One Piece RPG
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [M.E.P.] The Kick Man / Ask
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor The Kick Man Hoje à(s) 17:50

» [Mini - The Kick Man/ Ask ] to infinity and beyond
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 17:40

» Arriscando a sua vida pelo objetivo - O Despertar do Rei da Destruição
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor Aokine Daiki Hoje à(s) 17:06

» Xeque - Mate - Parte 1
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor Jacob Allan Hoje à(s) 16:48

» BOOH!
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 16:40

» Blue Guardian! Luca o soldado da justiça!
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor Noah Hoje à(s) 16:22

» salve salve
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor DFoolZ Hoje à(s) 16:19

» [MINI-Kujo]O inicio de algo
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor Kujo Hoje à(s) 15:57

» Cap.1 Deuses entre nós
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor Thomas Torres Hoje à(s) 15:39

» Escuridão total sem estrelas
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor K1NG Hoje à(s) 14:25

» [M.E.P - TurtleSpeaker] My Way
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor TurtleSpeaker Hoje à(s) 14:18

» [MINI-TurtleSpeaker] My Way
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor TurtleSpeaker Hoje à(s) 14:12

» [Ficha] Joe Blow
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor Joe Blow Hoje à(s) 14:00

» Seasons: Road to New World
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 13:20

» Sorte ou Azar? Uma Ascensão Pirata!
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor Quazer Satiel Hoje à(s) 13:19

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor Furry Hoje à(s) 12:40

» O catálogo continua, Baterilla a cidade da beleza
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor maximo12 Hoje à(s) 10:28

» [Mini-Aventura] A volta para casa
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor Fiest Hoje à(s) 09:27

» Voltei, Dattebayo
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor Joe Blow Hoje à(s) 07:32

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Emptypor Ineel Hoje à(s) 06:25



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 7 ... 11, 12, 13, 14, 15  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 EmptyDom 12 Jun 2016, 18:55

Relembrando a primeira mensagem :

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island.

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) civis Julieta Cheesecake e Ryu Tetsuya. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Jacob Allan
Super Nova
Super Nova


Data de inscrição : 19/08/2015

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 EmptySeg 19 Dez 2016, 12:38

Os cuidados de uma Dama.

As paixões do cozinheiro






” Bom Voyage “ , Almofadinhas...

Foram as ultimas palavras ditas por mim no momento que o soco White Fang atingiu meu oponente, pude sentir a força do impacto, pude sentir o sabor amargo de não poder eu mesmo ter dado o golpe que acabaria com tudo, apenas segurei o mais forte que pude no instante que senti que o soco viria, de fato fora eficaz, mas foi no momento que o corpo caiu no chão beijando o solo que pude sentir as dores que nunca sentirá antes. Meu inimigo mais avassalador tinha sido Iuria e ele me destroçará mas a dor de não ter acabado com aquele imbecil somada a dor que sentia em meu braço, era o que beirava ao descomunal. Por fim me perdi em pensamentos,  pensamentos de satisfação e rancor mas que me levaram ao seguinte ponto de culminância  : ”Talvez agora, tudo se resolva... “ r. Me recordo de cair de joelhos e observar as gotas de sangue caírem de meu braço, era como se ele estivesse morto mas que cada milímetro dele doía como se eles estivesse sendo dilacerado, minhas forças eram poucas mas algo chegou aos meus ouvidos, algo que me inspirou a olhar para cima.



Seu rosto fugia do comum, ela não era humana, ela não era um animal, ela era os dois, seus olhos belos e seu trejeito delicado mostravam a preocupação de uma linda donzela com aqueles que tinham a salvo de um inimigo impetuoso, suas palavras de reconforto e de indicação para uma melhora eram de fato grandiosas, mas naquele momento, naquele momento tão delicado, apenas um largo sorriso gentil era o que poderia ser dado, enquanto meu Aniki tinha toda a sua comportamental de falação e provocação, eu estava visando outros ares e outras companhias mais agradáveis que um homem ferido.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Com o sorriso a olhei nos olhos, era um olhar sincero, estendi mina mão esquerda e me dispus a tentar segurar a sua mão livre, abaixei em comprimento e tentei beijar a mesma, sim, era ser um cavaleiro, mas foi minhas falas que foram doces como poderiam ser ( Voz Encantadora ) e foi meu “Sex Appiel “ ( Boa Aparência ) que altorgado pela mina presença mostrava a gentileza para a jovem:


Broto, você não precisa se preocupar com remédios, ou se quer com a mina saúde, pois olhando seus olhos e vendo a suas preocupações me incluírem em sua vida me faz ficar mais forte. Agora, se não se importa precisaria de um pouco de sua companhia para me recuperar e me perdoe não ter sido capaz de acabar com aquele borra botas sozinho, transa do que estou falando?


E enquanto Ryu se entretinha com o Almofadinha ( apesar de prestar uma atenção mediana ao que ali se passava ) eu perdia a minha atenção com a bela donzela, afinal de contas, alguém tinha de tranquiliza-la após tantos traumas.




bichaelson



Menu Completo:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 EmptyTer 20 Dez 2016, 20:55


Talvez a luta não tenha tido o desfecho que ambos desejavam, mas o que importava é que o almofadinhas se encontrava derrotado. Os companheiros trocavam algumas palavras, e Ryu entregava o lado galanteador de Jacob, que não tardava a ignorar a dor e cortejar com a humanoide.

- A-ah... e-eu... - a pequena corava ao ouvir as palavras do romântico incorrigível e o encarava boquiaberta - um pouco desajeitada - pois não parecia estar acostumada com aquele tipo de tratamento. Guardava as plantas em uma bolsinha, já que foram recusadas, e de lá tirou um kit extremamente simples de primeiro-socorros. Na verdade, não passava de um rolo de esparadrapo e um pequeno frasco de álcool. - Eu não sou médica, mas uma aventureira precisa estar sempre preparada, né? - via a quantidade de sangue, e isso a deixava apreensiva, hesitando um pouco antes de se aproximar. Delicadamente, ela limpava as feridas e passava o esparadrapo onde estava pior. - Prontinho, acho que isso vai ajudar um pouco! Desculpa por não poder fazer mais por vocês... - suas orelhinhas baixavam por um segundo em sinal de tristeza, mas logo ficava mais relaxada e sorria.

Ao lado da estalagmite destruída, Ryu tentava acordar o Sargento sem muito sucesso. Os tapas não o despertavam, a porrada havia sido realmente forte e ele talvez demorasse um pouco mais para poder se recompor. O mesmo acontecia com os outros dois marinheiros.

- Aliás, eu sou uma arqueóloga, e moro aqui em Dawn Island. - de repente, Li voltava a falar. - O Sargento sabia disso, tinha um mapa pra este lugar e me enganou para que eu o ajudasse... e aqui estamos. Vocês devem estar interessados no tesouro, não é? Para chegarem até aqui sozinhos, vocês devem ser realmente incríveis! - a Mink se empolgava, gesticulando bastante. - Eu estava perto de resolver o último enigma quando vocês chegaram, na verdade é bem simples... mas eu queria ganhar um pouco de tempo. Vejam. - a panda apontava para a parede. A luz da lanterna revelava uma porta cheia de símbolos coloridos. Li Wan mostrava um dos símbolos, e esclarecia. - Basta segurar aquele botão que a porta abre, e acredito que o tesouro esteja na próxima sala. Só tem um problema... alguém precisa ficar do lado de fora para segurar e deixar os outros entrarem.

Assim que terminou de explicar, alguns gemidos eram ouvidos por parte do Sargento, que parecia finalmente estar recobrando a consciência.
Considerações:
 




Histórico de Pedrão:
 

Histórico de Afro:
 

Histórico de Aries:
 


Citação :
Numero de posts do narrador (Gekido Shimashita): 25
Numero de posts do narrador (Wolfgang): 7
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pedrão
Civil
Civil
Pedrão

Créditos : Zero
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 10010
Masculino Data de inscrição : 15/10/2015

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 EmptyQua 21 Dez 2016, 00:50




RISE OF THE DRAGON


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ryu deu uma, duas, três... Dez tapas na cara do sargento, e nem assim ele acordou, sequer piscou. Talvez fosse esperar demais que o infeliz recuperasse a consciência logo após levar o White Fang. Cansado de esbofetear alguém que nem se mexia, respirou fundo, levantando-se com um pequeno pulo. – “O desgraçado nem se mexe...” – sabia que tinha exagerado no golpe, mas não se sentiu culpado, e nem menos aborrecido por isso.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


“Bom, não há nada que eu possa fazer quanto a isso.” – colocou a espada na cintura, e após dar uma última olhada no almofadinhas preso a estalagmite, fechou os olhos enquanto coçava a nuca por mera preguiça. – “Eu realmente não queria interromper os pombinhos, mas não tem jeito.”– virou-se esperando encontrar os dois no maior amassado, no entanto o que viu foi algo surpreendente e um tanto quanto inesperado.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


“Impossível!” – ficou petrificado com uma expressão cômica no rosto, sem conseguir processar direito a situação. Inacreditavelmente Jacob e Li Wan apenas conversavam, sem que nada demais acontecesse. Curiosamente a mink era bem preparada e metódica ao fazer curativos paliativos no cozinheiro.

“Como é pode? Como ela resistiu ao seu charme?” – embora só tivesse visto o companheiro em ação uma única vez, Ryu tinha se convencido de que ele era um pegador nato. Infelizmente a panda colocava em cheque todo o gingado e fama do cozinheiro deixando-o em maus lençóis. – “Para falar a verdade, eu nunca entendi bem como o aniki foi capaz de atrair aquela moça com o seu vocabulário tão primitivo e grosseiro.”.

De cabeça baixa e com um ar pensativo, caminhava em direção aos dois enquanto encostava a mão no queixo deixando a boca entre o polegar e indicador. – “O oyaji sempre dizia que um homem deve se dirigir a uma lady de maneira cordial, mas o aniki... Ele não faz nada disso. Eu realmente não consigo compreender as mulheres.” – e quem conseguia? Talvez nem elas mesmas se entendessem.

- O Sargento sabia disso, tinha um mapa pra este lugar e me enganou para que eu o ajudasse... e aqui estamos. Vocês devem estar interessados no tesouro, não é? Para chegarem até aqui sozinhos, vocês devem ser realmente incríveis!

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


– Para falar a verdade nós nem sabíamos sobre o tesouro, além do mais, mesmo com os ratos e obstáculos, o caminho não foi tão difícil assim, pelo contrário. – O loiro não era alguém que gostava de se gabar, mas depois de ter derrotado os Brahkas e também o sargento, era apenas natural que tanto a sua confiança quanto seu ego tivesse aumentado.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


- Um guerreiro do amor em? As coisas não andam nada bem para você, ero-cook. – Olhou para o companheiro aproveitando para fazer um pequeno deboche. Parecia inevitável se lembrar de Jacob falando há um tempo atrás que era um guerreiro do amor. Se ele era realmente um, deveria se esforçar mais pela donzela.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Assim que a luz da lanterna revelou uma porta cheia de símbolos, os olhos de Ryu brilharam encantados com a vista. – Incrível senhorita Li Wan. Isso me lembra das portas da caverna de Mofia que só se revelam com a luz da lua. – Deixou escapar um sorriso bobo e inocente nos lábios, tateando a parede por mero capricho. – “Froxo e o Anel Maravilhoso.”, eu adorava essa história.

Recolheria as mãos subitamente ficando com um semblante sério, pensando a respeito do interruptor. A ideia de ter que deixar alguém para trás não lhe parecia nada legal. Antes que pudesse tomar uma decisão a respeito, percebeu que o sargento estava despertando. – Parece que o almofadinhas acordou. Já volto pessoal. – iria até o indivíduo e faria tudo o que foi descrito no post anterior.

Após terminar o interrogatório, voltaria para onde estava Li Wan e Jacob. – Senhorita, você poderia me passar o esparadrapo? Eu tive uma ideia. – pediria com gentileza, e apanhando uma rocha a pressionaria contra o dispositivo para que a porta se abrisse. Pegaria o esparadrapo, e ainda fazendo pressão, o utilizaria para prender a pedra fazendo uma espécie contrapeso contínuo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


- Acho que com isso todos nós podemos entrar juntos não? – Bateria uma mão na outra tirando a poeira. Utilizando a lanterna presa na cabeça para iluminar o caminho, entraria na passagem apoiando o braço do cozinheiro ao redor do seu ombro (se ele quiser). A única coisa que ficaria para trás seria o lampião, isso é, se o sargento tivesse sido honesto e dado respostas satisfatórias.

No caso do esparadrapo não segurar a rocha como deveria, pediria a Li Wan que ela segurasse o botão, indo sozinho até o outro “ambiente”.

Citação :
Sem problemas Wolf! Ah sim, você esqueceu de dizer se eu consegui algo de valor após fazer um "loot" no sargento xD

Objetivos para essa aventura:
 

(As imagens são ilustrativas)





Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island!

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 EmptyQua 21 Dez 2016, 18:39


No bolso interno do uniforme de Lancelote, era possível encontrar um relógio de bolso dourado, cujo valor era difícil deduzir, e algumas notas que totalizavam 250 mil berries.

- Argh... simplesmente inacreditável... - eram as palavras do Sargento logo que acordava. Sua cara estava bem inchada devido aos socos seguidos, e escorria um pouco de sangue pela sua boca, expelido em algumas tosses sofridas. Levava a manga até os lábios para limpar o líquido vermelho, e foi então que percebeu o metal frio ao redor do seu pescoço. Desta vez, não conseguia esconder sua raiva e frustração enquanto o jovem o humilhava na sua frente, falando sobre sua desonestidade e péssima conduta enquanto marinheiro. O insulto "porco" lhe atravessava feito uma lâmina, e como se não bastasse, encontrava-se na pior condição possível. Acalmava-se aos poucos, para talvez conseguir raciocinar com mais clareza. - Então você também quer o maldito tesouro, para ser honesto eu desconheço a natureza real dele. É algo que está além da sua compreensão, e sobretudo, não lhe pertence. - havia ódio e rancor na voz grave do almofadinhas, que ecoava pela gruta. - A bola de pelos pode confirmar isso, concluímos que o tesouro está logo após aquela porta, confere? - com certa dificuldade, apontava seu indicador para a parede com os símbolos, pouco antes revelada por Liu.

- S-sim... é isso mesmo. - confirmava, ainda hesitante e aparentemente amedrontada, mesmo que o homem estivesse preso e derrotado.

- Portanto, seu pirralho imundo, estou te dando uma chance de me soltar e se safar disso agora. Faz cerca de uma hora que não estou em meu devido posto, e logo meus superiores virão me procurar para se certificar de que está tudo bem. Garanto que você não duraria sequer um minuto com eles, tampouco terá a mesma sorte infeliz que vocês dois tiveram comigo. Solte-me e poderei fingir que nunca nos vimos antes!

A negociação terminava com uma espada fincada entre as pernas do marinheiro, já que Ryu estava determinado a interromper qualquer tipo de enrolação ou ameaças vazias (ou não) que fugiam ao assunto do tesouro. - Ora, seu... - repentinamente, um grito abafado ecoava do outro lado da gruta, e Lancelote abria um sorriso ao olhar por cima do ombro do garoto.

- Peguei ela, senhor! - era o magro, com a panda entre seus braços. Sua tonfa estava pressionada contra o pescoço da Mink, que não conseguia fazer nada além de resistir e tentar pedir por socorro. O gordo continuava caído.

- Bom, parece que temos uma nova negociação na mesa. Solte-me e nada acontecerá com aquela pulguenta, e então vocês poderão voltar para casa. Como se nada tivesse acontecido, o que me diz?



Histórico de Pedrão:
 

Histórico de Afro:
 

Histórico de Aries:
 


Citação :
Numero de posts do narrador (Gekido Shimashita): 25
Numero de posts do narrador (Wolfgang): 8
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pedrão
Civil
Civil
Pedrão

Créditos : Zero
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 10010
Masculino Data de inscrição : 15/10/2015

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 EmptyQui 22 Dez 2016, 12:08





RISE OF THE DRAGON


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Fechou os punhos e apertou o maxilar sentindo as suas entranhas serem consumidas pelo ódio. Ao olhar para a mink ameaçada pelo marinheiro pamonha, percebeu que o seu erro foi não ter levado em consideração que aquela figura desengonçada e magra representasse algum perigo.

“Droga, eu realmente não esperava por isso. O mais importante agora é ajudar a Li Wan-chan, mesmo que as minhas palavras venham a te machucar, aniki...” – Ryu sabia que a partir do momento em que ele negociasse com o almofadinhas, tudo estaria perdido, por isso precisava utilizar uma abordagem mais dura e um tanto quanto insensível.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


- Ahh meu caro Gaspar...– meneando a cabeça para frente fazendo com que os cabelos cobrissem os olhos, tiraria a espada fincada no chão guardando-a na cintura, mostrando que ela já não era uma ameaça. A ideia era deixar o soldado menos tenso e acreditar, quem sabe, na boa fé do garoto. – Você realmente não deveria ter isso. Eu pretendia deixar você e o seu boss vivos, mas agora... Me diga o que eu faço com vocês? – com um sorriso falso no semblante falaria com sutileza, suavidade, abrindo os braços e gesticulando. A ameaça estava implícita em cada palavra e somente um tolo não perceberia.

- O que o seu boss parece não ter entendido, e nem você, é que quem está no controle da situação sou eu. – o mais difícil naquele momento era manter-se calmo e escolher o que iria dizer cuidadosamente, ainda que viesse a ferir o seu irmão e a panda. Era um mal necessário, se é que podemos colocar dessa forma.

– Embora eu tenha simpatia pela senhorita Li Wan, e não queira vê-la machucada, vocês não deveriam me confundir com o aniki."Não se preocupe, eu irei resolver isso, apenas fique quieto se recuperando, aniki." – olharia de relance para Jacob. Sua maior preocupação era se o cozinheiro entenderia o que ele estava fazendo, percebendo o que estava bem nas entrelinhas. Além disso, queria evitar que ele fizesse qualquer esforço desnecessário para não agravar os ferimentos. O jeito era torcer pelo melhor.


– Permita-me que eu seja claro. Vocês não estão na frente de um guerreiro do amor, ou de um santo que tem medo da marinha. - encararia o soldado com um semblante sério, e permanecendo ao lado do sargento, deixaria a avalanche de ódio contido no fundo do seu âmago explodir.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


- Vocês estão na frente de um pirata! – as palavras eram emocionais demais, repletas de sentimentos que nem o próprio Tetsuya compreendia. Ele era um pirata, e admitir isso para aqueles dois lhe deixava feliz. O alívio de não precisar mais se conter se misturava com o ódio de poder enfim, guiar o seu punho direito com toda a sua força bem na boca daquela escória, sentindo no processo a carne ser dilacerada e os ossos serem quebrados. Não restaria muito do almofadinhas nessas circunstâncias.

- E agora... O que eu faço com você Gaspar? – deixando a mão relaxada lateralmente ao tronco, provavelmente pingando de sangue, voltaria exibir um sorriso falso, diabólico, repetindo a mesma pergunta de outrora. O boxeador esperava que a essa altura o soldado estivesse com medo ou impressionado demais para tentar algo.

– O seu chefe está incapacitado, talvez morto, e você jamais conseguirá me vencer. Você tem duas opções: ir embora, levando os seus companheiros, ou encarar as consequências. No entanto, se você encostar em um único fio de cabelo dela... – arregalou os olhos deixando-os afiados como uma lâmina. O tom de deboche também desapareceria, restando por trás daquela feição dura uma voz sepulcral.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Eu jamais te perdoarei.



Objetivos para essa aventura:
 

(As imagens são ilustrativas)





Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island!

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jacob Allan
Super Nova
Super Nova
Jacob Allan

Créditos : 29
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 10010
Masculino Data de inscrição : 19/08/2015
Idade : 27
Localização : Bingo Bingo Island - 2ª Rota

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 EmptyQui 22 Dez 2016, 17:00

O leve romance, problemas que não acabam

O galanteador, a ameaça e o destemido.






Broto, não precisa ficar sem jeito, você já ganhou meu coração com seu olhar, assim é apenas maltratar.

Galante, isso era o que eu podia dizer de mim, as mulheres exerciam um poder esquisito sobre minhas ações, viver como um cavalheiro foi a minha principal função ensinada por Obeha, ele era grosseiro, antiquado e idealista, mas era um homem que seguia um código de conduta a risca e foi ao lembrar de tudo que ele me ensinou que sorri para a bela moça-panda que tratava de meus ferimentos, sim ela era uma bela mulher no final das contas, afobada , mas uma excelente companhia e foi ao sentir ela enfaixar minha mão que coloquei minha mão por cima da dela a olhando com um singelo sorriso e um olhar sereno, uma forma de mostrar minha gratidão enquanto a observava e a transmitia as minhas intenções.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Meus lábios aproximaram-se para concretizar o que desejava, um suave beijo da dama, uma forma de recompensa-la, de demonstrar meu carinho e meu afeto, em minha mente, a imagem serena de um beijo intenso, de um abraço caloroso, dos pelos da mesma entrelaçados ao meus dedos, mas algo interrompeu tal imagem, algo interrompeu a minha aproximação para isso, um súbito movimento que a retirou de mim, um movimento de um homem que achei já estar desmaiado, o guarda a tomou de meus  “braços “ e no momento seguinte as palavras do Almofadinhas foram proferidas o que me causou as primeiras palavras de ódio após aquilo  :

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Seu imbécil...



Minha primeira reação ? Quase me levantar imediatamente para soca-lo, mas não, não agora, agora não seria o melhor momento, mas logo um dialogo começou, Ryu agia de forma fria, sim, ele tinha disso, era uma casca quente envolvendo um bloco gelado, ele tinha uma maturidade impar para algumas coisas, mas era uma batata sentimental para outras, lhe faltava um “ cerne” de fato e foi ao ver proferir palavras que eram de fato ameaçadoras para a existência da senhora Lin , que tive a sensação de ter escolhido o irmão errado, mas era evidente, ele tina um “ plano “ e se ele tinha um plano tinha de confiar nele, mas nunca , nunca o perdoaria se ela perdesse um fio de cabelo.

Apenas me ergui, passei a mão boa pelos meus cabelos, me concentrei , escutei cada palavra dita e respirei fundo, o braço estava enfaixado, era inútil a primeiro momento, mas eu tinha um outro braço bom, e ele poderia ser usado a exaustão se aquele homem não compreende-se o resultado final do que eu estava prestes a dizer a ele o observando nos olhos:


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Vamos deixar isso bem claro, “ Soldado-Borra-Botas”, Imagine que você é um dos ratos, e que eu sou um “Groove” inseticida, imaginou? Ótimo, agora imagine que se não soltar a mocinha,  vai ter como recompense dois ou três ossos da coluna rompidos e talvez nunca mais ande...isso se sobreviver ao que vou te fazer antes disso, transa o que estou falando?

Odio, puro e simples era o que emanava de mim, as palavras de Ryu os complementos de minha parte, espero que aquele imbécil soubesse o que estava fazendo ou não o perdoaria,  existem pessoas com uma índole cruel, nunca sairíamos dali com vida, não se eles continuassem no controle e não podia se perder nem mais um segundo com aquilo, apenas o olhar intimidador e a ameaça de um passo foi o que restou a fazer enquanto seguia o plano.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


bichaelson



Menu Completo:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 EmptyQui 22 Dez 2016, 21:53



Ryu não era nenhum perito em lábia, tampouco domina as artes da manipulação, mas suas palavras saíam muito bem de sua boca e os fatos pareciam estar favoráveis a si. Por fim, a auto declaração de que era um pirata causava um asco imediato aos marinheiros, parecia muito estranho a eles que alguém se orgulhasse de admitir algo do tipo. Infelizmente, isso também atingia Li, que se mostrava surpresa e de certa forma amedrontada por serem piratas, apesar de ter pouco tempo para manifestar seus sentimentos - que já estavam bastante confusos com os avanços e galanteios irresistíveis do cozinheiro - e é claro, por estar com uma tonfa contra o pequeno e felpudo pescoço.

Em contraste ao irmão, Jacob adotava palavras muito mais agressivas, e igualmente efetivas. O soldado não sabia o que fazer, olhava para o Sargento em busca de respostas, mas este se encontrava inconsciente devido à pancada que tomara.

- Ora... seus... - apenas palavras e resmungos desse tipo saíam da boca do magro, estava cercado por dois rapazes que derrotaram seu superior, e só tinha uma refém que pouco daria uma boa troca. Repentinamente, o sujeito largava a panda e saía correndo na direção do túnel que levava para a sala anterior, desaparecendo da vista de todos.

- O-obrigada... de novo! - agradecia, apesar de ainda estar apreensiva. - E me desculpem, prometo que não vou me descuidar de novo! Não quero ser um problema pra vocês, pelo contrário! - ela olhava seus salvadores com alegria, mas então se lembrava do que disseram. - É verdade que vocês são piratas? Mas vocês me salvaram e parecem ser boas pessoas, como é possível? Sabe, foram piratas que... bem... - desviava o olhar, querendo evitar trazer memórias ruins. - Melhor a gente continuar então, eu já disse como abrir a porta, e também que alguém precisa ficar do lado de fora segurando. Não é nada de mais, não é como se essa pessoa tenha que ficar presa pra sempre, eu juro! O caminho de volta é o mesmo do de ida, pelo menos é o que o mapa diz.
Considerações:
 




Histórico de Pedrão:
 

Histórico de Afro:
 

Histórico de Aries:
 


Citação :
Numero de posts do narrador (Gekido Shimashita): 25
Numero de posts do narrador (Wolfgang): 9
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pedrão
Civil
Civil
Pedrão

Créditos : Zero
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 10010
Masculino Data de inscrição : 15/10/2015

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 EmptyDom 25 Dez 2016, 10:25




RISE OF THE DRAGON


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Com o sargento fora de cena, e um pouco de incentivo, convencer o soldado a tomar a decisão correta não foi uma tarefa difícil. Ryu respirou aliviado quando o marinheiro soltou Li Wan e saiu correndo, mostrando que por trás daquela carapaça fria e intimidadora - necessária a situação - havia uma preocupação genuína quanto ao bem estar da moça.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


- Bom, isso simplifica as coisas. Cedo ou tarde iria acontecer mesmo... – pensou alto tentando disfarçar um sorriso satisfeito no canto dos lábios, certo de que a partir daquele momento em diante a marinha tomaria conhecimento da sua existência. Ele tinha dado o seu primeiro passo para fora do anonimato, e com um pouco de sorte, quem sabe, ganharia até o seu próprio cartaz de procurado.

- O-obrigada... de novo! E me desculpem, prometo que não vou me descuidar de novo! Não quero ser um problema pra vocês, pelo contrário!

- Não precisa agradecer, tampouco se desculpar, você é muito corajosa sabia? – exibindo um sorriso simpático e aproximando o seu rosto do dela, passaria a mão na cabeça da mink com suavidade, acariciando os seus cabelos e descendo o indicador até tocar no seu focinho.

– Na verdade eu é que tenho que me desculpar por ter sido tão descuidado, eu não imaginava que aquele bundão faria alguma coisa. – olhou fundo nos seus olhos e dando uma pequena gargalhada afastou-se de vez. Ryu não tinha a menor intenção de disputar a atenção de Li Wan com Jacob, nem de seduzi-la, estava apenas sendo gentil e curioso afinal, era a primeira vez que via alguém dessa raça.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


- Somos piratas, mas não como os que você está acostumada a ver. O governo sempre tenta passar uma imagem negativa a nosso respeito, e embora tenha razão na maioria dos casos, nem todos são assim. Eu e o aniki somos piratas legais, não precisa ter medo.– mostrando os dentes brancos, piscou um dos olhos enquanto fazia uma pose de nice guy.

Em seguida voltou-se para o irmão constatando que ele mal conseguia ficar de pé. – Foi mal pelo o que eu disse antes aniki, não era minha intenção ofendê-lo, mas eu precisava ser convincente.

Embora fossem diferentes em vários aspectos, Tetsu admirava a garra do cozinheiro, jamais passando pela sua cabeça desrespeitar o seu cavalheirismo exacerbado. Se antes o rapaz tinha deixado a entender o contrário, agora já não restavam mais dúvidas de que as suas palavras não passaram de um mero artifício para convencer o soldado.

Guardou o que roubou do sargento no bolso, e com o lampião em uma das mãos, ajustou a lanterna na cabeça com a outra. Ele estava preparado para seguir em frente, entretanto havia ainda uma dúvida que ele precisava tirar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


– Eu confio em você senhorita. Você segura o botão e nós entramos está bem? Só não sei como iremos voltar, até porque o caminho dos azulejos desapareceu. De qualquer forma não adianta pensar nisso agora, quando voltarmos achamos uma solução.

Assim que Li Wan apertasse o botão o boxeador caminharia lentamente em direção à porta, sempre atento, observando não só a sua frente, mas também os lados. Os passos seriam cuidadosos, checando sempre se o terreno era firme. Como uma de suas mãos estava ocupada, defender-se de um ataque surpresa não seria muito eficaz, tendo que apelar exclusivamente para os seus reflexos e velocidade das pernas.

Objetivos para essa aventura:
 

(As imagens são ilustrativas)





Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island!

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jacob Allan
Super Nova
Super Nova
Jacob Allan

Créditos : 29
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 10010
Masculino Data de inscrição : 19/08/2015
Idade : 27
Localização : Bingo Bingo Island - 2ª Rota

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 EmptySeg 26 Dez 2016, 18:35

Um homem que luta por seus ideais

Os pirates que sabem suas escolhas.






Tudo parece estar bem, tudo estava tranquilo...

Foi a frase que falei para mim quando vi que as coisas estavam se organizando, de fato a compostura de Ryu fora dura, mas foi uma jogada de risco que tive de assumir, não tive escolha, perder a cabeça seria ferir a jovem e isso não poderia ser admitido, intimidar, bem isso pareceu mais plausível.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Quando vi aquele corpo pequeno soltando-se e o homem seguindo , pude ter a tranquilidade de me aproximar, ajuda-la a se erguer/manter-se erguida enquanto a escutava proferir as palavras em dialogo com meu irmão, apesar de em outro momento conversar de fato com o mesmo aquele momento tínhamos uma donzela ali e ele a era de fato a minha prioridade. Porem o olhei um instante para que eu pudesse sereno proferir as minhas palavras de “ Existe uma dura que você ira tomar sim  :

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Depois teremos uma conversa RYU...

Virando-me para aquela bela mulher me aproximei pronto para falar as palavras que a tornariam de fato minha e a que faria ela compreender o que se passava. Minhas mãos se estenderam as dela, meus olhares foram em seus olhos, meus passos se aproximaram e meu corpo fora o mais próximo que gentilmente poderia ir sem ser mais ousado do que já estava sendo e por fim com um olhar penetrante e amável falei:

Broto, compreenda que nós apenas seguimos os nossos ideais, somos bons e nossos ideais são o conforto de nossas almas, nossos inimigos nos temem não por nossa “ classe “ mas por nossos sonhos, mas ainda sim, mesmo que eu seja bom, jamais poderei andar no vale dos justos, pois eu sou errado, mas com o que irei fazer poderei por um momento ver no fundo do túnel uma real chance de conhecer esse vale tão sonhado...


E com os olhos semi-serrados aproximei meus lábios da bela moça para que com isso pudesse continuar e beija-la, com isso virando-se para meu irmão após o termino do beijo e a soltando falando apenas para que ambos ouvissem:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


...mas agora temos de ir , “Anaki-Boy”  vamos, Broto, por favor abra a porta...


bichaelson



Menu Completo:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 EmptySeg 26 Dez 2016, 22:54


Os esclarecimento dos rapazes tranquilizavam a Mink, que ouvia atentamente a justificativa de serem piratas. Certamente, ações significavam muito mais do que palavras, e somente o fato de a terem salvo da mão de supostos agentes de justiça, cuja função é justamente a manter em segurança, já dizia muito e exigia somente uma breve explicação. Conforme já foi mencionado, a ação que talvez tenha tido mais significado fora o beijo acolhedor - e um pouco invasivo, mas culpa de um romanticismo incorrigível - que o cozinheiro roubava da panda. Esta a princípio se assustava um pouco com o ato repentino, mas cedia pelo calor do momento.

- E-eu... - boquiaberta e corada, ela fitava o boxeador sem saber o que dizer daquilo, pois seus sentimentos eram incertos. Sempre foi muito incomum que raças distintas do oceano se dessem bem, menos ainda romanticamente. Recuava um passo, encostando a ponta dos polegadores um pouco constrangida, e buscava mudar de assunto. - Não se preocupem com a volta, existe um jeito de passar pelos azulejos. Estão prontos? A porta fica aberta só por alguns segundos, então se preparem! 3... 2... 1... vão!

Ao pressionar o botão desejado, as duas partes da porta deslizavam horizontalmente revelando a próxima passagem, e rapidamente os dois aventureiros entravam nela. Pouco antes que ela se fechasse, podiam ouvir Li soltar um breve grito de espanto, mas não sabiam o que era, tampouco uma maneira de voltar para verificar.

Encurralados pela ausência de alternativas, podiam finalmente vislumbrar a tal sala dos tesouros. Era um local único, quase como se aquela parte da caverna tenha sido projetada por humanos, pois seu formato era de um domo e no topo havia uma abertura arredondada de onde entrava a luz de fora. Feixes de luz saíam do buraco revelando as flores e os vaga-lumes, que cintilavam tranquilamente naquela atmosfera suave, diferentemente das regiões anteriores. Uma poeira fina caía do teto, por conta do baque violento do fechar da porta, e bem no centro de tudo, a luz conduzia a uma estrutura de pedra perfeitamente elíptica, sustentada por uma base. Basicamente, era uma grande mesa, talvez uma távola, cercada de cadeiras abandonadas.

Além disso, havia também esqueletos ao redor da estrutura, semelhantes ao cadáver que viram na entrada, com roupas e armas medievais por perto. Apesar desse detalhe sinistro, ainda parecia um lugar bem agradável.

- Faz muito tempo que ninguém aparece. - sentado sobre a ponta da mesa, estava um sujeito desconhecido. Vestia a armadura de um cavaleiro e exibia uma vasta barba branca, evidenciando sua velhice. Apesar de sua aparência senil, sua voz era amistosa e transmitia lucidez. - Creio que os bons ventos que lhes trouxeram até aqui foram soprados pelo desejo do tesouro, ou talvez gostariam de ouvir uma boa história para entender o que esse lugar já guardou, e guardará por toda a eternidade. Da glória à ruína. Quem sabe ambos? - as frases ecoavam pela sala com naturalidade, e o cavaleiro misterioso não tinha pressa em suas palavras. - É imprescindível que suas escolhas sejam sábias, independente de suas intenções, há um pequeno enigma final que vocês devem resolver para alcançar o tesouro, por que então não se sentam antes para compreender este lugar? - o velho parecia não ter tido uma conversa por muito tempo.

Cavaleiro Misterioso:
 




Histórico de Pedrão:
 

Histórico de Afro:
 

Histórico de Aries:
 


Citação :
Numero de posts do narrador (Gekido Shimashita): 25
Numero de posts do narrador (Wolfgang): 10
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pedrão
Civil
Civil
Pedrão

Créditos : Zero
Warn : Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 10010
Masculino Data de inscrição : 15/10/2015

Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 EmptyTer 27 Dez 2016, 04:38




RISE OF THE DRAGON


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Depois de tanta insistência com seus galanteios, o cozinheiro finalmente conseguiu beijar a donzela, deixando-a completamente sem reação. Li Wan rapidamente mudou de assunto tentando disfarçar, incapaz de entender, por hora, os seus próprios sentimentos. No entanto, mesmo sendo leigo nesse tipo de questão, Ryu tinha certeza de uma coisa: ela tinha sido conquistada, e eventualmente a “ficha” iria cair.

“Eu realmente não consigo entendê-las.” – Definitivamente o assunto “mulher” não era da sua alçada. Com os braços cruzados atrás da cabeça, e tendo observado a cena de relance com o canto dos olhos para não parecer indiscreto, começou a andar em direção à porta aguardando a iniciativa da mink. O loiro sabia, que apesar da decisão do cozinheiro de continuar explorando, o seu coração estava ali, com Li Wan.

- Está tudo bem, deixá-la sozinha? – Falou com seriedade sem olhar para o seu irmão ao lado. A caverna era indiscutivelmente um lugar perigoso e deixar a panda desprotegida talvez não fosse a melhor opção. Tetsu continuou em frente mesmo assim, sentindo um pouco de arrependimento em deixá-la para trás. Bastou cruzar a porta, e novamente ela se fechou abafando o grito de surpresa da garota.

- AHHHHHH DE NOVO NÃO. Eu já devia saber que isso iria acontecer. – Não era como se isso fosse algo inesperado, mas ele torcia para que ao menos dessa vez fosse diferente. Ryu não pôde evitar de protestar dando alguns pequenos socos na parede, preocupado com a mink, é claro.

- Droga, nós não deveríamos tê-la deixado para trás. – Virou-se para o irmão encarando-o com um semblante apreensivo, e antes que pudesse dizer algo a mais, viu atrás de Jacob a sala do tesouro. Seus olhos arregalados pareciam não acreditar no que estavam vendo. Piscou mais de uma vez para ter certeza de que aquele lugar, com sua estrutura ímpar e bem acabada, não era uma miragem.

- Incrível. – De queixo caído, e impressionado com a vista, foi à única coisa que conseguiu dizer em um tom quase inaudível. Suas pernas moviam-se automaticamente levando-o mais afundo, enquanto a sua atenção se voltava exclusivamente para os pequenos detalhes que faziam daquele domo um lugar tão peculiar. Não havia ouro, nem qualquer outro tipo de joia pelo o que podia notar, e ainda assim ele estava fascinado.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Somente percebeu a figura senil sentada na ponta da mesa quando o mesmo se pronunciou quebrando o silêncio, tomando um baita de um susto, o que fez com que recuasse alguns passos. – Um zumbi! – Apesar da voz amistosa, a aparência daquele indivíduo - desgastada pelo tempo - não ajudava em nada a passar uma boa impressão, parecia até que ele estava mais morto do que vivo.

- Por um momento eu quase esqueci da senhorita Li Wan. – Ryu sacudiu a cabeça voltando a si. Embora aquela sala fosse maravilhosa e o envolvesse de uma maneira indescritível, o problema envolvendo a garota não tinha sido solucionado. Olhou para o velho cuidadosamente, vendo que assim como os esqueletos do lugar ele usava uma armadura. Seria um guardião?

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


- Tesouro para cá... Tesouro para lá... – coçava a cabeça mantendo os olhos fechados, visivelmente cansado desse papo. Aparentemente todo mundo que tinha ido até aquelas ruínas só se importava com as riquezas que poderiam encontrar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


- É claro que eu tenho interesse nele, mas isso é apenas a cereja do bolo. O mais importante será sempre a jornada. – abriu os olhos encarando o velho com convicção. Por mais que tivesse interesse em ouvir as suas histórias, Li Wan vinha em primeiro plano.

- Eu realmente gostaria de ouvir as suas histórias velhote, mas a namorada do meu aniki aqui ficou para trás e nós realmente não sabemos o que aconteceu com ela. Precisamos voltar.


Objetivos para essa aventura:
 

(As imagens são ilustrativas)





Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island!

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Empty
MensagemAssunto: Re: Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island   Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island - Página 12 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Uma nova lenda. Inicio em Dawn Island
Voltar ao Topo 
Página 12 de 15Ir à página : Anterior  1 ... 7 ... 11, 12, 13, 14, 15  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Dawn Island-
Ir para: