One Piece RPG
Reencontro! XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Enuma Elish
Reencontro! Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 10:22

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Reencontro! Emptypor Licia Hoje à(s) 10:14

» [Mini-Aventura] A volta para casa
Reencontro! Emptypor Fiest Hoje à(s) 09:51

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Reencontro! Emptypor Fukai Hoje à(s) 09:10

» [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA
Reencontro! Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 09:07

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Reencontro! Emptypor PepePepi Hoje à(s) 06:50

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Reencontro! Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 05:02

» Hey Ya!
Reencontro! Emptypor GM.Mirutsu Hoje à(s) 01:56

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Reencontro! Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 01:08

» [Ficha] Raveny Moonstar
Reencontro! Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:38

» Raveny Moonstar
Reencontro! Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:36

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Reencontro! Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 00:11

» Escuridão total sem estrelas
Reencontro! Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 23:39

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
Reencontro! Emptypor Kiomaro Ontem à(s) 23:27

» Arco 5: Uma boa morte!
Reencontro! Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 22:58

» A inconsistência do Mágico
Reencontro! Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 22:45

» Seasons: Road to New World
Reencontro! Emptypor Volker Ontem à(s) 21:44

» Ain't No Rest For The Wicked
Reencontro! Emptypor Hoyu Ontem à(s) 20:55

» I - O bêbado e o soldado
Reencontro! Emptypor Domom Ontem à(s) 20:49

» Um novo tempo uma nova história
Reencontro! Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 20:29



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Reencontro!

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Reencontro! 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Reencontro! Empty
MensagemAssunto: Reencontro!   Reencontro! EmptyQua 10 Ago 2016, 19:58

Reencontro!

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) civis Lótus Maeve e Elizabeth "de" Dawn. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : Reencontro! 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 25
Localização : Entre a faca e a parede

Reencontro! Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! EmptyQui 11 Ago 2016, 20:00





Going to Hell


O que é Dawn Island sem Bonnie e Clayde? Uma doce e forte mulher que seduzia os nobres e um bravo e inteligente homem que passava a perna nos nobres. Juntos realizavam enormes roubos, obviamente, eram humanos, não eram perfeitos e, por conta disso, foram apanhados algumas vezes. Dawn Island sem Bonnie e Clayde é uma ilha sem emoção alguma.
Porque estou eu contando esta historinha? Bem, a resposta é simples. Esses dois ladrões salvaram 3 pequenas e inofensivas crianças. Tornaram-se pais, seres responsáveis. Engraçado o facto de duas das crianças serem tudo menos responsáveis. Eu e a Lótus estamos sempre em sarilhos, mas se querem saber, lá no fundo… Beeeeeem no fundo, eu sei que ela adora ficar em situações complicadas.
Mas bem, memórias à parte, hoje irei reencontrar-me com a Lótus e iremos fazer algo grande, esse “nobres” têm de aprender que não mandam em coisa nenhuma, eles vão perceber quem são os verdadeiros nobres.
“Lia e Lótus são nobres de sangue e vivem como plebeus… Ao mesmo nível que eu…” pensava enquanto perambulava por Porto Branco “Mas se Deus existe, então eu estou aqui para fazê-las ascender aos seus tronos. E para demonstrar que estou ao nível delas, farei de tudo para demonstrar a minha força!”
Pararia assim que visse alguma pessoa com um certo nível de beleza, sendo homem ou mulher. Analisaria essa pessoa de forma não muito óbvia e tentaria seduzi-la com os olhos, algo que a mamãe me ensinou e que eu aperfeiçoei.
Caso a pessoa caía no meu charme, eu seguraria nas suas mãos e a puxaria até mim, para então sussurrar em seu ouvido. Se necessário, me colocaria em bico dos pés.
- Vamos nos divertir muito… - diria num tom provocador – Comece algum bar onde possamos nos conhecer melhor? – Concluiria com uma leve mordida na orelha.
Deixaria que a pessoa me conduzisse até o lugar se ela aceitasse a minha proposta. Caso contrário, faria uma cara meio desapontada e triste e começaria a minha busca por uma loja.
Se não encontrasse ninguém ou não conseguisse seduzir, começaria a buscar por um bar, porém, não um qualquer, procuraria um que tivesse uma banda a tocar, estava com imensa vontade de cantar e aprender mais sobre música.
“Como a mamã dizia: «Se não chegares ao coração de um homem pela barriga nem pelos ouvidos, faz um corte no peito.» Meio violento, mas até que faz o seu sentido…”
Caso algum pervertido tente se aproveitar do meu belo e único corpo, passando a mão ou tentando amarrar de forma bruta, eu daria uma joelhada na barriga ou na zona pélvica, aquela que fosse mais fácil de acertar.
Assim que chegasse num bar ou numa loja, sozinha ou acompanhada, analisaria o local. Usaria ao máximo meu olfato e audição aguçada para reconhecer o local.
Se por acaso, durante o percurso sentisse o cheiro de Lótus, seguiria essa direção, seduzindo a pessoa que estava comigo para que ela concordasse com a mudança de trajetória, isto, claro, se estivesse acompanhada.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :
Histórico


Nome da Personagem:
Elizabeth "de" Dawn
Nº de Posts: 1
Álcool: (01/15)
Nº de vítimas: 0
Nº de brinquedos: 0
Ganhos:
Perdas:
Personagens:
Coments Extras: N/A

Citação :

Objetivos
[ ]Aprender a perícia "Instrumentos Musicais"
[ ]Aprender a perícia “Dança” ou “Rastreio”
[ ]Encontrar Lótus
[ ]Comprar adagas
[ ]Comprar bebidas (vinho)
[ ]"Brincar".
[ ]Arrumar roupas novas.
[ ]Arrumar um caderno musical e um lápis.
Off:
 


____________________________________________________

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.



Última edição por GM.Cubo Nito em Sab 13 Ago 2016, 08:22, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kerigus
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Kerigus

Créditos : 74
Warn : Reencontro! 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

Reencontro! Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! EmptySab 13 Ago 2016, 00:17



You can feel it, but you're ignoring. It creeps up on you, without a warning
A escolha!!



O que fazer? Tudo era novo... Passar uns dias longe das minhas irmãs, a morte dos meus pais, nada daquilo fazia sentido, tudo era algo que estava me incomodando. Ainda não havia assimilado a ideia de sair pelo mundo afora me vingando, talvez ainda estivesse presa aquele meu mundinho de Dawn Island com minhas irmãs e meus pais. Aquilo ainda fazia parte de mim e acontecimentos recentes parecem ser algo difícil de aceitar. O lado bom é que era hora de revê-las, e bem a irmã mais fácil de encontrar seria Eliza, com certeza ela estaria em algum bar tentando seduzir alguém com alguém que ela já seduziu. “Espero que Lia e Eliza estejam bem... Não vejo a hora de conhecer o mundo ao lado delas...”

Iria para Porto branco atrás de algum bar ou loja de bebida, entraria procuraria pela minha pequena irmã e caso não a encontre iria para o próximo bar, não estava afim de muito papo então ignoraria quem viesse falar comigo e não fosse uma das minhas irmãs. “To sem cigarro... Vo tem que compra uns porque logo vou precisar.” Me lembraria enquanto procurava por Eliza pelos bares. Caso não encontre Eliza depois de procurar em uns 3 bares, chegaria para o atendente e diria.

- Me da uma maço de cigarros e uma caixa de fósforos... – Esperaria ele dar a resposta ou o que eu pedi, e pagaria caso receba o maço de cigarros e a caixa de fósforos, claro isso se não estiverem com um preço absurdo. – Então você viu uma garotinha, Mink meio raposa provavelmente com algum acompanhante? – Perguntaria enquanto coçava a cabeça e guardava minhas coisas caso tenha conseguido as comprar.

No caso de eu achar Eliza antes ou depois de ter comprado as coisas, iria correndo na direção dela a abraçaria e diria. – Irmãzinhaaaaaaaaaa, tava com saudade. – E a abraçaria mais apertado. Caso ela esteja sozinha diria com um sorriso. – Como estás maninha? Se divertiu bastante? – No caso de ela estar acompanhada diria com uma cara de quem sabe o que ela esta tramando. – Vejo que tu tens te divertido bastante.


Thak's for@Lovatic, on CG


Citação :
Histórico

Nome da Personagem:
Lótus Maeve
Nº de Posts: 1
Cigarro: (01/15)
Ganhos:
Perdas:
Personagens:
Coments Extras: N/A

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alfred
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Alfred

Créditos : Zero
Warn : Reencontro! 10010
Masculino Data de inscrição : 27/07/2015
Idade : 23

Reencontro! Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! EmptyDom 14 Ago 2016, 15:22


GO, PENSYLVANIA!
I will not apologize

Jin acordou aos poucos, ainda meio desacostumado com o esconderijo que arrumara. Bem, bem, Dawn Island até que era legal, mas ele era assim: não podia ficar muito tempo num lugar que já sentia o chão queimando sob seus pés. E mais: ainda precisava espalhar seu objetivo, espalhar o maravilhoso Caos por aí. E qual seria a melhor forma? Usar um ursinho de pelúcia monocromático de testa-de-ferro enquanto ele observa dezesseis adolescentes se matarem num jogo de sobrevivência? Talvez, parece interessante, mas isso era muito trabalhoso. E ele tava com preguiça, então pééééh, não.

Virar um bounty hunter parecia interessante, mas pra isso ele precisaria abaixar a cabeça para a lei que ele tanto odiava. Irk. Marinha e Governo Mundial nem pensar... por isso, ele iria para a classe que vivia no caos, que dele se alimentava e por isso era tão bela e tão livre. Os piratas.

Isso mesmo. Ele viraria um pirata para poder disseminar a sua ideologia caótica libertária pelo mundo. Mas para isso ele deveria começar por baixo: uma arma e um jeito de sair dali. Sim, começaria pela arma. Cuide primeiro das coisas que vêm em primeiro lugar. DESCONHECIDO, Autor.

Por isso trataria logo de sair e procurar alguma loja de armas onde chegaria e diria:

- Yo~! Tem como me arrumar uma foice? - se o vendedor desse logo a foice, bem, Jin pagaria e iria embora. Se não, ele pegaria um pouco mais pesado ("Olha, eu sei que você tem parentes, amigos, família. E eu não tô com saco pra ir atrás de ninguém. Então me dê a porra da foice ou todo mundo próximo a você vai descobrir se no céu tem pão"). Caso ainda assim ele se recusasse, então o wannabe pirata iria para o ataque, mirando um soco na boca do estômago do infeliz. A boca dos estômago é um ponto vulnerável: poucos músculos ali e o diafragma se assentava lá. Um bom acerto deixava o oponente sem ar e com dores horrorosas por algum tempo. Depois de dar o soco (se chegasse a esse ponto), ele entraria, pegaria a foice e com ela em mãos, decapitaria o balconista, se chegasse a tanto.

Uma vez fora, sem foice, ele procuraria outra loja de armas ou algo do gênero atrás de uma, porque ele seria um Ceifador bem patético sem foice, não? Agora, se ele estivesse com a foice, a colocaria em suas costas e sairia por aí, sem nenhum objetivo específico em mente. Se encontrasse alguma garota que chamasse a sua atenção, daria em cima dela (é um mau hábito do qual ele não consegue se livrar). Caso a garota mostrasse sinais positivos, então seguiria em frente com a cantada. Se não (o que era astronomicamente provável), bem... ele seguiria seu caminho. Não pensara muito no que fazer, talvez precisasse tirar uma soneca pra ter mais ideias. Sei lá.

----
Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | ???? | ????


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Deep
Civil
Civil
Deep

Créditos : Zero
Warn : Reencontro! 1010
Masculino Data de inscrição : 09/11/2013

Reencontro! Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! EmptySeg 15 Ago 2016, 15:04

Elizabeth De Dawn que eu sempre leio Down


Elizabeth “A rosa” De Dawn, uma verdadeira “Femme Fatale” andava caminhava pelas ruas da cidade de Porto Branco naquela bela manhã de sol e ar fresco, entre seus pensamentos ela avistava várias pessoas, poucas de notável beleza, mas uma lhe chamou demais a atenção. Era uma garotinha de uns dez anos, cabelos prateados, compridos e enrolados em uma trança elegante, orelhas de gato demonstrando sua origem mink, olhos púrpuras de brilho intenso, pele clara, lisa e brilhante, a jovenzinha vestia roupas claras e bem arrumadas, o conjuntinho era um casaco de mangas compridas que quase cobria a saia de cor acinzentada, a claridade da roupa dava ainda mais atenção a meia calça escura que a garota usava, um prato cheio para qualquer pervertido naquela região… Perdão… Errei o gênero da palavra… PervertidA.

Elizabeth começou a mandar olhares para a garotinha, seus cílios se movimentavam rapidamente quase que acenando, enquanto as sombrancelhas pareciam chamar seu alvo, a garotinha parecia não entender muito o que ocorria, mas a beleza de Elizabeth não demonstrava perigo algum e a menina assim, apesar de envergonhada, se aproximou.

-O-Olá… Eu estou p-procrurando alguém… S-Será que você poderia me ajudar a encontrar ele… P-Por favor…

A garota terminava a fala curvando a cabeça em súplica, sua voz era doce, suave e melodiosa, ourvir suas palavras era como se veludo acariciasse os ouvidos.

Foi um movimento rápido e firme, porém suave, Elizabeth segurou as mãos da jovenzinha, agachou e colocou seus lábios ao lado das orelhas de gato da jovem que percebendo a movimentação ficou corada e retesou um pouco os músculos dos braços em uma leve tentativa de desvencilhar das mãos da estranha que a segurava, ela parecia confusa.

- Vamos nos divertir muito…

Dizia elizabeth provocantemente, a garotinha parecia encolher em suas roupas.

– Comece algum bar onde possamos nos conhecer melhor?


A garotinha corava, ela era jovem e provavelmente era inexperiente, mas o tom de voz e proximidade de Elizabeth eram bem explícitos para alguém imaturo, mas a cereja do bolo foi uma leve mordida na orelha que Elizabeth realizou.

-Y-Yah…


Balbuciou a jovenzinha se avermelhando igual a uma rosa scarlet.


-D-Desculpe… N-Não conheço nada aqui… A-Acabei de chegar a ilha… Mas m-meu nome é… Koneko… Koneko Shiroshi…

Pessoas burburavam e olhavam de forma estranha para as duas, um clima estranho envolvia a dupla, apesar de pouco perceptível dependendo do quanto estivessem entretidas entre si.

Lótus Maeve… Curto esse nome não sei pq

Lótus não estava com muita paciência enquanto andava pelas ruas matutinas de Porto Branco, apesar do clima gostoso de primavera, a falta de cigarros, parecia azedar o humor de Maeve. Para ajudar seu humor, ela procurava por vários bares, mas nada de encontrar suas irmãs.

-Por favor… Um trocadinho…

Uma voz doce que lembrava a de sua irmã Elizabeth, quando mais nova, ecoou nos ouvidos de Maeve, uma garotinha muito jovem, estampada de sujeira, com trapo como roupa, venda feito de pano amarelado e uma placa ”Por Favo me ajudi… Sou uma minque sega que tem que cuidar de uma irmãzinha menor.”. Haviam muitos erros na placa da jovenzinha, mas era uma visão triste uma garota tão bela e jovem pedindo esmola na beira da rua ao lado de um bar de marujos… Ela estava tão frágil naquele local, aparentava ser tão fraca e ainda por cima era cega, era certo que se alguém ali tivesse qualquer que fosse a vontade contra a garota, nada poderia ser feito por ela para impedir, mas a vida nas ruas é assim, o forte come o fraco e se algum daqueles marujos bêbados visse a menina, essa frase ganharia um significado extra.

No entanto Lótus estava preocupada com achar suas irmãs e comprar seus cigarros, então ela se apressou em entrar no bar que estava próximo a ceguinha.

- Me da uma maço de cigarros e uma caixa de fósforos...

Dizia Maeve para o atendente gordo do bar. O gordão pegava o maço, os fósforos e os entregavam a jovem que pagava os mesmos.

– Então você viu uma garotinha, Mink meio raposa provavelmente com algum acompanhante?

O homem fechava a cara, um som de dezenas de copos sendo postos na mesa ecoava pelo bar, parecia que algo dito ali os enervava.

-Olha aqui mocinha… Não sei quem você é ou o que deseja, mas não vi nenhum mink e prefiro continuar não vendo… Essas pragas estão fudendo com meus negócios… Por mim que morram todos…

-Maldita mink… Como ousa ficar aqui… E pedindo dinheiro ainda… Acho que precisa aprender seu lugar no mundo… MALDITA PULGUENTA…

Uma voz masculina era ouvida por Maeve, dois marujos fortes, morenos e tatuados estavam atacando a ceguinha, um deles a segurava pelo pescoço a meio metro do chão contra a parede.

-Malditos meio animais, vem a nossa cidade só para causar problemas… Morra fedelha…

A garota estava deixando de ser branca e ficando roxa, estava sufocando, mesmo a alguns metros dali Maeve podia ver lágrimas escorrendo por baixo da venda, as pequenas mãos da garota tentavam soltar o grande punho que a sufocava, mas mesmo com ambas não era capaz nem mesmo de segurar o pulso do marujo, orelhas de coelho saiam de dentro do cabelo da menina tremendo em agonia, aparentemente ela tentara escondê-las para evitar a estranheza da aparência, mas na dor e sofrimento as mesmas não mais a obedeciam, a garganta impotente da menina soltava um som surdo e seco, sem ar, algo escorria por suas pernas.

-Puta que pariu… A vadiazinha se mijou… Animal nojento…

O marujo que a estrangulava gritava, puxava a garota e voltava a bater ela na parede, a garota soltava um soluço seco e seus braços caiam na lateral do corpo tremendo.

-Morreu?

-Ainda não… Ainda sinto o coração da puta bater… Mas não vai demorar...


ALFREDOOOOOOO… Traz papel…


Jin estava andando pela cidade naquela manhã de sol, sua pele clara embaixo do sol, apesar de ser um sol fraco, ainda era forte,a visão do rapaz era como o de algum vampiro de história gótica para adolescentes cheias de hormônios, com certeza ele não tinha o melhor dos bronzeados e não parecia que seria fácil o pegar, sua pele clara provavelmente queimaria antes de adquirir qualquer cor, na realidade o rapaz era tão pálido que poderia se bronzear num dia de chuva intensa COF COF emo COF COF.

Apesar de tudo o jovem chegava a uma loja de armas e já fazia seu pedido:

- Yo~! Tem como me arrumar uma foice?

Claro que sim… Quer uma grande ou pequena?


Off:
 

Off pro Cugos Toso:
 

Koneko shiroshi:
 

ceguinha:
 

____________________________________________________

-Fala de personagem...
"Pensamento de personagem"

Cor do Deep
Cor do Tesla
Cor do Voltz



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : Reencontro! 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 25
Localização : Entre a faca e a parede

Reencontro! Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! EmptySex 19 Ago 2016, 04:28





Going to Hell




“AIMEUDEUSELAÉASEGUNDACOISAMAISFOFADESTEMUNDO!” Pensei assim que ela gemeu com a minha mordida. Ok, eu sei que não deveria ter seduzido a pobre menina, mas gente, não é todos os dias que encontro uma mink tão bonita quanto eu, precisava de ter ela comigo o máximo de tempo possível.
A jovem parecia estar perdida, eu deveria ajudar a coitada, mas precisava encontrar a minha irmã, não esquecendo o facto de uma criança estar comigo é sinónimo a inocência quebrada.
“Pera… Ela disse «Será que você poderia me ajudar a encontrar ele»… Ela está com alguém do sexo masculino…” Lambi e mordi o lábio inferior enquanto pensava. “Talvez eu possa procurar a Lótus com enquanto ajudo ela….”
- Elizabeth Dawn, mas podes me chamar de Eliza. – diria dando um beijo na bochecha esquerda da garotinha – Bem, eu também estou à alguém… - daria um longo e inocente sorriso para a garota. - Como é essa pessoa que procuras? – perguntaria e procuraria pela pessoa com a descrição dita. – Como pareces ser uma menina muito esperta, e por essa pessoa ser importante para ti, vou ajudar-te!
Seguraria a mão direita da jovem e caminharia pelo Porto Branco, estando sempre atenta a qualquer tipo de comentário importante para a minha busca ou em relação a mim. Afinal, devo ser a mink mais narcisista de toda a ilha… Talvez a única…
Durante a busca, analisaria o corpo da jovem (no bom sentido), e procuraria por sua cauda, afinal, todos os minks têm cauda, certo?
Caso notasse a falta da cauda ou ela questionasse o porquê de estar a olhar tanto para, virar-me-ia para a jovem Koneko e perguntaria num tom amigável e não fosse muito evasivo – Hei, também és uma mink, certo? Desculpa a pergunta boba, mas é que não vi a tua cauda… - diria mostrando a minha bela cauda, porém, não iria exagerar, a jovem parecia ser muito tímida e não queria assustá-la muito.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :
Histórico
Nome da Personagem: Elizabeth "de" Dawn
Nº de Posts: 2
Álcool: (02/15)
Nº de vítimas: 0
Nº de brinquedos: 0
Ganhos:
Perdas:
Personagens: Koneko Shiroshi (NPC) – Uma fodendo mink de 10 anos fofa para caralho Uma jovem mink fofa que pediu ajuda da fabulosa e talentosa Elizabeth para encontrar uma pessoa.
Coments Extras: N/A

Citação :

Objetivos
[ ]Aprender a perícia "Instrumentos Musicais"
[ ]Aprender a perícia “Dança” ou “Rastreio”
[ ]Encontrar Lótus
[ ]Encontrar Jin
[ ]Comprar adagas
[ ]Comprar bebidas (vinho)
[ ]"Brincar".
[ ]Arrumar roupas novas.
[ ]Arrumar um caderno musical e um lápis.
Off:
 
Nota:
 


presentin marotin para o jin:
 

____________________________________________________

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.



Última edição por GM.Cubo Nito em Dom 21 Ago 2016, 11:21, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kerigus
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Kerigus

Créditos : 74
Warn : Reencontro! 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

Reencontro! Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! EmptySab 20 Ago 2016, 21:30



You can feel it, but you're ignoring. It creeps up on you, without a warning
A procura!!



O tempo bom e a esperança de encontrar Eliza ainda hoje estavam me deixando aos poucos de bom humor. Chegando no bar havia uma Mink cega com uma plaquinha mal escrita, ela pedia dinheiro para ajudar a sua irmã nova, no final ela só me chamou a atenção porque falou que precisava de dinheiro caso contrário seria só mais alguém em algum canto.

Entrava em mais um bar atrás de Eliza, e novamente ela não estava lá. “Onde essa garota se meteu? Bem deve ter encontrado um brinquedo e está se divertindo. ” Comprava um maço de cigarros e uma caixa de fósforos, então decidia perguntar sobre Eliza, a reação de todos no local me deixou confusa, parecia que havia algum problema com Minks que eu não sabia. Todos pararam de beber e o vendedor do bar pareceu ficar furioso, estava com a sensação de que todos os olhares do bar estavam em mim, como se estive sozinho a noite em uma floresta. “Ok tem alguma coisa errada aqui, melhor me certificar do que é.”

Antes que tivesse tempo de perguntar qual o problema para o vendedor, percebia que do lado de fora a garotinha cega estava sendo basicamente espancada e estrangulada, e quem estava fazendo isso realmente estava com muita raiva. Indo para o lado de fora percebia que a garotinha estava realmente sendo estrangulada, ela parecia um saco de batata sendo esmagado pelo homem que a estava estrangulando, até que ela se mija e o homem a joga no chão reclamando. “O que ele esperava... uma cega fraca sendo estrangulada obvio que vai se mija...”.

Os 2 homens que estava ali pretendiam matar a garota, neste momento me lembrei de Eliza, obviamente se fosse ela não tão fácil assim, mas mesmo assim aquela imagem de minha irmã sofrendo nas mãos de alguém foi o suficiente para estragar meu dia, e me deixar mais preocupada ainda. “ Preciso sabe o que ta acontecendo nessa cidade e encontra a Eliza logo antes que algo aconteça...”

Perguntaria para os homens o que estava acontecendo, afinal não era normal aquilo estar acontecendo nesta cidade, e isso podia no futuro se tornar um problema para Eliza, eu não me interessava o que estava acontecendo com a garota, mas saber o porquê deste ódio com os Minks era algo que me preocupava.

- Hey... Qual é o problema de vocês com os Minks? Como eu não ando muito por essas bandas não to por dentro do que ta acontecendo. – Perguntaria coçando a cabeça com a mão direita e ignorando completamente o estado da garota como se aquilo não me interessasse, eu estava muito curiosa com o motivo daquilo e a garotinha cega morrendo na minha frente realmente não estava mudando muita coisa na minha vida, a minha única preocupação era a Eliza.

Caso o homem me ignore iria para dentro do bar e faria a mesma pergunta para o vendedor. – Humm... entendi... Melhor eu dar cabo do meu problema antes que ele desapareça hehehehe – Responderia com uma risada irônica tanto no caso do homem do lado de fora me responder quanto no caso do vendedor me responder. Depois disso sairia rapidamente na direção contraria de onde eu vim atrás de Eliza, agora minha prioridade era encontra-la o mais rápido possível, novamente procuraria em bares, mas também olharia em restaurantes e locais com muitas pessoas.


Thak's for@Lovatic, on CG


Citação :
Histórico

Nome da Personagem:
Lótus Maeve
Nº de Posts: 2
Cigarro: (02/15)
Ganhos: Maço de cigarros, caixa de fósforos
Perdas: tenho que ve os preço :P
Personagens:
Coments Extras: N/A

Objetivos:
 

OBS:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alfred
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Alfred

Créditos : Zero
Warn : Reencontro! 10010
Masculino Data de inscrição : 27/07/2015
Idade : 23

Reencontro! Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! EmptySab 20 Ago 2016, 21:51


GO, PENSYLVANIA!
I will not apologize

Jin esperava... outra acolhida. Uma menos amigável, com armas e tal. Mas talvez a sua boa estrela tenha sentido um pouco de pena dele. Bem, nada de perder a chance. O homem perguntara o tamanho da foice que ele queria e Jin responderia prontamente:
- Me vê uma grande aí, fazendo o favor.
Então ele pagaria o preço se pudesse e iria embora. Se suas parcas economias não cobrissem o valor da arma, ele tentaria regatear. Se mesmo assim não for o suficiente, Jin mudará seu pedido para uma foice média, que tenha um preço razoável... Para ele, é claro. Depois de toda a negociação (ah, a alma do capitalismo...!), ele iria embora com o que quer que tenha comprado. Contudo, se o vendedor disser que ele parece ser familiar, o wannabe pirata dirá que é um viajante indo de ilha em ilha e que ele pode já ter passado por ali antes. Se o vendedor o reconhecer como quem ele é (Jin Kurato, o Coringa bla bla blá whiskas sachê), então Jin usará a boa e velha ameaça contra o balconista (sim, a mesma que usaria caso fosse reconhecido logo de cara). Se ele tentar atacá-lo, então o púbere vai acertar socos em seu epigástrio (zona conhecida como "boca do estômago", um alvo perfeito, uma vez que possui poucos músculos a protegendo e nela se assenta o diafragma, que é responsável pelos movimentos de inspiração e expiração dos pulmões. Caso atingido, a vítima sente uma dor excruciante e fica atordoada por ficar momentaneamente sem ar). Aprovietando da vantagem adquirida, ele sai da loja com a sua foice, correndo e se misturando à multidão assim que possível.
Sem maiores acidentes, ele só pagaria e sairia, indo então em direção a algo que pareça interessante. Confusões, bares, restaurantes... qualquer coisa.
----
Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | ???? | ????


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Deep
Civil
Civil
Deep

Créditos : Zero
Warn : Reencontro! 1010
Masculino Data de inscrição : 09/11/2013

Reencontro! Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! EmptyTer 23 Ago 2016, 12:31

Que comecem os jogos


Spoiler:
 

Cubossauro Rex

- Elizabeth Dawn, mas podes me chamar de Eliza. Bem, eu também estou à procura de alguém… Como é essa pessoa que procuras?

Dizia elizabeth enquanto beijava a bochecha da menina.

-Bem... Está é a foto dele...

Foto mostrada:
 

-O nome dele é Jin Kurato pelo que me falaram, algo assim...

– Como pareces ser uma menina muito esperta, e por essa pessoa ser importante para ti, vou ajudar-te!


-Ok... Obrigada...

A menina sorria graciosamente um sorriso leve e brilhante.

Elizabeth pegou Koneko e saiu em busca de Jin, ela ouvia muitos comentários negativos sobre a presença das minks, mas nada que a pudesse ajudar, durante todo o trajeto a raposa também ficava desviando o olhar para a bunda da pequena em busca de sua cauda, até que em certo ponto Koneko cobriu sua bunda com as mãos, corou e disse:

-P-Por que você fica olhando para mim assim?

– Hei, também és uma mink, certo? Desculpa a pergunta boba, mas é que não vi a tua cauda…

Koneko parava de andar, a doce face da menina transbordava em lágrimas e lembranças dolorosas contorciam suas expressões antes suaves.

-Sim... Minha cauda foi cortada... Pelo mesmo homem que matou minha família... Por isso vim para Dawn... Para matar o assassino que fez isso a todos... Aquele maldito... JIN KURATO...

As pupilas da menina se contraíam, um olhar completamente diferente aparecia em sua face, ela estava sedenta por vingança, ela era jovem, mas seu coração já havia sido tomado pela escuridão.

Mas a visão da Koneko sombria, não era tudo a importunar os sentidos de Elizabeth, logo em seguida ela ouvia um tumulto e se olhasse em direção ao barulho poderia ver a cena de um marujo estrangulando uma pequena mink coelha contra uma parede, jovenzinha a qual ja debatia morbidamente as pernas e braços como quem já esta para morrer.


Bowel


- Hey... Qual é o problema de vocês com os Minks? Como eu não ando muito por essas bandas não to por dentro do que ta acontecendo.

-Você esta completamente por fora então… Os malditos sempre viveram normalmente por entre nós, mas desde um mês atrás, pessoas simplesmente sangram até a morte perto deles… O governo diz que é uma epidemia, mas apenas humanos morrem e apenas humanos que ficam perto de minks… É óbvio que eles estão fazendo isso e já sabemos o que é… Magia negra…

Dizia um dos homens antes de cuspir no chão em sinal de repulsa a ter comentado o assunto.

– Humm... entendi... Melhor eu dar cabo do meu problema antes que ele desapareça hehehehe

Maeve saia pela porta do bar, mas após dar três passos ela via Elizabeth não muito longe de si com uma pequena a seu lado.

Jin Kurato


- Me vê uma grande aí, fazendo o favor.


Após pagar a foice e sair da loja com ela em mãos, jin saiu um tanto quanto sem rumo pelas ruas em busca de algum tumulto ou lugar que pudesse vir a lhe ser interessante, porém não muito longe dali, quando passou de frente a um beco, uma figura o chamou de dentro do beco.

-Hey rapaz da foice… Quer ganhar um dinheiro fácil?

A voz da figura era masculina, mas sua aparência estava oculta em um longo casaco escuro e chapéu.

Era óbvio que aquilo sendo ofertado era alguma atividade ilícita.

____________________________________________________

-Fala de personagem...
"Pensamento de personagem"

Cor do Deep
Cor do Tesla
Cor do Voltz



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kerigus
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Kerigus

Créditos : 74
Warn : Reencontro! 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

Reencontro! Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! EmptyQua 24 Ago 2016, 03:32



You can feel it, but you're ignoring. It creeps up on you, without a warning
Reencontro!!



Quando o homem me falava que a um mês atrás as pessoas simplesmente morriam por estarem perto dos Minks eu já imaginava que podia se alguma epidemia mesmo, que não afetava os Minks pelo falo de biologia deles ser diferente, mas quando o homem falou que sabia o que era por algum motivo isso despertou minha curiosidade. “Será que é alguma doença conhecida já? Ou será alguma outra coisa. ”

Estava ponderando mentalmente enquanto ele dava uma pequena pausa, mas quando a resposta veio eu fiquei inicialmente sem reação, levantaria somente a sobrancelha direita enquanto pensava. “ De onde ele tirou esta incrível conclusão. “ Antes de dar a minha resposta tive que segurar a risada que estava querendo sair.

Já do lado de fora os homens ainda estavam estrangulando a garotinha, mas eu rapidamente percebi Eliza, e aquilo alegrou completamente meu dia e um grande sorriso já estava automaticamente estampado na minha cara. Imagina a cena, uma mulher com um sorriso de orelha a orelha esbanjando felicidade, enquanto uma criança cega é estrangulada do lado.

Correria na direção de Eliza com braços abertos, ignorando o fato de ela estar acompanhada, quando alcançar ela, a abraçaria perto do meu peito e balançaria dizendo. – Irmãzinhaaaaaaaaaaaaa!!!!!!! Tava com saudade!!!!! – Minha expressão enquanto segurava Eliza era de extrema felicidade e alegria por estar encontrando novamente minha irmãzinha, mas manteria um pouquinho o controle tentando não falar muito alto para não chamar mais ainda a atenção para minha irmã Mink.  Após alguns segundos a abraçando forte e balançando a largaria e diria. – Como estás meu amor?... Pera depois tu me respondes isso, é melhor a gente não fica parado no mesmo lugar por muito tempo, esse pessoal da cidade acha que os Minks tão utilizando magia negra pra mata as pessoas, apesar do governo dize que é uma epidemia... Gente burra viu... Quem bom que nada aconteceu contigo, vamos procurar Lia? – O fato de ver Eliza novamente me deixou um pouco eufórica, mas ainda sabia que Lia ia ser um pouco mais difícil de achar. – Então alguma ideia de por onde começamos? – Concluiria enquanto tentava diminuir a euforia.

No caso de Eliza me apresentar a sua acompanhante eu diria. - Olá, eu sou Lótus, muito prazer, espero que você e minha irmãzinha se divirtam bastante. - Falaria com um sorriso no rosto enquanto segurava e balançava a mão direita da garota, utilizando minhas duas mãos. " É bem provável que somente Eliza acabe se divertindo." Caso Eliza tenha tenha alguma outra ideia, ou algum outro plano, concordaria com ela balançando a cabeça mesmo estando um pouco relutante sobre isso.


Thak's for@Lovatic, on CG


Citação :
Histórico

Nome da Personagem:
Lótus Maeve
Nº de Posts: 3
Cigarro: (03/15)
Ganhos: Maço de cigarros, caixa de fósforos
Perdas: Ainda não vi os preços. Mas acho que é 15mil.
Personagens: Dono do bar que deu informação sobre o problema com Minks.
Brinquedo da Eliza que Lótus simplesmente ignorou.
Coments Extras: N/A

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Bowel em Qui 25 Ago 2016, 03:25, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Reencontro! Empty
MensagemAssunto: Re: Reencontro!   Reencontro! Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Reencontro!
Voltar ao Topo 
Página 1 de 8Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Dawn Island-
Ir para: