One Piece RPG
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor Akuma Nikaido Hoje à(s) 12:43

» [Mini-Aventura] A volta para casa
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 12:40

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor Akuma Nikaido Hoje à(s) 12:34

» Mini-Aventura
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor Makei Hoje à(s) 12:29

» Art. 4 - Rejected by the heavens
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 12:04

» [ficha] Arthur D.
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 11:13

» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 11:06

» [Mini-Azarado] Um falastrão beberrento
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 10:58

» Os 12 Escolhidos, O Filme
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 05:24

» Jade Blair
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor Kylo Hoje à(s) 03:42

» Seasons: Road to New World
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor Ravenborn Hoje à(s) 02:26

» The Victory Promise
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor Akise Hoje à(s) 00:33

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor Fukai Hoje à(s) 00:27

» Kit Phil Magestic
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 22:25

» 10º Capítulo - Parabellum!
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor Marciano Ontem à(s) 22:12

» II - Growing Bonds
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor War Ontem à(s) 21:36

» Xeque - Mate - Parte 1
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor Ceji Ontem à(s) 21:20

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor Fran B. Air Ontem à(s) 19:58

» Livro Um - Atitudes que dão poder
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor Quazer Satiel Ontem à(s) 18:28

» Galeria Infernal do Baskerville
Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Emptypor Blum Ontem à(s) 18:16



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Inicio de Um Futuro Prometido

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 EmptySeg 28 Mar 2016, 12:49

Relembrando a primeira mensagem :

Inicio de Um Futuro Prometido.

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Diego Kaminari. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Diego Kaminari
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 21/06/2013

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 EmptyQua 01 Jun 2016, 00:46





Apesar de meus movimentos rápidos meu ataque não saiu exatamente da forma que planejei, entretanto em um luta tudo já era esperado. Meu golpe visando à perda do meu adversário lhe acertou na altura de sua “canela” que por sua vez não lhe causara muito dano, entretanto ainda estava machucada. Continuei minha investida e de acordo com que planejara antes realizei meu giro buscando o braço do homem mascarado, porém meu adversário se mostrou mais perspicaz do que eu havia julgado, pois o mesmo desviou de meu ataque saindo apenas com um simples corte, entretanto que o fez deixar cair à arma. - Que merda! – Foi o que eu pensei ao ser arremessado em cima de algumas caixas que por sua vez fizeram um grande barulho. Pude ouvir o tal “chefe” questionar os acontecimentos e pelos Reis dos Mares nunca fiquei tão feliz em ser apenas um rato que dar trabalho. Não me julgue mal, o que mais tenho vontade e de enfiar minha espada onde mais dói desse tal de “chefe”, no entanto minha posição não me beneficia além do fato que um confronto desses poderia colocar o moleque em mais perigo do que ele já esta. Então, terei de me contentar apenas com este atirador manco que vai entender o que um “rato” pode fazer!

Sua fala foi ótima! Despertou meu apetite, quem não gosta de um queijo da Grand Line? Claro que eu entendi a referencia mais mesmo assim... Lá estava eu no chão agora com outra arma que meu adversário tirou do c... Detrás de si, apontada em minha direção. Meu golpe pode não ter tido o efeito que eu esperava, no entanto o homem ainda estava machucado e aquilo poderia me ser uma oportunidade. Inicialmente iria tentar me levantar e realizar a seguintes ações simultaneamente. Iria tentar arremessar uma de minhas adagas na direção de meu adversário, entretanto um pouco mais para a direita, o lado oposto ao que estaria machucado. Ao tempo que tentaria correr usando de minha aceleração para o lado esquerdo de meu adversário visando sempre tentar desviar ou reduzir possíveis danos. Estando do lado que provavelmente estaria com a guarda mais aberta eu iria com minha espada tentar desferir um golpe direcionado a área da cintura e após isto tentaria um giro de cento e oitenta graus e sacando minha pistola direcionaria para a parte de trás de sua cabeça e falando a seguinte frase tentaria disparar.

- O que acha de provar um pouco do seu próprio veneno?

No caso de algo acontecer com a arma ou de alguma maneira eu tiver impossibilitado de usa-la iria tentar rapidamente enfiar a faca no pescoço do homem mascarado e com minha outra mão tentaria abafar seus possíveis sons. Se durante o processo algo desse errado ou no caso do inesperado acontecer tentaria me afastar e evitar o máximo de dano que conseguisse a fim de criar um novo plano. Por fim tentaria executar o que agora planejei, falando de maneira baixa para que somente o homem com a pistola me ouvisse.

- Bem amigo... Acho que já tenho o numero ideal de buracos no meu corpo!


Histórico do Diego Kaminari:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 EmptyTer 07 Jun 2016, 21:14

De maneira totalmente intuitiva, o jovem Diego ao ver que sua primeira investida não pensou duas vezes e já botou seu plano B em ação, visto uma arma apontando em sua direção, coisa que o colocava literalmente contra a parede.

Rapidamente o jovem percebeu alguma coisa que, curiosamente o fez arremessar uma das adagas “conseguidas” anteriormente na direção contrária do machucado inimigo.

De maneira automática o homem desviou facilmente do arremesso, porém ao apoiar-se na sua perna machucada, o homem sentiu uma leve fisgada, talvez pela dor que o golpe trazia naquele momento, mas questões de segundos em uma batalha mortal faz total diferença.

Com uma elevada aceleração, Diego já se encontrava ao lado do homem, que não percebeu a movimentação do rapaz que, com um movimento giratório, sacou seu sabre e prontificado acertou um golpe na região abdominal do homem que, automaticamente soltou sua arma para estancar o sangramento do local.

- O que acha de provar um pouco do seu próprio veneno? – falou o jovem enquanto apontava uma arma em direção à cabeça do homem, uma vez que já estaria atrás do mesmo, o qual estava ajoelhado no solo.

- Argh! Você me paga moleque! Você acha que sairá vivo disso? – questionou o homem enquanto estancava o sangue com os braços.

Enquanto isso, no lado de fora...


- Folhas balançar... Vento mudar... Morte... Nascer de novo... Exército aposto! – bradou o homem sozinho enquanto se aprontava para entrar no recinto, no lado de fora do local.

Enquanto isso, no interior da sala principal...


- Algo está acontecendo, vá saber o que aquele inútil está aprontando – ordenou o chefe.

- Certo chefe! Estou indo agora! – respondeu o subordinado indo em direção à porta.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Diego Kaminari
Pirata
Pirata
Diego Kaminari

Créditos : Zero
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 21/06/2013
Idade : 25

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 EmptyQui 16 Jun 2016, 03:43





- Argh! Você me paga moleque! Você acha que sairá vivo disso?

Meu plano funcionou e meus movimentos foram certeiros, com um golpe da minha lamina consegue fazer com que o homem soltasse sua arma e por fim eu já estava as suas costas com uma pistola em sua cabeça. As palavras foram ousadas para quem estava apenas com uma arma prestes a disparar por detrás de sua nuca, mas logo percebi a que ele se referia, pois certamente o outro homem iria entrar na sala e ao notar os acontecidos era provável que o chefe iria se envolver também. Eu conseguiria enfrentar qualquer um deles, entretanto ainda não sou forte o suficiente para enfrentar ambos ao mesmo tempo. Logo tive uma ideia.

Certamente não era a melhor ideia, ainda mais pelo fato que eu teria que me recuar o que por si só já é um fato que me irrita profundamente. Todavia com o jovem no campo de batalha eu não poderia dar cem por cento de minha concentração e isso poderia me custar à vida e até pior a vida do garoto que mais do nunca estava com seu destino ligado ao meu. Meu plano se iniciaria na tentativa de concretização do que antes havia planejado, a morte de meu adversário. Iria tentar puxar o gatilho logo após dizer minha resposta sobre sua afronta. Se algo desse errado com a arma eu rapidamente sacaria minha espada e tentaria lhe arrancar e cabeça com um golpe no pescoço que mesmo que não fosse forte o suficiente para realizar tal façanha, poderia ao menos trazer sua morte pelo ferimento causado. Após isto iria tentar usando o máximo de força e velocidade, pegar o corpo do homem morte e arremessa-lo para porta atrás de mim de maneira que seu peso seria um empecilho para a fácil abertura da porta, e na pior das hipóteses seria um bom obstáculo inesperado. Tentaria fazer o movimento rápido o suficiente que seu sangue nem teria tempo de empoçar o chão, e logo em seguida iria tentar correr usando minha aceleração em direção ao jovem e pega-lo com meus braços. Iria tentar cortar a cordas caso alguma o prendesse a parede e assim com o jovem em minha posse tentaria correr em direção à porta no fundo da sala onde provavelmente eu estaria fora da loja e com espaço para correr. Se tudo isso desse certo, eu correria com o jovem até achar algum bom esconderijo para nos dois. Se em algum momento alguma parte de meu plano desse errado iria eu tentar desviar ou bloquear possíveis golpes contra mim de maneira que me esconderia atrás de alguma caixa para assim pensar no meu próximo movimento. Como visava reduzir danos iria tentar me comportar de maneira defensiva em golpes de dano inevitáveis, dessa forma tentando fazer com que o ataque não acertasse nenhuma parte vital do meu corpo.

- Não sei se sairei vivo, mas tenho a certeza que você não! – Enfim puxaria o gatilho e meu plano se iniciaria.

Histórico do Diego Kaminari:
 

____________________________________________________

Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Sing

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 EmptyDom 19 Jun 2016, 12:28

Após presenciar a atuação perfeita de suas ações, Diego planeava sua próxima ação, seu próximo movimento no tabuleiro da vida, onde um erro poderia custar a vida de seu rei, de sua vida, de seu destino.

Naquela situação, Diego não se importaria primeiramente consigo mesmo, a preocupação com o garoto era maior e mais constante, qualquer movimento seria cauteloso a fim de proteger a jovem vida que se encontrava ali como refém.

Decidido em colocar um fim na vida do homem, Diego tremulava, não de medo, longe disso, de incerteza da sua decisão, matar uma pessoa não é fácil, não para um humano como Diego, que se preocupa com o outro em uma situação dessas.

- Vamos, faça o que tem que fazer seu moleque! Acertarei você ainda com minha arma e te matarei! – resmungava o homem sentado ao solo.

- Não sei se sairei vivo, mas tenho a certeza que você não! – afirmou o rapaz.

Diego, decidido, apertou o gatilho, mas nenhum projétil saiu da arma. Rapidamente o jovem sacou sua espada para dar um fim “à moda antiga”, porém mais rapidamente que o jovem, o inimigo já aparentava esperar isso e logo conseguir desviar do golpe rolando a frente do rapaz.

- Hahaha! Erro crucial para um atirador. Não verificar a qualidade ou quantidade de balas é um erro bobo, garoto... – se gabou do jovem o homem.

Repentinamente, a porta atrás de Diego se abria e de lá saia o parceiro inimigo que, ao observar a situação soltou um leve sorriso e fechou a porta subitamente.

- Ora, ora, ora... O que temos aqui... Que rato mais incômodo... – ironizou o homem.

- Ele é meu, não se meta! – bradou o atirador.

- Não pensava em me meter mesmo, mas se bem que uns cortes nessa carcaça podre não seria uma má ideia... O chefe logo virá aqui, então é melhor cuidarmos logo de ambos os ratos! – afirmou o manipulador de adagas.

A situação era tensa. Cercado, Diego tinha a sua frente o atirador, desarmado, e às suas costas o manipulador de Adagas. Ao seu lado, o jovem, amarrado, parecia estar preocupado e o desejo de se soltar era incessante.

- E então, ratatouille, o que fará a respeito? – questionou o recém chegado inimigo.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Diego Kaminari
Pirata
Pirata
Diego Kaminari

Créditos : Zero
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 21/06/2013
Idade : 25

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 EmptySex 24 Jun 2016, 03:43



Talvez um erro, na verdade um grande erro, eu ameacei meu oponente e sem problemas iria lhe tirar a vida, no entanto eu não havia checado se a arma havia munição ou mesmo se ela iria funcionar com qualidade. Eu já esperava a falha em meu armamento afinal eu tinha consciência sobre sua qualidade e possíveis erros. E assim como esperei o pior aconteceu a no momento da execução um click oco saiu da arma representando a falha em meu ataque, no entanto uma vez que esperava eu rapidamente peguei minha adaga para executar da forma que devia ter feito logo de inicio, como um espadachim. Todavia o tempo que precisei para a troca foi o suficiente para que meu adversário escapasse do meu golpe e consequentemente ganhando distancia de mim.

Suas palavras foram certamente de deboche ao tempo em que o mesmo se gabava. Mas a mim não afetara afinal eu era um espadachim, apenas sabia usar outras armas. Mantive a calma e a serenidade mesmo quando o outro homem apareceu na sala e assimilando a situação deu um leve sorriso. Em meios aos trocadilhos e discussões entre os homens minha mente pensava em minha situação agora bem mais complicada que o que inicialmente planejava. Minha testa escorria um suor frio, meus músculos tencionavam, haveria dois inimigos e provavelmente um terceiro mais poderoso poderia se juntar a eles. Meu senso do que seria certo a fazer acabou me atraindo para uma cilada como um rato que se vê envenenado por algum alimento contendo veneno, traído pelo próprio extinto de sobrevivência e do que tinha certeza que era o “certo” a fazer. O jovem continuava preso e com a vida em risco, no entanto de que serviria lutar me preocupando com o garoto? Se eu falhasse ele morreria da mesma forma, eu não poderia lutar pensando nele e na verdade aquela altura eu já não podia pensar em fugir. Eu tinha certeza apenas de uma coisa, alguém morreria naquele dia e se era eu... Certamente não sabia. Mas se for pra morrer eu morrerei lutando!

Minha feição era diferente, uma mistura de confiança com aceitação! Eu não era o melhor espadachim do mundo, mas certamente saberia usar uma espada melhor que muitos e firmemente acreditava que poderia enfrentar e vencer esses piratas arrogantes e coloca-los em seu lugar! Nesse momento a raiva aos poucos ocupava seu lugar como um soprar de alivio de algo que volta a posição que foi feita pra estar. Saco minha espada a segurando com a mão direita e mantendo minha adaga na mão esquerda com sua lamina apontando para baixo.

- Não cometi erro afinal eu não sou um atirador... – Disse com uma risada e mantendo uma posição de ataque. – Também não me importa com quem lutarei, na verdade... Prefiro que venham os dois juntos, assim posso mata-los mais rapidamente. – Minha voz era fria e calculista de forma que surpreendia e assustava até a mim mesmo. Naquele momento eu estava entregue a batalha. Quando aceitamos que iremos morrer, certamente podemos pensar melhor no calor de uma luta, afinal cada movimento não era movido pelo extinto de sobrevivência, mas sim pelo extinto de vingança de um ato ainda não concretizado. Naquele momento se colocaria tudo a perder, pois no fundo não tinha nada. Minha vida seria perdida na pior das hipóteses e minha mente estava trabalhando pensando apenas em uma coisa... Em levar comigo o máximo que conseguisse!

Iria tentar inicialmente correr em direção ao homem com a pistola usando minha aceleração de maneira que meus movimentos pudessem ser mais rápidos que seus cérebros pudessem assimilar meu proposito. Quando já estivesse perto rapidamente me jogaria no chão para usar do impulso e tentar escorregar pela lateral do meu adversário e assim tentar golpear a área de seu joelho. Ao me levantar iria tentar usar a parede para adquirir um impulso contrario de forma que pudesse rapidamente me levantar, logo rapidamente iria com um giro tentar desferir um golpe no pescoço do pistoleiro. Durante este processo iria tentar bloquear qualquer ataque do outro homem e sempre procurando uma brecha para um contra ataque mortal e certeiro em qualquer lugar que o mesmo surgisse, caso o mesmo não aparece seguiria o plano mesmo que algum dano possa ser causando a mim. Se meu plano desse certo agora faltaria o outro homem. Iria tentar ir a sua direção e era provável que uma sequencia de golpes e bloqueios poderia começar porem os anos nas ruas me deram uma experiência que certamente valeria para alguma coisa. Logo tentaria usar de ataques sendo chutes ou golpes visando às áreas mais comuns em brigas de rua: Pescoço, virilha, temporã, olhos e locais já danificados. Uma vez que a chance surgisse iria usar do maior alcance de minha espada para desferir algum golpe capaz de matar meu adversário seja perfurando ou cortando. A todo o momento visaria evitar danos vitais caso os mesmo fossem inevitáveis, caso contrario tentaria desviar ou bloquear algum ataque que interferisse em meu plano para assim poder planejar a continuação de meus próximos movimentos.
Posição de Ataque:
 

Histórico do Diego Kaminari:
 

____________________________________________________

Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Sing

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 EmptyQua 29 Jun 2016, 21:41

- Não cometi erro afinal eu não sou um atirador... Também não me importa com quem lutarei, na verdade... Prefiro que venham os dois juntos, assim posso mata-los mais rapidamente. – proferiu o jovem espadachim

- Hahaha! Quanta coragem! – bradou o manipulador de adagas caminhando em direção a Diego.

- Já que insiste tanto, vamos estourar você! – bradou o seu parceiro.

Quando o combate parecia começar, um grande barulho foi escutado da porta de entrada dos fundos. Um grande homem aparecia dentro do recinto após arrombar a entrada.

- Que porra é essa? – bradou o atirador se distraindo ao olhar o ocorrido.

Tal brecha foi certeira para Diego e fatal para o atirador. Rapidamente Diego deslizou em direção ao joelho oponente que em um passe de mágica, ou mais rápido que um tiro, foi dilacerado pelo sabre do garoto. Tal golpe o fez cair imediatamente no solo de joelhos.

Sem pestanejar, tomando impulso na parede, o jovem voltou a se levantar e com um golpe frio, cortou a veia aorta inimiga, assim o fazendo cair como um corpo inanimado. Game Over!

- Seu moleque safado!- bradou o manipulador usando uma de suas adagas em Diego, cortando seu tendão do antebraço o qual segurava o sabre, durante uma tentativa de bloqueio, assim soltando a arma.

Desarmado, Diego estava a mercê do homem que iria em direção ao pescoço do jovem antes de ser parado pelo grande homem. Com a tampa do caixote, o grande homem conseguiu fraturar o pescoço inimigo em um lançamento um tanto quanto bruto.

- Há! Mais um acerto para minha conta, baby! – comemorou o bruto homem.

A situação aparentava estar mais calma ali. Com dois homens caídos, um aos pés de Diego e outro na parede ao lado da porta para frente do local, o combate havia acabado por ali.

- Desculpa pela demora, irmão! – falou o homem soltando o jovem garoto.

- Desculpas nada, você demorou demais, eu falei que algo estava acontecendo, seu idiota! – esmurrou o peito de seu irmão o garoto.

- Quem é esse rapaz? – questionou o homem apontando para Diego – Ele parece estar ferido...

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Diego Kaminari
Pirata
Pirata
Diego Kaminari

Créditos : Zero
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 21/06/2013
Idade : 25

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 EmptySex 01 Jul 2016, 06:04




Que coragem foi o que disse meu inimigo manipulador de adagas e sua risada foi algo que realmente aumentaria a satisfação de velo derrotado. Seu parceiro pistoleiro não ficou para trás o que mostra que o mesmo não aprendera com a quase derrota dele poucos momentos atrás. No entanto quando iria executar meus primeiros movimentos, um grande estrondo surge da porta atrás de mim ao tempo que um grande homem aparecia pela abertura criada. O atirador se distraiu por um momento, todavia que muito poder retribuir o favor de lhe dizer que este foi o pior erro que poderia cometer, não para somente um pistoleiro, mas para qualquer um em batalha e isso iria lhe custar à vida.

Aproveitando a brecha iniciei minha corrida e deslizei em direção ao joelho do atirador e em um piscar de olhar ou ate mais rápido que um tiro meu golpe dilacerou o membro de meu adversário que em consequência caiu de joelhos no chão. Rapidamente tomei o impulso na parede como havia planejado e uma vez em pé novamente com um golpe direto e frio lhe cortei a o pescoço. Sei corpo caiu ao chão em uma poça que aumentava como uma poça em chuva de primavera, aquele era o fim para a arrogância e prepotência do atirador... Ali ele realizara seu ultimo disparo, mas para representava o primeiro... O primeiro inimigo que caiu pela lamina de minha espada!

A surpresa e descontentamento de seu parceiro eram evidentes em suas palavras carregadas de raiva, a luta não havia terminado e certamente ficaria mais árdua agora que o mascarado a minha frente tinha ainda mais motivos para me odiar e notei a confirmação disso no seu movimento seguinte. Um ataque rápido o suficiente que impossibilitou minha esquiva apesar de minha aceleração, somente me restara bloquear e foi assim que sentir uma dor profunda em meu braço que a primeiro momento me fez ficar sem ar. A lamina do mascarado cortou meu braço, porem algo a mais fora cortada, pois a dor era maior que a gerada por um simples corte e tive certeza disse quando minha espada caia ao chão já que minhas mãos não tinha mais força para segura-la. Eu estava desarmado e sem caminhos a seguir, não poderia fazer um curativo no calor na batalha e mesmo que o fizesse meu braço continuaria inutilizado... Poderia tentar lutar com o outro braço, no entanto eu estaria em desvantagem ainda mais com essa figura que nova que surgira com objetivos desconhecidos. Não poderia fugir sem o garoto, isso estava fora de questão... O que eu faria? Nesse momento com se fosse atropelado por um trem o manipulador de adagas lançado com o impacto do que fora arremessado contra ele, o que depois vi que se tratava de uma tampa de caixote que pelo que pude perceber o fraturou gravemente já que o mesmo permaneceu inerte ao chão.

O grande homem comemorava o acerto, e eu não tinha do que reclamar! Meus problemas pareciam se solucionar como o abrir de uma tampa de caixote, me permiti sorri, no entanto a dor logo me lembrou da situação que estávamos. O homem foi ate o jovem o que me fez ficar em alerta de inicio, entretanto logo me acalmei diante das palavras do grandalhão. O mesmo era ao que parecia ser o irmão mais velho do jovem que por sua vez parecia se tão irritantemente idiota com sua família como fora comigo o que me sugere que aquele era sua essência, uma essência irritante que se meu braço estivesse bom o faria merecedor de um bem dado cascudo em sua cabeça de moleque impertinente! Mas logo o homem pergunta quem eu era e terminou falando que eu parecia machucado...  Serio? Jura? Você acha que eu pareço estar ferido? Como tirou essa conclusão, foi pelo sangue que esta escorrendo de uma ferida que mais parece um mapa da grande linha ou pelo fato do meu braço estar solto como se fosse de um boneco de pano? VOCE ACHA QUE TO FERIDO, POIS EU TENHO CERTEZA DISSO!!! Enquanto o mesmo falava com seu irmão eu rapidamente tentaria pegar minha camisa e minha espada com o braço que estava bom e logo me controlei e respondi ao grandalhão.

- Meu nome é Diego Kaminari, sou um pirata antes que pergunte. – disse serio, mas logo falando de forma descontraída apesar da seriedade da situação. – Acho melhor deixarmos as apresentações para depois, logo logo o chefe deles ira chegar e preciso cuidar deste ferimento... Então se o “Pirata Justo” conhece algum lugar seguro para ficarmos e uma boa ideia irmos para lá. – Apesar de meu tom deixei claro meu descontentamento quanto ao jovem que nos colocou nessa situação ao dizer sua alcunha.

Eu logo tentaria correr enquanto também tentaria fazer um curativo com um pedaço da minha camisa, o suficiente para estancar o sangramento ate que eu pudesse analisar o que faria. Se no caso do homem e o garoto concordarem eu rapidamente os seguiria, caso contrario tentaria achar um bom lugar para me esconder.  
 
Histórico do Diego Kaminari:
 


____________________________________________________

Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Sing

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 EmptySeg 11 Jul 2016, 16:54

Act II: A Cavalaria


- Meu nome é Diego Kaminari, sou um pirata antes que pergunte! – respondeu o jovem “pirata”.

Logo um silêncio pairou no local. O grandalhão olhou para o garoto com um tom irônico e logo procurou algum caixote para sentar-se.

– Acho melhor deixarmos as apresentações para depois, logo o chefe deles ira chegar e preciso cuidar deste ferimento... Então se o “Pirata Justo” conhece algum lugar seguro para ficarmos e uma boa ideia irmos para lá. – falou Diego.

Enquanto Diego falava, o clima continuava irônico com o grandão rindo da situação. O garoto, por mais que fosse esquentadinho também se rendia aquele clima.

- Se você é pirata, onde está seu cartaz? – questionou o garoto com um olhar “desafiador” para Diego – Enfim, temos que pensar bem o que faremos, ainda tem o líder lá dentro, vamos! – falou sinalizando para o grande homem que estava sentado.

A dupla sorrateiramente se aproximou da porta e por seguinte, a abriu rapidamente, mas lá não tinha nada nem ninguém. Se havia alguma coisa antes ali, não existia mais nada, apenas um papel escrito “A PAZ ACABARÁ, A GUERRA DE DUAS REALIDADES ACOTECERÁ E CULMINARÁ NO FIM DE UM LEGADO”.

- Estranho... Não temos tempo a perder, vamos para o QG Super Secreto! – comentou o jovem para o grande homem e para Diego, se esse tivesse ido.

A dupla saiu do local rapidamente e incessantemente. O garoto ia à frente, decidido do que fazer, o “gigante” ia logo atrás mais relaxado e mal se importando com a situação.

- Tem certeza que chamar os fundos da nossa casa de “QG Super Secreto” é uma coisa “descolada”? – questionou o grande homem à criança.

- Calado! Apenas ande! – retrucou o garoto.

Após algum tempo andado, Diego seguiu a dupla, antes fez um curativo no seu machucado. Ao chegarem ao local, se via uma espécie de cômodo abandonado onde estava em mal estado.

- Enfim, em casa! – falou o garoto abrindo os braços por alguns instantes e depois entrando no local.

- Não ligue, esse tipo de coisa ele sempre fazer... – falou o gigante a Diego.

Ao entrar, podia se ver um projeto de quartel general amador, porém organizado. Com um quadro, cinco banquinhos e alguns jornais espalhados por uma bancada o local era aconchegante e bem humilde.

- Sinta-se a vontade, “Pirata”, haha! – falou o garoto se aproximando do quadro ao mesmo tempo em que pegava alguns jornais.

- Sente! O resto chega daqui a pouco! – explicou o grande homem.

Cada vez mais as coisas surpreendiam Diego. Primeiro os seus embates, depois aquele papel misterioso e agora uma “equipe” liderada por um garoto, o que mais podia acontecer? Melhor o jovem nem perguntar...

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Diego Kaminari
Pirata
Pirata
Diego Kaminari

Créditos : Zero
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 21/06/2013
Idade : 25

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 EmptyQui 14 Jul 2016, 20:26




Poucas as coisa que eu havia realmente constatado, mas havia algo que eu tinha certeza... Aquele garoto tinha o dom de me irritar. Sua risada foi o de menos comparado a sua resposta diante da minha apresentação. Se eu sou um pirata onde estaria meu cartaz? Isso mostra o quão idiota e sem noção de realidade o garoto era. Eu teria uma resposta certa a dar, no entanto esperaria para outra ocasião afinal teriam assuntos mais importantes para me preocupar. Logo fomos para a sala onde o líder estaria de forma sorrateira, não que eu concordasse afinal com meu braço ferido eu não poderia entrar em outra batalha sem estar em desvantagem. No entanto quando abrimos a porta não havia nada nem ninguém lá dentro se não por um papel escrito: A PAZ ACABARÁ, A GUERRA DE DUAS REALIDADES ACONTECERÁ E CULMINARA NO FIM DE UM LEGADO”. Como seria de imaginar o garoto mal deu atenção, mas aquele papel poderia significar uma coisa bem maior do que ele poderia pensar. Aquela era a declaração de uma guerra, mas as duvidadas ainda pendiam no ar... Entre quem seria essa guerra? Quais seriam as duas realidades? E de qual legado o texto se referia?

Enfim as duas figuras saíram para o que seria o “QG Super Secreto”, o jovem bem a frente decidindo o que fazer enquanto o grandalhão mais tranquilo como se tudo fosse apenas uma brincadeira, uma atitude inconsequente pois meu braço a todo momento dizia que aquilo de maneira nenhuma era uma brincadeira! Fui atrás dos mesmos, e pude ouvir que o tal QG Super Secreto era na verdade os fundos da casa deles... Nossa que incrível... Esse moleque não tem moral nenhuma de exigir um cartaz meu! Corria apoiando meu braço ferido e o suor pendia de minha testa, espero que o que quer que seja este lugar que pelo menos tenha algum kit de primeiros socorros para que a ferida não ficasse pior do que já estava. Após um tempo de caminhada chegamos ao local que na verdade era uma espécie de cômodo abandonado que certamente já vira dias melhores. A afirmação de enfim em casa do garoto confirmou que ali era o QG que tanto falava. O grandão sem jeito logo se desculpou pelo irmão e explicando o quão frequente ele fazia aquilo, no entanto a gota d’agua foi quando ele me mandou sentar e usou o termo “pirata” com sarcasmo, ali estava à ocasião que eu esperava e logo o respondi.

- Você me questionou sobre ser pirata mais cedo me perguntando aonde esta meu cartaz... Se for assim onde esta o seu o “Pirata Justo”? – Disse com o mesmo nível de sarcasmo. – Não é um cartaz que torna alguém pirata, mas sim o que ele tem e almeja dentro de si. – Disse enquanto tentaria sentar em um dos bancos.

Muitas coisas haviam acontecendo e me surpreendido. Eu queria apenas comprar uma espada e agora aqui estou provavelmente envolvido no que seria uma guerra. Num quarto com um garoto que se auto intitula pirata e que lidera uma “equipe” desconhecida. O que mais poderia acontecer? Logo tentaria falar novamente uma vez sentado.

- Será que poderia me arrumar um Kit de Primeiros Socorros? Não poderei fazer muita coisa com meu braço ferido que ganhei ao te proteger. – Falaria para o garoto.

Histórico do Diego Kaminari:
 


____________________________________________________

Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Sing

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 EmptyQui 21 Jul 2016, 20:54

- Você me questionou sobre ser pirata mais cedo me perguntando aonde esta meu cartaz... Se for assim onde esta o seu o “Pirata Justo”? Não é um cartaz que torna alguém pirata, mas sim o que ele tem e almeja dentro de si. – bradou Diego respondendo todos aqueles “desaforos” do jovem garoto.

Após a resposta do rapaz, um clima de silêncio tomou conta do âmbito. O grandalhão aparentava estar sentido por tais palavras vindas do estranho rapaz. O garotinho mal se importava enquanto juntava alguns papéis e olhava um mapa com alguns riscos.

- Você acha que ser um pirata bom é fácil? Não me incomode com besteiras. Ser bom como esses marinheiros é muito fácil, quero ver se você consegue ser bom sendo o oposto deles, no caso um pirata. – repudiou o garoto enquanto ainda averiguava o que achava importante.

A conversa estava tomando um rumo bem tenso, porém a preocupação de Diego era com seu braço ferido, enquanto o jovem garoto estava focado em algumas “evidências” que o mesmo juntava. O grandalhão se dirigiu a porta enquanto os dois homens se interagiam.

- Irmão! A galera chegou! – bradou o grande homem ao baixinho garoto.

- Muito bem! Já estava na hora! – respondeu rapidamente o líder do grupo, largando por um instante o que fazia antes.

A porta se abria e de lá quatro jovens garotos. Um era mais alto que os outros. Vestia uma espécie de gorro marrom, óculos laranja e roupas simples, uma camisa azul clara e uma bermuda marrom.

Ao seu lado estava uma garota, com aparência adolescente que vestia uma camiseta de mangas longas verde, possuía um cabelo negro assim como seus olhos.

No centro do grupo estava um garoto bem mal humorado. Era careca e usava de uns óculos pretos. Sua camiseta possuía mangas longas e fazia contraste com seu short de cor marrom.

Por fim, ao lado do carequinha tinha uma moça, morena, de boné vermelho e roupa azul que a maior parte do tempo ficou com as mãos dentro do bolso da camiseta.

- Muito bem Yon, bom trabalho, o que tens aí? – falou o garoto careca com o garotinho ranzinza.

- Ichi, eu encontrei esses papéis no esconderijo deles. Alguns me deram problema, mas logo resolvi isso... – falou com total egocentrismo o garoto.

- E quem é esse aí? – perguntou a dama de verde apontando para Diego.

- Ah, esse é um incomodo que encontrei no meio da missão... - respondeu o garoto Yon, menosprezando Diego.

- Acho que foi bem o contrário... – caçoou a garota morena com suas mãos em seus bolsos.

- Nem mais uma palavra Goo, suas piadas são um saco! – bradou o garoto loiro.

- Ei, temos uma missão a terminar pessoal, toda ajuda é bem vinda... – complementou o garoto de óculos.

- Isso mesmo Nii, toda ajuda é bem vinda. Aliás, você está do nosso lado, certo? Bem, vamos às cortesias, pode me chamar de Ichi, prefiro evitar nomes próprios. Estes são Nii, a nossa mente brilhante, San, nossa médica e suporte, Yon, nossa ferramenta multi funções, e também o esquentado, Goo, a sobra, ela consegue passar despercebida por qualquer coisa e por fim, Hyaku, nossa muralha! – exclamou com total orgulho o garoto careca.

- Acho melhor explicar que isso são codinomes... – falou lentamente o grande rapaz do recinto.

- Acho que ele já desconfiou Hyaku, mas agora cara, está do nosso lado ou contra nós? – questionou o carequinha ordenando com um golpe de vista a aproximação de Hyaku.

Citação :
Bem, mudei algumas coisas da aventura. Aparências e nomenclaturas, mas tudo para um fim melhor trabalhado, então aproveite e se acostume com sua possível turma.
Turminha:
 
Hyaku:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Diego Kaminari
Pirata
Pirata
Diego Kaminari

Créditos : Zero
Warn : Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 21/06/2013
Idade : 25

Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 EmptyQui 28 Jul 2016, 05:15



Pelo que percebi minhas palavras afetaram mais o grandalhão que o garoto propriamente dito, ele mal se importou e continuou a mexer em seus papeis apenas questionando se eu sabia a dificuldade de ser um pirata bom, que o fato de ser bom sendo marinho era fácil e a dificuldade se encontrava em ser bom sendo o oposto, no caso um pirata. Ele ia contra a própria logica da existência, mas se bem que existem piratas que não são de todo mal e que como eu, buscam apenas a liberdade e reconhecimento de seu poder. A conversa tomaria um rumo bem tenso até que o grande homem - que se dizia ser irmão do loirinho, mas que eu apostava em uma adoção. – dizer que o restante da tão “esperada” equipe havia chegado.

A porta se abria e da mesma entrou quatro jovens, um era mais alto que outros e usava um garro marrom esquisito, óculos e roupas simples. No primeiro julgamento certamente sua melhor habilidade era seu celebro, mas não deveria julgar habilidades sem antes velas em ação. Já ao seu lado minha atenção logo foi chamada como abelha e chamada a flores a uma garota com aparência adolescente, mas que realmente poderia ser considerada linda. Possuía cabelos negros e lisos assim como seus olhos e vestia uma camisa verde de manga longa.

No centro do grupo um garoto careca que expressava um mau humor tanto quanto sua careca era brilhante e usava um óculos escuro preto. Suas roupas eram simples como a dos outros, apesar de que sua camisa vermelha dar um contraste com seu short marrom. E por fim a lado do careca havia outra moça, a mesma era morena e usava um boné vermelho e uma espécie de casaco azul e por sua vez ficou a maior parte do tempo com as mãos dentro dos bolsos.

“Muito bem Yon” falou o careca para o loirinho “justo”, não era o nome dele claramente... No entanto era mais fácil de lembrar comparado ao que me deu ao encontra-lo. O moleque ranzinza logo continuou e passou as informações sobre as evidencias encontradas no esconderijo e sempre se mantendo egocêntrico o que por já estava realmente me irritando. Em seguida a atenção do jovem de vermelho virou-se pra mim como se só naquele momento houvesse me notado. E a resposta não poderia ser outra, incomodo? Meu braço e incomodo! Um garoto idiota gritando para o inimigo é um incomodo! UM IDIOTO LOIRO QUE É UM INCOMODO! Acalmei-me e apenas sorri sarcasticamente ate que a garota morena interviu e percebeu o obvio dizendo que na verdade serio o oposto. Ela tinha razão! Mas Yon logo a repreendeu de uma forma idiota, entretanto que revelava o nome da moça, Goo! Já havia percebido a logica dos codinomes e o obvio que aqueles não eram os verdadeiros nomes... Afinal esse é o significado de codinome...

O jovem de óculos logo falou sobre uma missão a necessidade de completa-la e o quanto que toda ajuda era bem vinda para obter este fim. A concordância do careca logo, pois inicio as apresentações, ele era Ichi. O jovem de óculos era Nii, a mente brilhante, o que confirmou minhas suspeitas. A garota de verde chamava-se San, a medica... Serio? Além de linda era medica? Parece que cada vez mais tenho motivos para ir falar com ela, logo deu um sorriso para a jovem, algo natural, mas que muitos diziam ser algo sensual em mim. O loirinho enjoado era Yon e a garota morena era Goo, e se suas habilidades fossem da forma que me foi dito seria algo muito interessante de se ter. Por fim o grandalhão, Hyaku. Após a demonstração que a desconfiança de Hyaku não era proporcional a seu tamanho o jovem careca me faz a pergunta sobre de qual lado eu estaria enquanto ordenava silenciosamente que o “muralha” se aproximasse. Eles ainda me perguntam isso?

- Primeiramente eu não sei nem quais são os lados e muito menos em que estão metidos, mas te garanto que se eu quisesse fazer algum mal a vocês o seu amiguinho loiro e arrogante estaria na melhor das hipóteses com uma bala na cabeça o com a garganta cortada apodrecendo no fundo de uma loja de armas, e certamente eu não estaria com meu braço ferido como esta... – Meu tom mais direto e agressivo atingia a todos, apesar de que eles próprios não tinham culpa de minha irritação e logo olhei para o loirinho direcionando o clima para ele. Em seguida olhei a jovem de verde respirei e tornei a palavra ao careca mais calmo agora. – Eu arrisquei minha vida para proteger um dos seus, creio que no mínimo isso sirva como resposta a sua pergunta. Me explique o que esta acontecendo e ficarei feliz em ajudar, mas antes preciso tratar minha ferida. – tentaria ir em direção à menina de verde e logo falaria. – Você e a medica certo? Poderia me ajudar nisso princesa? – Diria a linda jovem ainda mantendo meu sorriso. – Talvez você possa me explicar enquanto trata meu braço.
Histórico do Diego Kaminari:
 

OFF:
 


____________________________________________________

Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Sing

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Inicio de Um Futuro Prometido    Inicio de Um Futuro Prometido  - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Inicio de Um Futuro Prometido
Voltar ao Topo 
Página 3 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Dawn Island-
Ir para: