One Piece RPG
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Enuma Elish
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 17:09

» A inconsistência do Mágico
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 16:34

» Mep-Ruriel
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor Ruriel o Ruivo Hoje à(s) 16:28

» [Mini-Ruriel]
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor Ruriel o Ruivo Hoje à(s) 16:24

» O Regresso do Anjo Torto
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor DanJo Hoje à(s) 15:18

» Meu nome é Mike Brigss
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor Shiro Hoje à(s) 14:38

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 14:05

» [MINI - Gates] O Pantera Negra
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 13:46

» Xeque - Mate - Parte 1
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor TheJoker Hoje à(s) 13:31

» Art. 4 - Rejected by the heavens
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 12:50

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor Furry Hoje à(s) 11:20

» [M.E.P] Joe Blow
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor Joe Blow Hoje à(s) 09:56

» [Mini-Aventura] Joe Blow
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor Joe Blow Hoje à(s) 09:55

» Livro Um - Atitudes que dão poder
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor gmasterX Hoje à(s) 09:54

» [M.E.P] Veruir
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor Veruir Hoje à(s) 08:16

» [Mini-Aventura] Veruir
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor Veruir Hoje à(s) 08:14

» Mise en place
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 07:24

» I - A Whole New World
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor Makei Hoje à(s) 07:01

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor Skÿller Hoje à(s) 04:45

» Sidney Thompson
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Emptypor Zed Hoje à(s) 01:19



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 10 ... 15  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 EmptyDom 12 Jun 2016, 18:55

Relembrando a primeira mensagem :

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island.

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) civis Julieta Cheesecake e Ryu Tetsuya. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Jacob Allan
Super Nova
Super Nova


Data de inscrição : 19/08/2015

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 EmptyQua 28 Set 2016, 10:07

Quando se luta por todos!

Dor e luta






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Arg!!!


Meus pulsos  doíam, mas eu tinha que resistir, apesar de todos os ataques frustrados, de todas as dores sentidas, eu tinha que continuar resistindo, meus sonhos e meus desejos encontravam-se em meus punhos, a juventude de um homem encontrava-se em nossa vitória, a proteção de pessoas de uma vila dependiam de nosso êxito, as dores que eles sentiriam depois disso seriam nossa responsabilidade e tudo isso era algo que homem algum deveria deixar acontecer e eu não seria esse homem, eu não seria a pessoa que deixou tudo isso acontecer.

Vi meu companheiro ser arremessado ao longe, não, ele não morreria com isso, ele não se curvaria a uma besta como essa que não compreender nem mesmo o significado de lutar, afinal um homem não desiste não é mesmo “ Ryu”, acho que erra esse seu nome e enquanto me esquivava dos golpes consecutivos o encarava, aquele inimigo era forte, sabia se defender mas lhe faltava algo que transformava ele em um oponente de fato, faltava-lhe coração, faltava-lhe ideal sólidos e isso não era algo que podia ser aturado, quando esquivo o suficiente ,  olhei para a bela donzela e falei com um olhar carinhoso:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Tudo vai dar certo Broto, apenas espere e verá, lembra-se que ainda tomaremos um Drink?  

E foi nesse momento que ainda preparado para toda e qualquer esquiva  que me virei para meu  oponente, com um olhar determinado e apontei para seu rosto, sim, mostrando que é com ele que estava falando, mostrando que era com ele que eu tinha o interesse de demonstrar toda a minha repulsa e desatei a falar:


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Meu chapa, quero que se lembre muito bem desse lero que irei te passar agora, pois quando cair será a primeira coisa que irar pensar nessa sua cachola de merda: Você não é digno de nada e será derrotado por isso. Transou o que eu falei ? Ótimo, odeio ter que repetir os meus leros , principalmente para imbecis fracos como você.  





Meus pés começaram a se mover o mais rápido que eu podia, as minhas esquivas se davam nos momentos que os golpes eram eminentes, era a única forma de fazer com que a esquiva fosse eficaz com toda a certeza, do contrário esse inimigo seria  o que poderíamos chamar de mais próximo do “ meu fim “,  utilizando todos os pontos cardiais para me movimentar criava um percurso de esquivas interessantemente complexo pois o intuito era entretere-lo o máximo de tempo possível, precisava de Ryu ali ou seria um grande problema lutar contra aquele homem sozinho, principalmente com os pulsos avariados , após deixar o mesmo de costas para onde estava Ryu  meus movimentos foram começando a fazer uma espécie de onda de esquivas enquanto apenas um sorriso era esboçado par aprovoca-lo, mostrando que ele não era tão rápido quanto ele pensava para poder atingir um oponente.

Não tinha como continuar muito tempo, meu corpo cansaria uma hora, por mais que ele estivesse fazendo o maior trabalho de se cansar, e foi nesse momento que fiquei em posição favorável para poder ver o jovem loiro, estava pronto para a sua estratégia qual ela fosse, por isso apenas estiquei a minha mão para o mesmo falando de forma clara e objetiva.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Meu chapa, não estou mais com paciência para perder com esse “pulha” então, me passa o que precisa que eu faça que o resto eu faço, transa o que eu falo?  


Com o máximo de minha velocidade acatei o que foi me dado e me posicionei para que os movimentos começassem, utilizando-me de toda a velocidade possível tentei fazer os movimentos inversos que o meu companheiro, movimentos esse que pudessem fazer o nosso inimigo encontrar-se em um fogo cruzado, um fogo cruzado que seria utilizado como zona 0 para a nossa conclusão de ataque, mesmo com as dificuldades impostas minhas esquivas seriam ainda executadas em eminencia para que o inimigo não pudesse ter a chance larga de uma esquiva não premeditada, porem enquanto fazia movimentos evasivos favoráveis falava para o imbecil:


Acho que não compreendeu borra botas, você encontra-se acabado transa o que eu estou falando?


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


E no momento  em que sentisse o mesmo bem preparado para o momento de ataque surgiria para o mesmo na frente com toda a sua velocidade e direcionaria meu pulso para o mesmo mas na eminencia  guinando para o lado e fazendo com que o soco não fosse para o mesmo e sim para o vazio, tal movimento não era para acetar o inimigo e sim distrai-lo para que o próximo golpe de Ryu fosse o que  poderia nos salvar, dependíamos de sua estratégia, dependíamos de suas ações, seja o que for que ele pretendesse, eu tinha que confiar no baixinho.






bichaelson



Menu Completo:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamura
Civil
Civil
Takamura

Créditos : 3
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 9010
Masculino Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 22

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 EmptyQua 28 Set 2016, 21:45

O resultado final!



A vida de Ryu aos poucos saia do corpo do boxeador, no entanto uma pessoa importante para o rapaz retorna a alma de volta para a estrutura corporal consequentemente despertando o alpinista. A chama de determinação arde em seu peito e refletindo em todos que conheceu bem como o que acontecerá após o combate, posteriormente faz o intimidador apertar os punhos e então levantar-se.

Por fim, Tetsuya recolhe alguns objetos do local para ajuda-lo na batalha. Enquanto isso, Jacob confia no seu parceiro uma vez que crê firmemente no seu retorno e por esse motivo busca ganhar o máximo de tempo possível. - Agora só falta você! Iúria anuncia a derrota do seu adversário com um sorriso maligno no rosto e sem mais perde tempo avança contra o cozinheiro.

Mas o mesmo resultado acontece, não importa quantas ofensivas é usada, Allan esquiva-se de cada golpe e com o passar do tempo ambos ficam cansados. Mas um ataque muda completamente o rumo da luta, um soco no chão executado pelo Brahka e portanto causa um pequeno tremor desequilibrando a gingada do botânico e assim ganhando uma enorme brecha para terminar com a mini guerra.

- Acabou! Um direto de esquerda gigantesca aproxima-se do nutricionista visando o crânio do mesmo, todavia uma chuva de itens atinge o colossal e se o ambidestro olhasse em volta consegue notar o povo do vilarejo atirando qualquer coisa no inimigo em comum bem como vaiando e xingando o peludo. - Malditos..eu vou matar todos vocês! A raiva somada com a fúria de Íuria chega num nível que seu rosto começa a ficar vermelho, também range os dentes e a expressão nos olhos claramente demonstra sua intenção assassina.



Aquela expressão assustadora da criatura faz com que todo mundo cesse fogo e antes que qualquer coisa acontecesse, o sol saia de trás das nuvens e junto com ele uma silhueta preta caminha em direção ao campo de batalha consequentemente atraindo a atenção para o mesmo. Depois de alguns segundos, a sombra revela sua identidade uma vez que é Ryu com um casaco ensanguentado e amarrado na cabeça enquanto carrega em suas costas uma espécie de bazuca presa com uma faixa ao redor do seu peito, também uma corrente grande bem como grossa detido no ombro direito e em suas mãos contém duas máscaras.

Um breve dialogo acontece quando a dupla de boxeadores deparam-se - Não brinquem comigo!! O pico de ódio atinge o interior do selvagem, mas primeiro o gênio retira duas granadas do bolso deixando cair nos pés do seu oponente portanto uma fumaça cerca todos do local. Exceto pelos pugilistas uma vez que o distraído dá uma mascara para Jacob e então coloca a sua no rosto - Malditos! O grandão começa a sentir-se desnorteado e seus olhos começam a ficar vermelhos.



Allan não fica para trás em nenhum segundo sequer, mesmo com os ossos da mão trincado consegue executar cada parte do plano de seu amigo suportando uma incrível dor. A batalha chega ao seu fim quando cada membro do par segura uma corrente dado que posteriormente começam a correr na volta do Brahka, um para a direita e o outro para a esquerda. A cada percurso a corda de aço envolve as pernas de Iúria dificultando a mobilidade do mesmo.

O cozinheiro parte para cima com a intenção de dar um soco falso no seu adversário, mas o indivíduo situa-se quase desmaiado e com essa brecha Ryu surge do céu com a bazooka nas mãos com a intenção de acertar um tiro a queima roupa. A ação do loiro é positiva uma vez que atinge perfeitamente bem como causa uma explosão na qual joga os dois homens longe, o nutricionista voa alguns centímetros até que cai deitado no solo e infelizmente desmaia. As razões do delíquio são o cansaço, a dor insuportável que sente após acabar a adrenalina e também por bater a cabeça no chão, todavia sem nenhum dano.

E o gênio no que lhe diz respeito, por sorte ou não meramente bate as costas numa moradia sem piorar as condições do imenso ferimento no topo da cabeça. O que aconteceu com o selvagem? Por horas está rodeado de fumaça e por causa do gás ninguém sai das casas ainda e em relação ao sol continua lá em cima aquecendo tudo e todos. Lucy por sua vez corre até seu amado com a intenção de desperta-lo - Jacob, fale comigo.. por favor! Vai me abandonar? A dama fala em meio ás lagrimas enquanto sacode o corpo do acelerador e graças as ações da madame, aos poucos o cozinheiro acorda.
Histórico de Pedrão:
 

Histórico de Afro:
 

Histórico de Aries:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Pedrão
Civil
Civil
Pedrão

Créditos : Zero
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 15/10/2015

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 EmptyQui 29 Set 2016, 00:52





RISE OF THE DRAGON


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

A estratégia tinha sido um sucesso, ao menos parcialmente se é que pode ser dito desta forma. Como consequência da explosão a queima roupa, Ryu foi arremessado para longe se chocando contra uma casa. O loiro cuspiu sangue devido ao impacto, enquanto o casaco amarrado na cabeça caía lentamente a sua frente. Era um risco que tinha assumido desde o início da batalha, tanto ele quanto o próprio Jacob.

Usando as forças que lhe restavam retiraria a máscara ensanguentada soltando-a ao seu lado assim como a bazuca. Sua visão voltava a ficar embaçada em um contínuo vaivém, e somente quando normalizou foi que pode ver Jacob caído. Lucy estava ao seu lado em prantos com um semblante desesperado, clamando pelo o amado.


“Essa não...” – a falta de reação do cozinheiro deixava Tetsu preocupado e mesmo com o rosto todo coberto de sangue tentaria se erguer lentamente arrastando as costas na parede. – “Você não pode morrer grandão, caso contrário essa vitória não terá sentido algum.” – após ficar de pé caminharia em direção ao companheiro. A sua determinação era a única coisa que o sustentava de pé.

- Não se preocupe senhorita, ele ficará bem. – Encostaria a mão suavemente no ombro da garota no intuito de acalmá-la, e quando Alan abrisse seus olhos lhe estenderia uma das mãos com um sorriso no canto da boca.

– Certa vez me disseram que não é uma transa legal ficar no chão com os brotos te olhando. Esse mesmo homem, ou melhor, amigo, me estendeu a mão, e isso é o mínimo que posso fazer por ele agora.– Tentaria erguer o companheiro, olhando em seguida para o campo de batalha. A deusa da vitória tinha sorrido para aqueles dois, mas a que custo? Com o sol saindo das nuvens a pilha de corpos parecia ter aumentado ainda mais.

“Quanto tempo será que faz... Desde que eu passei a odiar a marinha tanto assim? Não me recordo do tempo exato, mas sei que tudo começou com a execução em praça pública do melhor amigo do meu pai, o tio Jun. Você precisa saber antes de qualquer coisa, que o tio Jun era um grande pirata, um cara temido no mundo inteiro, e para mim o mais legal de todos. Sempre que ele vinha visitar o meu pai me dava vários presentes e contava muitas de suas aventuras.”

“Eu imaginava que um dia, quando crescesse, iria me juntar a sua tripulação e me aventurar pelo maior dos oceanos, a Grand Line. Era um sonho de criança, nada mais do que isso. A morte do tio Jun deixou o meu pai muito triste, mas ainda assim ele continuou levando a sua vida normalmente. Sempre que íamos a Porto Branco atender alguns pacientes, meu velho cumprimentava os marinheiros que encontrava durante o caminho como se eles fossem homens de bem. Talvez fossem mesmo, contudo eu não conseguia enxergar dessa maneira.”

“Logo mais amigos do velhote foram capturados e executados. Meu ódio cresceu ainda mais naquele momento, e em minha rebeldia eu fugi para Porto Branco onde comecei a pichar as ruas com xingamentos a marinha. Minha pequena aventura não teve longevidade, e mesmo sendo uma criança fui preso. Jamais me esquecerei do meu pai implorando ao chefe dos marinheiros para me soltar.”

“Obviamente minha raiva explodiu e quando chegamos em casa eu questionei o porque dele respeitar tanto os marinheiros, mesmo depois de tudo o que eles fizeram aos seus amigos. Ele respirou fundo, e observando o fogo na lareira permaneceu de costas para mim. Eu podia ouvir o crepitar das chamas antes da sua voz pesada me dar um sermão. ”


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


- Você me decepciona Ryu. A vida e as pessoas não são tão simples como você imagina, mas eu não o culpo. As crianças de hoje em dia são sempre extremistas demais, se não é uma coisa é outra, como se tudo fosse apenas preto branco. Para a sociedade os piratas são criminosos, e seu tio Jun sabia dos disso. Os marinheiros estavam apenas cumprindo o seu dever.

“Aquela estava longe de ser uma resposta satisfatória, e cego pela raiva eu não entendi uma única palavra sequer, tampouco o esforço que ele estava fazendo para esconder os seus sentimentos de mim.”

Abriria os braços inspirando o ar. A “aura” negra (espírito de combate) que o envolvia tinha sumido, assim como desprezo que sentia pelos valentes marinheiros mortos, em especial Max. Em seus últimos momentos o comandante tinha entregado a Lucy algumas soqueiras para ajudá-los na batalha, e esse gesto não tinha passado despercebido pelo garoto. Diante de tantas pessoas, o garoto do campo tentaria falar em um tom audível e suave. Nunca tinha sido bom em discursos, mas naquele momento achou que as pessoas tão sofridas de Fruushin mereciam comemorar a vitória.

“Hoje eu o compreendo melhor. As pessoas não são tão simples, e nem todos os marinheiros são maus. Era isso que você queria me dizer não é mesmo oyaji? Esse ódio que eu sinto não é algo que irá embora com facilidade, mas pelo menos hoje...”


- Dois dias atrás eu vim até essa vila para começar minha aventura, e desde então muita coisa aconteceu. Nesse pouco espaço de tempo eu cresci muito como pessoa, e acabei exatamente onde estou agora, diante de todos vocês.

“Pelo menos hoje eu posso deixar as nossas diferenças de lado e reconhecer a coragem desses homens.”

- Eu gostaria de dizer que a vitória de hoje não é somente minha ou do Alan. Muitos homens corajosos deram suas vidas para salvar esse lugar, e eles merecem o nosso respeito e gratidão. Se Iúria e seus homens foram derrotados, isso se deve principalmente a vocês, cidadãos de Fruushin, que em nenhum momento desistiram de viver.

Vocês são os verdadeiros vencedores! Nós apenas demos uma mãozinha. Agora será que poderiam me arrumar um médico? Estou sentindo que vou desmaiar.





Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island!

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aries
Civil
Civil
Aries

Créditos : 6
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 10010
Data de inscrição : 09/09/2016

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 EmptySex 30 Set 2016, 01:19


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Uma coisa é muito importante ressaltar, Kei possui uma forma de falar e gesticular como poucos. Cada movimento que ele faz é de uma espontaneidade e uma grandiosidade que o coloca num patamar de um verdadeiro diplomata em situações complicadas. Então para ele ir lá e falar daquela maneira era natural, já que sua intenção era justamente descobrir a loja e sair o mais rápido possível daquele local e assim aconteceu.

Guiando-se na direção indicada o mesmo notava o resplendor e as características que mais chamavam sua atenção naquela rua. Detalhes pequenos que aos olhos do Kei eram belos e magníficos, aqueles arranjos delicados de ouro e os objetos raros que surgiam em sua frente.

Fazendo que o navegador olhasse cada coisa com cuidado, como se estivesse admirando tudo aquilo.

Chikage é uma pessoa que gosta dos detalhes e devido a isso possui um senso de observação destacável e muito marcante em sua personalidade, que o ajudava a concentrar sua atenção naquilo tudo. Não demorava para chegar e ver que o local indicado estava logo a frente e ao lado um QG da Marinha com dois marinheiros atentos, e pessoas circulando-se livremente. E um banco mundial próximo. O calor ia com certeza incomodar Chikage, já que ele veio de uma ilha onde a temperatura predominante era o frio.

Rumar-se-ia a loja se aproveitando das pessoas para não chamar tanta atenção. Estudaria cada oportunidade de chegar na loja com cuidado. Sabia que seu porte era difícil de não ser notado mas como estava sem arma, não poderia ser sequer percebido e usando de suas habilidades ia se infiltrar  até chegar na loja, usando das pessoas como vultos para andar livremente.

Caso fosse abordado, faria da mesma expressão que tinha feito, usaria o dom da fala e da arte do convencimento.

Quando chegasse na loja...

Alinharia sua roupa, colocava o cabelo para o lado e alargaria seu melhor sorriso antes de entrar. Procurou ler novamente o letreiro para ter certeza mais uma vez se era o local correto, caso estivesse certo, entraria pedindo licença com a mão direita erguida a sua frente, sorriria com educação e falaria em tom de voz característico de sua personalidade: firme, confiante e extremamente gentil.

-...Meu nobre amigo! Venho de uma ilha muito longe daqui. Procuro armas, uma Katana. Por acaso você teria? Alguns cavaleiros de porte honrado me indicaram esse local.

Caso fosse uma mulher, ou uma criança na loja, usaria termos mais de acordo com o momento. Possuía uma lábia muito bem arquitetada, falava com certo jeito confiável e honesto, que pudesse facilitar o negocio. Após a conversa, fosse oferecido a Katana e Kei gostasse, pagaria deixando o dinheiro e sairia dali rapidamente para se encontrar com seu amigo o mais rápido possível. 



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamura
Civil
Civil
Takamura

Créditos : 3
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 9010
Masculino Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 22

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 EmptySex 30 Set 2016, 16:23

O Desfecho!



Com uma grande dificuldade em seus movimentos devido aos danos anteriores, Ryu levantasse encostado na parede e então caminha cambaleando até seu parceiro uma vez que ele importa-se muito com o cozinheiro. O garoto mal consegue mante-se em pé, sua respiração situa-se ofegante e os danos da batalha continuam presentes na estrutura corporal do alpinista, contudo ignorando seus machucados estica a mão para Jacob ergue-se.

Mas algo estranho acontece dado que o botânico não move-se de maneira alguma consequentemente deixando Lucy mais preocupada ainda. Aquela fumaça finalmente vai embora e sem que os lutadores percebam dois vultos locomovem em direção ao leste usufruindo de uma alta velocidade, caso o gênio olhasse ao redor pode notar que os corpos dos Brahkas não estão mais lá, exceto de um cadáver. Por fim, os habitantes saem das residências para abraçar seus salvadores bem como a chegada dos marinheiros - Ei, cade os inimigos? O líder do esquadrão questiona com uma voz alta para que todos escutassem.

Depois de alguns minutos, a população e a marinha conversam entre si bem como surge Tetsuya abrindo os braços. Muitas lembranças e pensamentos passam pela mente do boxeador, no final das memórias escolhe entregar a sensação de paz bem como vitória para os cidadães consequentemente começa a fazer um discurso, as palavras são sábias, inteligentes e principalmente animadoras.

No minuto que acaba de falar, escuta vários aplausos, também visualiza sorrisos e olhos cheios de esperança em cada pessoa presente; A marinha não fica de fora uma vez que - Salvem os feridos, enterrem os mortos e principalmente..cuidem desse menino o tenente fala com um semblante de alegria e segura o corpo do pugilista antes do mesmo depara-se com o solo.

Assim que abre os olhos novamente, pode perceber que situa-se deitado numa cama com o corpo completamente dolorido, portanto não conseguirá move-se por um bom tempo e contém uma faixa por toda sua cabeça. Por causa das cobertas sobre seu vigor a temperatura que presencia é de vinte graus, nem tão frio e nem tão quente. O paradeiro de Lucy e Allan é desconhecido.

Em outro canto da ilha está Kei caminhando rumo a loja de armas, o espadachim sente-se preocupado em ser abordado ou atacado e por esse motivo anda cautelosamente em direção do edifício. No final adentra no prédio sem problema nenhum e após ajeitar suas vestimentas dirige algumas palavras para o vendedor - Oh caro senhor, eu possuo uma que combine com vós..são trinta mil berry. O homem procura responder com a mesma elegância que o navegador, a espada por sua vez é bonita bem como afiada.

Chikage avalia a sua arma e após gostar da mesma, deixa o dinheiro em cima do balcão consequentemente saindo da loja e seguindo um caminho aleatório. Logo depois de alguns minutos depara-se com uma hospedaria a direita e uma loja de equipamentos bem como itens lado a lado na esquerda, ao redor dos locais existe uma diversidade de moradias e as pessoas continuam como anteriormente. O que os três farão?
Lider:
 

Histórico de Pedrão:
 

Histórico de Afro:
 

Histórico de Aries:
 

Explicação:
 

Citação :
Numero de posts do narrador: 16


Voltar ao Topo Ir em baixo
Pedrão
Civil
Civil
Pedrão

Créditos : Zero
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 15/10/2015

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 EmptySab 01 Out 2016, 04:49




RISE OF THE DRAGON


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O campo de batalha estava uma verdadeira bagunça. Olhou para o lado procurando os inimigos, entretanto seus corpos simplesmente tinham desaparecido. Jacob também não estava nada bem, não respondeu, e nem segurou a mão de Ryu. Era uma conduta atípica do cozinheiro, o que tornava sua situação um tanto quanto preocupante. Após o discurso as pessoas rapidamente saíram de suas residências para reverência os vitoriosos.

O reforço enviado pela marinha também tinha chegado, só que tarde demais. Não fosse o sangue em seu rosto, o loiro ele estaria tão pálido quanto às nuvens que vagavam no céu. Mal tinha forças para permanecer em pé, e em seu olhar já não havia um brilho tão vívido como outrora. A fadiga e o ferimento na cabeça contribuíam e muito para aquele estado deplorável.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


- Você chegou um pouco atrasado marinheiro-san. – falaria com um sorriso cansado no rosto enquanto era aplaudido pelas pessoas. Era um momento especial, único para o povo de Fruushin, e Tetsu se sentia comovido ao ver aquelas lágrimas de felicidade. Eles estavam livres da insegurança, e do medo. De repente tudo escureceu, o céu ficou desfocado, e o garoto sentiu o restante das suas forças minguarem. Faltou-lhe chão, e então não viu absolutamente mais nada.

Acordou assustado puxando o máximo de ar que aguentava. O tórax subia e descia rapidamente devido a respiração ofegante, enquanto o rosto borbulhava de suor. Tinha tido o mesmo sonho de antes várias vezes, com sua mãe fugindo, e sempre em um determinado momento não conseguia ver o que se sucedia. Era como se o seu subconsciente quisesse protegê-lo de memórias tão infelizes.


“Esse sonho novamente... Já está se tornando algo recorrente. Mas por que não consigo ver o restante? Droga.” – Levaria à mão a testa, mas moído do jeito que estava não conseguia nem mesmo se mover. O corpo estava esmigalhado, e a cabeça enfaixada. Se estivesse de volta ao mesmo hospital de antes, daria uma olhada ao redor procurando a enfermeira com um sorriso sem graça.

- Olá. Parece que eu andei dando trabalho a senhorita novamente, como estou sem graça. Desculpe-me, mas dessa vez não tive muita opção. – se a moça não estivesse por lá, apenas cumprimentaria quem estivesse com um simples "bom dia". Passaria os olhos rapidamente no local, e caso não encontrasse Jacob ou Lucy perguntaria sobre o seu paradeiro. – Você sabe onde está o grandão, digo Jacob? Da última vez que o vi ele não estava em uma condição tão boa. Estou preocupado que algo possa ter acontecido com ele.




Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island!

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aries
Civil
Civil
Aries

Créditos : 6
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 10010
Data de inscrição : 09/09/2016

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 EmptyDom 02 Out 2016, 23:57


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Tudo estava acontecendo da forma que Chikage gostaria. Após uma longa viagem até a Ilha, havia percorrido um caminho em busca de uma katana e agora que a possuía precisava encontrar um lugar para repor suas energias. O calor era incessante, fazendo com que começasse a sentir os efeitos da fadiga, da fome e necessidade de descanso. Seguindo a direção da rua, não demorava para que o mesmo encontra-se uma hospedagem logo à frente, cercado de lojas e casas a seu redor. Chegava o momento de sossegar.

Caminharia até o local de forma calma e tranquila, pediria um quarto agradável e se caso tivesse disponível se dirigiria até o espaço reservado, deixando no balcão o valor adequado bem como as refeições já inclusas, solicitando que as mesmas fossem encaminhadas sempre: o café da manhã no horário do amanhecer, um almoço e janta. Pediria com muita educação e gentileza que não fosse incomodado, pois pretenderia dormir por um bom tempo sem se preocupar com o resto. Após, veria o que fazer.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Última edição por Aries em Ter 04 Out 2016, 00:12, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamura
Civil
Civil
Takamura

Créditos : 3
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 9010
Masculino Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 22

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 EmptySeg 03 Out 2016, 17:43

Pós-luta!



Ryu finalmente desperta após um sonho indecifrável uma vez que a mesma cena repete inúmeras vezes, contudo o boxeador nunca conseguiu entender o real significado do mesmo e portanto têm como resultado colocar instintivamente a mão na cabeça. Em relação ao crânio esta magoado e o resto da estrutura corporal sente um pouco de tontura bem como maior dificuldade de concentração, por fim o alpinista olha em volta procurando a enfermeira dado que imagina localiza-se na mesma cabana anteriormente.

No momento não existe nenhuma pessoa no local, mas consegue ver todos seus itens em cima de uma mesinha ao lado da cama e pode perceber que a moradia é pequena sem janelas e meramente uma porta na frente. Seu corpo está dolorido demais pra continuar mexendo-se. Em Porto Branco localiza-se Kei caminhando lentamente até a hospedaria - A diária é de vinte mil berry, obrigado e nós mandaremos! O seu quarto é o do segundo andar, numero 276. O dono do prédio responde com seriedade e após tudo situa-se de acordo com os propósitos do espadachim, o mesmo percorre um trajeto até seu quarto.

Chikage encontra-se em frente da porta e Jacob no que lhe diz respeito localiza-se deitado numa cama com as mãos enfaixadas na qual qualquer movimento com as mesmas consequentemente causará uma dor insuportável, do lado do cozinheiro está Lucy com as duas mãos no rosto chorando já que Allan posiciona-se acordado, todavia não fala absolutamente nada e o motivo disso é desconhecido. O que os três farão?
Histórico de Pedrão:
 

Histórico de Afro:
 

Histórico de Aries:
 

Citação :
Numero de posts do narrador: 17

Voltar ao Topo Ir em baixo
Jacob Allan
Super Nova
Super Nova
Jacob Allan

Créditos : 29
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 19/08/2015
Idade : 27
Localização : Bingo Bingo Island - 2ª Rota

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 EmptySeg 03 Out 2016, 18:51

Sonhar e permitir sonhar

Quando se sonha junto







[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Acabou não foi mesmo?


Foram as minhas palavras quando a bomba explodiu, eu tinha a certeza que tínhamos ganhado no momento que Ryu apareceu, não duvidei daquele baixinho, ele era forte, ele tinha potencial, mas ele era jovem, não tinha compreendido tudo, acreditava que tudo era muito binário, que tudo que se passava não passava-se de preto ou branco, mas não importava ali, não naquele momento, pois naquele momento nos tínhamos vencido, tínhamos derrotado o nosso adversário. O impacto fora tão forte que o repuxo apenas me arremessou, dor, foi o que senti, a adrenalina começou a baixar e minhas mãos, elas sofreram uma consequência do meus abusos, mas eu estava vivo e as feridas se cicatrizariam, elas sempre cicatrizam.


A escuridão foi minha companheira durante alguns instantes, pude perceber que apenas o breu e a euforia eram as minhas amantes naquele mundo vasto e escuro, enquanto lá eu pude escutar o vazio, pude me deparar com o que eu era durante muito tempo e o que eu me tornei após conhecer o homem a quem chamei de mestre e foi me deparando com os pensamentos que pude escutar a voz dura que indicava a presença do homem que me espelhei em ser:


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Apanhou mais uma vez não foi mesmo moleque? Esqueceu de tudo que eu disse ao longo dos anos que passamos juntos foi isso?  

Aquele rosto foi formando-se em minha frente, me deparei com o rosto furioso do homem que sempre me ensinou que se a vida me socava forte, eu tinha que soca-la duas vez mais forte para continuar a seguir, seu olhar duro e sádico me mostrava que nada e nem ninguém teria pena de mim, não por que eles não quisessem mas por que eu nunca me permitiria sentir essa pena de novo, ele me puxou pela camisa (ao menos assim senti) e me colocou colado a uma parede negra enquanto olhando para mim falou com palavras tão duras quanto uma rocha:

Você explode a cara uma vez e é o suficiente para desmaiar? E se seu companheiro depende-se de você seu imbécil? Vamos acorde,  esqueceu o que eu disse para você quando nos conhecemos?  


Ele nunca me deixava esquecer que estava sendo fraco, mas por que esquecer quando de fato eu estava? Sorri , pois lembrei que quando ele falava isso era por que via potencial em mim, via potencial em minhas escolhas, sorri por que lembro que quando eu me machucava na cozinha ele jogava sal da nas minhas feridas e falava “ Existem pessoas que sofrem mais”, Obeha era um homem duro mais era a única forma que aprendeu a ser amoroso e por isso nunca esqueci o que ele falou quando nos conhecemos:


” Um homem só é um homem quando sonha e quando permitem sonhar com ele.”

Foi ao responder o questionamento do homem que ele se virou, Obeha ate mesmo em minha mente tinha a sua atitude rustica que sempre demonstrou que alcançara o seu objetivo, ele começava a caminhar para a escuridão e mais uma vez eu estava me perdendo de sua imagem , mas antes de partir ele falou para mim:

As vezes um homem precisa de um sonho para continuar,  já pensou em partilhar o seu sonho e fazer do seu amigo um sonhador?  

Suas palavras fizeram meu semblante mudar, eu estava a tanto tempo percorrendo a minha vida com meu sonho apenas que esqueci que os que protejo e os que estão a minha volta também sonham comigo e perceber isso dessa forma me vez por um momento me sentir culpado, me sentir só mais um egoísta em meio a tantos outros e foi nesse momento que o breu e o vazio mostraram-se acalentadores, foi nesse momento que eles me abraçaram para que eu pudesse acordar  novamente em um outro lugar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




Quando a escuridão me envolveu eu pude voltar a luz aos poucos, meus músculos doíam como o inferno ardia em calor, cada segundo que meu despertar era “acontecido” mais me doía, mais me consumia, mas eu resisti, me acomodei lentamente quanto me centralizava, no local eu , bandagens, uma cama e Lucy, em minha mente e meu semblante, pensamentos sobre minhas futuras escolhas e sobre o que faria naquele momento que decidi lutar por mais do que só um sonho e sim lutar pelo sonho de outros. A certeza de que era preciso não me faltava, a certeza de que seria capaz não era nem questionável, mas a certeza de que conseguiria proteger o sonho dos outros, essa era a única que temia não conseguir fazer.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O instante em silêncio foi a forma que tive para contemplar as minhas escolhas, contemplar o que faria naquele momento, o choro da bela dama ao meu lado me partia o coração, mas não estava pronto para falar, não ainda, foi nesse momento que respirei, me posicionei com uma dor lacerante que me atiçou a dor e quando em boa posição olhando para a bela dama que me acompanhou falei de forma calorosa, mostrando que tinha retornado “ dos mortos”:


Sabe, aprendi que Brotos não deviam chorar nem mesmo quando tem motivos para isso. Afinal, quando um Broto chora, machuca-se um coração, transa do que eu to falando?  

Um sorriso largo se formou em meu rosto, mostrando para a bela Lucy que estava de volta e que era o seu sorriso que eu buscava naquele momento, pois se existe algo que motiva um homem a lutar com nações é o sorriso de uma bela mulher.



bichaelson



Menu Completo:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aries
Civil
Civil
Aries

Créditos : 6
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 10010
Data de inscrição : 09/09/2016

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 EmptySeg 03 Out 2016, 23:59


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Chegando ao quarto, percebia a real necessidade do repouso, e adentraria diretamente ao banheiro tomando um banho quente e aconchegante. Logo mais faria sua refeição e dormiria até perder as horas. Com as energias já revigoradas aproveitaria o dia para descansar o máximo possível por mais um tempo.

Sabia que após a saída da hospedagem precisaria se dirigir até o ponto assinalado na carta que havia recebido de seu amigo. Seria demasiadamente cansativo, pois não conhecia o local, mas a vontade de encontrar seu velho amigo e iniciar a jornada era imensa.

No dia estabelecido agradeceria a hospitalidade e rumaria para o destino assinalado.
Em seus pequenos pertences, Chikage retirava a pequena carta onde assinalava o local em que se encontravam as ruínas. De lá, partiria para essa direção.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pedrão
Civil
Civil
Pedrão

Créditos : Zero
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 15/10/2015

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 EmptyTer 04 Out 2016, 00:34




RISE OF THE DRAGON


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Não havia ninguém, nem uma única alma no lugar. O único ruído além da sua própria respiração, era o do chão emadeirado estalando. Viu de relance os pertences jogados na mesinha, o medalhão - símbolo da sua família - continuava ali. Encarou o dragão de alto relevo encrustado em seu centro prateado, ele era a razão do seu nome. O sonho continuava tão vivo e cravado em sua mente que o rapaz simplesmente não conseguia deixá-lo para trás.

- Moshi Moshi - falaria novamente na esperança de que alguém o escutasse. O que as pessoas da vila estavam fazendo afinal? Mais importante do que isso, como estava Jacob? Essas perguntas ficaram cozinhando na sua cabeça, e quando viu que não obteria nenhuma resposta por hora, se conformou em repousar.

Fechou os olhos, e a primeira coisa que viu foi a mesma mulher dos seus sonhos: sua mãe. Ela estava de costas, e seus cabelos dourados brilhavam com uma intensidade quase cegante. Não conseguia ver o seu rosto, por mais que tentasse havia uma sombra que lhe impedia. Confortou-se com a voz suave e delicada chamando o seu nome. O sono veio e novamente Ryu entrou naquele ciclo interminável de sonhos.

- Mãe... Eu vou... Protegê-la... - Balbuciava enquanto dormia. Por trás das pálpebras seus orbes moviam-se constantemente de um lado para o outro. O tempo ali, em seu próprio mundo, passava lento como a própria eternidade. Acordaria mais duas vezes somente para trocar de posição, virando-se de um lado para o outro.





Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island!

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 6 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island
Voltar ao Topo 
Página 6 de 15Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 10 ... 15  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Dawn Island-
Ir para: