One Piece RPG
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Capítulo I - Despedida
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 21:04

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor Kiomaro Roshiro Hoje à(s) 20:53

» Cap.1 - O primeiro passo!
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor Kallieel Hoje à(s) 20:27

» [MINI - DJ GBR] 01 | Eco
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor DJ GBR Hoje à(s) 20:00

» The Victory Promise
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor Alê Hoje à(s) 18:22

» Escuridão total sem estrelas
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor K1NG Hoje à(s) 18:21

» Garfield Henryford
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 17:19

» O começo do grande catálogo! Aventura na ilha das flores
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor Kiomaro Roshiro Hoje à(s) 15:26

» Contrato de Sangue
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor Coldraz Hoje à(s) 14:47

» Tyrael Silverfang
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 14:13

» Akira Suzuki
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 14:10

» O início de uma aventura. Em busca do topo!
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor Quazer Satiel Hoje à(s) 13:58

» Leon Ari Nefesh
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 13:52

» Jhonathan Wolf
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 13:42

» Daniel Fried Hanz Von Joseph
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 13:35

» O início da pesquisa.
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 13:22

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 13:12

» II - Eternas Ondas
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor Mephisto Hoje à(s) 12:28

» II - Aliados
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor Hunson Hoje à(s) 09:05

» Vermelho
Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Emptypor annavitoria Hoje à(s) 08:27



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Crônica do Leste: O larápio caótico

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 50
Warn : Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Crônica do Leste: O larápio caótico   Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 EmptyQua 01 Jun 2016, 14:33

Relembrando a primeira mensagem :

Crônica do Leste: O larápio caótico.

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Elrick Alfagor. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Blackfish
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 12/04/2016

Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Crônica do Leste: O larápio caótico   Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 EmptyDom 26 Fev 2017, 22:13

3-15: Mt. Ballon


Colocaria a mão sobre o queixo e olharia para os homens com uma expressão de curiosidade, a ideia do plano foi jogada na mesa para um melhor aproveitamento, porém, as táticas para realizá-lo não estavam predestinadas, além do mais, sentiria meu estômago roncar e roeria um trecho da unha ara espantar um pouco da fome e ainda ter cuidado com sua aparência.

Você tem razão, essas coisas precisam ser melhor calculadas —
Recolheria o mapa e levantaria ainda pensativo — Rapaz, já sei!

Andaria alguns passos para raciocinar suas ideias e colocá-las melhor em ordem.

Eu vou até os arredores do palácio, levo pelos menos dois homens, faço a vistoria começo a causar lá e peço para trazer reforços — O garoto sorria e respirava com um ar de perseverança — Enquanto rola um caos nos arredores eu me infiltro e abro o portão, e aí? Quem vai pros arredores do palácio comigo?! Aliás, convoca uns caras fortões aí pra hora da porradaria, por quê a coisa vai ficar feia lá.

Ficaria em pé esperançoso e estenderia o braço para o líder em um gesto de fecha de contrato, guardaria seu mapa e se fosse providenciado dois ajudantes para partir iria para fora do local o mais rápido possível analisando por onde estava.

Aliás, que lugar e esse? — Se voltaria a Péricles.

Se fosse apresentado aos dois seguidores estenderia a mão porém retiraria-a antes que recebesse um aperto de mão, olharia com o canto de olho semicerrados evitando que o impecílio da mordida e mão babada aconteça novamente.

Sou Elrick Alfagor, como eu acho que você(s) já sabe(m) — Diria confiante — E aí, vocês lutam com o quê? Qual tipo de dote? Fala aí

Se apresentaria e certificaria que os homens estavam ciente do plano e do acontecimento, voltaria a Péricles e agradeceria por tudo, se fosse aceitável desceria em direção a Porto Branco se guiando pelo mapa e atento a qualquer imprevisto no caminho, visava procurar qualquer berrie que carregaria consigo ou com os viajantes para ir direto ao um ferreiro providenciar botas de combate estilizadas.

Eu quero uma coisa melhor que esses trapos fora de moda! — Diria se voltando as suas botas — Uma que aguenta porradaria, você(s) tem algum berrie pra ajudar? Se não vai sobrar pro roubo...

Se não fosse providenciado viajantes para me acompanhar seguiria para Porto Branco sozinho visando colocar em prática a primeira fase do plano, e só desceria pela permissão de Péricles mesmo que ele havia me elogiado e se prontificado a me ajudar em meu plano não confiava nele, eramos dois foras-da-lei podíamos no trair muito bem. Sem manteria a guarda alta e atenção redobrada.


Observação:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jinsang
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Jinsang

Créditos : 7
Warn : Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 19

Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Crônica do Leste: O larápio caótico   Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 EmptySeg 27 Fev 2017, 22:26

~Narração~



-Rapaz, já sei! Eu vou até os arredores do palácio, levo pelos menos dois homens, faço a vistoria começo a causar lá e peço para trazer reforços...  Enquanto rola um caos nos arredores eu me infiltro e abro o portão, e aí? Quem vai pros arredores do palácio comigo?! Aliás, convoca uns caras fortões aí pra hora da porradaria, por quê a coisa vai ficar feia lá.

-Você é sempre afobado assim? Calma garoto. Precisamos coletar informações. Nosso grupo é grande, mas não é poderoso assim, precisamos de uma boa estratégia. Vou mandar meu melhor espião contigo, e vocês dois coletam informações na cidade. Depois você volta com as informações, e então planejamos melhor cada detalhe do seu plano.

-Como assim você me manda pra uma missão sem nem ao menos me perguntar se quero ir, Péricles? Aff... -Interrompe Thiaguinho, logo de cara.

-Cala a boca Thiaguinho, vai logo.

-Caralho viu! Essa mania de me mandar pra essas missões fodidas...

Thiaguinho então sai do esconderijo, descendo a montanha com Alfagor o acompanhando. A caminhada é calma, por Thiaguinho conhecer a montanha como a palma de sua mão. O integrante do Exaltasamba não aparenta ser muito de conversar, e aparenta não estar nem um pouco feliz de estar ali.

-E aí, você luta com o quê? Qual tipo de dote? Fala aí...

-Meh. Luto com bastão. Sou gatuno. Nada demais. Vamos nos concentrar na missão, certo? Tente se dispersar. Seguinte, quando chegarmos na cidade, tente não chamar atenção. Misture-se na multidão, porque quando chegarmos num lugar bom, nos infiltraremos na muralha. Certo? Nada de confusões. Quanto mais cedo reunirmos informações, mais cedo voltaremos e mais cedo você poderá finalizar seu plano.

O larápio e o gatuno então finalmente chegam a cidade localizada nos arredores de Porto Branco. Aos poucos a dupla se aproxima da muralha, e vasculha o perímetro procurando um ponto para invasão. Há alguns comércios abertos, e nas áreas mais próximas as muralhas o movimento era moderado, comum para tardes de sol em Dawn Island.

Histórico Elrick:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Everything flows, and all is connected"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blackfish
Pirata
Pirata
Blackfish

Créditos : 7
Warn : Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 8010
Masculino Data de inscrição : 12/04/2016
Idade : 21
Localização : Loguetown - East Blue

Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Crônica do Leste: O larápio caótico   Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 EmptyTer 28 Fev 2017, 18:07

4-16: O plano Alfagor


Bagunçaria minhas madeixas para arrumá-las mais uma vez, ficaria um pouco melancólico por estar naquela situação só de andar, andar e resolver coisas pela diplomacia, porém, ao estar com Thiaguinho não se sentia bem naquela florestas, as plantas altas me causavam um pequeno desconforto pois nunca saberia que tipo de perigos podia-se encontrar atrás daquela coberta verde por cima do chão.

Você não é muito de falar não é ami? — Diria analisando Thiaguinho — Eu gosto de dialogar pra caralho!  Mas aí, enquanto aos arredores do Porto, então, não sei ser discreto. Que tal nós improvisarmos?

Caminharia um pouco cansado sentindo seu estômago roncar, não se renderia rapidamente aos prazeres da carne porém a fome era algo que não se podia ignorar tão facilmente, olharia para Thiaguinho e esfregaria na própria barriga indicando que estava roncando e eu estava faminto.

Aí na moral, não vou mentir não! — Diria fazendo uma expressão de desconforto fechando o semblante — Eu tô morrendo de faim! Primeiro a gente deveria achar um local pra comer e depois umas botas de combate mais duradouras pra mim, que acha?! Han? Hein?!  

Se fosse da concordância de meu companheiro primeiramente procuraria uma taverna, bar ou restaurante para aliviar minha fome, sempre observaria e evitaria alguns policias a minha frente pois não sabia se as noticias sobre mim já haviam chegado ou se o próprio Diogo estava no local. Caso achasse algum local para vender comida primeira mente ajeitaria minhas vestes, limparia a poeira, passaria a mão molhada de saliva no cabelo para trás ficando apresentável e por fim checaria o hálito entrando no local educadamente.

Bonjour meu bom(boa senhor/senhora), gostaria de um prato do especial do dia e duas garrafas de rum para mim e meu companheiro-seguidor! — Falaria estonteante e sorridente como se fosse alguém importante.

Se atendensse o pedido do rapaz logo chegaria ao pé do ouvido de Thiaguinho segurando a risada e sussurraria

Eu sempre faço isso, fingo que sou alguém importante e tenho dinheiro que eles caem me dando as coisas de grâce Sussurrava segurando o riso — É sempre engraçado, mas aí, allons-y comer !

Sentaria em uma mesa mais distante de todos e olharia quem estava presente no recinto, logo comeria a vontade e beberia não se incomodando com modos, faria pausa para arrotar e coçar a bunda pois já era bonito e isso compensava os maus modos na mesa, após terminar de comer pediria para que o dono do estabelecimento vinhesse ao nosso encontro.

Perdão meu bom homem pelos meus modos na mesa, lá no palácio nós não se incomodamos com rien ho ho ho! — Diria com uma falsa risada passando a unha entre os dentes — Então, pode me dizer como está o andamento da île? Policiais? Pode me dar informações? Estou pensando em abrir uma loja de alfaiate!

Se os pedidos não fossem aceitos iria até o balcão principal onde estaria o dono do estabelecimento e bateia com as duas mãos forte na mesa indicando raiva e não entendo o motivo de não ser atendido.

QUERO SABER QUEM É O DONO DESSA ESPELUNCA! — Aumentaria o tom de voz.

____________________________________________________

Fala Pensamentos Narração
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jinsang
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Jinsang

Créditos : 7
Warn : Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 19

Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Crônica do Leste: O larápio caótico   Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 EmptyTer 28 Fev 2017, 23:36

~Narração~



-Você não é muito de falar não é "ami"? Eu gosto de dialogar pra caralho! Mas aí, enquanto aos arredores do Porto, então, não sei ser discreto. Que tal nós improvisarmos?

-Improvisar? Cara, tu tá maluco? É o futuro de Dawn Island que tá em jogo, mané. Tu quer matar todo plebeu da ilha, é?

Após mais um período de caminhada, Elrick comenta novamente.

-Aí na moral, não vou mentir não! Eu tô morrendo de "faim"! Primeiro a gente deveria achar um local pra comer e depois umas botas de combate mais duradouras pra mim, que acha?! Han? Hein?!

-Finalmente você disse algo que eu concordo. Vamos parar em algum bar pra comer algo.

Após alguns momentos de procura, a dupla encontra uma taverna aconchegante, onde o cheiro de comida estava no ar.

-"Bonjour", minha b...

-Olá, Ana! José! Tudo bom com vocês? Me vê dois pratos do dia, por favor! E uma garrafa de rum! -Diria Thiaguinho interrompendo o larápio. -Sei muito bem o que você iria fazer. Sabe, você devia tentar ser honesto algumas vezes. Pelo menos com os velhinhos. -Algo realmente estranho, vindo de um trombadinha.

A dupla aproveita a refeição, e os dois seguem para uma loja para comprar as botas que o larápio queria.

-Olá meus jovens, o que desejam?



Off:
 

Histórico Elrick:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Everything flows, and all is connected"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blackfish
Pirata
Pirata
Blackfish

Créditos : 7
Warn : Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 8010
Masculino Data de inscrição : 12/04/2016
Idade : 21
Localização : Loguetown - East Blue

Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Crônica do Leste: O larápio caótico   Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 EmptyQua 01 Mar 2017, 09:54

4-17: Infortunados Avarentos


No momento que o acompanhante havia de interrompido meu assunto eu observaria-o de pés a cabeça semicerrando meu olhos, estava a pensar quem ele achava que era para me tratar desse jeito, como se ele fosse maior que eu, havia me irritado aquele momento e iria de manter um semblante fechado de pouco assunto, não deixaria muito aparente para não interferir na missão.

Fica quieto dessa vez — Diria estendendo a mão a frente do garoto indicando para ele não interferir no assunto — Tu é abusadinho em attardé

Bonjour, meu bom (minha boa) — Falaria estendendo a mão — Gostaria de umas botas boas para combate... Não necessariamente isso, sabe? É que eu pratico taekwondo então preciso de umas botas resistentes, talvez de couro sabe? Mas bem estilosas, por favor, que não seja iguais essas que tô usando. Com umas tiras de ferro na ponta, algo parecido com isso...

Demonstração:
 

Observaria a loja em volta, as coisas que estavam a venda e a decoração, em meio ao assunto pararia um minuto para deslumbrar as possíveis armas que estavam a venda, o cheiro de coisa nova e talvez conservada no ar, deslumbraria o recinto, já que se interessava muito por armas.

Então, esse tipo de coisa que quero na bota tem aqui? Ou preciso especificar com um ferreiro? Se você mesmo for né ami Diria ansioso esperando a resposta.

Caso  houvesse na loja então procuraria utilizar de minha fala para poder abaixar o preço ou conseguir fazê-lo e pagar com serviços brutos como cobrar dívidas ou bater em alguém, ficaria atento a policial local e nunca perderia a chance de perguntar ao vendedor sobre como é a situação da ilha, a movimentação que hora abriria os estabelecimentos, quem era o mais famoso ali, a loja mais famosa, a base de preços, realmente faria um reconhecimento do local visitando loja por loja.

Se não houvesse e não tivesse possibilidade caminharia para uma loja do mesmo porte mais próxima e procuraria especificamente um ferreiro.


Observação:
 

____________________________________________________

Fala Pensamentos Narração
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jinsang
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Jinsang

Créditos : 7
Warn : Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 19

Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Crônica do Leste: O larápio caótico   Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 EmptyQua 01 Mar 2017, 22:31

~Narração~



Irritado com a atitude de Thiaguinho no restaurante, Elrick agora dá um puxão de orelhas no gatuno.

-Fica quieto dessa vez, tu é abusadinho em "attardé"... -Agora, se virava para o vendedor. -"Bonjour", meu bom, gostaria de umas botas boas para combate... Não necessariamente isso, sabe? É que eu pratico taekwondo então preciso de umas botas resistentes, talvez de couro sabe? Mas bem estilosas, por favor, que não seja iguais essas que tô usando. Com umas tiras de ferro na ponta, algo parecido com isso...

-Eu só interferi porque conhecia os donos do restaurante. As vezes ser sincero e conquistar as pessoas pode ser mais útil do que somente ludibriá-las... -Diz o gatuno, com um tom de voz baixo, para que o vendedor não ouça.

-Bom meu jovem, não sei se tenho esse modelo, mas vou checar.

O vendedor retorna, mostrando ao larápio o modelo de botas que ele tinha.

-Bom, tenho essas aqui. São 30.000 Berries. E tenho outro modelo, de 50.000 Berries. É só escolher, senhor.


OFF:
 

Histórico Elrick:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Everything flows, and all is connected"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blackfish
Pirata
Pirata
Blackfish

Créditos : 7
Warn : Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 8010
Masculino Data de inscrição : 12/04/2016
Idade : 21
Localização : Loguetown - East Blue

Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Crônica do Leste: O larápio caótico   Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 EmptyQui 02 Mar 2017, 09:41

4-18: O pisante


Ficaria confuso e pensativo colocando a mão sobre o queixo e analisando as possíveis opções das botas, não era um especialista, só visava o design e a resistência, para mim as duas eram idênticas e isso me fazia serrar os dentes de curiosidade e indecisão.

Hmmm... — Diria ainda pensando — E aí Thiaguinho, qual dos pares você acha que eu levo? Na moral, pra mim são identique

Apesar de sempre procurar fazer compras sem ao menos checar a quantidade de dinheiro, chacoalharia as possíveis moedas no meu bolso e colocaria sobre a mesa, não pensaria duas vezes já que botas era algo necessárias para quem estava acostumado a lutar com os pés.

Então me dá o equivalente a isso aí — Colocaria os berries na mesa — Mas me responda, você também é ferreiro ou tem algum próximo? Queria fazer uma revisão e que incrementasse na resistência.c Eu pago a diferença!

Caso o homem fosse também um ferreiro indicaria-o para acolchoar o couro interior da bota, aumentar a resistência do tecido, colocar partes de metais para intensificar em meus chutes e ascender a tinta negra que tinha na mesma, esperaria o tempo que for.

Se o senhor não fosse ferreiro procuraria o mais próximo e pediria os mesmos quesitos, não perderia muito tempo com o lance da bota por quê era apenas uma modificação rápida, então partiria para próximo do portão de entrada ao palácio, ficaria pelas redondezas para observar a entrada de policiais, caravanas, nobres e afins.

Acho que vou improvisar, gars Diria — Vou tentar sequestrar um nobre!

Observaria a movimentação dos de mais dinheiro e junto com Thiaguinho  tentaria se aproximar de alguém que aparentasse ser nobre e sozinho, quando ninguém estivesse olhando e passaria a mão sobre o pescoço dele como se fosse amigos, sempre sorrindo, nunca demonstraria raiva nem pânico.

AMI! — Falaria alto para que as pessoas envolta achassem que eramos amigos e para o nobre sussurraria — Fica quieto e não faça movimentos bruscos, venha conosco se não eu quebro seu pescoço, se reagir eu quebro seu pescoço, se quebrar o seu pescoço... EU QUEBRO O SEU PESCOÇO!

Tentaria induzir de levar o nobre para algum estabelecimento ou algum lugar mais sozinho, nunca deixaria-o comunicar ninguém nem se quer se afastar de mim, quando estivéssemos a sós, nós três logo revistaria-o e impediria-o de andar.

Conte para nós tudo que você sabe sobre o palácio, como entrar e sobre os guardas! — Falaria em um tom agressivo.


Observação:
 

____________________________________________________

Fala Pensamentos Narração
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jinsang
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Jinsang

Créditos : 7
Warn : Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 19

Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Crônica do Leste: O larápio caótico   Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 EmptyQui 02 Mar 2017, 23:59

~Narração~



-Hmmm... E aí Thiaguinho, qual dos pares você acha que eu levo? Na moral, pra mim são "identique"...

-Você luta com os pés, não é? Leve a de 30k. Deve servir pro momento.

-Então me dá o equivalente a isso aí, mas me responda, você também é ferreiro ou tem algum próximo? Queria fazer uma revisão e que incrementasse na resistência. Eu pago a diferença!

-Infelizmente eu não conheço, senhor. Geralmente os ferreiros que podem fazer isso, estão só de passagem pela ilha...

Após o pagamento da bota de combate, a dupla sai da loja, e logo Alfagor diz:

-Acho que vou improvisar, "gars", vou tentar sequestrar um nobre!

-QUÊ? TU TÁ MALUCO? Mano, como você ainda tá vivo sendo impulsivo assim?... Beh, se você quer mesmo fazer isso, sequestre alguém próximo ao Doroth. Assim conseguiremos alguma vantagem contra ele. Venha, sei de um local onde podemos subir pelas muralhas, assim a gente entra no porto e vamos atrás do seu alvo. É melhor do que atacar um nobre qualquer e não surtir efeito algum.

Então o gatuno guia o larápio até uma pequena entrada escondida, um buraco na muralha, onde a dupla passa e começa a subir uma escadaria, que leva até o topo da muralha.

-Bom, agora, evite de fazer qualquer barulho, vamos encontrar a escadaria para entrar no porto.


Histórico Elrick:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Everything flows, and all is connected"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blackfish
Pirata
Pirata
Blackfish

Créditos : 7
Warn : Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 8010
Masculino Data de inscrição : 12/04/2016
Idade : 21
Localização : Loguetown - East Blue

Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Crônica do Leste: O larápio caótico   Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 EmptySex 03 Mar 2017, 10:43

4-19: Pequenos Espiões


Thiaguinho se mostrava um companheiro mais afortunado do que eu, ele era inteligente e versátil, suas ideias para infiltrar dentro do palácio era mais bem elaboradas que a minha, não que o homem pudesse me superar, porém, ele era mais preparado e menos precipitado, louvável e admirável.

Vous é mais esperto do que eu pensava — Dizia ao segui-lo — Eu não sou fã de lugares altos, mas se você acha melhor... Allons-y!

Seguiria o gatuno até que pudessem subir pela parede, ficaria receoso ao escalar tal local pois não era fã de altura, algo superficial mas que não me impediria de prosseguir com meus planos, minhas mãos soariam e engoliria seco a sáliva na garganta, jogaria meu cabelo para trás para enfim começar a subir a parede.

Enfer! Sussurraria apreensivo subindo a parede sem olhar para baixo.

Ficaria sempre bem colocado nas paredes, observando onde colocaria as mãos e os pés, seguiria os passos do acompanhante pois era o tal que liderava na subida, nunca olharia para baixo e pararia as vezes para respirar descansar seu corpo e sua mente. Ao chegar no topo se afastaria das bordas e sentaria no chão indicando fadiga e um pouco de medo de altura, porém, ficaria atento para qualquer tipo de perigo próximo.

Vous acha mesmo que não tem guardas no perímetro? — Sussurraria com um tom de sarcasmo.

Sempre se manteria abaixado com seu corpo fora da visão de quem estivesse por baixo, faria uma analise do quadrante e se afastaria da borda sempre, o medo de cair era maior do que o medo de encontrar alguém, observaria ao redor e tomaria a frente do local, procuraria atentamente qualquer tipo de escada para descer ou local onde pudesse pular sem se machucar.

Caso encontrasse a escada desceria lentamente tomando a frente do local e se esconderia atrás de qualquer arbusto utilizando de sua furtividade para não ser visto, esperaria Thiaguinho para que ambos pudessem analisar o local e uma rota mais segura para dentro do palácio.

Se caso não houvesse nenhuma escada e estivessem em situação de perigo constante procuraria alguma coisa para pular sem se machucar, se a altura fosse considerável para n ão quebrar nenhum membro ou algo parecido, procuraria alguma tenda com tecido resistente ou um montante de feno.

E por fim se avistassem algum guarda não deixaria-o tomar a frente da situação nem avisar outros guardas, avançaria contra o mesmo utilizando de seus passos rápidos de pluma, correria a frente e deslizaria no chão aparecendo atrás do homem e realizaria um chuta com o calcanhar movimentando seu corpo cento e oitenta graus para esquerda empurrando o homem de cima do muro.

____________________________________________________

Fala Pensamentos Narração
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jinsang
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Jinsang

Créditos : 7
Warn : Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 19

Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Crônica do Leste: O larápio caótico   Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 EmptySex 03 Mar 2017, 22:19

~Narração~



Surpreso com o raciocínio do negão, Alfagor o elogia pelo pequeno plano.

-"Vous" é mais esperto do que eu pensava... Eu não sou fã de lugares altos, mas se você acha melhor... "Allons-y!"

-Relaxa, se você cair, do chão você não passa.

A dupla então finalmente chega ao topo da muralha. A subida não foi difícil, já que havia uma pequena escada improvisada, talhada no muro. Apesar de seu medo, Elrick subiu a muralha tranquilamente.

-"Vous" acha mesmo que não tem guardas no perímetro?

-É claro que tem, exatamente por isso que a gente tem que ir furtivamente. Vai agachado, e evita fazer barulho. Se perceber alguém próximo, gesticule. Temos que entrar, pegar o seu refém e vazar daqui.

A dupla segue pela muralha, Alfagor evita as beiras da amurada, aparentemente com muito medo de altura. Ao chegarem próximo a uma das torres de vigia, que também era onde havia a escadaria, Thiaguinho sinaliza para Elrick. Com alguns gestos, indica que fará um mata leão em um dos dois guardas, e que ele deveria silenciar o outro de alguma maneira. Thiaguinho então se aproxima silenciosamente do guarda, que logo perde a conciencia. Já Elrick, chuta o outro guarda para fora da muralha. O corpo do guarda cai em cima do telhado de uma casa, fazendo um barulho estrondoso com o choque. Thiaguinho olha para os lados apreensivo, suando frio. Aparentemente ninguém deu bola para o barulho, então a dupla desce a escadaria, sem problema algum. Agora, eles oficialmente estão dentro de Porto Branco.


Histórico Elrick:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Everything flows, and all is connected"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blackfish
Pirata
Pirata
Blackfish

Créditos : 7
Warn : Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 8010
Masculino Data de inscrição : 12/04/2016
Idade : 21
Localização : Loguetown - East Blue

Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Crônica do Leste: O larápio caótico   Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 EmptySab 04 Mar 2017, 13:57

4-20: Porto Branco


Após perceber que havia derrubado o homem de cima do muro e visto o mesmo despencar e cair em cima de um telhado colocaria a mão na nuca e fecharia os semblante demonstrando aflição, juntamente com seu companheiro.

Vish.... — Sussurraria enquanto tomava em disparada para descer.

Ao chegar oficialmente em Porto Branco vislumbraria o local, olharia ao redor as possíveis mercearias, residências, postos, ruas, decorações e pessoas, tomaria total cuidado para não ser visto e limparia a poeira de sua roupa.

Uau... Vraimen não sei se as pessoas dentro desses muros estão em liberdade e seguras da violência... — Sussurraria enquanto analisaria o local e seu ar superior — Ou se estão privadas de liberdade e inocentes ao mundo... A vida de nobre é étrange pra mim.

Ficaria sempre em observação para possíveis maiores desastres e inimigos próximos, mas manteria sua atenção na graciosidade de dentro de um reino, um lugar regido para classe mais alta, era umn local onde um pobre como eu nunca havia pisado antes.

Thiaguinhôw! Na moral ami, eu vou ter que dar uma olhada por aí cara! — Falaria não contendo sua curiosidade

Minha naturalidade espontânea, incontrolável e extrovertida me faria andar furtivo por locais como arbustos altos, caixas e algo que pudesse esconder meu corpo, observaria onde estivesse ruas principais e becos, respiraria fundo e levaria em consideração o horário do dia que poderia tanto ajudar a mim ou prejudicar devido a luminosidade, porém, vasculharia os locais e manteria seu foco no palácio, a direção dele. Só mudaria o percusso caso achasse algo que realmente chamasse sua atenção, ouro, jóias ou algo valioso.


Off:
 

Capa Vermelha:
 
Óculos strong glass:
 
Luvas metade do dedo:
 
Botas simples de combate:
 
Objetivos:
 

____________________________________________________

Fala Pensamentos Narração
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Crônica do Leste: O larápio caótico   Crônica do Leste: O larápio caótico - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Crônica do Leste: O larápio caótico
Voltar ao Topo 
Página 4 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Dawn Island-
Ir para: