One Piece RPG
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Seasons: Road to New World
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor GM.Muffatu Hoje à(s) 14:46

» Revan Yamamoto
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 14:29

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 13:57

» Um Destino em Comum
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor (Orochi) Hoje à(s) 13:26

» Supernova
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor Shroud Hoje à(s) 13:09

» [Kit] Broly - DragonBall Super
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor Teo Hoje à(s) 12:59

» Meu nome é Mike Brigss
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor Shiro Hoje à(s) 11:42

» Phill Magestic
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor GM.Muffatu Hoje à(s) 11:33

» The One Above All - Ato 2
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor CrowKuro Hoje à(s) 0:49

» Primum non nocere
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor John Knudarr Hoje à(s) 0:18

» Tidus Belmont
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 23:48

» Cap.1 Deuses entre nós
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor Thomas Torres Ontem à(s) 22:52

» Blue Guardian! Luca o soldado da justiça!
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor K1NG Ontem à(s) 22:25

» Cap. 2 - The Enemy Within
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor King Ontem à(s) 22:19

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor Madrinck Dale Ontem à(s) 21:56

» Enuma Elish
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 21:50

» BOOH!
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor Oni Ontem à(s) 21:41

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor Furry Ontem à(s) 21:34

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor Pippos Ontem à(s) 21:31

» [Kit] Kat
Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Emptypor gmasterX Ontem à(s) 21:13



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Episódio 2 - A luta dos Justos

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Episódio 2 - A luta dos Justos   Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 EmptySeg 28 Mar - 12:47

Relembrando a primeira mensagem :

Episódio 2 - A luta dos Justos.

Aqui ocorrerá a aventura do(a) marinheiro Carnelian Velvet. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento


Data de inscrição : 31/10/2011

Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 2 - A luta dos Justos   Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 EmptySeg 16 Maio - 20:59

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
A Justiça não dorme
Post: 15 | Localização: Loguetown | Aparência: Uniforme padrão da Marinha rasgado e Óculos.

A situação de Velvet era horrível. Pior, talvez fosse difícil ficar. Mesmo com seus esforços para se soltar, ainda havia uma segunda armadilha, algum tipo de droga que deixava os alvos inconscientes. Seu companheiro loiro estava nocauteado, embora ainda parecesse respirar. As crianças estavam dormindo e assim o ferreiro pôde concluir que tratava-se de um sonífero. A hesitação, o corpo mais pesado que o normal, certamente estava drogado e era questão de tempo até ser derrotado.

- Heh… É a segunda vez que sou pego em uma situação de derrota certa… Só tem um pequeno problema… Eu jamais desistirei… Você acha que algo como sono vai me parar?


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Enfiaria a haste dos óculos na parte externa da mão esquerda. O objetivo era causar uma dor tão forte que lhe despertaria e adiaria o efeito do sonífero. Não precisava da mão esquerda para atacar o sequestrador, confiava o bastante na mão direita para nocauteá-lo. - CRIANÇAS… VOCÊS VERÃO SEUS PAIS EM BREVE… EU PROMETOOOOOOOOOOOOOOO! - Um grito saía de sua garganta, alto o bastante para ecoar por todo o local. Não tinha objetivo algum em mente, apenas estava buscando forças em seu interior para ultrapassar a situação e continuar lutando. Afinal, o sono no momento seria seu maior inimigo e tinha de derrotá-lo para poder enfrentar o criminoso.

Que merda… Como eu vou enfrentar esse cara?

A dor e o cansaço lhe impediam de pensar com calma e seus atos impulsivos estavam piorando a situação. Como lidar com a situação? Não havia possibilidade vitoriosa, tudo o que podia contar era com seu punho direito e sua força de vontade. E assim ele partiria em direção ao usuário de facas. Manteria a mão em guarda e a esquerda para baixo. Aproximar-se-ia lentamente e tentaria ficar de olho no alvo, esperando seus movimentos para reagir. Mover-se-ia com o jogo de pés típico de boxeadores para desviar de possíveis cortes e estocadas. Caso sentisse que não daria para esquivar, saltaria para trás e tentaria recuperar a distância novamente. Se encontrasse alguma abertura, tentaria aplicar um soco direto no maxilar do adversário. Caso não encontre, forçaria a abertura ao tentar segurar a faca com a mão esquerda e contra-atacaria com um gancho de direita. O sacrifício poderia lhe dar a hesitação necessária para atingir o alvo e conseguir derrotar aquele oponente cheio das artimanhas.
Considerações:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 48
Warn : Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 2 - A luta dos Justos   Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 EmptyTer 17 Maio - 17:26

~~ Narração ~~


O jovem marine encontrava-se novamente em um beco, onde era matar ou morrer, não no sentido literal, mas sim sobre a situação que se encontrava, pois se não derrotasse Kletos, seria torturado e na pior das hipóteses morto. O efeito da substancia no corpo do boxeador deixava-o sentir seus membros mais pesados, como se tivesse dobrado seu peso, mas num ato desesperado ou puro reflexo de batalha, Velvet crava a parte da haste de seus óculos na mão.

Mas não era uma ação irracional, havia um objetivo em lhe causar dor. A dor que sentia na coxa era amenizada pelo efeito da toxina, era um tipo de substancia que dificultava o combate, pelo menos durante um determinado tempo. Porém Carnelian possuía um extinto de luta, talvez vindo de sua família assassina ou puramente forjado pela sua vontade indômita, que permitiu tomar uma excelente decisão. O corte em sua mão esquerda gera uma dor intensa, a dor leva o pico de adrenalina no ápice e consequentemente o corpo do boxeador responde de rápida maneira. Apesar de caminhar lentamente em direção ao ladrão que por sinal estava pasmo com o soldado ainda de pé, Velvet asseverava que iria salvar as crianças. – Como ainda está de pé? Caramba... não é possível! Ainda perplexo com a situação, acre uma brecha para que o marine pudesse atacar. – Merda.... Falava Kletos ao perceber a ação ofensiva do marine. O ferreiro percebe Kletos pegar uma adaga em cada mão, mostrando estar pronto para desferir seus cortes. O boxeador provindo de uma vontade incansável e uma determinação decisiva, mostrava suas habilidades, suas esquivas dos cortes diagonais e horizontais, eram sublimes, mas num deslize do seu oponente ao levantar seu braço para cima pronto para desferir um corte na vertical, Velvet acha uma brecha e desfere um soco mirando o maxilar do homem, típico golpe dos boxeadores. O ladrão era rápido e seu ataque movimenta-se junto com o ataque do marinheiro, mostrando por sinal ser mais rápido, pois mesmo a dor mantendo o marine de pé, ainda havia traços da substancia no soldado. Kletos acerta o golpe, mas sua adaga atinge apenas uma parte da testa do marine, deslizando sobre a pele e errando o golpe que supostamente era para matar, fazendo um bom estrago de certa maneira. A vontade do marine era algo realmente estrondoso, pois mesmo com aquele corte que deixaria uma bela cicatriz no futuro, Velvet não parava seu ataque e atingia o cotovelo do ladrão, pois estava na mira do queixo do homem e como Kletos havia acertado primeiro o marine, deu o acaso de Velvet errar também.

O soldado portador de uma vontade indomável, provavelmente pensaria que era seu fim, mas sua força e mira estavam no ápice ainda mais depois de receber tamanho dano no corpo, fazia apenas a fúria aumentar e automaticamente, incrementar sua força tanto pelo espírito como pela determinação. O soco gera uma pressão no cotovelo que faz a parte do antebraço recuar em tamanha velocidade na diagonal, porém fazendo a adaga atingir a garganta de Kletos. O marine percebe o sangue jorrando em sua roupa e uma enorme cratera no pescoço do seu inimigo que cai ao chão como um saco de bosta, como de fato ele era. As crianças começam a gritar espantadas, pois notavam o estado que Velvet e Kletos encontravam-se. Por um momento tudo ficou silencio, talvez as crianças estivessem num estado catatônico e Will parecia recobrar a consciência. – Droga... estou me sentindo como se tivesse fumado uma erva da boa, que o que houve? Ele profere ao arregalar os olhos e perceber o estado e Velvet e do ladrão. Pela primeira vez, desde que saio da casa dos Carnelians, pode sentir uma satisfação insurgente, pois havia ganhado apesar de matar sem querer seu adversário. Tinha conseguido derrota-lo apesar de todos os obstáculos e da grande desvantagem.



Histórico Velvet:
 

____________________________________________________

~Fala / Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conquistas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 30
Localização : -

Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 2 - A luta dos Justos   Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 EmptyTer 17 Maio - 18:47

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Ima made nandomo nantoka akiramezu ni

Post: 16 | Localização: Loguetown | Aparência: Uniforme padrão da Marinha rasgado e Óculos.

A principal diferença entre um herói e uma lenda é a maneira pela qual sua história é contada. Quando uma pessoa conta uma história de um homem corajoso que ajudou pessoas enquanto esteve vivo, este homem torna-se um herói, porém quando dezenas, centenas, milhares de pessoas contam a mesma história, este herói torna-se uma lenda. Não importa o que aconteceu antes ou o que veio a acontecer depois. Uma atitude é capaz de mudar tudo. Dentro daquele esconderijo, cercado por armadilhas, o jovem soldado ascendia para a honrada categoria de Lenda ao superar aquele inimigo ardiloso com nada além de sua força de vontade pura. Ele não tinha força mental ou física, porém sua personalidade e seu coração bom lhe deram forças para ir além e sair vitorioso. O corte na coxa, testa e a quantidade absurda de danos extras recebidos não importavam. Ele obteve êxito e atingiu o oponente de modo que causou sua morte - acidental, é claro.

- Droga... estou me sentindo como se tivesse fumado uma erva da boa, que o que houve?

- Justiça… Turndownfowhat Turn Down for What Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 1472442469 badass pra caralho!

Caso ainda tenha forças, Veru pegaria a bandana que estava prendendo seus cabelos e amarraria sobre o machucado, tentando assim diminuir o sangramento. Depois tentaria pegar a haste dos óculos e montá-lo para colocá-lo aonde deveria ficar. Por fim, iria até as celas das crianças e tentaria localizar alguma maçaneta ou mecanismo que as abrissem.

- Eu disse que as salvaria… Vamos, não temos tempo para perder. Vocês verão seus pais ainda hoje!

Manteria o esforço ao máximo para que não perdesse a consciência. Só descansaria quando aquelas vítimas estivessem seguras. Tentaria escoltar de volta para o Quartel com a ajuda do colega. Só permitir-se-ia sentir algo quando não existisse perigo. Precisava aguentar, sabia que não conseguiria, mas só pararia quando não fosse mais possível. Havia a possibilidade remota de ainda existirem inimigos, porém não havia mais como lutar, logo, caminharia torcendo para que a missão tivesse chegado ao fim. Na hipótese de encontrar o Sargento, prestaria continência e só então relaxaria, ciente de que fizera um bom trabalho.

Considerações:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 48
Warn : Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 2 - A luta dos Justos   Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 EmptyQua 18 Maio - 15:49

~~ Narração ~~


Após a resposta de Velvet para Will, o marine olhava para as gaiolas e motivado perante os esforços incansáveis do soldado Carnelian, Will aos poucos iria levantando-se. Um leve sorriso pairava sobre a face do marine, pois o termino daquela missão havia chegado, pelo menos era o que aparentava.

O jovem ferreiro andava até as gaiolas, estavam próximas por sinal, ele caminhava com dificuldades, sua respiração era ofegante, mas era o que menos ele preocupava-se, pois, seu corpo estava tomado por uma dor que só piorava. Apesar da dor, das futuras cicatrizes que por sinal, mostrariam a conquista do marine, ele havia feito seu trabalho, nada melhor do que salvar vidas, pelo menos para Velvet que veio de uma família que tirava vidas, meio irônico não? O ferreiro percebia as fechaduras das gaiolas, eram pinos simples que poderiam ser abertos, mas antes necessitava puxar a alava ao lado da última gaiola a esquerda do marine. Ao puxar a alavanca para baixo, ela automaticamente libera as trancas de todas as gaiolas. As crianças ainda estavam em choque, não falavam nada apesar do marine tentar amenizar a situação com suas palavras convictas. Após abrir e tirar uma soma de 7 crianças, Will ajudava seu companheiro de missão que por sinal já estava mais humorado. – Ahhh eu falei que era uma armadilha meu... ainda bem que não morremos, graças a você... que dor cara, to cheio de buracos! Vamos tirar essas crianças desse buraco... talvez você suba de patente, depois dessa missão! Ele falava com um sorriso e seu carisma como de costume.

Os dois soldados apesar dos incontáveis ferimentos, saiam daquela cabana e Velvet pode avistar um grupo de 10 marinheiros. – Soldados qual é a situação? Um dos marines carregando uma espingarda como a maioria de seus colegas, vinha em direção após ver a saída das crianças acompanhadas do grupo Zetrax e Carnelian. O marine de madeixas rosadas pode ainda avistar seu sargento dando algumas ordens, pois tinham prendido o gorducho, mas a pergunta era como? Se o homem havia adentrado na residência! Foi quando o sargento se aproximou do seu grupo. – Soldado Zetrax e Soldado Carnelian! Foi muita imprudência entrarem sem permissão na casa, eu falei para apenas seguirem... mas, ainda sim... fizeram um bom trabalho! Conseguimos prender o responsável pelo tráfico das crianças. Seu nome é Guilanps, O Contrabandista. Ele é um pirata que possui uma recompensa e 5 milhões. Trabalhava de dia como um civil simples e normal, mas a noite ele exercia seu real papel. Ele estava fugindo quando corremos para prende-los. O estado de vocês está crítico! Quando Velvet compreendeu a situação de seu Sargento, viu as crianças serem levadas por marines confiáveis... simplesmente sentiu um alivio inexplicável, seu corpo relaxou de tal maneira que caio para trás nocauteado. – Ei, soldados venham rápido, precisamos de uma equipe médica, levem Will Zetrax e Velvet Carnelian até o quartel para os médicos tratarem o quanto antes! Após as falas de Rhoen os marines vinham e levavam os dois soldados para o quartel.

O jovem boxeador, abria vagarosamente seus olhos e percebia que estava numa cama, era a ala médica do quartel. – Demorou para acordar flor do dia! Will profere ao estar comendo de boca cheia. – Se não for comer essa carne, posso ficar com ela? Os ferimentos dos marines estavam tratados, isso já era um bom sinal. Ao lado do ferreiro estava uma porta bandejas, contendo algumas frutas variáveis e um prato com alguns pedaços de carne cortado, um plástico cobria para não esfriar e nem haver moscas em cima. A dor do ferreiro apesar de ainda conter era bem menor do que antes e pode sentir sua fome aumentar gradativamente.



Histórico Velvet:
 

____________________________________________________

~Fala / Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conquistas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 30
Localização : -

Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 2 - A luta dos Justos   Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 EmptyQua 18 Maio - 21:35

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Fácil, extremamente fácil

Post: 17 | Localização: Loguetown | Aparência: Roupa de hospital e Óculos.

Velvet conseguiu executar com sucesso a missão. Falhas aconteceram no meio do caminho, mas cada erro tornava-se experiência para que no futuro não volte a acontecer. Entregar as crianças em segurança para os marinheiros era a maior recompensa que poderia receber. Dinheiro não lhe enchia os olhos, todavia ver a justiça prevalecer fazia seu coração bater tão forte que todas as dores do mundo pareciam desaparecer. Feliz com o desfecho, pôde finalmente descansar e assim passou uma boa noite de sono.

Demorou para acordar flor do dia! Se não for comer essa carne, posso ficar com ela?

- Hm… Como estão as crianças? Quanto tempo eu dormi?

O primeiro pensamento do herói era saber como estavam as vítimas para só então começar a se preocupar com o estado do próprio corpo. Sabia que tinha cicatrizes e algumas partes estavam doloridas. O paciente deveria ter ficado muito tempo internado, pois aquela comida toda parecia tão apetitosa e sua barriga doía de fome. Tentaria pegar o que alcançasse e comeria bem devagar.

- Foi uma boa missão… Eu sei que fui impulsivo, mas não acontecerá de novo…

Diria tentando se explicar para o colega, afinal tinha colocado ambos em situação perigosa. Sentia-se culpado, pois as chances de tudo dar errado eram enormes. Mas estavam bem e isso bastava por hora. Erros como este não aconteceriam novamente, pensou. O pensativo jovem continuaria se alimentando e ouviria o que o companheiro e demais presentes tivessem a dizer, acenando positivamente e prestando continência caso visse algum superior.
Considerações:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 48
Warn : Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 2 - A luta dos Justos   Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 EmptyQui 19 Maio - 18:28

~~ Narração ~~


Após recobrar sua consciência e perceber onde estava, Velvet ouvia as palavras extrovertidas de Will e a única coisa que o marine pensava era nas crianças, algo bem nobre de sua parte. O jovem Will tentou falar algo, mas estava com tanta comida na boca que as palavras não faziam sentido. Ele engolia tudo e suspirava até responder para seu colega marinheiro. – As crianças? Estão sendo tratadas na ala infantil. Não parece nada sério pelo que o doutor falou, mas algumas ficaram em estado de choque... da última vez que vi o médico, ele disse que todos tinham acordado, mas estavam bem desnutridas! Bom, pelo menos estão vivas né! Cara, você está a quase dois dias nocauteado... eu acordei ontem, fome do cacete desde então. Hehehe! Ele profere de maneira carismática enquanto gesticulava com as mãos. – Meu irmão me encheu de osso, colocou a culpa em você por quase morrermos, mas eu respondi para ele... se não fosse por você, as crianças já estariam longe da ilha e elas nunca mais veriam seus pais e também eu fui salvo por você, então tamo de boa! Após o termino de suas falas ele taca-lhe uma mordida em algumas frutas, chegando a usar as duas mãos.

Enquanto isso Velvet parecia comer lentamente, mas era obvio... os ferimentos ainda estavam deixando a mobilidade árdua para o soldado, mas logo ia nutrindo seu corpo e com isso suas forças voltariam, ainda mais com a comida do quartel, era reforçada para exatamente isso, deixar os ferimentos se recuperarem mais rápido. O ferreiro estava quase terminando de comer e a porta do quarto abre-se brutamente, chegando a fazer Velvet engolir a força o pedaço de carne! Eram todas as mães das crianças sequestradas, elas estavam chorando e pareciam eufóricas, até mesmo a que tinha dado algumas dicas para o marinheiro se encontrava entre elas. – AHHHH MUITO OBRIGADO SOLDADO... V-Você é o herói de nossos filhos, não temos palavras para descrever nossa gratidão! Uma falava atrás da outra, sem deixar o marine tentar responder, uma chegou a abraçar o jovem boxeador, fazendo o marine ser quase afogado com o abraço e os peitos volumosos da mamãe. – Você é sem dúvidas um marinheiro, por favor aceite isso como agradecimento! As mães haviam trazido alguns pratos de comida para melhorar na recuperação do marine, nesses pratos havia torta de maça, bolo de chocolate, pasteis e etc. Will no mesmo momento que estava emburrado por ninguém agradecer ele, pois também havia ajudado, mudou sua expressão fechada para uma extremamente alegre, seus olhos brilhavam e sua boca escorria saliva. – Velvet... isso parece muito bom cara! Ele falava ao encarar todas os pratos. As mães pareciam chorar, daqui a pouco se alegravam e assim por diante.

A emoção de reaver um filho realmente era quase impossível de entender, mas elas sabiam a importância que o marine tinha, pelo menos para elas. – Me disseram que o ladrão foi morto, aquela escoria da humanidade tinha mais que morrer mesmo... disseram também que o soldado Carnelian possuí habilidades de um capitão? As mulheres começavam a falar entre si, uma delas começa a falar o que ouviu e as outras respondem. – É mesmo? Mas se ele é tão forte como está ferido? Uma das mães profere até a outra responder. – É porque ele foi pego numa armadilha, o marine lá disse que ele estava com sonífero no corpo e se feriu para não ficar inconsciente! A mulher fala ao fazer uma pose afirmativa para sua amiga. – Ahhh mas é claro! Nossa e ele ainda é soldado? Essa marinha é muito idiota mesmo, deixar um marinheiro com tanto poder em patente baixa! Apesar de elas conversarem entre si, falando até mais alto que o normal, o ferreiro poderia ouvir tudo e talvez contar o que de fato ocorreu ou quem sabe ficar com a fama de fodão.



Histórico Velvet:
 

____________________________________________________

~Fala / Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conquistas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 30
Localização : -

Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 2 - A luta dos Justos   Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 EmptyQui 19 Maio - 18:49

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
O novo Saitama
Post: 18 | Localização: Loguetown | Aparência: Roupa de hospital e Óculos.

– As crianças? Estão sendo tratadas na ala infantil. Não parece nada sério pelo que o doutor falou, mas algumas ficaram em estado de choque... da última vez que vi o médico, ele disse que todos tinham acordado, mas estavam bem desnutridas! Bom, pelo menos estão vivas né! Cara, você está a quase dois dias nocauteado... eu acordei ontem, fome do cacete desde então. Hehehe! Meu irmão me encheu de osso, colocou a culpa em você por quase morrermos, mas eu respondi para ele... se não fosse por você, as crianças já estariam longe da ilha e elas nunca mais veriam seus pais e também eu fui salvo por você, então tamo de boa!

- Entendo… Fico feliz…

O peso que afundava seu coração parecia sumir com as palavras do soldado. Tudo valeu a pena no final e agora era hora de descansar, pois o serviço de um marinheiro não tinha fim até que toda as injustiças do mundo acabassem. Ele se alimentava e sentia o corpo cada vez mais quente e satisfeito. Tudo parecia correr bem e até entediante, mas vozes e passos eram ouvidos e de repente o quarto ficou completamente lotado de mães gratas pelos atos do soldado.

- Obrigado…

Respondia sem graça. Cada senhora reagia de uma forma, algumas até bem excessivas, porém todas sinceras. O jovem herói de cabelos rosas coçava a cabeça por entre os fios, tentando disfarçar o quanto estava constrangido. O clima era esquisito, mas os feitos do Carnelian eram comentados e assim Veru podia refletir sobre o que havia feito e o quanto tinha influenciado na vida daquelas pessoas. Ele olhava para a mão esquerda, enfaixada para cobrir o ferimento que ele mesmo fizera e se lembrava daquela situação tão ruim. Não passarei por isso novamente, pensou.

- Não esqueçam do Zetrax… Sem ele, eu estaria morto e as crianças… Elas não estariam bem…

O semblante triste surgia em sua face ao imaginar as crianças mortas pelos sequestradores. Limparia as lágrimas caso caíssem. Quando a dor sentimental passasse, voltaria a comer algo e descansaria mais algumas horas, talvez até o dia seguinte. Queria estar bem para voltar a servir, mas também precisava se recuperar do choque de mais uma situação de quase-morte que vivenciou. O que fazer para superar isso? Gastaria o tempo pensando em maneiras de evitar, revendo dezenas de vezes a mesma cena e analisando possibilidades diferentes para que da próxima vez não sejam pegos de surpresa.

Considerações:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 48
Warn : Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 2 - A luta dos Justos   Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 EmptyQui 19 Maio - 22:22

~~ Narração ~~


O marine estava contente, praticamente quase chorando pelos seus esforços além de serem concluídos, recebia elogios das mães, era o mínimo que elas poderiam fazer. As mães saiam ao ver a presença do doutor, diversas continuavam conversando, mas nada de muito importante. Após a saída delas Velvet teve um momento de reflexão sobre suas atitudes e seu desempenho, apesar de concluir a missão, ele avalia seu comportamento e sobre como não errar na próxima vez.

Velvet teria que compreender que era um iniciante, talvez tenha sido sorte, benção ou apenas uma probabilidade casual, de ter conseguido ganhar do ladrão, mas isso não importava muito para a marinha, o que importava era a missão sucedida. Velvet tinha comentado algo sobre a ajuda de Will, mas o sujeito nem havia prestado atenção, estava atracado nos pratos que as mães tinham trazido. Quando o ferreiro notou, o doutor estava averiguando algumas planilhas em cima de uma mesa próxima das camas dos soldados. – Soldado Velvet Carnelian! Você está com um ferimento na testa, esse foi grave, provavelmente ficará uma cicatriz mediana, mas é melhor do que perder um olho, porque foi bem próximo. Ferimento na cocha... tivemos que remover a adaga, por sorte a lâmina não perfurou nenhuma veia grande. Diversos furos pequenos no corpo, por sorte, não foram profundos, mas vai levar alguns dias para fecharem. Esses provavelmente não ficaram marcas! Você perdeu muito sangue, mas isso foi a dois dias atrás, acredito que já esteja se sentido muito melhor. Provavelmente não sentirá nenhuma dor aguda, pois os sedativos são muito eficientes. Repouse mais hoje, amanhã estará liberado. O doutor falava enquanto lia a planilha que tinha os exames de Velvet, o soldado poderia notar algumas faixas pelo corpo e um curativo quadrado estava na testa. O médico ia em direção ao lado da cama de Will e profere enquanto o marine continuava a comer. – Will Zetrax! Ferimento profundo no ombro direito, levará algumas semanas para curar completamente. Ferimento profundo na coxa, também levará algumas semanas para cicatrizar. Ferimento no antebraço, esse levará um mês e meio mais ou menos, pois o rompimento do músculo foi tratado com cirurgia para recuperar o movimento, mas logo poderá voltar a fazer missões, tenha paciência! O médico terminava de falar e em seguida saia do quarto.

Após o médico informar sobre as condições físicas dos soldados, o doutor havia saído e alguns minutos passaram-se até Rhoen entrar no quarto, ainda precisou curvar-se já que sua altura era bem elevada. – Como estão soldados? Prontos para próxima missão? BAHAHEHEHEHE. Fazia uma piada para descontrair os seus companheiros. – Cruzis acabou chamando minha atenção, por causa dos seus ferimentos... porém, ele agradeceu por termos resolvido o problema, é bem capaz de você subir de patente soldado Carnelian! Talvez eu também suba de patente.... Há proposito, você já ouviu os boatos no quartel? Provavelmente não né! Eu vi as mães das crianças vir aqui... elas falaram monte de coisa para capitão do quartel e alguns soldados... eles estão falando também que você concluiu uma missão nível Sargento! Parece que sua fama está bem boa em, tão te chamando de Velvet Carnelian, Punhos da Justiça! BAHAHEHEEHE. Ele dialogava após sentar numa cadeira próxima das camas. O sargento explicava a situação e ria ao mesmo tempo, pois depois de tanta pressão era bom descontrair.



Histórico Velvet:
 

____________________________________________________

~Fala / Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conquistas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 30
Localização : -

Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 2 - A luta dos Justos   Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 EmptyQui 19 Maio - 22:52

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Punhos da Justiça
Post: 19 | Localização: Loguetown | Aparência: Roupa de hospital e Óculos.

O tempo passava e com ele reflexões em cima de hipóteses criadas pensando em diferentes resultados diante da missão recém-concluída. Diferentes movimentações, táticas, aproximações… Os minutos passavam naquela ala médica, porém na cabeça do sodado pareciam meros segundos. Estava realmente perdido em pensamentos, encontrando-se apenas ao ouvir o doutor lhe chamar.

Soldado Velvet Carnelian! Você está com um ferimento na testa, esse foi grave, provavelmente ficará uma cicatriz mediana, mas é melhor do que perder um olho, porque foi bem próximo. Ferimento na cocha... tivemos que remover a adaga, por sorte a lâmina não perfurou nenhuma veia grande. Diversos furos pequenos no corpo, por sorte, não foram profundos, mas vai levar alguns dias para fecharem. Esses provavelmente não ficaram marcas! Você perdeu muito sangue, mas isso foi a dois dias atrás, acredito que já esteja se sentido muito melhor. Provavelmente não sentirá nenhuma dor aguda, pois os sedativos são muito eficientes. Repouse mais hoje, amanhã estará liberado.

- Essa cicatriz servirá como uma memória… Serei mais cuidadoso! - Respondeu ao médico que fez o prognóstico de Zetrax e retirou-se do local. Antes que pudessem conversar sobre o estado em que estavam ou até mesmo comentar algo sobre o doutor, o superior da dupla entrava no local, tendo dificuldades por causa de sua altura anormal.

Como estão soldados? Prontos para próxima missão? BAHAHEHEHEHE.

- Hoje, não. Mas amanhã estarei, Senhor! - Respondia, mesmo sabendo que era piada. Carnelian era um homem determinado e não deixaria ferimentos leves lhe impedirem de ajudar quem precisasse.

Cruzis acabou chamando minha atenção, por causa dos seus ferimentos... porém, ele agradeceu por termos resolvido o problema, é bem capaz de você subir de patente soldado Carnelian! Talvez eu também suba de patente.... Há proposito, você já ouviu os boatos no quartel? Provavelmente não né! Eu vi as mães das crianças vir aqui... elas falaram monte de coisa para capitão do quartel e alguns soldados... eles estão falando também que você concluiu uma missão nível Sargento! Parece que sua fama está bem boa em, tão te chamando de Velvet Carnelian, Punhos da Justiça! BAHAHEHEEHE.

- Punhos da Justiça!?

O soldado de cabelos rosa olharia para as mãos, uma machucada e a outra inteira, dois lados de um mesmo corpo; Dois resultados para uma mesma definição. Veru se sentia da mesma forma que seus punhos. Bem de um lado, pois estava praticando o bem e poderia ser considerado realmente alguém que defende a Justiça com suas próprias mãos. Do outro lado, sentia-se mal por ser fraco e inexperiente, colocando a vida de outros em perigo. Ao olhar para os punhos, só conseguia pensar em manter ambos ilesos, tais quais as pessoas que desejava defender.

- Amanhã estarei de prontidão, Senhor. Se puder preparar um novo uniforme, agradeço… O anterior ficou todo rasgado. Heh…

Terminaria de falar com uma risada sem graça e na primeira oportunidade iria dormir. Já tinha se alimentado e informado. Agora precisava recuperar o físico para voltar a ação. No dia seguinte, levantar-se-ia, pegaria a primeira roupa decente que encontrasse e a vestiria. Em seguida, iria até a direção do Quartel, aonde procuraria pelos superiores para receber a próxima missão, aceitando-a sem importar-se com a dificuldade. Um verdadeiro marinheiro não perguntava qual era a missão, ele a aceitava e buscava o resultado positivo. Sempre!

Considerações:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 48
Warn : Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 2 - A luta dos Justos   Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 EmptySex 20 Maio - 16:46

~~ Narração ~~


O sargento explicava a situação para Velvet, sobre os boatos e sobre as ações do grupo. O jovem ferreiro respondia dizendo estar pronto para o próximo dia e Rhoen ria ao levantar-se da cadeira e seguir em direção a porta. – É assim que se fala soldado! Irei falar com Cruzis e ver sobre os pagamentos mensais dos marines aposentados, alguém tem que levar ao banco e depositar, talvez se estiver em disposição amanhã, é uma tarefa fácil, só requer atenção! Terminava de falar ao sair pela porta e seguir pelo corredor.

As horas iam passando, Will estava quase em coma de tanto comer, tinha comido tudo que o soldado Carnelian tinha ganhado das mamães. – Ahhh cara, não to me sentindo bem! Foi mal ai meu, acabei comendo tudo. Terminava de falar ao mostrar um barrigão de tanta comida que o preenchia. A noite chegava e os marines dormiam para ajudar na recuperação. Era manhã e o Doutor adentrou na sala. – Bom dia soldados! Dizia com seu rosto sério como de costume. – Carnelian está liberado hoje, como podem ver seu uniforme já está aqui! Ele profere ao mostrar as cadeiras que estavam ao lado da cama! Em cima delas estava o uniforme de soldado. – Vista-se. Soldado Carnelian... vá até o refeitório, seu superior lhe aguarda. Soldado Zetrax, você ainda ficara alguns dias por aqui, cuide para não fazer esforços! O médico terminava de dizer segurando uma planilha e saia do quarto. O marine seguia até o refeitório, pode perceber que havia placas sinalizando, tinha para sanitários, ala medica e assim por diante.

Ao chegar no refeitório o local não estava cheio, pois já era por volta das 10h da manhã, mas Rhoen ainda estava comendo. – Bom dia soldado Carnelian. O sargento falava ao avistar o jovem de madeixas rosadas. Assim que Velvet sentou-se pode perceber um envelope bem cheio e alguns pacotes simetricamente da mesma medida. – Dormiu bem? Sentindo-se melhor já? O marinheiro profere ao servir um copo de leite para Velvet. – Fique à vontade! Terminava de falar ao pegar mais um pedaço do pão caseiro. Havia uma leiteira, pães, geleias... um café da manhã forte para deixar os marines firmes diante seus dias atarefados. – Você me comentou que já quer fazer missão né? Bom, eu vou fazer uma missão do outro lado da ilha, o tenente pediu para eu achar algum marine e mandá-lo entregar esses papeis no banco. Como já confio em você facilitaria o processo! É bem simples, precisa apenas entregar para a mulher no banco e ela depositara o dinheiro. Aqui está seu salário, não é uma quantidade grande, porém se você avançar de patente, maior será seu salário! BAHEHAHAHAHA. Ele terminava de falar ao entregar um pequeno pacote a Velvet, contendo seu salário mensal. – Acha que está pronto para voltar ativa? Rhoen terminava de comer e pegava os pacotes e o envelope contendo os documentos esperando pela resposta do jovem.



Histórico Velvet:
 

____________________________________________________

~Fala / Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conquistas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 30
Localização : -

Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 2 - A luta dos Justos   Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 EmptySab 21 Maio - 14:17

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Back to action
Post: 20 | Localização: Loguetown | Aparência: Roupa de hospital e Óculos.

Após um longo período no hospital, finalmente Velvet era liberado. Rhoen já tinha lhe avisado sobre uma possível missão e tudo que precisou fazer foi seguir até o local indicado. Vestido com uniforme de soldado, ele não demorou para encontrar o local e começar o café-da-manhã. Pão, leite, uma boa refeição para começar bem o dia. Depois de se alimentar, chegou a parte séria do encontro.

– Você me comentou que já quer fazer missão né? Bom, eu vou fazer uma missão do outro lado da ilha, o tenente pediu para eu achar algum marine e mandá-lo entregar esses papeis no banco. Como já confio em você facilitaria o processo! É bem simples, precisa apenas entregar para a mulher no banco e ela depositara o dinheiro. Aqui está seu salário, não é uma quantidade grande, porém se você avançar de patente, maior será seu salário! BAHEHAHAHAHA.

- Obrigado… - Guardaria o valor no bolso sem contar. Não se importava com dinheiro, mas era bom ter. Nunca se sabe quando vai precisar.

Acha que está pronto para voltar ativa?

- Sim, Senhor!

E assim pegou o pacote separado pelo superior. Velvet pediria instruções exatas para seguir o caminho sem se perder. Andaria pelo caminho indicado e atento aos arredores, afinal era um marinheiro e não poderia baixar a guarda um momento sequer, pois nunca se sabe quando um fora da lei poderá atacá-lo, principalmente agora que recebeu uma certa fama. Caso algo viesse em seu caminho, pararia e observaria para tentar descobrir o que era.

Punhos da Justiça… Isso não sai da minha cabeça…

Na hipótese de encontrar a tal mulher no banco, entregaria o dinheiro e pediria algum tipo de recibo, afinal não a conhecia e poderia acabar entregando para uma outra mulher. Com a confirmação de que era a pessoa certa, acenaria positivamente e sairia do banco em direção ao quartel. Se tudo estivesse tranquilo, passaria em alguma loja de roupas para comprar uma bandana, tentando assim cobrir a cicatriz e prender os cabelos ao mesmo tempo. Comprando ou não, seguiria para o quartel aonde esperaria pelas novas ordens.

Considerações:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Conteúdo patrocinado




Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 2 - A luta dos Justos   Episódio 2 - A luta dos Justos - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Episódio 2 - A luta dos Justos
Voltar ao Topo 
Página 4 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Polestar Islands-
Ir para: