótus e a outra garota mais nova, a raposa vinha mais atrás no grupo, o corredor progrediu até chegar num bairro perto da praia e chegar a areia, local onde as casas eram construídas acima do chão para evitar danos pela maré.

A multidão as perseguiam pelas vielas e em uma curva acabavam perdendo a visão do grupo de fujonas, como que esperando essa chance a coelha rapidamente virava a direita e entra por baixo de uma casa, estendia os braços acima e sumia dentro de uma casa por um buraco no assoalho, as outras todas repetiram a façanha e de dentro de uma casa abandonada podiam ver uma multidão passar correndo pelo corredor.

-Bem, eu vou tomar um banho, a casa é simples e sujinha, mas fiquem a vontade...

Dizia a coelha se ajeitando ao ir em direção a uma porta semi aberta aos fundos, pela cor dos azulejos parecia que era lá o banheiro.

O grupo estava numa clássico cabana de madeira abandonada, poeira e teias de aranha sobravam e seu ponto de entrada, um buraco no piso de meio metro de largura ficava bem no meio da sala de estar onde estavam, ainda podiam ouvir as vozes da multidão os procurando e as vozes apesar de diminuírem não cessavam mesmo com o início da chuva, o que fariam as irmãs?
Arufuredo


- 5 milhões pra mandar um velho descobrir se no céu tem pão? Meu amigo, você acaba de arrumar um Hitman.


-Você é bem o que eu preciso então... Precisa de algo para fazer sua missão? Arma, veneno... Endereço do alvo?


Os olhos de Malaquias brilhavam com suas falas, uma vela tremeluzia ao fundo e jogava sombras sobre o rosto do contratante.
Off:
 

Off-Alfred:
 

Off- off:
 

____________________________________________________

-Fala de personagem...
"Pensamento de personagem"

Cor do Deep
Cor do Tesla
Cor do Voltz



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : Reencontro! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 25
Localização : Entre a faca e a parede

Reencontro! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 3 EmptyTer 4 Out 2016 - 11:48





Going to Hell



“Credo…” Era a única coisa que conseguia pensar ao ver o estado lastimável daquele lugar.
“Acho que preciso de tomar banho, estou toda suada… Será que existe alguma forma de me limpar aqui?” Pensava abanado a minha mão na direção da cara, de forma a refrescar nem que fosse um pouco.
-Bem, eu vou tomar um banho, a casa é simples e sujinha, mas fiquem a vontade... – disse a mink coelho.
- Hehehehe… - soltaria um riso acidentalmente – Leste-me a mente. Que tal tomarmos banho juntas? Não te incomoda, pois não? – aproximar-me-ia e, caso fosse possível, abraçá-la-ia por trás “ronronando” na sua orelha esquerda – Estou muito suada e preciso de ajuda para me lavar… Eu irei retribuir o favor.
Caso ela inicialmente negasse a ideia de nos banharmos juntas, viraria ela para mim e levantaria o seu queixo até a altura da minha cara, depois pegaria na sua mão direita e passaria pelo meu rosto.
-  Por que não quer? – perguntaria com uma voz doce e melodiosa – Confiaste em mim e me trouxeste até aqui… Não irei fazer-te mal nenhum, também sou uma mink. – gentilmente começaria a passar a sua mão nas minhas orelhas enquanto usaria a minha cauda passar pelo seu corpo. – Hein? Pode pensar na sua decisão mais uma vez? – sussurraria na sua orelha.
Caso ela aceitasse, daria um beijo gentil na sua bochecha esquerda e rir-me-ia um pouco. Olharia para Koneko e Lótus para ver o que estavam a fazer.
- Toma conta dela. – diria para Koneko apontando para Lótus e depois piscaria o meu olho direito para Lótus. – Tomem cuidado e fiquem atentas, sim?
Então, entraria no banheiro com a mink coelho. Começaria a despir as minhas roupas assim que ela também começasse. Se ela estivesse com vergonha, começaria a me despir, talvez o barulho dos tecidos a cair no chão motivassem a jovem a também se despir.
“Calma, Dawn… Ela é uma criança. Vamos tentar agir como uma irmã mais velha e não como uma tarada sexual! Talvez o termo «tarada sexual» seja muito forte, apenas gostamos de coisas belas… É, apenas gostamos disso. Será que elas têm água quente?” Pensaria enquanto me despia.
Fosse um banho de imersão ou um duche, eu ficaria por de trás dela e, com movimentos gentis e delicados, ajudaria ela a limpar as costas e depois o cabelo.
- Pareces ser uma pessoa muito importante para a Koneko… - comentaria enquanto lavava o seu corpo – Ela é uma pessoa muito corajosa, mas não tem a força que corresponde a tamanha coragem. Chega a um ponto em que ela entrará em choque ou não saberá o que fazer… Assim como aconteceu antes, era claro que ela não se sentia confortável em segurar uma arma…
Se a mink tentasse defender Koneko com argumentos sobre o seu passado doloroso, eu responderia num tom calmo – Eu realmente não conheço ela há muito tempo, apenas fiz uma pequena análise pelo que conheço dela.
Se, por outro lado, ela concordasse comigo, eu continuaria – Mas não posso falar muito, afinal não a conheço muito bem. Só sei que ela é uma jovem com potencial.
Após um destes casos, continuaria a falar – Sabes de alguma coisa sobre o Porto Branco? Eu nasci e cresci na floresta com a minha família, de vez em quando vinha para ter atenção e amor, mas em tão pouco tempo tudo mudou. Fiquei umas semanas fora e de repente os minks são odiados. – faria uma pausa para respirar fundo, algumas memórias tristes passariam em minha mente em relação a minha família. Continuaria a falar, porém, com um tom meio triste e meio aliviado – Eu não sabia que existiam mais minks em Dawn Island…
Se ela perguntasse quem Lótus era, eu responderia – Ela… Ela é a razão por eu ser eu. Ela foi quem me encontrou quando era uma recém-nascida. A Lótus pode parecer má ou ter um pavio curto, mas acredita, ela apenas se preocupa demais com aqueles que ama…
Se ela dissesse o seu nome, eu a abraçaria por trás e diria – Elizabeth Dawn, a mink raposa com a voz tão doce quanto o mel das abelhas.
“É… Acho que abraçar não faz mal nenhum…”
Então, começaria a cantar até o banho acabar.

Say something, I'm giving up on you
I'll be the one, if you want me to
Anywhere, I would've followed you
Say something, I'm giving up on you
And I am feeling so small
It was over my head
I know nothing at all
And I will stumble and fall
I'm still learning to love
Just starting to crawl
Say something, I'm giving up on you
I'm sorry that I couldn't get to you
Anywhere, I would've followed you
Say something, I'm giving up on you
And I will swallow my pride
You're the one that I love
And I'm saying goodbye
Say something, I'm giving up on you
And I'm sorry that I couldn't get to you
And anywhere, I would have followed you
Oh, oh, oh, oh say something, I'm giving up on you
Say something, I'm giving up on you
Say something


Após o banho, secar-me-ia caso a mink me desse alguma coisa para me secar e, assim como no banho, ajudaria ela a secar o cabelo. Depois, voltaria a me vestir, embora as roupas estivessem suadas. No momento era vestir ou ficar nua, mas o tempo não estava a meu favor para ficar nua. Também procuraria por alguma coisa que pudesse ser usado como escova de cabelo ou um pente para, obviamente, arrumar o meu cabelo. Caso esse utensílio se demonstrasse sujo lavaria ele para então pentear o meu cabelo enquanto voltaria para onde estávamos antes do banho.


_________________________________


Se a mink negasse pela segunda vez a minha sugestão de tomarmos banho juntas, diria para ela ir tomar banho primeiro e procuraria algum lugar para me sentar.
- Lótus tens alguma ideia de onde a Lia possa estar? – perguntaria num tom sério, porém, falaria baixo.
Caso ela respondesse positivamente, eu diria com um sorriso – Então vamos atrás dela.
Caso a resposta fosse negativa, eu diria com um sorriso motivador – Vamos procurar um pouco mais!
Se a minha irmã perguntasse o que pretendia fazer agora, hesitaria por um momento e desviaria o meu olhar para uma das outras minks e depois voltaria a olhar para Lótus – Eu quero saber o que está a aconteceu nesta ilha. E eu prometi que ia ajudar a Koneko a encontrar uma pessoa… - Se ela tentasse interromper eu levantaria a minha voz e continuaria a falar – Escuta, até a umas horas atrás, pensei que era a única mink nesta ilha. Agora descubro que existem vários mink e que eles estão a ser vistos como uma praga… Não saio desta ilha até descobrir quem e porquê está a fazer isto… Pelo menos é o que pretendo tentar fazer… - concluiria com um tom triste.
Após isso, olharia ao meu redor e procuraria Koneko, caso a visse, diria – Hey, Koneko. Ainda vais querer a adaga? – perguntaria apontando o cabo para ela, porém, teria cuidado para não me cortar caso a adaga estivesse fora da bainha – Eu vi como reagiste assim que a soltaste. Não é uma sensação muito agradável apunhalar alguém, né? Vou dar-te um conselho. Não brinques se não aguentares a brincadeira. – faria uma pausa – Eu sei que fizeste o que fizeste para proteger a tua amiga, não estou a desvalorizar isso, mas poderias ter me pedido ajuda ao invés de partir para cima daquele traste.
Ficando ou não com a adaga, faria um cafune na cabeça de Koneko e daria um beijo na sua testa, depois encostaria a sua cabeça contra o meu corpo e a abraçaria – Não deites nada a perder, não deixes que ninguém de deite abaixo, não deixes que o teu medo te deite abaixo… Procura um motivo para te manteres viva e agarra-te a esse motivo. Na verdade, não precisas de nenhum motivo, apenas precisas de ter vontade de viver… A vida pode ser uma experiencia aterradora, cheia de pessoas e coisas que nos querem magoar, mas podes ter certeza que existe pelo menos uma pessoa que se preocupa contigo… No teu caso, é a tua amiga coelhinha… Queres contar-me a vossa história? – perguntaria para ela.
Se por acaso o meu imenso discurso fizesse com que a mente da jovem fraquejasse e fizesse com que ela começasse a chorar ou quase a chorar, eu abraçaria ela com mais força e diria – Antes cá fora do que la dentro. Fala tudo o que estiveres a sentir.

Durante toda a minha estadia naquele local, manteria a minha audição e olfato ao máximo para saber se ainda estávamos a ser procurados.
"Chuva... O melhor momento para começar a pensar numa canção nova..."
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :
Histórico
Nome da Personagem: Elizabeth "de" Dawn
Nº de Posts: 6
Álcool: (06/15)
Nº de vítimas: 0
Nº de brinquedos: 0
Ganhos: Adaga
Perdas:
Personagens: Koneko Shiroshi (NPC) – Uma jovem mink fofa que pediu ajuda da fabulosa e talentosa Elizabeth para encontrar uma pessoa.
Lótus Maeve (Player) - Irmã fodona que parte a cara dos durões Fu feliz
Coelhinha Ceguinha Mink (NPC) – É o que o nome diz. Takamoto Lisandro
Coments Extras: N/A

Citação :

Objetivos
[ ]Aprender a perícia "Alpinismo"
[ ]Aprender a perícia “Rastreio”
[X]Encontrar Lótus
[ ]Encontrar Jin
[X]Comprar Arranjar adagas
[ ]Comprar bebidas (vinho)
[ ]"Brincar".
[ ]Arrumar roupas novas.
[ ]Arrumar um caderno musical e um lápis.
Off:
 


____________________________________________________

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Alfred
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Alfred

Créditos : Zero
Warn : Reencontro! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 27/07/2015
Idade : 24

Reencontro! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 3 EmptyQua 5 Out 2016 - 20:13


GO, PENSYLVANIA!
I will not apologize


 Jin estalou o pescoço enquanto pensa por um segundo.

 - Quero uma mochila com duas pistolas, uma adaga... sabe, qualquer arma que caiba numa mochila. Também quero saber tudo do meu alvo: Nome, idade, se tem família, rotina, hábitos que ele tem e o melhor ponto pra fazer o serviço. Enfim, além da minha mochila com armas o suficiente pra causar a Terceira Guerra Mundial, também quero saber tudo sobre o velho. Se pá, também uma rota de fuga, porque eu não quero me fuder depois de ter feito o serviço.

 Ele parou de falar por um segundo.

 - Também quero a metade da grana pelo serviço. Pego a metade agora e a outra metade você me paga depois que eu fizer o trabalho. E aí, pode ser?

 Ele então ficou parado, esperando uma resposta.
 
----
Objetivos:
 
Histórico:
 

Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | ???? | ????


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kerigus
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Kerigus

Créditos : 74
Warn : Reencontro! - Página 3 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

Reencontro! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 3 EmptyQui 6 Out 2016 - 17:25



You can feel it, but you're ignoring. It creeps up on you, without a warning
Casebre!



Havíamos conseguido fugir da multidão furiosa e agora estávamos numa casa suja, a mink ia toma banho e provavelmente Eliza iria tentar tomar banho junto. Caso Eliza vá tomar banho com a Mink coelha iria falar com Koneko. – Então qual a sua história? Minha irmãzinha não tem muito costume de ajudar as pessoas. – Estava curiosa com a história da garota, mesmo ela sendo uma Mink acho que isso não era o suficiente para Elizar querer a ajudar, ouviria a garota dar sua resposta e então diria. – Bom se minha irmãzinha vai te ajuda eu também vou. – Falaria passando a mão na cabeça de Koneko.

Após isso iria falar com Eliza sobre lia. – Então irmãzinha, eu não faço ideia de onde a Lia possa estar, acho mais fácil a gente esperar ela nos achar causando alguma confusão do que nós procurarmos por ela, mas por algum motivo estou um pouco preocupada com ela. – Daria um abraço nela e diria. – Mas não se preocupe vamos encontrá-la. – Se Eliza resolvesse ajudar essas Minks responderia. – Hummm... bater em uns malucos e causar uma confusão na cidade inteira??? Minha irmãzinha sabe como me alegrar. – Responderia com um sorriso e dando um cascudo na sua cabeça.

Por fim iria falar com a Mink coelha. – Então o que tu pode nos dizer sobre essa treta toda que ta rolando na cidade? Quem é o tal do Marcos? Onde vive, do que se alimenta... tudo que tu souberes sobre esse caso de doença aí.- Manteria sempre meus ouvidos abertos para caso alguém esteja se aproximando.

Thak's for@Lovatic, on CG



Citação :
Histórico

Nome da Personagem:
Lótus Maeve
Nº de Posts: 6
Cigarro: (06/10)
EDC: 1
Ganhos: Maço de cigarros, caixa de fósforos
Perdas: Ainda não vi os preços. Mas acho que é 15mil.
Personagens: N/A
Coments Extras: N/A

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Deep
Civil
Civil
Deep

Créditos : Zero
Warn : Reencontro! - Página 3 1010
Masculino Data de inscrição : 09/11/2013

Reencontro! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 3 EmptySeg 10 Out 2016 - 2:16

antes de qualquer coisa... DROP THE LOLI:
 

Irmãs pedófilas


- Hehehehe…Leste-me a mente. Que tal tomarmos banho juntas? Não te incomoda, pois não?

Dizia a raposa, a coelha até soltava algum som de mal entendimento, mas era tarde, a raposa mink ninfomaníaca pedófila já estava a seu lado.

-Estou muito suada e preciso de ajuda para me lavar… Eu irei retribuir o favor.

-Na r-realidade não é nada fácil lavar as costas… M-mas não é correto…

A raposa fazia seu jogo, se aprocimava, erguia o queixo da pequena e passando uma mão em seu rosto dizia graciosamente:

-Por que não quer? Confiaste em mim e me trouxeste até aqui… Não irei fazer-te mal nenhum, também sou uma mink.

-Este foi o primeiro erro dela e é melhor você largá-la antes que ela cometa mais algum Kehehe.

Uma nova personagem entrava em cena, vinda do banheiro com uma toalha em seus ombros vinha outra garota de aspecto jovem, uma loira de olhos heterocrômicos que seria extremamente fofa se não fosse o jeito áspero de falar.

-Ahh… Mana essas moças me ajudaram, por isso as escondi aqui… Não seja rude…

-Pra começar que eu te falei que ia dar merda pedir esmola com tudo o que ocorre e depois... você não vê o que ela ta tentando, ela é pior que os velinhos que eu roubo, ela fede a vulgaridade… Se você preza pela sua virgindade fique umas 3 ilhas longe dela.

A coelha então se afastava e ficava ao lado da loira que puxava um pirulito de cor avermelhada e o colocava na boca?

-Então… O que Vocês pretendem aqui na ilha? Exceto tentar se dar bem com meninas menores de idade.

- Lótus tens alguma ideia de onde a Lia possa estar?

A raposa parecia ter perdido as esperanças na situação que pretendia gerar e puxou outro assunto.

– Então irmãzinha, eu não faço ideia de onde a Lia possa estar, acho mais fácil a gente esperar ela nos achar causando alguma confusão do que nós procurarmos por ela, mas por algum motivo estou um pouco preocupada com ela.

Dizia Lótus enquanto abraçava Eliza.

– Vamos procurar um pouco mais!

– Eu quero saber o que está a aconteceu nesta ilha. E eu prometi que ia ajudar a Koneko a encontrar uma pessoa…

– Hey, Koneko. Ainda vais querer a adaga?

-Eu tenho outra…


Dizia Koneko tirando uma adaga da manga.

-Eu vi como reagiste assim que a soltaste. Não é uma sensação muito agradável apunhalar alguém, né? Vou dar-te um conselho. Não brinques se não aguentares a brincadeira… Eu sei que fizeste o que fizeste para proteger a tua amiga, não estou a desvalorizar isso, mas poderias ter me pedido ajuda ao invés de partir para cima daquele traste.

-Desculpa… Eu apenas agi no impulso.

Eliza ia continuar a falar, mas fora atrapalhada:

-Ahh entendi… Coelhas cegas não são seu único público alvo… Hey menina-gato… Se eu fosse você usaria três calças jeans para dormir perto dessa ai.

– Então o que tu pode nos dizer sobre essa treta toda que ta rolando na cidade? Quem é o tal do Marcos? Onde vive, do que se alimenta... tudo que tu souberes sobre esse caso de doença aí.

Dizia então lótus.

-Tsc… Vocês além de pedófilas são tapadas? Olha a cidade uns tempos atrás anda tendo um surto de doenças, algum falastrão espalhou o boato de que era culpa dos minks e que ele teria a cura, iniciou a merda de um culto religioso onde ele fode minks jovens em apelo a um deus de uma religião antiga em troca da cura de um humano… Em outras palavras esse cara ta apenas usando o surto de doenças para se dar bem com algumas mulheres com orelhas de gato. Em resumo basicamente é isso…


Dizia a irmã da cega.

Jin

- Quero uma mochila com duas pistolas, uma adaga... sabe, qualquer arma que caiba numa mochila. Também quero saber tudo do meu alvo: Nome, idade, se tem família, rotina, hábitos que ele tem e o melhor ponto pra fazer o serviço. Enfim, além da minha mochila com armas o suficiente pra causar a Terceira Guerra Mundial, também quero saber tudo sobre o velho. Se pá, também uma rota de fuga, porque eu não quero me fuder depois de ter feito o serviço.


Dizia o jovem a seu novo contratante.

Malaquias estralava os dedos e alguns minutos depois um rapaz vinha ao encontro de jin descendo as escadas com uma mochila em mãos, a qual deixava nos pés do rapaz.

-Ai tem tudo que pediu, tudo que pode causar algum dano e cabia numa mochila, assim como um dossiê do Samul e sua localização recente que meus espiões entregaram, assim como o reporte deles sobre as últimas movimentações e alianças do velho. Inclusive um jovem está acompanhando e provavelmente protegendo o velho, tem um dossiê dele também. E é claro… Metade do seu pagamento… Prezando pelo espaço em sua mochila, meus lacaios colocaram o valor em diamantes, um total de 100 g de diamantes pequenos num saquinho no bolso lateral… Tomei a liberdade já que você não pediu meios extras de pagamento.
Eu havia ficado devendo as img dos npcs, então vou aproveitar a chegada da nova e adicionar tds:
 

Conteudo da mochila recebida por jin:
 

Aviso ao jin:
 

____________________________________________________

-Fala de personagem...
"Pensamento de personagem"

Cor do Deep
Cor do Tesla
Cor do Voltz



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : Reencontro! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 25
Localização : Entre a faca e a parede

Reencontro! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 3 EmptyTer 11 Out 2016 - 16:41





Going to Hell



Sinceramente não sabia como reagir. Estava indignada por ser tratada com uma predadora sexual… Ok, eu posso até ser uma predadora sexual, porém, não sinto nenhuma atração sexual por menores de idade.
A jovem atrevida era peculiar. Os seus olhos de facto eram o centro da atenção, bastante bonitos na realidade. Mas alguma coisa na personalidade dela me deixava curiosa e nervosa.
“Ainda não sei os nomes delas…”
A jovem explicava de forma ácida o que estava a acontecer na ilha. Era de facto nojento e burro. Se Deus realmente existisse, seria tudo perfeito. Nenhum mal existia. Se esse tal Deus fosse tão bondoso como acreditam, não ficaria a ver um homem ter sexo com minks em seu nome. Infelizmente o povo de Porto Branco era burro e ignorante, começava a pensar se valia a pena tomar aquela ilha para mim.
Procuraria um lugar para me sentar sem cair, caso contrário, começaria a olhar os detalhes daquele local. Me aproximaria das coisas e pegaria nelas com cuidado.
- Sabes… - diria – Eu não sou nenhuma predadora sexual de menores de idade. – falaria num tom pacífico, calmo, sereno – Acredita ou não. A escolha é tua. – Olharia para a mink coelho – Elizabeth Dawn. Agradeço a hospitalidade e ajuda.
Eu sabia que ela era cega, mas naquele momento, simplesmente esqueceria isso. Não tinha a intensão de abusar sexualmente de ninguém, nem de mentir sobre o que realmente era.
- Eu sou uma tarada? Sim, mas nunca me envolvi com uma menor de idade. – diria mesmo se tentassem me interromper, levantaria a minha voz se fosse preciso – Mas antes de ser uma tarada, eu sou uma mulher. O meu corpo é o meu tesouro, o meu maior orgulho até agora. – diria olhando para a jovem ao lado da mink cega - Eu não vou ficar chateada pela imagem que ficaste de mim e da forma que me trataste. A Lótus deve ter sentido a mesma coisa quando eu comecei a namorar ou quando os homens começavam a se aproximar de mim. É algo normal entre a família.
Enquanto isso, manteria a minha audição atenta. Caso parecesse seguro lá fora, eu pegaria na toalha da jovem gentilmente, sem movimentos bruscos. – Vou buscar alguma coisa para comer. Depois disso quero o meu banho. Ah, quase me esquecia. Ainda não sei o nome de vocês as duas. O mais educado seria vocês falarem os vossos ou então inventarem.
Caso dissessem ou não os nomes, eu olharia para Lótus de forma meio triste - Já volto... Preciso de pensar um pouco.
Se em algum momento dissessem que já tinham comida, eu olharia para a pessoa ligeiramente abalada e diria – Vou buscar alguma coisa para beber. – Se, no entanto, persistissem e dissessem que tinham de comer e de beber, eu sairia sem dizer nada.
Colocaria a toalha em volta da minha cabeça e procuraria algum abrigo próximo. Precisava pensar um pouco e aliviar os nervos. Uma enorme sensação de ira e ódio começavam a dominar o meu ser, mas não era pela jovem que me acusara de ser uma pedófila, e sim por saber o que estavam fazendo com os minks. Ficaria abrigada por cerca de 3 a 5 minutos a olhar o redor e estando atenta aos sons.
Após refrescar as ideias, certificar-me-ia de estar sozinha e, só depois, entraria de volta à “cabana”.
Talvez me perguntassem o porquê de estar sem nada e o porquê de ter sido tão rápida. Inicialmente iria evitar responder, olharia para baixo e tiraria a toalha da cabeça. – Não faço a menor ideia de onde fica a loja mais próxima… Nem se seria uma boa ideia eu andar por ai… - então faria uma pausa bastante longa – Quando posso tomar banho?
Aguardaria uma resposta, por mais ácida que ela fosse, não poder-me-ia rebaixar e responder de volta. Caso a resposta fosse algo do género: “Quando quiseres mas não aqui.” Eu simplesmente tinha que aceitar, afinal, não podia exigir nada delas.
Podendo ou não tomar banho, virar-me-ia para Koneko, seguraria uma de suas mãos com a minha mão direita e perguntaria – Quando é que queres encontrar ele? Podes pelo menos fazer uma discrição da sua aparência?

______

Caso sair da “cabana” não fosse uma opção viável por ainda ser capaz de escutar as vozes das pessoas que estavam atrás de nós, eu diria com um pequeno sorriso – Pode ir tomar banho primeiro.
Então ficaria à espera que a mink tomasse banho para que então eu pudesse o fazer. Sinceramente não sabia o que fazer naquele momento. Lia era mais difícil de se encontrar que uma agulha num palheiro, a chuva não iria ajudar a procura de ninguém, nem mesmo da pessoa que Koneko procurava. A única coisa que me passava pela cabeça era cantar para o tempo passar mais depressa.

Our hero, our hero, claims a warrior's heart.
I tell you, I tell you, the Dragonborn comes.
With a voice wielding power of the ancient nord art,
Believe, believe, the Dragonborn comes.
It's an end to the evil, of all Skyrim's foes.
Beware, beware, the Dragonborn comes.
For the darkness has passed, and the legend yet grows,
You'll know, you'll know the Dragonborns come.
Dovahkiin, dovahkiin
naal ok zin los vahriin
wah dein vokul mahfaeraak ahst vaal!
ahrk fin norok paal graan
fod nust hon zindro zaan
dovahkiin, fah hin kogaan mu draal!
A battle, a battle brought on Dragonwing.
Not far, not far, the Dragonborn comes.
And all will be measured, both coward and King.
I know, I know, the Dragonborn comes.



______

Se a jovem loira continuasse a mandar indiretas e falas ácidas para mim, levantar-me-ia e me aproximaria dela. Se ela começasse a afastar-se, tentaria fazer com que ela se encurralasse e então quando estivesse perto o suficiente, agarraria na mão dela e faria com que ela me batesse no ombro direito.
- Porquê me odeias? – começaria a tirar a parte de cima das minhas vestes – Sou uma mulher, uma mink, uma pessoa, um ser vivo. Tenho emoções, medos, forças e fraquezas. A minha maior fraqueza é a beleza. Eu adoro tudo que é belo. – seguraria no queixo dela faria ela olhar bem nos meus olhos – Se eu quisesse fazer mal a alguma de vocês, nem sequer tinham tempo para gritar.
Se ela tentasse-me bater no rosto, usaria a minha mão livre para agarrar o pulso dela.
- Deves ter passado por um momento muito duro. – aos poucos começaria a soltar ela, para então fazer ela deitar no chão e me sentar sobre ela, sem colocar muito peso – A vida continua. O mundo não é um lugar feliz. Eu perdi os pais que me criaram. – Começava a tocar num assunto delicado, Lótus poderia se chatear comigo, sendo que ela adorava os nossos pais – EU PERDI AQUELES QUE ME ACOLHERAM! TENHO UMA IRMÃ DESAPARECIDA E UM ENORME BURACO NO CORAÇÃO! E sabes como eu vou encher ele? – não daria nem tempo para ela responder – Com vinho, comida, festas, música, com bastante amor e carinho. Mas não sou convidada para festas há muito tempo; nem tenho comida; nem tenho bebidas; nem tenho casa; apenas tenho amor e carinho. – por esta altura lágrimas já escorriam pela minha face e talvez caíssem sobre a cara da garota. Eu me deitaria sobre a loira e sussurraria numa voz triste, chorona e tremida – Eu não vou fazer mal a nenhuma mink que acabei de conhecer. Em 20 anos de vida, eu nunca conheci um mink, nem mesmo a minha mãe ou pai biológico. – eu já começava a despejar tudo para fora, já nem me lembrava onde queria chegar com tudo aquilo. Pegaria na adaga que Koneko e agarraria na mão da jovem, fazendo ela segurar na adaga – Se tu não acreditas que eu seria incapaz de fazer mal a uma de vocês… - levantar-me-ia um pouco e faria ela segurar a adaga bem contra o centro do meu peito - … Se não acreditas, podes simplesmente enfiar essa adaga bem no meio do peito. Mas certifica-te de me matares agora, pois não terei pena de ti caso eu sobreviva, pois eu raramente sou tão verdadeira com alguém que acabei de conhecer. Se tu realmente não estás a ser super protetora com a tua amiga e se verdadeiramente consegues me odiar sem nem ao menos ter me dado uma chance… Bem… Acho que não sou um monstro, pois pelo menos eu não uso aqueles que me amam como um propósito para odiar alguém que nem sequer tive a oportunidade de conhecer.
Naquele momento não existia mais nada para fazer, apenas esperar e esperar.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :
Histórico
Nome da Personagem: Elizabeth "de" Dawn
Nº de Posts: 7
Álcool: (07/15)
Nº de vítimas: 0
Nº de brinquedos: 0
Ganhos: Adaga
Perdas:
Personagens: Koneko Shiroshi (NPC) – Uma jovem mink fofa que pediu ajuda da fabulosa e talentosa Elizabeth para encontrar uma pessoa.
Lótus Maeve (Player) - Irmã fodona que parte a cara dos durões Fu feliz
Coelhinha Ceguinha Mink (NPC) – É o que o nome diz. Takamoto Lisandro
Loira de olhos azuis e vermelhos (NPC) – uma vadiazinha que parece odiar Eliza
Coments Extras: N/A

Citação :

Objetivos
[ ]Aprender a perícia "Alpinismo"
[ ]Aprender a perícia “Rastreio”
[X]Encontrar Lótus
[ ]Encontrar Jin
[X]Comprar Arranjar adagas
[ ]Comprar bebidas (vinho)
[ ]"Brincar".
[ ]Arrumar roupas novas.
[ ]Arrumar um caderno musical e um lápis.
Off:
 


____________________________________________________

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Kerigus
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Kerigus

Créditos : 74
Warn : Reencontro! - Página 3 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

Reencontro! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 3 EmptySeg 17 Out 2016 - 4:33



You can feel it, but you're ignoring. It creeps up on you, without a warning
Casebre!



A arrogancia da irmã da cega era gigantesca, aquele coraçãozinho parecia ter ódio pelas pessoas e naquele momento o ódio estava direcionado a mim e a minha irmã. Ouvia ela falando e até entendia em parte, mas para que tanto? “ Acho que ela precisa ser feliz de alguma forma, a vida dela deve ser muito chata. ”

Caso tudo que ela falou de alguma forma faça Eliza partir para agressão para cima da irmã da cega eu ficaria somente olhando, caso a cega interfira na briga entre elas, eu iria segurar a cega para ela não se intrometer e diria. – Não se preocupe minha irmã não machucar a sua... eu acho... enfim deixe as adultas resolverem seus problemas. – No caso de Eliza ficar de alguma forma triste ou chateada, eu me aproximaria dela e daria um abraço forte e diria. – Não se preocupe vamos encontrar Lia e ficaremos juntas novamente como sempre devíamos ter estado. - Minha pequena irmãzinha estava mal então era hora de tentar mudar o foco.

Iria na direção da irmã da cega daria um cascudo em sua cabeça e diria. - Mais educação com as pessoas que acabaram de salvar tua irmã de ser espancada até a morte, mas agora voltando ao assunto do tal do Marcos, faltou tu responder a parte de onde ele vive, pra gente dar umas porradas nele. – Encarava ela esperando a resposta.


Thak's for@Lovatic, on CG


OBS:
 


Citação :
Histórico

Nome da Personagem:
Lótus Maeve
Nº de Posts: 7
Cigarro: (07/10)
EDC: 1
Ganhos: Maço de cigarros, caixa de fósforos
Perdas: Ainda não vi os preços. Mas acho que é 15mil.
Personagens: N/A
Coments Extras: N/A

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alfred
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Alfred

Créditos : Zero
Warn : Reencontro! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 27/07/2015
Idade : 24

Reencontro! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 3 EmptySeg 17 Out 2016 - 15:37


One for the Money
Are you ready motherfucker? Are you ready, let's go

 - Ok, valeu. É até melhor que seja em diamantes mesmo, já que eles nunca perdem o valor e nunca são afetados pelo câmbio, inflação, Fora Temer e pá. Logo logo eu volto pra pegar o resto do pagamento, talvez com a cabeça do velho num saco, pra você usar como decoração pra sua mesa.

 Ali mesmo, Jin olharia as armas que estavam na mochila e sorriria psicoticamente se gostasse. É claro que ele ia gostar, mas tem que rolar aquele cuidado com metagame, sacumé né?

 Depois de olhar as armas que levava, Jin pegaria os dossiês e os examinaria. Olharia bem os rostos do velho e do "guarda-costas" dele, para garantir que os reconheceria de pronto, tudo isso enquanto ele mantém a mochila junto do corpo, para impedir espertinhos. Por via das dúvidas, ele já tiraria da mochila a pistola e sua munição, as soqueiras, as shurikens, as adagas e umas duas bananas de dinamite, colocando-as em suas roupas de forma discreta. Por exemplo, as adagas e a pistola em seu cinto, o pacote de shurikens em sua perna, a munição em seu bolso, bem como as soqueiras , além é claro de alguns dos seus diamantes, o equivalente a 1,5 milhão de Berries.

 Dito isto, Jin colocaria a mochila em suas costas e então sairia pela porta, desde que esta estivesse destrancada.  Caso estivesse trancada, então o ceifador esperaria até que a abrissem, afinal se ele resolvesse as coisas de seu modo, ele perderia 2,5 milhões de Berries por causa de um empregado preguiçoso...

 Uma vez fora da cabana, passaria mais uma olhada por ela para garantir que poderia encontrá-la assim, ele sairia para as ruas e perguntaria onde poderia encontrar o velho Samul, já que ele tinha algo muito importante para entregá-lo. Tentaria fingir o melhor que podia, mas ele não era nenhum fodendo ator. Por isso ele teve que improvisar uma história. Se perguntassem Jin diria:

 - Olha, é que eu trabalho pra um nobre que mora numa das ilhas da Grand Line que se interessou pelo velho Samul e mandou uma ajuda em dinheiro e quer que eu entregue pra ele.

 Depois disso, ele agradeceria e iria até o local indicado, tomando o cuidado de não dar na vista. Jin sabia ser furtivo. Caso não encontrasse nenhuma informação, ele olharia de novo o dossiê do velho a fim de saber onde ele poderia encontrá-lo mais facilmente. A partir daí, ele calcularia seu próximo movimento, baseado nas informações que tem e nos cursos de ação que puder tomar.
----
Objetivos:
 
Histórico:
 
Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | ???? | ????


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Deep
Civil
Civil
Deep

Créditos : Zero
Warn : Reencontro! - Página 3 1010
Masculino Data de inscrição : 09/11/2013

Reencontro! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 3 EmptySab 22 Out 2016 - 1:53

Cubo e Bowel

- Sabes… Eu não sou nenhuma predadora sexual de menores de idade. Acredita ou não. A escolha é tua. Elizabeth Dawn. Agradeço a hospitalidade e ajuda.

Dizia Dawn em resposta ao tratamento por parte da irmã da coelha.

- Eu sou uma tarada? Sim, mas nunca me envolvi com uma menor de idade. Mas antes de ser uma tarada, eu sou uma mulher. O meu corpo é o meu tesouro, o meu maior orgulho até agora. Eu não vou ficar chateada pela imagem que ficaste de mim e da forma que me trataste. A Lótus deve ter sentido a mesma coisa quando eu comecei a namorar ou quando os homens começavam a se aproximar de mim. É algo normal entre a família.

-Aham ok... Pelo que vi hoje, não foi por falta de tentativas que não se envolveu com menores.
Dizia a irmã da garota cega.


Dawn tocava a toalha da garota e dizia:

– Vou buscar alguma coisa para comer. Depois disso quero o meu banho. Ah, quase me esquecia. Ainda não sei o nome de vocês as duas. O mais educado seria vocês falarem os vossos ou então inventarem.


Dizia Dawn tentando mudar o clima da conversa.

-É-é... Meu nome é Usagi Vermont...É um p-prazer...

Dizia a cega.

-Humph... Então a tarada agora quer trocar nomes é? Procurando se aproximar para ganharmos confiança em ti não? Façamos seu jogo por enquanto... Sou Cassid Brunhild...

Dizia Cassid a irmã de Usagi.

-...Mas já que vai buscar algo para comer... Me traga hamburguer... Se tiver baco te deixo até dormir no mesmo quarto da mana...

Finalizava Cassid

Dawn então olhava para Lótus e dizia:

- Já volto... Preciso de pensar um pouco.

- Mais educação com as pessoas que acabaram de salvar tua irmã de ser espancada até a morte, mas agora voltando ao assunto do tal do Marcos, faltou tu responder a parte de onde ele vive, pra gente dar umas porradas nele.


Dizia então Lótus para Cassid após se aproximar e pegá-la e surpresa com um cascudo enquanto Dawn saia da cabana.
Lá fora estava fresco com o vento e a chuva que se aumentava aos poucos. o cheiro de sal no vento fazia lembrar da presença do mar ali perto, mas havia muito mais coisas passando pela cabeça da mink, apesar que ela não poderia pensar muito nelas... A situação não daria tanta liberdade, pois atrás da mink distraída na rua se erguia uma sombra, uma perversa e mal intencionada sombra.

Bowel


Enquanto isso dentro da cabana, Lótus encarava Cassid...

-Para começo de conversa... Quem diabos é Marcos afinal? Da primeira vez eu achei que fosse algum erro seu com o nome Malaquias, mas agora estou confusa... De qualquer forma Malaquias é fácil e dificil de se achar ao mesmo tempo... Você só tem que ir no lugar certo e falar com a pessoa certa, mas os lugares certos e as pessoas certas não são as mais convidativas... Estamos falando de ladrões e assassinos, não são poucos também... Ir até Malaquias e dar-lhe uma surra você diz? Seria mais fácil invadir o QG da marinha e surra o sargento... Ele não é confiável... Suas mentiras contam mentiras e seus segredos tem segredos... Aquele homem atraí quem quer e libera quem quer... Se você falar com ele é por que ele quis assim... Se sair viva... Também foi escolha dele... Você precisaria de mais poder de fogo do que duas moças magrelas e três meninas do fundamental para sequer pensar em ter uma briga de 1 minuto com o Malaquias...

Cssid parecia ter algum conhecimento antigo de Malaquias, pois seus olhos vagavam pelas paredes enquanto falava como se estivesse perdida em alguma lembrança.
Jin

- Ok, valeu. É até melhor que seja em diamantes mesmo, já que eles nunca perdem o valor e nunca são afetados pelo câmbio, inflação, Fora Temer e pá. Logo logo eu volto pra pegar o resto do pagamento, talvez com a cabeça do velho num saco, pra você usar como decoração pra sua mesa.

-Hahaha... Eu não entendo metade do que você fala... Mas gostei do seu entusiasmo...

Saindo da sede do grupo do Malaquias pela porta destrancada, Jin ajeitou discretamente algumas armas em sua roupa e saiu a procura. Em suas andanças ele achou algumas pessoas, as quais ele tentou achar alguma infomação sobre Samul, mas sempre recebend a mesma resposta:

-Até onde sei ele mora na outra vila, não em Porto Branco... Deve achá-lo lá...

Em sua caminhada sob a chuva que começara a cair, as roupas de jin começaram a ficar bem úmidas, a dinamite que ele tirou da bolsa talvez pudesse até estar estragada pela umidade, seria melhor ele se apressar e usar melhor as informações usadas para pegar seu alvo, ou talvez ele não conseguiria fazer o trabalho pelo qual foi pago e dever algo a alguém feito Malaquias seria muito problemático.
Cubo


Dawn abria seus olhos, via quase nada devido ao seus olhos estarem embaçados, mas conforme estes foram se acostumando a penumbra, a raposa aos poucos começou a ver seus arredores, uma cela retangular de dois metros por três com grade em um dos lados menores e tiolos marrom-avermelhados nas outras paredes. As roupas da mink estavam molhadas assim como o chão onde estava, mostrando assim que já estava ali a alguns minutos com a água escorrendo de si pro piso poroso.

-Ora Ora... Vejo que a nova oferenda acordou... Esteja pronta para pagar com sua carne os pecados de seus irmãos de sangue...

Um homem de aparência estranha olhava para a mink da grade da cela enquanto falava sua frase com voz esganiçada.

-Irmão Jonas, temos outras duas novas oferendas hoje, quais deseja para o ritual dessa noite?

Um homem encapuzado e acima do peso vinha falar com Jonas, este respondia:

-Deixe a mink crocodiliana para lá... Hoje me levem a cabra e esta raposa... Fazia tempo que não traziam uma de beleza tão ímpar... Me pergunto se ela é funcionária do Nyan Bar... Mas não tem problema... No fim da noite ela estará virando os olhos e pedindo por mais como todas as outras...

Jonas lambia seus lábios olhando para Dawn e saia de cena, um barulho de porta de metal se fechando era ouvido e o escuro do local se tornava mais sombrio ainda.

-Quem está ai do lado? Qual seu nome? Não fique com medo... Apenas finja estar em outro lugar e espere que isso acabe rápido... Mas... Bem, espero que não seja sua primeira vez... primeira vez com um homem sabe... É horrível as garotas que foram trazidas para cá e pederam suas primeiras vezes para aquele parasita... A propósito meu nome é Estella...

Uma voz feminina vinha do que parecia ser a cela a esquerda da de Dawn, o barulho do eco das goteiras e de corpos rodando sobre camas duras demonstrava que não só o local das celas era grande, como devia ter bastante gente ali.
Na cela havia uma cama feita de um lençol jogado sobre um pano esticado por molas, uma pia suja de poeira e um epelho de parede ao lado da pia coberto de limo e poeira. O teto da cela era baixo, menos de 2m de altura, muito claustrófico, os tijolos da parede e chão da cela possuíam vártias imperfeições que viravam sombras, estas pareciam buracos grandes nos tiolos e disfarçavam a presença de buracos reais, mas os ratos que entravam e saíam por eles delatavam sua existência.
Off (cubo):
 

Off (jin):
 

Off (bowel):
 

Aparência do Jonas:
 

____________________________________________________

-Fala de personagem...
"Pensamento de personagem"

Cor do Deep
Cor do Tesla
Cor do Voltz



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : Reencontro! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 25
Localização : Entre a faca e a parede

Reencontro! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 3 EmptySeg 31 Out 2016 - 14:53





Going to Hell



“Que?” Era a única coisa que consegui pensar ao acordar, bem, isso até perceber o que realmente estava a acontecer. Uma fúria dentro de mim crescia cada vez mais, uma raiva tão incomum em mim que chegava a ser deselegante.
“Calma… Dawn, tem calma… Não podemos nos exaltar… Não muito, não agora.”
-Quem está ai do lado? Qual seu nome? Não fique com medo... Apenas finja estar em outro lugar e espere que isso acabe rápido... Mas... Bem, espero que não seja sua primeira vez... primeira vez com um homem sabe... É horrível as garotas que foram trazidas para cá e pederam suas primeiras vezes para aquele parasita... A propósito meu nome é Estella... – disse uma voz do outro lado.
Encostar-me-ia na parede esquerda da cela, de onde a voz vinha.
- Não… Não é a minha primeira vez e nem será a última… - responderia num tom indiferente – Já fiz todo o tipo de coisas sexuais que possas imaginar, dificilmente irá me surpreender. – suspiraria – Podes chamar-me de Dawn, o povo nobre de Porto Branco chama-me de “A Rosa”… Não pelos melhores motivos… - enquanto falava veria se tinha a adaga comigo – Que tipo de mink és, Estella? E já agora, se me permites perguntar, o quanto é que sabes sobre isto? Sabes como o “ritual” funciona? – esperaria a sua resposta.
Se ela questionasse o porquê de me chamarem “A Rosa” responderia – Não sou ruiva, se é o que pensas. – soltaria um pequeno sorriso – É porque uma vez seduzi um nobre e durante o trajeto até a minha casa, fomos atacados. Como ele era apenas mais um, fiz o que pude para sobreviver mas ele não morreu. Felizmente, a minha irmã apareceu e nos salvou, porém, ele não gostou do meu gesto e disse que eu era uma bela e perigosa mulher, assim como uma rosa.
Levantar-me-ia e pegaria no lençol da “cama” e enrolaria na minha mão direita para, então, passar a mão pela parede procurando por buracos. Se encontrasse algum buraco na parede esquerda daria dois socos não muito fortes ao redor do buraco para ver se o material era realmente resistente. Se em algum momento a pesada porta se abrisse, eu pararia de imediato o que estava a fazer.
- Quase tenho pena daquela coisa, Estella… - comentaria enquanto procurava os buracos – Deve ser tão frustrante ter aquela aparência e não conseguir fazer nada de nada para mudar isso, mas se não fosse o facto de ele estar a maltratar a minha própria espécie, eu até poderia ignorar o facto de ele ter cometido o erro de me prender. – minhas falas seriam ligeiramente confiantes. – Estella, o que fazes da tua vida? Tipo… Tens família, amigos, casa, trabalho? – esperaria ela responder – Eu só tenho duas irmãs, não tenho casa nem trabalho. O mundo decidiu ser duro comigo, então irei mostrar ao mundo que usarei tudo para o partir.
Não vou negar, aquele sentimento de raiva começava a mudar a minha forma de ver o mundo, não que fosse muito diferente daquilo que eu já queria fazer, mas os meios que começava a pensar não eram os meios que a antiga Elizabeth usaria.
Durante todo o momento em que ali estivesse, tentaria manter sempre minha audição e olfato atentos, principalmente nos sons do exterior caso fosse possível, necessitava de ter uma ideia mínima de onde estava. O som talvez fosse me ajudar, principalmente se escutasse alguns animais.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :
Histórico
Nome da Personagem: Elizabeth "de" Dawn
Nº de Posts: 8
Álcool: (08/15)
Nº de vítimas: 0
Nº de brinquedos: 0
Ganhos: Adaga
Perdas:
Personagens: Koneko Shiroshi (NPC) – Uma jovem mink fofa que pediu ajuda da fabulosa e talentosa Elizabeth para encontrar uma pessoa.
Lótus Maeve (Player) - Irmã fodona que parte a cara dos durões Fu feliz
Coelhinha Ceguinha Mink (NPC) – É o que o nome diz. Takamoto Lisandro
Loira de olhos azuis e vermelhos (NPC) – uma vadiazinha que parece odiar Eliza
Coments Extras: N/A

Citação :

Objetivos
[ ]Aprender a perícia "Alpinismo"
[ ]Aprender a perícia “Rastreio”
[X]Encontrar Lótus
[ ]Encontrar Jin
[X]Comprar Arranjar adagas
[ ]Comprar bebidas (vinho)
[ ]"Brincar".
[ ]Arrumar roupas novas.
[ ]Arrumar um caderno musical e um lápis.
Off:
 


____________________________________________________

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.



Última edição por GM.Cubo Nito em Sex 11 Nov 2016 - 23:22, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Reencontro! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Reencontro!
Voltar ao Topo 
Página 3 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Dawn Island-
Ir para: