One Piece RPG
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Evento Natalino - Amigo Secreto
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 0:00

» I - Conhecendo o mundo
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:58

» [KIT] Slade Wilson
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor Achiles Ontem à(s) 22:22

» O vagabundo e o aleijado
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor Ghastz Ontem à(s) 20:15

» [FP] Kozuki Orochi
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 17:34

» Kozuki Orochi
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 17:34

» (Mini) Gyatho
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 17:30

» [Mini-Theodore]
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor Shroud Ontem à(s) 16:26

» Sette Bello
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor Pippos Ontem à(s) 14:38

» I - Pseudopredadores
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor Megalinho Ontem à(s) 13:39

» Teleton Chronicles I: Retaliação
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor Midnight Ontem à(s) 13:16

» Drake
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 13:15

» Unbreakable
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor Ainz Ontem à(s) 12:20

» Cap. 1: Laços entrelaçados, as chamas da revolução se erguem!
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 12:05

» Shaanti Mochan
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 8:21

» Alipheese Fateburn
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 7:59

» Nox I - Loucura
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor Jin Ontem à(s) 3:32

» Kime's here
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor Kimerado Ontem à(s) 1:35

» あんみつ - Anmitsu
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor Skÿller Sex 13 Dez 2019 - 21:27

» [ficha] Hinata Bijin
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Emptypor ADM.Senshi Sex 13 Dez 2019 - 20:02



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver...

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
Skÿller
Agente Especial
Agente Especial
Skÿller

Créditos : 10
Warn : Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Empty
MensagemAssunto: Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver...   Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... EmptySeg 18 Jul 2016 - 18:52

Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver...

Aqui ocorrerá a aventura do Civil Ken Rock . A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ken Rock
Pirata
Pirata
Ken Rock

Créditos : Zero
Warn : Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... 9010
Data de inscrição : 27/05/2015

Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Empty
MensagemAssunto: Re: Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver...   Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... EmptyQua 20 Jul 2016 - 9:20

Sempre levei a minha vida sem nenhuma preocupação! Meu passatempo eram os treinamentos e encontrar minha amada Fat nas plantações de arroz a noite. Um sonho infantil, talvez até mesmo simplório pairava em minha mente naquela época, um sonho de fugir com essa garota para qualquer outro lugar nesse vasto mundo e nesse lugar construir uma casa, constituir uma família e viver da forma mais serena e pacífica do mundo. Era um sonho, era e foi destruído por um maldito covarde e graças a esse imbecil, um novo plano de vida arquitetei em minha cabeça e o primeiro degrau é a cabeça de Abel!

Começaria mais uma vez o meu dia, como outro qualquer ou melhor, dessa vez eu não iria mais filosofar ou arquitetar a minha vingança escorado em mágoa e rancor! Mas precisaria ter uma arma e assim eliminaria aquele desgraçado covarde.

- Não vou mais esperar! Espere por mim Abel, por que só irei sair dessa ilha com a sua cabeça.

Sairia de onde estaria escondido e andaria em direção a velha casa dos meus antigos mestres! Procuraria ir pelos caminhos mais remotos, não queria encontrar nenhuma pessoa ou muito menos queria algum alarde sobre a minha presença.

Chegaria próximo a casa e ficaria escondido em alguma sombra ou encostaria em algum galho de árvore, e dali olharia de forma serena e pacífica para o local.

“Fiquem em paz vocês dois, gostaria que pudessem estar vivos agora.... Realmente sinto falta das gargalhadas e dos ensinamentos diários! Ambos foram o meu pai que perdi ainda pequeno, sei que o caminho que começarei a trilhar é o oposto que me ensinaram mas, não me importo nenhum pouco agora...”

- Espero que no dia em que eu morrer, possamos nos encontrar novamente!

Depois de algum tempo de reflexão, andaria em direção a casa, tinha a intenção de encontrar alguma das espadas do mestre Raiden, não me importaria com o estado da espada, apenas uma bem afiada bastaria. Reviraria todo o local e esgotaria todas as possibilidades.

Mas, se a sorte não estivesse ao meu favor, faria uma reverencia com a cabeça, me despediria, sairia do local e caminharia em direção a cidade, um ferreiro ou uma velha loja de espadas seria o meu foco nessa busca. Assim que encontrasse um dos dois, entraria no recintou, caso fosse um local com portas, e perguntaria a pessoa que estaria ali para receber os clientes.

- Olá, não quero tomar o seu tempo, apenas gostaria de fazer um negócio e ir embora! Estou interessado em comprar uma espada, na verdade não me interesso por nenhum item luxuoso! Uma boa, afiada e velha espada seria o suficiente para mim no momento.


Esperaria pacientemente a resposta da pessoa, caso a mesma não tivesse o item ou não quisesse vender para um tritão, apenas me retiraria do local, não me despediria e procuraria um novo local e lá faria o mesmo questionamento. Repetiria o processo até encontrar alguém que estaria disposto a negociar.

Objetivos:
 

Off::
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Legendas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamura
Civil
Civil
Takamura

Créditos : 3
Warn : Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... 9010
Masculino Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 21

Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Empty
MensagemAssunto: Re: Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver...   Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... EmptySeg 1 Ago 2016 - 10:37

Chegando em Shirotown?!



Rock lembraria de seu passado cujo foi completamente aniquilado por Abel, um simples humano e como costume da raça mais uma vez causa desgraça alheia ao redor do mundo. A fúria do tritão era imensa somado a raiva da vingança, sem mais delongas se dirigia até a casa dos antigos mestres passando pelo caminho mais seguro cujo seria uma floresta.

A caminhada de Ken era acompanhada com um forte brilho do sol que aquecia tudo ao redor devido ao calor exercido pela estrela, não havia ventos e a cada passo podia notar os animais fugindo da enguia. Depois de algum tempo finalmente chegava em seu destino, primeiramente refletia sobre o que seus olhos visualizavam e posteriormente se dirigia até o local com a intenção de encontrar alguma arma.

No entanto tinha algo estranho no lugar já que parecia que todos os itens, jóias e tudo que seria importante havia desaparecido como se alguém tivesse roubado e consequentemente fazia com que o espadachim não encontrasse sua arma. Então o tritão apenas reverenciava e seguiria um percurso até a sua segunda opção cujo é comprar uma espada.

Com isso novamente passava pelo mesmo caminho que atravessou anteriormente até que chegava em Shirotown um cidade cheia de laranjeiras, as pessoas ao avistarem o tritão entravam para dentro de casa fechando rapidamente e algumas até colocavam as crianças para dentro das mesmas. Se o homem olhasse em volta, poderia notar que estava tudo fechado e no entanto com sua audição privilegiada podia ouvir uma certa conversa se referindo a umas espadas numa casa vermelha a uns vinte metros a direita do corpo de Ken. O que o tritão fará?
Ken Rock:
 

off:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ken Rock
Pirata
Pirata
Ken Rock

Créditos : Zero
Warn : Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... 9010
Data de inscrição : 27/05/2015

Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Empty
MensagemAssunto: Re: Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver...   Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... EmptySeg 1 Ago 2016 - 14:06

Após sair da antiga casa em que morava com os meus falecidos mestres, pensaria em quem poderia ter saqueado todo o local...

“ Provavelmente algum bandido ou algo do tipo tenha feito a limpa na casa? Possivelmente não encontre nenhuma daquelas espadas ou até mesmo os pertences e livros antigos. Mas para ser sincero, quero que se foda!”

Iria para Shirotown e como de costume os moradores se esconderiam em suas casas, como se isso me impediria de me fazer algum mal a esses vermes malditos. No fundo sentiria uma sensação de ironia misturada com uma certa sensação de diversão. Acho que esse mix se daria pelas atitudes medievais daqueles homo sapiens que se escondiam atrás de suas portas com o cu na mão! Continuaria o meu caminho com passadas relativamente calmas e despretensiosas.

Graças aos meus dotes auditivos (calma mente poluída), conseguiria escutar a conversar onde a pauta do assunto seria nada mais nada menos do que espadas, parecia que o destino estaria ao meu favor naquele momento e é claro que não prolongaria ainda mais a minha busca por armamentos e decidira ir até lá para saber mais. Com as mãos em meus bolsos, cuspiria o mais longe que conseguisse na direção das casas que fechavam as portas para a minha presença e cantaria enquanto me dirigia para uma casa vermelha não muito distante.

- Mamãe não quero ser prefeito pode ser que eu seja eleito e alguém vai querer me assassinar.
Eu não preciso ler jornais, mentir sozinho eu sou capaz...
Eu não sou besta de tirar uma de herói sou vacinado, eu sou cowboy.
Cowboy fora da lei...


Ao chegar na casa vermelha iria para onde as pessoas conversariam sobre as espadas e sem me apresentar ou até mesmo pedir licença para quem fosse que estivesse lá, perguntaria sobre as tais espadas que a pouco teria escutado.

- Então é daqui que o assunto espada está sendo conversado ou discutido! Mas deve ser muita coincidência eu estar interessado em obter uma espada e escutar alguém falando sobre tal armamento.

Não saberia precisar com exatidão com quem eu estaria conversando, qual era a sua raça ou seu propósito. Por isso, a cautela dominaria em minhas atitudes iniciais diante dessa situação atípica em que estaria.

- Como é ? Não me digam que não querem me mostrar o material! Deixem-me olhar essas espadas logo de uma vez!

Olharia com uma expressão mais centrada, como de um negociador com a intenção de prender a atenção da contraparte. Se obtivesse êxito em conseguir averiguar o material, olharia sem pressa as espadas ou espada que me fossem apresentadas. Nesse momento lembraria de algumas das dicas de meu falecido mestre... “ Lembre-se, a beleza da espada está em seu fio e não na sua beleza exterior! Por isso, procure sempre aquela que está com a lâmina muito bem cuidada, sem manchas de maus tratos e fio de corte tão suave quanto a seda...”...

Na época em que aquele velho me passará tais ensinamentos, pensei que estivesse viajando, afinal para mim a espada tinha que ser bonita principalmente por fora para dar inveja aos meus adversários.

“Realmente eu era um ignorante infantil...”

Os anos se passaram e com isso Ganharia um pouco de experiência para, hoje,  escolher uma espada de acordo com os ensinamentos do meu falecido mestre. Assim que encontrasse a arma com uma lâmina em bom estado e afiada diria a pessoa que estaria com elas...

- Estou interessado nessa! Saberia me dizer qual a história dela e o seu valor?

Caso o preço da espada fosse muito a mais do que o meu dinheiro pudesse comprar, perguntaria se há outras opções...

- Além dessa há alguma outra mais em conta ou que estejam em desconto?

Aguardaria a resposta e caso fosse positiva, seguiria o mesmo método de escolha. E é claro que aquela que havia escolhido, poderia ser a única peça com eles naquele momento. Por isso a seguraria mais um pouco em minhas mãos, com a intenção de mostrar que eu ainda estaria interessado nela e por isso continuaria analisando cada detalhe da mesma. Pronunciaria algumas coisas desconexas com o meus pensamentos...

- Humm... realmente é um bom modelo, o preço é injusto mas mesmo assim ela é muito boa! Talvez se eu juntar algumas de minhas economias, eu consiga comprá-la....
“Filhos de uma puta, vou cortá-los com essa espada e roubá-la! Malditos, se preparem para terem o seu corpos partidos ao meio...”
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamura
Civil
Civil
Takamura

Créditos : 3
Warn : Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... 9010
Masculino Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 21

Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Empty
MensagemAssunto: Re: Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver...   Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... EmptyTer 2 Ago 2016 - 12:40

Uma luta?!



Duvidas voavam dentro da cabeça de Ken, mas como tritão na realidade não se importava com as coisas que seus mestre poderiam ter deixado apenas ignorava e seguia seu rumo. O homem-peixe se sentia confuso em relação ao seus sentimentos cujo era diversão ou ironia quando nota os moradores se escondendo em suas respectivas casas e o mesmo queria fazer algo horrível com os mesmo.

No entanto o foco era outro quando escutava uma conversa e sem perder tempo se dirigia até a mesma. Durante o percurso cuspia no chão com as mãos no bolso ao mesmo tempo em que cantava uma musica estranha, alguns moradores riam dentro de suas próprias casas possivelmente pela voz da enguia ambulante ou a letra da musica.

Assim que chega em seu destino podia notar dois homens vestido de roupa branca conversando. -Como é baixinho? Espada não é feita para nanicos como você! Respondia um dos homens enquanto virava para escutar as palavras de Rock. Entrar daquele jeito no local e sem nenhum respeito seria pedir para levar uns tapas e assim aconteceria quando o mesmo pegava o tritão pela camisa e jogava no chão uns seis metros a frente da casa.

Quem teria feito a investida seria um cara de aproximadamente quatro metros, careca em cima todavia possui um rabo de cavalo na nuca, sobrancelhas laranjas e uma espécie de cranio da mandíbula grudado embaixo do queixo. Enquanto isso, a população que antes estava escondida agora saia de suas casas para ver a luta - Você vai matar esse lixo? dizia um morador do vilarejo ao mesmo tempo em que todos torciam para o grandalhão.

-Você chamou muita atenção! Pelo menos vou equilibrar a luta Falava o outro homem com cabelo azul, uma parte de uma mandíbula fechada no rosto enquanto atirava a sua espada para Rock. -Obrigado irmão, seria fácil de mais e acabaria por não ser divertido" Terminava de dizer as palavras com um sorriso no rosto para o homem-peixe que estava atirado no chão. O que Rock fará?
Homem:
 

Homem:
 

Ken Rock:
 

Off:
Spoiler:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ken Rock
Pirata
Pirata
Ken Rock

Créditos : Zero
Warn : Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... 9010
Data de inscrição : 27/05/2015

Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Empty
MensagemAssunto: Re: Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver...   Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... EmptyQua 3 Ago 2016 - 15:07

No chão olharia aquela imensidão em minha frente e apenas um pensamento passaria tão rápido na minha mente quanto um raio que rasga o céu em uma noite de tempestade.

“Porra, só queria a merda de uma espada seu filho de uma puta!”

Pegaria a espada que fora jogada pelo homem de cabelo azul e em seguida me levantaria, daria alguns passos para traz e não tiraria os olhos do homenzarrão de rabo de cavalo. Me posicionaria para a luta e faria um gesto de agradecimento para o homem de cabelo azulado.

- Não entendi muito bem o motivo de tanta agressividade, mas vamos resolver isso da maneira que vcs quiserem!

Se a espada estivesse embainhada, sacaria a mesma e a seguraria com a minha mão esquerda mantendo ao lado do meu corpo com a ponta da espada voltada para o chão. Aos poucos flexionaria meus joelhos, meu braço esquerdo estaria um pouco voltado a frente de meu rosto e levantaria calmamente o braço esquerdo.

“Já sei que esse cara é estupidamente forte, agora preciso saber se ele é rápido! Pelo seu tamanho, deduzo que o mesmo seja lento. Mas não estou a fim de pagar pelo meu erro!”

- Vamos seu saco de merda! Venha para que eu possa fatiar essa sua cara escrota...

Meu trunfo seria o contra ataque e apostaria que a minha provocação chula fosse o suficiente para que o mesmo começasse os seus ataques contra mim. Estaria compenetrado aos movimentos do gigante, as provocações ou torcida dos moradores não tirariam o meu foco, por que naquele momento seria a minha vida que estaria em curso de colisão contra aquele brutamontes.

Se o homem gigante começasse a me atacar, esperaria os seus movimentos antes de qualquer movimento. Se o golpe fosse aplicado de forma vertical, de cima para baixo, ergueria a espada com o fio voltado para cima e com a mão esquerda espalmada na outra extremidade da espada quase próximo a ponta tentaria bloquear o seu golpe. Tentaria não suportar toda a pressão do golpe e buscaria redirecionar o golpe dele para o lado enquanto movimentaria o meu corpo para o lado oposto. Se a minha movimentação fosse bem sucedida, torceria para que a arma do mesmo se chocasse ao chão, daria tempo para me aproximar e assim saltaria para aplicar um golpe em seu abdômen, Na sequência recusaria e manteria a espada em guarda de forma vertical na frente de meu corpo.

Mas, a minha movimentação de desviar o golpe do gigante para o chão poderia falhar e nesse momento teria que suportar o golpe do rabo de cavalo e nesse momento soltaria a minha descarga elétrica pela lâmina da espada com a minha mão esquerda que estaria apoiada na lâmina e por metal ser um condutor de energia o mesmo seria afetado pela energia, daria uma brecha e assim saltaria para aplicar um golpe de cima para baixo na região o tórax e na sequência dois golpes inclinados debaixo para cima na altura de suas pernas, recuaria e manteria a minha guarda alta. E em nenhum momento pararia de soltar minhas descargas elétricas durante meus ataques.

Estaria atendo, também, para possíveis golpes na horizontal, para esses ataques, aproveitaria minha estatura e rolaria para frente a fim de evitar o golpe, estaria mais próximo do homem de rabo de cavalo e com a guarda levantada começaria a soltar descargas elétricas. Saltaria e desferiria dois golpes na diagonais em forma de xis em seu abdômen. Recuaria cerca de seis metros e manteria minhas descargas ativadas e a minha guarda levantada. Mas se o meu movimento fosse falho, ergueria a minha espada na vertical e com as duas mãos buscaria bloquear o golpe ao mesmo tempo em que liberaria minhas descargas elétricas pela espada.

Off:
 
Off2:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Legendas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sylvanas
Narrador
Narrador
Sylvanas

Créditos : 7
Warn : Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... 10010
Masculino Data de inscrição : 04/05/2013
Idade : 101
Localização : Elbaf

Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Empty
MensagemAssunto: Re: Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver...   Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... EmptyQui 11 Ago 2016 - 14:53

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Briga? Não no meu turno


A ilha de Conomi sempre fora uma metamorfose em termos de política, antes com os piratas tritões e agora com os revolucionários, mas nunca fora uma zona total. Sempre houve algum tipo de ditadura que de certa forma colocava ordem na população, mesmo que essa ainda fosse pacífica. Não havia razão para tanta agressividade de alguém com o tritão, a não ser racismo da parte do grandalhão. Ken logo começava a xinga-lo com uma das espadas do companheiro do briguento.- Vamos seu saco de merda! Venha para que eu possa fatiar essa sua cara escrota... - A voz do tritão era ouvida enquanto ele desembainhava a espada fazendo o comum som para tal, mas enquanto o seu oponente se irritava ainda mais, as pessoas a volta da luta começavam a se dissipar e logo se via a imagem de três homens com capuzes verdes chegando mais perto dos lutadores.

- De novo procurando briga? - O revolucionário do meio dizia para os dois homens de roupas brancas, enquanto isso, aquele homem de cabelos azuis tomava sua espada de volta das mãos do tritão e se colocava do lado de seu parceiro. - Se querem brigar, sabem onde encontrar um motivo nobre para isso! - Sua voz grossa ressoava sobre os ouvidos dos dois que agora pareciam mais bravos, mas ainda tinham respeito e temor pelos revolucionários. Era possível ver um homem de pele morena e barba crespa que falava agora tirar uma espada de uma bainha nas costas. - Ou preferem lutar comigo? - Agora, não passava alguns segundos que os dois homens saíssem dali resmungando, e agora o revolucionário guardava sua espada, se referindo agora a Ken.

- Você é novo na ilha rapaz? Sabia que os moradores odeiam tritões? Não é pra menos, foram humilhados por eles durante anos e você não pode culpá-los por isso... Agora, o que procura? Se é que procura algo... - O revolucionário ficava a observa-lo com um semblante de dúvida, não sabia que tipo de homem, ou peixe, ele era e buscava saber se poderia confiar nele.  Um dos seus companheiros que carregava uma espingarda com as duas mãos dizia com uma voz mais fina e de moleque para o líder. - Senhor, será que ele não seria útil para as tropas? - O homem se virava para seu comparsa, e novamente a Ken. - Não sei... Será? - Perguntava ao tritão.

Naquele momento as pessoas já tinham voltado a seu estado normal de espírito, a presença dos revolucionários não era como a dos tritões e sim como a de marinheiros só que trajando capuzes verdes em vez de uniformes brancos.

Histórico:
 

Off:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ken Rock
Pirata
Pirata
Ken Rock

Créditos : Zero
Warn : Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... 9010
Data de inscrição : 27/05/2015

Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Empty
MensagemAssunto: Re: Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver...   Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... EmptySeg 15 Ago 2016 - 12:05



A chegada daqueles três encapuzados me surpreenderia, devido ao calor do momento e as constantes provocações, não havia percebido que aqueles sujeitos haviam chego. Mas, o que mais me impressionaria é a velocidade com que aqueles dois haviam desistido da luta, parecia até que eles tinham dupla personalidade em um piscar de olhos foram embora sem nem ao menos tentar algo.

“Uma coisa é realmente certa, esses caras devem ser escrotamente mais forte do que eles, não posso baixar a guarda, nem ao menos sei quem são!”

Sem apresentações, o sujeito do meio que dava a impressão de ser o líder daqueles três, me metralharia com várias perguntas, para ser sincero estaria um pouco confuso! Afinal de contas a minha primeira meta do dia seria conseguir uma espada e não arrumar uma briga e depois ser interrogado por três caras completamente suspeitos.

“ Parece que realmente estou em um interrogatório, não faço a menor ideia de quem são, só pelo fato de eu ser um tritão e eles não me atacarem já é um ponto a favor. Tenho que responder essas perguntas, talvez um pouco tolice não faça mal a ninguém...”

Observaria os três, dividas pairariam a minha cabeça. A ânsia de dar uma resposta negativa me deixaria confuso! Talvez o fato deles terem chego apavorando todo aquele cenário de disputa tenha feita as dúvidas surgirem mas não há o que enrolar. No momento em que começaria a responder notaria a pergunta do homem da espingarda.

“Talvez seja essa a saída para conquistar meus objetivos no momento...”

- Peço desculpas pela confusão... Para ser sincero com vocês, não sou novo nessa ilha! Porém vive muitos anos recluso no interior, apenas com a companhia de meus mestres e poucos amigos. Por isso, não estou acostumado com toda a confusão que aconteceu aqui.

Daria uma pequena pausa entre as respostas e colocaria uma de minhas mãos em meus bolsos da calça e buscaria um certo conforto ou confiança para continuar a conversa sem precisar adentrar em uma nova confusão no momento.

- Após algum templo recluso buscando autoconhecimento, decidi andar pelo mundo e aprender mais sobre a arte da espada, segundo o meu mestre há inúmeros estilos espalhados por ai. Mas, ao voltar pra casa notei que a mesma havia sido queimada, as espadas do meu mestre havia sumido e decidi procurar pela cidade! Foi quando esbarrei com aqueles dois e achei que conseguiria obter alguma com eles.

“Cara, será que esses caras vão cair nessa? Afinal não há o porquê deles desconfiarem, não devem fazer a menor ideia de que eu estou querendo matar aquele desgraçado do Abel!”


- Não sei se posso ser útil para vocês, mas devido ao que aconteceu, gostaria de ajuda-los, quem sabe não seja esse o início da minha jornada em busca de aprendizado.... Há, mais uma vez me desculpem pela grosseria! Meu nome é Ken Rock... muito obrigado pela ajuda e prazer em conhece-los.

Esperaria o que iria acontecer com o desfecho da nossa conversa e caso solicitassem que eu os seguisse ou fosse convidado para ir com eles, daria um leve sorriso de agradecimento e os seguiria. Afinal até aquele momento algo me dizia que seria a minha melhor escolha até o momento e por isso não a deixaria passar...

Off::
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Legendas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sylvanas
Narrador
Narrador
Sylvanas

Créditos : 7
Warn : Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... 10010
Masculino Data de inscrição : 04/05/2013
Idade : 101
Localização : Elbaf

Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Empty
MensagemAssunto: Re: Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver...   Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... EmptyTer 16 Ago 2016 - 12:07

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Narração


O falatório do tritão fazia com que os homens olhassem para ele atentamente enquanto ele contava sua dramática história, ao final da fala ele se apresentava finalmente - - Meu nome é Ken Rock... muito obrigado pela ajuda e prazer em conhece-los - - Um dos homens ao lado, o mais garoto e de voz fina colocava a mão direita  na nuca e então dizia. - Ken Rock?... Hum... Ouvi esse nome em algum lugar... - O líder deles então retomava a situação, impedindo que o outro soldado se lembra-se  de onde era. - Não interessa... Bem, que bom que concordou garoto,  você com sua velocidade aquática será muito útil para o exercito, vamos siga-nos! E bem vindo ao exército Revolucionário!

Após o diálogo eles começavam a caminhar na direção do centro do quartel dos revolucionários, algumas vezes o líder fazia perguntas a Ken, como que tipo de arma ele utilizava e quão rápido ele era nadando no mar. Depois de alguns minutos, o número de revolucionários encapuzados crescia na visão do tritão, muitos estavam somente parados conversando e outros andavam de um lado para o outro como se tivessem trabalho a fazer.

Em meio a todos aqueles revolucionários que agora o cercavam, Ken ouvia uma voz que ele já conhecia mas não se lembrava da onde era que tinha ouvido ela, também não era de alguém muito próximo ou mesmo perto disso.

Olhando na direção da voz, ele podia ver... Agora era quase nítido, de baixo de um capuz ele se misturava em volta de mais dois revolucionários que o ouviam falar sobre alguma coisa qualquer, era Abel.

Aquele mesmo Abel que tinha matado sua amada e queimado seus mestres, era ele, estava ali parado em sua frente com uma foice nas costas e vestindo o uniforme dos revolucionários! O homem que tanto assombrava o tritão, agora olhava para Ken. Sua cara ficava branca como um papel, seus olhos arregalavam e ele parecia não ter reação ao vê-lo, começava a respirar fundo enquanto seus companheiros perguntavam o que ocorria com ele.

Ao mesmo tempo, aquele mesmo homem de antes que recrutara o tritão estava falando algo com ele, mas ele nem ouvia tamanho era seu ódio ao ver aquele ser parado bem a poucos metros de si, olhando no fundo de seus olhos como um fantasma de seu passado.

Histórico:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ken Rock
Pirata
Pirata
Ken Rock

Créditos : Zero
Warn : Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... 9010
Data de inscrição : 27/05/2015

Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Empty
MensagemAssunto: Re: Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver...   Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... EmptyQua 17 Ago 2016 - 12:17

Sem nem ao menos recusar, seguiria aqueles homens. Até porque algo me dizia que poderia ser útil mas, uma sensação me deixaria inquieto, como se algo fosse dar muito errado, uma espécie de sexto sentido ou algo do tipo. Poderia parar, inventar alguma desculpa ou até mesmo fugir porém, continuaria a seguir aqueles três encapuzados enquanto minha mente mergulharia em questionamentos...

“Já ouviu falar em meu nome? Como isso é possível, nunca tive laços de amizade com ninguém, poucas pessoas me conheciam... Isso está ficando estranho, mas pelo que notei o cara que comanda eles parece não se importar com o passado ou qualquer outra coisa do tipo, não posso confiar neles, mas preciso ter pelo menos um fio de apoio caso precise fugir ou recuar.”

Enquanto caminhávamos responderia algumas perguntas que eram feitas pelo suposto líder daquele trio, diria ao mesmo que nunca tive como medir minha velocidade aquática, já que sempre nadei sozinho mas, acreditava que a minha velocidade deveria ser boa e que sempre batalhei com espadas de uma mão e que as minhas armas favoritas seriam a katana, o sabre ou o florete. É claro que não tiraria os olhos dos outros dois homens. Afinal um deles havia se mostrado mais suspeito do que eu para eles.

A medida em que nos aproximávamos do quartel, mais figuras estranhas surgiriam e tudo indicaria de que estaríamos chegando cada vez mais próximo. Como nunca havia estado em um quartel, teria uma impressão de ser um local tenebroso, cheio de regras e disciplinas mas, algumas pessoas pareciam estar relaxadas, conversando. Parecia mais com uma cidade cheia de malucos de capuzes verdes...

“Será que o Robin Hood também é um revolucionário?”

Aos poucos estaria cercado muitos revolucionários quando uma voz alcançaria a minha atenção, buscaria o dono dela com os meus olhos e quando finalmente o encontrasse não conseguiria acreditar ou até mesmo descrever aquela sensação que explodiria por cada parte do meu corpo, que como ondas em uma ressaca iam e vinham de uma forma avassaladora e tomaria meus sentimentos de tal modo que só conseguiria fechar meus punhos com uma imensa fúria, rangeria meus dentes de tal modo que sentiria um líquido quente tomar o canto de minha boca. Como eu ainda conseguira estar ali imóvel, em minha mente eu já havia matado ele mais vezes do que eu conseguiria contar.

Minha mente estaria mais branca do que a calcinha de uma virgem criada em um convento pelas freiras mais rigorosas. Nenhuma interferência externa poderia me tirar daquele momento, um silêncio agudo, fincava em meus ouvidos. Não seria capaz de pensar em nada, ouvir absolutamente nada meu objetivo estaria parado em minha frente, queria mata-lo e simplesmente gritar mas, como um relâmpago, sentira um enorme estalo em minha mente...

“Ainda não, ainda não! Estou desarmado, em menor número e ainda por cima ele é um deles! Espere, espere!”

Olharia para o homem que andou comigo até o quartel geral dos revolucionários e tentaria entender o que ele estaria dizendo para mim. Caso não fosse nada importante, olharia no fundo de seus olhos se assim aquela vestimenta rudimentar me proporcionasse tal feito e diria com uma voz embarbascada de ódio...

- Me diga mais uma vez... Qual é o seu real propósito em me trazer aqui?


Se o silêncio fosse a resposta daquele homem, voltaria a minha atenção ao nefasto Abel e caminharia de forma rápida e dura, pelo caminho tentaria liberar o meu caminho colando a mão nos ombros de quem estivesse em minha frente e os colocaria para o lado pedindo licença e continuaria o meu caminhar. Se pelo caminho houvesse alguém que não conseguisse deslocar, apenas esbarraria e continuaria a caminhar sem me importar com ninguém e assim que estivesse frente a frente com aquele covarde, estenderia uma de minhas mãos com a intenção de cumprimentá-lo e diria com uma voz sorridente!

- Abel! Meu amigo, meu colega! Eu vou fazer contigo o que o cavalo fez com a égua!

Olharia profundamente em seus olhos e esperaria a sua reação mais indigna, não me daria ao luxo de me ferir ali! Por isso a qualquer sinal de agressão vinda por parte dele, saltaria para trás quatro vezes e buscaria me aproximar do meu recrutador e seria cínico com minha palavras...

- Qual o seu problema velho amigo, estou desarmado, é assim que você recebe um querido amigo seu?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Empty
MensagemAssunto: Re: Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver...   Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver... Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Bem Vindo ao Clube! Vivo só nos resta viver...
Voltar ao Topo 
Página 1 de 7Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Conomi Island-
Ir para: