One Piece RPG
Um Sonho de Aventuras - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Rem E. Nuf
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor Remenuf Hoje à(s) 11:50

» ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor Wild Ragnar Hoje à(s) 02:32

» Cap. 2: Da alvorada ao Crepúsculo, os aspectos da liberdade surgem!
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor Punk Hoje à(s) 02:28

» あんみつ - Anmitsu
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor Skÿller Hoje à(s) 02:06

» I - Dançando No Campo Minado
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor Achiles Hoje à(s) 00:02

» I - Conhecendo o mundo
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:53

» Cap. 1 - Abrindo caminho
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:30

» Bizarre Adventure: Smooth Criminal
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor Achiles Ontem à(s) 21:49

» Desventura 3.5: O treino para Grand Line
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor Bijin Ontem à(s) 21:28

» Sons of Vermillion's Blood: Gênesis
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor Hooligan Ontem à(s) 21:02

» Rumo à Grand Line?
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 17:33

» 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor ADM.Kiodo Ontem à(s) 16:06

» II - Armas Químicas & Poemas
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 15:21

» Apresentação - 2: Falência ambígua
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor love.licia Ontem à(s) 14:42

» [Mini - Jens] Que saco...
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor Adriano1706 Ontem à(s) 14:33

» Fogo e Sangue
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor Shroud Ontem à(s) 14:28

» [Mini Aventura] Harvey Specter
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor Mikamireis Ontem à(s) 13:11

» Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor Noelle Ontem à(s) 12:04

» William "Billy" Bonney
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 11:43

» Send in the cats!
Um Sonho de Aventuras - Página 3 Emptypor Ishin Murasaki Ontem à(s) 11:40



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Um Sonho de Aventuras

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 70
Warn : Um Sonho de Aventuras - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Um Sonho de Aventuras - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 3 EmptyQua 06 Jul 2016, 00:10

Relembrando a primeira mensagem :

Um Sonho de Aventuras

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil August. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
anddiggory
Civil
Civil


Data de inscrição : 18/06/2013

Um Sonho de Aventuras - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 3 EmptyQui 28 Jul 2016, 15:32


Eu havia pensado em um plano básico mesmo sem conhecer o local que estávamos invadindo, mas mesmo assim eles concordaram com meu plano e seguimos pela abertura da cerca. A única coisa que havia ali, eram as grades das jaulas dos animais do zoológico, e Garrosh me advertiu a não me aproximar muito, pois os animais que ficavam ali no fundo eram perigosos. Comecei a tomar mais cuidado e comecei a andar um pouco mais rápido, para poder sair logo dali já que estávamos passando por um estreito corredor entre as jaulas de animais perigosos.

Depois que terminamos de percorrer o caminho entre as jaulas, paramos para eu poder observar o patio. Para minha surpresa, o patio era circular e tinha uma fonte no centro. A esquerda e a direita haviam caminhos para outras partes do zoológico, e logo na frente da fonte havia uma construção de concreto, com dois guardas de vigia e dois postes de luz iluminado o local próximo a entrada da construção. Um outro guarda percorria as extremidades do patio com uma lanterna, e estava vindo em nossa direção, e não demoraria para chegar ali onde estávamos.

As condições estavam melhores do que eu havia imaginado. Se eu conseguisse jogar a pedra em um dos postes, eu poderia conseguir a distração que eu queria, e além disso haviam apenas três guardas. Mas nós tínhamos que agir rápido, pois o guarda que andava pelo patio, se aproximava rápido.

Comecei a sussurrar: - Aemim, Garrosh, eu vou tentar jogar a pedra em um dos postes de luz, assim eu vou conseguir distrair os guardas e poderemos pega-los. Eu vou pegar o mais próximo que está andando com a lanterna, vocês pegam os que estão perto da entrada da cripta. Assim que a pedra acertar, mesmo que seja o chão, ele vão olhar para a direção do som e nós vamos agir nesse instante.

Eu não conseguia enxergar direito o que estava perto de mim, mas o poste de luz era um alvo perfeito naquele lugar escuro. Eu jogaria a pedra com a intenção de acertar o poste, já que seria a coisa que faria mais barulho, mas eu não precisava acerta-lo, a pedra poderia acertar qualquer coisa contanto que fizesse barulho. Assim que os guardas reagissem ao som, eu correria a toda velocidade em direção ao guarda que fazia patrulha, e com a minha espada em mãos, eu tentaria acertar um golpe direto em sua nuca com a parte de trás da lamina, para derruba-lo de uma vez.

Objetivos:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Sylvanas
Narrador
Narrador
Sylvanas

Créditos : 7
Warn : Um Sonho de Aventuras - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 04/05/2013
Idade : 101
Localização : Elbaf

Um Sonho de Aventuras - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 3 EmptySex 29 Jul 2016, 17:03

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Malk Zoo


Após alguns segundos observando o local para bolar um plano, August começava a sussurrar para os outros. - Aemim, Garrosh, eu vou tentar jogar a pedra em um dos postes de luz, assim eu vou conseguir distrair os guardas e poderemos pega-los. Eu vou pegar o mais próximo que está andando com a lanterna, vocês pegam os que estão perto da entrada da cripta. Assim que a pedra acertar, mesmo que seja o chão, ele vão olhar para a direção do som e nós vamos agir nesse instante. - Garrosh apertava seu machado pronto para avançar, somente esperando a ação do humano, enquanto Aemim segurava seu bambu fino nas costas.

O garoto lançava a pedra. Pela sua baixa pontaria ele acertava o meio dos guardas, que olhavam para baixo ouvindo o pequeno som que a mesma fazia. - Uma pedra, veio daquela direção! - Um dos guardas gritava, assim que ele começava seu grito August saia em disparada até o outro que fazia a ronda e já estava mais próximo. Garrosh e Aemim iam atrás dos dois outros e começavam a lutar ferozmente.

August tinha o primeiro ataque mas não sabia a arma que seu oponente possuía, ele tentava dar uma coronhada na nuca do guarda que estava com a lanterna. Mas entre os dois, um deles segurava uma lanterna que quase cegava August com o brilho intenso em meio a escuridão, o fazendo parar de correr. Essa foi a brecha para que o guarda avançasse contra August que somente sentia um porrete golpe-alo na cabeça com muita força fazendo com que o jovem caísse.

- Invasores! - Uma voz fina vinha do guarda que segurava o porrete, e após alguns segundos já se podiam ouvir cães que latiam e que se aproximavam do local onde acontecia a luta. No momento, August estava um pouco zonzo e não tinha muita noção do que acontecia ao seu redor, mas Garrosh já tinha partido um dos braços de um dos guardas que sangrava no chão, enquanto Aemim estava assustado com tudo aquilo e levava um corte na perna o fazendo gritar.

Perto do garoto, as jaulas começavam a tremer, alguns rugidos e gritos vinham das mesmas. O garoto poderia abrir a tranca de qualquer uma das jaulas se quisesse, é claro, se o guarda a sua frente deixasse.



Histórico:
 

Off:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
anddiggory
Civil
Civil
anddiggory

Créditos : Zero
Warn : Um Sonho de Aventuras - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 18/06/2013
Idade : 30
Localização : Malkiham Island - North Blue

Um Sonho de Aventuras - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 3 EmptySeg 01 Ago 2016, 12:23


Eu esperei o momento certo, e lancei a pedra para tentar acertar o poste de luz, mas eu havia esquecido de um pequeno detalhe, a minha mira era péssima. A pedra passou longe de acertar o alvo que eu queria, caindo entre os dois guardas que guardavam a entrada da cripta. No instante que a pedra acertou o chão, ela fez um simples "tac-tac-tac" e os guardas que estavam próximos olharam para a pedra e logo olharam na nossa direção. O plano havia falhado totalmente, e ao invés de distraí-los eu apenas chamei sua atenção para nós, e além disso o guarda que vinha em nossa direção continuava vindo sem se distrair.

"- Uma pedra, veio daquela direção!" - Ao ouvir a voz do guarda, eu não pensei duas vezes, logo saí de nosso esconderijo e fui na direção do guarda que continuava andando, pude ver que Aemim e Garrosh também saíram e foram atacar os outros guardas. Não tive nenhuma chance, quando me aproximei o guarda apontou a lanterna para o meu rosto e por um momento fiquei cego por causa da luz, e logo em seguida recebi um golpe de porrete em minha cabeça, o que me fez cair quase inconsciente e com muita dor no local da pancada.

"- Invasores!" Outro grito. Mas agora do guarda que havia me acertado. Eu ainda estava um pouco zonzo e não sabia definir muito bem o que acontecia, mas com uma boa audição, pude ouvir que vinham reforços inimigos de algum lugar. Eu tinha que agir antes que eles chegassem, segurei firme a espada que ainda estava na minha mão, era hora de tentar contra atacar.

Eu tentaria matar o guarda que havia me derrubado, enfiando a espada através de sua barriga aproveitando que ele estava próximo de mim, se ele conseguisse desviar, eu tentaria acertar suas pernas em um movimento da direita para a esquerda, para feri-las e derruba-lo. Se eu conseguisse derruba-lo tentaria enfiar a espada novamente. Se ele tentasse me acertar, eu tentaria defender com a bainha da espada que estava na mão esquerda. Após isso eu tentaria me levantar e me recompor, sem baixar a guarda para poder me esquivar caso tentassem me atacar.

Enquanto eu tentava me virar como podia, Garrosh arrancava metade do braço de um dos guardas e Aemim era atingido na perna pelo outro, dando um grito. Estávamos em apuros por minha causa, e eu esperava poder sair dali vivo.


Objetivos:
 

Off:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sylvanas
Narrador
Narrador
Sylvanas

Créditos : 7
Warn : Um Sonho de Aventuras - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 04/05/2013
Idade : 101
Localização : Elbaf

Um Sonho de Aventuras - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 3 EmptyQua 03 Ago 2016, 12:06

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Confusão!


Após a briga entre os invasores e os guardas do local, o barulho somente aumentava. Cães ladrando e latindo se uniam aos monstros dentro das jaulas de ferro que batiam de um lado para o outro fazendo grande estrondo. Após se recuperar do impacto do golpe, August ainda tentava atacar o guarda que ainda se encontrava com a lanterna.

O brilho já não era mais tão forte pois seus olhos já tinham se acostumado de certa forma e por isso ele podia ver o contorno do corpo do guarda, era um humano comum um pouco maior que ele. August se levantava e logo tentava uma estocada contra a barriga do guarda, mas ele tinha total noção do que estava acontecendo e por isso dava mais uma porrada no espadachim, mas esta era prevista pela sua audição e defendida com a bainha de sua espada. O impacto do golpe quase o fazia largar a arma, sua mão latejava de dor depois do golpe do guarda.

Após alguns segundos com a lanterna na cara novamente, August ouvia um rugido. - AAAAAARGH! - Garrosh vinha na direção do guarda na escuridão e logo cortava o braço de onde estava a lanterna, que caía no chão fazendo com que o homem gritasse de dor. - August, não temos muito tempo! - Agora o brilho da lanterna era como uma imagem boiando em sua visão, mesmo assim era possível ver Garrosh com um ferimento no peito, como um corte na diagonal que sangrava minimamente.

Garrosh começava a correr para o local de entrada e chegando lá ele gritava novamente enquanto Aemim dava pauladas em um dos guardas caído e desmaiado. - Vamos August, por aqui! - Seu grito era abafado pelos latidos dos cães que estavam já chegando ao local, agora era possível ver quatro cães e um deles vinha na direção do garoto latindo e babando, ele era um cão de porte grande preto e com a barriga branca assim como os outros.


Histórico:
 

Off:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
anddiggory
Civil
Civil
anddiggory

Créditos : Zero
Warn : Um Sonho de Aventuras - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 18/06/2013
Idade : 30
Localização : Malkiham Island - North Blue

Um Sonho de Aventuras - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 3 EmptyQui 04 Ago 2016, 08:48


Minha mão esquerda doía por causa do impacto que eu recebi na bainha quando defendi o golpe do guarda, mas eu tentava me segurar e continuar segurando. Eu tive sorte por Garrosh chegar logo depois disso, pois talvez eu não conseguisse defender um segundo golpe. O capitão rugia ferozmente enquanto arrancava o braço do guarda, a lanterna rolava pelo chão quando o braço caiu. Agora eu já não estava mais tão zonzo e pude ter mais noção do que acontecia, Garrosh tinha um ferimento superficial em seu peito e Aemim batia no corpo inconsciente de um dos guardas, Garrosh começava a correr para a porta e me chamava para segui-lo, eu precisava abrir a porta para podermos sair do patio. Os cães se aproximavam rapidamente e um deles vinha rápido em minha direção.

Eu não tinha muito tempo, tentaria correr o mais rápido possível para me juntar aos dois para tentar abrir a porta. Se eu não conseguisse fugir rápido o bastante, eu tentaria acertar uma das patas dianteiras do cão para atrasa-lo enquanto eu corria e me juntava aos outros. Assim que eu conseguisse me juntar a eles, eu tentaria abrir a porta o mais rápido possível, e depois entraríamos e fecharíamos para atrasar os perseguidores. Eu deixaria Garrosh e Aemim cuidarem dos cães enquanto eu tentasse abrir a porta, mas se um deles se aproximasse muito de mim, eu tentaria me defender chutando a cara dele, mas com cuidado para não ser mordido.

Minha prioridade era abrir a porta, mas se os guardas chegassem até nós, eu teria que ajudar na luta, eu pegaria minha espada e tentaria acertar primeiro as pernas do guarda que viesse em minha direção, se ele tentasse me atacar eu bloquearia com a espada fazendo força para afastar o atacante e tentaria contra atacar logo em seguida usando minha aceleração para acertar um corte em seu peito, depois eu tentaria acertar suas mãos para impedi-lo de atacar. Se viesse um segundo guarda para auxiliar o primeiro, eu tentaria afasta-lo com um chute, e depois de acertar os golpes no primeiro eu atacaria o segundo da mesma maneira, se eu não conseguisse afasta-lo com o chute, eu tentaria me defender com a espada fazendo força para afasta-lo e chutaria o primeiro para impedi-lo de se aproximar e em seguida atacaria os dois como havia planejado.

Se a batalha ficasse um pouco mais equilibrada, eu voltaria a tentar abrir a porta para podermos sair mais rápido dali. Mas se viessem muitos guardas eu diria para Garrosh tentar afasta-los para eu tentar abrir a porta para sairmos dali. Se conseguíssemos passar pela porta, eu a fecharia atrás de nós e pediria para Garrosh a segurar para ganharmos mais tempo.


Objetivos:
 

Off::
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sylvanas
Narrador
Narrador
Sylvanas

Créditos : 7
Warn : Um Sonho de Aventuras - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 04/05/2013
Idade : 101
Localização : Elbaf

Um Sonho de Aventuras - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 3 EmptySex 05 Ago 2016, 12:44

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Confusão!


Depois de ser salvo por Garrosh, August agora estava em apuros novamente. Um dos cães vinha em sua direção e em uma disparada usando todo seu potencial de velocidade o jovem começava a correr na direção de seus companheiros tentando chegar até eles. Mas mesmo com toda sua velocidade, competir com cães de guarda era mais do que impossível para August.

Usando sua espada para afugentar o primeiro que vinha em sua direção, cortando-o superficialmente, o jovem não esperava um outro que vinha atrás desse pulando na direção de sua panturrilha e a mordendo com ferocidade, chacoalhando-a e fazendo com que August caísse no chão. O cão babava de raiva e tentava arrancar a pele da panturrilha do espadachim, mesmo após acertar um chute na cabeça do cachorro, ele não parava e simplesmente continuava a morde-lo dessa vez mais raivoso.

Após poucos segundos de panico, Aemim vinha para tentar ajuda-lo dando uma paulada na cabeça do cão. Não conseguindo para-lo Aemim avançava contra o cachorro e mordia sua cabeça agora mostrando seus dentes afiados e matando o cachorro, de certa forma, aquilo assustava August. - Vamos logo, abra a porta! - A voz de Aemim e seu sotaque estranho pareciam mudar quando ele estava assustado. August ia até a porta, um palmo da pele de sua panturrilha estava solta e balançando para fora, mostrando sua carne viva e sangrando nas bordas.

Após chegar a porta, August começava a destranca-la. Depois de alguns segundos, outro grito podia ser ouvido de um dos guardas que chegava ao local, e começava a atirar não acertando nenhum contra os invasores. - Estão aqui! Avisem os caçadores! - Alguns tiros recocheteavam contra a porta e as paredes do local, até que August finalmente conseguia abrir a porta.

- Até que enfim! - Garrosh abria a porta após matar um dos cães dando um golpe cortante em sua cabeça, todos entravam e trancavam a porta por dentro. Alguns dos cães ainda latiam la fora e tentavam abrir a porta com as patas e seus focinhos nervosos.

Finalmente estando os três dentro do local, Garrosh olhava para a panturrilha de August e dizia começando a andar pelo corredor que descia. - Vamos rápido, temos que tratar esse ferimento depois... - August simplesmente o seguia, mancando por causa da dor que a sua pisada com a perna direita causava a cada passo.

Depois de algum tempo andando, eles finalmente chegavam a algum lugar. Era um local escuro, só possuía algumas velas nos cantos de uma grande sala que iluminavam o local, mostrando algumas grades que separavam a sala de outras grades de metal em outras celas. Haviam quatro dessas celas, e de duas delas, olhos brilhavam na direção dos três que ali estavam. De uma delas vinha uma voz, em um som abafado. - Aemim... Garrosh? São vocês!? - Olhando mais de perto, era possível se ver uma espécie de mink lagarto, assim como Garrosh, sua voz era tão hostil quanto a de Garrosh que se virava a August dizendo. - Anda logo garoto! Abra a cela! Vamos!... Grommash! Estamos aqui pra te salvar! - Garrosh empurrava de leve August pelo ombro como se estivesse muito ansioso para que ele abrisse a cela. Mesmo assim, August estava sentindo o mesmo sentimento de ver Garrosh pela  primeira vez ao ver o outro mink atrás das grades, mas este usava uma espécie de focinheira e uma camisa de força. - Não me digam que esse é um refém de vocês... Estou louco para por as mãos em um deles, vou estraçalha-lo como um porco... - Garrosh se colocava perto da grade e depois colocava a mão no ombro de August novamente. - Não se engane... Se não fosse ele não estaríamos aqui, e sem ele não sairemos... - Após isso, o mink atrás das grades dava um grunhido como um animal selvagem, e depois começava a falar novamente. - De qualquer forma, há outro humano nessa sala, ele se escondeu atrás da outra cela para não ser pego quando ouviu os tiros... Abra a cela dele para que eu me divirta um pouco...

O clima no local era tenso, e todos esperavam que August abrisse as celas. - Não... Não abra, por favor... - Uma voz assustada e feminina sussurrava para August do fundo da outra cela.


Histórico:
 

Grommash:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
anddiggory
Civil
Civil
anddiggory

Créditos : Zero
Warn : Um Sonho de Aventuras - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 18/06/2013
Idade : 30
Localização : Malkiham Island - North Blue

Um Sonho de Aventuras - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 3 EmptySeg 08 Ago 2016, 09:55


Na tentativa de alcançar os dois piratas e tentar me livrar do cão, eu acabei sendo mordido por um segundo animal que pulou por cima do primeiro, abocanhando minha panturrilha (esquerda ou direita?), mas com a ajuda de um feroz Aemim eu consegui me livrar do cão e alcancei a porta. Eu consegui abrir a porta antes dos outros guardas chegarem até nós, mas mesmo de longe eles atiravam contra nós, e por sorte não fomos atingidos. Garrosh havia matado um dos cães, e os outros ficaram para fora assim que passamos pela porta, trancando logo em seguida. Eu esperava que os guardas não conseguissem passar por ela, ou pelo menos que tivesse outra passagem para podermos sair dali.

Garrosh e Aemim andavam sem problemas pelo corredor escuro, e logo atrás ia eu, mancando e com pontadas de dor a cada passo arrastado que eu dava. Mas o pirata tinha razão, eu não podia parar agora, ou seriamos alcançados, eu teria que esperar tudo acabar para poder tratar minha ferida. Mas eu estava com sorte, pelo que parecia não tinha acertado nenhuma artéria, então eu não teria que me preocupar em perder minha perna. Continuamos por isso por mais um tempinho, mas que pra mim pareciam horas, e enfim chegamos em algum lugar. Como o corredor, o local era mau iluminado, possuía apenas algumas velas distribuídas pelos cantos da sala, quatro celas estavam presentes no lugar, mas quase não podia enxergar o que estava em seu interior.

- Aemim... Garrosh? São vocês!? - De uma das celas pude ouvir uma voz tão medonha quanto a de Garrosh, parecia que estávamos no lugar certo. Garrosh me deu um empurrãozinho para eu ir abrir a cela e libertar seu companheiro, mas antes que eu pudesse fazer isso Grommash começou a falar em estraçalhar um humano, no caso eu. Garrosh se colocou entre nós e explicou a situação e assim eu pude prosseguir. Eu me aproximei da porta da cela para tentar abri-la com a pinça que Aemim me deu.

Enquanto tentava abrir a porta, Grommash começou a falar novamente, parecia haver outro humano em uma das outras celas, que ele queria retalhar já que eu era amigo. Mas assim que ele terminou de falar, ouvimos uma outra voz, que vinha de uma das outras celas e dizia em um tom baixo e amedrontado: - Não... Não abra, por favor... - Parecia ser uma mulher.

- Garrosh, sinto muito, mas eu não posso deixar seu amigo ferir a pessoa que está na outra cela. Se ele quiser demonstrar seu ódio, que seja contra os guardas que estão lá fora. Nós vamos precisar sair daqui, e teremos que lutar pra isso.

Eu não podia deixar que matassem uma mulher na minha frente, então expus meu ponto de vista, e esperava que eles aceitassem. Até por que, eu não abriria a outra cela se eles não concordassem comigo. Depois que eu terminasse de abrir a cela de Grommash, eu me aproximaria da outra cela, e perguntaria se ela também era uma prisioneira ali, e se eles concordassem em não mata-la e ela fosse uma prisioneira, eu tentaria liberta-la para que ela fugisse conosco, ou se a mulher não fosse uma prisioneira ali, eu perguntaria se havia outra saída daquele local, em troca de tê-la deixado viver e se eles concordassem em não mata-la assim mesmo, poderíamos usar ela como refém para poder escapar. E depois disso antes de sairmos dali, eu cortaria um pedaço da minha roupa, e amarraria em volta da minha panturrilha ferida, para usar como atadura até que eu pudesse me tratar.

Objetivos:
 



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sylvanas
Narrador
Narrador
Sylvanas

Créditos : 7
Warn : Um Sonho de Aventuras - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 04/05/2013
Idade : 101
Localização : Elbaf

Um Sonho de Aventuras - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 3 EmptySeg 08 Ago 2016, 16:34

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Confusão!


August enquanto abria a cela de Grommash podia ouvir sua respiração rouca e abafada pela focinheira, de outra cela a voz feminina era ouvida e isso causava certo receio no jovem. - Garrosh, sinto muito, mas eu não posso deixar seu amigo ferir a pessoa que está na outra cela. Se ele quiser demonstrar seu ódio, que seja contra os guardas que estão lá fora. Nós vamos precisar sair daqui, e teremos que lutar pra isso. - Após abrir a cela, Grommash saia e rasgava sozinho a camisa de força, mostrando seus músculos e cicatrizes por toda a parte de seu corpo e retirando sua focinheira, pisando nela após joga-la no chão.

- Não me diga quem eu posso retalhar ou não garotinha... - Agora era possível ver o tamanho e a largura do mink que saia da cela e dizia bem próximo a August, quase encostando sua testa a dele, se curvando para isso. - Eu digo isso... não é? - Garrosh rugia chegando perto de seu companheiro que agora olhava para ele, se afastando. - Arrisquei minha vida assim como ele para vir salvar esse seu traseiro imundo, trate-o com respeito se quiser continuar conosco. - Agora era possível ver quem mandava ali, os dois se olhavam por  alguns segundos mas era claro que mantinham o devido respeito.

Enquanto isso, August ia até a cela a onde tinha ouvido a voz feminina e perguntava algumas coisas úteis a quem estivesse la na escuridão que logo respondia. - Obrigado... Eu só sou encarregada de mostrar os minks aos visitantes... não quer dizer que concorde com isso, mas sim... existe uma saída para uma caverna marítima, onde deixaram o barco deles... Mas não sei se está la ainda. - Após as informações, o jovem começava a estancar seu sangramento de forma precária com uma parte de suas mangas que ele rasgava na hora. Mas logo era surpreendido por Garrosh que com seu machado quebrava a fechadura causando um grito da mulher que estava la dentro. - Você vem  conosco... - Ele a pegava com um dos braços e a colocava no ombro, era uma mulher de mais ou menos trinta anos, loira e que estava de olhos fechados, morrendo de medo de olhar para Grommash.

Após fazer a atadura que não era muito bem colocada, August seguia Garrosh que abria a porta e continuava andando junto aos outros minks. Depois de alguns segundos, eles começavam a subir uma rampa onde chegavam a uma caverna que ia para o mar e la estavam o barco dos piratas do basilisco. - Ai está, nossa serpente marítima! - Garrosh exaltava indo em direção ao barco.

O local era uma pequena área de pedras de todos os tamanhos e um chão liso que desaguava no mar, a onde estavam tanto o navio dos piratas, quanto uma outra canoa a onde ninguém se encontrava dentro. Aemim logo ia na direção do barco, tentando subir no mesmo. - Finalmente-im! - Mas ao colocar uma das mãos na madeira, um estalo era ouvido. Na mão do mink, o chicote daquele mesmo homem que agora trajava roupas chiques e brancas vinha do fundo da caverna. - Parece que o circo todo se reuniu... Homens! - Ele esticava seu chicote com as mãos e enquanto isso, saiam das sombras mais quatro homens de terno, dois deles com espadas, um apontando uma pistola para Garrosh e outro desarmado mas com luvas pretas coladas as mãos.

- Antes que façam alguma barganha com a mocinha ai, saiba que eu estou POUCO me fudendo pra morte dessa vira-latas... Assim como a de vocês, portanto larguem logo suas armas... Vocês não tem chance, esses homens são treinados pelo governo... Não são como aqueles guardas imbecis que vocês derrotaram...   - Ao final se sua frase, o homem soltava uma pequena risada, e junto a isso, os minks começavam a se olhar.

Aemim havia sumido depois dos homens aparecerem e os outros minks trocavam olhares entre si e para August sabendo que dariam sua vida para não voltar aquelas celas, e era isso que fariam, estavam prontos para lutar novamente pelas suas vidas.



Histórico:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
anddiggory
Civil
Civil
anddiggory

Créditos : Zero
Warn : Um Sonho de Aventuras - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 18/06/2013
Idade : 30
Localização : Malkiham Island - North Blue

Um Sonho de Aventuras - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 3 EmptyQua 17 Ago 2016, 10:35


Assim que terminei de abrir a jaula, Grommash já saiu empurrando a porta enquanto rasgava a camisa de força que o prendia, arrancando em seguida a focinheira e começou a me encarar bem de perto enquanto dizia: - Não me diga quem eu posso retalhar ou não garotinha... - Seu rosto estava tão próximo ao meu, que eu sentia o seu bafo enquanto ele falava, mas mesmo assim eu não fraquejei, e continuei firme. Garrosh rugia e colocava Grommash em seu lugar, acalmando momentaneamente o grandalhão. Tudo parecia bem por enquanto.

Depois de uma rápida conversa com a mulher, acabei descobrindo que ela não era uma prisioneira, e sim uma funcionária do zoológico. Mas ela parecia não ter culpa do que acontecia ali, e parecia discordar das torturas. Ela nos contou também, que havia sim uma outra saída que levava direto ao local onde poderia estar o navio dos piratas. Logo depois de receber as informações, eu resolvi dar um jeito na minha perna, peguei um pedaço da manga da minha roupa e amarrei bem forte para estancar o sangramento, mas eu ainda precisaria de tratamento. Enquanto eu fazia isso, Garrosh estraçalhou o cadeado da cela da mulher e a pegou como prisioneira, eu não pude dizer nada contra, mas tentaria mante-la viva a todo custo.

Garrosh seguia na frente, com a mulher em seu ombro, logo atrás iam os outros dois, e por último eu ia mancando com minha perna direita. Depois de alguns poucos minutos de caminhada, subíamos uma rampa e logo estávamos em um salão de uma caverna que tinha saída para o mar. O cheiro da maresia entrava pelo lado oposto ao que vinhamos, e ondas fracas batiam na beirada das pedras onde estavam o barco dos piratas e uma pequena canoa.

- Ai está, nossa serpente marítima! - Garrosh dizia com um sorriso, indo em direção ao barco. Aemim era mais rápido e chegava primeiro, mas ao tentar subir no barco, um estalo em sua mão o impediu.

Parece que o circo todo se reuniu... Homens! - A conhecida voz do homem engomadinho vinha do fundo da caverna, e logo atrás dele apareciam mais quatro homens, e dessa vez pareciam mais fortes do que os outros guardas. - Antes que façam alguma barganha com a mocinha ai, saiba que eu estou POUCO me fudendo pra morte dessa vira-latas... Assim como a de vocês, portanto larguem logo suas armas... Vocês não tem chance, esses homens são treinados pelo governo... Não são como aqueles guardas imbecis que vocês derrotaram... - Parecia que a refém não serviria de nada para nós, era perda de tempo negociar.

Os piratas se olhavam e em seguida olhavam para mim, Aemim havia se escondido depois da chicotada em sua mão. Estava na cara que eles estavam dispostos a se sacrificar para não serem presos novamente, mas eu não estava pronto para isso. Eu tinha que fugir dali. Olhei o ambiente em volta, a canoa estava vazia, e seria um ótimo meio de fuga para mim. As pedras que estavam por toda parte também, poderiam ser usadas para minha fuga. Parecia ser hora de dizer adeus aos piratas do basilisco. Minha perna doía e eu ainda estava mancando, mas talvez se eu forçasse pelo menos mais uma vez eu talvez conseguisse correr a toda velocidade.

Eu tentaria me afastar na direção da canoa bem devagar enquanto dizia: - Garrosh, solte-a e deixe-a ir, ela não vai servir pra nada mais. E acho que agora, eu também não vou mais servir pra vocês, então chegou a hora de nos separarmos. Boa sorte! - Se alguém viesse para tentar me impedir, eu correria o mais rápido que eu conseguisse na direção da canoa, e tentaria entrar nela e começar a remar para fugir. Se o cara que tinha uma arma tentasse atirar contra mim, eu tentaria me esquivar e entrar atrás das pedras, e continuaria tentando chegar até a canoa para remar e fugir dali o mais rápido que pudesse. Por outro lado se eu não conseguisse correr rápido o bastante para fugir de um perseguidor, eu tentaria me defender de todos os golpes que pudessem ser usados contra mim, tanto desviando deles ou defendendo com minha espada, e continuaria tentado chegar o mais rápido que eu pudesse na canos para remar e fugir. Se eu chegasse na canoa e alguém tentasse me impedir de remar, eu tentaria acerta-lo com golpes de espada, e ou empurra-lo para afastar e conseguir remar e fugir dali. Se eu conseguisse chegar em segurança até a canoa, eu remaria o mais rápido que eu pudesse, e tentaria abaixar para desviar de qualquer tiro que pudesse ser desferido contra mim enquanto eu tentasse fugir. Se eu conseguisse sair da caverna em segurança, eu tentaria me afastar o máximo que eu pudesse do zoológico e tentaria encontrar um local seguro para atracar.



Objetivos:
 



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sylvanas
Narrador
Narrador
Sylvanas

Créditos : 7
Warn : Um Sonho de Aventuras - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 04/05/2013
Idade : 101
Localização : Elbaf

Um Sonho de Aventuras - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 3 EmptyQua 17 Ago 2016, 18:33

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Confusão!


Percebendo que a situação era desfavorável para os minks, August ainda com sua panturrilha doendo dizia enquanto davas passos mancos para trás de forma que tanto Garrosh quanto Grommash olhavam para ele com surpresa. - Garrosh, solte-a e deixe-a ir, ela não vai servir pra nada mais. E acho que agora, eu também não vou mais servir pra vocês, então chegou a hora de nos separarmos. Boa sorte! - Garrosh parecia não entender o que ocorria na cabeça do jovem, antes ele achara que o garoto tinha uma alma de guerreiro mas agora ele olhava para August como se ele fosse merda. Grommash também retribuía com o mesmo olhar e logo dizia. - Eu sabia que ele era um traidor! Assim como todos os outros humanos! MALDITOS! - As mãos grandes do mink vinham para cima de August mas ele conseguia correr a tempo, e além disso a atenção de Grommash se voltava a disparos vindos do outro lado que ricocheteavam contra o chão, quase acertando ele e o garoto que corria na direção da canoa.

Enquanto isso, Garrosh soltava a mulher que estava em seus braços para lutar melhor, mas ele fazia isso do jeito mais bárbaro possível. Depois de um giro e de um rugido, a mulher era lançada contra o homem com o chicote que ia para trás caindo com o impacto e o peso da mesma, depois disso os outros homens e os minks começavam uma batalha entre a vida e a morte e nesse meio tempo Aemim saia de trás de uma das pedras de onde tinha se escondido e ia para cima de um deles.

August não perdia tempo, corria mesmo mancando na direção da canoa para tentar fugir como podia daquela confusão em que se metera. Ele era lento por causa  do ferimento, mas usava todas as suas forças para correr mais rápido, em um momento de sua corrida ele havia tropeçado em um  pedregulho grudado ao chão, mas logo se levantou e continuou assim chegando a canoa.

Quando o garoto conseguiu se aproximar dela, teve de se jogar dentro da mesma para não ser atingido por disparos que vinham na sua direção e logo depois que conseguiu colocar os remos aos lados algo aconteceu. Uma dor aguda e profunda vinha de sua mão, o homem que vestia trajes brancos estava sem o seu chapéu e sangrando em um dos braços mas ele havia fincado sua faca entre a mão de August e um dos remos, o jovem gritava ao levar o golpe. - Acha que vai fugir seu maldito!? - Sua voz deixava de ser a voz de um nobre comum, e passava a ser de alguém com um ódio imenso em seu peito, uma voz rouca e grossa. - Acha mesmo que vai fugir depois de toda essa merda!? Você causou tudo isso! Você foi o demônio que causou tudo isso! - Depois de ouvir isso, August tentava empurrar o homem com sua outra mão que não tinha sido ferida, mas o seu oponente estava com tanto ódio que soltava a faca fincada na mão de August e prendia as duas mãos na gola do garoto chegando mais perto dele e dando uma joelhada no meio de suas pernas. - VOCÊ VAI MORRER! - Ele gritava, em cima de August que sentia sua mão ainda presa ao remo fincada debaixo da faca e uma outra dor em suas partes intimas, o homem se agarrava a ele e tentava enforca-lo com ambas as mãos, com seus olhos vermelhos de raiva enquanto abria os lábios mostrando seus dentes apertados e raivosos.


Histórico:
 

Dicas:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
anddiggory
Civil
Civil
anddiggory

Créditos : Zero
Warn : Um Sonho de Aventuras - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 18/06/2013
Idade : 30
Localização : Malkiham Island - North Blue

Um Sonho de Aventuras - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 3 EmptyQui 18 Ago 2016, 08:16


Essa era a primeira vez que eu me metia em uma confusão tão grande, e eu acabei agindo de forma totalmente diferente da que eu sempre agi. Grommash estava certo, eu estava sendo um covarde mentiroso, e estava dando mais valor a minha vida do que a promessa de ajuda-los. Agora o engomadinho não era mais tão engomadinho, com os olhos vermelhos de fúria por eu ter libertado as atrações principais do seu show de horrores, ele tentava me enforcar até a morte. Agora eu estava em uma situação complicada, com uma das mão presa na madeira por uma faca, e a dor dilacerante na panturrilha e no saco, eu acabava que não tinha muita coisa a fazer.

Primeiro tentaria chegar com a minha mão direita até a faca que prendia minha mão esquerda para tira-la, depois tentaria enfiar a faca no peito do homem que me segurava para que ele me soltasse, tentaria fazer isso o mais rápido possível, para não perder a consciência. Se eu não conseguisse retirar a faca e enfia-la no peito do meu agressor, e levaria minha mão direita até o seu rosto e apertaria seu olho direito com toda minha força, para força-lo a me soltar. Se eu consegui-se faze-lo me soltar, eu empurraria ele para fora da canoa e o acertaria com o remo com toda minha força, até conseguir desmaia-lo. Se eu ainda estivesse com a faca em fincada em minha mão, eu retiraria logo em seguida.

Eu não queria morrer ali, e principalmente agora que eu começava a realizar o meu sonho de aventuras pelo mundo. Mas eu também não queria mais ser esse lixo covarde que eu estava sendo. Eu precisava cumprir com minha palavra, e ajuda-los a fugirem da ilha. Se eu conseguisse me livrar daquele homem, eu não tentaria mais fugir, mas como minha condição não era das melhores, eu também não poderia ajudar muito em um combate. Eu tentaria alcançar o barco dos piratas do basilisco, e o prepararia para a fuga deles, era a única coisa que eu poderia fazer por eles no momento. Se ele estivesse preso por uma corda, eu tentaria corta-la para deixar o barco pronto para navegar. Se no caminho eu me vesse em outra luta, eu tentaria me defender com a espada e esquivaria para os lados, e tentaria contra atacar com um corte vertical na altura do peito, seguindo de um corte horizontal na barriga com bastante força.


Objetivos:
 

Off::
 



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Um Sonho de Aventuras - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Um Sonho de Aventuras   Um Sonho de Aventuras - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Um Sonho de Aventuras
Voltar ao Topo 
Página 3 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Malkiham Island-
Ir para: