One Piece RPG
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» 1º Cap: O começo de uma grande aventura
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor Muffatu Hoje à(s) 15:20

» Unidos por um propósito maior
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor Muffatu Hoje à(s) 15:10

» Busca Implacável
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor Gyatho Hoje à(s) 14:08

» [MEP - Kuroper]
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor Kuroper Hoje à(s) 12:16

» [Mini-Kuroper] Começo da Jornada
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor Kuroper Hoje à(s) 12:12

» Mini - Themis
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor Themis Hoje à(s) 11:29

» Vamos nos aventurar! Anjinhas me aguardem...
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor Pippos Hoje à(s) 10:52

» The Claw
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor Achiles Hoje à(s) 09:31

» Gregory Ross
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 08:43

» Xeque - Mate - Parte 1
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor Jacob Allan Hoje à(s) 04:19

» [LB] O Florescer de Utopia III
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 01:06

» Hello darkness my old friend...
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor Alek Hoje à(s) 01:03

» Rumo à Grand Line?
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 01:02

» The Victory Promise
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor Akise Hoje à(s) 00:00

» VI - Seek & Destroy
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:56

» What do You do For Money Honey
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor Lancelot Ontem à(s) 21:46

» O início da pesquisa.
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor BlackHole99 Ontem à(s) 20:18

» Island End! Goodbye Utopia!
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor Wander Ontem à(s) 16:49

» III ~ Uma Loira na Ilha das Aranhas?
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor Noelle Ontem à(s) 16:40

» Kizumonogatari
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Emptypor yaTTo Ontem à(s) 15:36



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 14 ... 24, 25, 26, 27  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 53
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Empty
MensagemAssunto: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 EmptyQui 24 Mar 2016, 19:39

Relembrando a primeira mensagem :

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.

Aqui ocorrerá a aventura do(a) pirata Kaiyuki ``Metatron´´ Ashuura. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Suchiro
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 12/02/2013

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 EmptySex 28 Out 2016, 00:38

Escapamos?




O emo estava drogado de novo? Ele acha que sou o quê? Um pedaço de doce? Serio, se ele não tivesse sido útil, já teria matado ele. Vou dar uma aliviada por ele ter feito a parte dele.- Eu adoro discursos, mas temos que ir embora. O Alvo daqueles navios não é a gente, mas eu não quero esperar para ver quem é chegar. Ultimo navio saindo da zona de guerra partindo agora. – Falaria guardando minha arma, e pegando Dandara com uma mão, e ajudando o eremita a chegar ao navio com a outra. Nunca imaginaria que o Eremita sabia fazer magia, hipnose é uma habilidade poderosa.

O Eremita sabe pilotar, mas Eva...- Eu olharia para ambas. – As duas se chamam Eva, ótimo...Evangeline, pare de usar essas drogas e me ajude a cuidar do Eremita. Quem aqui é Navegador? O Eremita pode pilotar, mas precisamos de um navegador para nós fazer passar pela reverse, e o estado dele também não é dos melhores. Também vou precisar da ajuda de alguém que saiba como tirar essas algemas dele. Evangeline traga seu namorado também. – Falaria apontando para Sid.

Eu deixaria a Dandara dormindo na cabine antes de irmos a enfermaria. Eu seguiria com a dupla de drogados para a enfermaria, eles poderiam estar drogados, mas parecia que só tinham alucinações. Espero que ela ainda consiga fazer o seu trabalho, e ainda havia um ultimo trabalho que o Kallif havia me confiado. Eu esperaria ela começar o tratamento, tinha algo que eu tinha que checar.

Eu desceria os andares, a procura da minha nova ferraria, bem minha velha nova ferraria, a ferraria era a mesma, só tinha pedido para trocar ela de lugar. Minha escrava ainda esta lá, seu treinamento não estava terminado, mas logo estaria, mas não agora, não havia tempo. Ao entrar na sala, eu lentamente andaria ate ela, aproximando meu rosto ao dela, e olhando-a nos olhos. – Sentiu saudades, Weak? Eu também senti, mas não tenho muito tempo. – Acariciaria o rosto dela e apertaria a Buchecha. Afastaria-me, indo ate o barril de agua, o qual normalmente usava para esfriar o metal, pegaria com a caneca e encheria de agua, iria ate ela e retiraria a mordaça. – Viu como sou um bom mestre? – E faria a beber, assegurando-a pela mandíbula e fazendo a agua descer, se ela começasse a tossir, eu pararia de fazê-la beber e daria uns tapas nas costas dela, para ajudar. – Calma, eu sei que esta com sede – Diria com calma na voz, logo ela teria o espírito quebrado. Depois eu colocaria a mordaça de volta, sairia da ferraria e fecharia a porta.

Eu voltaria ate a enfermaria, assim que já estivéssemos longe de Lvneel, não poderia dar a carta para Evangeline ali. Assim que a isso tivesse acontecido, eu seguraria o braço dela. – Eu tenho que falar com você. Kallif me deu uma carta, ela é para você, acho que ele realmente se importa com você. – Então eu retiraria a carta e entregaria a Evangeline. – É melhor você se sentar para ler isso.

Depois dela ler. – Acho que você tem algo a dizer a Queen, ou Helena. Aquela mulher parece alguém que guarda bastantes segredos, isso é algo que eu gostaria de descobrir, mas é algo para outro dia. Vocês já podem ir, me avisem quando chegarmos á Reverse.

Assim que eles fossem, eu me viraria para o Eremita. – Parece que falhei mais uma vez com meus aliados, não foi? Eu deveria ter matado aquele gato a primeira vez que vi ele no torneio, mas eles tinham tirado minhas armas. – Diria olhando para baixo. – Ei, Eremita, parece que só sobramos eu, você e Dandara. Eu não faço ideia de como falar que os outros estão mortos. Você sabe como? – Colocaria as mãos na cabeça, apertando, olhando para o chão. - Você estava lá na ultima vez, quando eu perdi Hawker, Magma,Deep, Akira morreram, tudo de novo. E a Dandara vai ter que passar pelo que eu passei.- Então eu engoliria o seco e ergueria os olhos, para olhar para Eremita nos olhos. – Eu sei que você me falou antes que não importava, mas qual é o seu nome e quem realmente é você?

Histórico do Suchiro:
 
Objetivos:
 

OFF:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Auron
Usurpador
Usurpador
Auron

Créditos : 6
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 5010
Data de inscrição : 16/01/2012

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 EmptySex 28 Out 2016, 04:12

– A partir de agora, você será conhecido no submundo como Gunthër… Mas não se ache muito, Gunthër é a pessoa importante mais pequena no grande mercado negro… Nem todo mundo conhece o real significado do cargo “Gunthër”, apenas os grandes que viveram no North Blue sabem a verdadeira força que a pessoa carrega com esse nome. – Hum... – Disse enquanto permanecia de costas, porém inclinaria apenas meu pescoço para trás, com o lado da minha franja. Considere um presente da minha parte para você. O antigo Gunthër foi dispensado do seu cargo…

-Fwahahahahaha Gunther? Não fode! - Gargalharia. -Como você mesmo mencionou, com o poder que eu tenho agora, acho que ficaria mais cabível me chamar de... Rei do Norte! FWAHAHAHAHA, sim, Rei do Norte é muito bom! Ou Conquistador? Imperador? Devorador? Ah quer saber, não ligo! Faça como quiser! - Diria de forma bem egocêntrica.

Após concluir tudo, tentaria arruma algum manto, tapa-olho ou até mesmo meus óculos escuros que havia comprado quando cheguei na ilha. Conseguindo, procuraria por Queen, e caso a encontrasse eu diria num tom calmo. - Ai está você, Queen! Kalif disse que nossa recompensa está com você..Poderia dar uma olhada antes de partirmos? - Dizendo isso, tiraria a camisa para ficar mais a vontade. -A proposito, você fez o armamento que lhe pedi? - Perguntaria de forma sedutora e olhando fixamente para a mesma.

Depois de checar minuciosamente toda  nossa recompensa, e após ouvir a resposta de Queen, caminharia em direção ao convés do navio e em bom tom perguntaria: - Quem é nosso navegador?!  É hora de dar o fora daqui!! VAMOS ZARPARR!!! FWAHAHAHAHAHA - Dando as ordens, perguntaria se o navegador precisaria de ajuda para algo, tipo levantar ancora ou coisas do tipo, e logo em seguida o faria, caso necessário.

Se precisasse puxar a ancora, tentaria usar toda minha força para puxar as correntes usando apenas a força dos meus braços, contraindo cada músculo e fazendo com que minhas veias dilatassem de forma absurda.

-RUMO A GRAND LINE!!!

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Badass Stars:
 

         
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



•Fala•#333366
•Pensamento•#336633
•Ação•#666666




Não Há Mudança Sem Violencia - Karl Marx  
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t12406-yoroshi-auron
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : Entre a faca e a parede

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 EmptySab 29 Out 2016, 22:09

/All

-Viu? Eu disse que eram gente boa. – disse Sid para Evangeline.
- Ai está você, Queen! Kalif disse que nossa recompensa está com você..Poderia dar uma olhada antes de partirmos? – disse Auron para Queen. -A proposito, você fez o armamento que lhe pedi?
- Pftch… AHAHAHAHAHAHAHAAH! – Eva não resistiu em soltar um enorme riso, o ar até lhe faltava, fazendo com que ela segurasse a sua barriga com uma das mãos – Ai… Ai, ai… Desde quando que és conhecida por “Queen”, Helena? Bem, irei para dentro. Vamos Sammy… - Eva também fez um sinal para Ryuza.
- Ahahah… - riu Queen sem jeito – Eu não consegui fazer. Preciso que alguém me ajude… Eles são mais complexos do que eu pensei. Tenho ordens para apenas mostrar onde está a recompensa quando chegarmos do outro lado.
- O emo estava drogado de novo? Ele acha que sou o quê? Um pedaço de doce? Serio, se ele não tivesse sido útil, já teria matado ele. Vou dar uma aliviada por ele ter feito a parte dele. Eu adoro discursos, mas temos que ir embora. O Alvo daqueles navios não é a gente, mas eu não quero esperar para ver quem é chegar. Ultimo navio saindo da zona de guerra partindo agora. – disse Ashuura.
- Esse chiclete é engraçado… - comentou Evangeline.
- O Eremita sabe pilotar, mas Eva... – disse Ashuura.
- O quê que foi? – perguntaram as Evas ao mesmo tempo.
– As duas se chamam Eva, ótimo... – continuou Ashuura - Evangeline, pare de usar essas drogas e me ajude a cuidar do Eremita. Quem aqui é Navegador? O Eremita pode pilotar, mas precisamos de um navegador para nós fazer passar pela reverse, e o estado dele também não é dos melhores. Também vou precisar da ajuda de alguém que saiba como tirar essas algemas dele. Evangeline traga seu namorado também.
- hahahah – riu Evangeline de forma boba enquanto Eva e Ryuza continuavam a subir a bordo – Deixa de ser tonto… Eu não usei nenhuma droga, seu chiclete bobão. – Queen suspirou.
- Os vossos animais de estimação estão lá dentro. – disse Queen olhando para Ashuura e para Sidney.
- Vâmo lá Rei! – gritou Sidney.
Então, os restantes subiram a bordo, porém, Sid e Evangeline não foram com Ashuura. Ashuura deixou Dandara num dos quartos e depois o eremita na enfermaria.

Ashuura

Para infelicidade de Ashuura, o seu “brinquedo” estava solto num dos quartos, porém, embora ela demonstrasse algum receio em ver Ashuura, ela também demonstrou algum alívio. Ela estava encolhida num dos cantos do quarto e parecia tentar falar algumas palavras, mas o seu estado psicológico não o permitia de imediato.
- Para onde estamos a ir? – perguntou a jovem finalmente, e então, o navio começou a andar.

Ryuza

À medida que passeavam pelo navio, Ryuza viu dois banheiros, uma enfermaria, uma cozinha e quatro quartos todos iguais. Eva entrou num dos quartos e se deito numa das camas com Sammy. O quarto em que estavam tinha uma janela circular que dava visão direta para os navios da marinha e os seus ameaçadores canhões.
- Ah… - suspirou ela – Não tens nada para falar? Bem, nesse caso eu falo…. – disse sem nem ao menos dar tempo para que Ryuza pudesse falar – O que foi “aquilo” de antes? Lá no castelo… - quando acabou de falar, o navio parecia entrar em movimento.

Sidney e Auron

- Quem é nosso navegador?!  É hora de dar o fora daqui!! VAMOS ZARPARR!!! FWAHAHAHAHAHA – disse Auron.
- Sou eu. – disse Queen – Embora fosse bom ter alguém que ajudasse aqui em cima, os ventos irão ficar fortes.
Enquanto Queen e Auron conversavam, Sidney e Evangeline estavam no seu pequeno mundo, até que Jão, o fantasma, apareceu. Evangeline escondeu-se atrás de Sid, estava claramente assustada ao ver Jão.
- Eae, brother. – disse Jão para Sidney.
- Podes puxar a ancora? – perguntou Queen para Auron, apontando para uma espécie de “manivela”. Auron conseguiu levantar a ancora, embora não o tenha feito com 100% eficácia, visto que o seu corpo estava um pouco dorido.
-RUMO A GRAND LINE!!! – gritou Auron, dando o sinal que Queen parecia esperar para começar o seu movimento.

quartos:
 
enfermaria:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Zed
Pirata
Pirata
Zed

Créditos : 42
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 10010
Masculino Data de inscrição : 18/08/2011
Idade : 24
Localização : Chaos

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 EmptySeg 31 Out 2016, 16:06

O clima agora parecia mais descontraído já que não haviam guardas inimigos por perto... Bom, ao menos não por hora. Embarcando o navio o grupo se desmembrava cada um indo fazer qualquer que fosse o seu interesse no momento. Eu? Segui Auron, King ou qualquer que fosse o termo que ele preferisse. Por que?... Bom.... Na verdade eu não sei.

Apenas fiquei por ali sem escolher quais seriam meus próximos passos, ouvi a conversa paralela acontecer e logo em seguida um fantasma surgir. Jão, como também era conhecido. – E ai parça. – Cumprimentei-o de volta levantando uma das mãos em forma de aceno.

Diferente de mim, Eva não parecia tão tranquila com a presença do “cãotasma”. – Relaxa. – Disse me virando e a confortando. – Ele é de boa. – Afaguei a cabeça rapidamente e voltei a dar atenção ao outro. – Então brother, e agora? Eu te tirei daquela ilha e vou te transformar em meu companheiro canino. Mas eu preciso saber... Cê vai me levar praquela plantação eventualmente não? Ela fica na Grand Line? – Iria procurar um lugar mais confortável para conversar com o fantasma que aos outros de pessoas sóbrias não seria nada mais do que um cão gorducho.

Preferencialmente iria ficar pelas beiradas do navio sentado e observando esporadicamente o horizonte. – Ei... Galera... – Começariam a chamar a atenção do grupo caso algo de suspeito ou incomum fosse avistado. – Aquilo ali parece perigoso? – iria apontar em direção e aguardar por confirmação e instruções.


Alucinando: 3/? ... 3?
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryuza Ying
Pirata
Pirata
Ryuza Ying

Créditos : 13
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 10010
Masculino Data de inscrição : 05/02/2012

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 EmptyQui 03 Nov 2016, 10:20

Mesmo estando preocupado com a situação em que se encontravam, Ryuza seguiu caminho para bordo da embarcação, não tinha alternativa, não podia mais dar meia volta. A conversa entre Eva e a garota que Auron chamava pelo codinome "Queen" - Bem conveniente para quem se intitula "Rei". - Era um tanto quanto estranha, era obvio que as duas eram conhecidas de longa dada e que tinham passado por algum tipo de situação ruim, mas não dava pra se dizer o que. A tal Queen, que pelo visto se chamava Helena, parecia sentir medo de Eva... Ying concordava com Yang no fato de que se tratava de um medo plausível.

Já a bordo, o gatuno avistou algumas acomodações: quartos, cozinha, banheiro, enfermaria... nada que lhe chamasse a atenção. Ouvia as conversas alheias, mas nada lhe interessava, era capaz de abrir as algemas daquele velho, mas não moveria uma palha sequer para ajudar alguém que tivesse ligação com aquele mink.
Seguiu Eva até um dos quartos.
- Ah… - Ying olhou Eva, fitando-a dos pés a cabeça. – Não tens nada para falar? Bem, nesse caso eu falo… o que foi “aquilo” de antes? Lá no castelo… - O barco começou a se mover.




Meus braços estavam cruzados e meu olhar cansado. – O que exatamente você quer dizer com “aquilo” de antes? – Perguntaria com um ar de exaustão, meus ombros mais pareciam rochas de tão tensos que estavam, era estranho, eu não costumava me estressar nem tão pouco ficar naquele nível de preocupação, estava surpreso comigo mesmo. – Se refere a situação como um todo? Ou apenas a parte do conflito? – Apesar de estar fazendo perguntas, eu as considerava como retóricas, visto que iria dizer tudo de uma vez.

- Bem... eu também não sei ao certo, mas pelas coisas que vi e conhecendo a personalidade narcisista e complexada do Auron... Acho que ele tinha planos para conquistar o reino. Algo deve ter dado errado e ele acabou se juntando àquele humanóide perturbado e com alguém da guarda real. – Caminharia até a cama e me sentaria em sua borda. – Acredito que meu capitão se envolveu em algo maior do que ele esperava, desde sempre houve sussurros no submundo de Lvneel de que o capitão da guarda pretendia usurpar o trono para si. Pelo visto era verdade.


Olharia para a janela, esperava que os navios já tivessem sumido do campo de visão. – A informação do golpe deve ter vazado, o atentado da bomba tinha intenção de minar o poderio da marinha, mas falhou. Acabei me envolvendo por tabela por querer ir a mansão assaltá-la e nisso... Acabei te envolvendo e quase pagou o preço. – Minha soaria cansada a essa altura. – Foi um circo de falhas e de informações mal passadas e trabalhos mal cumpridos. A cidade de Lvneel se tornará um inferno completo.

Ao fim de minha fala esperaria pelo que Eva tinha a dizer e, em seguida eu a perguntaria. – Mas e você... Irá me contar qual sua relação com aquela tal de Helena? – Ouviria sua resposta e concordaria com a cabeça, faria sinais e expressões em resposta aos seus comentários, seria um bom ouvinte, ao fim, eu me manteria calado por alguns instantes e concluiria. – Bem... Logo estaremos subindo a tão falada Red Line, devem precisar de ajuda, vamos? – Se Eva concordasse, seguiria com ela para o convés da embarcação.



off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

>>narração<<
||pensamento||
::Minha fala::
**Fala da Fantasia**


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Suchiro
Pirata
Pirata
Suchiro

Créditos : 6
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 10010
Masculino Data de inscrição : 12/02/2013
Idade : 21

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 EmptyQui 03 Nov 2016, 11:22

Terminando o que esta pendente.


Parecia que ela estava com fome, bem, eu não tinha tido tempo para terminar de torna-la meu bichinho, acho que esta na hora de terminar. – Para o alto, querida. Para o alto. Espere um segundo, eu já volto. – Eu sairia do quarto, fechando a porta.

Eu seguiria ate a cozinha, e pegaria agua e alguma comida, a melhor comida que achasse, algo para ela se alimentar e retornaria a sala, com a bebida em uma mão e a comida na outra. Eu fecharia a porta, e abriria um sorriso. – Quem é seu mestre? – Falaria com um sorriso sádico.

Se ela falasse algo como “marinha” eu não a daria comida, em vez disso eu daria beberia um pouco da água. Faria o mesmo se eu não sentisse honestidade em sua palavra.Se fosse por ela ter falado marinha:

Então acho que não precisa de água. – Eu pararia por um tempo, e repetiria a pergunta.

Se fosse por falta de honestidade:

Não, não e não. Eu quero honestidade, aceite sua realidade, aceite que eu sou sua única ligação com a vida, todo o resto é mentira, uma ilusão. – Diria em extrema calma, aquela mulher, mesmo quando forte e antes do inicio de seu treino não era um problema. –Eu tornei você minha serva, você serve a mim, sem mim não a vida, você já teria morrido. Quem é seu mestre?

Assim que eu sentisse honestidade na reposta correta, eu daria um pouco da água, apenas um pouco. Então eu faria as três perguntas que ela precisava responder corretamente:

Quem é seu mestre? – Falaria calmamente. Se ela respondesse honestamente e corretamente, eu lhe entregaria toda a água. Se não, começaria a beber ate ouvir uma resposta correta e sincera. A reposta certa era obviamente, eu.

Qual é seu nome? – Diria aproximando a comida dela, usando das mesmas regras, desde que ela respondesse corretamente e honestamente. A resposta ela já sabia pelas seções anteriores de treino, “Weak” era seu novo nome.

Qual o seu dever? – Diria aproximando meus olhos dos dela, e segurando-a pelos pulsos depois que ela tivesse terminado de comer. A resposta estava obvia, era “o que eu ordenasse”, ela já sabia disso também. Se ela respondesse errado, eu lhe daria um tapa, fazendo o mesmo para cada resposta errada e/ou desonesta. E quando ela respondesse honestamente, eu acariciaria gentilmente seu rosto. – Certo, você finalmente passou. Agora se prepare, tudo vai balançar muito.

Então eu sairia do quarto.

Eu iria ate onde estivesse Evangeline, já estávamos longe da ilha. Assim que a tivesse encontrado, eu seguraria o braço dela. – Eu tenho que falar com você. Kallif me deu uma carta, ela é para você, acho que ele realmente se importa com você. – Então eu retiraria a carta e entregaria a Evangeline. – É melhor você se sentar para ler isso.


Depois dela ler. – Acho que você tem algo a dizer a Queen, ou Helena. Aquela mulher parece alguém que guarda bastantes segredos, isso é algo que eu gostaria de descobrir, mas é algo para outro dia. Vocês já podem ir, me avisem quando formos subir a reverse. – Diria indo para o quarto para pegar a Dandara, se estivesse dormindo, a levando na mão, se não só o faria depois de conversar com o Eremita.

Assim que chegasse ao local, eu bateria antes de entrar. Eu entraria com um olhar de respeito para o Eremita, me sentaria em alguma cadeira ou maca. – Parece que falhei mais uma vez com meus aliados, não foi? Eu deveria ter matado aquele gato a primeira vez que vi ele no torneio, mas eles tinham tirado minhas armas. – Diria olhando para baixo. – Ei, Eremita, parece que só sobramos eu, você e Dandara. Eu não faço ideia de como falar que os outros estão mortos. – eu engoliria o seco. – Eu sei que você me falou antes que não importava, mas qual é o seu nome?

Assim que isso estivesse resolvido, eu me levantaria, indo para saída. – Se prepare, vamos balançar bastante. – Então eu subiria e iria ate o quarto onde estava Dandara. – Hora de se preparar, vamos subir a Reverse. – Diria em um tom serio, e um tanto triste. Então eu iria para fora, esperando alguém dizer o que tinha que fazer, se não tivesse que fazer algo, eu voltaria para o quarto onde Dandara tinha ficado dormindo. É melhor ficar seguro nesse momento. Se começássemos a subir, eu me seguraria ao navio.


Histórico do Suchiro:
 
Objetivos:
 

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

narração:
fala
Narração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Auron
Usurpador
Usurpador
Auron

Créditos : 6
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 5010
Data de inscrição : 16/01/2012

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 EmptySab 05 Nov 2016, 03:32

-Desde quando que és conhecida por "Queen" , Helena ? - Indagou uma das Evas em meio à diversas gargalhadas que a deixava até sem ar. Aquilo ficava muito confuso para mim, pois além de não saber diferenciar uma Eva da outra, a "Queen" também não se chamava Queen, e sim Helena. Mesmo descobrindo a verdade, não gostei de ver a garota de madeixas brancas em situação embaraçosa, afinal ao meu ver, aquilo era apenas uma mentira leve. -Do que você está rindo? - Perguntaria extremamente sério e com um olhar de desaprovação. - Todo King precisa de uma Queen ao seu lado, e eu acho que encontrei a minha... - Olharia para Queen - ...Vamos, temos muito trabalho a fazer!


Enquanto caminhávamos para agilizar os preparativos para finalmente zarpar rumo a tão temida Grand Lind, Helena/Queen me justificava que não havia conseguido criar o armamento que havia lhe pedido, o que me deixou um pouco frustrado. - Ok, mas depois eu preciso dar uma olhada em quais tipos de armamentos há neste livro!

Conforme a conversa ia desenrolando, Queen pedia para que eu puxasse a ancora e assim eu fiz. Mesmo tendo um pouco de dificuldades para realizar tal atividade, porém obtive exito no final. Meu olho ardia um pouco, mas em momento algum demonstraria qualquer vestígio de dor na frente de Helena . - Ei Queen, o que você precisa agora?! -Indagaria num tom serio e ao obter resposta, iria para um lugar onde todos pudessem me ouvir. - TODOS EM SEUS POSTOS! A ancora já foi erguida, suspendam as velas e vamos zarpar!!


 Caso Queen mencionasse algo em relação as velas, eu chamaria alguém que estivesse próximo e começaria a erguer as velas caso fosse possível.  Se ela solicitasse alguém para  pilotar, iria atrás de algum piloto e diria: - Você é o piloto correto?! Siga as coordenadas da navegadora, caso precise de algo, avise-me! -  E continuaria serio. - Vamos la seus molengas, quero todos vocês cooperando! Ajudem no que for preciso, não podemos vacilar durante esta travessia!!!


Procuraria sempre algo para fazer, e caso houvesse, tentaria fazer de maneira rápida e eficaz até ver a enorme Reverse Montain. Se eu visse a reverse, olharia fixamente  para a mesma, com um olhar determinado e desafiador, porém nunca com medo. Embora o perigo estivesse lado a lado,  tentaria manter a calma e voltaria para perto de Queen, para caso ela precisasse de mais alguma coisa. - Já chegamos! O que faremos agora?! - Aguardaria uma resposta e faria o que ela solicitou (relacionado a subida).

Em seguida iria em direção ao piloto, verificar se ele conseguia guiar o navio sem precisar de ajudar, caso ele precisasse, perguntaria como funcionava e o ajudaria da melhor maneira cabível. - O que faço para te ajudar?!

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Badass Stars:
 

         
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



•Fala•#333366
•Pensamento•#336633
•Ação•#666666




Não Há Mudança Sem Violencia - Karl Marx  
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t12406-yoroshi-auron
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : Entre a faca e a parede

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 EmptySeg 07 Nov 2016, 13:13

O sol começava a se pôr, as luzes de Lvneel eram de poucas casas e dos tiros e explosões que começavam a ser cada vez mais constantes. O vento começava a soprar cada vez mais forte e qualquer pessoa no barco sentia cada vez mais frio. O ar que saía da boca de cada tripulante começava a se transforma em "fumo".
Num dos quartos, Ashuura estava com o seu brinquedo e parecia disposto a oficializar como seu.
Para o alto, querida. Para o alto. Espere um segundo, eu já volto. - disse Ashuura para aquela que outrora fora uma servidora da lei e justiça. Silenciosamente ela esperou no quarto até o mink regressar com um copo de água e uma saca de salgadinhos. A jovem estava obviamente de água na boca, a fome era de tal forme imensa que dava para escutar o seu estômago suplicando por alimento, fazendo a pobre corar de vergonha.
Quem é seu mestre? - perguntou Ashuura sadicamente.
A jovem estava relutante, manteve-se em por alguns segundos e, após alguns segundos de reflexão finalmente respondeu.
- Você é o meu mestre. - respondeu - Se quero me manter viva, necessito que o meu mestre o permita. - as palavras era carregadas de tristeza e honestidade, um verdadeira banquete para uma pessoa sádica.
- Qual é seu nome? - perguntou Ashuura após dar a água para a serva.
- Sou a encarnação da fraqueza, meu nome é Weak. - respondeu com a cabeça abaixada e com a voz trémula. O mink entregou a comida para a jovem que, com algum receio abriu a saca e começou a comer calmamente e sempre olhando para Ashuura.
- Qual o seu dever? - perguntou o pirata aproximando-se e segurando nos pulsos do seu brinquedo.
- Servi-lo a todo custo, mesmo que custe a minha própria vida. - respondeu.
Certo, você finalmente passou. Agora se prepare, tudo vai balançar muito. - disse Ashuura acariciando a cara de Weak antes de sair do quarto.

Enquanto isso, no quarto de Ryuza e Eva, os dois tinham uma pequena conversa. Sam estava agindo como sempre agiu desde o momento que Ryuza o conheceu, ou seja, se lambendo e depois se deitando no colo de Eva.
O que exatamente você quer dizer com “aquilo” de antes? - perguntou Ryuza num tom cansado. - Se refere a situação como um todo? Ou apenas a parte do conflito?
Eva não respondeu, apenas se limitou a cruzar as pernas e apoiando o seu queixo sobre a mão direita, tapando a boca com os dedos.
- Bem... eu também não sei ao certo, mas pelas coisas que vi e conhecendo a personalidade narcisista e complexada do Auron... Acho que ele tinha planos para conquistar o reino. Algo deve ter dado errado e ele acabou se juntando àquele humanóide perturbado e com alguém da guarda real. - disse o gatuno se sentando na cama, junto de Eva que seguiu os seu movimentos com os olhos - Acredito que meu capitão se envolveu em algo maior do que ele esperava, desde sempre houve sussurros no submundo de Lvneel de que o capitão da guarda pretendia usurpar o trono para si. Pelo visto era verdade.
Ryuza aproveitou para olhar para a janela e, para seu espanto e má sorte, um dos navios marine também estava em movimento, mais especificamente na direcção deles.
A informação do golpe deve ter vazado, o atentado da bomba tinha intenção de minar o poderio da marinha, mas falhou. Acabei me envolvendo por tabela por querer ir a mansão assaltá-la e nisso... Acabei te envolvendo e quase pagou o preço. - continuou Ryuza num tom cansado. Eva segurou a sua mão. Em comparação com as de Ryuza, as mãos de Eva estavam quentes.
Eva suspirou. - Valeu a pena o risco.
Foi um circo de falhas e de informações mal passadas e trabalhos mal cumpridos. A cidade de Lvneel se tornará um inferno completo. - complementou o pirata.
-Lei do mais forte irá prevalecer neste ilha. - disse Eva.
- Mas e você... Irá me contar qual sua relação com aquela tal de Helena? - perguntou o gatuno.
- A Helena... - disse Eva contendo o riso - Digamos que eu evitei que algumas pessoas do mercado negro colocassem uma corda em volta do pescoço dela. Desde aí, ela me deve uma. Ainda não sei o que ela queria fazer com tanto metal.
- Bem... Logo estaremos subindo a tão falada Red Line, devem precisar de ajuda, vamos? - sugeriu Ryuza.
- Sim... - concordou Eva - Mas ainda não me respondeste... - Eva colocou os dedos da mão esquerda nos lábios de Ryuza - Fizeste aquilo porque realmente sentes alguma coisa ou foi apenas um impulso?

Simultaneamente, no convés, Sid começava a ter menos alucinações, embora ainda ser capaz de ver Jão. Auron se preocupava em prestar assistência à sua Queen.
- Ei Queen, o que você precisa agora?! - perguntou Auron.
- É necessário segurar as velas com toda a força e mantê-las firmes, o menor descuido fará com que não cheguemos inteiros do outro lado. - avisou Queen.
- E ai parça. - cumprimentou Sid. – Relaxa. Ele é de boa.
- Vejo que arrumou uma gatinha... - disse Jão de forma brincalhona.
Então brother, e agora? Eu te tirei daquela ilha e vou te transformar em meu companheiro canino. Mas eu preciso saber... Cê vai me levar praquela plantação eventualmente não? Ela fica na Grand Line? - perguntou o pirata.
- AH, CLARO! - disse Jão - Na realidade podes a planta em qualquer livro de ervas ou seja lá o que for... Mas mantendo o foco, a planta cresce em ilhas tropicais mas apenas na última ilha da Grand Line é que a verdadeira plantação existe. Um imenso mercado negro comercializa esta planta tão querida e proibida em muitas ilhas.
- Pera... Existe mais daquilo?! - perguntou Evangeline interessada.
- Yup... O nome é "Cannabis sativa" caso estejam interessados.... - Jão apontou para os navios da marinha - Parece que vão ter problemas.
Sid viu que existia um navio da marinha que ia na mesma direcção que eles, com certeza não era algo bom para piratas.
Ei... Galera... Aquilo ali parece perigoso? - perguntou Sid chamando a atenção de Auron e Queen.
- Sim... E muito... - disse Queen.
- TODOS EM SEUS POSTOS! A ancora já foi erguida, suspendam as velas e vamos zarpar!! - disse Auron.
Nesse mesmo momento Ashuura chegou no convés e viu o navio se aproximando, no entanto, foi ter com Evangeline.
Eu tenho que falar com você. Kallif me deu uma carta, ela é para você, acho que ele realmente se importa com você. - disse Ashuura. - É melhor você se sentar para ler isso.
- Depois eu leio... Acho que temos problemas maiores... - disse apontando para o navio da marinha e para depois a grande subida de água que aparecia na frente deles. A reverse mountain. - Acho que preciso ter a mente concentrada para o que vem agora... QUEEN! ESTA PORCARIA NÃO TEM CANHÕES?! - gritou Evangeline, obviamente ela parecia estar quase sóbria.
- Apenas um pequenos canhões de borda... - disse Queen - Mas temos muitos barris de pólvora, cerca de 15 deles, para não falar de existirem vários mosquetes nos quartos. 5 em cada quarto, para ser mais expecifica.
Evangeline olhou para Queen estupefacta.
- Eu gosto de estar prevenida... - justificou-se Queen.
- A brande de neve tem uma ótima arma para ti, acho que não se importará em te emprestar. - disse Evangeline para Ashuura, mais como se estivesse ordenando - Vai chamá-los e eles que se preparem.
Aos poucos, a chuva começou e parecia que iria piorar com o tempo. Um verdadeiro temporal se aproximava e bastante sorte os piratas iriam precisar.

Off: Tá ai, acho que não errei nada e acho que ficou claro, mas se não tiver ficado claro, me avisem que eu explico e até mudo aqui se pá.

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryuza Ying
Pirata
Pirata
Ryuza Ying

Créditos : 13
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 10010
Masculino Data de inscrição : 05/02/2012

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 EmptyQua 09 Nov 2016, 10:57

Ryuza olhava para Sam de vez em quando enquanto falava, o lince agia de forma muito similar a um gato domesticado, isso chegava a ser um tanto estranho, mas nada naquele mundo de fato fazia sentido. O gatuno olhou para Eva, tão bela e imponente, ela cruzou suas pernas, pois as mãos em frente ao rosto, Ying quase se perdeu em sua fala porque se pegou imaginando como alguém tão bela poderia ser tão perigosa. Concluiu depois, que aquele ditado estava correto, os piores venenos vêm das flores mais exuberantes.

Ele prosseguiu com o que pretendia falar, a receptora ficou calada, atenta ao que se estava tentando comunicar. O pirata olhou para a janela de relance e viu algo que não lhe agradou em nada, mas não se assustou, manteve a calma e concluiu seu raciocínio, passando a vez para Eva falar.
As mãos da garota tocaram as suas, Ryuza sentiu o calor que emanava delas. - Valeu a pena o risco. - Disse ela com um suspiro. - Lei do mais forte irá prevalecer neste ilha.
- A Helena... - Algo naquilo fazia com que ela tivesse vontade de rir, mas ela soube se conter. - Digamos que eu evitei que algumas pessoas do mercado negro colocassem uma corda em volta do pescoço dela. Desde aí, ela me deve uma. Ainda não sei o que ela queria fazer com tanto metal. - Metal? - Perguntou-se Ying.

Já tinham conversado bastante, e a sombra do navio da marinha pairava sobre eles, precisavam ir lá fora e resolver aquele problema, mas Eva ainda tinha uma pergunta.
- Sim... mas ainda não me respondeste... - A jovem pois seus dedos nos lábios do gatuno. - Fizeste aquilo porque realmente sentes alguma coisa ou foi apenas um impulso? - De cara Ryuza se surpreendeu, coração acelerado e tudo mais, mas depois, sorriu.




-Claro que foi por impulso. - Respondi com um sorriso, observando com atenção sua reação. - O que não quer dizer que eu não sinta algo por você. - Tomaria sua mão na minha e beijaria seus dedos e em seguida sua mão. - Gostaria de poder fazê-lo de novo, mas temo que temos problemas a tratar. - Tendo dito isso eu me levantaria e caminharia para fora do quarto, indo em direção ao convés.
Desde antes já dava para ouvir parte das coisas que se conversava lá fora, mas cheguei apenas para ouvir os últimos relatos. - Apenas um pequenos canhões de borda... - disse Queen - Mas temos muitos barris de pólvora, cerca de 15 deles, para não falar de existirem vários mosquetes nos quartos. 5 em cada quarto, para ser mais especifica.

-Pelo visto já tomaram conhecimento do navio inimigo. - Caminharia para perto de Auron. - Quais são as ordens, capitão? - Havia, é claro, um tom de sarcasmo em minha fala, mas não duvidada da capacidade do rei de elaborar planos. Pegaria o binóculos que tinha roubado e caminharia até a popa da embarcação usaria o item para observar melhor o navio inimigo, buscaria por qualquer informação que fosse útil, em seguida passaria o binóculo para Auron.

O clima estava tenso, a chuva caia e a reverse mountain se aproximava. - Nem sequer pensem em lançar esses barris de pólvora quando estivermos na reverse, a correnteza os lançaria diretamente para nós, se vamos fazer algo, façamos enquanto não começamos a subir! - E assim o faria, iria até onde estavam os barris de pólvora e pegaria dois deles (caso conseguisse carregar, do contrario pegaria só um). - Eva, me traga alguns daqueles mosquetes! - Se o mar ainda estivesse com uma correnteza estável eu mesmo lançaria os barris da popa e pegaria a arma que a Eva trouxe, ficaria atrás de uma cobertura e esperaria que o navio da marinha se aproximasse do barril, assim que acontecesse, eu começaria a atirar tentando acertar o barril, não me limitaria a atirar uma só vez, como minha mira não era lá muito boa, eu atiraria o quanto fosse necessário.

Se a correnteza já estivesse virando eu deixaria para que Auron arremessasse os barris, visto que ele tinha muito mais força que eu. Meus disparos agora seriam nos barris e no próprio navio inimigo, tentando acertar qualquer coisa ou qualquer pessoa, eram os famosos tiros de supressão. Se fosse necessário atiraria até mesmo com os revolveres que tinha comigo.
Durante todo o momento eu andaria com firmeza, usando de meus talentos acrobáticos para me manter equilibrado, se houvesse algum solavanco eu me agarraria ao apoio mais próximo, se não houvesse, eu puxaria minha adaga e a cravaria na madeira do barco e me seguraria com força.
Se algum dos meus companheiros precisasse de ajuda eu não hesitaria em ir até ele e o segurar com uma das mãos e cravar minha adaga em uma superfície com a outra, mas é claro, isso não incluía o mink.

Recarregaria os mosquetes ou trocaria quando as balas acabassem. Ficaria atento para os disparos inimigos, correria para longe do local onde fosse acontecer o impacto e me segurar em algo, me manteria atento em Eva, sempre preparado para protegê-la e livra-la de danos. - Eva! Dê as instruções de para onde a Helena deve manobrar! - Gritaria para minha lady. Como Queen tinha que olhar para frente, alguém que estava vendo o navio da marinha tinha que guiá-la.

Se mesmo com tudo isso o navio da marinha não recuasse, eu me dirigiria até o local onde estava um dos canhões de borda, me segurando em todas superfícies enquanto andava, usaria de meus conhecimentos de armadilha para desafixar o canhão do seu local de encaixe, se é que isso seria possível, usaria das ferramentas que estivessem ao redor ou destruiria a madeira ao redor de sua base com cortes e golpes com uma ferramenta pesada (se tivesse). Feito isso, eu levaria o canhão até a popa, ou pediria a ajuda de Auron.
No mais, eu seguiria as instruções extras dadas pelo meu capitão.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

>>narração<<
||pensamento||
::Minha fala::
**Fala da Fantasia**


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Auron
Usurpador
Usurpador
Auron

Créditos : 6
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 5010
Data de inscrição : 16/01/2012

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 EmptyQui 10 Nov 2016, 03:26


- É necessário segurar as velas com toda a força e mantê-las firmes, o menor descuido fará com que não cheguemos inteiros do outro lado. - Ouvindo a seguinte instrução, imediatamente me dei conta de  que aquela seria uma situação bastante complicada, porém nada neste mundo poderia me parar num momento como aquele.

A chuva caia forte e ao molhar meu cabelo por completo, o mesmo passava a escorrer pelo meu rosto, atrapalhando um pouco minha visão, afinal o meu outro olho estava vendado.  Devido a isso, colocaria minha franja para trás da orelha e correria em direção as velas do navio para fazer o que Queen havia pedido. Enquanto me locomovia rapidamente em direção ao meu objetivo, pude perceber que aquela imensa montanha ficava cada vez mais perto e toda sua imponência natural, parecia querer nos engolir, o que por um momento me fez ter um pequeno tremor, dilatando levemente minhas pupilas enquanto a olhava.

Ter medo naquela ocasião não era algo bom,  afinal nada poderia dar errado ou então nossos sonhos acabariam antes mesmo de começar, e com toda certeza do mundo eu não estava disposto a desperdiçar minhas ambições naquele lugar. Assim que cheguei no objetivo final, as velas, pude perceber que não estávamos sozinhos ali, a marinha estava em nossa cola e certamente aquilo ficaria cada vez mais difícil.


O pano amarrado em meu rosto já me atrapalhava bastante também, pois estava encharcado e também não fixava mais em meu rosto, levando a um desconforto extremo. Rapidamente removi o mesmo dali e ficando bastante irritado com o caminho que as coisas estavam tomando, comecei a agir. -TODOS VOCÊS! NÃO PODE HAVER NINGUÉM PARADO! O INIMIGO ESTA EM NOSSA COLA E PRECISAMOS SUBIR ESTA MONTANHA! - Tiraria o excesso de água no rosto  e continuaria falando. - PRECISO QUE OS ATIRADORES SE POSICIONE EM SEUS POSTOS E TODOS AQUELES QUE POSSUAM UMA BOA MIRA, AJUDEM-OS..! - Começaria a segurar as cordas das velas com muita força, tentaria fazer os movimentos de maneira exata como Queen solicitou. -...QUEM NÃO FOR BOM DE PONTARIA, E SEJA FORTE O SUFICIENTE, AJUDE-ME NAS VELAS..! - As veias do meu braço começariam a dilatar com a força do vento, porém resistiria firme e forte, não exitando em nenhum momento sequer. -... QUEM NÃO FOR BOM EM NADA, AJUDE OS ATIRADORES, PASSANDO-LHES AS BALAS DE CANHÃO...!! - Mesmo que estivesse sozinho segurando as velas, tentaria segurar uma com cada um dos meus braços, caso tivessem duas, e mesmo que meus músculos doessem de tanto segurar, mesmo que minhas mãos sangrassem em atrito com as cordas, mesmo que meus punhos se partissem ali, eu jamais soltaria aquelas cordas. - ... GRAND LIIIIIIIIINEEEEEEEEEEEEEE!!!!!!!!!! -

Durante minhas palavras, claramente estaria usando minhas habilidades de liderança e estrategia para guiar o grupo ao exito, embora não tenha sido uma experiencia nova para mim, pois liderava grupos desde sempre, mas com certeza sem duvida alguma aquele momento era um dos mais importantes dos que eu ja vivi até hoje. Minha vontade de vencer era faminta como um leão selvagem, nossos esforços de maneira alguma poderiam ser em vão, e eu estaria disposto a pagar o preço que for para que eles não sejam.

Caso faltasse homens suficientes para segurar as velas, mesmo eu segurando uma corda com cada braço, andaria vagarosamente, afinal minhas forças estariam completamente concentradas nos braços para manter as velas firmes, e caso estivesse alguma corda sem esta firme, eu a morderia e tentaria mante-la firme com a força da minha boca. Mesmo que o dente de humano não é amolado o suficiente para parti uma corda(molhada), prestaria bastante atenção para que a mesma não se rompesse, mas caso eu percebesse que aconteceria, pararia imediatamente. Caso eu notasse que seria uma pratica segura, manteria as cordas bem tesas, usando os braços e boca, fazendo com que minhas veias dos braço e pescoço saltassem cada vez mais em meio a todo aquele esforço. -AHHHHHHHHGGGGGG!!! - (Urro abafado pela corda molhada entre os dentes)

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Badass Stars:
 

         
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



•Fala•#333366
•Pensamento•#336633
•Ação•#666666




Não Há Mudança Sem Violencia - Karl Marx  
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t12406-yoroshi-auron
Suchiro
Pirata
Pirata
Suchiro

Créditos : 6
Warn : Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 10010
Masculino Data de inscrição : 12/02/2013
Idade : 21

Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 EmptyQui 10 Nov 2016, 12:11

GET READY MEN!




Aquela chuva, o movimento do navio, aquilo estava se mostrando o ápice daquela historia, e eu achando que já tínhamos passado do ponto, quando do nada eu escuto lindas palavras de Queen...POLVORA. Não havia como conter o sorriso e a alegria, matar marines é o que faço, e matar com explosões é muito melhor. Lembre-se do importante, isso é tudo um simples jogo, e eu amo esse maldito jogo.

Eu correria a procura da Eva de cabelo branco, um novo brinquedo, sempre gosto de melhorias. – Me disseram que você tinha um novo brinquedo para mim. – Diria com um sorriso de orelha a orelha, com meus olhos já em tom vermelho. Eu checaria quantas balas cabiam nessa arma, e carregaria, se já não estivesse carregada e a albina me desse as balas. Logo depois de pegar a arma em mãos, eu pegaria um barril de pólvora e iria em direção a um dos canhões, o que estivesse mais bem posicionado, isso se ainda não houvesse ninguém nesse. Deixando já apontado para o navio marine. Deixaria minha nova arma nas minhas costas, ainda não a usaria.

Eu colocaria a primeira bola de canhão, e depois ficaria sentado com as costas contra o navio. – SENHORAS E SENHORES É EM MOMENTOS COMO ESSES QUE EU ME PERGUNTO... – Faria uma prevê pausa. – SERÁ SE DEIXEI A FORNALHA ACESSA? – E nesse mesmo momento eu faria o primeiro disparo mirando bem no centro do navio inimigo.

Eu me levantaria para ver se havia feito algum dano, então me afastaria da beirada do navio, segurando o barril, eu desceria os braços e então subiria jogando o mais forte possível na direção do navio inimigo, se já houvesse algum buraco ou falha no casco causado por outro, ou houvesse algum outro barril próximo ao navio inimigo, seria lá que eu jogaria. Nesse instante eu voltaria para minha posição próxima ao canhão, sacaria minha nova arma, colocando ela apoiada no navio para ter uma mira mais estabilizada, e então atiraria no barril que havia jogado, se ele estivesse onde pudesse causar dano ao navio marine, se não atiraria em outro barril ou em ultimo caso em algum marine que conseguisse ver, o de maior patente de preferencia.

Se ninguém tivesse reabastecido o canhão como o Auron tinha ordenado, eu continuaria com a minha arma nova. Sempre procurando atirar nos barris, ou se não, uma coisa acabara de me vir a cabeça. Se não houvessem mais barris ou canhão carregado, bastava apontar para os marines que iriam ter que manter as velas do navio aberto, já que assim como nós eles precisavam mantê-las abertas para subir. Parando limpar a mira e tirar a agua da chuva da mira a cada disparo, eu o faria, sujaria as velas do navio da marinha com o sangue de marinheiro.

No caso de tiros ou disparos de canhões vindo na parte do navio que eu estava, tudo que eu poderia fazer era dar um rolamento para sair da área da bola de canhão, e chutando algum barril de pólvora que também pudesse ser atingido, assim impedindo que fossemos todos pelos ares.

Quando o navio desse grandes balançadas, eu manteria minha cauda segurando-me ao navio, se algum balançar fosse muito forte, eu pararia de atirar para segurar no navio com minhas garras. Se eu visse qualquer sendo jogado do navio, eu o tentaria segurar com um de meus braços, sem nunca soltar o outro braço e a cauda do navio.


Histórico do Suchiro:
 
Objetivos:
 

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

narração:
fala
Narração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.   Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição. - Página 25 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Cap 3 - O Ultimo Monstro. Vingança, Conquista e Destruição.
Voltar ao Topo 
Página 25 de 27Ir à página : Anterior  1 ... 14 ... 24, 25, 26, 27  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Lvneel Kingdom-
Ir para: