One Piece RPG
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 XwqZD3u
One Piece RPG
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» LightPoint!Os herois e amigos se reunem novamente!
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor Noah Hoje à(s) 15:50

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor AoYume Hoje à(s) 15:08

» Pandemonium - 9 Brave New World
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor GM.Milabbh Hoje à(s) 14:50

» Uma promessa ao céu
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor Bolin Hoje à(s) 13:32

» Lealdade, Valor e Morte
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor Coldraz Hoje à(s) 11:47

» Steps For a New Chapter
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor Achiles Hoje à(s) 10:49

» Right Punch, Left Punch!
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor Razard Hoje à(s) 10:36

» ~ Acontecimentos ~ The Wonderful Land
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor GM.Milabbh Hoje à(s) 10:17

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor Shogo Hoje à(s) 09:22

» [Mini - Toji]
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor Mephisto Hoje à(s) 07:33

» Um Encontro Destinado
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor Cloe Kaminari Hoje à(s) 02:24

» Drake Fateburn
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 01:49

» I did not fall from the sky, I leapt
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor Formiga Hoje à(s) 01:47

» Alipheese Fateburn
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 01:43

» Sophia Aldebaran Rockfeller
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 01:38

» Vol 2 - The beginning of a pirate
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor Formiga Hoje à(s) 01:09

» [MINI-HOKI] O Espadachim Negro
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor Hoki Hoje à(s) 00:35

» União Flasco: Inicio do Sonho
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 00:12

» I - Justiça: Um compromisso obstinado!
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor Hammurabi Ontem à(s) 22:57

» 11º Capítulo - Cataclismo em Skypeia!
Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Emptypor Marciano Ontem à(s) 22:05



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Capítulo I - A junção dos demônios

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 77
Warn : Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Capítulo I - A junção dos demônios   Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 EmptyQua 30 Mar 2016, 12:59

Relembrando a primeira mensagem :

Capítulo I - A junção dos demônios.

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Vherz. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Caju
Soldado
Soldado


Data de inscrição : 07/04/2015

Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - A junção dos demônios   Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 EmptyQui 19 Maio 2016, 21:45


Interrogatório e Milk-shake

Tive finalmente seu nome em meus ouvidos. Sontse, o qual, dizia a garota que significava "sol", e me intrigava "de onde ela veio? E que idioma é esse, tenho de me inteirar disso", pensava, e faria questão de pergunta-la assim que chegássemos no bar. Falando nesse, o caminho até lá foi cuidadoso como havia planejado, mas o mais incrível era a garota procurada não entender o porquê de estarmos fazendo aqueles movimentos, mesmo depois do que havia acabado de acontecer, e ainda me fez perguntas meio óbvias, admito que a parte das manoplas me fez abrir a mente, eu precisava de um par, sentia que seriam necessárias em pouco tempo, na verdade elas já foram, mas consegui me virar e tive ajuda, e isso não é pra sempre.

Chegando ao bar, que como eu esperava era pouco movimentado, haviam apenas duas garotinhas sentadas bebendo milk-shake "Ah, tempos de criança, quando troquei o leite por àlcool mesmo?", perguntava a mim mesmo, que mesmo tendo uma infância não tão rica, haviam as pequenas oportunidades de um agrado doce, na época. Hoje, faço da garrafa meu agrado, e por isso, tomaria um gole de meu uísque naquele instante, necessitava, depois da luta que acontecera. Com a batida da garrafa na mesa após o gole, eu iniciava o questionário.

- Sontse, não é? Bem, se significa sol, em outro idioma, adoraria saber a história por trás dele, mas pode deixar isso pra depois, quero que me conte toda a situação. Por que estava sendo perseguida por aqueles caras? Tem alguma organzação atrás da sua cabeça? Você tem companheiros? O que faz em Toroa? Tem um navio? - Assim, esperaria as respostas de cada pergunta, e quando essa terminasse de falar, diria - Ah, claro, espere aqui, vou ao banheiro verificar se não há ninguém mais aqui dentro que possa representar perigo. - Na passada para o banheiro, cumprimentaria o barman com o braço erguido, e então seguiria meu caminho pensando nas respostas que Sontse havia me dado, e uma solução para o problema.
Histórico do Caju:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://myanimelist.net/profile/Juzocat
Ryuza Ying
Pirata
Pirata
Ryuza Ying

Créditos : 13
Warn : Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 05/02/2012

Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - A junção dos demônios   Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 EmptySex 20 Maio 2016, 18:59

Como os personagens principais de nosso pequeno conto se encontram sobre o mesmo teto, facilitarei a história contando a participação de todos de um única de vez.

Ruby sabiamente identificou a garota de cabelos pretos que acabara de adentrar no bar acompanhada de um jovem de cabelos prateados, o que a fez deixar de lado os outros procurados e consequentemente a resposta que o barman tinha lhe dado. Sua irmã a conhecendo bem, notou de imediato que havia algo de estranho e soube logo expor a sua dúvida.
As irmãs começaram a conversar, enquanto fitavam disfarçadamente o casal recém chegado, Yui pediu uma bebida igual a de sua irmã, justo quando Vherz se sentou à mesa.

O boxeador estava a devanear-se com memorias de um passado enquanto bebia coisas doces como aquele milk-shake, tal pensamento deixou sua garganta seca, não tardou a preenche-la com o sabor ardente do seu uísque. O baque da garrafa com a mesa ecoo pelo par, e assustou Sontse que se sobressaltou por um segundo.
- Que susto! – Sussurrou ela.

- Sontse, não é? Bem, se significa sol, em outro idioma, adoraria saber a história por trás dele, mas pode deixar isso pra depois, quero que me conte toda a situação. Por que estava sendo perseguida por aqueles caras? Tem alguma organização atrás da sua cabeça? Você tem companheiros? O que faz em Toroa? Tem um navio? – A garota parecia surpresa com a enxurrada de perguntas, mal sabia por onde começar.
Enquanto isso acontecia na mesa do casal, a dupla de irmãs continuavam a observá-los, o barman chegava com a bebida de Yui, Ruby bebia da sua calmamente.

- B-Bem... Você é realmente curioso em? – A garota parecia nervoso, suspirou. – Tudo bem... Eu prometi afinal. – Pousou suas mãos sobre a mesa e passou a fita-las. – O significado de meu nome tem a ver com essa história... Sontse, o Sol; Misyats, a lua... Minha irmã. – Pausou tentando recuperar as forças para dar prosseguimento com a história.

- Aqueles caras não estavam atrás de mim... Bem, na verdade estavam, mas não era EU que eles queriam, eles buscavam a mesma pessoa que eu busco. Minha irmã gêmea, Misyats... Ela sempre foi bastante voltada para aventuras e a se meter em confusões... Mas dessa vez foi demais, a ponto dela se tornar uma procurada. Ela roubou informações que seriam entregues a um grupo de mercenários, informações importantes, a confusão foi grande, houve uma grande batalha na minha ilha natal, ela foi vista participando o que fez com que ela se tornasse procurada. Depois disso ela fugiu com os dados, e os mercenários querem de volta.
Uma informação me trouxe a essa ilha, mas como sou muito parecida com ela, ando assim para evitar que aconteça o que aconteceu mais cedo... Eu vim sozinha, tenho uma pequena embarcação, sou boa navegando... Bem, é isso. Você vai me ajudar a encontrar minha irmã?


Depois de ouvir tudo aquilo Vherz não tinha muito o que dizer no momento, deu uma desculpa e levantou-se da mesa, se dirigindo até o banheiro. Cumprimentou o garçom durante o caminho, estava prestes a entrar no banheiro sua atenção foi chamada por uma voz feminina, e nova. Caso se virasse, veria a irmã mais velha da dupla de garotas, e ouviria o que ela tinha a dizer.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

>>narração<<
||pensamento||
::Minha fala::
**Fala da Fantasia**


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Caju
Soldado
Soldado
Caju

Créditos : Zero
Warn : Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 22
Localização : no quinto dos infernos

Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - A junção dos demônios   Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 EmptyDom 22 Maio 2016, 14:54


Interesses divergentes

Mysiats e Sontse, duas irmãs gêmeas que pelo que me foi dito, são bem diferentes em personalidade. Ela poderia estar mentindo, mas vendo o jeito que ela age e como fala. O sorriso sincero e bonito, não acredito que esteja mentindo, pode ser, talvez, ingenuidade de minha pessoa ter fé nas suas palavras sendo que mal acabei de conhecê-la, mas há tempo para a verdade se provar, e enquanto ele passa, perceberei se fui um tolo ou não.

No caminho para o banheiro, encontro uma das garotinhas da mesa que estavam tomando milk-shake. O impressionante foi eu não ter percebido seus movimentos. Talvez por ter pouca presença, minha aflição seria se ela não quisesse ser notada, se fosse isso, precisaria me cuidar muito naquele momento, com aquela garotinha. Esta, me pede para responder perguntas, eu, com certo receio, aceno que sim, não poderia ser algo tão ruim, não é? Errado, era de certa forma ruim. Me foi indagado se havia alguma relação com a mulher, no caso, Sontse. - Não, garotinha, não tenho nenhuma relação profunda com aquela mulher, apenas conhecidos, digamos, por acidente. - , respondo, sinceramente, louco para saber o que a pirralha queria com ela. Dúvida essa, que foi logo respondida com uma proposta muito interessante, que condizia com meus interesses, mas era um tanto equivocada, e eu, iria apenas dar uma básica explicação, além de dar uma contra-proposta.

- Hohooo, a garotinha é informada então. Bem, já que estamos falando de interesses aqui, eu gosto da sua proposta, preciso sair da ilha, e pra isso, nada melhor que dinheiro. Mas numa coisa você se equivoca - , diria me aproximando um pouco do seu rosto - Essa não é quem vocês procuram, e sim, sua irmã gêmea. Se quiser saber mais, aproxime-se de nós, em nossa mesa com uma abordagem que não represente ameaça alguma. Nesse momento poderemos esclarecer as coisas. - . Assim, voltaria para a mesa, pegaria minha garrafa, e atrairia a atenção de Sontse para que ela não visse a garotinha voltando do mesmo caminho, dizendo: - Sontse, aqui está uma ideia, esses mercenários não me parecem poucos, e também, não me parecem gente que da pra brincar. Sinceramente, precisaremos de ajuda, qualquer ajuda é uma ótima ajuda, números contam muito em uma hora dessas, leques de estratégias se abrem mais facilmente. O que me diz? - . Não me sentia muito bem enganando ela, de certa forma, e ainda não era certo o que faria quando encontrasse sua irmã. Talvez os caminhos se separassem, e ela se tornasse uma inimiga nesse momento, mas ela pode vir a entender que sua irmã está até mais segura presa do que fora, com gente querendo matar ela, é um ponto a se analisar, nesse momento, e minha cabeça, estava confusa.
Histórico do Caju:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 


Cores:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://myanimelist.net/profile/Juzocat
Kenshin Himura
Comandante Revolucionário
Comandante Revolucionário
Kenshin Himura

Créditos : 30
Warn : Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 24

Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - A junção dos demônios   Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 EmptyDom 29 Maio 2016, 18:01

Encruzilhada!

Logo seguíamos nosso caminho em busca dos procurados da marinha, nossa primeira parada já estava traçada, um bar que se situava ao pé da montanha, e como já era de se esperar era um estabelecimento calmo assim como o resto da cidade. Sem demoras, éramos atendidas pelo barman, que ao trazer a bebida, refutava a minha tentativa de conseguir informações sobre os alvos que havia escolhido no QG da marinha, mas pela nossa sorte, as informações que o homem poderia nos fornece, não seriam mais necessárias.

Aparentemente o destino estava ao nosso lado, pois duas pessoas adentravam no estabelecimento, um homem de cabelos prateados sendo seguido por uma mulher, assim que batia os olhos nela a reconhecia dos cartazes de procurados no mural do QG, era a que tinha a maior recompensa, com certeza daria um trabalho interessante, já o homem era uma incógnita, poderia ser um aliado da garota, ou apenas um desconhecido que poderia ser facilmente subornado, de qualquer forma era um risco que tinha de tomar, pois quanto menos sangue for derramado melhor.

Ambos sentavam em uma mesa mais afastada da nossa, pareciam estar em busca de privacidade, o homem pedia uma bebida e continuava a conversa com a garota, parecia ser uma conversa envolvente entre os dois, eu apenas os observava a espera de uma deixa para fazer algumas perguntas ao homem, após algumas palavras da garota o mesmo se levantava indo em direção ao banheiro, com as ordens já passadas a Yui, eu me levantava sorrateiramente, e assim seguia o mesmo, assim que ele chegava na porta eu o chamava, o mesmo se virava e olhava em minha direção.

Logo tinha sua atenção, e sem demoras, começava a fazer algumas perguntas sutis ao mesmo, primeiro perguntando se ele tinha alguma relação profunda com a garota, dependendo de sua resposta eu já tinha todo o plano traçado, e em seguida o mesmo respondia que não havia nenhuma ligação com a mesma, em seguida botava meu plano em ação fazendo a proposta que todo viajante gostaria de receber. Falava que a garota tinha uma cabeça a prêmio e que se o mesmo nos ajudasse poderia receber uma parte da quantia que a mesma valesse, o homem parecia um tanto interessado e logo começava a falar.

- Hohooo, a garotinha é informada então. Bem, já que estamos falando de interesses aqui, eu gosto da sua proposta, preciso sair da ilha, e pra isso, nada melhor que dinheiro. Mas numa coisa você se equivoca – O homem falava em um tom meio que debochado, logo se aproximando do meu rosto, aquilo me deixava um pouco desconfortável. - Essa não é quem vocês procuram, e sim, sua irmã gêmea. Se quiser saber mais, aproxime-se de nós, em nossa mesa com uma abordagem que não represente ameaça alguma. Nesse momento poderemos esclarecer as coisas. Sem que eu pudesse falar algo mais o homem voltava a mesa, deixando uma dúvida no ar, certamente a mulher poderia estar enganando o mesmo, para disfarçar sua identidade, mas com essa questão em mãos não poderia ser ignorada, um dos maiores princípios que meu pai havia passado, era nunca eliminar o alvo errado, isso poderia manchar a identidade de nossa família.

“Certo, agora temos um pequeno probleminha para ser resolvido, devemos ter certeza de quem iremos atacar, não podemos cometer um erro, logo no primeiro trabalho sem supervisão da família! ” Pensava enquanto voltava para minha mesa de forma calma e sorrateira para a garota não me perceber, voltaria a me sentar ao lado de Yui, e começaria a falar em um tom aonde somente a mesma conseguiria escutar.

- Tenho duas notícias, a primeira e que o rapaz de cabelos prateados meio que concordo em nos ajudar na nossa caçada! Daria uma pequena pausa olhando ao redor para ver se não havia alguém escutando. – Segundo, a garota pode não ser quem a gente procura, aparentemente ela e a irmã gêmea da procurada, ela pode muito bem estar mentindo, mas devemos investigar isso a fundo, não podemos matar ou capturar a pessoa errada logo no primeiro trabalho sem supervisão da família. Terminaria de falar olhando para a garota a nossa frente, agora tinha de analisar alguma forma de me aproximar da garota sem fazer ela entrar em alarde.

“Somos garotinhas, temos de usar isso a nosso favor! ” Assim me levantaria e olharia para Yui. – Vamos tive uma ideia, só não faça nada que possa nos comprometer, quando chegar a hora poderá fazer o que quiser! Assim andaria na direção da mesa na qual se encontrava o homem e a garota, andaria calmamente, assim que chegasse eu começaria a falar na forma mais meiga possível. – Olá, não pude deixar de perceber que vocês assim como nós são viajantes. Daria uma pequena pausa e logo voltaria a falar. – Estamos à procura de alguém que possa nos ajudar a sair dessa ilha, temos diversas habilidades que podem ser uteis para vocês, ajudaremos em qualquer coisa contanto que nos tire dessa ilha! Falaria em um tom no qual não demonstrasse nenhuma segunda intenção, e esperaria que a mesma aceitasse nossa oferta de uma mão lava a outra, e a seguiria por onde ela fosse, mas sempre com a guarda em alta, sendo a procurada ou não, ela poderia ser muito bem uma inimiga.

Caso a mesma se recusasse a aceitar nossa ajuda, voltaria a nossa mesa e esperaria que os mesmos saíssem do estabelecimento, e os seguiria da maneira mais sorrateira possível, assim a mesma nos levaria até sua irmã, ficaria do olho em todos os lugares por onde iriamos passar, prestaria atenção com quem ambos falariam e sempre com a guarda em alta para não ser surpreendida por inimigos.


Histórico:
 

Off:
 

____________________________________________________

Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
Yuriko Ushio
Narrador
Narrador
Yuriko Ushio

Créditos : Zero
Warn : Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 8010
Feminino Data de inscrição : 21/05/2015
Idade : 26
Localização : North Blue

Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - A junção dos demônios   Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 EmptySeg 30 Maio 2016, 17:45


Meu Milk-Sake <3
part.1
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]





Um olhar duvidoso, esse era o modo que Yui estava a observar sua própria irmã, o modo como agia, sua cautela, sua dúvida ou até certeza, Ruby parecia identificar ou reconhecer tal figura de cabelos pretos que acabara de adentrar no bar acompanhada de um jovem de cabelos prateados. ~ “O que será que a one está olhando? Porque meu milk-shake está demorando, Moooo!” ~, pensava a pequenina a observar todo ambiente a sua volta, querendo prever movimentos bruscos ou ouvir alguma conversa importante.

Conversava com Ruby após expressar sua dúvida, os dois ao longínquo pareciam ter uma conversa suspeita, mas não pode prestar tanto atenção pois um barulho de “back” ao ecoar pelo ar fez com que a pequena se assustasse pulando da sua cadeira logo levando sua mão para a cintura pronta para desembainhar a adaga, para fazer alguns sangrarem. E logo nota que na verdade era um copo a ser batido na mesa pelo estranho rapaz de cabelos prateados, sentando-se novamente e se acalmando, percebe que aos passos calmos, o barman finalmente se aproxima com a bebida doce e láctea da pequena Yui.

~ “Finalmente estava com água na boca, Oji-san obrigado” ~ agradecia ao barman enquanto via sua irmã se levantando e indo até o banheiro, se deliciando com a bebida ficaria sentada esperando ansiosa pelo retorno e pronta para ouvir, mas tentaria o máximo possível ficar de olho naquela garota que agora aparentava estar sozinha na mesa, sem o rapaz de cabelos prateados por perto.

Tentaria esperar pela irmã, mas como a mesma demonstrará interesse real naquela pacata garota, queria esperar por um elogio da irmã caso fizesse o necessário para proteger ou investigar melhor aquela garota, mas para isso como anteriormente sua irmã pedira para não chamar atenção, faria de um jeito sorrateiro, somente observando e analisando, se sua irmã voltasse com boas notícias ouviria atentamente e agiria como tal, se a mesma não voltasse com segundas intenções ou contivesse feito algo ajudaria sua irmã Ruby e sem largar seu milk-shake atenderia suas expectativas.





Yuriko Ushio


OFF:
 
Legenda:
 



// Yuriko Ushio
Histórico de Personagem
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Nome da Personagem: Yui Akhin

de postes: 4
dos Posts EdC: N/A
dos posts de desvantagens: N/A
de treinos: N/A
Vantagens: Visão Aguçada (-2); Adaptador (-2); Genialidade (-2).
Desvantagens: Fúria (+2); Megalomaníaco (+2)
Spoiler:
 
HP: 120/120
SP: 62/62
Ganhos:
Adaga Simples:
 
Perdas: 30.000 berries
Ferimento: N/A
NPC's: N/A
Extras: N/A


____________________________________________________

Fala / Narração / Pensamento


" Time is a burden. That's what I believe. "

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Taizai no Gisen


Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryuza Ying
Pirata
Pirata
Ryuza Ying

Créditos : 13
Warn : Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 05/02/2012

Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - A junção dos demônios   Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 EmptyQua 01 Jun 2016, 22:47

Enfim nossos personagens principais se encontravam por definitivo, agora, de um jeito ou de outro suas histórias estavam entrelaçadas e o vínculo entre esses mundos era aquela garota de cabelos escuros e beleza desafiadora, que se dizia ser irmã gêmea de uma procurada, seria isso verdade? Nenhum dos nossos personagens principais sabiam, mas não tinham nenhuma alternativa senão seguir em frente por essa possibilidade.

Após o diálogo entre Vherz e Ruby ambos retornaram para suas respectivas mesas, a garota foi de encontro a sua irmã e sem dar muitos detalhes do que tinha acontecido, ela passava as novas instruções para a jovem Yui, que prontamente aceitava, mas sem largar mão de seu delicioso milk-shake.
O homem por sua vez foi de encontro a bela garota que o aguardava na mesa. – Olá de volta. – Disse Sontse tentando ser cortes.
O boxeador ainda estava confuso com todos aqueles acontecimentos recentemente, mas decidido ao que iria fazer, por isso começou a falar. - Sontse, aqui está uma ideia, esses mercenários não me parecem poucos, e também, não me parecem gente que dá pra brincar. Sinceramente, precisaremos de ajuda, qualquer ajuda é uma ótima ajuda, números contam muito em uma hora dessas, leques de estratégias se abrem mais facilmente. O que me diz?

A jovem ouviu atentamente a tudo que foi lhe dito, e aos poucos pode-se perceber uma expressão de dúvida surgindo em sua face. – É... Tudo bem, mas... Você conhece alguém que pode nos ajudar? Essa pessoa é confiável? Ou essas pessoas, não sei... – O tom de voz dela denotava certa desconfiança, o que era de si esperar, mas antes que o homem pudesse responder, a dupla (Sontse principalmente) fora surpreendida pela presença das duas irmãs.

– Olá, não pude deixar de perceber que vocês assim como nós são viajantes. – Sontse fez uma cara estranha ao ouvir aquilo, em sua mente ela pensava como aquela garota reconheceu eles como viajantes? Vherz nem era um viajante. – Estamos à procura de alguém que possa nos ajudar a sair dessa ilha, temos diversas habilidades que podem ser uteis para vocês, ajudaremos em qualquer coisa contanto que nos tire dessa ilha! – Ruby tinha a intenção de aproveitar o momento para que pudesse se juntar ao grupo, mas aos olhos da mulher de cabelos escuros a dupla não passava de duas crianças perdidas.

- Me desculpe garotinha, eu não posso ajudar vocês, tenho assuntos a resolver e... Onde estão seus pais? Vocês foram abandonadas? Ou estão querendo fugir? Se for isso, não sejam levadas, isso vai preocupar os pais de vocês. – Disse a mulher, o que não deixou escolha para Ruby a não ser retornar para a sua mesa.

Sontse se voltou para Vherz. – Podemos ir encontrar esses seus amigos então? Os que vão nos ajudar, não sei... Senão, podemos seguir logo. Ouvi dizer que a Misyatsʹ foi vista perto daquele laboratório da ilha...

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

>>narração<<
||pensamento||
::Minha fala::
**Fala da Fantasia**


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Caju
Soldado
Soldado
Caju

Créditos : Zero
Warn : Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 22
Localização : no quinto dos infernos

Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - A junção dos demônios   Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 EmptyQui 02 Jun 2016, 17:34


Aposta na inocência

A garota era desconfiada, não seria tarefa fácil chegar a uma decisão favorável para as garotinhas e logicamente para mim. Elas ao que parece, também estavam querendo sair daquela ilha, seus interesses se encontravam com os meus no porto da ilha. Talvez naquelas duas, eu acharia minha porta de saída desse lugar, e com sorte, a de entrada para outro mais interessante.

- Sontse, acalme-se, essas garotinhas... Não sei você, mas sinto que elas podem nos ser muito úteis. São crianças, ótimas pra conseguir informação sem suspeitas. Você, pra conseguir informação sobre uma pessoa que tem corpo semelhante ao seu, requeriria muito esforço e discrição, e mesmo assim haveriam situações em que não conseguiria essas por talvez algo que sua irmã tenha feito. Dê uma chance, ter essas meninas conosco pode ser uma tremenda vantagem. Se não estiver de acordo com elas quererem sair da ilha, não se preocupe, eu me encarrego de levar elas até a família a salvo. Elas podem ser mais úteis que qualquer um que eu conheça. O que me diz? - Diria, olhando fundo nos olhos da garota com os dedos das mãos entrelaçados em frente ao rosto, de modo a fazê-la entender que estava sério quanto aquilo. Se a resposta fosse positiva, chamaria a atenção das garotas discretamente para virem à nossa mesa, e então explicaria. - Olhem, como vocês são apenas garotinhas, não queremos que vocês se machuquem, então, vão agir mais na... Na surdina, sabe? Nas quietas. Não querem atenção desnecessária, assim como nós. Mas estaremos por perto caso haja a necessidade, ok? Nosso objetivo é ir até o laboratório, que aparentemente foi o último paradeiro de quem procuramos. Tudo que vocês têm que fazer, é vasculhar a área, e se possível, arrancar alguma informação daqueles que o frequentam. Simples, não? - Claro que não era simples, considerando o provável ataque mercenário que poderia vir de qualquer lado, teríamos de ficar muito bem escondidos, fora de alguma vigilância. Principalmente Sontse, e ao mesmo tempo, cuidar as espiãs... Não era tarefa fácil, mas era o máximo que poderia fazer naquele momento, com aqueles membros. E mesmo assim, me intrigava com a garotinha que havia me abordado, parecia inocente, mas tinha certeza de que ela, em algum momento, mostraria um lado nada esperado por ninguém ali naquela mesa.

Caso a resposta fosse negativa, apenas concordaria com a cabeça e falaria - Siga-me, então. Iremos até lá, mas dessa vez, mais rápido, apenas tentando camuflar um pouco a presença no caminho, se possível. - Então, em ambos os casos, pegaria minha garrafa de uísque e me dirigiria a porta, esperando ser seguido por Sontse e pelas garotinhas, estando elas ou não, junto de nós. No caminho, tentaria avistar além de alguém igual à Sontse, uma loja de armas. Se essa primeira fosse avistada, apenas a seguiria. Se a segunda fosse avistada, adentraria e pediria - Uma manopla bem simples. Me consegue um par. - Se tivesse, pagaria e as equiparia enquanto andava pelo caminho que antes percorríamos até o laboratório.
Histórico do Caju:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 


Cores:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://myanimelist.net/profile/Juzocat
Kenshin Himura
Comandante Revolucionário
Comandante Revolucionário
Kenshin Himura

Créditos : 30
Warn : Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 24

Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - A junção dos demônios   Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 EmptyTer 14 Jun 2016, 05:08

Andando.

O tempo cada vez mais se passava naquele bar, parte do meu plano já estava em movimento, conseguia chamar atenção do homem de cabelos prateados, agora só nos restava conseguir fazer com que a menina aceitasse nossa “ajuda”, assim seria muito mais fácil de se aproximar de sua irmã, isso se realmente existir de fato uma irmã, voltávamos cada um para seus respectivos lugares, em seguida explicava para Yui o que iriamos fazer, assim tomava a dianteira e seguia em direção a mesa aonde se encontravam o dois viajantes.

Ao chegar no local, começava a puxar conversa com a garota e logo oferecendo um trato de uma mão lava a outra, aonde ajudaria com seus assuntos caso nos ajudasse a sair da ilha, a garota nos olhava de uma forma estranha, diria um pouco desconfiada, certamente ela não queria duas garotas a seguindo e logo começava a falar.

- Me desculpe garotinha, eu não posso ajudar vocês, tenho assuntos a resolver e... Onde estão seus pais? Vocês foram abandonadas? Ou estão querendo fugir? Se for isso, não sejam levadas, isso vai preocupar os pais de vocês.

Como sempre estavam nos subestimando, infelizmente pessoas de um local tão primitivo quanto esse, não sabe quão poderoso e útil um membro da família Akhin pode ser, só me restava agora que o homem de cabelos prateados conseguisse fazer com que a garota mudasse de ideia.

“Espero que tu sirva para alguma coisa, ao menos para convencer essa garota!” Pensava virando meu olhar para o homem, esperando que o mesmo pudesse fazer alguma coisa, logo a menina voltava a dizer.

– Podemos ir encontrar esses seus amigos então? Os que vão nos ajudar, não sei... Senão, podemos seguir logo. Ouvi dizer que a Misyatsʹ foi vista perto daquele laboratório da ilha...

“Ótimo, caso o prateado não consiga convencer ela, ao menos temos uma localização aonde podemos começar a procurar. ” Pensava enquanto voltávamos a nossa mesa, aonde só nos restava ficar e continuar a vigiar a garota secretamente, no qual a mesma ainda poderia nos levar até aonde sua irmã estivesse, ou para ser mais fácil poderíamos captura-la e entregá-la como se fosse a irmã, daria no mesmo, a marinha não iria acreditar que seria outra pessoa.

Enquanto observava eles, via que o rapaz prateado estava conversando com a mesma, e parecia não parar de falar, esperava que o mesmo conseguisse fazer a mente da garota para que possamos continuar com nossos planos. Assim daria uma breve olhada pela taverna para ver se havia mais alguém por ali, nesse meio tempo não tinha parado para olhar se havia entrado mais alguém no estabelecimento, caso tivesse alguém a mais o analisaria e ficaria esperta em caso dele tentar algo, mas caso o local ainda continuar vazio eu ficaria a espera de novas notícias do rapaz.

Caso o homem de cabelos prateados, tivesse conseguido modificar os pensamentos da garota eu o escutaria atentamente sobre os termos, obviamente eu aceitaria, mas sempre visando em pro da missão principal, capturar a irmã da garota ou a mesma já que são parecidas, assim faria as devidas apresentações. – Muito bem já que vamos trabalhar juntos me chamo Ruby Akhin, e essa e minha irmã Yui Akhin! Falaria dando uma pequena pausa e apontando para minha irmã. Em seguida os seguiria aonde eles fossem, sempre observando por onde eles passariam, com quem estavam conversando e quem se aproximava da gente, analisaria cada pedido deles antes de fazer.

Mas caso o cabelos prateados não conseguisse fazer a cabeça da garota, simplesmente deveríamos fazer o trabalho de segui-los, me viraria para Yui e falaria em um tom no qual somente a mesma poderia escutar. – Parece que teremos que segui-los, ainda não podemos ataca-los, ficaremos de olho até a garota procurada se revelar! Assim voltaria a olhar para os dois discretamente, quando os mesmos se levantassem para sair eu daria uma pequena pausa para que se distanciassem da gente e em seguida sairia do bar, andaria em uma distância segura aonde os mesmos não percebessem e que eu não os perdessem de vista, observaria tudo a minha volta com cautela para que não fossemos surpreendidas por nenhum inimigo, e aguardaríamos em um local seguro caso os mesmos entrassem em algum estabelecimento e esperaríamos que eles saíssem, caso não saíssem observaria bem o local para poder encontrar locais fáceis para se invadir.
Histórico:
 

off:
 

____________________________________________________

Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
Yuriko Ushio
Narrador
Narrador
Yuriko Ushio

Créditos : Zero
Warn : Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 8010
Feminino Data de inscrição : 21/05/2015
Idade : 26
Localização : North Blue

Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - A junção dos demônios   Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 EmptySab 18 Jun 2016, 21:52


Upupupu <3
part.1
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Em um lado da taverna estava Ruby conversando com aquele estranho e galã rapaz de cabelos prateados, que estava juntamente com a garota que não saia da visão de Yui, olhando para os dois lados ou melhor visando somente a garota solitária na mesa, pois sabia que sua irmã se garantia em uma luta, mas sabia que se algo ocorrer tinha que intervir e ajudar Ruby. Com um sorriso no rosto bebia seu milk-shake, com algumas pausas, pois não queria congelar o cérebro, algo que aconteceria se bebesse aquela bebida láctea como se não houvesse o amanhã.

Finalmente sua irmã volta para mesa com um bom espirito, parecia ter entrado em algum acordo ou resolvido seus próximos passos, e passava algumas das informações para Yui, andando até a mesa dos seus novos “companheiros” Ruby passava a falar, ~ “Olá, não pude deixar de perceber que vocês assim como nós são viajantes.” ~ A garota fez uma cara estranha ao ouvir aquilo, parecia não acreditar que queríamos ajudar. Então voltava a falar ~ “Estamos à procura de alguém que possa nos ajudar a sair dessa ilha, temos diversas habilidades que podem ser uteis para vocês, ajudaremos em qualquer coisa contanto que nos tire dessa ilha!” ~ Ruby tinha a intenção de aproveitar o momento para que pudesse se juntar ao grupo, mas aos olhos da mulher de cabelos escuros, parecia desconfiar de algo.

~ “Me desculpe garotinha, eu não posso ajudar vocês, tenho assuntos a resolver e... Onde estão seus pais? Vocês foram abandonadas? Ou estão querendo fugir? Se for isso, não sejam levadas, isso vai preocupar os pais de vocês.” ~ Disse a mulher, irritada e ao mesmo tempo intrigada Yui solta um pequeno sorriso e uma pequena gargalhada baixa. ~ “Upupupu” ~ vira para sua irmã esperando alguma reação, esperando alguma reação da mesma. ~ “Essa mulher não conhece a força da nossa família, Upupupu!” ~ Falava baixo para sua irmã somente ouvir.

Esperaria alguma reação por parte de sua irmã caso não houvesse alguma falaria para a mesma, ~ “Ne-chan, vamos logo atrás daquilo, depois tentaremos achar algum modo de seguir viagem.” ~ Esperando que a mesma entendesse que havia falado sobre a caça daqueles outros três alvos, pois a mesma estava entediada com todo aquele tramite de amizade com alguém que não parecia ter a capacidade de reconhecer a força de alguém que estava pronta para ajudar como sua irmã.

Se sua irmã tivesse algum plano ouviria atentamente e a seguiria, mas sempre tentando deixar sua guarda em alerta para qualquer movimento brusco para com aquele local, se houvesse puxaria a manga de sua irmã e apontaria para tal coisa, mesmo se algum alvo surgir, estaria pronta para qualquer evento futuro. ~ “ Espero que não haja mais desavenças para conosco, pois não se deve julgar um livro pela capa!” ~


Yuriko Ushio


OFF:
 
Legenda:
 



// Yuriko Ushio
Histórico de Personagem
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Nome da Personagem: Yui Akhin

de postes: 5
dos Posts EdC: N/A
dos posts de desvantagens: N/A
de treinos: N/A
Vantagens: Visão Aguçada (-2); Adaptador (-2); Genialidade (-2).
Desvantagens: Fúria (+2); Megalomaníaco (+2)
Spoiler:
 
HP: 120/120
SP: 62/62
Ganhos:
Adaga Simples:
 
Perdas: 30.000 berries
Ferimento: N/A
NPC's: N/A
Extras: N/A


____________________________________________________

Fala / Narração / Pensamento


" Time is a burden. That's what I believe. "

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Taizai no Gisen


Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryuza Ying
Pirata
Pirata
Ryuza Ying

Créditos : 13
Warn : Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 05/02/2012

Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - A junção dos demônios   Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 EmptySeg 20 Jun 2016, 11:47

Era de se esperar que a garota não fosse aceitar a ajuda das garotas, afinal devido a situação em que ela estava, desconfiar de tudo e todos era o mais natural, sem falar que Yui e Ruby não aparentavam serem mais do que duas jovens garotinhas.

- Sontse, acalme-se, essas garotinhas... – Vherz começava a falar tentando convencer Sontse do contrário. - Não sei você, mas sinto que elas podem nos ser muito úteis. São crianças, ótimas pra conseguir informação sem suspeitas. Você, pra conseguir informação sobre uma pessoa que tem corpo semelhante ao seu, requereria muito esforço e discrição, e mesmo assim haveriam situações em que não conseguiria essas por talvez algo que sua irmã tenha feito. Dê uma chance, ter essas meninas conosco pode ser uma tremenda vantagem. Se não estiver de acordo com elas quererem sair da ilha, não se preocupe, eu me encarrego de levar elas até a família a salvo. Elas podem ser mais úteis que qualquer um que eu conheça. O que me diz? – A forma com que ele falava, a sua postura, o seu olhar, tudo mostrava a sua real seriedade quanto aquele assunto, o que deixava a jovem de cabelos negros com um ar confuso.

- Você está falando sério? São apenas garotinhas. – Sontse tinha um senso de moral muito forte. – Como elas podem ser mais uteis que seus amigos? Eu não entendo e... Eu sei que vai ser difícil eu procurar informações sendo igual a minha irmã, mas... – A jovem parava um pouco, com o olhar baixo olhando para suas mãos, pensando a respeito. – Tudo bem... Mas temos que tomar conta delas, eu não vou me perdoar se acontecer algum mal a elas.

Enquanto isso Ruby e Yui estavam sentadas em suas mesas, a menor bebia seu milk-shake com calma, se deliciando a cada golada, elas observavam a dupla que estava conversando mais ao fundo, até que notaram o homem de cabelos prateados chama-las.
Sem delongas elas se levantaram e foram de encontro ao mesmo.

- Olhem, como vocês são apenas garotinhas, não queremos que vocês se machuquem, então, vão agir mais na... Na surdina, sabe? Nas quietas. Não querem atenção desnecessária, assim como nós. Mas estaremos por perto caso haja a necessidade, ok? Nosso objetivo é ir até o laboratório, que aparentemente foi o último paradeiro de quem procuramos. Tudo que vocês têm que fazer, é vasculhar a área, e se possível, arrancar alguma informação daqueles que o frequentam. Simples, não? – Vherz sentia algo de estranho vindo das garotas, talvez devido a sua experiência, sabia que elas eram mais do que aparentavam, mas podia estar errado e não queria causar más impressões para com Sontse.

- Muito bem já que vamos trabalhar juntos me chamo Ruby Akhin, e essa e minha irmã Yui Akhin! – A mais velha fazia as apresentações, sempre cautelosa e observadora, mas sua irmã já estava ficando inquieta devido a todo o monotonismo.

- Muito prazer Ruby, Yui. Me chamo Sontse, por favor, tomem cuidado. – Dizia a mulher de cabelos negros, o seu tom de voz mostrava preocupação e incerteza.

Com aquele impasse resolvido, se levantaram e começaram a sair. Antes de ultrapassarem a porta do bar que já estava começando a encher o barman chamou a atenção das garotas. – Pretendem sair sem pagar? As duas bebidas custam 10mil.
Sontse virou-se para o barman. – Desculpe pelo incomodo senhor. – Revirou suas roupas e tirou o dinheiro das bebidas, entregando ao homem.
Enfim puderam sair.

No caminho Vherz parou em uma loja de armas, onde comprou suas manoplas pelo preço de 30 mil berries, em seguida voltaram a caminhar, atravessando a cidade até as redondezas do laboratório C. Na frente da construção se encontrava um grupo de pessoas, 4 deles trajavam jalecos brancos e pareciam discutir com 2 homens engravatados.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

>>narração<<
||pensamento||
::Minha fala::
**Fala da Fantasia**


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Capítulo I - A junção dos demônios   Capítulo I - A junção dos demônios - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Capítulo I - A junção dos demônios
Voltar ao Topo 
Página 3 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Toroa Island-
Ir para: