One Piece RPG
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Una Regazza Chiamata Pericolo
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor Muffatu Hoje à(s) 16:06

» 1º Cap: O começo de uma grande aventura
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor Muffatu Hoje à(s) 15:20

» Unidos por um propósito maior
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor Muffatu Hoje à(s) 15:10

» Busca Implacável
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor Gyatho Hoje à(s) 14:08

» [MEP - Kuroper]
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor Kuroper Hoje à(s) 12:16

» [Mini-Kuroper] Começo da Jornada
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor Kuroper Hoje à(s) 12:12

» Mini - Themis
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor Themis Hoje à(s) 11:29

» Vamos nos aventurar! Anjinhas me aguardem...
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor Pippos Hoje à(s) 10:52

» The Claw
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor Achiles Hoje à(s) 09:31

» Gregory Ross
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 08:43

» Xeque - Mate - Parte 1
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor Jacob Allan Hoje à(s) 04:19

» [LB] O Florescer de Utopia III
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 01:06

» Hello darkness my old friend...
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor Alek Hoje à(s) 01:03

» Rumo à Grand Line?
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 01:02

» The Victory Promise
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor Akise Hoje à(s) 00:00

» VI - Seek & Destroy
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:56

» What do You do For Money Honey
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor Lancelot Ontem à(s) 21:46

» O início da pesquisa.
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor BlackHole99 Ontem à(s) 20:18

» Island End! Goodbye Utopia!
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor Wander Ontem à(s) 16:49

» III ~ Uma Loira na Ilha das Aranhas?
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Emptypor Noelle Ontem à(s) 16:40



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 14 ... 25, 26, 27  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 53
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Empty
MensagemAssunto: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 EmptyQui 24 Mar 2016, 19:39

Relembrando a primeira mensagem :

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.

Aqui ocorrerá a aventura do(a) pirata Kaiyuki ``Metatron´´ Ashuura. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Suchiro
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 12/02/2013

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 EmptyQui 10 Nov 2016, 12:11

GET READY MEN!




Aquela chuva, o movimento do navio, aquilo estava se mostrando o ápice daquela historia, e eu achando que já tínhamos passado do ponto, quando do nada eu escuto lindas palavras de Queen...POLVORA. Não havia como conter o sorriso e a alegria, matar marines é o que faço, e matar com explosões é muito melhor. Lembre-se do importante, isso é tudo um simples jogo, e eu amo esse maldito jogo.

Eu correria a procura da Eva de cabelo branco, um novo brinquedo, sempre gosto de melhorias. – Me disseram que você tinha um novo brinquedo para mim. – Diria com um sorriso de orelha a orelha, com meus olhos já em tom vermelho. Eu checaria quantas balas cabiam nessa arma, e carregaria, se já não estivesse carregada e a albina me desse as balas. Logo depois de pegar a arma em mãos, eu pegaria um barril de pólvora e iria em direção a um dos canhões, o que estivesse mais bem posicionado, isso se ainda não houvesse ninguém nesse. Deixando já apontado para o navio marine. Deixaria minha nova arma nas minhas costas, ainda não a usaria.

Eu colocaria a primeira bola de canhão, e depois ficaria sentado com as costas contra o navio. – SENHORAS E SENHORES É EM MOMENTOS COMO ESSES QUE EU ME PERGUNTO... – Faria uma prevê pausa. – SERÁ SE DEIXEI A FORNALHA ACESSA? – E nesse mesmo momento eu faria o primeiro disparo mirando bem no centro do navio inimigo.

Eu me levantaria para ver se havia feito algum dano, então me afastaria da beirada do navio, segurando o barril, eu desceria os braços e então subiria jogando o mais forte possível na direção do navio inimigo, se já houvesse algum buraco ou falha no casco causado por outro, ou houvesse algum outro barril próximo ao navio inimigo, seria lá que eu jogaria. Nesse instante eu voltaria para minha posição próxima ao canhão, sacaria minha nova arma, colocando ela apoiada no navio para ter uma mira mais estabilizada, e então atiraria no barril que havia jogado, se ele estivesse onde pudesse causar dano ao navio marine, se não atiraria em outro barril ou em ultimo caso em algum marine que conseguisse ver, o de maior patente de preferencia.

Se ninguém tivesse reabastecido o canhão como o Auron tinha ordenado, eu continuaria com a minha arma nova. Sempre procurando atirar nos barris, ou se não, uma coisa acabara de me vir a cabeça. Se não houvessem mais barris ou canhão carregado, bastava apontar para os marines que iriam ter que manter as velas do navio aberto, já que assim como nós eles precisavam mantê-las abertas para subir. Parando limpar a mira e tirar a agua da chuva da mira a cada disparo, eu o faria, sujaria as velas do navio da marinha com o sangue de marinheiro.

No caso de tiros ou disparos de canhões vindo na parte do navio que eu estava, tudo que eu poderia fazer era dar um rolamento para sair da área da bola de canhão, e chutando algum barril de pólvora que também pudesse ser atingido, assim impedindo que fossemos todos pelos ares.

Quando o navio desse grandes balançadas, eu manteria minha cauda segurando-me ao navio, se algum balançar fosse muito forte, eu pararia de atirar para segurar no navio com minhas garras. Se eu visse qualquer sendo jogado do navio, eu o tentaria segurar com um de meus braços, sem nunca soltar o outro braço e a cauda do navio.


Histórico do Suchiro:
 
Objetivos:
 

OFF:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Zed
Pirata
Pirata
Zed

Créditos : 42
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 10010
Masculino Data de inscrição : 18/08/2011
Idade : 24
Localização : Chaos

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 EmptySex 11 Nov 2016, 04:47

Devido aos efeitos da droga, ainda tinha certa dificuldade em acompanhar o que estava acontecendo por ali. Pelo que bem conseguia ver, estávamos nos preparando para um confronto com navios inimigos, conseguia ouvir as ordens do capitão do navio embora ainda um tanto quanto distraído. “Bom... Ele é o capitão né, vou ouvir ele. “ Eu bem queria apenas ficar passando as balas de canhão, mas infelizmente não era um completo fracote, por fim acabei por ir ajudar com as velas.

Talvez por não conseguir sentir muito bem a tensão, ou talvez pelo efeito da erva, estava extremamente calmo mesmo naquela situação. – Eu não sei muito bem o que fazer. – Diria esperando por instruções, afinal, sequer tinha conhecimento de navegação, era minha primeira vez desde que lembrava no mar. Até então havia apenas viajado através de zepelins.

- Então, o que será que vai ter na próxima ilha? – Iria bater papo descontraidamente com qualquer um que estivesse por perto, estivesse ele prestando atenção ou não. Claro, também faria o meu trabalho enquanto isso, mas talvez com não tanto empenho quanto uma situação desesperadora poderia requerer.

- Deixando esse assunto de lado. – Eu nem mesmo lembrava ao certo o que havia dito. – Minha... – Ainda não sabia ao certo nossa relação. – ... Sei lá, namorada eu acho... O que eu tava dizendo mesmo? – Parei um pouco parar lembrar me focando no trabalho enquanto isso. – Lembrei, minha “namorada” – Gesticulei com os dedos. – Ela disse que eu posso pedir qualquer coisa pra ela que ela vai fazer, mas eu não tenho muitas ideias no momento, sugestões? – A esse ponto não estranharia se estivesse falando sozinho, mas tinha esperanças de ouvir uma resposta de alguém ainda assim.

Caso durante o nosso caminho, viesse a avistar alguma coisa fora do comum, talvez uma cachoeira reversa gigantescamente colossal, iria a principio estranhar, olhar em volta e analisar a reação de meus colegas, em seguida apontando em direção perguntaria: - Mais alguém tá vendo aquilo? Ou eu to muito doido? – Iria então prosseguir realizando quaisquer instruções que nosso navegador ou capitão desse. Mas como sempre, sem pressa e com extrema calma.


Alucinando: 4/? ... 4?
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : Entre a faca e a parede

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 EmptySex 18 Nov 2016, 12:52

Medo, raiva, empolgação. Estes eram os sentimentos que quase se sentiam naquele barco cheio de piratas. Talvez a adrenalina estivesse a criar entre todos vários sentimentos misturados em relação à situação.
Ryuza já estava ciente do que se estava a passar e parecia que já tinha em mente algum plano para por em marcha.
-Claro que foi por impulso. – respondeu Ryuza para Eva que em principio ficou com um ar triste - O que não quer dizer que eu não sinta algo por você. – o gatuno tomou posse da mão de sua companheira e beijou seus dedos, fazendo-a corar e sorrir ligeiramente - Gostaria de poder fazê-lo de novo, mas temo que temos problemas a tratar.
Assim que acabou de falar, Ryuza saiu do quarto e foi até Auron, deixando Eva para trás. Ryuza e Ashuura se cruzaram no caminho, porém, nenhuma palavra foi pronunciada entre eles.
– Me disseram que você tinha um novo brinquedo para mim. – disse Ashuura para Eva assim que entrou no quarto.
A jovem, espantada e pensativa, ficou olhando para o mink por alguns segundos. Ela não parecia estar a pensar apenas no assunto que Ashuura havia citado, era como se estivesse num pequeno mundo.
- Estás a falar disto? – disse Eva pegando num rifle de precisão – roubei-o de um atirador quando estávamos num telhado.
Ashuura pegou na arma e verificou quantas balas tinham no cartucho. Existiam 4 balas no cartucho, e Eva lhe entregou mais 2 cartuchos.
- Não erres. – disse Eva se levantando e verificando cada canto do quarto – Se conheço aquela mulher, existe alguma arma escondida por aqui… Vai na frente, eu já vou! – ordenou a mulher.
Ashuura, não por Eva ter ordenado, foi até ao convés.
– Eu não sei muito bem o que fazer. – disse Sidney que parecia estar finalmente sóbrio, embora a presença de Jão ainda fosse algo no mínimo curioso.
-TODOS VOCÊS! NÃO PODE HAVER NINGUÉM PARADO! O INIMIGO ESTA EM NOSSA COLA E PRECISAMOS SUBIR ESTA MONTANHA! – ordenou Auron.
- Quais são as ordens, capitão? – perguntou Ryuza.
- PRECISO QUE OS ATIRADORES SE POSICIONE EM SEUS POSTOS E TODOS AQUELES QUE POSSUAM UMA BOA MIRA, AJUDEM-OS..! – disse Auron segurando firmemente numa corda - ...QUEM NÃO FOR BOM DE PONTARIA, E SEJA FORTE O SUFICIENTE, AJUDE-ME NAS VELAS..! – a corda quase lhe escapou, mas Auron tivesse sucesso em segurar a corda, talvez quando a coisa ficasse mais séria ele devesse arranjar um método mais eficaz para prender as cordas - QUEM NÃO FOR BOM EM NADA, AJUDE OS ATIRADORES, PASSANDO-LHES AS BALAS DE CANHÃO...!!
- Sid, é melhor ajudares a segurar nas cordas. – sugeriu Evangeline.
Ashuura estava com um dos canhões de borda e Evangeline tomou posse do segundo.
- Vamos ver quem faz mais ponto, gatinho. – disse Evangeline com um sorriso confiante após carregarem os canhões.
Eva rapidamente chegou com 4 mosquetes e algumas munições com eles.
- Nem sequer pensem em lançar esses barris de pólvora quando estivermos na reverse, a correnteza os lançaria diretamente para nós, se vamos fazer algo, façamos enquanto não começamos a subir! – avisou Ryuza. O jovem gatuno foi em busca de um barril de pólvora, barril este que tinha um peso bem elevado. - Eva, me traga alguns daqueles mosquetes!
Ryuza soltou um barril de pólvora no mar, Eva entregou-lhe um mosquete e foi buscar mais um barril, jogando-o também ao mar.
- SENHORAS E SENHORES É EM MOMENTOS COMO ESSES QUE EU ME PERGUNTO... – disse Ashuura. - SERÁ SE DEIXEI A FORNALHA ACESSA?
Então, o momento chegou, era como se tudo tivesse sido planejado. Tal sincronia era de facto algo verdadeiramente impressionante. Assim que os dois barris chegaram perto do navio da marinha, que se aproximava a grande velocidade, Ryuza disparou num deles, fazendo uma grande explosão, porém, Ashuura e Evangeline começaram a disparar contra os navios nesse exato momento.
O navio da marinha começou a retaliar, disparando contra os piratas, felizmente apenas acertou 1 tiro. Embora não tenha sido um disparo muito perigoso, os restantes tiros passaram bem perto dos fugitivos.
- Mais alguém tá vendo aquilo? Ou eu to muito doido? – disse Sidney.
Antes que pudessem fazer alguma coisa, o navio começou a subir a montanha. Ashuura e Eva perderam o equilíbrio por instantes, mas conseguiram se levantar novamente. A bela jovem subiu apressadamente o mastro central, uma loucura de certa forma. Quase caiu do topo, mas lá se conseguiu segurar.
Lá de cima, Eva começou a gritar sobre os obstáculos que se moviam a grande velocidade.
Ashuura pegou no rifle de precisão dado por Eva e mirou no navio marinheiro. Alguns marines seguravam nas cordas, outros recarregavam os canhões e outros miravam. Infelizmente era impossível ver quem estava no timão, talvez fosse numa parte coberta e segura. Ashuura mirou num marine que segurava numa corda que segurava a vela central do navio inimigo. O zoom que a arma tinha era incrível, de facto era uma arma bem equipada.
O tempo parou. Tudo ficou silencioso. Até que… BUM! Um estrondoso som provocado pela arma fez com que a cabeça do marine explodisse.
Ryuza conseguiu soltar um dos canhões de bordo e levou para a popa do navio.
- ESTÁS MALUCO?! – gritou Evangeline para que Ryuza pudesse escutá-lo – NÃO VAI DAR PARA AGUENTAR O COICE DO DISPARO! CASO NÃO SAIBAS, A FORÇA GERADA PARA DISPARAR A BOLA DE CANHÃO VAI IMPULSIONAR O CANHÃO PARA TRÁS, FAZENDO COM QUE TU TAMBÉM VÁS!

Off: Ahhhhwww... Sabe aquele momento em que você tem que olhar para 4 posts diferentes e tantar juntar eles? Okay Espero não ter esquecido nada de ninguém.

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryuza Ying
Pirata
Pirata
Ryuza Ying

Créditos : 13
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 10010
Masculino Data de inscrição : 05/02/2012

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 EmptySex 18 Nov 2016, 20:00

Mesmo querendo ficar ali, conversando com Eva, Ryuza não podia. Tinha de ir lá para fora e ajudar os outros na situação que logo iriam enfrentar, o gatuno estava quase deixando tudo de lado e ficando ali com ela... mas tinha feito uma promessa, e a promessa de um bispo deve ser levada a sério.
Saiu para o convés e analisou a situação, tinham que ao menos afastar os inimigos, Yang tinha por alguns instantes deixado a mente de Ying livre de suas aparições, graças a isso o gatuno conseguia raciocinar melhor, se sentia menos... louco.

Ouviu os comandos de Auron e logo se colocou a trabalhar, conseguiu lançar um barril no mar, e Eva lançou outro, tomou em suas mãos um rifle e aguardou o momento certo. Por sorte um de seus disparos acertou o alvo e a explosão fez o navio inimigo chacoalhar, mas não chegou a causar danos sérios. – Iria precisar de várias explosões como essas para rachar aquele casco... Ou de algo de maior impacto. – Logo os tiros começaram, a adrenalina corria pelas veias do pirata mostrando-o o real sentido da vida, sobreviver.

Foi até um dos canhões e o levou até a popa.
- ESTÁS MALUCO?! – Gritou Evangeline, aquela açougueira louca. – NÃO VAI DAR PARA AGUENTAR O COICE DO DISPARO! CASO NÃO SAIBAS, A FORÇA GERADA PARA DISPARAR A BOLA DE CANHÃO VAI IMPULSIONAR O CANHÃO PARA TRÁS, FAZENDO COM QUE TU TAMBÉM VÁS! – Ryuza de fato estava mais “são”, mas isso não quer dizer que tivesse deixado de ser louco.




Sorriria com o comentário da garota. – E não é que ela está certa? Não tinha pensado nisso. – Minhas mãos formigavam e um arrepio subia por minha espinha, não conseguia parar de sorrir. – OBRIGADO PELO AVISO, MAS... QUE MAL HÁ NISSO? SÓ É NÃO FICAR ATRÁS, ORAS. – Diria em resposta.
Apesar de dizer aquilo, eu já tinha pensando em algo e a partir daqui, meu plano dependeria de onde exatamente estávamos.

Se estivéssemos na base da montanha eu me seguraria firme e esperaria até que começássemos a subir, meu plano era o seguinte: O que Evageline disse era verdade, mas iriamos subir a reverse mountain, o peso do canhão o puxaria para baixo e para frente por conta da inclinação, ao ser disparado a força do coice seria em partes amenizada pela inclinação da montanha, então, assim que começássemos a subir eu miraria a arma no navio inimigo. – SAIAM DE TRÁS! – Gritaria para os transeuntes. Puxaria a corda efetuando o disparo. Claro que antes de puxar a corda me manteria ao lado do canhão, a uma distância em que eu pudesse saltar para o lado e correr antes que ele viesse em minha direção.

Se já estivéssemos subindo a montanha eu não esperaria, - Hora de acertar as contas... - me colocaria ao lado do canhão, gritaria e efetuaria o disparo. – FOGO NO BURACO!

Para os dois casos supracitados, assim que efetuasse o primeiro disparo, caso o canhão não fosse destruído, caísse no mar nem nada do tipo, eu gritaria. – O QUE ESTÃO FAZENDO AI PARADOS? TRAGAM MAIS MUNIÇÃO! – E assim que trouxessem eu continuaria a disparar, efetuando os mesmos passos, me colocar ao lado, gritar avisando, disparar. Durante esses feitos eu me atentaria em observar as paredes ou rochas espalhadas pela reverse, se eu visse alguma que aparentasse ser frágil o suficiente, miraria nela, meu intuito era de que as pedras caíssem e se chocassem contra a embarcação da marinha. – UHU! Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 3840504489

Se já estivéssemos na decida, eu não faria nada, apenas sairia de perto do canhão pois ele seria puxado para a proa, gritaria avisando aos outros. – SAI DA FRENTE SATANÁS! – Após feito isso, voltaria a procurar cover e atirar no navio inimigo com os mosquetes, dessa vez tentando acertar as velas e as pessoas no convés.

Durante todo o tempo eu estaria me equilibrando com a ajuda de minhas habilidades acrobáticas e me seguraria em algo firme se fosse necessário, manteria os pés firmes no convés e correria para me afastar de disparos que ameaçassem nos atingir, caso fossemos atingidos eu me seguraria firme em um suporte, cravaria minha adaga no chão e gritaria. – MAS QUE DESGRAÇA DONA IRACI, PILOTA ESSA PORRA DIREITO.
Ajudaria os outros tripulantes se percebesse que eles precisavam de ajuda, exceto, logicamente, o mink. E daria prioridade a Eva, em seguida Auron e depois as garotas. Ajudaria segurando-os, para que não caíssem ou os afastando de locais atingidos por disparos, tentaria me manter atento aos meus arredores e não perder minha atenção caso fosse atingido por uma onda ou algo parecido.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

>>narração<<
||pensamento||
::Minha fala::
**Fala da Fantasia**


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Zed
Pirata
Pirata
Zed

Créditos : 42
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 10010
Masculino Data de inscrição : 18/08/2011
Idade : 24
Localização : Chaos

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 EmptySab 19 Nov 2016, 03:04

Naquele navio, naquele momento eu era apenas um observador. Pouco sabia sobre navegação, então era inútil observar o clima, ficar próximo ao leme, ou basicamente fazer quaisquer outras funções básicas. Apenas conseguia talvez ajudar uma vez ou outra fazendo qualquer coisa que me pedissem.

Porém, embora isso a princípio possa parecer um pouco melancólico, me dava tempo o suficiente para ver e me divertir com tudo que acontecia ao meu redor naquele momento. Por que eu, como observador estava agora presenciando um campo de batalha em alto mar. Tiros de rifles e mosquetes, disparos de canhões, ambos os lados atacavam uns aos outros na esperança de matar seus oponentes. – Cara... – Balançava a cabeça de um lado para o outro em negação. – Isso é muito bom... Cheirinho de pólvora, morte e desespero. – Abria um sorriso enquanto continuava a observar. Ouvia os gritos e conversas paralelas de todos os lados. “Puta merda... A gente vai subir aquela porra de correnteza agora, não? “ A ideia finalmente estava começando a fazer sentido

“Com a inclinação eu não vou cair? “ A ideia começou a me preocupar. Meus olhos já foram aos arredores a procura de alguma corda firme para que pudesse amarrar meu tronco em uma extremidade e a outra no mastro principal. Onde estava no topo Evangeline nesse momento.

Uma vez que minha segurança estivesse garantida iria tentar subir e observar tudo de um lugar mais alto e em segurança, agora que amarrado... Bom... Ao menos quase... Ou talvez algo próximo a isso.

- Alguém vai morrer hoje. – Diria a ela sorrindo ao chegar no topo. – Espero que nenhum de nós. – Olhei para baixo e então reconsiderei. – Exceto aquele cara. – Apontei para o que estava com um canhão solto e que anteriormente era um pinguim. – Eu queria ver ele morrer. Talvez eu pegue o cargo dele. – Brinquei... Ou será que não? Extrup Face

- É uma pena que eu não trouxe nenhuma prancha, parece perigosamente divertido subir a montanha surfando. – Claro, nem mesmo eu deveria ser tão louco a esse ponto. Mas por hora tudo estava calmo, afinal, as coisas pareciam a nosso favor, então me permiti a ficar e apenas continuar a observar por enquanto. Mas caso a medida que o tempo passasse problemas começassem a surgir e novas instruções fossem dadas, iria começar a trabalhar novamente.


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Auron
Usurpador
Usurpador
Auron

Créditos : 6
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 5010
Data de inscrição : 16/01/2012

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 EmptySab 19 Nov 2016, 04:36

Mesmo com a situação bastante delicada, nossa sinergia era algo incrível, afinal mesmo com todos os obstáculos, tudo ia dando certo de maneira incrível. -MAS OLHA SÓ QUE CARALHOS! VOCE ACERTOU BEM NA CABECINHA DELE ! FWAHAHAHAHAHA- Diria em meio a gargalhadas. De certa forma, aquilo era muito gratificante para mim, pois eu pude ter plena convicção de que aquele grupo se tornaria o mais extraordinário em breve. - ESTA É A FORÇA DOS CHESS, SEUS MARINHEIROS FILHOS DAS PUTAS!! FWAHAHAHAHAHAHAHAHAHA - Gritaria enquanto me afogava em gargalhadas.

A empolgação começava a tomar conta, porém meus braços continuariam firmes segurando as cordas.  O barco subia aquela montanha de forma violenta e incrível,  e enquanto isso acontecia, eu olhava todos trabalhando juntos para sairmos daquela situação, o que me deixava bastante contente. - Ei Queen, como estão as coisas ai?! Precisa que eu vá para outro setor?!! - Indagaria para nossa navegadora.

- Ryuza, Ashura! Continuem o ataque, mas tomem cuidado para não caírem! Estamos quase chegando ao topo, vamos nos concentrar bastante para não errarmos na reta final! - Dizendo isso, olharia para cima e tentaria ver o final da montanha, logo em seguida, olharia para baixo para ver se a marinha ainda estava em nossa cola. - Queen! Ainda há necessidade de eu segurar estas cordas?!! - Caso a resposta fosse não, correria pra ajudar o Ryuza nos canhões, ou o piloto no leme(caso ele me pedisse ajuda, ou eu visse que ele estaria em apuros).

Se eu fosse até o Ryuza, usaria minha grande força para segurar o canhão na mira em que o Ryuza colocasse, para evitar que o "coice" fosse grande e machucasse alguém. Concluindo isso ou não, procuraria outro setor onde estivesse precisando de ajuda, e apos uma rápida analise do que estava acontecendo, tentaria ajudar da melhor maneira possível.

Meu corpo estava completamente molhado, e eu precisava tomar bastante cuidado enquanto me locomovia pelo barco, portanto, sempre que fosse me movimentar, seguraria em algum lugar para evitar que eu fosse arremessado para fora do mesmo.  Depois de caminhar me segurando, iria até a cabine falar com Queen. - Falta muito?

Off:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Badass Stars:
 

         
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



•Fala•#333366
•Pensamento•#336633
•Ação•#666666




Não Há Mudança Sem Violencia - Karl Marx  


Última edição por Auron em Seg 21 Nov 2016, 03:42, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t12406-yoroshi-auron
Suchiro
Pirata
Pirata
Suchiro

Créditos : 6
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 10010
Masculino Data de inscrição : 12/02/2013
Idade : 21

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 EmptyDom 20 Nov 2016, 02:28

Dodge this!


Isso sim é divertido, matar marine é a minha meta, nada melhor do que quando eles ficam paradinhos para tomar uma bem no meio da cara. E essa arma, é um show, isso tornar matar marines tão fácil quanto esfolar aleijados, assim como divertido e bastante gratificante. puxaria a trava do rifle para liberar a cápsula da bala anterior, e depois empurrando de volta para o seu lugar. - Acho que vocês escolheram o inimigo errado, mas eu estou feliz pelo banquete que ganhei.

Eu daria mais um disparo, tinha o suficiente para atirar mais três vezes antes de recarregar, com a arma apoiada no canhão, tanto para me manter ao navio e não cair para fora, quanto para manter a precisão do meu tiro. - YES, KING! - Dizia em resposta as palavras do Auron, que á aquela altura do campeonato eram desnecessárias. Uma única bala iria em direção ao coração de mais um marinheiro que estivesse nos mastros, já repetindo o movimento para liberar a cápsula do rifle depois do disparo.

Aquele imbecil parecia que iria fazer alguma loucura, acho que estou começando a gostar do estilo dele, mas não iria ficar na área para ser acertado por um canhão, se eu estivesse perto de onde o canhão fosse voar, eu deslizaria pelo chão molhado do navio para um lugar melhor e mais seguro para me apoiar, talvez um dos mastros, se esses fossem seguros no momento. Assim que recebesse meu novo apoio, eu me seguraria com as pernas e cauda, e apontaria para um dos homens no canhão do navio, dando um disparo direto em sua cabeça. Eu deixaria mais uma vez a cápsula sair, e assim esperaria um pouco com o rifle mirado no inimigo.

Esperava pelo momento mais alto do navio do navio, apenas esperando isso chegar, apenas me focando em me segurar ao navio, junto a meu rifle na base do mastro. Se eu quisesse fazer algum dano, teria que esperar ate que tivéssemos o ponto mais alto, que seria quando teríamos a maior vantagem.

Assim que eu sentisse o navio saindo da água, meu rifle tomaria posto. Eu tinha uma bala, mas varias idéias que poderiam causar dano. A primeira seria tentar aproveitar que teríamos o melhor ponto de visão possível para tentar achar a cabine ou área onde estivesse o piloto, afinal não importava o quão bom fosse, teria que haver alguma janela ou não conseguiria guiar o navio sem bater.

A segunda possibilidade seria apontar a arma para algum marinheiro de patente tenente ou maior com um único tiro certeiro no coração, que aqueles poucos segundos flutuando me dariam total estabilidade.

E a ultima seria a menos divertida, mas talvez a mais engraçada, já que para os marinheiros continuarem a atirar de canhão em nós quando subíssemos tanto, eles teriam que apontar os canhões para bem alto, e meu plano seria atirar em um desses marinheiros nos canhões, já que nessa situação, com toda velocidade e angulo, um se mirassem um pouco errado o tiro subiria demais e acertaria no lugar onde eles estariam em alguns segundos.

Eu me manteria escondido para tiros normais, não parecia ter nenhum atirador tão bom no outro navio, mas também não era como se algum atirador sem uma boa arma como a minha não fosse se fuder por toda aquela situação. Para balas eu ficaria apenas escondido atrás do canhão/mastro. Mas se eu visse balas de canhão vindo em minha direção, eu passaria para outro mastro, deslizando para o mastro mais abaixo daquele que eu estivesse.

Se alguém próximo a mim, assim como antes fosse cair, eu esticaria meu braço, ou se necessário minha perna ou cauda para ele se segurar, se desse apenas a cauda, depois moveria para ele passar para a perna e o puxaria para o mastro.

Se eu mesmo começasse a deslizar pelo navio, eu tentaria me segurar a algo firme, evitando me segurar a alguém se não fosse ultimo caso, e se nem isso fosse possível, eu tentaria usar minhas garras para parar de deslizar, e depois usaria as garras para me arrastar pela madeira para um mastro.

Histórico do Suchiro:
 
Objetivos:
 

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

narração:
fala
Narração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : Entre a faca e a parede

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 EmptyQui 24 Nov 2016, 18:41

A forte chuva começava a bater nos tripulantes como se fossem pequenas pedras e que, no final, eram realmente pequenas pedras de gelo. Embora pequenas, elas caiam a grande velocidade e magoavam todos os piratas. As mãos molhadas dos piratas pareciam que estavam a congelas, principalmente as de quem segurava em metal.
Sidney preveniu-se e amarrou uma corda à cintura e ao mastro, dessa forma ele pensou que evitaria a queda bordo a fora. Evangeline largou o seu canhão e amarrou uma corda também na sua cintura e foi a correr com as munições para perto de Ryuza.
-MAS OLHA SÓ QUE CARALHOS! VOCE ACERTOU BEM NA CABECINHA DELE ! FWAHAHAHAHAHA – disse Auron para Ashuura - ESTA É A FORÇA DOS CHESS, SEUS MARINHEIROS FILHOS DAS PUTAS!! FWAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
- YES, KING! – respondeu Ashuura.
Sidney subiu o mastro e foi ter com Eva, nesse momento Jão parecia havia desaparecido junto do bolinha.
- Alguém vai morrer hoje. – disse Sidney para Eva - Espero que nenhum de nós. Exceto aquele cara. – disse Apontando para Ryuza - Eu queria ver ele morrer. Talvez eu pegue o cargo dele.
- Tsc… - disse Eva num tom de extremo desprezo. – Boa sorte… Vai mais é segurar nas cordas.
- É uma pena que eu não trouxe nenhuma prancha, parece perigosamente divertido subir a montanha surfando. – disse Sidney falando obviamente para a Eva errada.
- Tu falas muito, pequeno desgraçado. – disse Eva – HELENA, VIRA ESTIBORDO, AGORA!
- AY AY! – respondeu Queen.
- É uma pena não teres trazido um paraquedas… - disse Eva.
Então, Eva chutou Sidney de volta para baixo. A queda em alta velocidade poderia ter sido fatal se Eva não tivesse calculado perfeitamente a que momento segurar na corda que prendia Sidney, o jovem apenas saiu com uma forte dor na cintura.
Enquanto isso, Ryuza alinhava o canhão para o navio da marinha e disparou. O tiro foi certeiro e por sorte o canhão quase não acertou o pirata. O canhão foi impulsionado para trás, cerca de 2 metros a alta velocidade e depois deslizou para o seu lugar.
– FOGO NO BURACO! – gritou ao disparar. - O QUE ESTÃO FAZENDO AI PARADOS? TRAGAM MAIS MUNIÇÃO!
- JÁ ESTÁ AQUI! – gritou Evangeline correndo em direção de Ryuza carregando uma rede com 3 balas lá dentro.
Ryuza recarregou o canhão e ao mesmo tempo o navio começava a ficar cada vez mais inclinado e parecia se mover com mais velocidade, já o navio da marinha parecia ter desistido de tentar lutar naquela subida, visto que a maior parte do dano que estava a sofrer era na realidade dos choques contra os obstáculos.
- Ei Queen, como estão as coisas ai?! Precisa que eu vá para outro setor?!! – perguntou Auron para Queen.
- Está tudo bem aqui! Acho que é mais importante segurar bem nas cordas, não sofremos nenhum dano fatal! – respondeu Queen.
Ashuura disparava contra os marines, um tiro, uma morte. Não errava um tiro.
O segundo tiro acertou um dos mastros do navio da marinha, fazendo com que ele fosse destruído, porém, ainda existiam mais 2. Nesse momento, o navio levantou voou e junto dele foi o canhão e Ryuza. O pirata não teve tanta sorte, visto que o canhão acertou bem no estômago do mesmo, se ele estivesse cheio, certamente Ryuza teria vomitado, mas neste caso apenas estava voando. Num ato de desespero e adrenalina, Evangeline correu e saltou em direção do pirata que estava caindo para fora do navio em direção ao violento mar. Ashuura havia caído no chão, tendo a maravilhosa arma caído ao mar, Auron e Sidney conseguiram ficar de pé pois estavam segurando as cordas. Eva e Queen pareciam estar seguras.
- AAAAAAAAAAAAAARRRRRGGGGGGGGGG! – gemeu a jovem de dor. Ela segurava a mão esquerda de Ryuza e a corda parecia estar a ser realmente uma tremenda dor para a cintura da pobre jovem.
O navio caiu novamente no mar, so que dessa vez estava mais calmo… Por poucos momentos, claro, visto que estava a se dirigir para a descida, afinal, tudo que sobe tem que descer, não é mesmo?
- ALGUÉM NOS PUXE! – gritou Evangeline, sendo os únicos a escutar Ashuura e Ryuza.

Off: aquela tipica bostinha

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Zed
Pirata
Pirata
Zed

Créditos : 42
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 10010
Masculino Data de inscrição : 18/08/2011
Idade : 24
Localização : Chaos

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 EmptyDom 27 Nov 2016, 21:35

Ainda não era capaz de explicar usando senso comum ou logica o funcionamento daquela subida colossal de agua, mas ainda assim estava acontecendo, e pior, estava navegando nela. Tinha companheiros que ao menos pareciam saber como lidar com a situação. Tentei melhorar minhas chances de sobrevivência me amarrando ao mastro principal, de fato evitava cair na agua, mas devido a corda em determinados momentos senti dores abdominais. “Faz parte, pelo menos to vivo. “ Pensei alisando a barriga na tentativa de aliviar a dor.

Tiros, explosões, impactos e gritos eram constantes, sequer conseguia acompanhar apropriadamente o desenrolar das coisas. Quando o navio finalmente estabilizou senti certo alivio. – Ufa, finalmente acalmou. – Pensei alto antes de olhar a frente e ver a decida. – Esquece o que eu disse galera, a gente vai cair agora. – Olhei em volta tentando identificar como estavam os outros membros. Caso qualquer um deles parecesse estar em apuros ou pedindo por socorro minha reação seria exibir o dedo do meio e rir. – Se vira ai cara, cada um por si. – Claro, se a pessoa em apuros fosse Evangeline... Bem... Nesse caso eu provavelmente me veria forçado a agir a seu socorro, da forma como me fosse possível.

Durante a descida, iria me manter preso e seguro, da melhor forma possível ao menos. Tentaria continuar amarrado ao mastro e também usaria as mãos e pernas para me agarrar em outros objetos para aumentar a “segurança”, isso se fosse possível chamar dessa forma devido à violência daquelas águas.

Caso ao final da decida, ainda estivesse vivo, iria observar para os lados e procurar por outros sobreviventes. – Aquele pinguim de terno sobreviveu? – Caso recebesse uma resposta afirmativa ou mesmo o visse bem a minha frente iria apenas resmungar sozinho. – Merda. -

Aproveitaria também para ver onde estaria então, uma vez que tivesse finalmente no fim da descida e o que havia do outro lado da montanha.


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Auron
Usurpador
Usurpador
Auron

Créditos : 6
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 5010
Data de inscrição : 16/01/2012

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 EmptyQua 30 Nov 2016, 02:57

Em meio a aquelas águas turbulentas, finalmente conseguíamos abater um dos navios da marinha. O navio balançava bastante, porém nada que me incomodasse muito, afinal estava segurando bem firme nas cordas, da maneira como Queen pediu. Enquanto todos buscavam algo para ser útil durante a turbulenta viagem, eu analisaria cada um ali presente, tentando encontrar alguém que estivesse precisando de ajuda.

Caso detectasse alguém necessitando de ajuda em meio a aquele caos, certificaria de que soltar as cordas não seria problema com a navegadora, e iria ate o local onde alguém estivesse precisando de ajuda, sendo assim ajudando da maneira que fosse possível.  

Logo em seguida, voltaria em direção as cordas, e com rápidas olhadas para os lados do navio, pude notar que havíamos chegado ao topo, e que agora estávamos em descida-livre. Brevemente, por trás da minha expressão facial extremamente seria, eu tive um rápido flash de lembrança do meu passado, no tempo que brincava com meus dois irmãos, sonhando com o dia que dominaríamos os mares pregando a justiça dos marinheiros. ~Hahahaha, Grand Line hein?~

Sonhos estes que vieram a ser tomados por alguém, um certo alguém que com absoluta certeza irá pagar um preço bem caro pelo o que fez no passado, e eu acreditava cegamente que poderia encontrar aquele homem nos mares da temida Grande Line, para saborear a minha vingança. Entretanto, no momento o meu foco maior era sair daquela montanha com vida, com isso voltaria  a prestar atenção no trajeto, tentando ajudar sempre que possível, qualquer um que seja.

Se conseguíssemos chegar ao final ao outro lado da montanha, em terra firme, olharia para cima e tentaria detectar se ainda haviam marinheiros em nossa cola. Caso não, iria rapidamente até a sala dos tesouros, avaliar a recompensa que ganhamos do Kalif. Apos olhar, perguntaria a Queen qual seria nosso próximo passo, afinal  havíamos conseguido fugir com sucesso e estávamos em nosso objetivo final. - E agora, para onde vamos, Queen?

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Badass Stars:
 

         
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



•Fala•#333366
•Pensamento•#336633
•Ação•#666666




Não Há Mudança Sem Violencia - Karl Marx  
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t12406-yoroshi-auron
Suchiro
Pirata
Pirata
Suchiro

Créditos : 6
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 10010
Masculino Data de inscrição : 12/02/2013
Idade : 21

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 EmptyQui 01 Dez 2016, 00:24

Grande Finale.



Eu via um dos mastros cair, assim que acabei meu serviço minha arma fez questão de se jogar fora enquanto eu ia de encontro ao chão, teria sido bom ficar com ela, mas não havia o porque reclamar, já não precisava mais dela. O choro da garota que deveria receber sua carta, eu ouvia seu grito, era hora de mais uma vez salvar a garota de outro cara, não faz muito meu tipo, já que normalmente eu as roubo, mas parece que hoje eu estou para príncipe. - Ei, maconheiro, sua namorada caiu, me da um apoio aqui.

Eu aproveitaria que estava no chão, e deslizaria ate perto da beirada que Evangeline estava. Eu tinha que fazer aquilo rápido, se demorasse muito, quem estivesse do lado de fora não chegaria vivo ao farol. Eu seguraria minhas duas mãos na borda do navio para me levantar. -  Aceita uma mãozinha? - Diria com um sorriso no rosto. Eu enrolaria minha cauda na coisa mais fixa ao navio próxima, colocaria meus pés contra a base de proteção da borda do navio no angulo mais firme possível, e seguraria quem estivesse fora do navio com meus braços e puxaria com tudo para trás, para tira-los o mais rápido possível. Se o algo que minha cauda estivesse se segurando se soltasse, eu soltaria esse algo.

Ainda não estava terminado, estávamos no chão, se continuássemos assim seriamos jogados fora assim que chegássemos ao ultimo salto, afinal esse navio estava em uma queda gigantesca.  Eu largaria minha cauda do que estivesse presa rapidamente.- Rápido, se segurem. - Eu me seguraria ao mastro, puxando Evangeline pelo braço. Meu braço esquerdo a seguraria ficando ao redor do quadril, deixando a parte da frente do seu corpo entre meu braço e antebraço. Meu outro braço e minhas pernas se segurariam ao redor do mastro.

Assim que o navio ao mar da grande line, eu me soltaria do mastro, e largaria Evangeline, me deitando de barriga para cima, colocando a mochila como travesseiro. - Isso que eu acho de viagem. - Daria uma risada ao fim de minhas palavras. Eu tiraria a carta para Evangeline. - Carta do Kallif para você, senhorita. - Eu olharia a carta, como estava o estado da carta, se ela parecesse ilegível. - Parece que essa não sobreviveu a viagem, mas para sua sorte, eu sou alguém que se antecipa para essas situações. O que estava na carta era o seguinte: Evangeline d’La Rose, neste momento estás a caminho de um mundo com que sempre sonhaste e desejaste: Um mundo fora de Lvneel. Bem, é uma pena que não possamos nos ver novamente, mas fica sabendo que sempre te considerei como parte da minha família. Foi um prazer educar-te e ver-te a crescer, sua pequena mafiosa… Com amor, Kalif. - A parte da carta da Evangeline, eu me levantaria, a olhando nos olhos, e falando em um tom serio, da forma que eu imaginaria que Kallif contaria para ela. Seguindo essa situação. - E Que..Helena, O Kallif também te pediu para dizer algo... - Eu coçaria o queixo. - Pretérito perfeito? Prefeito?...Não, não era isso. - Pararia alguns segundos para pensar, e olharia para Queen serio. - Praeteritum!

Agora, só tenho uma duas perguntas para fazer. Primeiro, o que isso significa para você? - Ainda em um tom serio. - E claro, onde esta a nossa grana? - Daria um leve sorriso de canto de boca. Estava perto de acabar, e eu tinha que fazer as ultimas revelações aparecerem.

Histórico do Suchiro:
 
Objetivos:
 

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

narração:
fala
Narração


Última edição por Suchiro em Sex 02 Dez 2016, 13:24, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 26 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.
Voltar ao Topo 
Página 26 de 27Ir à página : Anterior  1 ... 14 ... 25, 26, 27  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Lvneel Kingdom-
Ir para: