One Piece RPG
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [M.E.P.] - [MINI-Kyoji] Sobrevivência.
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor Kyoji Hoje à(s) 10:48

» [MINI-Kyoji] Sobrevivência.
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor Kyoji Hoje à(s) 10:47

» Ficha - Ares Coldwood
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 09:41

» Ares Coldwood
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 09:39

» Ficha - Borium Sartoski
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 08:44

» Borium Sartoski
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 08:43

» Apresentação 3 - Falência Abrasiva
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor Licia Hoje à(s) 08:00

» Tyrael Silverfang
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor Mephisto Hoje à(s) 07:56

» For Whom the Bell Tolls
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 03:21

» [MINI - Masques] A far off dream
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor Masques Hoje à(s) 02:07

» Red Albarn e o Alvorecer de um Herói
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor Kiomaro Roshiro Hoje à(s) 01:36

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor Kiomaro Roshiro Ontem à(s) 23:08

» Faíscas da Revolução
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor K1NG Ontem à(s) 22:30

» [M.E.P - Masques] A far off dream
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:23

» [MINI - Gon Vinteluas] *SENHORAS E SENHORES!*
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:21

» O Sapo Mágico
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor K1NG Ontem à(s) 22:04

» I - Dançando No Campo Minado
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 21:54

» [Mini-Handa] Uma beleza preguiçosa
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor Bijin Ontem à(s) 21:47

» [MINI - DJ GBR] 01 | Eco
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor TheJoker Ontem à(s) 21:46

» Navegando por uma nova história. A revolução começa!
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Emptypor Khrono Ontem à(s) 21:44



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Perdidos na Ilha do Gelo

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20, 21  Seguinte
AutorMensagem
Milho
Civil
Civil
Milho

Créditos : 4
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 10010
Feminino Data de inscrição : 18/02/2016
Idade : 25
Localização : East Blue

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Empty
MensagemAssunto: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 EmptyTer 19 Jul 2016, 12:19

Relembrando a primeira mensagem :

Perdidos na Ilha do Gelo

Aqui ocorrerá a aventura dos civis Takamoto Lisandro e Nakamura Blumayden. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

É isso mesmo, Convidado, eu voltei.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador


Data de inscrição : 28/12/2013

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 EmptyQui 23 Maio 2019, 22:47

Takamoto Lisandro Simbora.



O calor das panelas e a agitação de meu corpo me fez suar, apesar dos ferimentos ainda estava apto a fazer o que sempre foi meu oficio desde que nasci, tive um bom professor e diversos desafios para aperfeiçoar minhas habilidades culinárias. Eu sei que não sou muita coisa agora, mas nunca vou desistir, vou continuar superando o que estiver por vim. Ao terminar de fazer um nutritivo café da manhã para os esfomeados de plantão, deixava que os mesmos se aproveitassem da minha arte e também comeria. Ao perguntar para o velhote sobre o dinheiro que havia dado à ele, fiquei em choque por alguns momentos devido a resposta, a primeira coisa que veio a minha frente naquele momento foi de quebrar ele na porrada, mas suas palavras se tratavam de uma pequena piada não tão engraçada assim, pois quase tinha que certeza que na hora que fui dormir, ouvi o som de papel sendo jogado na fogueira e aquele folhar queimando ficou na minha cabeça, só acreditava que o velho seria tão louco.. Ainda bem que ele não é louco.

Levantaria da mesa satisfeito com meu trabalho e vestiria o que restou de minhas roupas, se não tivesse nada para combater o frio de fora desta casa, olharia para o velho. - Sem querer incomodar, mas já incomodando, tem algum agasalho velho que possa me dá? - Coçaria a nuca com certo desconforto em pedi coisas assim para o senhor que salvou minha vida, deu moradia, permissão para usar sua cozinha e alimento, já tinha pedido demais. - Eu prometo que será a última coisa que peço. - Não gostava de me aproveitar da hospitalidade das pessoas, desde que lembro, prefiro ser aquele que oferece tudo com um sorriso no rosto, foi assim que meu pai me ensinou a tratar as pessoas, apesar que ele sempre falou que minha mãe tinha essa simpatia e ele não. Se ele tivesse a vestimenta, agradeceria apertando a mão do velho. - Isto é uma despedida, não um adeus. Talvez você me veja no jornal algum dia. - Ser reconhecido por meu trabalho seria de fato um objetivo, iria mostrar para o meu velho que eu estava crescendo e poderia enfrenta-lo novamente com os meus pratos, aprenderei tudo que estivesse a minha disposição.

Vamos? - Perguntaria aos meus companheiros de viagem. - Blue e Don, preciso que me acompanhem, tenho uma última coisa para fazer nesta ilha. - Iria em direção a destruição de outrora, voltaria ao lugar que ocorreu a luta de uma noite atrás. Observaria ao redor buscando identificar algum tipo de perigo, caso não houvesse andaria até a suposta caverna que teria um tesouro, não conseguia parar de andar, cada passo se enchia de responsabilidade e determinação. Ao identificar a entrada, não ousaria passar daquele ponto, puxaria minha faca lendária dada a mim por meu pai, olharia para o fio desta lâmina e fecharia meus olhos recitando uma prece. - Descanse em paz Paco. - E riscaria na parede da caverna um simples entalho na rocha, um símbolo de paz, guardaria minha faca e bateria três palmas, a última com mais pesar e lentidão e levaria ainda com as mãos encostadas uma na outra até minha testa sentido um mesclado de calor e frio delas. - Você sempre viverá no meu coração. - E assim terminava o pequeno ritual fúnebre, não sabia se o que fiz foi escutado pelo garoto no outro lado, mas queria acreditar que sim. - Vamos! - Gritaria com força, sabia que Don não tinha ideia do que estava acontecendo, não dei explicações, apenas continuei em frente, iria até a embarcação que caiu do céu. Se encontrasse algum pirata desacordado ou morto, olharia para os dois e diria. - Dizem que piratas valem algum dinheiro.. Vamos levar um deles cada? - Esperaria uma resposta, caso se recusassem, não faria birra, apenas deixaria os corpos ali e seguiria em direção a embarcação. Se quisessem, pegaria um pirata e o traria no meu braço bom o arrastando e depois de subir no navio jogaria o corpo no chão mesmo.

Ao notar o navio, iria correr alegre, este foi a caravela que caiu do céu e nos tirou de uma execução ao ar livre. - Um herói do céu ein. - Falaria para Blue que estava comigo naquele momento, subiria o mais rápido possível animado pela vontade de viajar para novas ilhas. - Vamos logo gente! Caramba! AHAHAHAH! - Olharia o piso, passaria a mão no leme, entraria em cada cômodo decorando tudo e fazendo um mapa mental daquele navio, era o nosso navio. - Estou pronto! - Estava preparado para qualquer ordem do navegador, seria ele a lidar com as correntes marítimas e os ventos do mar, ajudaria no que precisasse e quando começássemos a sair da ilha, iria até a lateral do convés e balançaria minha mão em sinal de um adeus. - OBRIGADO POR TUDO!!!


Offs:
 

Histórico:
 

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Donm
Civil
Civil
Donm

Créditos : Zero
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 10010
Masculino Data de inscrição : 14/12/2012
Localização : Casa

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 EmptyDom 26 Maio 2019, 18:09



Confesso que estava bastante ansioso para zarpar, sentir o quanto antes o cheiro da maresia, as gotículas d’agua voando ao meu redor após uma onda ter sido quebrada no casco do navio, o vento forte  passando por mim enquanto agita minhas roupas me deixando ainda mais estiloso . Uma sensação que logo tornaria a sentir novamente,  experiência essa que será um pouco atrasado mediante ao pedido de taka, não poderia negar tendo em vista que precisa-se de mão de obra para o navio e também, estava de bom humor por te comido, falaria para o cozinheiro  - É melhor que carne humana- deixando no ar, e não falando mais nada a respeito.

Acompanharia o mesmo antes de partir, seguiria até tal local que o mesmo tinha em mente, ao qual aparentemente era o velório de alguém, ao qual também não estava entendo muito bem, mas não estava muito interessado, embora aparentemente tivesse grande valor para o ruivo. Após ele terminar sua pequena cerimonia, sacaria minha arma e irai disparar 3 tiros para cima em homenagem ao falecido, e por consideração ao momento. Me perguntaria como deveria ser morrer, mas em um tom irônico, afinal, é impossível alguém chegar perto de fazer tal feito comigo.

Taka faz um proposta interessante, ganhar dinheiro entregando piratas... não vejo por que não, assim aceitaria sua proposta e levaria um dos piratas até o navio, levaria o que julgasse valer mais, afinal eu merecia a maior recompensa.

Ao ver o navio, zarparia imediatamente no mesmo, assumindo o timão, onde sentira um enorme conforto e sensação de poder, iria ver a empolgação dos outros ao subir no navio, não julgaria tais ações, daria um tempo pra se acomodarem, enquanto aproveitava a vista. Não via a hora de sair daquele lugar gelado, afinal sou acostumado com o calor. Após um breve momento, gritaria para esses que me acompanharia em uma nova aventura. – DESFAZER AS AMARRAS! LEVANTAR ÂNCORA!  IÇAR VELAS! ANDEM, O MAR ANCEIA POR NÓS! E TENHO UMA FONTE PARA ACHAR. – a principio navegaria a favor do vento, afinal não tinha um local especifico para ir, a fonte poderia esta em qualquer lugar. Iria esperar ate esta tudo em ordem com a embarcação, depois iria reunir os tripulantes e ver se os mesmo tinham alguma sugestão de por onde começar. Não iria me despedir da ilha, como via takamoto fazer, afinal, é só mais um  lugar que foi agraciado por minha presença, nada mais.

____________________________________________________
Historico:
 


objetivos:
 

off's:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 EmptyQui 06 Jun 2019, 18:02

Despedida

Os sons da batalha ja haviam se aquietado a tempos, o clima na  cabana era agradavel. Os homens compartilhavam uma saborosa refeição em meio a uma conversa casual, O anfitrião realizava algumas perguntas mas não obtinha resposta de nenhum três rapazes, mas não se parecia ficar incomodado com o fato e continuva com seu bom humor inalterado. Aproveitando tal situação Taka fazia um pedido ao bom senhor. - Vou ter que te pedir desculpas garoto - O homem falava com frustração - O unico que tenho é o que uso. Mas acho que tenho alguns trapos que podem te proteger do frio até deixar a ilha - apos tais palavras o homem procurava pelos tais trapos e entregava  a Taka. Eram um punhado de panos velhos remendados suficientes para cobrir o troco do jovem, não iria protege-lo de uma nevasca mas ajudaria a aguentar o frio até sua partida da ilha. Mal ou bem estava agasalhado , deste modo despediasse e ia em direção ao local da batalha seguido por seus companheiros.

Grande parte dos sinais de luta haviam sido cobertos por neve porem o sentimento ainda estva presente. Lisandro realizava uma breve cerimonia, que era acomapanhada por uma serie de tiros de Don, o vento uivava ao longe quase como uma canção de despedida. O clima frio da ilha parecia suportavel por aqueles curtos minutos de luto. Terminando seus afazeres o trio seguia em direção ao misterioso navio dos céus.Taka e Blum carregavam os corpos de seus inimigos, ambos acreditavam que aquilo lhes traria lucro de alguma forma. O futuro era incerto mas era um fato que precisariam de dinheiro nos dias que se seguiriam. Não demoravam a chegar ao barco, todos subiam  ,inspecionavam o navio e declaravam que estavam prontos para partir. O navegador dava ordens para que os preparativos para sua retirada e Taka  as executava prontamente, no entanto, antes que pudessem zarpar um grito era ouvido ao longe - Esperem- a voz dizia - Eu trouxe algumas coisas que voce provavelmente vão precisar na viagem- A voz perteciam ao dono da casa onde se abrigaram. Ele se aproximava do navio com uma pequena trouxa em suas costa.

-Considerem isso um agradecimento- O homem lançava a trouxa sobre o conves e ela se desfazia deixando a mostra seu conteudo. Uma pequena quantidade de suprimentos , um velho mapa e uma antiga bussola. -Aliás, belo navio já tem um nome ?- Dizia dando uma risada, ele não parecia realmente esperar uma resposta.-Espero que nos encontremos de novo algum dia-  O  sujeito então acenava e dava um sorriso aos tripulantes. A verdadeira aventura estava para começar, o barco  balançava com as ondas e o vento soprava as velas  e o navio começava a se deslocar rumo aos mares.
Off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blum
Designer
Designer
Blum

Créditos : 6
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2013
Idade : 18
Localização : Ilha do Gelo

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 EmptyDom 09 Jun 2019, 14:21


Cap. I
Perdidos na Ilha do Gelo!

Até a próxima
Valeu, falô

Takamoto se dirigia a um local que ocorrera diversas lutas, desconhecia na hora aonde o cozinheiro estava nos levando até que uma hora percebi do que se tratava. Me lembrava o quão gentil era um rapazinho e isto me trazia à tona um sentimento amargo por não ter conseguido ajudá-lo. Compreendia também que a dor era mais profunda no cozinheiro, pois o ruivo presenciou a morte do garoto. Não sabia como reagir naquele momento lúgubre, mas um sentimento de leveza preenchia meu corpo, parecendo que tudo estivesse bem agora. Era incerto o local no qual Paco se encontrava, contudo, tinha consciência de que estava em um lugar maravilhoso. – Descanse em paz, garoto.

Após de me despedir por completo daquela ilha, estava na hora de dar o fora. Entretanto Taka queria levar um bando de piratas abatidos para as autoridades competentes. Não queria de nenhuma forma carregar aqueles malucos que só trouxeram problemas, o quanto antes esquecesse deles, melhor.

- Porque diabos tô carregando esse maldito? – Esses caras só trazem coisa ruim a primeira coisa que vou fazer quando chegar na próxima ilha é tomar um banho de sal - presumo que não seja a primeira vez que penso nisso.

Finalmente chegávamos naquela gigantesca embarcação. De fato, era real. De algum jeito aquela caravela tinha salvo nossa vidas. – Aquele maluco azul não era coisa da minha cabeça afinal. – Fechava os olhos e sentia aquele cheiro típico de madeira e maré e isto trazia um aroma novo para o rumo de minha vida. Logo, Don assumia a tarefa de governar aquela enorme embarcação, ele dava o comando e o cozinheiro seguia as ordens. Estava tudo indo aos conformes.

De repente aparecia aquele velhote e aparentava estar mais gentil do que antes, havia deixado aquele jeito meio rude de lado e tinha nos ajudado novamente. -Espero que nos encontremos de novo algum dia- Na minha mente só pensava em uma coisa. – Espero que isso não aconteça.

O ruivo estava contente com o novo barco e conseguia enxergar a animação em seu olhar. Ele parecia bem apegado a ideia de dar um bom nome ao navio. Acabava comprando a convicção do ruivo e ficava vagando em minha mente num pressuposto nome. Enquanto isto, seguiria as instruções do navegador, pois, dessa forma, a gente conseguiria zarpar o quanto antes.

Mas parando para pensar melhor. – A gente por acaso tem um mapa? Esse cara sabe para aonde estamos indo?


Histórico:
 

____________________________________________________


LEGENDAS:
Falas #0066FF | Pensamentos - #FF6600
-''Arroz'' ~
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Blum em Seg 10 Jun 2019, 17:48, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 48
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 10010
Masculino Data de inscrição : 28/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 EmptyDom 09 Jun 2019, 15:31

Takamoto Lisandro Simbora².



Uns trapos são melhores que nada, obrigado. – Tudo servia para me livrar deste frio que permeava meu corpo e se alastrava até meus ossos, enrolei todos aqueles panos ao redor do meu torso servindo como uma barreira para afastar a frieza do ar. Já tinha me despedido do velho e deixado alguns trocados de onde tirariam o sustento ao reformar aquela vila, saindo da cabana minha expressão se tornou mais pesada, sentia isso e não podia retirar este peso de meu semblante, cada passo era doloroso, mas tinha que ser forte por ele que já não estava aqui. Depois de todo esse tempo, senti que tinha prestado decentemente meu respeito ao Paco, a vida é passageira então farei dela uma longa caminhada.

O cowboy gostou da ideia de usar os piratas para alguma coisa além de lutar, seria um bom ganho para usar no navio, já o Blue não queria carregar nenhum dos piratas, desde que conheço ele sempre foi preguiçoso, mas depois dele encarar um pouco o corpo de um pirata no chão, pegou o sujeito com cara feia. Ao chegar na caravela não pude deixar de maravilhar a linha azul do horizonte e observar os corpos azuis dos piratas que tinha sido pegos pela onda que salvou nossas vida, pelo menos a minha e a do Blue, passei a mão na torso daquele barco fazendo um carinho afetuoso. – Obrigado você também. – Subiria agora com todo o ânimo, segurava a vontade de gritar, este navio era nosso. Blue havia ganhando do maluco azul da minha visão, não sabia ao certo que lógica tinha no que parecia um alienígena, mas seus poderes eram reais. Don tinha tudo sobre seu controle, sua perspicácia ao dá as ordens foram claras e comecei a ajudá-lo, este barco era grande, era gigante! Nunca havia entrado em um navio tão grande, o máximo foi num Brigue. Antes de partimos o velho aparecia mais uma vez, era um presente de despedida, o mapa e a bússola seriam de bom uso.

Agradeci pela última vez, finalmente estávamos em alto mar, podia sentir a ventania balançar o barco e as ondas se quebrarem no casco. – Vamos cuidar desses piratas. – Juntaria os três em um canto do barco e pediria para o Blue ficar de vigia enquanto meu papel seria de auxiliar o Don no controle desta embarcação. – Ei Blue! – Não pararia de ajudar o Don durante minha conversa com o médico. – Já escolheu um nome pro navio? – Tinha pensando em alguns, desde que o ancião da ilha havia citado que a embarcação tinha que ter um nome, pensei um pouco no nome desta caravela. – Ei, ei! O que acha de Tate no Sora? O herói que veio do céu para salvar a gente. – Olhava para o Blue esperando sua reação. – Ou então Explosive Hawk, como um falcão veio dos céus e numa explosão tirou nossas bundas da reta. – Sorri como uma criança escolhendo o nome de seu brinquedo favorito. – Decide ai, você é o dono real desse navio, se tiver um nome em mente, só falar. – Também prestaria atenção nas palavras do navegador, seu conhecimento de embarcações poderia influenciar no nome dado a este navio.


Offs:
 

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Última edição por Takamoto Lisandro em Dom 09 Jun 2019, 18:29, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Donm
Civil
Civil
Donm

Créditos : Zero
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 10010
Masculino Data de inscrição : 14/12/2012
Localização : Casa

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 EmptyDom 09 Jun 2019, 15:55



O luto não era uma baboseira, todos deviam ter seu devido respeito, posso até ser o melhor homem de todos os tempos, mas devo dá meus cumprimentos a aqueles que se foram, atirava para cima enquanto o ruivo fazia suas preces e isto que era uma despedida satisfatória, o falecido deve ter ficado contente com esta despedida já que eu estive presente neste ritual de luto. Ganhar dinheiro as custas de piratas nunca vai ser um problema, isto é o mínimo que esses caras podem servir para mim, se está disposto a me enfrentar deve estar disposto a perder tudo até mesmo a liberdade. Carregava com facilidade este peso morto, quando cheguei e olhei aquela embarcação já defini que a caravela era real, seu casco estava intacto e não parecia ter caído do céu, era um navio comum como qualquer outro. – Hum..

Subi na embarcação e senti com os balanços as correntes marítimas, comecei a ouvir o vento como se conversasse comigo, estava confortável com tudo, pois tudo fazia parte do que sou, sou o melhor navegador que esses dois poderiam ter nesta empreitada, deviam me pagar por uma vida inteira por navegar com minha pessoa. O cozinheiro seguia minhas ordens sem qualquer dúvida, ele tinha plena confiança em minhas habilidades, Taka sabia reconhecer quem estava no comando. – Ahahahah! Vamos fazer essa belezinha cruzar os mares! – Meu coração acelerou ao segurar o leme, mas tive que parar um pouco ao observar o velhote se aproximar com um pano que carregava peças fundamentais dos princípios da navegação, um mapa e uma bússola. – Seriam usados com maestria. – Não o que eu precisasse, mas seria de bom uso.

O ruivo reunia os piratas em canto do navio, quando eles acordassem retiraria o revolver do coldre e apontaria para os piratas sem tirar uma das minhas mãos do leme, não olharia para os bandidos, não mereciam minha atenção. – Se vocês tentarem alguma coisa, morrerão antes mesmo de tentar. – Minha mira é sempre perfeita mesmo em alto mar. Pilotaria a caravela com sagacidade, não deixaria que ela batesse em nenhum pedregulho e muito menos fosse atingida por qualquer tiro de canhão de um navio inimigo.

____________________________________________________
Historico:
 


objetivos:
 

off's:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 EmptySeg 10 Jun 2019, 13:48


O barco lentamente afastava-se da ilha de gelo transportando sua recém-formada tripulação. Conforme navegavam para longe o vento frio cessava, dando lugar a uma brisa morna e agradável. O sol antes tímido pela atmosfera da ilha agora brilhava em seu esplendor aquecendo tudo que tocava. O clima era de fato confortável e propicio para um descanso merecido após as confusões que a trupe havia passado. Todos seguiam a instruções de Don e confiavam em sua capacidade de os levar onde queriam. O navegador tomava posse do mapa e da bússola, ambos estavam em péssimo estado mas ainda eram uteis. Olhando o mapa de perto era possível se constatar que o mesmo possuía informações sobre o mar que navegavam, não eram detalhadas, contudo, eram o suficiente para que o navegador os levasse a onde fosse. O navio no momento se dirigia ao norte guiado pela correnteza e pelos ventos, mas Don não dava atenção ao fato. Por hora o atirador punha seus olhos sobre os corpos que carregaram ao navio. O mesmo apontava sua arma para os defuntos e os ameaçava. Uma situação cômica, o jovem devia prestar mais atenção quando apontava sua arma. Neste meio tempo Takamoto devaneava sobre nomes para a nova embarcação e Nakamura perguntava ao vento se alguém ali tinha um mapa. Era de fato um grupo estranho e engraçado que se reunia ali. No céu gaivotas voavam e emitiam seus ruídos característicos voavam todas em uma unica direção, com toda certeza pareciam mais organizadas que o trio de marujos.

OFF:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 48
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 10010
Masculino Data de inscrição : 28/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 EmptySeg 10 Jun 2019, 16:51

Takamoto Lisandro Simbora².



Don soltava sua pistola na direção daqueles piratas, eles ainda estavam azuis e dormindo, se acordassem ali tomariam um basta susto. – Heheh, não assuste eles demais Don. Se não vai mata-los.. HEheheh. – Não tinha tanta pena daquele trio, quiseram invadi a ilha e fazer dela sua por ambição própria, a consequência deveria ser arcada pelos mesmos. A ventania não cessava de maneira alguma, jogava meus cabelos ruivos de um lado para o outro o bagunçando, não que me importasse muito já que nunca fui muito de pentear eles já que a genética os tornou desarrumados e pontiagudos por natureza. O velho havia dado alguns mantimentos, quando o vento se estabilizasse e Don não precisasse mais de minha ajuda, iria até aquela fronha pegar os suprimentos e entrar mais adiante naquele navio, era nossa caravela, o nome ainda teria que ser decidido pelo Blue, andaria devagar apreciando toda a arquitetura desta obra de madeira. Passaria a palma da mão nas paredes e procuraria a cozinha, não sabia se existia uma, mas embarcações sempre tem duas coisas certas, uma cozinha e um dormitório.

Tinha cerca de 5 salas, a cozinha tinha que ser uma delas, examinaria arduamente meu futuro lugar de trabalho, seria ali que passaria horas neste navio, preparando comidas, fazendo novos pratos e explorando uma tempestade de sabores. – Hiihihihi! – Mal podia esperar para criar novas sensações para o paladar, Don e Blue seriam minhas cobaias. – Preciso guardar esses mantimentos. – Procuraria se minha cozinha tinha os equipamentos necessários para estoque e se não tivesse faria uma pequena lista do que teria que comprar em minha cabeça e faria pequenos jogos mentais para memorizar a lista. – Uma nova aventura começa ein. – Sairia da cozinha e averiguaria os outros cômodos do barco e sairia de dentro do navio.

Esse navio tá novinho em folha! Ei Don, se quiser ajuda, só falar! – Entrelaçaria meus dedos e colocaria as palmas das minhas mãos em minha nuca, andaria despreocupado até Blue e chutando sua perna para chamar atenção. – Eae? Já escolheu o nome do barco? – Perguntaria.



Offs:
 

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Última edição por Takamoto Lisandro em Seg 10 Jun 2019, 21:10, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Donm
Civil
Civil
Donm

Créditos : Zero
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 10010
Masculino Data de inscrição : 14/12/2012
Localização : Casa

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 EmptySeg 10 Jun 2019, 17:04



Eles não tinham conhecimento que suas vidas estavam prestes a ser tiradas por minhas mãos, seus rostos de coloração gélida tornando suas bochechas azuladas e seus olhos fechados em um sono profundo indicavam que estavam calmos apreciando da viagem, mas se sequer abrissem um dos olhos notariam minha imponente presença. – Muito bem, fiquem paradinho ai. – O ruivo pedia que deixasse de assustar os bandidos, mas tinha que estabelecer quem era o maioral aqui, e esse, era eu. Nenhum inseto atrapalharia minha viagem, faria meu trabalho com total êxito, rodopiaria meu revolver e o encaixaria na minha cintura. Tiraria rapidamente e apontaria novamente para os bandidos. – Hm.. – Guardaria minha arma novamente, parece que estavam mesmo dormindo se não tinham se borrado de medo, voltava minha mão ao leme e prestava atenção aos ventos. As velas indicavam nossa direção, o mapa esfarrapado junto com a bussola tinham seu valor, sabia o tempo que demoraria para chegar na ilha e em que direção teria que seguir.

Nenhum rei dos mares pararia o mestre navegador Don R. Wayne, apresentaria algumas de minhas manobras se precisasse, se tudo pegássemos a corrente marítima certa, não precisaria ficar muito tempo no leme. Sairia de meu posto para aproveitar um pouco da visão e bater um pequeno papo com aqueles dois rapazes. – Ainda falta algum tempo para chegarmos em Lvneel.. Ainda não consigo controlar o tempo.. Ainda. – Um dia conseguiria ter poder suficiente para parar o tempo, pelo menos o meu tempo, afinal de contas, um dos meus principais objetivos era encontrar a fonte de juventude e viver para sempre. Eu sou a lenda, assim como minha mãe me disse, teria que viver para sempre para que o mundo soubesse quem sou eu.

Se em algum momento a caravela se distraísse ou a corrente marítima tomasse outro rumo, saberia na hora o que deveria ser feito, voltaria para o leme e colocaria essa carroça de volta aos seus eixos. – É, vamos lá!


____________________________________________________
Historico:
 


objetivos:
 

off's:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blum
Designer
Designer
Blum

Créditos : 6
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2013
Idade : 18
Localização : Ilha do Gelo

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 EmptySeg 10 Jun 2019, 19:15


Cap. I
Perdidos na Ilha do Gelo!

Idiotas em alto mar
Neblina de Idiotices

Já haviam traços que aqueles dois eram idiotas, mas agora tinha completa plenitude. – Por que diabos eles estão afugentando um bando mortos?! – Não precisa nem ser um médico, era visível, os piratas já foram dessa para melhor há muito tempo. Droga, agora preciso falar para eles o quão estúpido é isto. – Ei! Vocês... – Minha língua travava. Minha mente me impedia te tomar essa decisão que supostamente era bastante simples, no entanto, era completamente equivocada mostra-lhes a verdade. Caso o atirador soubesse como ele estava errado talvez ficasse em choque e não quisesse pilotar com tanta avidez, era bastante claro, ele tinha um ego meio inflamado, logo, com essa informação era natural esperar uma reação incomum, não podia me dar ao luxo de comprometer nosso navegador. Além disso, se o cozinheiro encontrasse o que estava por trás desse show ele provavelmente não faria mais arroz com mayo.

Engolia a seco, a decisão a ser tomada tinha uma tamanha complexidade a partir de agora. Suava frio, era um confronto mental comigo mesmo. Bem, era simples encobertar da realidade, porém teria uma hora que chegaríamos a destinada ilha e levaríamos os defuntos a marinha e quando os dois falassem que os mesmos estavam inconscientes... SERIA UM MICÃO! – Droga! – Resmungava. Como podia fazer com que os mesmos soubessem que eles realmente estavam mortos sem constrangê-los? Tic-Tac, o relógio batia a cada instante, precisava tomar uma atitude. Só existia uma opção. Procuraria a cozinha da caravela e averiguaria se a mesma tivesse alguma faca, achando-a, empunharia e voltaria aos piratas.

- Vou executá-los a sangue frio. – Essa era a melhor opção, assim eles saberiam que eles realmente tinham batidos a botas. – Por que minhas mãos estão tremulas? – O serviço tinha que ser feito. Eu sabia que esses piratas só trariam problemas. Agora não tinha escapatória tinha que fazer. –Ahhh! Minha mente vai Ex – De repente minha linha de pensamento era interrompido por Takamoto. – Eae? Já escolheu o nome do barco? – No susto derrubava a faca. – Explosive... – E meio que sem querer respondia à pergunta do cozinheiro. – Droga!! O que diabos eu acabei de falar? Agora vou ter que inventar um nome para a caravela e RÁPIDO! – Me menti numa situação sem precedentes, olhava para todo lugar tentando procurar alguma coisa que rimasse ou tivesse algum nexo, rapidamente olhava para o céu e avistava aquela esplendorosa ave. – Hawk. – Repetia o nome. – Vai ser... Explosive Hawk, eh... Isso mesmo. Explosive Hawk. – Acabei de inventar o nome aqui na tora e aquilo era uma gaivota, não um falcão. Agora não tinha como voltar para trás, seria aquele nome e pronto.

Após isto, ficava acocado e começa a transpirar para me livrar desse momento de tensão. – Que tal... – Colocaria os dedos sobre o pescoço de um daqueles infelizes e falaria. – Parece que... – Tossiria secamente. – Eles morreram de Sustotes... – Nem sabia mais o que estava falando, tinha acabado de inventar a causa da morte. – Parece que vocês assustaram eles demais e não conseguiram aguentar, além disso o frio que eles ficaram exposto ajudou para que isto acontecesse. – Agora era 8 ou 80. Vai que eles engoliam... – Até parece... Só idiotas acreditariam nisso!


Histórico:
 

____________________________________________________


LEGENDAS:
Falas #0066FF | Pensamentos - #FF6600
-''Arroz'' ~
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 EmptyTer 11 Jun 2019, 17:28


A viagem seguia calma e vagarosa. As gaivotas que acompanhavam o navio ja haviam se afastado e apenas suas silhuetas podiam ser vistas ao longe do horizonte. O céu limpo prometia uma viagem tranquila e revigorante. Lisandro usava dos momentos de calmaria para levaros suprimentos que recebera para a cozinha do navio, não eram grande coisa, alguns paes, carnes e arroz. Com uma conta rapida o cozinhero podia ver que seriam o suficente para dois dias no mar e teriam que ser repostos o quanto antes. Os corpos cativos do grupo repousavam em seu sono eterno, totalmente aparte das ameças que sofriam, o medico do navio parecia ser o unico ciente da condição dos mesmo, mas antes que o mesmo pudesse dar um jeito na embaraçosa situação levava um susto do cozinheiro. Takamoto perguntava por um nome para a embarcação. E em um momento de impulso o medico respondia. Explosive Hawk , não era um nome refinado e gracioso, mas parecia condizente com a repentina aparição da embarcação. Seu titulo fora concebido em meio a um susto não havia como culpar o pobre medico. Restava apenas saber se seus comapnheiros iriam aderir a sua ideia.

Com um mar tranquilo e com ondas controladas, o navegador não tinha muito trabalho a fazer. depois de ajustar o curso seguindo seus instrumentos e intuição Don podia descançar e parar de se preocupar com o rumo  de seu navio. Por fim Nakamura finalmente alertava que os piratas capturados estavam mortos, dava uma desculpa que não continha sentido, mas que acreditava ser a melhor solução para aquele caso. Nesse curto tempo o navio moviasse lentamente, sem pressa para o encontro de seu destino.  As nuvens no céu pareciam estar no mesmo ritmo que o navio, calmamente se mexendo. A situação era monotona e permanecia assim por um longo periodo. O sol atingia seu apice e tornava a descer assim como fazia todos os dias. Podia se dizer que era o começo da tarde. Foi então que uma figura se aproximava do navio, era uma gaivota, mas esta era diferente das que o grupo avistara anteriormente. Ela era maior, usava um chapéu branco como suas penas e carregava consigo uma bolsa aberta com diversos jornais em seu interio. O bicho empoleirvasse  em uma borda do navio e emitia varios grunidos, parecia estar tentando vender o seu produto. com suaspenas parecia sinalizar que valiam 3, mas 3 o que? Não dava para saber.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 19 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Perdidos na Ilha do Gelo
Voltar ao Topo 
Página 19 de 21Ir à página : Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20, 21  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Minion Island-
Ir para: