One Piece RPG
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Nox I - Loucura
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor Catuios Ontem à(s) 23:31

» Sons of Vermillion's Blood: Gênesis
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 22:08

» Bizarre Adventure: Smooth Criminal
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor Achiles Ontem à(s) 21:43

» Teleton Chronicles I: Retaliação
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor Sakaki Ontem à(s) 21:34

» [ficha] Hinata Bijin
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor Bijin Ontem à(s) 20:39

» Apenas UMA Aventura
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor Van Ontem à(s) 20:35

» Cap. 1: Laços entrelaçados, as chamas da revolução se erguem!
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor Wesker Ontem à(s) 20:07

» Buki Bijin
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 19:02

» Arthas Mandrake
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 18:58

» Bastardos Inglórios
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor Wing Ontem à(s) 18:57

» Evento Natalino - Amigo Secreto
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor Mizzu Ontem à(s) 18:13

» あんみつ - Anmitsu
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor Vincentão Ontem à(s) 18:03

» Unbreakable
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 18:03

» Cap. 1 - Abrindo caminho
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor Fonseca Ontem à(s) 17:31

» [Mini-Theodore]
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor Death-D.Obscure Ontem à(s) 17:04

» [Ficha] Mikhail Vermillion
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 16:40

» Mikhail Vermillion
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 16:37

» Construindo o Começo
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor Graeme Ontem à(s) 15:17

» [Ficha] Coldraz Vermiillion
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 13:35

» Coldraz Vermillion
Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 13:34



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Entre! O Arcanjo Espadachim!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
AutorMensagem
TerryBogard
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 13/04/2016

Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Entre! O Arcanjo Espadachim!   Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 EmptyTer 10 Maio 2016, 14:12

Tentando Consertar uma Cerca




Terry havia encontrado um homem consertando uma cerca, devido a sua natureza humilde e a o juramento que fez a seu mestre; ele decidiu perguntar se o homem não estaria precisando de ajuda, o homem logo respondeu que queria a cerca consertada porém disse que não podia pagar.

- Fique tranquilo, comida está bom, não ajudo as pessoas buscando dinheiro em troca - respondeu Terry com um sorriso

O espadachim não era exatamente proficiente em carpintaria, na verdade ele nunca havia feito um trabalho assim antes; ele estava realmente com medo de atrapalhar mais do que ajudar, mas mesmo assim ele decidiu que ajudaria o homem.

''E agora? por onde eu começo? nunca fiz nada assim antes...'' pensou Terry confuso

O jovem avistou uma estaca velha, visto que o senhor havia pedido a ele que retirasse as estacas velhas primeiro, Terry tentaria puxar umas estacas velhas, caso ele conseguisse ele puxaria as outras e em seguida tentaria pregar as novas, se ele conseguisse ele iria procurar o homem e aceitar a comida, se o homem desse o almoço, Terry comeria e agradeceria o senhor; então iria voltar a caminhar pela cidade.

Caso não conseguisse, ele iria desculpar-se do senhor e sairia um pouco envergonhado, como ele não havia comido nada; Terry tentaria procurar um lugar para comer, o jovem pretendia conseguir uma espada cega depois disso porém ele não sabia se o dinheiro que tinha era suficiente para adquirir uma.


Histórico:
Spoiler:
 

Objetivos:
Spoiler:
 

OFF:
Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Deep
Civil
Civil
Deep

Créditos : Zero
Warn : Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 1010
Masculino Data de inscrição : 09/11/2013

Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Entre! O Arcanjo Espadachim!   Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 EmptyQui 12 Maio 2016, 02:15

Terry agarrava a primeira estaca velha e tentava puxá-la, era uma tarefa bem difícil, a terra parecia sugar a estaca como um bebê na mamadeira.

O jovem tirou uma estaca e com a marreta tentou colocar a nova, foi difícil isso também, era bem diferente manusear uma marreta e uma espada, seus braços não estavam prontos aquela tarefa.

O sol se ergueu e começou a descer, Terry já estava dando a volta na fazendo colocando estacas com o homem que ele ajudava quando o mar chamou sua atenção. Este se abria a sua frente pois a fazenda terminava em um barranco na beira mar e no horizonte um único barco apontava, mas o tempo pareceu parar quando o sol para de ofuscar a visão de Terry e ele pode ver o símbolo do governo fixado em uma enorme imagem na vela, era um navio de guerra do governo e atrás dele havia mais um, porém esse da marinha.

-Oh Deus... Se eles atracarem na vila e encurralarem os revolucionários por terra, a cidade vai virar um campo de batalha... Será um massacre... E puta merda... A base revolucionária é do outro lado da ilha, não irão nem ver o ataque... Matarão todos os revolucionários no ataque e muitos cidadões no fogo cruzado... Preciso avisar para que a minha família se esconda...

O senhor falava isso e saia correndo deixando Terry para trás.

A frente de Terry havia uma rampa de terra estreita que descia até a praia abaixo no barranco, perante a costa íngrime daquela parte da ilha, se eles realmente quisessem aportar despercebidos teriam de vir por ali... Pará-los ali seria a única maneira de evitar o conflito com os civis... Mas ele tinha farpas nas roupas, suor no peito e algumas estacas que ele estava colocando... Céus... Ele também é um civil a trabalho e desarmado, iria ele correr pela sua vida como um civil... Ou ele agiria como algo mais?

____________________________________________________

-Fala de personagem...
"Pensamento de personagem"

Cor do Deep
Cor do Tesla
Cor do Voltz



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
TerryBogard
Pirata
Pirata
TerryBogard

Créditos : Zero
Warn : Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 13/04/2016
Localização : Emeigh - Grand Line

Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Entre! O Arcanjo Espadachim!   Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 EmptyQui 12 Maio 2016, 13:53

A Promessa




A visão do navio da marinha transportou Terry a os seus dias de assassino no passado, quando ele vivia para matar marinheiros em Shells Town acreditando que a marinha era uma organização corrupta e com ideais distorcidos, mas isso logo saiu da cabeça do espadachim quando ele ouviu o senhor dizer que os revolucionários não iriam ver o ataque e que vários cidadãos morreriam no fogo cruzado, Terry refletiu um pouco ao ouvir isso; ele havia jurado ao seu mestre que ajudaria e defenderia as pessoas custe o que custar, mas como ele faria isso? ele não tinha nem uma espada e mesmo que ele tivesse ele não seria capaz de derrotar duas tripulações de navios de guerra da marinha e do governo.

Mas Terry não dava a mínima para isso...

''Eu com certeza não vou sair vivo se for enfrentar tantos inimigos de uma vez, acho que terei mais chances se tentar convencer eles com palavras; mas se isso não der certo terei que lutar, pelo menos eu sei o básico da luta de rua...'' - Terry pensava no que fazer nessa situação

''A minha maior esperança de continuar vivo é atrasar eles até que a notícia do ataque chegue aos revolucionários, mas e se não chegar? não tem problema, ao menos eu morrerei defendendo meus ideais'' - decidiu o espadachim.

Terry Yagami, pronto para arriscar sua vida, ele iria se colocar no caminho das tropas da marinha e do governo na tentativa de impedir a sua passagem; quando eles o notarem ele iria então falar em voz alta:

- Então o objetivo de vocês é atacar a base dos revolucionários nesta ilha e causar uma guerra, mas será que vale mesmo a pena isso que vão fazer? já pensaram na quantidade de civis que morrerão no fogo cruzado enquanto aqueles que se denominam os defensores da justiça não tem outro objetivo além de destruir o inimigo?

- O preço da derrota dos seus inimigos será o sangue dos inocentes, vocês irão destruir as vidas daqueles que só querem viver em paz em prol de derrotar um inimigo que pode facilmente se organizar em outro lugar, então vou perguntar novamente: será que vale mesmo a pena esse ataque que estão fazendo? - perguntaria Terry

O espadachim estava tentando ganhar tempo até que os revolucionários venham repelir o ataque, porém mesmo que eles não venham; o espadachim lutaria até a morte se necessário.

Caso eles resolvessem abrir fogo contra Terry, ele iria colocar toda a sua energia em sua pernas e faria um grande impulso utilizando-se de toda a sua aceleração, e saltaria na direção dos inimigos, já no ar ele utilizaria a sua acrobacia para dar um salto mortal para frente com o objetivo de cair perto do inimigo mais próximo.

Então Terry faria uso de suas habilidades na luta de rua e rapidamente colocaria o seu braço direito envolvendo o pescoço do oponente em uma chave de braço, ele iria usar a força de seu braço para comprimir o pescoço do inimigo, então ele usaria ele como escudo humano contra as balas e tentaria cuidadosamente se afastar dos outros inimigos usando o refém para defender-se dos tiros, ele iria até mais ou menos seis metros de distância.

Golpe utilizado: (sem a pistola)
Spoiler:
 

- Se vocês atirarem eu quebro o pescoço dele! - ameaçaria Terry, essa ameaça porém não passava de uma mentira já que o jovem havia jurado nunca matar, mas os inimigos não sabiam disso...


Histórico:
Spoiler:
 


Objetivos:
Spoiler:
 

____________________________________________________

Link da Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

''Para a minha lança, você não é nada além de um balão a ser estourado.''

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Aventuras:
 

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Deep
Civil
Civil
Deep

Créditos : Zero
Warn : Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 1010
Masculino Data de inscrição : 09/11/2013

Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Entre! O Arcanjo Espadachim!   Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 EmptySeg 16 Maio 2016, 03:22

Os barcos rápida e silenciosamente atracaram, os homens pulavam do navio para a areia evitando barulhos desnecessários, estavam realmente querendo chegar na surpresa, o primeiro grupo estava pronto e começava a subir a colina em três fileiras apertadas, porém a sua frente um pé se firmou ao chão decidido a não se mover.

- Então o objetivo de vocês é atacar a base dos revolucionários nesta ilha e causar uma guerra, mas será que vale mesmo a pena isso que vão fazer? já pensaram na quantidade de civis que morrerão no fogo cruzado enquanto aqueles que se denominam os defensores da justiça não tem outro objetivo além de destruir o inimigo? O preço da derrota dos seus inimigos será o sangue dos inocentes, vocês irão destruir as vidas daqueles que só querem viver em paz em prol de derrotar um inimigo que pode facilmente se organizar em outro lugar, então vou perguntar novamente: será que vale mesmo a pena esse ataque que estão fazendo?

Sua fala mal acabava e um homem de terno vinha a toda velocidade vindo da praia, com um pulo o homem dava três passos na parede rochosa passando pelos marines que estavam a tapando e então se joga em um giro sobre Terry, três giros em pleno ar, três chutes diretos em Terry, um de direita mandado pela lateral que acertou no queixo, um com o calcanhar de esquerda seguindo o giro que acertou a orelha esquerda do jovem o desequilibrando e o último foi com a sola do pé no peito de Terry e este o jogou de costas no chão e fez o gosto de sangue subir pela garganta.

-Realmente achei que você fosse algo para nos atrasar, por isso me movi... Uma decepção... Mas vejamos sua idiota fala... Hmmm... Morte de civis? Quais civis? todos na ilha são aliados e simpatizantes da revolução, todos criminosos... Inimigo que pode facilmente se organizar em outro lugar? Bem...

O homem de terno puxava um canivete e o colocava dentro da boca de Terry, a lâmina era pressionada contra a parte interna da bochecha esquerda, a dor vinha e Terry podia sentir que o leve corte escorria um pouco de sangue.

-Acho que vocês revolucionários devem ter aprendido a reencarnar para se reorganizarem novamente após morrerem... Será que eu deveria despedaçá-lo para ver se você se reorganiza? SEU MOLEQUE DE MERDA...

-Hey Hien, fale baixo... É um ataque surpresa esqueceu.


Um urso de terno que parecia um brinquedo infantil vinha da praia, ele carregava uma lança e entregava para Hien. este por sua vez tirava o canivete da boca do jovem em um movimento violento causando um pequeno corte na lateral da boca.

-Vamos... Prendam ele...

O urso dava a ordem e três marinheiros vinham, agarravam Terry e o levavam ao barco, dentro deste ele era posto em uma cela de metal fosco e chão de madeira coberto de piche e palha, os marinheiros trancaram ele na cela e saíram, nenhum ficou a vista, aparentemente não era intenção deles vigiar um jovem desarmado preso numa cela enquanto uma guerra ocorre. Ou pelo menos era o que parecia, até que Terry ouviu algo, um grunhido baixado vindo do fim do corredor, era um dobberman, um cachorro negro com chaves na boca... Um cão de guarda.
Hien:
 

Urso:
 

Off:
 

____________________________________________________

-Fala de personagem...
"Pensamento de personagem"

Cor do Deep
Cor do Tesla
Cor do Voltz



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
TerryBogard
Pirata
Pirata
TerryBogard

Créditos : Zero
Warn : Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 13/04/2016
Localização : Emeigh - Grand Line

Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Entre! O Arcanjo Espadachim!   Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 EmptySeg 16 Maio 2016, 18:24

Preso em um navio inimigo...





O jovem não conseguira dizer nenhuma palavra enquanto era carregado pelos marinheiros, a tentativa de impedir os agentes do governo de atacarem Conomi havia falhado, Terry fora rapidamente abatido por uma grande onde de frustração, o jovem vivia apenas para ajudar as pessoas e havia falhado quando ele menos podia falhar. Ele estava preso em uma cela no navio inimigo; sozinho e sem poder fazer nada para impedir a carnificina que se abateria na ilha que poderia inclusive já estar acontecendo. O fracasso em sua principal missão havia pesado muito no psicológico do rapaz, que não conseguia pensar em outra coisa a não ser na promessa que ele havia feito a anos atrás.

''Então esse é o fim da linha... bem, ficar na prisão não deve ser tão ruim assim...''

Porém subitamente ele começou a ouvir uma voz na sua cabeça, era uma voz familiar que tinha um tom sério e que lentamente renovava as esperanças do espadachim; era a voz de seu mestre. Não era uma voz no sentido paranormal da palavra, eram as lembranças do passado que lentamente renovavam a vontade de lutar de Terry; ele havia certamente pensado em desistir de tudo, pois as chances de a sua tentativa dar certo são remotas; porém não mais, ele iria tentar até o fim e fazer tudo o que pode, pois mesmo que ele não conseguisse ele iria saber que deu tudo de si.

''Não vou morrer aqui, não sem antes devolver o favor aqueles agentes; não... de forma alguma eu vou me dar por vencido!''

Então ele ouviu um grunhido no fim do corredor, era um cão negro carregando as chaves das celas na boca, essa poderia ser a porta de saída do espadachim daquela prisão.

O jovem então começou a planejar a sua fuga, levando em conta todas as possibilidades possíveis; ele pensou em martelar as dobradiças para arrancar as paredes mas lembrou-se de que não possuía mais aquele martelo, pensou em arrancar um dedo para oferecer ao cão de guarda porém se o fizesse não poderia mais usar sua espada, pensou em todas as possibilidades que vieram em sua mente e trabalhou em todas as que ele pensou ser promissoras.

''Não vou arrancar meu dedo! como vou usar uma espada sem ele?''

Terry então decidiu-se, esse havia sido o plano em que ele havia visto mais chances e sucesso, ele iria então tentar morder com todas as suas forças o seu polegar esquerdo, com o objetivo de causar um sangramento, ignorando a dor, ele iria colocar a mão para fora da cela e começar a derramar gotas de sangue no piso do navio com a intenção de fazer o cachorro farejar o sangue e atraí-lo fazendo-o pensar ser comida, pois cachorros adoram feridas, ao mesmo tempo que fazia assovios e dava tapinhas na perna como as pessoas fazem quando querem atrair cães.

- Totó, vem cá! esse dedinho está delicioso!

Se Terry conseguisse atrair o cachorro até uma distância que ele consiga alcançar as chaves com as mãos, ele iria utilizar-se de toda a sua aceleração e puxaria elas da boca do cachorro; caso o jovem consiga pegar as chaves, ele rapidamente tentaria todas elas até acertar a chave de sua cela e abriria seu cárcere, uma vez livre ele iria procurar a saída do barco; caso conseguisse, ele iria correr até sair do barco, ao chegar na ilha; Terry iria então procurar os agentes do governo, caso ele não os encontre lá na praia, ele sairia correndo em direção ao quartel general dos revolucionários o mais rápido possível, pois ele sabia que esse era o alvo deles.

''Eu realmente espero não estar muito atrasado...''

Se Terry encontrar algum inimigo enquanto foge do barco, ele iria tentar defender-se: se o inimigo o notasse, ele partiria para cima usando sua acrobacia para saltar e com todas as suas forças, desferir um chute giratório com a perna esquerda na lateral da cabeça do inimigo, ele não tinha tempo a perder. Caso o inimigo não o tivesse notado ainda, Terry tentaria passar despercebido andando em direção a saída a passos lentos para não alertá-lo.

Se por acaso o cão não dê a mínima para a ferida, Terry então começaria a usar suas habilidades de luta de rua e ficaria chutando a porta até a exaustão, ele sabia que nunca iria conseguir sair desse jeito mas mesmo assim ele continuaria tentando e tentaria até não ter mais forças para ficar de pé; ele chutaria e chutaria gastando todo o seu vigor e pararia apenas quando estivesse completamente sem forças, o espírito e a persistência do espadachim não eram pequenas e ele jamais se entregaria, por pior que a situação estivesse.





Histórico:
Spoiler:
 


Objetivos:
Spoiler:
 


OFF:
Spoiler:
 

____________________________________________________

Link da Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

''Para a minha lança, você não é nada além de um balão a ser estourado.''

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Aventuras:
 

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Deep
Civil
Civil
Deep

Créditos : Zero
Warn : Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 1010
Masculino Data de inscrição : 09/11/2013

Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Entre! O Arcanjo Espadachim!   Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 EmptyQua 18 Maio 2016, 03:48

Terry mordia seu polegar esquerdo, a dor lhe subia  pela espinha o fazendo ajoelhar no chão de dor, mas estava feito... Marcas de perfurações feitas pelos dentes do humano sangravam na altura a segunda junta do polegar mordido, era um sangramento profuso já que a ferida era recente e numa área de tamanha circulação no corpo.

O sangue pingava fora da cela quando o espadachim sacudia este para fora da cela.

- Totó, vem cá! esse dedinho está delicioso!


Terry sentia uma brisa passar elo dedo a cada movimento, era uma dor intensa e o sangue escorrido começava a escurece pela coagulação, mas nada do cão sequer se mover, esse tipo de cão era treinado para não ser tentado nem por comida, o dedo de nada adiantaria daquela forma.

Uma poça já jazia no chão abaixo da mão quando Terry desistiu de chamar o cão, sua próxima tentativa era puramente chutar as grades, nada muito inteligente, tudo balançava, fazia um som de metal forçado, mas o jovem não tinha força nem habilidade próxima de ser capaz de danificar aquele metal.


*Squeek...Squeek*

Um barulho chamava a atenção do humano, vinha do chão e logo foi facilmente visto, era o som de duas ratazanas realmente enormes que lambiam o sangue no chão, provavelmente ratos de navio, gordos carregadores de pestes que pegavam carona nas cargas levadas pelas embarcações. Mais ratazanas chegavam, saiam de vários buracos pelos cantos, todas de pelo menos trinta centímetros de comprimento, eram enormes e logo lamberam a poça até secar, mas a poça não era única, havia uma gota mais próxima a cela... Lambida... Uma ainda mais próxima... Lambida... Várias dentro da cela... Lambida... Lambida... Lambida... Agora o cheiro de sangue emanava de um lugar só e era do dedo mordido.

Mais de dez bocas com dentes de roedor guincharam na direção do prisioneiro ferido, ratazanas subiam pelas pernas por dentro das calças e uma lhe mordia a perna esquerda cravando a presa retangular de três centímetros carne adentro.
*Woof... Woof...*

O cão pulava sobre as ratazanas ainda no corredor deixando as chaves caírem próximas a cela, aparentemente o cão não fora muito bem treinado quanto a presença outros animais pelo jeito.

Terry pegava as chaves com ratos ainda tentando subir em seu corpo de toda maneira, ele abria a cela e saia do fundo do barco, corria por um corredor de subida e saia de volta ao sol, ele podia ouvir o tilintar de armas de metal se baterem ao longe, a briga já devia estar rolando e ele não queria estar longe dela.

-Onde pensa que vai...


O som de madeira bater no assoalho tilintava na frente de terry, uma espécie de samurai estava a frente dele, com kimono azul e o símnlo do governo no chápeu, sua espada era uma katana anormalmente grande e ele tinha cara de sono.

-...Hmph... Fico tomando conta do navio em busca de tranquilidade e um prisioneiro foge... ótimo...

Off:
 

Agente:
 

____________________________________________________

-Fala de personagem...
"Pensamento de personagem"

Cor do Deep
Cor do Tesla
Cor do Voltz



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
TerryBogard
Pirata
Pirata
TerryBogard

Créditos : Zero
Warn : Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 13/04/2016
Localização : Emeigh - Grand Line

Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Entre! O Arcanjo Espadachim!   Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 EmptyQua 18 Maio 2016, 12:23

A Primeira Batalha!!!




Ao pegar a chave que o cão havia deixado cair, Terry abriu um sorriso no canto de seu rosto satisfeito pela sua tentativa ter dado certo, ignorando as ratazanas; o espadachim disparou para fora da cela rezando para que os revolucionários não tivessem sido derrotados, enquanto corria pelo corredor, ele lembrava-se de tudo o que ele havia passado naquela ilha até agora, dês de sua tentativa de juntar-se aos revolucionários, o trabalho de consertar cercas e até a sua tentativa frustrada de parar os agentes do governo na base da conversa, e agora a sua missão era impedir que os cães do governo massacrem os revolucionários e a população local. Ao chegar a luz do sol ele escuta sons de batalha.

''Droga, a batalha já começou; preciso chegar lá o mais rápido possível''

Enquanto pensava, o espadachim notou a aproximação de um agente do governo que havia ficado para trás encarregado de tomar conta do navio, ele estava lá para impedir que Terry escapasse de seu confinamento na prisão do navio. O jovem notou sua aparência: era um homem usando um kimono azul e uma katana anormalmente grande que captou a atenção do fugitivo, o jovem ponderou se esse cara conseguiria atacar com essa espada de forma veloz.

''Porcaria! eu não tenho tempo pra isso, vou ter que acabar essa luta rápido''

- Eu não queria ter que fazer isso mas vou ter que derrubá-lo, preciso chegar na batalha o mais rápido possível e algo me diz que você não vai me deixar passar tranquilamente.

Terry rapidamente se colocava em uma postura de batalha corpo a corpo, não era a sua especialidade já que o jovem fora treinado para lutar principalmente com espadas, mas para Terry um espadachim não precisa depender sempre de sua espada pois o corpo pode se mostrar uma arma tão mortal quanto. Ele posiciona seus braços em uma guarda comum de luta com ambos os braços levantados na frente do rosto e as mãos fechadas, a perna esquerda estava na frente da direita para facilitar os movimentos. O jovem já sabia exatamente o que fazer na peleja que se aproxima.

''Não vou poder usar a minha mão esquerda para atacar, mas o meu inimigo não precisa saber disso...''

O fugitivo então daria um impulso com as pernas e avançaria, usando toda a sua aceleração, para cima do oponente; quando ele estiver em uma distância corpo a corpo, Terry contrairia os músculos de seu braço direito e, com toda a sua força, aplicaria um soco direto bem na boca do estômago do agente, caso o golpe seja bem sucedido; Terry levantaria a sua perna de trás para um chute, assim giraria o pé que está no chão virando o seu corpo para que a perna que irá chutar se movimente na direção do oponente, assim aplicando-lhe um chute circular mirando a cabeça do inimigo, isso tudo com o máximo da aceleração.

Se o oponente optar por esquivar do primeiro movimento, Terry tentaria continuar atacando, ele mais uma vez avançaria para cima do oponente, mas quando estivesse muito próximo se abaixaria e aplicaria um soco ascendente (uppercut) mirando o queixo do agente do governo, caso o golpe seja bem sucedido Terry recuaria e se colocaria novamente em guarda, caso o oponente tenha sido derrotado; ele correria em direção a guerra guiando-se pelos sons. Se o agente optar por bloquear o primeiro movimento (soco no estômago), o fugitivo tentaria atacar se abaixando e aplicando-lhe uma rasteira com a perna direita buscando derrubar o inimigo no chão, se ele conseguir, recuaria dois passos e se colocaria novamente em guarda.

Se por ventura o espadachim decidir contra atacar o primeiro golpe de Terry, ele iria tentar esquivar-se rolando para a direita e logo em seguida retomaria a ofensiva, usando a sua acrobacia, ele impulsionaria as pernas e daria um salto mortal com o objetivo de passar por cima do inimigo chegando até as suas costas, uma vez atrás do agente, o fugitivo aplicaria uma poderosa joelhada nas costas do oponente usando todas as suas forças, caso o golpe seja bem sucedido, Terry recuaria dois passos e se colocaria em sua guarda de luta.


Objetivos:
Spoiler:
 


Histórico:
Spoiler:
 

____________________________________________________

Link da Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

''Para a minha lança, você não é nada além de um balão a ser estourado.''

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Aventuras:
 

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Deep
Civil
Civil
Deep

Créditos : Zero
Warn : Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 1010
Masculino Data de inscrição : 09/11/2013

Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Entre! O Arcanjo Espadachim!   Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 EmptySab 21 Maio 2016, 03:52

-Olha pirralho... Por que não volta para sua cela? Iria me poupar muito trabalho...

O jovem já sabia que estava em desvantagem, mas ele tinha uma promessa a cumprir... Pessoas a salvar, ele não tinha como parar ali, ele tinha de seguir adiante.
Toque essa música a partir daqui para melhor climatização da luta XD:
 


O espadachim percebia pela mudança nos gestos do fugitivo que ele estava decidido a luta, ele assistia o oponente se por em pose de briga desarmada e em resposta brandava sua espada de tamanho anormal, o corpo de Terry recheado de adrenalina para a luta avançava com sua respiração quente e úmida quase como vapor, seu punho ia em direção ao estômago do inimigo e suas determinações batiam de frente...

-Então vai ser assim é...

O homem prostava a espada na vertical semi-fincada no chão bloqueando o soco, o jovem rodou e chutou, dessa vez acertou a costa da espada que nem precisou se mover, seu dono que girou ao redor dela, mas a espada ainda haveria de se mover.

Um movimento, um golpe e a espada ergueu farpas do chão de madeira após errar Terry que esquivava rolando, o poderoso golpe que o jovem esquivou deixou uma marca rasa na madeira do assoalho, no entanto os dentes da espada enroscavam na madeira e davam tempo para Terry contra atacar, um pulo acrobático era feito, pena que o oponente interceptava o mesmo com um golpe de punho da espada, esse brusco movimento a soltava também.

Terry era jogado pelo golpe uns dois metros para o lado e batia de costas num amontoado de barris que caiam e se espalhavam pelo convés com o impacto recebido. Os barris batiam num suporte lateral da madeira do barco e abriam a madeira bem naonde havia uma velha placa de metal com uma benção aos bravos marinheiros. A pressão de toda aquela madeira, idade e destino faziam o metal da placa se partir naonde havia ferrugem e preso a um pedaço de madeira caiu no chão, se fincando ao lado de Terry, uma lâmina com um punho, igual uma espada sem protetor, uma espada perfeita até demais para ser feita tão acidentalmente, era como um presente dos céus, um sinal e não era só isso, o pedaço de metal trazia consigo um pedaço da oração em sua lâmina "Sangue, Honra e Dever".

A espada era velha, sua lâmina não era das mais belas, mas para um pedaço quebrado de placa era um trabalho extremamente bem feito, apesar de que sua lãmina enferrujada não cortaria nada a menos que fosse afiada.

Se Terry agarrasse a espada ele ouviria um trovão ressoar ao longe, o vento aumentaria e rodopiaria ao redor dos combatentes assobiando enlouquecidamente enquanto o barco balançaria com as ondas do mar revolto.  
Off:
 

____________________________________________________

-Fala de personagem...
"Pensamento de personagem"

Cor do Deep
Cor do Tesla
Cor do Voltz



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
TerryBogard
Pirata
Pirata
TerryBogard

Créditos : Zero
Warn : Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 13/04/2016
Localização : Emeigh - Grand Line

Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Entre! O Arcanjo Espadachim!   Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 EmptySab 21 Maio 2016, 22:14

O Choque de Espadas




A primeira ofensiva de Terry havia falhado, assim como a sua tentativa de contra ataque; o jovem fora arremessado para longe com um ataque do agente espadachim e batia de costas em um amontoado de barris, porém isso acabou por não ser de todo ruim já que algo extremamente inesperado havia acontecido: a quebra de uma placa de metal havia presenteado o jovem com uma arma: uma espada; a arma não estava em boas condições, estando com uma lâmina que já não cortaria mais nada, qualquer outro espadachim teria tomado esta espada com lixo, mas não Terry; para ele, uma boa espada não era aquela que corta mais ou tira muitas vidas, e sim uma espada que permita ao seu mestre ganhar suas disputas, sem atentar contra a vida alheia.

''Esta vai me servir perfeitamente, desta vez eu não irei falhar!''

Terry então agarraria a espada com a sua mão direita, e assim que faz isso consegue ouvir o som de um trovão ao fundo e o assobiar do vendo ao redor dos combatentes, o jovem estava determinado a vencer esta batalha, e ele iria fazer de tudo ao seu alcance em defesa das pessoas que habitam a ilha, ele não perderia de forma alguma!

- Espadachim! quero que fique sabendo dês de já que eu irei impedir esta invasão de vocês!

- Mudar o mundo e proteger as pessoas que vivem nele foi um juramento de todos aqueles que vocês querem matar aqui hoje, eu vou impedir este ataque e depois irei destruir este sistema corrupto, porque vocês do governo são a essência do mal, e o mundo será um lugar bem melhor sem vocês!

O jovem, agora armado de uma espada; iria assumir uma postura de combate de espadas, com a mão direita segurando a espada na frente do corpo, em uma guarda simples; a perna esquerda na frente da direita para facilitar os movimentos, a outra mão não serviria para muita coisa por causa do ferimento no polegar; por isso Terry iria tentar lutar apenas com uma mão, ele iria por alguns instantes analisar onde ele poderia atacar para maximizar o dano no inimigo, ele enfim decide qual será o seu movimento.

O jovem flexionaria os joelhos e com toda a sua aceleração, partiria para cima do agente do governo, quando estivesse em uma distância de pelo menos meio metro; ele se abaixaria e com toda a sua força iria desferir um golpe de espadas visando acertar a lateral esquerda do tronco do inimigo, ele atacaria com uma espadada horizontal da esquerda para a direita que acertaria mais ou menos o lugar onde estariam as costelas do inimigo, se ele tivesse sucesso, Terry continuaria atacando; ele puxaria a espada para trás e novamente faria um movimento horizontal exatamente como o outro mas desta vez mirando no braço esquerdo do agente com o objetivo de fazer com que se torne mais difícil de ele segurar grande espada, se os dois movimentos derem certo, Terry saltaria para trás e assumiria a sua postura de guarda, se ele tivesse conseguido derrotar o inimigo, o jovem correria em direção a batalha na ilha.

Caso o agente consiga bloquear o primeiro ataque, o jovem puxaria a sua espada para trás e tentaria uma estocada com todas as forças no estômago do inimigo, se este golpe for bem sucedido; Terry puxaria a sua espada e novamente atacaria com uma espadada ascendente mirando o queixo do inimigo e saltaria para impulsionar o golpe, caso isto derrote o oponente, o fugitivo iria correr de espada em mãos para a ilha, mais precisamente para o local da batalha.

Se o inimigo optar por esquivar-se do primeiro golpe (espadada na costela), Terry rapidamente tentaria se recompor do ataque e continuaria a sua ofensiva, ele brandiria a sua espada acima da cabeça e rapidamente golpearia o braço direito do agente com todas as suas forças, caso este ataque dê certo, o jovem tentaria nocautear o espadachim inimigo com um golpe na cabeça usando o cabo da espada.

Caso o agente opte por contra atacar um dos golpes de Terry, ele rolaria para trás e ainda agachado, usaria a sua acrobacia e saltaria na direção do oponente, quando estivesse em uma distância corpo a corpo, ele tentaria golpear o topo da cabeça do agente com uma espadada vertical de cima para baixo com o objetivo de nocautear o espadachim inimigo, caso este ataque dê certo mas o inimigo não seja nocauteado, Terry voltaria para a sua guarda, giraria os seus calcanhares em 360 graus e golpearia a bochecha esquerda dele com um golpe horizontal da esquerda para a direita usando todas as suas forças restantes.

O Arcanjo Espadachim não estava nem um pouco disposto a perder esta luta, ele usaria todas as suas forças na batalha e se isso não fosse o suficiente, ele usaria a sua fraqueza também; o guerreiro lutaria com toda a sua emoção com o objetivo de salvar as vidas dos habitantes de conomi island do massacre a ser proposto pelo governo.






Histórico:
Spoiler:
 


Objetivos:
Spoiler:
 


OFF:
Spoiler:
 

____________________________________________________

Link da Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

''Para a minha lança, você não é nada além de um balão a ser estourado.''

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Aventuras:
 

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Deep
Civil
Civil
Deep

Créditos : Zero
Warn : Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 1010
Masculino Data de inscrição : 09/11/2013

Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Entre! O Arcanjo Espadachim!   Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 EmptyQua 25 Maio 2016, 00:23

- Espadachim! quero que fique sabendo dês de já que eu irei impedir esta invasão de vocês! Mudar o mundo e proteger as pessoas que vivem nele foi um juramento de todos aqueles que vocês querem matar aqui hoje, eu vou impedir este ataque e depois irei destruir este sistema corrupto, porque vocês do governo são a essência do mal, e o mundo será um lugar bem melhor sem vocês!

O agente fazia uma cara torta de quem não está feliz com ter de fazer algo em seu momento de preguiça.

-Bem e mal são uma questão de perspectiva... Será que não dá para você simplesmente esquecer isso e voltar para a cela?

Terry se posicionava para uma luta e o agente suspirava.

-Humphhhh... Por que a galera nunca quer apenas sentar e tirar uma soneca no convés?

O prisioneiro foi o primeiro a atacar, uma rápida investida pela esquerda que resultou num num metálico som quando a espada enferrujada tocou a katana, o agente estava de pés para o ar, equilibrado com uma mão sobre a espada que prostava na vertical para receber o ataque.

Um impulso com as pernas bastou e em uma cambalhota o agente girava no ar puxando a espada para um golpe descendente esmagador, porém Terry rolava para fora do golpe que explodia em lascas e farpas ao acertar o convés. O espadachim da lâmina cega não deu trégua, mal saiu de um ataque e rapidamente contra atacou seu oponente, um pulo, um golpe, um estralo, o oponente caia para trás e soltava sua espada, porém não desmaiava, ele voltava a pegar sua arma e pensava em continuar a luta... Pelo menos o faria se não fosse a bordoada que recebeu com o golpe de Terry na bochecha.

O homem desmaiara, babava no chão sem reação, a vitória era de Terry naquele barco que chacoalhava com metade ainda na água turbulenta, o céu estava escurecendo, o vento aumentando e esfriando, uma tempestade estava vindo... Quem será o centro dessa tormenta?

Off:
 

____________________________________________________

-Fala de personagem...
"Pensamento de personagem"

Cor do Deep
Cor do Tesla
Cor do Voltz



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
TerryBogard
Pirata
Pirata
TerryBogard

Créditos : Zero
Warn : Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 13/04/2016
Localização : Emeigh - Grand Line

Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Entre! O Arcanjo Espadachim!   Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 EmptyQua 25 Maio 2016, 18:03

Prelúdio da Tempestade





A batalha havia finalmente terminado, Terry havia sido o vitorioso desse combate; ao ver o inimigo inconsciente no chão, o jovem lembrou-se de todas as mortes que causou no passado; os dias que ele havia passado retalhando marinheiros covardemente nas noites de Shells Town, a época onde ele acreditava que o sangue que sua espada derramasse pavimentaria o caminho para uma nova era, naqueles tempos desesperados onde o cheiro de sangue era a fragrância mais familiar que Terry conhecia, quando ele usava suas habilidades para assassinatos, agora, ele havia jurado nunca mais matar...

- Espadachim, para mim não existem essas tonalidades de cinza no que se refere a honra e justiça, só existe o certo e o errado.

Ao falar isso, Terry lembrou-se de que ele ainda tinha que parar o ataque do governo ao quartel general dos revolucionários, ele recordou-se do rosto dos outros agentes do governo que haviam o capturado e o colocado naquela cela nesse mesmo navio, ele agora iria correr o risco de dar de cara com esses dois, e ele teria que lutar, mas de uma coisa ele tinha certeza: não seria derrotado como da ultima vez.

''Agora eu irei começar a minha batalha mais importante até agora, uma batalha que terá que ser combatida não só para proteger a causa dos revolucionários, mas para preservar a liberdade e segurança de todas as pessoas da ilha... eu definitivamente não posso falhar!''

De repente o tempo começa a piorar, o céu lentamente fica escurecido e o vento aumentava drasticamente, era o sinal de que uma tempestade estava vindo; mas isso pouco importava ao espadachim que só se importava em defender a ilha, ele tentaria escutar os sons de batalha; se ele conseguisse, ele rapidamente dispararia com a espada em mãos, desceria do navio e correria na direção dos sons, ao chegar lá ele tentaria localizar os dois agentes que o tinham prendido no navio pois eles pareciam ser os ''chefes'' da operação, caso ele veja algum ataque vindo em sua direção ele tentaria esquivar-se do movimento rolando para a direção oposta ao golpe.

Caso ele não consiga escutar os sons de batalha, Terry iria refazer o caminho até a base dos revolucionários, ele correria para lá o mais rápido que pudesse; se ao chegar lá Terry presenciasse uma batalha, o espadachim tentaria localizar os dois agentes do governo que ele havia encontrado mais cedo; caso algum ataque vier em sua direção, ele rolaria na direção oposta ao golpe. Caso não esteja havendo uma batalha lá, o espadachim iria tentar achar alguém que pudesse indicá-lo onde a batalha estaria acontecendo.

- Por favor! me fale onde a batalha está acontecendo!





Histórico:
Spoiler:
 


Objetivos:
Spoiler:
 


OFF:
Spoiler:
 

____________________________________________________

Link da Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

''Para a minha lança, você não é nada além de um balão a ser estourado.''

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Aventuras:
 

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Entre! O Arcanjo Espadachim!   Entre! O Arcanjo Espadachim! - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Entre! O Arcanjo Espadachim!
Voltar ao Topo 
Página 2 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Conomi Island-
Ir para: