One Piece RPG
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [MEP] Cachorros da Dor
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor Dogsofain Hoje à(s) 16:30

» [Mini-Archer James] Cachorros da Dor
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor Dogsofain Hoje à(s) 16:21

» Una Regazza Chiamata Pericolo
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor Muffatu Hoje à(s) 16:06

» 1º Cap: O começo de uma grande aventura
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor Muffatu Hoje à(s) 15:20

» Unidos por um propósito maior
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor Muffatu Hoje à(s) 15:10

» Busca Implacável
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor Gyatho Hoje à(s) 14:08

» [MEP - Kuroper]
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor Kuroper Hoje à(s) 12:16

» [Mini-Kuroper] Começo da Jornada
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor Kuroper Hoje à(s) 12:12

» Mini - Themis
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor Themis Hoje à(s) 11:29

» Vamos nos aventurar! Anjinhas me aguardem...
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor Pippos Hoje à(s) 10:52

» The Claw
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor Achiles Hoje à(s) 09:31

» Gregory Ross
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 08:43

» Xeque - Mate - Parte 1
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor Jacob Allan Hoje à(s) 04:19

» [LB] O Florescer de Utopia III
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 01:06

» Hello darkness my old friend...
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor Alek Hoje à(s) 01:03

» Rumo à Grand Line?
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 01:02

» The Victory Promise
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor Akise Hoje à(s) 00:00

» VI - Seek & Destroy
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:56

» What do You do For Money Honey
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor Lancelot Ontem à(s) 21:46

» O início da pesquisa.
Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Emptypor BlackHole99 Ontem à(s) 20:18



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Lvneel! A Grand Line se aproxima!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 53
Warn : Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Lvneel! A Grand Line se aproxima!   Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 EmptySeg 13 Jun 2016, 16:33

Relembrando a primeira mensagem :

Lvneel! A Grand Line se aproxima!

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) agentes Soul Kanon e Krinit Ulki. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Soul Kanon
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento


Data de inscrição : 16/10/2011

Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Lvneel! A Grand Line se aproxima!   Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 EmptyTer 05 Jul 2016, 19:34

Eu era um homem um tanto quanto alegre, diga-se de passagem, e apesar de aparentar ser um tanto sério quando se dizia a respeito da minha vida, meus objetivos, e situações perigosas com as quais tinha que lidar, dar umas boas risadas e fazer novos amigos era o eu tinha por hobbie - Hahaha. C'mon, não precisa ficar irritado. Eu só estou brincando, não há necessidade de brigas – Dizia ao ver as reações dos pacientes do quarto. - SENHOR EU NÃO SEI ONDE ESTÁ A SUA DENTADURA, MAS VOCÊ PRECISA MAIS DE UM APARELHO DE OUVIDO. ISSO É REALMENTE URGENTE HAHAHA – Falava alto para o senhor ali que não conseguia me ouvir. Eu estava feliz com a situação, de várias reclamações em relação a eu e Ulki, seguido de um silêncio que reinava ali, para um quarto que parecia ter várias crianças fazendo bagunça.

- Meu pai atirou em mim –Aquela voz que parecia estar um pouco relaxada era de uma garota que estava até então quieta, e que com o modo que falava, se revelava uma pessoa calma, principalmente por ter sido atacada por seu pai e não derramar uma lágrima, ou nem ao menos xingá-lo um pouco. Eu ficava um pouco sério com aquilo, realmente não era uma situação para se brincar, então meu sorriso de fechava um pouco, meu tom de voz aumentava, e voltava a falar conversando normalmente - Você é daqui de Lvneel mesmo? E como assim seu pai atirou em você? - Aquela era uma situação intrigante para mim. Havia saído de casa em busca do meu pai, um grande cientista que se estivesse vivo, estaria nos confins da Grand Line, um lugar que eu mal esperava para ver. "Será que quando eu encontrar o meu, ele me receberá desse modo, com tiros, e tentando me matar?" Eu franzia a testa para a menina, quando via o ferimento em sua barriga. Meu sorriso já não estava mais ali, e dava lugar a um rosto pensativo, cheio de dúvidas, e curiosidades em relação ao mundo, e ao pensar nas novas aventuras que, teria a partir dali, sentia um leve frio na barriga.

-Essa idiota matou o cara segundos depois. - O homem que anteriormente ameaçara a mim, agora entrava na conversa como se já conhecesse a garota de longa data, dando a entender que eram conhecidos ou talvez grandes amigos -Cala a boca Jonas, tu quebrou a perna porque tentou chutar uma porta de ferro! - A menina respondia, e então, uma briga começava sem eu sequer conseguir entender o porquê de tal discussão- Calma, gente. Parem com isso. Não há necessidade de brigar. - Minha cara de preocupado, enquanto esticava os braços para frente tentando sem sucesso apartar a briga, eram interrompidos por uma voz, que ao lembrar do rosto do dono de tal, me dava certos calafrios.

Um homem calvo entrava no quarto, e lembrando que ele havia entrado a noite, enfaixado a minha mão, e ninguém havia sequer percebido sua presença, davam a sensação de que se ele não fosse médico seria um homem extremamente perigoso. -Vocês não sabem se comportar como bons agentes? - Minha cara era de taxo quando ouvia aquilo. Estava literalmente de queixo caído - Agentes??? - A pergunta havia sido retórica, e enquanto meu braço era segurado pelo doutor, percebia-se uma coisa- Nossa realmente. Quase não sinto mais dor. Arghh.. – A recuperação havia sido extremamente rápida, talvez por eu ter um metabolismo acelerado, o que na verdade não importava muito - Já está recuperado, mas aviso para não fazer muito esforço ou a situação vai piorar – Acenava com a cabeça, e já virava-me para Ulki

–Certo, grandão? O que acha de irmos? - Virava-me para os dois "agentes", levantava-me da cama com a ajuda das minha mãos, e começava a andar em direção a porta. - Não sei quem são vocês, mas acho que ainda vamos nos ver por aí. E você meu amigo, quando estiver com as pernas curadas, estarei pronto para ver você tentar quebrar a minha cara. - Sairia com um sorriso no rosto, e dando um certo ar de superioridade enquanto me dirigia ao homem.  

Sairia do quarto, com provavelmente o Ulki junto comigo, e me dirigiria a ele. - Então, acho que devemos ir no QG aqui da ilha né? Provavelmente o senhor Crook deve estar esperando pela a gente – Andaria comumente, conversando com Ulki, enquanto nos dirigíamos a saída do hospital. Como de costume, buscaria observar os detalhes do local, dando ênfase em possíveis coisas que eu achasse relevante, e o faria também nas ruas da cidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://inazumaelevengo.forumaqui.com/
Ulki
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Ulki

Créditos : Zero
Warn : Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 20/04/2011
Idade : 23
Localização : Aqui

Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Lvneel! A Grand Line se aproxima!   Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 EmptyQua 06 Jul 2016, 00:14

Parecia que Krinit tinha acabado de engolir um pedaço enorme de gelo sem mastigar, e agora sua barriga estava completamente fria, ele ficou parado enquanto ia sentindo um leve nervosismo crescer dentro de si ao escutar os pacientes reclamando do barulho. Olhou para a lebre com uma feição de preocupação, em sua cabeça o pessoal dali ia expulsá-los do hospital e então tudo estaria acabado. Ele sabia que devia agir calmamente quando se tratava de outras pessoas, mas por dentro sempre um fervor de emoções se descontrolava e a lebre era quem ajudava a manter este fervor sob controle, pelo menos para que no exterior quando ele falasse com outras pessoas não ficasse muito nervoso e patético.

- Olha Krinit. Você está começando a me irritar.
- Mas.. – O rapaz olhava para a lebre tentando ser reconfortado.
- Sem mas, sem mais. Presta atenção, ninguém vai expulsar ninguém, a não ser o médico vendo essa sua cara de palerma. – Essas palavras não ajudaram muito o jovem, muito pelo contrário, elas ajudaram ele a ficar mais preocupado, desta vez com o médico, mas preferiu não dizer nada e apenas engoliu sua saliva enquanto procurava se ajeitar na cama.

Ao mover-se percebeu que sua perna estava muito melhor que antes, não precisava mais de muito cuidado, se fosse mais abusado tentaria tentar andar naquele momento, mas a cama estava mais convidativa do que o chão provavelmente gelado. Continuou sentado enquanto imaginava o que faria naquele dia e como poderia tonar ele mais proveitoso, e a resposta não podia ser mais simples, uma resposta que ele já tinha recebia no dia anterior quando olhava a lua, ele poderia aprender novas coisas.

- Você se lembra daquela mulher do navio. – Disse olhando para a lebre, o silêncio dela era uma deixa para Krinit continuar falando. - Eu tentei arrancar informações sobre ela, mas foi tudo muito falho. Preciso aprender a intimidar esse tipo de pessoa... E a fazer as perguntas certas também.
- Ótima hora para ir no QG então. – Os dois assentiram com a cabeça, até que Krinit percebeu que pessoas conversavam ao seu redor. Falavam sobre morte, até que o médico entrou na sala.

Mais uma vez o rapaz engoliu sua saliva enquanto segurava o nervosismo lembrando das palavras anteriores da lebre, ela por sua vez o ajudava a manter-se calmo e fazia com que ele conseguisse mostrar uma certa despreocupação, algo que ele ia cada vez mais aprendendo a dominar. No geral Krinit queria ser aceito por todos, principalmente aqueles que eram “bons”, porém sabia como ser “bom” não era ser santo, e cada pessoa tinha uma falha, uma hora ou outra ele iria se deparar com alguém rígido mas que tentava fazer o bem, e precisaria se controlar para não se desesperar na frente das outras pessoas, e por isso junto da lebre ia aprendendo a ser mais calmo diante de qualquer um.

Logo que ia tentar sair da cama ele escutou a voz de Kanon, ele estava chamando o pernudo para ir até o QG. Krinit assentiu com a cabeça e foi se colocando de pé, então iria começar a caminhar para sair da sala junto de Kanon, depois responderia ao seu parceiro.

- É ele deve estar. Vamos falar com ele, pegar o nosso dinheiro, e depois quero procurar alguém para me ensinar a ser mais... intimidador. – Haveria uma pequena falha na voz dele quando pronunciasse a última palavra, mas tentaria se recompor tossindo de forma forçada. Andaria então até o QG.

Spoiler:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamura
Civil
Civil
Takamura

Créditos : 3
Warn : Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 9010
Masculino Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 22

Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Lvneel! A Grand Line se aproxima!   Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 EmptyQua 06 Jul 2016, 15:17

A saida do Hospital!



Os agentes depois de conversarem decidem sair do QG, mas antes Kanon se despedia ao mesmo tempo que provocava Jonas. - O que? quem vai morrer? O velho gritava assustado achando que o boxeador tinha falado ''Vamos morrer por ai''.

O homem com a perna quebrada olhava com mais raiva do que o normal para Kanon.
-Quando eu sair, vou chutar tanto tua bunda..
Terminava de falar quando lembrava que o doutor ainda estava no local e a garota não se despedia, apenas olhava para baixo triste com a despedida de um possível amigo.

O Médico estava parado olhando para os dois com uma expressão triste no rosto -Nem me agradeceram reclamava o velho. Kanon e Ulki discutiam sobre um conhecido antigo enquanto saiam do quarto, Krinit por sua vez afirmava o que queria no momento.

Porém assim que saíram do quarto, avistaram cinco caminhos possíveis para sair do manicômio e num desses percusso acabaram por se perder. Estavam num corredor sem portas ou janelas, com rachaduras no chão e telhado e se andassem sem cuidado poderiam cair no subsolo. Atrás dos agentes uns dez metros longes podiam ver um vulto passar rapidamente e logo em seguida a mesma criatura passava rapidamente na frente.

Depois de alguns segundos não avistava mais aquele ser, um silêncio constante era encontrado no local, o sol que estava lá fora não chegava até os homens que acabavam por entrar num corredor totalmente escuro. Desde a noite passada deviam ter notado que algo estava errado nesse lugar e que pular a janela poderia ser a melhor opção.

Se o pugilista tocasse no seu corpo poderia perceber que a sua garrafa de sakê não estava mais consigo e a Lebre que estava apenas na imaginação do lutador de Taekwondo também havia desaparecido.

As opções que possuíam era limitadas, só havia dois caminhos. Um era no lado de Ulki e o outro era no lado de Soul e por causa da falta de iluminação não conseguem obter nenhuma informação, o que os Agentes farão?
Histórico de Soul Kanon:
 

Histórico de Krinit Ulki:
 

Off:
 

Off2:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ulki
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Ulki

Créditos : Zero
Warn : Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 20/04/2011
Idade : 23
Localização : Aqui

Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Lvneel! A Grand Line se aproxima!   Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 EmptyQua 06 Jul 2016, 19:55

Kanon e Krinit saiam da sala e caminhavam pelo hospital, tinham um objetivo em mente, mas aquele local dificultava as coisas. Cinco caminhos eram apresentados aos dois, e eles entravam em um dos corredores, levando-os a não saber exatamente aonde estavam indo. Krinit por sua vez permanecia calado enquanto olhava ao seu redor, procurava entender onde estava, e se perguntava se continuasse caminhando em frente encontrariam a saída, afinal de contas não podia ser tão difícil sair de um hospital, pelo menos era o que ele achava.

- Senso de direção zerada.
- E você sabe aonde devemos ir?
– Krinit falava sem olhar para a lebre, ela por sua vez encarava o jovem, logo dava de ombros enquanto fazia um estalo com a boca, ia começar a falar algo quando olhou bruscamente para trás, Krinit à acompanhou e tudo que viu era um vulto, levantou suas sobrancelhas com a surpresa, não deu muito tempo para fazer algum comentário quando percebeu que a lebre voltava a olhar para frente, olhando para outro vulto.
- Eita po... – Não terminou a frase e voltou seu olhar para lebre, ela o encarava com um ar de curiosidade também.

O corredor estava envolto em uma escuridão, Krinit em sua infância tinha desenvolvido uma maior tolerância ao escuro e conseguia enxergar melhor do que a maioria, então no meio da escuridão procurava encontrar qualquer coisa fora do comum ou que pudesse “investigar”. Então se mantinha olhando para todo lado, embaixo e em cima, para a direita e esquerda, tentando ver qualquer coisa que no mínimo indicasse o caminho fora dali ou o que ou quem era aqueles vultos.

- Sabe o que estou pensando? – Krinit esperava a resposta enquanto olhava para todo lado, demorou um tempo até ele perceber que a lebre não tinha se pronunciado. - Olha, você tem que parar com isso de não me responder, quando eu te pergunto algo você tem que falar, não importa se você já sa... – O rapaz estava incomodado e ia voltando seu olhar para direção em que a lebre estava antes, mas não a via, sua expressão de incomodado mudou para uma de preocupação, começou a olhar para todo lado novamente, desta vez procurando pela sua conselheira, passou a mão na barba e começou a se agachar, olhou por volta de Kanon, mas não via a lebre em lugar nenhum. – Ei Nada! Nada! NADAAAAAA!!! – Ele chamava pelo nome da lebre, gritava com toda sua força e começava a andar de um lado para o outro, estava entrando – se já não estivesse - em um estado de desespero. Logo começava a abaixar a cabeça e passar a mão no cabelo enquanto andava de um lado para o outro e repetia sussurrando  “O que eu vou fazer? O que eu vou fazer?”, até que levantou rapidamente sua cabeça, ia começar a correr para um dos lados do corredor mas parou quando se perguntou – O que a Nada faria? - foi aí que voltou sua atenção para Kanon.

- O que faremos? – Perguntou para seu parceiro. Ele sabia que isso não seria exatamente o que a lebre gostaria de fazer naquela situação, mas ele não tinha mais nenhuma ideia a não ser sair correndo por aqueles corredores, e correr não era a melhor coisa a se fazer naquele momento, além de que uma das coisas que sua conselheira tinha lhe ensinado era não agir por impulso, ele precisava se acalmar, e por isso se mantinha com a respiração lenta e profunda, tentando se recuperar e ficar relativamente calmo para encontrar a saída dali e quem sabe a lebre voltaria.

Escutaria o que Kanon teria a dizer e procuraria fazer as coisas de acordo com o que o seu parceiro diria. Se tivesse encontrado algo de incomum antes quando ficou olhando pelo corredor informaria o parceiro para investigarem junto o que fosse que encontrassem.
Spoiler:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Soul Kanon
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Soul Kanon

Créditos : Zero
Warn : Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 10010
Data de inscrição : 16/10/2011
Idade : 22

Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Lvneel! A Grand Line se aproxima!   Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 EmptyQui 07 Jul 2016, 15:20

-Vou estar esperando – Dava um sorriso para o homem, com uma expressão alegre, e fazendo um "joinha" com minha mão direita agora curada. Era a hora de finalmente partir dali, estava quase 100% mas, morrendo de sede e fome. Minha barriga roncava alto,  e provavelmente numa potência que até Ulki pudesse ouvir. - Droga! Não vejo a hora de sair daqui!- Passava a mão na minha barriga, como se fosse um animal e eu estivesse acalmando ela e dizendo para esperar pela comida.  - É ele deve estar. Vamos falar com ele, pegar o nosso dinheiro, e depois quero procurar alguém para me ensinar a ser mais... intimidador. – Ulki estava um tanto quanto estranho. Falando de intimidação, como se sua altura e seu corpo forte já não fosse o suficiente para botar medo em qualquer um. - Qual é grandão? Mais intimidador do que você já é? Hahahah – Dava um tapinha em suas costas de meu companheiro, tentando acalmá-lo um pouco. Dali em diante, andávamos pelos corredores do hospital, apesar que pouco tempo depois eu começaria a duvidar se aquilo ali era realmente um.

O lugar onde fomos parar em alguns minutos de caminhada era um local que eu realmente não esperava encontrar num hospital. Era totalmente escuro, sem iluminação, janelas, onde literalmente, a luz do sol não chegava . - O que foi isso??- Virava-me para trás, sendo incrivelmente surpreendido por um vulto que passava ali. Um outro logo passava a nossa frente, me colocando em alerta.  – Ei Nada! Nada! NADAAAAAA!!! –  Ulki começava a gritar palavras aleatórias em meio a toda aquela situação, como se tivesse ficado louco. - Ei Ulki! O que foi?? O que aconteceu? - Tentava entender aquilo. "Será que esse lugar tem alguma magia? Talvez uma akuma no mi? Todos aqui pareciam uns loucos, e agora Ulki também?!" Pensava.

Meu parceiro se acalmava por hora, talvez depois devêssemos conversar sobre esse lugar e o que havia acontecido para tal desespero momentâneo, mas a primeira coisa que tinhámos que fazer era sair daquele lugar vivo – Certo, Ulki! Que bom que se acalmou. Precisamos sair daqui. Como está muito escuro, vamos nos encostar na parede e tentar andar encostados, assim se formos atacados a única forma de ser, será pela frente – Naquele momento eu estava sério, totalmente. Minha expressão era fechada, e observadora, não dava um sorriso no rosto e só pensava em sair dali. Seria a primeira vez que em menos de dois dias, enfrentara duas situações com risco de vida.

Tentaria andar para a direita por alguns metros com minhas mãos a frente do meu corpo para caso houvesse alguma coisa, minha mão fosse a primeira a sentir. Como era um corredor, a distância entre as paredes da esquerda e da direita não deveriam ser grandes, portanto deveria ser rápido para eu chegar a encontrar algo para me encostar. Havia um caminho para a direita, portanto seguiríamos por ali. Caso conseguisse fazer o que eu queria. Ficaria com as costas na parede, olhando para a frente, e esperando Ulki fazer o mesmo. - Ótimo, vamos! - Então tentaria seguir me arrastando pela parede, aos poucos e com cuidado, buscando passar minha mão na parede a cada passo que eu desse para que pudesse sentir qualquer coisa estranha que pudesse aparecer. O mesmo funcionaria com os pés, tentaria passá-los os também no chão, buscando evitar buracos, coisas "macabras" e estranhas.  

Caso encontrasse algum obstáculo em algum momento, desde a ir me encostar na parede até mesmo enquanto andasse pela parede, também buscaria parar e investigar melhor o que havia ali, passando a mão ou os pés com cuidado. Caso, em algum momento já na parede, percebesse que poderia vir a ser atacado, rapidamente tentaria me virar totalmente de costas para a parede, me colocaria em posição de luta, com minhas mão em frente ao meu rosto, e olhando para um lado e para o outro, tentando prever o ataque. Caso fosse, realmente, atacado, tentaria desviar dele, com movimentos rápidos para o lado contrário ao de Ulki para não trombar, ou me abaixando, e também tentaria revidar com um forte soco de esquerda ou direita, dependendo a situação.  

De qualquer forma, meu objetivo era primeiro sobreviver e depois sair o mais rápido possível dali.
OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

"Nunca Julgue alguém por sua aparência. Julgue-o por suas atitudes"

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://inazumaelevengo.forumaqui.com/
Takamura
Civil
Civil
Takamura

Créditos : 3
Warn : Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 9010
Masculino Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 22

Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Lvneel! A Grand Line se aproxima!   Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 EmptySex 08 Jul 2016, 08:41

O hospital amaldiçoado?!



Os dois agentes se encontravam em perigo e com o sumiço de seu amigo imaginário,Ulki se desespera. A procura do lutador de Taekwondo era completamente inútil uma vez que não encontrava a lebre em lugar nenhum, enquanto isso Kanon tentava acalmar seu parceiro.

Krinit andava de um lado ao outro com duvidas em sua mente até que em meio ao desespero finalmente lembra da presença de Soul que logo coloca uma estrategia em pratica, os dois se posicionam na parede encostados. O boxeador deixava sua mão mais a frente para caso houvesse algo diferente.

Se passaram algumas horas andando e se olharem em volta conseguem ver que não saíram do lugar, os dois agentes estavam completamente exaustos e com mais um passo que davam parecia que a parede desapareceu uma vez que os dois caiam deitados no chão.

Quando levantassem a cabeça podem ver que estavam em uma sala aonde uma lampada que estava acima ficava piscando e a cada piscada aparecia uma sombra ao redor dos dois, até chegar num ponto em que estivessem completamente cercados por uns dez vultos.

Graças as caminhadas em círculos que percorreram, os dois estavam cansados até mesmo para levantar. O que os agentes farão?
Histórico de Soul Kanon:
 

Histórico de Krinit Ulki:
 

Off:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Soul Kanon
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Soul Kanon

Créditos : Zero
Warn : Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 10010
Data de inscrição : 16/10/2011
Idade : 22

Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Lvneel! A Grand Line se aproxima!   Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 EmptyDom 10 Jul 2016, 20:30

O lugar estava escuro e parecia muito perigoso, o que diriam que você seria louco se falasse que aquilo era um hospital. Apesar de tudo aquilo, vultos passando, a luminosidade quase nula, e Ulki se desesperando por algo que nem mesmo eu sabia, eu tentava imaginar alguma estratégia. Provavelmente havia uma saída daquele lugar, e iríamos achá-la. Tomei as rédeas da situação, acalmando meu companheiro, e conduzindo-nos a parede mais próxima. Não havia nada de estranho em nosso caminho, e então começávamos a andar encostados nela, tomando todos os cuidados possíveis e preparados para quaisquer eventualidades.

O que parecia que passaria rápido, começava a demorar, e minha calma ia se esgotando, assim como minha energia, enquanto minha concentração diminuía conforme o tempo passava. "Droga! Acho que estamos andando em círculos" Eu estava realmente um tanto quanto abatido. Minha mente estava quase esgotada, e meu corpo aos poucos ia se cansando depois de horas de caminhada. - Arfff arfff – Eu ofegava, até que finalmente caía no chão. Esticava os braços no chão, procurando descansar um pouco, enquanto olhava para o teto. Ulki parecia estar na mesma – Acho que andamos horas em círculos. Se formos atacados agora, dificilmente conseguiremos lutar – A situação era crítica, e se aqueles vultos voltassem? Não queria nem pensar nisso.  

Ao cair no chão e observar o que estava acima de mim, percebia uma lâmpada "acesa" que ficava piscando toda hora. Qualquer um, depois de ficar preso e andando por horas, e sentindo como se estivesse sendo cercado por coisas que ele nem sabia o que era, ficaria extremamente apavorado, o que não era o meu caso. Mas poderia ser o daquele ao meu lado – Mas de qualquer forma, fique calmo Ulki – O que antes não era para se preocupar, começava a me assustar lentamente. A cada piscada da lâmpada, um vulto aparecia ao nosso redor. Depois de alguns segundos, eles paravam de aparecer, totalizando 10 deles. Meu corpo estava extremamente cansado para levantar, e ver quem eram, mas eu tentava fazê-lo, em movimento involuntários de sobrevivência.

-Quem são vocês? E o que é esse lugar? - Aquele cenário de filme de terror, me aterrorizava por dentro, mas devido a minha experiência, não transparecia em minha voz. Ela era calma, e séria. Perguntava como se exigisse uma resposta, mas no fundo, não sabia se a teria. Nesse momento, tentaria não me levantar totalmente, mas, sim,  sentar com as pernas cruzadas, buscando também ver os verdadeiros rostos das coisas que estavam ali. Buscaria, caso fosse possível, olhar em seus olhos. "Droga, não posso fazer nada, além de tentar conversar com eles. Meu corpo já não me obedece mais" Eu estava um tanto nervoso com a minha incapacidade de sair daquilo ali, e também de ter tomado a ação errada de andar encostado na parede e não ter percebido antes que estávamos andando em círculos. Porém, isso não era transmitido pelo meu rosto nem pela minha voz, já que por sorte, eu sabia consideravelmente controlá-los e disfarçá-los. Era uma das habilidades que eu tinha, e que agradecia por tê-las ali.
OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

"Nunca Julgue alguém por sua aparência. Julgue-o por suas atitudes"

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://inazumaelevengo.forumaqui.com/
Ulki
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Ulki

Créditos : Zero
Warn : Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 20/04/2011
Idade : 23
Localização : Aqui

Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Lvneel! A Grand Line se aproxima!   Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 EmptySeg 11 Jul 2016, 00:13

Kanon dá a ideia de caminharem se encostando pelas paredes e usando suas mãos para saberem se poderiam continuar em frente. Logo os dois estavam botando o plano em prática. Krinit por sua vez achava que aquilo poderia ser útil, ficava aliviado ao saber que Kanon tinha uma leve ideia de como sair dali e que logo estariam fora daquele pesadelo negro. O rapaz enquanto caminhava pela parede ia começar a falar quando se lembrou de que sua conselheira não estava mais ali, ela tinha sumido a um tempo, algo incomum, e ele culpava aquele lugar, fazendo com que sua esperança de rever a lebre estivesse dividida entre sair daquele local ou encontrar a pessoa responsável por aquilo, se é que tinha alguém por trás do sumiço da lebre. Ele voltava a ficar um pouco mais nervoso, mas procurava se controlar para não cometer nenhum erro, naquele momento não poderia se desgrudar de Kanon, os dois deviam se manter juntos no escuro para que nada saísse do controle, por mais que o controle ali fosse mínimo.

Os dois estavam à um tempo andando sem parar, parecia que estavam dando voltas, ou que tinha um labirinto no meio do hospital. Logo os dois não aguentavam mais e caíam sem forças para se levantarem. Krinit ficava ofegante, rangia os dentes de raiva e tentava virar seu corpo de modo que ficasse de barriga para cima, olhando para o teto – ou o que ele achava ser o local onde o teto supostamente deveria estar - e pensando em como eles chegaram ali, já não sabia mais como voltar para o ponto inicial, tudo estava ficando confuso em sua cabeça. Kanon por sua vez começava a falar e o pernudo apenas assentia com a cabeça, logo percebeu que não era possível ser enxergado o movimento que ele estava fazendo e trocou o assentir por um curto “hmm”, sem abrir a boca apenas fazendo o som com a garganta.

Krinit notava que uma lâmpada não parava de piscar, e em seguida ele começava mover sua cabeça para saber o que estava ao seu redor, notava então que dez silhuetas estavam paradas cercando os dois, ia falar com Kanon mas pressentia que o seu parceiro já estava sabendo o que estava acontecendo. Ao ver as silhuetas o rapaz logo os assimilava com o sumiço da lebre, a vontade dele era se levantar do chão e ir fazendo perguntas para cada uma das coisas que estavam ali, porém não se mexia e parava de olhar para o que estava ao redor deles, tudo que procurava era manter a calma e se ajeitar. Ele iria tentar se esforçar para ficar sentado encostando-se à parede mais próxima, caso não conseguisse se manteria deitado no chão, mas atento às silhuetas. Tentaria então ver se a lebre estaria entre os vultos, o que ele achava improvável, em seguida procuraria identificar melhor o que eram aquelas coisas forçando sua visão. Escutaria Kanon falar e esperaria para as coisas terem alguma reação, sempre tentando manter a calma diante daquela situação.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamura
Civil
Civil
Takamura

Créditos : 3
Warn : Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 9010
Masculino Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 22

Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Lvneel! A Grand Line se aproxima!   Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 EmptySeg 11 Jul 2016, 09:31

A morte dos agentes!



Kanon começa a se sentir em pânico devido a situação, mas por causa da sua experiência mantém a calma, ele decide sentar no chão com as pernas cruzadas. Como última escolha do boxeador, tenta conversar com os vulto e todavia fica no vácuo.

Enquanto isso Ulki estava completamente desesperado, a ponto de não conseguir falar uma palavra sequer. Mas sem se preocupar consigo mesmo, olha para os lados a procura de sua tão amável amiga, contudo não encontra nada. E assim como o seu parceiro consegue controlar=se, todavia ainda estava em choque devido ao sumiço da lebre.

Os vultos não respondiam as perguntas e apenas se aproximavam, a cada passo que davam tudo ficava mais escuro. Quando se aproximaram o suficiente, os dois rapazes receberam um tiro em respectivas cabeças, assim que seus corpos cairão no chão consequentemente casou uma poça de sangue em volta dos crânios dos mesmo. Eles podiam ver a sua vida passando a cada segundo que demorava para finalmente tocar no chão.

Numa piscada de olhos, aquela escuridão havia sumido e se eles olhassem em volta podem notar que Kanon estava deitado na cama e Ulki sentado em outra.-Como foi a experiência? O velho olhava com um sorriso maléfico para os agentes, a ruiva e o lutador de taekwondo estavam do lado do mesmo.

-Para quem paga de machão, não passa de um bebe chorão haha O homem ria da cara dos dois, principalmente de Soul. A ruiva estava com o rosto virado para Krinit e o pugilista com uma mão na boca tentando evitar de gargalhar, contudo não aguentava e uma risada muito alto dava para ouvir. O que os agentes farão?
Histórico de Soul Kanon:
 

Histórico de Krinit Ulki:
 
Off:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Soul Kanon
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Soul Kanon

Créditos : Zero
Warn : Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 10010
Data de inscrição : 16/10/2011
Idade : 22

Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Lvneel! A Grand Line se aproxima!   Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 EmptySeg 11 Jul 2016, 19:56

Num piscar de olhos, tudo o meu redor desaparecia, e dava lugar que a uma sala eu estava um tanto quanto familiarizado. Da escuridão, para um mar de sangue, e em seguida para uma cama, com várias pessoas nos observando e rindo da nossa cara. Era dessa forma que eu definia tal viagem inexplicável.

Tudo estava indo tão mal. A pressão estava me apertando, o medo começava a me destruir por dentro, e a minha razão tentava manter a calma. No meio daquelas 10 coisas, que eu sequer conseguia ver se eram humanos, animais, tritões, ou qualquer outro tipo de ser vivo, meu coração palpitava rápido. O medo realmente me afligia, mas diferente da situação que passara no navio, aquilo me machucava pois, eu morreria sem pelo menos saber o que estava acontecendo ou o porque daquilo ali. Uma situação totalmente indecifrável.

O que eu temia acontecera. Tentava falar com os tais vultos, que sequer pareciam abrir a boca com a intenção de responder. Conforme eles se aproximavam de mim, a minha calma se dispersava, e um rosto aterrorizado tomava conta de mim. Aquilo era o verdadeiro medo da morte. Tiros eram disparados, e um mar vermelho de sangue se via em meus olhos. Minha consciência diminuía em questões de segundos, já que como diziam, demoram-se alguns segundos para realmente esta morrer, e desaparecer por completo. Meu crânio batia fortemente no chão, e já não se sentia mais dor. Apenas a morte.

De um mar vermelho, para uma sala extremamente iluminada. Meus olhos até tinham dificuldade ao abrir, ainda se acostumando com a claridade. Olhava para o teto, e reconhecia que ainda eram os do hospital. Passava minhas mãos sobre meus olhos, coçando-os, enquanto ardiam pela luz que impregnava o lugar.  -Como foi a experiência?  - Uma voz conhecida falava aquilo. Levemente levantava meu tronco, com a ajuda de meus braços ao se apoiarem na cama. Dava mais uma coçada no olho, e percebia o velho calvo das histórias de terror para crianças. - Argh- Dava uma gemida, ainda pelo ardido de meus olhos. -Para quem paga de machão, não passa de um bebe chorão. Haha!- O homem que havia me ameaçado ria de minha cara, assim como a tal menina paranoica. - O que aconteceu, afinal? - Perguntava esperando uma resposta de quem quer que fosse, muito provavelmente do doutor – Como é que isso foi possível? - A única coisa que eu buscava era uma resposta para tudo aquilo. Já não entendia mais nada, mas o que importava naquele momento, era que o pesadelo havia passado, e o perigo e o medo já não mais me aterrorizavam. "Não estou entendendo nada! Mas pelo menos não estou morto! " Olhava para Ulki para observar seu rosto, se ainda estava desesperado. "E do que raios aquele cara está falando?! Quero ver ele me chamar de bêbe chorão quando estiver de joelhos aos meu pés." 

Não buscaria fazer nada, queria entender mais sobre aquilo e o que havia acontecido, talvez houvesse algo que me interessasse naquilo ali.
OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

"Nunca Julgue alguém por sua aparência. Julgue-o por suas atitudes"

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://inazumaelevengo.forumaqui.com/
Ulki
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Ulki

Créditos : Zero
Warn : Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 20/04/2011
Idade : 23
Localização : Aqui

Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Lvneel! A Grand Line se aproxima!   Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 EmptySeg 11 Jul 2016, 22:18

Os vultos iam se aproximando dos agentes. Eles mantinham-se em silêncio o que tornava tudo muito mais assustador. Krinit ia se encolhendo e olhava para cada uma das silhuetas, logo ia começando a ranger os dentes entrando aos poucos em um estado de fúria, não queria morrer ali e principalmente, não queria perecer sem sua companheira, a única que o entendia e estava sempre do seu lado, pelo menos estava antes. Ele se via pensando no que aconteceria com ele, se iria realmente morrer ou se os dois seriam levados para algum lugar e por alguma sorte conseguiriam se safar, ou se uma bomba iria destruir tudo aquilo e seriam salvos por algum tipo de super agente. Todas as possibilidades passavam por sua cabeça, até mais as mais improváveis e estúpidas, logo notou que não adiantava ter esperanças, aquele era o momento que em que deveria aceitar o seu destino não poderia fazer nada a não ser esperar pelo fim. E ele chegou, respirou fundo, recebeu um tiro na cabeça e caiu no chão, seu parceiro teve o mesmo fim.

Seus olhos abriram rapidamente, quase que ao mesmo tempo inspirou profundamente e depois soltou o ar lentamente, olhava para o teto da sala de hospital e em seguida olhou para o lado e viu que Kanon também tinha “despertado”, esboçou um leve sorriso. Sentia um alívio dentro de si, no final das contas aquilo não era real, ou seja, a lebre ainda poderia estar por ali, e ele queria falar com ela, contar tudo o que aconteceu e por isso começou a olhar ao seu redor procurando por sua conselheira. Sua busca foi interrompida quando ouviu as vozes das pessoas ao redor. Aquilo não passava de uma brincadeira pelo que parecia, o que o deixava levemente irritado, virou seu rosto para Kanon e lançou um olhar de]”a culpa é sua”, pois aparentemente era ele quem tinha provocado aquelas pessoas.

- Malditos bruxos. – Sussurrou de cabeça baixa, logo ergueu sua cabeça e olhou para a menina que estava com o rosto virado em sua direção, fez uma expressão de confuso e olhou para o velho. -O que vocês querem de nós? – Procurava manter a maior calma possível em sua voz, por mais difícil que fosse não queria transparecer nenhuma emoção por conta do que tinha vivenciado. Esperaria então aquelas pessoas responderem a pergunta de Kanon e a dele, além de fica em alerta para ver a lebre.
Spoiler:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Lvneel! A Grand Line se aproxima!   Lvneel! A Grand Line se aproxima! - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Lvneel! A Grand Line se aproxima!
Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Lvneel Kingdom-
Ir para: