One Piece RPG
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» A primeira conquista
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor Rangi Hoje à(s) 15:39

» Art. 4 - Rejected by the heavens
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 15:32

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor gmasterX Hoje à(s) 15:25

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor GM.Muffatu Hoje à(s) 15:14

» Seagull Newspaper - Tiranos
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 15:02

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor K1NG Hoje à(s) 14:58

» BOOH!
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 14:44

» [M.E.P][MINI-doflamingoPDC]-Busca por orientador
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor Doflamingo pé de caximbo Hoje à(s) 14:19

» Kenzö Tenma
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor K1NG Hoje à(s) 14:14

» [MINI-DoflamingoPDC] A pantera negra da ilha montanhosa
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor Doflamingo pé de caximbo Hoje à(s) 14:12

» 10º Capítulo - Parabellum!
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 14:06

» Um Destino em Comum
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 14:01

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 13:33

» The Hero Rises!
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor Achiles Hoje à(s) 13:29

» Ideias para missões/plots - Utilidade pública
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor Skÿller Hoje à(s) 11:34

» MEU TOPICO
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor ZORO.MP3 Hoje à(s) 10:24

» ZORO
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor ZORO.MP3 Hoje à(s) 10:21

» [KIT] Hisoka
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor Veruir Hoje à(s) 10:06

» [LB] O Florescer de Utopia III
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor GM.Midnight Hoje à(s) 09:43

» Kit kenshin
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Emptypor Blum Hoje à(s) 07:46



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu!   1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 EmptyQua 23 Mar 2016, 10:50

Relembrando a primeira mensagem :

1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu!

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) civis Marciano e Far. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Alê
Narrador
Narrador


Data de inscrição : 12/07/2015

1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu!   1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 EmptyQui 02 Jun 2016, 23:09

– Bell não solte a prefeita! – ordenou Masimos.

Após tal ordem, o tritão soltou o baú o qual carregava contendo o dinheiro da troca de reféns e pegou o homem que havia invadido e atrapalhado os planos do homem-peixe.

– Acorde inútil! Sua alma será um presente para a Deusa da Morte... Ela irar tortura-lo até que sua alma seja completamente despedaçada, pela sua audácia em tentar estragar meus planos! – recitou o tritão, com tais palavras, que pareceram mais um discurso final para o home que acabava de acordar.

Com um movimento frio e desumano, o tritão tentou quebrar o pescoço do homem ali mesmo, rapidamente. O capitão, ao perceber tal ação do tritão, partiu em direção, correndo, ao tritão, porém foi impedido pelo barulho de explosão que vinha da prefeitura.

Os explosivos de Dan faziam o seu papel explodindo toda a entrada da prefeitura, restando apenas alguns pilares de pé. Distraído com tal assombro, o Capitão esquecera, por segundos, a vida do homem, seu mestre, que nesses segundos esquecidos, friamente perdeu a vida, na frente de seu pupilo.

– Nosso acordo era os reféns dentro da prefeitura, ele não era um refém, mas a prefeita sim! Pode soltar ela Bell! – ordenou o tritão após o feito desumano e lagar o homem ali mesmo.

- Ah, ta de brincadeira né? Ei Homem peixe, você acabou de matar a única diversão que eu tinha. Não sei se você lembra, mas esse aí era meu! – reclamou Bell ao ver tal cena.

Com completo desinteresse, Bell soltou a prefeita, a qual correu em disparada ao amontoado de marinheiros. O espadachim, tranquilamente caminhou em direção ao navio após a liberação.

- Homens, todos vocês, levem a prefeita em segurança e averigue essa bagunça na prefeitura, eu chego daqui a pouco... – ordenou o capitão aos seus subordinados.

Enquanto o capitão dava as ordens, Masimos entrou na embarcação com seu Baú. Bell, inteligentemente, soltou as cordas necessárias e entrou para o interior da embarcação, onde estavam Dan, Suzuki, Kawasaki e um membro bem “exótico” do bando, a fim de levantar a âncora.

Bell lembra que o capitão da marinha lhe atacou? Nada mais justo que devolver o favor a ele correto? A destruição da prefeitura é um presente nosso, para que eles entendam com quem estão lidando! Dan a ilha mais próxima dessa é Ilusia se não me engano! É para onde estão indo? – questionava o tritão, uma vez dentro da embarcação.

- Se eu quisesse dar o troco faria com as minhas próprias mãos, não acha? Como gostaria de ter feito, com o cientista. Na verdade aquela merda toda... Foi apenas para inflar esse seu ego ainda mais. – retrucou o tatuado.

- Unhuhu! Ilusia, meu bem, vamos para a ilha do luxo! Ah, percebi que são homens honrados... fico bastante excitado em conhecê-los! – exclamou um estranho para Bell e Masimos.

O homem era loiro, usava roupas apertadas negras e um óculo que reforçava sua personalidade feminina. O okama caminharia em direção ao setor de comando do barco.

- TRITÃO! VOCÊ HOJE ESCAPARAM! MAS ALGUM ESQUADRÃO VAI PARAR VOCÊS, E VERÃO QUE UM DIA IRÃ CAIR. – bradou o capitão da marinha dando as costas pada Dnga

- Pra onde vamos? Unhuhuhu! – questionou novamente?

Okama:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 48
Warn : 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu!   1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 EmptySex 03 Jun 2016, 02:46

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

~ A Morte é apenas o começo! ~

A explosão literalmente acontecia, não existia mais prefeitura na cidade, restando apenas escombros para contar a história. A marinha acabou sendo distraída como o tritão esperava após ter matado o cientista pelos acontecimentos anteriores. Masimos havia entrado no navio e ouvido as falas de Bell sobre querer matar o cientista, de certa maneira o gigante acabou privando o espadachim de sua vingança, não havia pensando que o mesmo daria bola para tal sentimento, porém Bell também falava sobre encher o ego do tritão. Aquelas falas fez o Titã parar e pensar. “Ele parece frustrado... pelo fato de eu ter matado o homem! Tirei o direito de vingança dele. Não tinha pensado por esse lado! Apesar de eu ter motivos para matar aquele sujeito. ” O tritão ficava pensativo durante um tempo, porém antes que pudesse argumentar com o espadachim tatuado, outro membro do bando da raposa bêbada aparecia, esse era um tanto quanto estranho, mas quem era Masimos para julgar aparências, não é verdade?!

O homem de madeixas louras falava com Titã e Bell demonstrando cortesia em suas palavras, mas logo em seguida o capitão da marinha esbravejava em voz alta como se estivesse ameaçando o tritão. “Humpf... talvez não seja tão inteligente assim, capitão da marinha! ” Pensaria deixando um leve sorriso percorrer seus lábios, seu lado arrogante como de costume surgia, mas dessa vez apenas em seus pensamentos. Aquele mesmo homem de cabelos louros perguntava para onde iriam, supostamente afirmava que os piratas não possuíam uma rota especifica. Masimos fintou o homem e lembrou quando Suzuki falou sobre um dos membros ter ficado dormindo no navio. – Você deve ser Ray, correto? Sou Masimos! Trace o rumo para Ilusia o mais rápido possível. O tritão proferiria para o louro, respondendo à pergunta do homem afeminado. Caminharia em direção a Bell e falaria com o espadachim, referente as falas que o humano havia dito. – Bell! Confesso que fiquei aborrecido com aquele cientista. Aquele homem quase estragou meu plano e no momento, o sangue subiu à cabeça! Aceite minhas desculpas! Você foi de grande ajuda... gostaria de lhe contar algo, mas antes o que acha de contar o dinheiro? Você parece ser apegado a isso! Falaria enquanto olhava nos olhos do espadachim. Masimos percebia as habilidades de Bell, sabia que o humano era diferente e que poderia ser um bom parceiro futuramente, fora que ele havia ficado intrigado com o que o tatuado havia feito na frente da marinha. Enquanto Bell contaria o dinheiro até mesmo para fazer a separação entre: Masimos, Bell, Dan, Suzuki e Kawasaki. O capitão não tinha feito muita coisa, todavia estavam saindo da ilha no navio dele, já bastava a carona.

Caminharia até próximo da borda do navio puxando seu barril e tomando seu conteúdo. A água era sem dúvidas excelente para lubrificar a garganta e matar a sede de Howker. – Bell já ouviu falar da Deusa da Morte? Perguntaria para o espadachim a fim de puxar conversa. Colocaria de volta o barril amarrado em sua cintura e puxaria em um de seus bolsos um dos charutos que havia pegado. – Dan tem fogo? Perguntaria para o atirador, pois provavelmente ele seria o mais apropriado a ter, pelo menos era o que o tritão achava. Na hipótese de sim, iria até o humano e acenderia seu charuto e voltaria até a borda mais próxima de Bell no navio. Colocaria o charuto entre seus lábios roxos, tragando o conteúdo do fumo e deixando o fogo na ponta do tabaco queimar ferozmente. Era uma sensação prazerosa, pois muita coisa tinha acontecido, tanto estres e mortes... que apenas um fumo aliviaria a pressão, apesar de Masimos não ser viciado era um momento que o tritão apreciava, pois, seu plano apesar de alguns imprevistos, havia sido concluído. Puxaria outro charuto e ofereceria para Bell. – Não é dos melhores, mas serve nesse momento! Caso o espadachim aceitasse, voltaria a se escorar na borda e olhar para o mar, enquanto ouviria a resposta do homem tatuado.



Histórico:
 

____________________________________________________

~Fala / Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conquistas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Far
Pirata
Pirata
Far

Créditos : 53
Warn : 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 05/07/2015
Idade : 22
Localização : Your worst nightmare

1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu!   1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 EmptySab 04 Jun 2016, 20:10

Traveling 1
A estrutura da prefeitura desabava abrindo uma brecha para que o grupo escapasse, e apesar de Bell não gostar muito da ideia, no momento o efeito de distração causado estava sendo bem oportuno, portanto não havia sobre o que reclamar. Apoiava-se sobre o corrimão do barco observando a agitação do mar, desviando o olhar rapidamente para o integrante de voz fina e cabelos loiros que se pronunciava, consequentemente ouvindo o que o mesmo possuía a dizer. Por algum motivo o espadachim não gostava muito do novo homem, talvez pelo seu jeito de agir utilizando palavras como honrado, pois não gostava de ser considerado com essa característica, afinal quem pode temer um homem honrado? Não que isso fosse um problema, mas esse era seu modo de pensar atualmente.

Após a analise rápida das palavras, voltava novamente sua atenção até os destroços da prefeitura e o desenrolar da situação, até porque de certa forma aquela destruição lhe trazia uma satisfação anterior. Haviam passado por tantos problemas e agora estavam todos ali, com o dinheiro em mãos e sem nenhuma perda considerável, ou sabe-se lá o que o destino reservava a mais para esses piratas. De qualquer forma não passava muito tempo nesse pensamento, pois logo após o tritão terminar sua conversa com o loiro, se aproximava de Bell esclarecendo a situação e pedindo suas desculpas. Algo muito inesperado, pois quem poderia imaginar que Masimos com toda a frieza em seu coração, de fato viesse pedir desculpa? Talvez para ele fosse realmente necessário, reconhecendo as habilidades do tatuado, e isso lhe animava.

- Haha, quem imaginaria que o tal do escolhido da morte se sentisse arrependido. - Responderia as palavras do tritão com uma brincadeira, tentando quebrar o clima de velório que provavelmente estaria no momento, enquanto abria um leve sorriso de canto de boca. - Tudo bem Masimos, afinal de contas ele não vai voltar apenas para escolher quem vai mata-lo outra vez... - Acrescentava ironicamente, elevaria sua face em direção ao céu e fechando seus olhos por um breve momento, respirando o ar puro misturado a maresia característica de regiões litorâneas. Logo em seguida abriria seus olhos e voltava a si, para dar continuidade a conversa. - O importante é que conseguimos. Quanto ao dinheiro, eu já contei quando estava retirando do cofre. Se estiver certo, aí deve ter 7 milhões de berries haha.

Acabando a primeira conversa, já parecia ser o suficiente, mas o tritão continuava a falar de sua crença na Deusa da morte, algo que o espadachim não possuía o mínimo interesse e exatamente por isso resolvia deixar claro isso antes de prosseguir a viagem. - Não acredito em Deuses camarada, pois se alguém deve mudar algo nesse mundo são os homens! - Respondia mostrando seus pensamentos perante o que Masimos acreditava, gesticulando com a sua mão direita, a qual pressionaria com força demonstrando o poder que cada um tem em seus próprios punhos.- Você já viu algum "Deus" interferir nas desgraças, ou até mesmo na felicidade de alguém? Não, e nunca verá meu amigo. Cada um faz o seu destino com as próprias mãos, basta querer. - Finalizava o discurso, tentando ser compreendido.

Independente da reação do tritão, tomaria em mãos o charuto que lhe fora oferecido, aceitando as desculpas e uma espécie de pazes entre os dois, logo vasculhando seu bolso até achar o isqueiro para utiliza-lo no tal charuto. Bell nunca havia fumado um charuto, portanto não fazia a mínima ideia do gosto e isso acabava chamando sua atenção para prova-lo rapidamente, sendo assim logo que estivesse com o isqueiro em sua posse acenderia o objeto levando-o a boca. Tragaria algumas vezes, aderindo a nova fumaça até seu pulmão para testar esse novo tipo de fumo, por outro lado caso o tritão não houvesse conseguido acender o seu, lhe daria uma força acendendo o charuto que já estava aceso.

- Muito bom, parece que serve mesmo. - Diria tocando o charuto sobre o corrimão, para que a cinza caísse no mar.

Quando o diálogo amigável finalmente chegasse a seu fim, observaria seus arredores para ver a localização dos demais membros do grupo, percebendo também que o tal loiro cuidava da navegação e portanto não precisava se preocupar com essa parte. Mas, como ainda possuíam uma boa viajem pela frente, Bell decidia procurar Kawasaki e quem sabe aprender algo sobre luta com ele, afinal conhecimento de batalha nunca se é demais. Não possuía plena certeza se o capitão iria querer ajuda-lo, mas possuía suas formas de convence-lo caso fosse necessário, logo prosseguia até onde quer que ele estivesse iniciando um diálogo.

- Ei, Kawasaki, parece que você sabe muito bem como usar seus punhos em uma luta. Infelizmente minhas técnicas são apenas com a espada, mas quem sabe você não possa me ensinar? - Falava de uma forma um tanto quanto mais formal que o usual, mas tentava fazer o que fosse necessário para adquirir mais poder. Se por algum motivo ele recusasse a proposta, pegaria uma garrafa qualquer de bebida, uma que encontrasse ali perto mesmo e levantaria até a visão do pirata. - Eu tenho uma garrafa de bebida, se me ajudar ela é sua! Haha. - Provavelmente era um plano fútil e simples, porém Kawasaki havia se mostrado completamente superficial quando se trata de bebidas, e o espadachim apenas tentava se aproveitar disso para alguns benefícios.

Histórico:
 

Thank's [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


____________________________________________________


Fala (#B22222 - FireBrick)
Pensamento (#4682B4 - SteelBlue)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu!   1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 EmptyTer 07 Jun 2016, 21:20

A explosão deixava uma cena totalmente infernal na ilha. A cada metro que a embarcação se afastava do porto, menos podia se escutar os gritos das donas de casa clamando por piedade divina e os homens se organizando para apagar o fogo.

Os ventos estavam renovados, por mais que o tritão e sua trupe se saíssem bem naquele momento, a “Deusa da Morte” aparentava estar batalhando ferozmente pela sobrevivência dos homicidas no território celeste.

– Você deve ser Ray, correto? Sou Masimos! Trace o rumo para Ilusia o mais rápido possível! – respondeu o tritão ao loiro.

- Kawaiii, sim senhor! Capitão Peixinho-kun! – respondeu o “homem” correndo em direção ao leme.

Após caminhar em direção ao tatuado e lhe falar seus anseios em relação ao que aconteceu e o que foi dito pelo capitão, Masimos foi taxado como arrependido de maneira irônica pelo espadachim, o qual sempre salientava a quantia obtida com tal plano.

Após tal indagação mútua, o tritão, próximo à borda, questionou Bell sobre a “famosa” Deusa da Morte, citada diversas vezes pelo tritão. Explanada a visão de divindade por parte do tatuado e uma lucrativa conversa, ambos aparentavam mais aliados que antes, mostrando que a ação conjunta teve mais lucros que a simples conquista de dinheiro, ora, compartilhar um charuto não é qualquer ação “amigável”. Após tal diálogo, o tatuado partiu na direção do grande capitão do navio o qual pegava carona, o capitão Kawasaki, a “Raposa Bêbada”.

- Ei, Kawasaki, parece que você sabe muito bem como usar seus punhos em uma luta. Infelizmente minhas técnicas são apenas com a espada, mas quem sabe você não possa me ensinar? – questionou o espadachim.

O capitão aparentava não ligar pra Bell. Olhando para o mar, o home viajava em suas memórias ou apenas distraído por efeito alcóolico. A cada gole o homem balançava.

- Eu tenho uma garrafa de bebida, se me ajudar ela é sua! Haha! – complementou o espadachim à sua oferta.

Tais palavras aparentavam surtir efeito no homem. Após ouvir a palavra bebida o homem olhou subitamente para o tatuado e soltou uma leve risada antes de voltar a olhar o mar.

- Bell, certo? Vocês são bem... Sujos! Tudo o que fizeram... Kyhaha! Que bagunça! Eu não sou bom... Longe disso, mas lutar... Você tem que saber, não é uma coisa que se aprende do nada, você tem que viver o momento, se conectar com a natureza, ser com uma raposa... Por mais que seja considerada um animal “fofo” – pausou para beber – Guarda dentro de si um animal completamente insano, que quando está no auge de sua loucura, luta sem nenhum escrúpulo por seu objetivo, ou presa... Não sou um mestre, mas gosto de bebida, então ok... – respondeu o homem.

Os ventos pareciam brigar entre si. Toda a plataforma marítima estava livre. Dan estava próximo a Masimos. Suzuki falava com Ray sobre algum tema da viagem. O mar estava calmo, porém tendia a ficar bravo.

- Acho que teremos problemas à frente! – exclamou o okama navegador apontando para as nuvens carregadas à frente.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 48
Warn : 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu!   1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 EmptyQua 08 Jun 2016, 00:16

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

~ A Morte é apenas o começo! ~

Um breve diálogo entre o humano tatuado e o tritão carpa iniciava. Masimos havia pedido desculpas e Bell acabou ficando surpreso ao ponto de brincar com o peixe de pele roxa. O tritão deixava um leve sorriso sair de seus lábios, sua personalidade era arrogante na maioria das vezes, isso não podia negar, possuía um bom intelecto também e sua insanidade apenas agregava em uma originalidade única! Não era algo vergonhoso pedir desculpas, pelo menos não para o tritão, pois até mesmo os mais ilustres renomados deuses podiam cometer erros, porque o tritão não poderia também?!

Apesar de Bell levar na esportiva as palavras do tritão gigante, Titã tentava argumentar sobre sua crença com o jovem espadachim, porém antes mesmo que pudesse aprofundar o assunto, o sujeito pronuncia-se sobre seus ideais e Masimos lhe escuta logicamente. Após o humano tatuado terminar de falar, Howker ficou pensativo durante alguns minutos, não lhe respondendo nada, Bell aceitava o charuto ao aproximar-se. Não era a primeira vez que alguém dizia aquilo para o tritão, insinuar que não acreditava em Deus ou deuses, mas é logico! Titã também não acreditava, até ser salvo pela própria Deusa e ainda ser escolhido por ela, pelo menos era o que sua mente intelectual acreditava devotadamente.

Masimos iria espalhar sua crença, mas não era algo que possuía pressa até porque, para fazer isso teria que ser conhecido pelos mares, para então acreditarem em suas palavras. Bell poderia mudar de ideia, bastasse tempo e fatos prováveis aos olhos do humano! Possuindo isso, Howker poderia provar seus argumentos, porém isso está em um futuro mais adiante. “Humpf... nossos destinos são traçados pelas nossas mãos... mas não quer dizer que a deusa não possa intervir em nossos caminhos! A diferença está naqueles que são fieis a sua crença. ” Masimos pensaria enquanto aproveitava seu charuto, aquele tabaco causava uma tranquilidade prazerosa. – Em algo você está correto Bell! Deuses não interferem nas desgraças ou felicidade das pessoas que não são devotos, pois se essas pessoas não acreditam nos deuses, por que eles acreditariam neles?! Apesar de nossos destino ser traçado pelas nossas próprias mãos... de nada adianta se elas não forem abençoadas! Você será apenas mais um. Terminaria de falar deixando um ar intrigante pairar até tragar novamente o charuto.

O espadachim parecia ter gostado do charuto e em seguida seguia em direção ao Kawasaki, conversavam algo sobre luta corporal. Masimos apenas analisava as ondas do mar até o termino de seu charuto, jogaria no mar assim que finalizasse. O navegador louro proferia algo que parecia preocupante, porém Titã compreendia as falas do sujeito e olharia para as nuvens assim que pudesse, sua visão permitia enxergar vantajosamente, era uma tempestade sem sombra de dúvidas, porem nada que preocupasse o gigante de fato. Howker percebeu que Dan estava próximo dele, foi nesse momento que fintou o atirador. – Dan! O valor de 3 milhões ficará para vocês, era o valor total do banco! O resto ficara para mim e para Bell! Terminaria de falar ao caminhar até o dinheiro e pegar a parte dos piratas e entregar para Suzuki ou Dan. Pegaria o valor restante e dividiria, daria metade para Bell e ficaria com o restante.

O valor da prefeitura era de 7 milhões segundo Bell! Pegaria metade colocando em seu bolso e daria o saco restante para Bell. – Aqui está Bell! O valor do banco ficara com o os piratas! O valor da prefeitura dividirei entre mim e você, já que tivemos maior parte do trabalho, sem ofensas! Falaria para caso algum dos homens olhasse com cara feia ou algo assim. Não era mentira, o tritão e o espadachim tinham feito maior parte do serviço, o plano foi totalmente bolado pelo homem peixe, porque dividir igualmente a todos. O valor de 3 milhões já era de bom tamanho para os piratas.

Após entregar os valores, Titã buscaria adentrar no convés do navio. Talvez tivesse dificuldades por causa de seu tamanho, porém caso necessitasse envergaria seu tronco para não bater sua cabeça. Andaria por dentro do navio em busca de algum quarto, sala ou lugar que tivesse uma cama com livros. Mesmo sabendo que o capitão dos piratas era burro e provavelmente não gostasse disso, o restante dos membros parecia mais inteligentes, provavelmente teria alguma sala para que pudesse estudar ou matar o tempo. Assim que achasse cuidaria na hora de entrada e observaria o lugar! Estava em busca de matar o tempo, já que viria um temporal e talvez demorasse um pouco até chegar Ilusia, não havia necessidade de ficar na superfície do navio.



Histórico:
 

____________________________________________________

~Fala / Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conquistas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Far
Pirata
Pirata
Far

Créditos : 53
Warn : 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 05/07/2015
Idade : 22
Localização : Your worst nightmare

1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu!   1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 EmptyQui 09 Jun 2016, 16:02

Traveling 2

A estratégia de convencer Kawasaki com a sua própria bebida parecia ser efetiva, pois o capitão apesar de fazer algumas metáforas que Bell não compreendia muito bem aceitava o convite, e até elogiava o espadachim de uma maneira diferenciada. Mas em toda a frase do pirata, o que mais intrigava Bell eram as palavras "mas lutar... Você tem que saber, não é uma coisa que se aprende do nada", pois era algo que ele tinha plena convicção, pois a intenção não era se tornar um mestre dos punhos mas sim aprender o básico do combate sem sua espada. Talvez fosse difícil, e tivesse um longo caminho a ser percorrido, mas nada disso importava agora que o espadachim já havia decidido, era aquilo que ele queria, e ninguém iria atrapalhar seu aprendizado.

~~ Início aprendizado Luta de rua ~~


- Muito bem, vamos começar então. - Dizia Bell empolgado jogando o charuto no mar, estendia seu braço para frente e cerrava os punhos.

O treino já havia começado mesmo sem a conscientização do espadachim, pois logo sem dó, Kawasaki com o olhar ainda focado na sua bebida aplicava um soco centralizado no peito de Bell, que nem sequer percebia os movimentos, ainda esperando por alguma espécie de confirmação. Não era bem assim o modo que se esperava começar as coisas, mas era exatamente como acontecia, seu peito sentia os punhos do pirata o empurrando cada vez mais forte, e por consequência lançava-o por alguns centímetros antes de cair ao chão. Bell levantava-se sem entender nada, tossindo um pouco devido ao impacto em seus órgãos centrais, o jovem se punha em pé com um pouco de raiva e novamente caminhou até Kawasaki.

- Ei, ei o que foi isso? Pelo menos avisa da próxima. - Pronunciava estendendo os dedos, e apontando para o homem.

- Kyhaha. Você acha que o seu oponente vai avisar alguma coisa quando atacar? - Respondia, dando mais algumas goladas em sua garrafa de bebida. - Agora levante essa guarda, erga os braços até a altura do queixo, e deixe o direito um pouco mais a frente. Assim ... Levantava os braços como havia mencionado, demonstrando para Bell a posição correta. - Viu? Desse jeito você protege tanto o rosto quanto seu corpo com os cotovelos, Kyhaha.

Apesar de não gostar muito do método de ensino do capitão, Bell aceitava as medidas tomadas pelo homem, até porque ele não era nenhum professor ou mestre de verdade, apenas estava ali tentando ajudar o garoto por suas próprias razões. Mas deixando de lado análises e julgamentos, fazia o que lhe fora dito, levantando seus braços até a altura do queixo para diminuir as brechas em sua guarda, o que certamente aprimorava suas técnicas de defesa com as mãos. O espadachim sorria, fazendo sinal para que Kawasaki atacasse novamente dessa vez com as mãos preparadas para defender-se, e de fato o pirata desferia outro Jab contra Bell, que mesmo estando mais preparado era arrastado para trás alguns centímetros, e por consequência seus braços ficavam doloridos naquele instante.

- Ahh, meu braço. Que merda é essa? - Reclamava com a dor.

- Pelo menos não caiu dessa vez, Kyhahahahaha. Parece que você não se da muito bem com bloqueios, não é garoto? Talvez seja melhor desviar dos meus ataques, incline seu corpo para as laterais quando ver meu soco. - Auxiliava, tentando adequar Bell de uma maneira diferente ao ver que seu bloqueio não era tão efetivo.

Novamente Bell se pôs em guarda dessa vez mais confiante que a anterior, até porquê na parte de esquiva já possuía mais noção, pois não seria diferente da espada, apenas faria o mesmo movimento com as mãos nuas. Kawasaki por algum motivo parecia se empolgar mais com o ensinamento do que alguns minutos atrás, chegando ao ponto de largar suas bebidas no chão, focando apenas na aplicação de seu soco e na análise de falhas por parte do espadachim. Distanciava um pouco seus punhos, tomando mais força como uma espécie de incentivo para que Bell não errasse dessa vez, e então sem mais delongas aplicava o soco. O jovem conseguia desviar por pouco utilizando de uma combinação de habilidades e orientação, Bell aproveitou-se de sua visão aprimorada para ver o ataque vindo em sua direção e julgar aproximadamente o local que deveria atingir. Sem muito tempo para pensar utilizou-se do gingado de quadril combinado a movimentação da parte superior do corpo, para que assim pudesse desviar para o lado esquerdo, se opondo ao ataque.

- Hahaha, esse eu já estou mais acostumado! - Afirmava Bell, vendo sua experiência e aprendizado combinados.

- Nada mal garoto. - Dizia balançando a cabeça, antes de aplicar um novo golpe surpresa contra Bell, dessa vez uma rasteira que o pegava desprevenido derrubando-o em um piscar de olhos. - Mas e aqui em baixo? Kyhaha. Use suas pernas para se defender também, se for um chute na coxa você pode levantar a perna até o tórax e deixar que a canela faça o resto, ou apenas afastar seu corpo para sair do campo de alcance do golpe. Já para rasteiras, eu diria que... nada como um salto, Kyhaha.

Bell suspirava por estar no chão outra vez, e erguia-se apoiando suas mãos sobre o chão e impulsionando seu corpo contra a superfície, passando a observar as pernas do capitão esperando um ataque a qualquer momento, mas ainda com a guarda fechada. Kawasaki, agora desferia um chute visando as coxas do espadachim, conforme as explicações havia várias maneiras para Bell agir, mas pensando pelos resultados anteriores seria melhor desviar do chute. Entretanto ele não estava ali para fazer coisas que já possuía conhecimento, sendo assim optava por se defender com o bloqueio de pernas, apesar de que claramente essa não era uma de suas melhores qualidades, ainda mais contra o forte oponente a sua frente. O chute vinha em cheio atingindo a canela de Bell, e dessa vez apesar de ter ficado apenas com um dos pés sobre o chão não era lançado por conta da força, mesmo que provavelmente fosse o pirata controlando sua força um pouco para diminuir o impacto.

- Agora sim, está bom. Mas dizem que a melhor defesa é o ataque, então cai dentro e me mostra o que você tem. - Exclamava Kawasaki, posicionando-se a espera de uma iniciativa de ataque.

- Como quiser, haha. - Respondia confiante.

Bell então partia para cima do pirata, a passos rápidos se aproximava até a distância necessária para alcançar o corpo do oponente, chegando lá aplicava uma sequência de socos desajeitados com o mesmo punho. Sem problemas, Kawasaki com apenas uma das mãos desviava os socos desestruturados para o lado, tirando-os do real alvo que seria sua face, mas ao mesmo tempo mostrando para o espadachim o quão fraco eram seus golpes sem a arma. Gargalhava ao ver o esforço desnecessário do garoto para nem mesmo acertar um dos ataques, deixando-o frustrado ao ver o resultado, mas sem desistir se afastava alguns metros aos saltos para pensar em outra maneira de investir contra o capitão.

" Quem sabe se alternar as mãos entre um golpe e outro, e até um chute no meio. Talvez assim eu consiga surpreender esse cara, assim como ele fez ainda há pouco. É... Isso deve dar certo"

Tendo uma estratégia montada em sua mente, partia para cima abaixando-se um pouco no meio do caminho para tentar confundir Kawasaki, apesar de que não surtia o efeito necessário, prosseguia sem hesitação para dar continuidade aos golpes. Inicialmente, aplicava um soco com a mão direita que era desviado pelas mãos do pirata, prosseguia com um segundo soco do lado esquerdo que no final tinha o mesmo resultado do anterior. Em seguida era a vez do chute, e esse acabava acertando o alvo, apenas um chute fraco na canela sem maiores fins, sendo assim o capitão não sofria danos consideráveis, mas não poderia deixar de admirar a persistência de Bell.

- Seus golpes são fracos e sem precisão, Kyhahaha. - Afirmava Kawasaki, olhando para baixo onde o pé do espadachim ainda estava parado, após ter acertado o último ataque. - Mas tenho que admitir, nada mal! Esse é o espírito, você tem que se deixar levar pelo ritmo da luta. - Balançava a cabeça para os lados, vendo que foi um erro deixar a parte do ataque sem explicação antes de fazer um teste com as habilidades. - Agora, levante essa guarda, e apenas rotacione o punho para frente potencializando o soco, sem perder tempo, assim... - Demonstrava aplicando um jab no ar, apenas para mostrar a movimentação dos braços para Bell. Esse é um soco bem poderoso, se chama jab e alternando entre os dois braços, fica Bom... Muito bom!

Eram movimentos simples, mas que poderiam fazer diferença em uma luta sem armas, e por algum motivo seu clã nunca havia ensinado como defender-se sem a espada, meramente por honra as próprias lâminas e ao seu estilo de batalhar utilizado por muitos anos. Bell gostava dos movimentos que via, e mal podia esperar para colocar em prática, visto que Kawasaki permanecia bem a sua frente ao aguardo de um soco mais potente e estruturado. Sorrindo, o espadachim aplicava o jab visando a face do pirata, mas bloqueado por suas mãos o que já era um avanço. Mas para complementar deixando claro o seu progresso, aplicava um segundo jab direcionado ao peito, e por sinal esse acertava em cheio deixando uma expressão surpresa na cara do capitão, vendo o desempenho de seu aprendiz.

- Kyhahahaha, É isso, isso! Você aprende rápido. Agora, como já deve saber, é hora das pernas. - Prosseguia, dando leves toques com o pé nas pernas de Bell para indicar o membro a ser trabalhado, em seguida pegava sua garrafa de bebida do chão e voltava a encher a cara de álcool.

- Vamos, larga essa garrafa. Agora que o negócio ta ficando bom!

Kawasaki ouvia as palavras a ele proferidas, mas não se importava com a opinião do garoto só queria beber mais e mais, talvez para sustentar seu vício ou apenas para não ficar sóbrio mesmo. De qualquer modo dava mais algumas goladas na bebida e colocava ela no chão onde já estava anteriormente, mais uma vez voltando a atenção para Bell que já praticava alguns chutes no ar tentando melhorar sozinho, mas sem muita eficácia.

- Então... Os pés você pode explorar melhor. Dando chutes mais altos ou baixos, dependendo do que preferir, apenas mantenha firme o seu outro pé no chão e chute girando seu corpo para acompanhar o movimento. Tipo... - Demonstrava o ataque, primeiro chutando na diagonal do lado direito, e depois na horizontal do lado esquerdo para mostrar a diferença entre os dois tipos. Ou também um chute reto, esse é bom pra quebrar os dentes, Kyhaha - Chutava na vertical, dobrando o pé no final como se fosse acertar a face de alguém.

Bell continuava chutando o ar, agora do modo que Kawasaki explicou, para tirar maior proveito de seus golpes e por consequência ter melhores resultados na batalha. Entretanto a parte das pernas, nesse caso, era a mais difícil de se aprender, pois o espadachim até então apenas utilizava-se da mão para realizar ataques. Mas independente da dificuldade Bell partia para cima, com a intenção de aproveitar das dicas e ensinamentos propostos pelo pirata para aprimorar suas habilidades de batalha, tanto dos braços quanto das pernas. Exercia um chute diagonal direcionado ao peito de Kawasaki, que logo era defendido com os punhos parando-o em pleno ar e repelindo, com a falha Bell também tentava um chute horizontal na coxa que chegava a acertar, mas ainda sem muita força.

- Endireita essa perna, isso nem parece um chute. - Ironizava o capitão, tentando de certa forma motivar o garoto.

- To tentando, mas eu não sou muito bom com as pernas. - Refutava, tentando ignorar as críticas.

Pensando melhor Bell conseguia se lembrar do motivo para seus socos saírem fracos, Kawasaki havia explicado que ele não estava estendendo completamente seu cotovelo, talvez o mesmo ocorresse com os chutes e por isso estavam desse jeito. Com isso em mente chutava algumas vezes girando seu corpo, e estendendo suas articulações o máximo possível para ver como o chute sairia, e de fato podia notar uma melhoria considerável. Sorria por ter descoberto o motivo sem ser necessário a intervenção do pirata para auxiliar, voltando a atenção para ele pronto para aplicar novamente o chute e esperar a opinião sobre ele. Kawasaki por outro lado estendia seu corpo abrindo completamente a guarda, deixando que Bell utilizasse de seu ataque focando na intensidade, sem precisar se preocupar com outros aspectos da batalha. O chute era aplicado, na diagonal direcionado aos ombros do capitão, vinha forte e preciso atingindo sem muitas dificuldades e expressando uma clara melhoria comparado ao anterior.

- Agora sim! Você está pronto garoto, agora vamos ver o resultado. - Falava o pirata, fechando sua guarda.

Não era preciso dizer mais nada, Bell já havia entendido o que ele queria dizer e estava pronto para a batalha, dessa vez completamente instruído tanto na parte da defesa quanto no ataque, sentindo-se bem mais confortável em seus movimentos. Avançava até Kawasaki já desferindo um jab visando seu peito, que era bloqueado por seus braços e aproveitando-se disso o pirata investia um chute na horizontal, almejando atingir as costelas do espadachim. Rapidamente Bell avistava a movimentação estranha, impulsionando seus punhos contra o braço de Kawasaki, para forçar seu corpo de volta para trás e em seguida desviar do chute jogando seu corpo para trás. A luta estava bem igualada agora, pois os dois possuíam a mesma base de luta e Bell apesar de ter desvantagem na força, compensava com sua visão e movimentação evasiva. Sem mais delongas, Kawasaki decidia partir para cima com um jab visando a face do garoto, que desviava seu corpo para o lado feliz com os resultados, entretanto o pirata aproveitava-se disso e cabeceava sua face contra o peito de Bell lançando-o para trás.

- Kyhahahahahahaha. Aqui não tem regras, garoto, eu já falei! Deixe seu corpo te levar. Não fique preso ao básico da luta que eu te ensinei, pois ela é feita de improvisos e é isso que deixa ela interessante. - Comentava, alertando e orientando o espadachim a improvisar quando preciso.

- Hmpf... Entendi! - Respondia Bell, fitando a garrafa de bebidas que havia pegado anteriormente para que Kawasaki concordasse em lhe ensinar, pegava ela do chão e olhava fixamente para o pirata.

Com um breve momento de tensão entre os dois, Bell lançava a garrafa contra o homem já convicto do que iria fazer, e como imaginava o capitão cegamente observava a trajetória da bebida no ar esquecendo-se do restante. Nesse momento o espadachim partia para cima, acompanhando com o canto dos olhos a garrafa cair, mas concentrado nas reações de Kawasaki com relação a esse acontecimento. Logo quando o pirata levantava suas mãos para pegar a bebida que chegava até ele, Bell aplicava um chute na vertical com um leve salto para surpreendentemente atingir o queixo de Kawasaki, deixando-o a olhar para o céu confuso sobre o ocorrido mas ainda assim agarrando a bebida.

- Então o aprendiz supera o mestre? Abaixava a face lentamente, sorrindo enquanto abria a nova garrafa virando metade dela como comemoração.- Kyhaha, muito bem você está pronto. - Complementava gargalhando sobre o último ataque, e confirmando o aprendizado de Bell.

- Como você mesmo disse, as vezes temos que improvisar HAHA. - O espadachim fazia uma piada, agradecendo os ensinamentos através de uma reverência com a sua cabeça.

~~ Fim aprendizado Luta de rua ~~


Finalizando os assuntos com Kawasaki, passaria a observar os arredores para ver o que os demais estavam fazendo no barco, pois quem sabe ainda houvesse algo importante para que ele pudesse fazer antes de chegar até Ilusia. Passava-se algum tempo de viajem e Bell não poderia deixar de pensar quanto tempo ainda restava até o próximo porto, não que possuísse algo a tratar em Ilusia ou algo do gênero, mas certamente ficar parado em um barco sem nada para fazer não era lá um de seus melhores momentos. Com isso em mente, se aproximaria da proa do barco e passava a checar os mares, vendo se já era possível avistar terra a frente, para assim deduzir mais ou menos a distância que ainda estavam do destino.

Também aproveitava para averiguar os céus, que por sinal estava repleto de nuvens escuras conforme o navegador do bando havia comentado, algo que poderia atrapalhar bastante a jornada do grupo caso a tempestade de fato ocorresse. Bell se preocupava bastante com esses fenômenos, até porque provavelmente era o único do barco com um conhecimento mais aprofundado em meteorologia, com plena convicção de como isso acarretaria nas ondas do mar. Apenas mais uma preocupação dentre muitas, mas disparado o que mais incomodava o espadachim era a possibilidade da marinha de Ilusia ter sido avisada, acarretando em uma dificuldade bem maior para sua estadia na ilha.

Mas agora voltando para as coisas interessantes, Masimos dividia os lucros da invasão a prefeitura entre o grupo, de uma forma desigual mas acabava por beneficiar Bell, e por isso não havia do que reclamar. Apenas observaria a divisão sem comentar nada para não arranjar problemas, aceitaria a bolsa com o restante do dinheiro e seguiria até a sua sacola com os objetos de ouro, colocando a bolsa lá dentro mas não sem antes abrir rapidamente para observar a quantia. Tudo estava feito e pronto para desembarcar, portanto apenas sentaria em qualquer lugar disponível dentro do barco a espera da chegada na ilha, com a sacola posicionada ao seu lado, torcendo para que não levasse muito tempo.

Histórico:
 

Thank's [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


____________________________________________________


Fala (#B22222 - FireBrick)
Pensamento (#4682B4 - SteelBlue)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu!   1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 EmptySab 11 Jun 2016, 07:16

Por mais que a tempestade ficasse cada vez mais forte, o tritão não aparentava se importar com tal fenômeno, ignorando-o por completo e rumando em direção ao espadachim tatuado, que no momento inicial ainda treinava com o grande homem “Raposa Bêbada”. Antes de ir ao seu objetivo inicial, o tritão parou ao atirador e informou à quantia que o mesmo receberia, assim como o seu bando.

– Dan! O valor de 3 milhões ficará para vocês, era o valor total do banco! O resto ficara para mim e para Bell! – exclamou o tritão pegando o dinheiro.

- Bem, por mais que não concorde, não irei contra você, cara... Yohoho! – respondeu Yamaha.

Após a intensa “aula” com o bêbado, Bell se mostrava profundamente cansado. Kawasaki subitamente caiu dormindo devido ao excesso de bebida. Completamente perdido, Bell não saberia o que iria fazer dali para frente. Completamente confuso, o espadachim tomou direção até a proa da embarcação para olhar o imenso mar.

Olhado a imensidão escura que os esperava, sim as nuvens, Bell se preocupou, aquilo certamente não era um bom sinal. Antes fosse apenas à natureza a única preocupação do espadachim. O temor de uma possível descoberta da Marinha de Ilusia sobre o grupo criminoso o fazia “perder os cabelos” de preocupação.

– Aqui está Bell! O valor do banco ficara com o os piratas! O valor da prefeitura eu dividirei entre mim e você, já que tivemos maior parte do trabalho, sem ofensas! – falou Masimos se dirigindo ao espadachim.

Após a entrega do dinheiro, Bell não contestou e tomou rumo à borda da embarcação, onde se sentou e esperou chegar ao seu rumo. Masimos tentou entrar no interior do barco, porém infelizmente não conseguiu devido ao seu excessivo tamanho, ora, não teria nada lá dentro além de bebidas, explosivos e roupas bem coloridas.

- Senhores e Senhorita, eu claro, olhando a frente vemos nosso próximo destino, A Ilha Ilusória, Ilusia Kingdommmma! – bradou o okama navegador.

Ao longe, em meio à tremenda escuridão poderia se ver, de relance, um vulto que quanto mais se aproximavam, mais se parecia com uma ilha. Suas construções podiam ser vistas além de fortes ondas que batiam no porto iluminadas por relâmpagos que cortavam os céus daquele início de noite.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Far
Pirata
Pirata
Far

Créditos : 53
Warn : 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 05/07/2015
Idade : 22
Localização : Your worst nightmare

1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu!   1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 EmptySab 11 Jun 2016, 21:20

Traveling 3
Bell permanecia sentado aguardando alguma informação sobre a ilha de Ilusia, ou até mesmo o desenrolar do temporal, mas parecia que nenhum dos dois estava com vontade de se mostrar até então. Por isso, ainda entediado e cansado de ver os balanços do mar, levantar-se-ia do local direcionando-se passo a passo até o interior do barco, não fazia ideia do que encontrar lá dentro, mas ficar parado não era uma das melhores opções. Além do mais o roubo apesar de bem-sucedido fora demorado e exaustivo, que combinado ao treinamento com Kawasaki ainda há pouco apenas piorava a sensação desconfortável. Por outro lado sabia que o tempo não deveria ser longo até a próxima ilha, mas mesmo assim estava decidido a pegar algum alimento para saciar sua fome, e quem sabe até tirar uma soneca.

Masimos por algum motivo também estava interessado em adentrar no interior do navio, mas devido a sua altura o tritão não conseguia chegar até lá, talvez ele apenas tivesse os mesmos objetivos de Bell. De qualquer forma, quando já estivesse dentro passaria a explorar os cômodos apenas por curiosidade, sempre tendo em mente que deveria achar a cozinha, ou apenas algum lugar de armazenamento de comida. Se de fato achasse algo desse gênero, fitaria rapidamente os tipos de alimento alojados ali, procurando por frutas, pão, bolacha, salgadinhos, ou qualquer outro tipo de comida que encontrasse. Naquele momento não importava muito o que fosse, apenas pretendia encher seu estômago, que roncava pedindo por comida a cada segundo que se passava.

Encontrando pegá-lo-ia em suas mãos como se fosse a última bolacha do pacote, já salivando de fome vagarosamente levava até a boca, comendo em partes para render mais, até que enfim estivesse saciado. Entretanto caso de forma alguma conseguisse encontrar algo para comer, voltaria até a porta e pegaria uma das garrafas deixada por Kawasaki, aproveitando que ele estava dormindo sem poder contestar. Abria o objeto feliz por tudo ter dado certo, estando rumo ao próximo passo de sua jornada, apesar de que ainda não sabia exatamente qual era o grande objetivo ao qual estava indo de encontro, no momento apenas a sensação de liberdade já lhe deixava motivado. Quanto mais pensava, mais queria deixar de lado esse assunto e fazia isso através da bebida dando algumas goladas antes de larga-la novamente.

Já satisfeito de forrar um pouco o estômago, independente de que forma fosse, voltaria até a proa do barco onde o navegador havia proferido algumas palavras sobre estarem se aproximando, algo que deixava Bell aliviado. Quem sabe conseguissem evitar a tempestade, isso seria de total vantagem para evitar que as ondas do mar se agitem e por consequência estender a viajem. Sendo assim, o espadachim caminhava até próximo ao leme levantando seus braços em um sinal de vitória, olhando para a terra a sua vista lhe chamando.

- Yeeeerrr... Estamos chegando Ilusia! - Dizia como se fosse intimidar alguém, um pouco por consequência do álcool, mas no fundo era o que ele realmente sentia, uma vontade de gritar anunciando sua chegada.

Finalizando sua pequena cena de motivação deitar-se-ia no canto mais próximo da embarcação, olhando para o céu enquanto fechava seus olhos sonolento, bocejava mais uma vez antes de cair no sono aguardando a chegada do barco até o porto. Tinha plena consciência de que o descanso não seria longo e satisfatório, mas não havia mais nada para Bell naquele barco, portanto pretendia deixar seu corpo se recompor um pouco antes o desembarque. Pegava em um sono leve, sem nenhum sonho ou pensamentos envolvidos, provavelmente o cansaço tomava conta naquele momento e sua mente apenas se recompunha, deixando de formar imagens durante o sono. Mas quando chegassem na ilha, ao escutar qualquer barulho ou ser remexido levantar-se-ia espreguiçando, certamente esperando que tivesse dormido bem, pois ainda possuía alguns afazeres antes de deixar que seu corpo fizesse uma pausa.

- Finalmente! - Comentaria aliviado que chegaram antes do anoitecer completo, deixando-o um tempo livre para terminar seus assuntos na ilha.

Histórico:
 

Thank's [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


____________________________________________________


Fala (#B22222 - FireBrick)
Pensamento (#4682B4 - SteelBlue)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 48
Warn : 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu!   1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 EmptyDom 12 Jun 2016, 19:39

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

~ A Morte é apenas o começo! ~

A escuridão apenas blindava o ego obscuro de Masimos, não era uma visão a ser descartada, tempestade são sinceras e horripilantes, algo relativamente próximo ao tritão. Titã havia observando a entrada para o interior do navio, porém era impedido pelo fato de sua altura e largura serem elevados, apenas utensílios para o navio lá existia. Todavia o tritão não deu muita bola e virou-se até ouvir o piloto da embarcação falar sobre a ilha.

Sua visão excepcional permitia ver claramente tanto a ilha quanto a enorme e turbulenta tempestade. Titã não havia se esforçado fisicamente em uma luta direta e nem se ferido, havia um cansaço no gigante, um cansaço mental após executar seus planos em Las Camp. Talvez uma refeição fizesse o tritão repor suas energias, porém não conseguindo adentrar no interior no navio, supostamente dificultaria sua busca por alimentos. Mas Howker era um tritão, não precisa se preocupar com comida, já que poderia caçar no próprio mar, pois era o maior predador. Em si sua raça não era conhecida como a maior predadora, porém Masimos era uma mistura de humano – Carpa, isso fornecia uma superioridade tanto em intelecto como em físico.

Andaria até aproximar-se da borda do navio e tiraria seu barril de água, seus charutos e dinheiro colocando-os ao seu lado. Saltaria em direção ao mar mesmo que tivesse com correnteza forte, não se importaria sua meta era caçar alguns peixes, era algo até irônico para um homem-peixe. “A lei é simples: O mais forte sobrevive!” Pensava enquanto mergulhava entre as ondas do mar. Utilizaria seus sentidos afiados para caçar alguns peixes, suas vantagens dentro da água sem sombra de dúvidas eram soberanas, seria difícil um peixe escapar. Assim que avistasse sua presa nadaria em velocidade alta para agarra-la com as mãos e em seguida devora-la, se fosse pequeno o peixe, buscaria mais alguns até saciar-se.

Após se alimentar voltaria até a superfície e olharia para o navio e caso estivesse muito longe, utilizaria sua velocidade aquática para buscá-los e subir pela lateral do navio. Ao subir a bordo do navio, passaria as mãos pelo corpo para retirar o excesso de água e em seguida amarraria o barril de água na cintura, colocaria os charutos no bolso e o dinheiro no outro. Andaria até aproximar-se do piloto e diria. – Você atracara no porto? Acha que é seguro? Terminaria de falar ao cruzar os braços e manter-se parado ao lado do homem afeminado, não se importava com a escolha sexual do humano, pois era apenas mais um que Titã usaria a seu favor! Claro que os humanos que ele usava a seu favor eram bem remunerados. Dan havia retrucado sobre o valor que Masimos entregou, porém era um valor alto, não era fácil de conseguir, ele tinham que agradecer ao tritão. Todavia Howker não se importava com algumas coisas, por isso não havia respondido Dan. Observaria o local que o okama atracaria o navio, para caso houvesse marines, caçadores e etc.


Histórico:
 

____________________________________________________

~Fala / Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conquistas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu!   1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 EmptyTer 14 Jun 2016, 22:13

O clima era pesado na ilha de outono. Ilusia estranhamente chovia no momento da chegada do tritão e do tatuado. A noite já chegaria e com aquela chuva, as ações exploratórias teriam que ser barradas para uma situação futura.

A cidade era bela. Ao centro poderia ser ver alguns rochedos que, naturalmente poderiam ser ignorados por agora. A embarcação lentamente se aproximava do porto da ilha que, devido à chuva que cada vez mais intensa ficava, não tinha nenhum ser vivo.

- Yeeeerrr... Estamos chegando Ilusia! – exclamou de maneira entusiasmada Bell.

Após isso, o espadachim, assim como o tritão foram procurar algo para forrar o estômago, traduzindo, algum petisco. Após reposta suas necessidades, com a pesca que o tritão fez no momento, o espadachim, sonolento, tirou um cochilo enquanto a embarcação não aportava.

– Você atracara no porto? Acha que é seguro? – questionou o tritão ao ver que, após algum tempo, o barco aportou no porto da ilha.

- Sim, acho que com essa tempestade ninguém irá sair de sua casa. Vamos abaixar a bandeira do capitão-swan para evitarmos problemas e tudo ok... – comentou o okama aliado.

- Finalmente! – exclamou o tatuado enquanto acordou de seu sono de beleza.

O barco se encontrava parado no porto. Dan estava soltando a âncora. Suzuki partia para amarrá-lo no porto. Kawasaki estava acordando de um de seus comas. No porto, era um deserto. Algumas luzes eram vistas de acordo com o que os olhos iam vendo a diante.

- Quais seus planos, Peixinho? – questionou o Okama à Masimos.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 48
Warn : 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu!   1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 EmptyQua 15 Jun 2016, 01:46

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

~ A Morte é apenas o começo! ~

O porto parecia vazio, supostamente parecia uma boa opção atraca-lo nele, já que para atracar em outro lugar seria mais complicado e demoraria mais tempo também, pelo menos para o navegador. A chuva ficava mais intensa, mas para o tritão era algo prazeroso, porém para os tripulantes talvez nem tanto. “Preciso buscar mais conhecimento... eu recebo todo o poder da Deusa, mas preciso utilizar com sabedoria, como um velho tritão falou uma vez: não adianta possuir músculos de ferro se não souber utiliza-los. ” Howker ainda estava parado, pensativo sobre diversas coisas que havia feito, porém Ray começava a falar sobre a atual situação, chamando a atenção do gigante carpa.

O piloto okama dialogava com o gigante que se mantinha quieto ao continuar a observar o porto. Estava vazio, talvez pelo horário? Pela tempestade? Não sabia ao certo, mas era estranho não estar cheio de marines, pois provavelmente as ilhas seriam avisadas pelo marine mandante, após a saída dos piratas de Las Camp! Era possível afirmar que ainda estavam cuidando dos desastres que Masimos havia deixando na cidade, mais uma vez vinha a ideia de que explodir a prefeitura, foi algo bem pensado. “Hmm! Se o quartel de Las Camp já avisou as ilhas mais próximas sobre o que ocorreu lá, devo presumir que o quartel de Ilusia já sabe de nossa chegada, mas provavelmente demorará alguns dias para notarem a gente na ilha! Mas caso eles não saibam, o tempo poderá ser maior, porém irei me precaver com o tempo mínimo, para não ser pego desprevenido! ” Titã demonstrava-se pensativo enquanto mantinha os braços cruzados até decidir quais seriam seus próximos passos. – Ray? Preciso que consiga um mapa detalhado da ilha! Irei até o centro da cidade em busca de informações! Voltarei dentro de algumas horas. Se mais alguém quiser vir, fique a vontade! Proferiria para que o piloto entendesse, terminaria suas falas virando sua cabeça para fintar os tripulantes e observar se mais alguém quisesse acompanhar o tritão.

Após sair da embarcação pela rampa que interligaria o porto, seguiria seu caminho e como de costume, seus passos seriam calmos junto de sua personalidade. Observaria o cenário ao seu arredor, supostamente não havia pessoas nas ruas, mas caso houvesse, o tritão estaria cagando e andando para ela. Andaria pelas ruas e manteria seu foco nas placas dos estabelecimentos, algo que parecesse uma biblioteca ou livraria. Na hipótese de não achar, continuaria a caminhar no meio da chuva sem importar-se até achar o que buscava. Porém se tivesse encontrado adentraria no local cuidando para não bater sua cabeça logo na entrada por ser literalmente alto e em seguida observaria o local a sua volta. Se alguém lhe desse as boas vindas como o dono do local ou o vendedor, Masimos responderia como de costume. – Estou em busca de livros com conhecimentos, pode ser sobre engenharia, mecânica, lógica, física e etc! Possui algum gênero assim? Terminaria de falar ao fintar a todo momento o humano, deixaria seus olhos avermelhados chocarem-se com o representante.

Titã havia orquestrado todo um plano perfeito, porém diversos imprevisto e erros ocorreram quase estragando tudo, algo natural normal. Todavia se o tritão obtivesse mais conhecimento, menor seriam as chances de erros ocorrerem. Masimos possui diversas habilidades corporais, ainda é o escolhido da Deusa da Morte recebendo grande poder físico dela, porém conhecimento era algo que ele teria que buscar por ele mesmo, ainda mais para conseguir realizar suas ambições.


Histórico:
 

____________________________________________________

~Fala / Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conquistas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu!   1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu! - Página 8 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
1º Capitulo: É melhor Reinar no inferno do que servir no Céu!
Voltar ao Topo 
Página 8 de 10Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Las Camp-
Ir para: