One Piece RPG
Um Sonho de Aventuras - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Escuridão total sem estrelas
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor DanJo Hoje à(s) 11:49

» Navegando por uma nova história. A revolução começa!
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor Greny Hoje à(s) 10:41

» Art. 3 - Our memories
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 06:03

» Segundo ato: Revelação
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor Padre Hoje à(s) 05:45

» Arco 1: Passagem pela ilha do riso
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 03:47

» O Sapo Mágico
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 02:45

» II - Growing Bonds
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor War Hoje à(s) 01:35

» Sádica em construção
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor Hanabi Hoje à(s) 01:16

» Unidos por um propósito menor
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor Oni Ontem à(s) 23:06

» Corvus oculum corvi non eruit
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor Fellippo Ontem à(s) 23:00

» Do ferro ao aço
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor Vincent Ontem à(s) 22:54

» [Ficha] Fenrir Seawolf
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:14

» Unidos por um propósito maior
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor Milabbh Ontem à(s) 22:06

» Terminando assuntos inacabados
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor Aokine Daiki Ontem à(s) 22:03

» Enuma Elish
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 21:56

» Seasons: Road to New World
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor Volker Ontem à(s) 21:46

» [Mini] Am I really need do this?!
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor Jinne Ontem à(s) 21:23

» Apresentação 5 ~ Falência Sensacionalista
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor Licia Ontem à(s) 21:07

» Una Regazza Chiamata Pericolo
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor Milabbh Ontem à(s) 21:00

» The Lost Boy
Um Sonho de Aventuras - Página 4 Emptypor tamerex12 Ontem à(s) 20:14



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Um Sonho de Aventuras

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 56
Warn : Um Sonho de Aventuras - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Um Sonho de Aventuras - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 4 EmptyQua 06 Jul 2016, 00:10

Relembrando a primeira mensagem :

Um Sonho de Aventuras

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil August. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
anddiggory
Civil
Civil


Data de inscrição : 18/06/2013

Um Sonho de Aventuras - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 4 EmptyQui 18 Ago 2016, 08:16


Essa era a primeira vez que eu me metia em uma confusão tão grande, e eu acabei agindo de forma totalmente diferente da que eu sempre agi. Grommash estava certo, eu estava sendo um covarde mentiroso, e estava dando mais valor a minha vida do que a promessa de ajuda-los. Agora o engomadinho não era mais tão engomadinho, com os olhos vermelhos de fúria por eu ter libertado as atrações principais do seu show de horrores, ele tentava me enforcar até a morte. Agora eu estava em uma situação complicada, com uma das mão presa na madeira por uma faca, e a dor dilacerante na panturrilha e no saco, eu acabava que não tinha muita coisa a fazer.

Primeiro tentaria chegar com a minha mão direita até a faca que prendia minha mão esquerda para tira-la, depois tentaria enfiar a faca no peito do homem que me segurava para que ele me soltasse, tentaria fazer isso o mais rápido possível, para não perder a consciência. Se eu não conseguisse retirar a faca e enfia-la no peito do meu agressor, e levaria minha mão direita até o seu rosto e apertaria seu olho direito com toda minha força, para força-lo a me soltar. Se eu consegui-se faze-lo me soltar, eu empurraria ele para fora da canoa e o acertaria com o remo com toda minha força, até conseguir desmaia-lo. Se eu ainda estivesse com a faca em fincada em minha mão, eu retiraria logo em seguida.

Eu não queria morrer ali, e principalmente agora que eu começava a realizar o meu sonho de aventuras pelo mundo. Mas eu também não queria mais ser esse lixo covarde que eu estava sendo. Eu precisava cumprir com minha palavra, e ajuda-los a fugirem da ilha. Se eu conseguisse me livrar daquele homem, eu não tentaria mais fugir, mas como minha condição não era das melhores, eu também não poderia ajudar muito em um combate. Eu tentaria alcançar o barco dos piratas do basilisco, e o prepararia para a fuga deles, era a única coisa que eu poderia fazer por eles no momento. Se ele estivesse preso por uma corda, eu tentaria corta-la para deixar o barco pronto para navegar. Se no caminho eu me vesse em outra luta, eu tentaria me defender com a espada e esquivaria para os lados, e tentaria contra atacar com um corte vertical na altura do peito, seguindo de um corte horizontal na barriga com bastante força.


Objetivos:
 

Off::
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Sylvanas
Narrador
Narrador
Sylvanas

Créditos : 7
Warn : Um Sonho de Aventuras - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 04/05/2013
Idade : 101
Localização : Elbaf

Um Sonho de Aventuras - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 4 EmptySex 19 Ago 2016, 16:11

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Bravura ou Loucura!?


Poucas pessoas passavam por momentos como aquele, August estava ferido e precisaria ser mais selvagem do que nunca para se libertar, em sua mente ele pensava em como tinha sido covarde tentando deixar os companheiros para trás e queria se redimir no mesmo instante sobre aquilo.

Enquanto o homem encima dele o agarrava com força, August tentava mover sua mão direita até a faca na sua mão esquerda mas seu oponente percebia isso e no mesmo instante mordia sua mão direita, com a mão agora na boca de seu oponente August decidia dar um golpe que muitos considerariam sujo, mas em uma luta pela vida ou morte aquilo seria a unica opção. O seu dedo polegar afundava o olho direito do homem com toda a força fazendo o homem gritar e soltar August que estava quase ficando sem ar, com isso a mão do jovem ficava encharcada de sangue que vinha do olho do homem afundado para dentro da cabeça.

Após isso, o homem segurava com suas duas mãos a parte ferida em seu olho esquerdo e o garoto se aproveitava para que com uma de suas pernas ele conseguisse tira-lo de cima de si, mas o homem estava furioso e conseguia se segurar em cima da canoa. Ele vinha até August avançando contra o mesmo e conseguindo aplicar um soco certeiro em seu nariz com a mão esquerda que não segurava o sangue dentro do seu olho, August sentia o impacto e a dor mas pensava rápido e pegava um dos remos que não estava preso a sua mão com uma faca e acertava com toda sua força a cabeça do homem que caia para fora da canoa que quase virava, após isso ele retirava a faca sentindo muito mais dor, mas agora com uma faca em mãos ele saia da canoa.

Ao sair da canoa, ele poderia ver que os minks ainda lutavam com bravura por suas vidas. Mas os agentes já estavam desmaiados no chão, alguns mortos, eles agora lutavam contra os guardas do zoológico que haviam chegado ali e estavam vindo pela porta. Tentando ajudar os minks, August ia até o navio dos Piratas do Basilisco e logo soltava uma corda que prendia o navio em uma pedra próxima ao local do combate. - Hey, parado ai! - Um guarda chegava perto de August com um bastão e logo tentava dar-lhe um golpe na cabeça, mas o jovem mesmo ferido conseguia se virar para o lado e desviar, logo depois aplicando dois cortes profundos no homem com a faca que segurava em uma das mãos, o homem caia sangrando e gemendo de dor na sua frente.

Vendo aquela cena, Garrosh ordenava aos gritos que os piratas subissem no navio e isso que fizeram enquanto desviavam e levavam mais alguns tiros na perna, o navio estava quase seguindo a maré que ia para fora da caverna e com isso era mais difícil acompanha-lo. Os minks passavam por August, este que estava de joelhos quase desmaiando de dor e cansaço físico, sangrando em  sua mão, no nariz, na perna, seu estado era deplorável mas eles sabiam o que ele havia feito pela sua bandeira pirata.

Com isso, August somente sentia uma mão o puxar pela gola e o jogar para cima do navio antes de partirem após um rugido de todos os Minks, um rugido de liberdade ao verem o sol após saírem da caverna escura a onde estavam e sentirem a brisa do mar contra eles. August estava caído no meio do convés quando Garrosh gritou e ordenou a Aemim. - Aemim abaixe as Velas! Grommash, suba a ancora para mostrar a esses homens de que o nosso navio é capaz! Nunca mais voltaremos a essa ilha! Vamos amigos, rumo a liberdade! - Após um rugido de Grommash que subia a ancora usando um instrumento para isso, o navio tomava velocidade e a ilha ia se deixando para trás. - Capitão-mim, preciso tratar vocês-im! Acho que eles não vão nos seguir também-im! - Essa era a ultima coisa que o garoto ouvia, pois depois disso ele simplesmente desmaiava de cansaço no meio do convés ensolarado. - Trate do garoto primeiro... Acredito que eu e Grommash podemos ser tratados depois.

1/3 Posts para Lvneel

Histórico:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
anddiggory
Civil
Civil
anddiggory

Créditos : Zero
Warn : Um Sonho de Aventuras - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 18/06/2013
Idade : 31
Localização : Malkiham Island - North Blue

Um Sonho de Aventuras - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 4 EmptySeg 22 Ago 2016, 13:05


Com muita dificuldade eu consegui desmaiar o homem do chicote, assim eu consegui me arrastar até onde o barco dos piratas estava atracado. Havia apenas uma corda que o prendia, então eu a cortei para facilitar a fuga. Agora eu estava bem próximo ao local onde eles lutavam, os agentes do governo já haviam sido derrotados, mas agora os guardas do zoológico já tinham conseguido nos alcançar e enfrentavam os piratas. Um dos guardas veio correndo em minha direção me mandando parar e tentando acertar um golpa em minha cabeça, eu consegui desviar e rapidamente o cortei utilizando a faca que anteriormente estava fincada em minha mão. O homem caia com a dor dos cortes profundos, e eu ficava ali parado sem forças. Eu estava exausto, tão exausto que cai de joelhos. Meu corpo todo doía, principalmente minha panturrilha que estava sendo forçada ao limite.

Pude ouvir Garrosh ordenando que Aemim e Grommash subissem no navio, mas eu não conseguia mais me mover, então apenas fiquei parado no mesmo lugar enquanto o navio se afastava de mim sendo levado pela maré. Pude ver dois dos piratas passarem por mim rapidamente, e antes do terceiro passar senti uma grande mão me pegando pela gola e me jogando dentro do navio. No momento em que meu corpo bateu na madeira do convés, eu ouvi os rugidos de liberdade dos três, e os primeiros raios de sol que nos banhavam assim que saiamos da caverna faziam com que meu corpo relaxasse. Eu finalmente estava livre daquele inferno, e estava aliviado por ter voltado atrás e conseguido ajudá-los a fugir.

- Aemim abaixe as Velas! Grommash, suba a ancora para mostrar a esses homens de que o nosso navio é capaz! Nunca mais voltaremos a essa ilha! Vamos amigos, rumo a liberdade! - Garrosh ordenava aos outros. Eu precisava de cuidados médicos, mas não fazia a minima ideia do que ia acontecer agora. Só sabia que estávamos fugindo de Malkiham, mas também não sabia pra onde estávamos indo, e eu ainda não tinha forças para perguntar.

Eu questionava em minha mente, enquanto eu tentava me esquecer da dor que percorria meu corpo. "Pra onde estamos indo? Será que vou sobreviver a esses ferimentos? O que Grommash fará comigo depois do que eu fiz? Será que poderão me perdoar? Eu preciso aprender primeiros socorros, ou vou acabar morrendo se eu continuar assim..." A última coisa que ouvi foi Aemim falando alguma coisa sobre nos tratar, depois disso eu apenas não estava pensando em mais nada, eu havia desmaiado.

Assim que eu acordasse, a primeira coisa que eu faria, seria perguntar para onde estávamos indo. Em seguida eu observaria o meu corpo para ver o meu estado, se eu estivesse bem, eu pediria que me ensinassem técnicas de primeiros socorros para eu poder me tratar superficialmente até conseguir ajuda, mas se eu ainda estivesse em um estado muito ruim, eu descansaria e pediria que me ensinassem depois. Eu também pediria desculpas pelo meu comportamento de antes, dizendo: "- Quero pedir desculpas pela forma como agi no meio daquela situação. Eu estava com medo de morrer antes mesmo de poder conhecer o mundo, por isso eu tentei fugir. Mas enquanto eu lutava contra o homem do chicote, eu percebi que eu estava sendo covarde, então eu voltei para me redimir. Espero que vocês possam me perdoar." - Eu queria demonstrar minha sinceridade e arrependimento, então esperava que eles compreendessem.

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sylvanas
Narrador
Narrador
Sylvanas

Créditos : 7
Warn : Um Sonho de Aventuras - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 04/05/2013
Idade : 101
Localização : Elbaf

Um Sonho de Aventuras - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 4 EmptyTer 23 Ago 2016, 17:08

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Redenção


A visão ainda era um pouco turva, August sentia um leve enjoo por causa do balanço do barco e o estomago vazio desde manhã não ajudava muito. - Capitão, ele está acordando-im! - O jovem podia ouvir a voz preocupada de Aemim ao seu lado, ele estava deitado em uma cama em um local um pouco escuro mas mesmo assim conseguia ver a sua volta por uma pouca luz que vinha de uma janela pequena e alta no quarto.

A porta se abria e de la saia Garrosh, com seu corpo enfaixado e um semblante sério ele ouvia a pergunta de August. De braços cruzados e olhando-o com certo receio, o Mink começava a falar. - Estamos indo pra Lvneel... Tenho um amigo la que pode nos dar abrigo durante um tempo... - O olhar de Garrosh para August era um olhar enigmático, como se tentasse descobrir o que o jovem estivesse tramando.

Um silencio se instaurou durante alguns segundos, e foi nessa hora que August resolveu pedir desculpas. - Quero pedir desculpas pela forma como agi no meio daquela situação. Eu estava com medo de morrer antes mesmo de poder conhecer o mundo, por isso eu tentei fugir. Mas enquanto eu lutava contra o homem do chicote, eu percebi que eu estava sendo covarde, então eu voltei para me redimir. Espero que vocês possam me perdoar. - No meio de sua fala, Grommash entrava no quarto com um olhar raivoso para August, que não se ia com as palavras do garoto.

- Não... Não podemos confiar nele, e se ele resolver fugir de novo? - Grommash exaltava com sua voz rouca para os três ali que olhavam para ele. Garrosh olhava para a pequena janela, e logo depois dizia dando seu parecer final. - Espere Grommash... Ele se redimiu do que fez, se não tivesse sentido a dor do arrependimento naquela hora não teria motivos para nos ajudar, afinal, ele nos ajudou ainda sem ter motivos para isso... - Grommash parecia estar mais raivoso. - O que!? Você não está querendo esse humano aqui, bem no nosso barco, ou está!? Garrosh!! EU... - Ele parecia ter mais a falar, mas o líder do bando o impedia. - Vamos dar outra chance a ele, quando chegarmos a Lvneel o moleque pode decidir se quer continuar conosco ou ir para o reino que tem la... Essa é minha decisão final, se não concorda teremos que lutar até a morte para decidir por você.   - Seu simples olhar calava seu imediato que saia da sala após bufar na direção de August, logo depois o capitão também saia.

- Não se preocupe-im, Grommash foi o que mais sofreu nas mãos dos humanos-im... Não podemos culpa-lo por ser assim-im... - Seus olhos esbugalhados e profundos olhavam para os lados e logo depois piscavam, Aemim continuava a falar. - Se quiser posso te ensinar o que sei-im, mas só sei o básico-im... Só sei cuidar de ferimentos pequenos... - Retirando uma maleta debaixo da cama, a onde ele tinha muitos instrumentos médicos, ele começava a fuçar neles e mostra-los para August sem dizer uma palavra.

2/3 Posts para Lvneel

Histórico:
 

Off:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
anddiggory
Civil
Civil
anddiggory

Créditos : Zero
Warn : Um Sonho de Aventuras - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 18/06/2013
Idade : 31
Localização : Malkiham Island - North Blue

Um Sonho de Aventuras - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 4 EmptyQua 24 Ago 2016, 14:22


Ao acordar, me vi em uma cama em um comodo escuro. O balanço me causava enjoo, então eu ainda estava no navio. Me sentei na cama e pude ver que eu tinha sido tratado, estava com ataduras na minha mão esquerda e na panturrilha direita, mas ainda sentia dor, acho que precisaria ficar em repouso por um tempo. Assim que percebeu que eu acordei, Aemim chamou seu capitão. Garrosh entrava no aposento e cruzava os braços enquanto eu perguntava pra onde estávamos indo. Para Lvneel, a ilha mais próxima da Grand Line. Garrosh estava todo enfaixado, mas sua expressão não era de dor, por causa dos ferimentos, ou de alegria, por estar livre, ele estava sério, e eu sabia que era por minha causa. Essa era a hora perfeita para me desculpar. Então comecei a dizer o que eu sentia.

- Não... Não podemos confiar nele, e se ele resolver fugir de novo? - Dizia Grommash que havia entrado enquanto eu ainda falava. - Espere Grommash... Ele se redimiu do que fez, se não tivesse sentido a dor do arrependimento naquela hora não teria motivos para nos ajudar, afinal, ele nos ajudou ainda sem ter motivos para isso... - Garrosh tentava colocar um ponto final naquela conversa, mas Grommash ficava mais furioso. - O que!? Você não está querendo esse humano aqui, bem no nosso barco, ou está!? Garrosh!! EU... - E era interrompido por Garrosh. - Vamos dar outra chance a ele, quando chegarmos a Lvneel o moleque pode decidir se quer continuar conosco ou ir para o reino que tem la... Essa é minha decisão final, se não concorda teremos que lutar até a morte para decidir por você.

Logo depois da discussão, os dois saíram da sala, deixando apenas eu, Aemim e o clima pesado. O homem lagarto tentava me deixar mais calmo, visto que eu não ficava nada confortável com a situação. - Eu não queria causar nenhuma briga interna entre vocês. E agora eu preciso mostrar para Grommash que eu não sou como os humanos que ele conheceu. O problema é que eu acabei agindo como um lixo, aquela hora. - Eu aproveitava o momento para desabafar um pouco. - E obrigado por ter cuidado dos meus ferimentos. Já estou me sentindo bem melhor. Mas eu ainda preciso aprender a me cuidar, já que nem sempre eu terei alguém pra me ajudar.

- Se quiser posso te ensinar o que sei-im, mas só sei o básico-im... Só sei cuidar de ferimentos pequenos... - Aemim se abaixou e retirou uma maleta de debaixo da cama, começou a mexer e a tirar alguns instrumentos médicos me mostrando sem dizer nada.

Me pareceu que no momento Aemim não seria um bom professor pra mim, já que ele tinha ficado um pouco mudado depois do que aconteceu com eles. Então talvez se eu esperasse chegar até Lvneel, eu pudesse pedir que esse amigo deles pudesse me ajudar a encontrar alguém, ou até mesmo Aemim se ele melhorasse um pouco do seu trauma. Mas uma coisa que não saia da minha cabeça era: "Que tipo de criaturas, são os piratas do basilisco?" Eles simplesmente parecem animais com forma humana, mas eu nunca ouvi falar disso, mas talvez isso fosse algum efeito das "frutas do diabo" que eu também nunca havia visto nenhuma, ou conhecido alguém que já comeu uma. O que me restava fazer, era perguntar.

- Acho melhor esperar eu melhorar, para eu poder aprender os primeiros socorros. Minha mão ainda está inutilizada. - Eu disse mostrando minha mão esquerda que quase não se movia. - Mas talvez você possa me tirar uma duvida... O que exatamente são vocês? Vocês são humanos que comeram uma daquelas Akumas no Mi? Ou talvez animais superdesenvolvidos? - Eu perguntava, mudando totalmente o rumo da conversa. Aemim parecia desapontado por ter tirado seus instrumentos médicos da caixa sem nenhum motivo. Mas eu precisava deixar isso pra depois, porque um professor que não diz nada, não seria um bom professor.

Depois que Aemim satisfizesse minha curiosidade, eu tentaria me deitaria um pouco para descansar antes de chagarmos na ilha. Assim eu ia evitar de fazer esforço desnecessário nos meus ferimentos. Porque depois que chegássemos em Lvneel, eu iria junto deles para o esconderijo de seu amigo. Mas se a viagem demorasse mais, eu me levantaria e perguntaria se precisavam da minha ajuda com alguma coisa, para não parecer um peso morto.

Objetivos:
 

Off::
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sylvanas
Narrador
Narrador
Sylvanas

Créditos : 7
Warn : Um Sonho de Aventuras - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 04/05/2013
Idade : 101
Localização : Elbaf

Um Sonho de Aventuras - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 4 EmptyQui 25 Ago 2016, 13:32

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Lvneel


Após alguns segundos ouvindo somente as ondas batendo no casco do navio, August começava a falar novamente. - Eu não queria causar nenhuma briga interna entre vocês. E agora eu preciso mostrar para Grommash que eu não sou como os humanos que ele conheceu. O problema é que eu acabei agindo como um lixo, aquela hora... E obrigado por ter cuidado dos meus ferimentos. Já estou me sentindo bem melhor. Mas eu ainda preciso aprender a me cuidar, já que nem sempre eu terei alguém pra me ajudar. - Ele terminava, e Aemim somente ouvia e assentia calmamente.

Depois de alguns segundos, August dizia não querer aprender algo no momento visto que seus ferimentos ainda estavam bem feios, mas ainda perguntava algumas coisas a Aemim que fechando sua maleta respondia. - Nada disso-im... Nós somos Minks, somos uma raça-im, assim como os gigantes-im, os tritões-im e tantas outras...   - Aemim não parecia gostar de falar muito nisso, e após guardar a maleta apenas saiu do quarto antes chamando o rapaz para fora. - Você precisa comer-im, ou vai morrer de inanição e escorbuto-im! - O Mink deixava a porta aberta e August podia ver que o sol brilhava forte la fora, o jovem também ainda estava com sede e precisaria se nutrir ou sentiria seu corpo fraco dentro de instantes, de seu quarto ele já podia ver a ilha bem próxima, talvez faltassem poucos minutos para a chegada do barco ao grande reino. A espada de August estava ao lado de sua cama, junto a bainha e mais a faca que o jovem se lembrava claramente de ter perfurado sua mão.

3/3 Posts para Lvneel

Histórico:
 

Off:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Um Sonho de Aventuras - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Um Sonho de Aventuras
Voltar ao Topo 
Página 4 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Malkiham Island-
Ir para: