One Piece RPG
O Canto da Justiça - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [M.E.P] Nash
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor TsubasaNash Hoje à(s) 13:40

» ~ RESET ~
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor Jin Hoje à(s) 13:35

» [Kit - Garou]
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor Ainz Hoje à(s) 12:06

» V - Into The Void
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 11:03

» Mini - DanJo
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor DanJo Hoje à(s) 2:51

» Crisbella Rhode
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 2:48

» A Aparição de Mais Um Meio a Tantos
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor Wave Hoje à(s) 0:53

» O vagabundo e o aleijado
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor Ghastz Hoje à(s) 0:40

» Mini Aventura - Agyo Shitenno
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:16

» O Legado Bitencourt Act I
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor Faktor Ontem à(s) 22:16

» Apenas UMA Aventura
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor Van Ontem à(s) 17:49

» Bellamy Navarro
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor Greny Ontem à(s) 12:43

» Unbreakable
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor Ainz Ontem à(s) 11:55

» (Mini) Gyatho
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 1:02

» (MEP) Gyatho
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 0:55

» [MINI-Tenzin]Here we go again
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 0:53

» [M.E.P]Tenzin
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 0:43

» [Extra] — Elicia's Diary
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 0:27

» M.E.P DanJo
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 0:27

» Mini Aventura - No Mercy
O Canto da Justiça - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 0:20



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 O Canto da Justiça

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Buki
Civil
Civil


Data de inscrição : 15/10/2015

O Canto da Justiça - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça - Página 3 Empty04.01.17 19:36

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Finalmente o pequeno garoto se levantava. Estranhamente, fiquei interessada na arma que este carregava, sendo que era uma arma feita de diamante, e ainda tinha diversas munições. Logo saímos da mansão, e mesmo com o garoto saindo da hospitalidade os guardas ainda estavam guardando o local. Não consegui entender o por quê.

As ruas estavam calmas e tranquilas. Era quase como se todos tivessem abrido espaço para o nobre passar. Vincent nos guiava por todo o  caminho e eu estava estranhamente feliz com isso, já que usando a roupa de marinheiro, Vincent parecia ainda mais bonito e forte.

Quando pensei que tudo estava bem, fomos surpreendidos por homens vindo em nossa direção. Dois deles iam em Vincent e apenas um caia sobre mim, isso era um pouco injusto. Enquanto isso, o nobre sacava sua arma e apontava contra um dos homens. O mais alto e de aparência forte ficava falando algo sobre não conseguirmos proteger o garoto. Aquilo me irritava de certo modo, mas claro, eu teria que manter a calma e tentar pensar em algo pra me salvar
- Errrr...por que exatamente você precisa matar ele? Por que não apenas roubar? E por que mataram os pais dele também? É algum problema pessoal? - eu era estranhamente boa com interrogatórios e esperava que ele pudesse me dizer algo útil, ou apenas me dar algum tempo.

Caso não fosse capaz de argumentar com o homem, iria pegar minha pistola, e num movimento rápido e talvez preciso, iria atirar na perna do homem sobre mim e então iria empurra-lo para sair um pouco. Assim que pudesse, iria recuar e atirar nos dois homens que estavam atrás de Vincent, sempre visando a perna. Com isso, meu companheiro poderia tentar ajudar o nobre.

Objetivos:
 
— viking age
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shinka
Civil
Civil
Shinka

Créditos : Zero
Warn : O Canto da Justiça - Página 3 4010
Data de inscrição : 27/05/2016

O Canto da Justiça - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça - Página 3 Empty05.01.17 15:52


Narração


     
Os jovens tinham seu trajeto interrompido por que parecia ser a gangue de ladrões que anteriormente assassinaram os pais do garoto, o garoto tinha o líder do bando em sua mira e se preparava para atirar, Vicent dava um cruzado de esquerda em um dos homens que lhe seguravam, dando um chute giratório contra o outro derrubando assim ambos os ladrões que lhe cercavam, entretanto após um cair logo sacava duas pistolas .40 atirando assim uma sequencia de tiros desesperados no jovem, que também caia com doze buracos de bala no chão, as balas haviam lhe varado ao meio e o sangue se alastrava pelo chão, o homem a qual haveria caído com o chute de Vincent havia batido a cabeça contra um pedaço de concreto que cercava um pequeno arvoredo e caia no chão com os dois olhos abertos aparentemente mortos, havia sido uma péssima escolha reagir devido as quantidades, a jovem também optara por continuar o que o garoto havia começado dando um tiro contra o pirata que lhe cercava.

Após receber o tiro o pirata rapidamente gritava: - Sua vaca! - lhe dando um tapa com o peito de sua mão simplesmente ignorando seu empurrão, este pirata parecia possuir grandes aptidões físicas o que claramente era demonstrado por não se mover nem por 1 cm após receber o empurrão da garota, com o tapa a menina caia no chão dando um tiro no outro pirata a qual checava os dois corpos atrás de lucros externos aquela operação, mais acabava por ser atingido de raspão, afinal com a queda a garota havia perdido certa parte de seus sentidos, o garoto se via obrigado a mudar seu alvo e atirava então com uma série de tiros de estalactites que ficavam presos ao tronco do boxeador, os três outros integrantes acabavam por resolver intervir na luta, o chefe - aparentemente - atacava com uma investida imobilizando a garota ainda no chão e lhe dando uma patada a deixando inconsciente.

O grupo por sua vez pegava o jovem e a jovem e a jogavam nas costas do enorme urso, pareciam lhe levar a algum lugar, a garota recuperava a sua consciência, entretanto estava amarrada não muito firme, sua arma estava no coldre talvez por descuido dos sequestradores, o outro garoto também havia sido carregado e sua arma estava ainda em seu fantoche, apesar de ainda estar desacordado.

Imagem do Garoto:
 

copyright 2013 - All Rights Reserved for Larissa x Post 1 x Boa sorte

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Buki
Civil
Civil
Buki

Créditos : Zero
Warn : O Canto da Justiça - Página 3 4010
Masculino Data de inscrição : 15/10/2015
Idade : 16
Localização : Shells Town

O Canto da Justiça - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça - Página 3 Empty07.01.17 17:28

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Talvez, muito talvez, tenha sido uma péssima ideia reagir. Talvez tenha sido uma péssima ideia vir para essa missão. Talvez tenha sido uma péssima ideia me tornar Marine, mas mesmo assim, eu não iria desistir. Ainda não.

Todos nós tivemos reações no mínimo desesperadas para acabarmos com tudo aquilo. Meu tiro conseguia causar um pequeno dano no homem que me segurava, mas este era mais forte do que eu imagina e no final eu acabei me ferindo. Enquanto isso, Vincent também reagia, e talvez pela minha falha, ele acabava matando um dos homens, mas acabava sendo atingido depois. Aquilo me deixava triste, mas por conta do calor do momento, eu acabei não ligando muito. No fim, eu acabei e o nobre acabamos sendo levados para algum lugar.

Enquanto era carregada, notei que eu ainda tinha minha arma, e talvez, ainda houvesse alguma chance de escapar dali. Pegaria a arma e leve e calmamente levaria esta para uma posição viável para atirar no rosto do homem que me carregava, visando claro, a morte ou queda do meu alvo. Fazendo isso, iria tentar me jogar para trás do corpo, segurando o mesmo para fazer de escudo. Com isso, iria tentar dar mais tiros nos capangas daquele homem, mirando em seus peitos para conseguir mais uma vez, causar grandes danos.

Objetivos:
 
— viking age

____________________________________________________

Ficha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shinka
Civil
Civil
Shinka

Créditos : Zero
Warn : O Canto da Justiça - Página 3 4010
Data de inscrição : 27/05/2016

O Canto da Justiça - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça - Página 3 Empty08.01.17 23:20


Narração


     
Enquanto a jovem era carregava, em um certo ponto do trajeto os sequestradores passavam por um terreno acidentado, o vento era forte e agora também chovia, molhando todos que estavam ali, o urso por sua vez tinha seus pelos molhados facilitando ainda mais a fuga da garota. A soldado se levantava e logo era percebida pelos envolvidos, o urso a derrubava e com isto desajustara a visão de tiro da menina, o garoto também se levantava desamarrando facilmente as cordas frouxas.

- O que você fez magrelinho? Ta amarrando com a bunda agora viado? - o pirata que anteriormente havia causado uma roxidão no rosto da jovem dizia, logo depois de colocar suas manoplas que ao tudo indicavam ser feitas por metal, o urso tirava um verdadeiro canhão de uma de suas pernas, junto com uma bola gigante de um armazém improvisado por alguns trapos na região da barriga da montaria.

- Vai ter que ser caixão fechado, prepare para perder a cabeça comigo garota! Literalmente, não veja pelo lado mal da frase. - O Mink provava não saber construir frases, tendo um intelecto pouco avançado e construindo uma frase com duplo sentido, confundindo a todos no local. Após despertar rapidamente o menino lançava de uma espécie de diamante em forma de granada no chão, que após explodir criava uma parede feita de diamante, o urso atirava várias e vária bolas de canhão e a pólvora podia ser sentida no ar, se dera então uma troca de tiros enquanto o boxeador se aproximava lentamente pelo flanco direito da dupla.

Enquanto o fogo cruzado tinha uma pequena brecha de tempo devido a recarga de munições o jovem herdeiro falava a jovem: - Parece não entender nada, mais meus pais conseguem manipular cristal e criar esses ''brinquedinhos'' que você vê, e é exatamente por isto que eles me querem, eu sou a chave! - Continuavam o fogo cruzado logo após, a parede parecia sofrer com o impacto das bolas de canhão, um dos integrantes que carregava duas pistolas atirava continuamente contra as extremidades da parede, buscando interceptar movimentos dos combatentes, usando o urso como escudo humano.

Imagem do Garoto:
 

copyright 2013 - All Rights Reserved for Larissa x Post 1 x Boa sorte

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Buki
Civil
Civil
Buki

Créditos : Zero
Warn : O Canto da Justiça - Página 3 4010
Masculino Data de inscrição : 15/10/2015
Idade : 16
Localização : Shells Town

O Canto da Justiça - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça - Página 3 Empty09.01.17 18:47

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

De repente, tudo começava a acontecer. Enquanto eu era confrontada por um homem que falava de forma duvidosa, o garotinho tinha tempo suficiente para reagir melhor do que eu, e no fim ainda conseguia usar uma "bomba de cristal" e ainda me explicava o motivo daqueles caras estarem atrás dele
- Desculpe, eu não sou forte o suficiente para lidar com esses caras. Não esse brutamontes. Vamos tentar fugir daqui! Eu posso tentar criar uma armadilha para pegá-los - eu precisava daquilo. Vincent já não estava mais comigo e aqueles banidos eram muito mais fortes do que eu esperava. Desculpe papai, mas eu preciso fugir.

Eu iria tentar mais algum disparo para tentar abrir uma brecha e então corre, levando o nobre comigo, claro. Eu não tinha muitas chances de vencer esse malditos em um confronto direto, por isso, nada melhor do que tentar fugir e fazer uma armadilha. Eu tentaria correr o mais rápido possível, correndo de um lado para o outro, da esquerda para direita, tentando desviar de quaisquer ataque a longa distância que eles usarem. Caso algum deles parta para um ataque direto, iria fazer questão de tentar manter minha pistola em mãos e disparar na direção do peito de quem tentar fazê-lo. Eu precisava priorizar uma boa escapatória, por isso, caso consiga encontrar um bom local, iria me esconder imediatamente. Os homens não iriam parar de procurar, mas eu poderia ter alguma chance de formar uma armadilha e talvez criar alguma arma para lutar.

Objetivos:
 
— viking age

____________________________________________________

Ficha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shinka
Civil
Civil
Shinka

Créditos : Zero
Warn : O Canto da Justiça - Página 3 4010
Data de inscrição : 27/05/2016

O Canto da Justiça - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça - Página 3 Empty12.01.17 13:57


Narração


     
- Outra coisa que você precisa saber, é que não somos humanos - o garoto dizia, logo depois de tirar sua blusa revelando assas em suas costas, nas suas costas diversas granadas separadas por bolsas diferentes, provavelmente de diferentes funções, o garoto pegava uma da sua bolsa direita jogando para o alto, a granada explodia refletindo toda a luz do lugar cegando momentaneamente aqueles bandidos, abrindo uma brecha para fuga, o grande urso quase que instintivamente lançava uma grande bola de canhão que quebrava - finalmente - a parede de cristal.

Com a brecha o grupo entrava em um comercio abandonado, gigante com diversas barracas e escadas elétricas, seu teto era de vidro assim como as paredes, parecido com um shopping abandonado recentemente, tinha sangue no chão assim como corpos, algo tinha acontecido ali, mais sem pensar o grupo entrara em uma loja de alpinismo, com diversas cordas, roupas, picaretas, pás e objetos que auxiliariam em uma escalada, como uma pistola com gancho de alta tecnologia.

Cabia a garota tentar criar coisas com aquilo que achara, o celestial subia em uma pratileira, e logo depois em um lustre no teto, ficando abaixado, parecia estar com medo de algo.

- Não deveria-mos estar aqui, essa cidade foi usada pela Umbrela para testes, se ele nos encontrar estamos perdidos!

Obs::
 

Imagem do Garoto:
 

copyright 2013 - All Rights Reserved for Larissa x Post 1 x Boa sorte

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Buki
Civil
Civil
Buki

Créditos : Zero
Warn : O Canto da Justiça - Página 3 4010
Masculino Data de inscrição : 15/10/2015
Idade : 16
Localização : Shells Town

O Canto da Justiça - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça - Página 3 Empty13.01.17 14:53

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Aquilo era incrível. O nobre não era apenas um nobre, mas sim um anjo. Eu já ouvi falar dessas criaturas, mas nunca imaginei que ficaria ao lado de um deles. No fim, meu plano provavelmente não daria certo. Tudo que eu havia conseguido eram alguns equipamentos de alpinista e que o nobre ficasse com medo de alguém ou alguma coisa, subindo o máximo que podia. Por algum momento, pensei em explorar o local para ver se conseguia algo, mas poderia acabar não dando tempo e os homens poderiam entrar dentro da loja, por isso, decidi partir para um plano melhor. Apenas por precaução, pegaria a pistola com o gancho. Ela poderia ser útil.

Eu não consigo imaginar como tudo ficou assim, quero dizer, a pouco tempo eu estava feliz indo fazer meu teste para entrar na Marinha, e agora estou me escondendo de um bando de bandidos e tentando proteger a vida de um anjo, enquanto um dos meus companheiros acabou morrendo. Aquilo era triste. No fim, eu precisava fazer o que fosse necessário para sobreviver.

Eu iria tentar me esconder em algum lugar por ali, no qual tivesse uma boa visão para atirar, mas que não deixaria eu ser pega facilmente por tiros, ou qualquer outro tipo de projéteis. Tendo encontrado com o local, iria recarregar minha arma, apenas por precaução, e em seguida iria apontar para a entrada
- Quando eles entrarem, pode atirar sem dó! - disse para o nobre, que ainda poderia ter sua arma

Logo, iria dar um tiro para chamar a atenção deles, e assim que aqueles homens entrassem, eu iria começar a atirar neles, sem parar, visando sempre suas partes mais frágeis e desprotegidas, como o peitoral, e caso necessário, as pernas. Quando a munição acabasse, eu iria recarregar o mais rápido possível e voltaria a atirar. Claro, não faria nada disso a menos que sejam os homens que estavam me perseguindo.

Objetivos:
 
— viking age

____________________________________________________

Ficha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shinka
Civil
Civil
Shinka

Créditos : Zero
Warn : O Canto da Justiça - Página 3 4010
Data de inscrição : 27/05/2016

O Canto da Justiça - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça - Página 3 Empty14.01.17 19:34

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:

Narração


     
O anjo ficava protegida em uma porta, com um espaço para tiro mais precisamente uma janelinha na porta por onde provavelmente atiraria, deixando o garoto que rapidamente entrava junto, no que parecia um quartinho escuro.

- Não posso morrer virgem, caralho, se o Nemesis chegar aqui tamo fodido Ellen, deixa aqueles merda lá fora, Nemesis mata eles, só tranca essa porta, esperamos um pouco e quando tiver-mos tempo corremos para fora dessa cidade, preciso ir para o porto! - O garoto sentava-se ao chão daquele armazém, segurando as pernas de Ellen, fora eram possíveis ouvir-se tiros e gritos, algo estava ocorrendo perto dali.

Obs::
 

Imagem do Garoto:
 

copyright 2013 - All Rights Reserved for Larissa x Post 1 x Boa sorte

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Buki
Civil
Civil
Buki

Créditos : Zero
Warn : O Canto da Justiça - Página 3 4010
Masculino Data de inscrição : 15/10/2015
Idade : 16
Localização : Shells Town

O Canto da Justiça - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça - Página 3 Empty28.01.17 8:46

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Realmente, aquele não era o melhor lugar ou mesmo a melhor situação para tentar algo. Era possível ouvir tiros e gritos vindos de fora, enquanto o nobre ficava assustado por alguém chamado Nemesis. Era melhor realmente sairmos dali
- Ok. Vamos fazer isso. Preciso garantir sua segurança acima de tudo - logo, sem perder tempo, fiz o que o nobre havia mandado e tranquei a porta. Em seguida, decidi voltar para onde estava com a arma apontada para a porta. Se algo tentasse qualquer coisa, eu estaria no mínimo preparada.

Assim que tudo terminasse, procuraria sair dali o mais rápido possível, levando o nobre comigo. Tentaria chegar ao Porto o mais rápido possível, ou então iria me envolver em mais problemas...

Off:
 

Objetivos:
 
— viking age

____________________________________________________

Ficha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wander
Pirata
Pirata
Wander

Créditos : 11
Warn : O Canto da Justiça - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 05/07/2013
Idade : 21
Localização : Não sei :D

O Canto da Justiça - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça - Página 3 Empty29.05.17 0:36


Era uma noite tenebrosa em meio àquela floresta sombria, iluminada apenas pela luz do luar que vez ou outra era ofuscada pelas nuvens. Estava frio no meio daquele centro comercial abandonado que nossa dupla havia encontrado. O lugar tinha sinais de que um dia era usado por alguma comunidade, mas atualmente aquele recinto estava sem nenhum sinal de atividade humana recente. As construções envelhecidas em grande parte já caiam aos pedaços e plantas cresciam até mesmo dentro dos estabelecimentos.

E era dentro de uma dessas lojas abandonadas que Ellen e o Nobre decidiram se esconder de seus inimigos e da ameaça misteriosa chamada ''Nemesis''.

- Ok. Vamos fazer isso. Preciso garantir sua segurança acima de tudo. - A garota dizia demonstrando confiança, mas no que ela podia sustentar tal promessa? Ela era tão fraca quanto o jovem, se não mais fraca do que ele. E juntando com o fato de o garoto ter aquela arma, não era o garoto que protegia a oficial da lei?

Ellen e Mike fecharam a porta daquela sala no fundo da loja de alpinismo

- ACHEM-NOS! - Os gritos e tiros de antes cessavam e então aquela voz estridente cortava o silencio da cidade abandonada. Como o lugar era silencioso, mesmo que aquela pessoa falasse no meio da rua, aquelas palavras ainda chegavam aonde os dois tinham se trancado para se esconder. Os corações do anjo e da marinheira palpitavam... Eles já tinham chegado ali tão rapidamente!? - Eles não devem ter ido longe! E se tiverem, os nêmesis darão conta deles. Apenas os encontrem e, se necessário, os matem de vez... Nossa prioridade é obter aquela tecnologia, conseguir trazê-los com vida para uma ajuda em nossa pesquisa é apenas um objetivo secundário. - O dono daquela voz intimidadora continuava a dar ordens e logo em seguida se calava. A caçada aos seus alvos começava.

- Meu deus... Porque.... Isso tudo é culpa de vocês da marinha... Por que me deixaram diretamente aos cuidados apenas de dois soldados inexperientes... - Mike começava a se desesperar, deixando sua angustia escapar através desse sussurro que apenas Ellen conseguia ouvir. - Mas isso não importa mais... Ellen, preciso que confie em mim. Vou te explicar rapidamente o que está acontecendo. Primeiro, te direi o que é o Nemesis... Nemesis são Bestas que residem nessa parte da ilha, são animais que, como resultado de experiências, se tornaram monstros sanguinários. Esses piratas provavelmente usaram essa área perigosa como esconderijo.

- Segundo... Eu tenho um plano. Primeiro, começaremos diminuindo nossos inimigos. Aqueles minks de antes são meio burros, principalmente o urso, então creio que eles cairão em minha armadilha.... Mas, aquela voz de agora. Só o modo de falar já nos denuncia que ele é mais sensato. Depois que nos livrarmos dos brutamontes, atrairemos a atenção desse cara perigoso que surgiu agora. Teremos que lidar com ele e depois fugir daqui pela floresta. Não se preocupe com as hordas de bestas, eu acho que tive uma ideia para evitá-las... Por enquanto, vamos nos livrar dos piratas!

Depois que ele passou seu plano para a marinheira, ele abriu a porta cautelosamente e olhou do lado de fora. Ao assegurar que não havia perigo, ele foi para fora furtivamente e começou a armar sua armadilha. Depois que ele montava seus apetrechos ao redor da porta da sala dos fundos, ele voltou para a sala onde Ellen estava e disse calmamente: - Assim que eles vierem, os detonaremos. Esteja preparada para a nossa luta e consequente fuga, Ellen.

Em breve o plano entraria em ação. O que Ellen faria?

Considerações e Dicas:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

Falas
Pensamentos
Esquizofrenia (Fantasia)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

RIP:
 

Titulo Internacional:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Buki
Civil
Civil
Buki

Créditos : Zero
Warn : O Canto da Justiça - Página 3 4010
Masculino Data de inscrição : 15/10/2015
Idade : 16
Localização : Shells Town

O Canto da Justiça - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça - Página 3 Empty20.10.17 20:00

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

É. Parece que eu estou com problemas...

Não existia muito que eu pudesse fazer naquele momento, isso é, de forma que eu pudesse pelo menos escapar dali sem lutar. O próprio escoltado já estava perdendo a cabeça, e ainda por cima, me ofendendo com suas reclamações. Eu realmente não gostava disso...como poderia eu, sendo filha do meu pai, uma Marine, deixar uma pessoa em tamanho estado apenas por me ter ao seu lado. Entendo que sou inexperiente, mas eu não sou tão fraca assim! Mesmo sabendo disso, ainda não é determinação o suficiente para me fazer lutar como uma idiota ou um berserker. Por sorte, o garoto tinha um plano, e era disso o que precisava para me animar um pouco.

Aquele plano era, no mínimo, descente. Não sei como não havia pensado nisso antes. Acho que ter outra pessoa com você realmente ajuda, mas isso não importa. O que importa agora é saber como usar isso. Atrair os inimigos para uma armadilha pode ser uma grande ajuda na hora de enfrentá-los, algo que não é exatamente minha área. Fico me perguntando se deveria ter aprendido a lutar com o corpo, ou pelo menos, usar uma adaga. Primeiro de tudo, eu precisava imaginar como isso ocorreria, sem muito tempo para fazê-lo, claro, nunca vai ter tempo suficiente.

Começaria tentando chamar a atenção do brutamontes primeiro, e talvez, dos colegas dele. Preferencialmente eles. Dado minhas últimas batalhas, eles não seriam tanto problema se eu estiver preparada, já que mesmo sendo pega de surpresa, eu consegui lidar com eles de alguma forma. Conhecer o inimigo é importante, pelo menos, os limites da força. Assim que os tais se mostrassem, a ação iria começar. O plano principal é levar eles até a armadilha, ou seja, eu não podia enfrentar eles com tudo ali, não que eu pudesse de qualquer forma, por isso, tentaria fazer parecer como se eu estivesse fugindo de novo, ofenderia eles de precisasse. Logo que eu estivesse em uma distância mínima da armadilha, iria sacar minha pistola e começar a lutar com eles, disparando um tiro para tentar desviar a atenção da armadilha ou de algo suspeito.

Nesse momento, a luta entraria em seu momento principal. É difícil lembrar quando se está lutando, mas graças ao medo, eu consigo fazer isso melhor, esquivas. Eu estou lutando contra dois ou mais, então a melhor opção de longe é tentar me manter um pouco distante e consciente que eles não precisam de nada além de suas próprias mãos para me atacar, logo, eles iriam se aproximar de mim. A minha melhor opção nesse momento é jogar coisas neles, tentando impedir a vinda rápida ou pelo menos. Assim que eles se aproximarem de mim, algo inevitável, eu iria focar ainda mais em me esquivar, de forma que pudesse escapar de seus socos ou chutes. Minha melhor alternativa nessa hora seria apenas isso, tendo em mente que talvez o garoto me ajude. Ele tem uma arma afinal. Porém, eu também tenho uma, e não poderia me esquecer dela. Enquanto tento me esquivar deles, iria, no mínimo, buscar alguma abertura para conseguir dar um tiro a queima roupa neles. Algo que eles não poderiam escapar, e que de preferência, conseguiria derrubar um deles, ao menos.

Com o plano quase completo, eu finalmente terminaria de atraí-los para a armadilha. Uma última chance de conseguir vencê-Los. Assim que eu conseguisse trazê-Los para a armadilha, eles provavelmente tentariam mais alguma coisa, e com isso, iria disparar pelo menos um último tiro, que poderia derrubar um deles, ou ao menos, acalmar um deles. Tudo o que preciso é contar com a sorte.

Objetivos:
 
— viking age

____________________________________________________

Ficha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




O Canto da Justiça - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Canto da Justiça
Voltar ao Topo 
Página 3 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Shells Town-
Ir para: