One Piece RPG
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» On The Top Of The World
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor Ceji Hoje à(s) 21:32

» A justiça não é cega!
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor Van Hoje à(s) 20:27

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor Kiomaro Roshiro Hoje à(s) 18:06

» There's no good man in the west
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 17:45

» The Victory Promise
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor Apoo Hoje à(s) 16:58

» Red Albarn e o Alvorecer de um Herói
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor GM.Doodles Hoje à(s) 15:22

» [Mini-Handa] Uma beleza preguiçosa
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor Handa Hoje à(s) 05:11

» Al mare!
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor Fanalis B. Ria Hoje à(s) 05:00

» Vermelho
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 04:15

» Ficha - Dylan Jones
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 02:31

» Dylan Jones
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 02:30

» [MINI - Gon Vinteluas] *SENHORAS E SENHORES!*
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:16

» [MINI-Yahikko] - A partir do zero!
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 20:32

» Una Regazza Chiamata Pericolo
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor Vrowk Ontem à(s) 20:03

» Unidos por um propósito maior
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor madrickjr Ontem à(s) 17:22

» [MEP] 01 | Eco
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor DJ GBR Ontem à(s) 17:06

» [MINI - DJ GBR] 01 | Eco
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor DJ GBR Ontem à(s) 17:03

» Faíscas da Revolução
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor K1NG Ontem à(s) 13:46

» O Sapo Mágico
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor K1NG Ontem à(s) 13:15

» Apresentação 3 - Falência Abrasiva
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 12:06



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Inicio de Um Futuro Prometido

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 5, 6, 7 ... 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 47
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 EmptySeg 28 Mar 2016, 12:49

Relembrando a primeira mensagem :

Inicio de Um Futuro Prometido.

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Diego Kaminari. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Diego Kaminari
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 21/06/2013

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 EmptyTer 07 Mar 2017, 23:13





Apesar da aparência duvidosa de Ichi quanto ao plano ele rapidamente concordou com ideia, afinal teríamos de fazer alguma coisa para resgatar seu amigo. Ao chegar a Nii ele respondeu que teria material para fazer três ou quatro bombas que poderiam explodir uma porta com a maior naturalidade possível, no entanto que em relação o fogo... Eu não precisaria me preocupar julgando sua expressão. Todos sabiam o que fazer e entenderam suas participações, Jacobi estava inseguro, no entanto concordou com os movimentos e logo se colocou pronto para a ação. Conseguimos deter os três inimigos de uma maneira relativamente fácil. Um deles gritou bem alto e apesar da distancia acabou por chamar atenção de um dos guardas, neste momento um calafrio subiu minhas contas diante da possibilidade de tudo ir pelos ares, e pior de tudo tão precocemente! Todavia logo pode ficar mais calmo uma vez que o guarda retornou sua base provavelmente achou que poderia ser algum animal selvagem o que não seria estranho naquela região. Vestimos e amarramos os homens rapidamente, no entanto quando nos viramos para ver o carrinho tomamos uma surpresa... Ouro, muito ouro! Jacobi falou para deixarmos o ouro em algum lugar e despois buscarmos ao sair, no entanto não concordei com a ideia. Como tinha dito antes o ideal seria cobrir nossos amigos com as moedas para não levantar suspeitas, tiraria apenas o necessário para que o volume não ficasse algo muito diferente do que era antes dos jovens entrarem. Uma vez prontos logo partimos.

Ao chegar perto um guardo grita perguntado qual nossa posição e o que trazemos, fiquei nervoso e frustrado, pois não havia contado que os homens teriam alguma senha ou algo do tipo. Logo gritei. – Ouro! Trazemos também um delinquente que tentou nos roubar! – O homem levantou uma das sobrancelhas e logo ordenou a abertura dos portões, ao que tudo indicava parecia ter funcionado, incrível o efeito que a palavra “ouro” faz com as pessoas ainda mais em grandes quantidades. Primeira parte do plano estava completa quando demos nosso primeiro passo dentro da fortaleza, no entanto a parte mais difícil ainda estaria pra começar. O mesmo guarda de antes veio até nos, neste momento deu pra observar e analisar a base inimiga que parecia muito um acampamento tático. A parte de baixo com algumas salas e poucas pessoas e a parte de cima com mais salas e soldados prontos para a batalha, uma ligada à outra por escadas laterais que se posicionavam tanto pela esquerda quanto pela direita. O guarda logo questionou o fato de Ichi ser o prisioneiro e o fato dele não ser tão ameaçador, algo me diz que ele ficou mais incomodado que eu com este comentário. E logo confirmou que outro menino foi levado para lá, sim o outro garoto esta perto, no entanto ainda não sabíamos aonde. Suas mãos esticaram para puxar o jovem junto a si, entretanto tentaria manter contato com Ichi. Quanto ao ouro ele disse que saberíamos aonde colocar, serio? O lugar que sei para aonde ele vai parar vai ser no meu bolso. E logo o homem continuou dizendo que o “chefe” não estaria lá, pois havia ido resolver algo na cidade o que confirmara a possibilidade da emboscada para Luze, todavia esperava que Jacobi visse sua situação e lembrasse-se de minhas palavras para que não perdesse o controle dali em diante. O homem ria e minha raiva aumentara, mas tentava disfarçar. No entanto a próxima pergunta assim como o próximo movimento do guardo foi algo que exigiria uma resposta rápida, ele perguntara quanto conseguimos daquela vez e iria rapidamente retirar a coberta do carrinho.

Mesmo que retirasse, o fato de termos coberto os jovens com as moedas iria camuflar os mesmos, isso se eles ficassem quietos e submersos é claro. De qualquer forma não era algo bom arriscar, e logo pensei num plano.

Iria olhar para Ichi esperando novamente que ele entendesse. Tentaria simular um ataque de raiva como se ele estivesse tentando fugir, lhe daria um golpe para que ajudasse na fidelização do ato, mas nada que o realmente machucaria. – Seu pivete! Acha mesmo que conseguira sair disso impune? Acha que conseguira fugir logo daqui? Ira pagar assim como seu amiguinho. – iria rir assim como o guarda rira antes, esperava que a gritaria pudesse chamar a atenção o suficiente para lhe tirar o foco do carrinho. Logo voltaria para o guarda ainda sorrindo e rindo e tentaria lhe falar. – Acho que ele precisa de uma liçãozinha sobre o que acontece quando mexe com adultos que não deve mexer! Irei lhe acompanhar, pois quero muito ser seu professor. – Terminaria olhando com um olhar sádico para o jovem. Se até ali tudo desse certo, iria tentar falar. – Quanto a este cara... – Apontaria para Jacobi. -... Este garoto lhe bateu bem forte na cabeça, não esta pensando direito desde então, se alguém puder ajuda-lo a levar o ouro para o lugar certo. – Se o plano desse certo iria matar um coelho com duas cajadadas. Uma vez que o homem nos levasse a prisão sem problemas e se o local estivesse vazio, iria tentar usar do elemento surpresa para sacar uma de minhas adagas e enfim tentaria enfiar a mesma em seu pescoço de maneira que tamparia a boca dele com a outra mão, assim eliminando o alarde e o ruído. Se em algum momento algo desse errado, minha atitude seria defensiva tentando manter o máximo os membros do meu grupo vivos mesmo que isso mês custasse algum ferimento, o foco inicial seria a fuga e enfim despistar os inimigos nos escondendo de alguma forma. No entanto se desse certo, analisaria a situação e planejaria o próximo passo de acordo com o plano principal.  


Histórico do Diego Kaminari:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 EmptyTer 28 Mar 2017, 11:37



Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Número de Narração: 01  -  Localização: MT. Ballon  -  Clímax: Prelúdio de Merda


As palavras de Diego realmente haviam conquistado o vigia que estava a sua frente. A encenação de Ichi também não ficava atrás, embora não tivesse gostado nenhum pouco de apanhar, mesmo sendo necessário naquele momento.

- Muito bem, mostre a ele como insetos como ele devem se portar – riu o homem – Então, vamos até a prisão, lá você estará com mais privacidade para cuidar desse moleque! – afirmou. Dito isso, o homem instruiu Diego e Jacobi até o local onde aparentava ser a prisão. – Bem, aqui é nosso “calabouço”. Aqui podemos cuidar de quem for preciso na hora que quisermos, por exemplo... Eu posso finalizar com você agora mesmo! – bradou o homem sacando uma pistola e a direcionando na direção da cabeça de Diego.

Aparentemente a encenação de Diego havia falhado. O homem havia sacado logo de início a tentativa de Diego de enganá-lo, ora, o jovem mal tinha habilidade de encenação, apenas de sedução, um tanto quanto estranha. A situação era um tanto quanto alarmante. Estavam ali, Diego e Ichi cercados por homens que de alguma maneira já sabiam o que estava acontecendo e logo os cercaram. Jacobi rapidamente ao momento que Diego havia começado a falar, se dirigiu à longe da cena com o carrinho, trazendo alguma esperança para aquela situação.

- Você acha que com esse teatrinho você enganaria alguém? Principalmente depois de... – pausou o homem e gargalhou na face de Diego – Vocês não sabem que toda base desse calibre tem segurança ao redor? Den Den Mushiis estavam espalhados por toda a instalação, seus idiotas, e se não bastasse isso, você me vem com esse teatrinho? – humilhou o homem.

Enquanto isso, no palácio da nobreza...

- Do quê você está falando?! – ajoelhou-se um magro homem, cabelos longos e loiros, pele branca, pele de quem não estava acostumado a pegar sol trabalhando, ele estava totalmente incrédulo – O que você fez com meu filho? – questionou o homem partindo para cima de certo alguém.

- Ei, ei, ei, muita calma aí “majestade”, não queria que eu exploda seus miolos antes de você salvar seu querido “menininho”... – afirmou um homem apontando uma arma em direção à cabeça do loiro – Senta essa sua bunda real nesse trono! – bradou.

- Calmo Roger não vai assustar o a realeza, não é meu Rei? – outro homem surgiu da porta principal, curvando-se à frente do Rei – Meu nome é Wesker, é um enorme prazer conhece-lo, Majestade Faham Doroth...

- Quem é você? O que fizeram com meu filho? Eu vou acabar com vocês! – afirmou a majestade. Tais palavras deixaram Wesker completamente excitado, no bom sentido, gargalhadas surgiram no local, Wesker se descontrolou totalmente, ele gostava daquela situação.

- Meu Rei, por mais que essa sua ameaça seja uma coisa que adoro ouvir, infelizmente, ou felizmente, não fomos nós que sequestramos seu filho, pelo contrário – andou até o Rei – Somos aqueles que viemos lhe oferecer ajuda – começou a cercar o Rei, que estava sentado em seu trono – Somos aqueles que veem tudo. E vimos quem sequestrou seu filho... Os bárbaros! Vamos os destruir e recuperar seu filho, estás comigo? – ofereceu sua mão para o Rei, para assim firmarem acordo.

Enquanto isso, no quartel dos mercenários...

- E então moleque, largue sua arma! Se afastem todos do carrinho de ouro com as mãos na cabeça! – bradou o homem que apontava uma pistola para a cabeça de Diego.

- Senhor, o mestre já está retornando para cá! Ele mandou um sinal pelo rádio! – alertou um dos homens. Tal informação tirou por um segundo a atenção do atirador, mas logo a retomou. – Muito bem, qual o resultado da negociação? – questionou o atirador.

De volta ao palácio real...

- Eu aceito! – afirmou friamente o Rei – Vamos destruir esses bárbaros de uma vez por todas!

Este era um pelúdio para o caos total. Wesker, o líder dos mercenários conseguiu o que queria o apoio do Rei para a guerra que se anunciava ali. Por outro lado, Diego e Cia estavam em apuros e os Revolucionários estavam em conversas com os bárbaros. O que se esperava para o resultado dessa confusão toda?

Narração:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Diego Kaminari
Pirata
Pirata
Diego Kaminari

Créditos : Zero
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 21/06/2013
Idade : 24

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 EmptyDom 02 Abr 2017, 03:04





Minhas palavras surtiram efeito para com os guardas que se convenceram de tudo que queríamos nos passar. As palavras do homem, um tanto asquerosas, mas que só confirmara que meu plano tinha sido um sucesso, pelo menos até aquele ponto. O homem então mandou segui-lo até a prisão e assim fizemos, uma vez que chagamos em um lugar que parecia ser uma prisão o soldado voltou a falar. Ali era o calabouço, até ai tinha entendido e nada de mais representava a mim, no entanto as palavras que sucederam que fez com que um gélido frio corresse por minha espinha. Dizia o homem que aquele era um ótimo lugar pra fazer o que quisemos e como exemplo, poderia conosco ali mesmo... Finalizar.

Vários homens que aparentemente tinham conhecimento da situação começaram a nos cercar. Então quer dizer que o tempo tudo o homem sabia que nos éramos intrusos que todo o esforço fora por nada. Olhava para Jacobi tentando pensar em algo que nos tirasse daquela situação. Vi Jacobi se distanciando o que aumentaria a área de visão e precaução dos inimigos, logo era algo para nos favorecer. Não sei o que era pior ver as gargalhadas do homem a minha frente ou saber que eu fui displicente o suficiente para não deduzir que a base teria segurança ao redor de seu perímetro. No entanto uma coisa eu sabia, minha raiva e vontade de matar aquele homem cresciam ainda mais diante do gosto que ele tinha e nos humilhar.

O infeliz nos mandou largar as armas e afastar do carrinho com ouro, isso me fez crer que o homem parecia não ter conhecimento dos jovens dentro do carrinho, a questão era: Como eu poderia usar isso a nosso favor? Uma ideia me veio à cabeça, no entanto requeria muita percepção de meus companheiros. Iria tentar aproveita do momento de distração do homem para me abaixar usando minha aceleração e assim saindo do campo de visão do atirador, imediatamente depois iria tentar lhe dar um golpe no punho, muito usado em brigas de rua, o resultado seria o desarme do adversário uma vez que a força e a técnica fariam com que a arma fosse solta e caísse ao chão. Se obtivesse sucesso tentaria girar o corpo de modo que ficasse por detrás de meu adversário e rapidamente sacaria minha adaga colocando a contra o pescoço do guerrilheiro de maneira que qualquer movimento mais brusco do mesmo cortaria sua garganta. Ao tempo que com minha outra mão sacaria minha pistola e prepararia para a mesma para atirar, a intenção era fazer com que o homem se tornasse meu refém. Caso me atacassem nesse ponto usaria o corpo do homem como escuto e atiraria tentando ao menos dispersar os inimigos, todavia se o plano tivesse dado certo iria tentar falar com Jacobi.

- Jacobi deixe esse carrinho ai e venha pra cá. – Diria ao tempo que juntamente de Ichi me aproximaria de alguma parede oposta ao carrinho tentando fazer com que todos meus inimigos focassem em nós e uma vez que isso acontecesse às crianças poderiam sair de dentro do carrinho e com elemento surpresa atacar os soldados inimigos. Teria de torcer pra que os jovens estivessem atentos ao que acontecia aqui fora. Se em algum momento algo desse errado iria entrar me defender, bloqueando o u esquivando conforme fosse mais conveniente. Se tivesse a oportunidade de um contra-ataque eu a aproveitaria tentando visar pontos vitais como pescoço, olhos, coração entre outros. Minha intenção era proteger Ichi e as crianças, se algo de grave fosse acontecer iria defendê-las mesmo que isso me custasse algum ferimento que se inevitável for evitaria algum dano fatal. Se as crianças não saíssem do carrinho por algum motivo iria tentar guiar meu refém até a porta abrindo caminho com o mesmo ate que chegasse o ponto que pudéssemos correr, ainda com o refém a uma distancia segura tentaria então finalizar o homem com minha adaga com um lento e doloroso corte no pescoço e por fim correr ate algum lugar que pudéssemos nos esconder sempre atento a qualquer ataque que pudesse surgir. Logo iniciaria meu plano.

Histórico do Diego Kaminari:
 

____________________________________________________

Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Sing

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 EmptySeg 03 Abr 2017, 14:58



Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Número de Narração: 01  -  Localização: Quartel Inimigo  -  Clímax: Deu Merda


Diego, em um movimento rápido tentou pegar o seu oponente de surpresa e assim escapar daquela situação incomoda. Com sua aceleração, o jovem acertou um golpe no punho do inimigo, que relutou em soltar a arma e, ocasionalmente acertou um disparo que atingiu o ombro de Ichi, quer apenas urrou e caiu. Em seguida, ainda lutando pela arma o jovem sacou sua adaga, porém antes de tentar algo, um dos homens da retaguarda que apareceram anteriormente acertou um disparo na coxa do rapaz, que apenas caiu e deixou sua arma “rolar” para longe de seu alcance.

- Seu merdinha! Você quase me pegou! – falou o homem olhando para seu punho e conferindo-o – Mas, acho que seu amigo não está tão bem. Eu devo te ensinar uma lição. Neste mundo, você não faz o que bem entende, pois assim como você me desobedece, eu posso também desobedecer algo que dia, como por exemplo – se abaixou e pegou a arma – Eu posso dizer que nada ocorrerá ao garoto ali – sem pensar, o homem disparou dois projeteis que acertaram ambas as coxas do garoto – Mas, posso fazer diferente e acabar com vocês. Que tentador, não? – ironizou.

- Seu merda! Vou te matar! – bradou a garota morena, saltando de dentro do carrinho e acertando um chute no rosto do homem que havia atirado em Ichi – Você irá morrer! – afirmou a garota. Em seguida os outros dois garotos saltaram. A outra garota foi averiguar como estava Ichi e realizar os primeiros socorros que lhe era permitido naquele momento. O outro garoto tentava observar a situação, porém seu semblante era de total desespero.

- Argh, que merda! – bradou o homem caído limpando o sangue que escorria de sua boca – Quer dizer que tinham mais merdinhas nesse carrinho? Cuidem deles! – ordenou o “líder”. Logo os homens que estavam cercando o grupo logo começaram a atacar a garota morena e o seu irmão. Era uma cena um tanto quanto brutal. Os homens os tratavam como animais. Eram chutes e socos que, mesmo os garotos caídos, não cessavam um instante. – Está vendo, isso tudo é culpa sua e de seu senso de justiça! – falou o homem, apontando a arma para Diego, caso ele tentasse reagir – Melhor ficar bem parado aí, senão os meus amigos ali não ficarão apenas nos chutes e socos! – ameaçou.

Enquanto isso, em Porto Branco há minutos antes...

- Muito bem, acho que acabamos aqui. Mestre, o que fazemos agora? – questionou Roger ao seu líder Wesker, que olhava pela janela do palácio. A cena era surpreendente. O rei se encontrava morto com sua cabeça estourada. Era uma cena um tanto quanto perversa. Enquanto isso, os serviçais tentavam entrar, porém as portas do recinto se encontravam travadas por dentro, não só elas, mas como todas as saídas.

- Não se preocupe meu querido Roger, ninguém suspeitará de nada. A tensão já estava enorme nesse lixo de “sociedade”. Eles só vão criar mais um motivo para guerrear, uma revolta popular que acabou com a vida de seu regente, seu “amado” regente. E de bônus, temos um cenário um tanto quanto favorável, com seu filho sequestrado pelos bárbaros, uma guerra será inevitável – com os braços cruzados atrás de seu corpo, Wesker explicou tudo olhando a paisagem externa ao palácio.

De volta ao palácio, horário atual...

- Chefe, o líder W chegou! – alertou um dos homens que chegou naquele momento. Com um sinal com a cabeça, o chefe ordenou que o espancamento cessasse. – Vamos lá! Joguem esses lixos na prisão junto com o garoto! – ordenou o homem e isso foi feito. Todo o grupo foi colocado na prisão, machucados e sem alguma esperança. Lá dentro era escuro, com apenas pequenas brechas de luz que clareavam pouquíssimo o local. Em meio às sombras, podia se ver de relance um ser que se encontrava encolhido no canto da cela, sentado ao solo, abraçando suas pernas, totalmente abandonado.

Explicações e Justificativas:
 

Citação :
Danos:
Diego Kaminari 110/120 HP (Disparo na coxa que impedirá de se mover normalmente por 5 posts)
Goo 90/120 HP (Inchaço no rosto e abdômem, além de fratura no pulmão que dificulta sua respiração)
Nii 80/120 HP (Inchaço no rosto, nariz quebrado, escoriações por todo corpo)
San 100/120 (Escoriações pelo corpo e um olho inchado)
Ichii 65/120 (Disparos das duas coxas que o impedirá de andar por 15 posts, disparo de raspão no braço que impedirá de mover por 5 posts, rosto inchado e escoriações por ter protegido San)

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Diego Kaminari
Pirata
Pirata
Diego Kaminari

Créditos : Zero
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 21/06/2013
Idade : 24

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 EmptyTer 04 Abr 2017, 01:08





Trilha Sonora: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Desastroso... Não havia palavra para melhor definir o resultado do meu plano assim também servia para descrever as consequências de tal ato. Meu golpe inicial o atingiu e por pouco sua arma não sai de sua mão, no entanto sua eficácia não foi totalmente favorável a nosso grupo uma vez que meu inimigo realizou um disparo e acertou ichi em seu braço. Uma mistura de desespero com raiva me tomou, tentei rapidamente sacar minha adaga porem um dos homens que nos rodeava reagiu tão rapidamente quanto a mim, foi repetindo mais incrivelmente dolorido quando a bala acerta minha perna. Uma nova sensação se somou a minha mistura, pois agora além de raiva, que por sinal foi ainda mais intensificada, e o desespero agora também havia a dor.

As palavras daquele covarde infeliz me enchiam cada vez mais de raiva, mas nada comparado a suas atitudes uma vez que ele pegou sua pistola e em meio as palavras disparou duas vezes contra Ichi, os disparos acertaram suas coxas... Uma bala pra cada... Sua expressão de dor me atravessava, me sentia cada vez mais impotente, e minha promessa que fiz a San? Eu não a cumpri por ser fraco... E assim mais um sentimento se somou, a tristeza.  

Quando tudo parecia que não ficaria pior a vida me prova que para o desastra não há limites, que a diversão do universo era arrastar minha cara no chão. De forma rápida ao verem a cena o restante das crianças saem do carrinho, Goo até consegue acertar um chute do verme que atirou em nosso companheiro, todavia apenas para se levantar irritado e ordenar que o resto da equipe cuidasse dos “outros”. Tive que ver parado Ichi, Yon, Goo, Nii... E San... Todos eles sendo brutalmente espancados enquanto era forçado a ouvir que tudo era culpa minha, agora havia em grande parte... A desilusão.

Estávamos todos dentro da cela relembrando e repassando inúmeras vezes o que havia acontecido. O local era escuro meus amigos todos com hematomas e não sabia o que pensavam de mim, talvez pensem que sou alguém que não cumpre sua palavra, ou que sou apenas mais um fraco que colocou a eles em uma situação deplorável...  Olhei em volta tentando adaptar minha visão a escuridão no canto havia um garoto que abraçava suas pernas, provavelmente o menino que haviam sequestrado. Ainda não estava preparado para ir até ele, precisava resolver outra situação, pois enquanto revia todos os acontecimentos aquela mistura cominou-se em apenas um sentimento intenso misturado à tristeza que permaneceu e me acompanhou, esse era o ódio. Sim sentia dor em minha perna, mas pior que ela era a dor que tinha dentro de mim e enfim levantei-me e fui em direção a San, ela estava com um olho inchado e escoriações pelo corpo. Tomei a melhor posição e devagar me aproximei não para beija-la, mas para encostar a testa dela a minha.

- Me desculpe... Desculpe não ter sido forte para cumprir minha promessa. – Lagrimas caiam, apesar de tentar ser forte aquilo doía e me deixava mal. –  Lhe prometo que todos pagarão! Prometo que serei mais forte, porque nunca mais quero ver as pessoas que amo e me importo passando pelo que vocês passaram... Mas por favor, me desculpem! – Apesar de estar falando alto suficiente para que todos escutassem, esse ultimo pedido foi mais alto e direcionado a todos. Mas depois, logo voltei o foco a San. – Não deixarei que isso aconteça a você novamente. – enfim me afastaria.  Tudo que disse foi sincero e naquele momento meu desejo era de sair dali e pegar cada pedaço desses vermes e espalhar cada parte pequena por toda a cidade.

Uma vez em pé tentaria andar e checar toda a cela para encontrar algum ponto frágil que nos ajudasse na fuga, após isso tentaria ir até o menino que provavelmente era o que viemos resgatar e perguntaria com calma.

- Olá garoto, meu nome Diego Kaminari, pode não parecer, mas... Somos a equipe que veio te resgatar. – Diria com um sorriso para tentar descontrai-lo e fazer o mesmo abrir a guarda. – Eu ainda não desisti, tirarei vocês todos daqui. Mas quem é você? E porque estes bandidos te sequestraram?


Histórico do Diego Kaminari:
 

____________________________________________________

Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Sing

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 EmptySex 07 Abr 2017, 10:25



Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Número de Narração: 03  -  Localização: Quartel Inimigo  -  Clímax: Destruição Interna


- Acho que deu errado nosso plano... – respondeu a garota tentando mostrar um sorriso, mas as lágrimas mostravam o contrário – Vai ficar tudo bem, certo? Questionou a garota. O semblante dela era diferente de antes. Aquela garota cheia de vida agora estava vazia. Seu olhar estava morto. Por mais que ela olhasse para Diego naquele momento, sua visão estava em outro lugar, um lugar distante, mergulhada em seus devaneios, pensando o pior, a morte de todo o fim de uma vida ainda jovem, tudo por erros cometidos por ela, por ele, por todos.

Ali estavam eles. A jovem médica não podia ficar abatida, tinha trabalho a fazer. Por mais que as coisas não tivessem saído como o planejado, seus irmãos estavam ali, precisando de sua ajuda. O primeiro a ser tratado foi Ichi. Seus ferimentos eram profundos, infelizmente, por mais que a garota fosse inexperiente, ela temia que aqueles danos fossem severos a ponto dela se martirizar para todo o sempre.

- Mana – falou Ichi, com dificuldades – A culpa não foi sua... – falou o garoto antes de voltar a perder a consciência. Não era algo a se preocupar, ele apenas estava exausto, porém, em seus pensamentos, ele tinha a certeza que algo estava errado, suas pernas estavam ali, encaixadas em seu corpo, mas era o mesmo que nada, ele não as sentia, mas, por precaução, ele preferiu dormir a preocupar os outros.

- Eu deveria ter sido mais forte! Eu sou fraco! – se culpava Nii – Eu sabia que todo esse plano era loucura, mas não impedi. Fui até o fim e aqui estamos presos! – encostado na parede, o garoto jogava toda a culpa em cima de si mesmo. – Não é hora para ficar chorando, Nii! – bradou Goo, também caída, sentada, mas na parede a frente de Nii – Temos... Temos que fazer algo, apenas isso. Não podemos deixar as coisas assim! – bradou a garota com lágrimas nos olhos. Por mais que ela tentasse parecer forte, o impacto também tinha sido destruidor em sua estrutura, a durona se sentia perdida.

Enquanto isso, Diego se dirigiu até o garoto que havia visto no fundo da cela. Era uma criança. Diferente dos seus aliados, que já eram adolescentes, ali estava uma criança. De acordo com que Diego se aproximava, sua visão do garoto melhorava e aspectos distintos poderiam ser vistos. Suas roupas eram de boa qualidade, porém estavam sujas, talvez da cela. Sua pele pálida fazia contraste com aquela escuridão, tanto no recinto como no interior de cada um ali. Seu semblante não era tão devastado como os dos outros, apenas estava ali, sentado, sem esperança alguma.

- Vocês vieram me resgatar? Meu pai se importa tanto assim comigo? – respondeu o garoto, com um olhar distante – Vocês não são enviados do meu pai, a corte real é bem mais velha que vocês... Acho que sequestrar um filho de um nobre já é motivo o bastante, não? – respondeu o garoto – Você tem esperança de sair daqui? Vivo?

Enquanto isso, no salão principal do esconderijo...

- Chefe – se curva o homem que atirou nos garotos – Temos invasores presos no calabouço! – alertou o homem. Wesker, que bebia uma taça de vinho, olhava a paisagem que tinha ali, todo o Reino podia ser visto do local onde o esconderijo se localizava.

- Tudo bem, eles não são importantes agora, só o garoto, ele é essencial para nosso plano. Preparem-no para o grande festival! – ordenou Wesker – Vamos ver se esse garoto consegue cumprir com seu dever junto com o seu povo...

Citação :
Danos:
Diego Kaminari 110/120 HP (Disparo na coxa que impedirá de se mover normalmente por 5 posts)
Goo 90/120 HP (Inchaço no rosto e abdômem, além de fratura no pulmão que dificulta sua respiração)
Nii 80/120 HP (Inchaço no rosto, nariz quebrado, escoriações por todo corpo)
San 100/120 (Escoriações pelo corpo e um olho inchado)
Ichii 65/120 (Disparos das duas coxas que o impedirá de andar por 15 posts, disparo de raspão no braço que impedirá de mover por 5 posts, rosto inchado e escoriações por ter protegido San)

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Diego Kaminari
Pirata
Pirata
Diego Kaminari

Créditos : Zero
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 21/06/2013
Idade : 24

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 EmptySeg 10 Abr 2017, 18:31





Por mais que San tentasse mostrar seu sorriso seu choro era claro e expressava sua tristeza mais que palavras poderiam expressar. A dor era grande, penso que se tivesse levados os tiros que Ichi levou não seria tão ruim. A dor da alma é a pior, já sentira antes e para falar a verdade sempre a senti desde a morte da minha irmã... Este tipo de dor cria uma ferida na alma que não cicatriza facilmente e dependendo das situações e da vida que levamos é bem mais fácil fazer com que ela piore. E assim eu estava sentindo a dor de uma lagrima. Todos ali se culpavam, mas a culpa não era deles, se alguém merecia culpa esse alguém era eu... Eles me viam como um líder e me seguiram de acordo com minhas decisões, mas sou fraco e não correspondi ao principal item que um líder tem que ter... Força. Ouvi o sofrimento de todos sem poder dizer uma palavra, agora o que valeria mais seria as atitudes.

Foi falar com o jovem que estava no canto e quando estava mais próximo percebi que suas roupas eram de ótima qualidade, apesar de estarem sujas era claro o nível do tecido. Já sua pele de tão pálida se destacava da escuridão e por fim o que eu pretendia dizer eu disse, sua resposta foi o que me deixou curioso. Ele questionou se seu pai se importaria tanto assim com ele, e logo afirmou que não somos da curte real por sermos muito novos. Espere, se a corte real é quem poderiam vir atrás dele e o rei é o único que pode dar tal ordem, então... Ele é o filho do rei? Agora faz sentido o porquê do sequestro, na verdade agora existem muitos motivos para tal ato. O menino então me perguntou se eu tenho esperança de sair dali vivo, não só tenho esperança como tenho certeza, não precisaria mentir pra ele afinal eu sairia dali vivo ou morreria tentando.

- Claro jovenzinho! Tenho certeza que todos nos sairemos! – Disse tentando lhe dar esperança enquanto ia agora em direção a centro da cela frente à porta. – Realmente não somos da corte real, eu sou um pirata! Já meus amigos, eu ainda não sei que caminho vão seguir. – Disse rindo. – E por incrível que pareça nem eu e nem eles aceitamos te resgatar pelo fato de você ser um nobre da família real, só descobrimos isso agora. – Uma vez sentando disse para que todos da cela pudessem escutar. – Quanto a sair daqui, será logo eu imagino. Não estão notando a ausência de alguém aqui? – Eu me referia a Jacobi que por algum motivo conseguiu escapar do cerco, minha opção era esperar que ele aparecesse para nos ajudar e eu confiava que isso iria acontecer. E enquanto isso não acontecia, iria tentar analisar toda a cela, o que incluía as parede, chão, teto, grades, trancas, buscando informações ou objetos que eu pudesse usar para elaborar um plano B de sair daquele local.

Era incerto esperar Jacobi, mas no fim o que me restara era confiar e crer que fiz a escolha certa o escolhendo como parceiro.

Histórico do Diego Kaminari:
 

____________________________________________________

Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Sing

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 EmptyDom 16 Abr 2017, 13:33



Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Número de Narração: 04  -  Localização: Quartel Inimigo  -  Clímax: Plot Twist


- Piratas? – questionou o garoto, indiferente com toda aquela situação. De fato os nobres viviam com um preço em sua cabeça, principalmente por suas riquezas e aquele garoto era um bom exemplo disso. Nascer e crescer com um preço por sua cabeça, viver com uma incerteza estampada dia após dia, sim, tais coisas transformam pessoas, tais coisas transformaram o garoto.

- Vem alguém aí! – informou Goo, caída. Realmente alguns passos podiam ser ouvidos no lado de fora. Com o passar do tempo, os passos iam ficando com som mais alto até que pararam a frente da cela. Tinha alguém ali, parado, olhando todos que estava dentro e, realmente era um rosto familiar. Jacobi.

- Então o reforço chegou! – afirmou o homem olhando para o estado de todos ali – Vocês estão destruídos hein! Até parecem um bando de fracotes... – falou abrindo a cela e entrando lá. Jacobi caminhou até Diego, ignorando os outros garotos. – Acho que o nosso plano deu certo, hein? – questionou se abaixando perto de Diego e do garoto – Mas, sabe o que é engraçado, o meu plano também deu certo... – sorriu Jacobi. Após isso ele sacou uma pistola e deu uma coronhada em Diego, que não esperava isso devido a confiança criada no rapaz – Lamento muito Diego, mas certas coisas têm de ser sacrificadas para o sucesso de uma missão... – falou ao pegar o garotinho pela gola da camisa e arrastá-lo até a porta da cela – Se vocês mexerem um dedo sequer, esse garoto morre! – bradou.

Realmente a vida dava muitas voltas. Diego apostou em uma aliança com Jacobi, mas como toda aposta, tudo se trata de uma faca de dois gumes e dessa vez, aparentemente Diego havia se machucado. Jacobi após sair da cela, fechou-a e partiu na mesma direção que veio antes, porém, parou no meio do caminho e retornou até a porta da cela. – Só uma coisa, o amigo de vocês não foi pego por nós, então acho que essa missão foi puro suicídio de vocês... – falou de maneira indiferente. Antes de seguir seu rumo o homem jogou um papel que estava em seu bolso para dentro da cela. – Isso estava por aí, acho que é do amigo de vocês, se ele estiver vivo... – falou e partiu.

O papel era uma folha de papel amassada, estava um pouco molhada, mas a leitura não estava prejudicada. “A janela da vida, ao abrirmos, nos espera pra sonharmos com o que se desejar...”. Nii, que estava mais próximo a porta da cela, pegou o papel e leu em voz alta o que dizia, porém ficou se entender nada do que acontecia. – Ele não é de ler, quanto mais escrever tais coisas... O que isso quer dizer? – se questionou em voz alta. Ali estava um mistério um tanto cheio de reviravoltas. O garoto que era pra ser salvo não necessitava ser salvo, o aliado não era aliado ao fim das contas e a situação se caminhava para um show de horrores a cada passo que Jacobi dava em direção ao seu destino com o garoto em seu domínio.

- Não se preocupe você fará o que seu pai queria que você fizesse você honrará o seu povo! – falou Jacobi, abaixado olhando nos olhos do garoto.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Diego Kaminari
Pirata
Pirata
Diego Kaminari

Créditos : Zero
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 21/06/2013
Idade : 24

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 EmptyQua 19 Abr 2017, 16:52





Muitas coisas aconteceram... No entanto a ficha somente caiu quando Jacobi que havia chagado e facilmente entrado na cela desferiu em mim uma coronhada. Fui pego de surpresa e por um momento minha mente ficou perdida como se estivesse afogada em um mar de embriagues. Aquele maldito, eu confiei nele e ele nos traiu... Estava com o inimigo do meu lado por todo tempo e simplesmente me ceguei, me ceguei por confiar de mais! Pelo visto desde que tinha acordado apenas havia tomado decisões erradas e isso apenas gerou em mim uma raiva, um ódio cego, eu queria mata-lo...

O garoto foi levado sob uma ameaça, mas quando já estava se distanciado o maldito traidor volta e diz que nosso companheiro não foi pego por eles e que a missão era apenas suicídio. De certa forma, minha missão era resgatar o jovem nobre e ninguém melhor que Jacobi pra saber disso afinal ele estava lá quando Luze ofereceu nosso trato. Achar nosso amigo que simplesmente sumira no meio do caminho era apenas algo bônus afinal de quem mais suspeitaríamos? O que me leva a pensar... Se não foram eles, o que diabos aconteceu com Yon?

Antes de ir Jacobi jogou um papel que diz ter encontrado por ai, os dizeres não faziam sentido algum... Talvez se eu parasse pra pensar sobre, no entanto minha cabeça estava inundada de sentimentos e emoções e certamente não teria a paciência para pensar naquilo de maneira adequada. Só sei que se for como Nii dizia, ele não esta sozinho. Inicialmente ainda com feição seria e sem demostrar muitas emoções, iria arrumar uma forma de sair dali, tentaria procurar uma janela, alguma fissura e até algum ponto fraco que me ajudasse a sair daquela maldita cela.

- Pessoal... Estou cansado! Estou cansado de ser traído, de ser subjugado! Mas acima de tudo... Cansado de trazer vocês para estas situações. – Disse ainda serio. – Quero que escutem bem, vamos sair desta cela juntos, mas logo depois irei seguir sozinho. Vão pra cidade e procure de maneira segura uma forma de encontrar Yon, eu darei um jeito nas coisas aqui. – Diria agora olhando para eles. – Não conseguiria ver mais nenhum de vocês sofrer, principalmente você San! Os encontrarei na cidade, mas agora me ajudem a sair daqui!


Histórico do Diego Kaminari:
 

____________________________________________________

Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Sing

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 EmptySab 22 Abr 2017, 12:08


A confusão na mente de Diego era imensa, como um pequeno peixe em um gigantesco e turbulento mar em dia de tempestade. Por mais que tentasse nadar para enfim chegar a águas calmas, a vida vinha como uma enorme onda e o fazia descer até as profundezas do misterioso e inabitado oceano. Sem dar a mínima ao papel importante (?), Kaminari iniciou então um belo e politicamente correto discurso, mas o que o jovem não percebia era que agora querendo ou não, todos deveriam resolver seus problemas unidos.

- Do que você está falando? Você já viu como está o nosso estado? Você não sabe o quanto arriscamos a nossa vida todos esses anos para fazermos o que gostamos e agora você vêm com esse papo de marica? Você não sofreu nada seu idiota, nada! – bradou a garota morena, voltando a se apoiar na parede suja do local. De fato os ânimos estavam exaltados, era muita coisa em um único momento para todos digerirem.

- Calma pessoal, se exaltar não adiantará nada. Temos que continuar unidos para assim conseguirmos sair daqui e levarmos o nosso irmão para o médico mais capacitado! – bradou a outra garota, tentando acalmar os ânimos de todos. Por mais que tentasse não demonstrar isso, ela estava apreensiva. O caso do garoto careca não era dos melhores, mas expor tal fato poderia, não, iria de certeza piorar a situação, tanto que até ele mesmo sabia disso e resolveu adormecer para evitar qualquer sinal de piora.

- Exatamente! Agora temos que pensar. Tudo está muito confuso, mas nada é completamente exato! Podemos achar uma brecha e sair daqui, unidos! Agora tenho que pensar o que aquele cabeça oca quis dizer com isso... Ele não é de escrever tais coisas, mas a letra dele é esta... É como que isso fosse pensado por outra pessoa e não ele, como um aviso... – falou o outro garoto de óculos.

- Isso me lembra das janelas de uma prisão. Por mais que tenham grades para ninguém entrar ou sair, os raios de luz atravessam pelas brechas e assim conseguem entrar no local e iluminar nossa vida, como o amor... – falou a garota pálida olhando rapidamente para Diego e logo ficando corada. Tais palavras fizeram o garoto voltar a pensar, coisa que ele fazia muito bem, aliás. - Se o que ela disser, estiver correta, a resposta está em uma janela. Aquela janela! – apontou para a janela da cela.

IMPORTANTE:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 


Última edição por Alencar em Sab 22 Abr 2017, 12:09, editado 1 vez(es) (Razão : Problema nas falas e destaque das mesmas.)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Diego Kaminari
Pirata
Pirata
Diego Kaminari

Créditos : Zero
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 21/06/2013
Idade : 24

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 EmptyTer 02 Maio 2017, 23:31





O que estaria passando em minha cabeça? Será que as memorias dos piores dias haveria de ter me deixando com alguma espécie de vicio? Vicio em deduzir como as pessoas pensavam ou iriam agir em base a que a maioria pensou em minhas experiências. Mesmo que tenha feito isso à úmida cela escura me ensinou que eu estava errado, pois ali os jovens pensavam completamente diferente do que imaginei que pensariam. Apesar das ásperas palavras de Goo eu não a retruquei. Claro ela não sabe o que passei, no entanto eu consegui compreender o sentido daquilo e com isso, simplesmente sorri mudando enfim minha expressão.

San delicada e linda como sempre é tentou intervir antes que algo pior acontecesse, o que disse era verdade Ichi precisava de uma medico mais capacitado e para isso teríamos de sair logo dali. Ni confirmou e motivou o pensamento que já estava dentro de mim, unidos conseguiríamos sair dali. Ele questionou mais uma vez o bilhete que antes não havia dado tanta atenção, mas que agora parecia ser algo interessante de tentar entender. A letra era dele, mas o pensamento não... Ele então não estaria sozinho e esta pessoa conquistou a confiança de nosso companheiro. Mas o que significava a carta em si?

A solução veio de San! Eu realmente acredito que estou apaixonado por ela, além de linda, inteligente, útil, ainda tem pensamentos criativos e de raciocínio logico. Ao dizer sua lindas palavras ela olha para mim e consigo perceber seu tosto adquirindo uma tonalidade carmesim, estava envergonhada e naquela altura eu também, olhei nos olhos dela como se concordasse e correspondesse a mesma. Todavia fui interrompido por Nii que logo indicou a janela da prisão, sim tínhamos a resposta... Mas o que faríamos com a janela? Quebraríamos? Como? De qualquer forma logo me levantei e mesmo mancando fui em direção janela. Inicialmente tentaria olhar por ela e conseguiu o máximo de informação visual que podia do lado de fora, assim como iria tentar analisar a grade pra ver se a mesma demostrava alguma fraqueza, caso encontrasse iria tentar forçar a grande da melhor forma possível mesmo que tenha que dar alguns passos e pegar impulso para isso enquanto claro tentava ignorar a dor em minha perna que apesar de aos poucos ir sumindo, ainda estava lá.

- Vamos todos sair daqui, logo! – Diria enquanto tentaria realizar meus planos.



Histórico do Diego Kaminari:
 

____________________________________________________

Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Sing

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 6 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Inicio de Um Futuro Prometido
Voltar ao Topo 
Página 6 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 5, 6, 7 ... 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Dawn Island-
Ir para: