One Piece RPG
O Canto da Justiça XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Kit - Garou]
O Canto da Justiça Emptypor Ainz Hoje à(s) 12:06

» V - Into The Void
O Canto da Justiça Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 11:03

» Mini - DanJo
O Canto da Justiça Emptypor DanJo Hoje à(s) 02:51

» Crisbella Rhode
O Canto da Justiça Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 02:48

» A Aparição de Mais Um Meio a Tantos
O Canto da Justiça Emptypor Wave Hoje à(s) 00:53

» O vagabundo e o aleijado
O Canto da Justiça Emptypor Ghastz Hoje à(s) 00:40

» Mini Aventura - Agyo Shitenno
O Canto da Justiça Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:16

» O Legado Bitencourt Act I
O Canto da Justiça Emptypor Faktor Ontem à(s) 22:16

» Apenas UMA Aventura
O Canto da Justiça Emptypor Van Ontem à(s) 17:49

» Bellamy Navarro
O Canto da Justiça Emptypor Greny Ontem à(s) 12:43

» Unbreakable
O Canto da Justiça Emptypor Ainz Ontem à(s) 11:55

» (Mini) Gyatho
O Canto da Justiça Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 01:02

» (MEP) Gyatho
O Canto da Justiça Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:55

» [MINI-Tenzin]Here we go again
O Canto da Justiça Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:53

» [M.E.P]Tenzin
O Canto da Justiça Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:43

» [Extra] — Elicia's Diary
O Canto da Justiça Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 00:27

» M.E.P DanJo
O Canto da Justiça Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:27

» Mini Aventura - No Mercy
O Canto da Justiça Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:20

» [Mini-Rosinante-san] O homem que quer ser livre
O Canto da Justiça Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:15

» Retornando para a aventura
O Canto da Justiça Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:13



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 O Canto da Justiça

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : O Canto da Justiça 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 5ª Rota - Pindorama

O Canto da Justiça Empty
MensagemAssunto: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça EmptyTer 05 Jul 2016, 14:47

O Canto da Justiça

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Ellen Merody. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Buki
Civil
Civil
Buki

Créditos : Zero
Warn : O Canto da Justiça 4010
Masculino Data de inscrição : 15/10/2015
Idade : 16
Localização : Shells Town

O Canto da Justiça Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça EmptyTer 05 Jul 2016, 17:11

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Eu, enfim, acordei; acordei para a vida. Já fazia um tempo em que eu estava morando com alguns familiares, e eles, por certa influência sempre desejavam que eu saísse logo de casa, para começar uma vida como adulta, e enfim, este dia chegara. Eu ainda tinha pequenas recordações de meu pai, um marinheiro muito forte. Graças à ele, pude aprender o que é certo e errado, e finalmente era hora de honra-lo!

Como sempre, iria me acordar bem cedo, para começar minhas atividades do dia-a-dia. Desceria pelas escadas da casa onde morava e pegaria a primeira comida que visse pela frente, saindo do local em seguida. Eu estou em Shells Town, uma cidade que tem se mostrando bastante movimentada esses dias, com o surgimento de piratas e alguns novos Marines. Eu simplesmente amava aquele lugar, era a melhor cidade de todas, e ainda tinha um QG da Marinha. Era perfeito para mim. "Yosh! Finalmente chegou a hora de me alistar na Marinha!" Eu andaria pelas ruas da cidade com um sorriso estampado em meu rosto, que era acompanhado de um olhar determinado.

Eu começaria a procurar pelo QG, andando pelas ruas da cidade. Caso não ache o local começarei a pedir informação para qualquer pessoa que passar, visando achar o local

Objetivos:
 
— viking age

____________________________________________________

Ficha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sylvanas
Narrador
Narrador
Sylvanas

Créditos : 7
Warn : O Canto da Justiça 10010
Masculino Data de inscrição : 04/05/2013
Idade : 101
Localização : Elbaf

O Canto da Justiça Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça EmptySex 08 Jul 2016, 18:29

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Justiça


Após seu despertar, Ellen vestia seus sapatos que estavam ao lado de sua cama para assim descer até a porta de casa. Enquanto andava, lembrava-se de seu pai, um forte marinheiro que a motivava mesmo em pensamentos. A garota almejava ser forte como ele e trajar o uniforme da marinha. Ao passar pela cozinha na direção da porta da frente de sua casa, ela estendia seu braço até um prato onde haviam biscoitos em cima, pegando um e comendo logo em seguida.

Saindo agora da casa de sua tia, que já deveria ter saído para trabalhar, agora ela sentia o sol da manhã esquentando seu corpo, a cidade já estava em frenesi com mercadores e moradores andando de um lado para o outro e logo Ellen esboçava um sorriso, começando a caminhar na direção do Quartel General.

O Quartel não ficava muito longe, e mesmo assim Ellen sabia o caminho por isso não tardava muito até a garota chegar no local. Parando em frente a porta, ela conseguia agora ver um homem mais velho com o uniforme da marinha justo em seu corpo, e mais um jovem quase da sua idade fazendo flexões na sua frente.



Histórico:
 

Marinheiro:
 

Menino:
 

Considerações e Dicas:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Buki
Civil
Civil
Buki

Créditos : Zero
Warn : O Canto da Justiça 4010
Masculino Data de inscrição : 15/10/2015
Idade : 16
Localização : Shells Town

O Canto da Justiça Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça EmptySex 08 Jul 2016, 19:33

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Finalmente eu havia chegado no Quartel da Marinha. Aquilo era incrível, mal podia acreditar que enfim havia chegado. "Fico pensando o que meu pai diria se me visse aqui. Hihihi"

Assim que cheguei, pude observar que havia um Marine na frente do portão, e um garoto fazendo flexões. Achei normal, afinal de contas, não é qualquer um que pode entrar no QG, e os homens devem estar sempre treinando para ficarem mais fortes.

Eu logo iria me aproximar do homem que estava de "guarda" no portão, e então tentaria começar uma conversa amigável para entrar naquela construção
- Com licença, eu posso entrar no Quartel? Gostaria de me tornar uma marinheira... - eu tentaria fazer um sorriso amigável, acompanhado de um olhar determinado para conseguir passar pelo homem. Não importava o que acontecesse, eu tentaria entrar de qualquer maneira.

Assim que entrasse, iria procurar pela área de recrutamentos. Eu particularmente não conheço muito o QG, por isso ficaria perguntando para os outros soldados, onde fica o local de alistamento.

Objetivos:
 
— viking age

____________________________________________________

Ficha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sylvanas
Narrador
Narrador
Sylvanas

Créditos : 7
Warn : O Canto da Justiça 10010
Masculino Data de inscrição : 04/05/2013
Idade : 101
Localização : Elbaf

O Canto da Justiça Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça EmptySab 09 Jul 2016, 14:29

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Recrutamento 1/3


Após observar o homem mais velho e o seu aprendiz por alguns segundos, a garota via que o menino terminava suas flexões já suado e cansado, e ao olhar para ela se aproximando apenas esboçava um sorriso indicando para o mais velho que alguém chegava.

- Com licença, eu posso entrar no Quartel? Gostaria de me tornar uma marinheira...

O marinheiro se virava ainda com os braços cruzados, e com uma fala séria e um olhar de dúvida começava a falar com a loira.

- Você?... Esses jovens querem se alistar cada vez mais cedo. Bem, não tem problema, eu sou o Sargento Durin e estou cuidando da área de recrutas no momento. Se você quiser mesmo se alistar terá que passar pelos testes de recruta! Começe indo até a lavanderia, lá tem uma mulher que vai te falar o que fazer, depois disso pode voltar aqui.

Ele indicava o caminho para a loira e logo se voltava a dar ordens ao outro recruta que ainda olhava para Ellen.

- Sorrindo para a garota no meio do treinamento!? Mais 100 FLEXÕES!

Depois disso, o recruta começava novamente a se exercitar. O quartel não estava muito cheio, haviam soldados rondando de um lado para o outro em duplas e caso a menina fosse direto para a lavanderia, lá encontraria uma pilha de uniformes sujos em um canto do lugar e em outro somente um grande tanque para que a mesma lavasse, também havia sabão e esponjas caso a garota desejasse.

Se Ellen começasse a lavar a roupa indicada pelo Sargento, agora uma mulher gorda que fumava um charuto chegaria no local.

- Olá queridinha, veja se lava bem esses uniformes! Os soldados da marinha não podem andar por ai com roupas encardidas!


Histórico:
 


Considerações e Dicas:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Buki
Civil
Civil
Buki

Créditos : Zero
Warn : O Canto da Justiça 4010
Masculino Data de inscrição : 15/10/2015
Idade : 16
Localização : Shells Town

O Canto da Justiça Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça EmptyDom 10 Jul 2016, 12:26

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

O senhor me deixou passar, mas apenas para que eu fosse até a lavanderia. Eu estava um pouco pensativa, afinal de contas, uma lavanderia serve apenas para lavar as roupas, certo? Logo, deve haver alguém para fazer este trabalho, correto? Então por que ele está me mandando ir até lá? "Não pode ser...", eu pensava, enquanto caminhava para o local.

Assim que cheguei, pude observar que haviam uniformes sujos, deixados em um canto e um pouco longe destes, havia um tanque, com esponjas e sabão perto do mesmo "Não é possivel! Eles querem mesmo que eu lave esses uniformes?! Eu pensei que eu faria um teste para entrar na Marinha, mas não imaginava que fosse assim...acho que estou fazendo um teste pra virar Gata Borralheira!". Eu logo iria me abaixar e pegar a pilha de roupas, em seguida, levaria elas para perto do tanque "Será que o meu pai já passou por isso?".

- Olá queridinha, veja se lava bem esses uniformes! Os soldados da marinha não podem andar por ai com roupas encardidas! - de repente, uma gorda apareceu perto de onde eu estava. Ela fumaça um charuto e me falava algo, que mais parecia um sermão, do que uma ordem. Eu não cheguei a dar muita bola, pois sentia que se fizesse qualquer coisa, poderia dizer adeus para o meu sonho.

Eu então começaria a lavar os benditos uniformes. Pegaria um deles, e iria molhar o mesmo no tanque, em seguida iria por este em nas minhas pernas. Pegaria a esponja e colocaria o sabão sobre a mesma, aproveitando que a roupa já estaria molhada, e começaria a passar a esponja na mesma, até que ficasse limpa. Tendo tirado todo o sujo, iria por ela de volta no tanque para que tirasse o sabão, em seguida colocando a mesma para secar em qualquer lugar que achasse, e que pudesse comprir com essa função. Iria repetir o processo com todos os outros uniformes.

Assim que tivesse acabado, iria voltar até o senhor estava, e encarando ele com um olhar um pouco zangado, diria:
- Terminei o seu serviço, "meu amo". Quer que eu faça mais alguma coisa? Limpe o Quartel, alimente os animais, ou corte a grama?! - diria com um tom sarcástico

Off:
 

Objetivos:
 
— viking age

____________________________________________________

Ficha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sylvanas
Narrador
Narrador
Sylvanas

Créditos : 7
Warn : O Canto da Justiça 10010
Masculino Data de inscrição : 04/05/2013
Idade : 101
Localização : Elbaf

O Canto da Justiça Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça EmptySeg 11 Jul 2016, 15:14

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Recrutamento 2/3


Ao chegar no local, Ellen não podia acreditar que haviam lhe mandado lá para lavar roupas mas era isso mesmo, a marinha tinha que saber se os seus recrutas seguiriam as ordens que ela passasse seja ela qual for. Mesmo não aceitando de certa forma ser usada como lavadeira, a jovem começava a limpar as roupas. Enquanto ela lavava roupa por roupa, se molhando as vezes com a água usada, a gorda apenas olhava acendendo mais charutos vendo o tempo passar e a pilha de uniformes se esvaziar.

- Muito bom garotinha, realmente... Você consegue ser pior que o outro moleque que veio aqui mais cedo lavando roupas... Hahahaha, desse jeito não vai chegar no final do teste.

Após acender seu ultimo charuto, ela se levantava do banco onde estava sentada e se dirigia a outro lugar do Quartel, logo Ellen voltava a Durin que estava ainda com o moleque mais loiro que se encontrava descansando. Ao avistar Ellen, ele esperava que a mesma o avisasse que havia terminado de lavar a roupa.

- Terminei o seu serviço, "meu amo". Quer que eu faça mais alguma coisa? Limpe o Quartel, alimente os animais, ou corte a grama?!

A postura do Sargento era forte, o menino ao ouvir a fala da moça se surpreendia com sua ousadia da mesma de falar assim com o homem que estava lhe passando o teste, Durin era firme ao dar sua resposta.

- A lavadeira me alertou sobre seu desempenho ao lavar os uniformes... Você não deveria usar esse tom com um superior, mocinha... Vou te aplicar o novo teste, mas antes, já que perguntou vá até o refeitório e faça o café da manhã meu e de Vincent e traga aqui.   - O loiro atrás dele esboçava um leve sorriso que logo se cessava - - Tudo bem, depois que trazer nosso café quero que de tudo de si! Use o pátio e sua criatividade para mostrar seu desempenho físico, faça abdominais, agachamentos, corra em voltas e por fim quero que faça flexões ATÉ NÃO CONSEGUIR MAIS!... Enquanto faz os exercícios, pense em como pode ser mais respeitosa com seus superiores.

Logo após isso o Sargento e Vincent ficavam ali parados olhando para a garota esperando que ela trouxesse a comida, o refeitório não ficava muito longe e era avistado dali mesmo, existia uma fila para pegar o café da manhã em bandejas que poderiam ser levadas para os homens.

O pátio era bem grande, possuía três arvores um pouco distantes uma das outras que soltavam algumas folhas de vez em quando, agora Ellen poderia testar seu desempenho físico... Ela teria que dar tudo de si, pois a marinha nunca recrutaria alguém que não tem um bom físico.

Histórico:
 

Considerações e Dicas:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Buki
Civil
Civil
Buki

Créditos : Zero
Warn : O Canto da Justiça 4010
Masculino Data de inscrição : 15/10/2015
Idade : 16
Localização : Shells Town

O Canto da Justiça Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça EmptyTer 12 Jul 2016, 21:43

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Já esperava uma resposta um pouco arrogante vindo da parte do tal senhor. "Não tenho certeza do que ele é, mas pelo jeito que fala, deve ser um Sargento"

Enquanto ele falava comigo, eu mantinha minha cabeça abaixada, apenas ouvindo a bronca, como eu realmente merecia, depois daquela resposta. No entanto, algo voltava a me deixar um pouco irritada. O homem mantinha a ideia de me fazer de sua empregada pessoal, e agora mandava eu ir fazer o café da manhã dele

- Certo, senhor! Trarei o café da manhã! Também irei me esforçar com os exercícios! - falaria, com um tom de determinação. Não podia deixar a chance de entrar na Marinha passar, e com toda certeza, se não obedecer este homem, jamais serei aceita.

Assim que chegasse no refeitório, iria entrar na fila para pegar as bandejas. Eu ainda ficaria olhando para todos ali, tentando tirar certas conclusões sobre as pessoas. Graças ao tempo que ficaria ali, e pelo minha localização, ficarei olhando ao redor, e visando ver o máximo que podia do Quartel, gravando todos os lugares para futuros serviços. Eu ainda tentaria tirar algumas palavras do Marine que estivesse a minha frente, começando uma conversa para passar o tempo mais rápido.

Logo que chegasse ao final da fila, tentaria convencer o responsável à me dar duas bandejas
- Com licença. O Sargento pediu para pegar duas bandejas, uma para ele e outra para um recruta - iria ser o mais amigável possivel.

Logo que pegasse as bandejas, levaria as mesmas para o Sargento e Vincent.
- Eu prefiro muito mais fazer minha própria comida, mas acho que não iria abraçar muito - assim que terminasse minhas desculpas, iria para o pátio.

O pátio era um local um pouco interessante. Ele era grande, e tinha algumas árvores. Era um bom local para treinar, e esse era meu objetivo ali. O possivel Sargento havia me mandado exercitar ao máximo, até que não fosse capaz de ficar de pé, mas eu não gostei muito da ideia. Não vejo motivos para um Marine mostrar seu físico, afinal de contas, a maioria dos atiradores mal tem físico. De qualquer forma, eu tinha que fazer isso.

Começarei meu treinamento fazendo polichinelo, e alguns alongamentos. Eu precisava esquentar um pouco, por isso, faria cerca de 100 polichinelos. E quanto aos alongamentos, começaria segurando meu braço e botando atrás da cabeça, apertando o cotovelo com força, forçando o braço a esticar mais, deixando assim por 10 segundos. Faria isso nos dois braços, e em seguida começaria o exercícios nas pernas. Iria levantar a perna o máximo possivel, sem estica-lá, e faria algo como um abraço, com toda a força, apertando o joelho, por 10 segundos. Assim como os braços, faria a mesma coisa com as duas coisas.

Logo que terminasse as "preliminares", começaria a correr pelo pátio. Iria correr em volta dele, em círculos, por aproximadamente 12 minutos. Em seguida, começaria a correr em ziguezague, como se fosse para desviar de algo. Faria da mesma forma com as fintas, mas usaria as árvores, desviando das mesmas com fintas. Em seguida, tentaria fazer algumas acrobacias básicas, que qualquer pessoa é capaz de fazer, como o famoso "aú", dando algumas cambalhotas.

Agora, era hora de começar a fazer exercícios mais comuns, para os braços e pernas. Começaria me deitando no chão, e fazendo diversos abdominais, até não ser mais capaz. Eu ainda pretendia fazer elas em alta velocidade, para que assim pudesse terminar os exercícios mais rápidos e de forma mais eficiente possivel. Deixando as abdominais de lado, começaria os agachamentos. Iria me levantar e então abriria as pernas, começando a me agachados em seguida, deixando os joelhos dobrados e depois esticando as pernas, voltando a ficar de pé. Esse é o exercício que eu mais gosto, e apesar de ter que fazer cerca de 20 minutos, faria apenas 5.

Depois de terminar todos os exercícios, iria forçar minhas pernas à andar, depois de todos aquele treinamento, indo até o Sargento
- Pronto. Quer que faça mais alguma coisa, senhor?

Off:
 

Objetivos:
 
— viking age

____________________________________________________

Ficha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sylvanas
Narrador
Narrador
Sylvanas

Créditos : 7
Warn : O Canto da Justiça 10010
Masculino Data de inscrição : 04/05/2013
Idade : 101
Localização : Elbaf

O Canto da Justiça Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça EmptyQua 13 Jul 2016, 13:11

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Recrutamento 3/3


Após abaixar a cabeça aceitando as ordens do sargento, Ellen dizia algumas palavras e ia até o refeitório.

Observando a sua volta, a garota podia perceber muitos soldados na fila e sentados nos bancos ao comer o café da manhã, alguns trajavam o uniforme da marinha, já outros estavam somente com a parte de baixo do uniforme e uma camisa comum na parte de cima. Entrando na fila, a garota começava a esperar sua vez que logo chegava.

- Com licença. O Sargento pediu para pegar duas bandejas, uma para ele e outra para um recruta

O soldado que estava atendendo no refeitório foi até o balcão por trás dele que era protegido por um vidro para manter a higiene da comida e abrindo o mesmo ele pegou duas bandejas, uma delas continha o nome de Durin e era duas vezes maior que a refeição normal do recruta.

- Aqui está... - Dizia entregando as bandejas a garota que levava ao Sargento e a Vincent.

Olhando para Ellen, o sargento mantinha sua pose ereta e serena mesmo sentado em uma das muretas baixas do quartel junto a Vincent que estava completamente largado que só se punha em uma pose direita quando a garota chegava mais perto

- Eu prefiro muito mais fazer minha própria comida, mas acho que não iria abraçar muito. - A fala da garota quase não era ouvida pelos dois que começavam a comer os pães e beber o café rapidamente, o Sargento apenas olhava para Ellen após dar as primeiras mordidas indicando com a cabeça para ela ir até o pátio.

O clima era agradável para se fazer exercícios, como ainda era de manhã o sol não estava tão forte e os muros e construções dentro do quartel, além das árvores, davam um ambiente sombreado e bom para qualquer coisa que você fosse fazer.

Ellen começava os exercícios, enquanto ela se alongava para inicia-los o sol começava a subir pelo muro do quartel. O vento soprava e derrubava mais algumas folhas das árvores até que a garota começava realmente a se exercitar, cumprindo o pedido de Durin, a garota não descansava entre os mesmos e não parava nem mesmo para tomar um gole d'água.

Durante os exercícios, Ellen podia sentir seus músculos sendo levados ao máximo de seu desempenho. Principalmente suas pernas doíam enquanto ela fazia agachamentos e corria incessantemente pelo quartel. O Sargento apenas olhava com seriedade enquanto Vincent a olhava com um sorriso no canto da boca.

- Vamos garota... A marinha precisa de pessoas fortes! Os piratas não vão querer saber no que você é boa ou não, eles vão vir para te matar e nesse momento você terá que ser boa em tudo que faz se quiser ficar viva! - O Sargento falava em um tom alto enquanto Ellen fazia os exercícios.

Após Ellen terminar, ela ia até Durin com suas pernas doloridas e uma voz ofegante.

- Pronto. Quer que faça mais alguma coisa, senhor? - Dessa vez sua voz não tinha um tom estranho, e mesmo estando ofegante a garota mantinha a seriedade ao falar com Durin.

O Sargento se levantava e logo começava a falar enquanto preparava Vincent.

- Vi que você podia ter dado muito mais de si garota... Não fez pois não quis, descanse durante meia-hora, coma um pouco se quiser e depois venha novamente ao pátio. - Ele suspirava e olhava para o loiro ao seu lado. - - Você e Vincent lutarão contra mim, vocês dois poderão pegar uma arma na sala de armas do Quartel, Vincent te guiará para la se quiser... Eu estarei aqui esperando.

O Sargento se sentava perto de uma das árvores, e agora Vincent ia até a garota estendendo sua mão.

- Eae tudo bem?, Você já sabe meu nome mas então eu queria saber o seu... Então, que arma você usa pra lutar?

Agora a jovem poderia se alimentar, descansar e se preparar para investir contra o Sargento quando os dois recrutas estivessem prontos. Durin estava sentando meditando em frente a árvore mais grossa do pátio, de olhos fechados talvez ele fosse uma presa fácil para a investida dos recrutas.


Histórico:
 

Considerações e Dicas:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Buki
Civil
Civil
Buki

Créditos : Zero
Warn : O Canto da Justiça 4010
Masculino Data de inscrição : 15/10/2015
Idade : 16
Localização : Shells Town

O Canto da Justiça Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça EmptyQua 13 Jul 2016, 20:14

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Mesmo tendo me esforçado, o Sargento ainda não estava satisfeito e voltou a me dar uma bronca. "Não sei dizer se ele está confiante em minhas habilidades, e acha que eu tenho futuro, ou apenas quer me humilhar"

Depois de ouvir o que o homem tinha para falar, eu sai andando, irritada. Mesmo que eu tentasse, ainda parecia que entra na Marinha estava fora de cogitação, mas mesmo assim eu não podia deixar isso me abalar! "Meu pai também passou por isso! Vamos, Ellen! Se anime!", não demorei e logo ergui minha cabeça, tudo o que eu tinha era determinação.

- Eae tudo bem?, Você já sabe meu nome mas então eu queria saber o seu... Então, que arma você usa pra lutar?
- eu mal me virava, e aquele recruta estava em minha frente, estendendo sua mão. Ele parecia querer ser amigável comigo, algo que me deixou um pouco feliz, arrancando um pequeno sorriso - Oi. Meu nome é Ellen, muito prazer! - também estenderia minha mão e iria apertar a mão do garoto, fortemente, largando logo em seguida - Bem. Eu costumo usar armas de fogo...pistolas, basicamente... - depois de minha pequena apresentação, eu iria começar a andar pelo Quartel. Caso o recruta não estivesse me acompanhando, diria para ele, com um sorriso: - O que você está esperando? Você quem deve me apresentar o lugar!

Eu iria acompanhar o recurta, indo até a sala de armas. Assim que chegasse no local, procuraria por todo a sala, até encontrar uma pistola e alguns cartuchos de balas. Ainda iria olhar o local por completo, caçando qualquer outra coisa que pudesse vir a me ajudar no combate. "Droga. Como eu vou fazer isso?! Ele é um Sargento. Além disso, armas de fogo são mortais, e acho que talvez, ele possa morrer...". Eu estaria pensativa. Não tinha como escapar dessa situação apenas conversando, infelizmente, teria de lutar com todas as minhas habilidades, e deixar meu lado pacifista de lado.

Depois de pegar a arma, iria esconder a mesma, para não chamar muita atenção. Logo em seguida, iria procurar por um lugar onde eu pudesse relaxar e descansar. Eu tinha que pensar numa estratégia para combater o Sargento.

Depois de relaxar, caminharia até onde o Sargento estava, ao lado do recruta. Ele provavelmente ainda estaria meditando, algo que eu poderia aproveitar.
- Eu não sei o que esperar dele, mas sinto que por ser um Sargento, nem mesmo nós dois seremos capazes de derrota-lo. - eu diria para o garoto, um pouco desapontada, mas ainda assim iria erguer minha cabeça, e meu olhar determinado tomaria conta de meu rosto - Eu tenho uma pequena estratégia. Ele com certeza espera que vamos atacar enquanto ele está meditando, mas isso não vai ser problema. Eu não tenho experiência com combates corpo-a-corpo, por isso, quero que você avance contra ele. Você ficará distraindo ele, enquanto eu tentarei atingi-lo de alguma forma. Espero que tenha ficado claro...enfim, vamos lá!

Eu pegaria minha arma, fazendo questão observar a mesma e garantir que ela estivesse carregada, pronta para o combate. Logo em seguida, iria mirar na perna do Sargento, atirando logo em seguida. Eu tinha quase certeza de que ele iria desviar, mas eu estaria pronta para isso. Assim que ele o fizesse, iria fazer um sinal com a mão para Vincent avançar.

Logo que o recurta avançasse, eu iria me afastar um pouco, ficando à uma distância segura para não ter que desviar de qualquer ataque do Sargento. Assim que o fizesse, ficaria atenta para quando fosse possível desferir um tiro, que não atingisse o recruta.

Logo que disparasse pela segunda vez, correria na direção do Marine. Mesmo que eu não pudesse fazer muito, tentaria correr na direção do Sargento, desviando de seus ataques. Caso ele atacasse com socos, iria desviar com fintas, e até mesmo me agachando. Se ele me atacar com chutes, farei pulos para trás, visando ter uma certa defesa. Logo que pudesse, iria desferir um último tiro, na direção da perna do Sargento, para que pudesse acabar com sua mobilidade. Me afastando, em seguida.

Objetivos:
 
— viking age

____________________________________________________

Ficha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




O Canto da Justiça Empty
MensagemAssunto: Re: O Canto da Justiça   O Canto da Justiça Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Canto da Justiça
Voltar ao Topo 
Página 1 de 4Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Shells Town-
Ir para: