One Piece RPG
Uma gata, conhecida como assassina XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Desventura 3.5: O treino para Grand Line
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor Bijin Hoje à(s) 4:27 pm

» Asger
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor Achiles Hoje à(s) 4:14 pm

» Cap. 1 - Abrindo caminho
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor Bijin Hoje à(s) 3:59 pm

» Sons of Vermillion's Blood: Gênesis
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor Coldraz Hoje à(s) 3:49 pm

» [Mini- Alvin] O garoto e a serpente
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor TheJoker Hoje à(s) 3:48 pm

» O Ronco do Bárbaro
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor West Hoje à(s) 3:41 pm

» Unbreakable
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor Ainz Hoje à(s) 3:32 pm

» Bizarre Adventure: Smooth Criminal
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 2:42 pm

» O Legado Bitencourt Act I
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor SraVanuza Hoje à(s) 2:08 pm

» Evento Natalino - Amigo Secreto
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor Shroud Hoje à(s) 2:01 pm

» Procura-se piratas no East Blue
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor Ainz Hoje à(s) 1:58 pm

» Miyuki Morningstar
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 12:58 pm

» Rumo aos novos mares ! Grandline me espera
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor Faktor Hoje à(s) 11:13 am

» Construindo o Começo
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor Ainz Hoje à(s) 9:24 am

» [FP] Kozuki Orochi
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor Akagami Hoje à(s) 9:24 am

» [Mini - Polyn] Sorriso afetado.
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor Layla Morningstar Hoje à(s) 3:00 am

» mini-aventura
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor Layla Morningstar Hoje à(s) 2:01 am

» Bastardos Inglórios
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor Kenway Hoje à(s) 1:06 am

» Nox I - Loucura
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor Catuios Ontem à(s) 11:31 pm

» Teleton Chronicles I: Retaliação
Uma gata, conhecida como assassina Emptypor Sakaki Ontem à(s) 9:34 pm



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Uma gata, conhecida como assassina

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : Uma gata, conhecida como assassina 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 5ª Rota - Pindorama

Uma gata, conhecida como assassina Empty
MensagemAssunto: Uma gata, conhecida como assassina   Uma gata, conhecida como assassina EmptyQua Mar 09, 2016 1:23 pm

Uma gata, conhecida como assassina.

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Niyah Fonseca. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fonseca
Civil
Civil
Fonseca

Créditos : Zero
Warn : Uma gata, conhecida como assassina 9010
Masculino Data de inscrição : 01/08/2012
Idade : 22
Localização : Conomi Island

Uma gata, conhecida como assassina Empty
MensagemAssunto: Re: Uma gata, conhecida como assassina   Uma gata, conhecida como assassina EmptyQua Mar 09, 2016 10:17 pm


Finalmente livre, minha cauda finalmente poderia se mover livremente e era isso que ela estava fazendo. Balançando de um lado para o outro, quase atingindo o chão sendo curvada na ponta. O cheiro de liberdade era muito diferente daquele estupido centro de reabilitação da marinha. Aqueles imbecis pensaram que eu estava louca, mas não. Não estava. Eu matei meu pai, um marinheiro e sim faria de novo. Eu estava cansada das ações abusivas dele sobre mim e minha mãe e sobre todas as outras pessoas ao redor dele que não fossem da marinha ou alguém de alto escalão. Pena que só decidi agir quando era tarde demais e ele já havia matado minha mãe.

Lembrar da morte dela, de seu corpo estendido na sala de estar me faziam ficar triste. Era a única coisa que me fazia sentir triste na verdade. Lagrimas reais escorriam de meu rosto quando eu pensava ou falava sobre isso. Qualquer outra coisa poderia me levar a diferentes outros sintomas e pensamentos, mas tristeza e solidão eram os únicos que eu sentia pensando em minha mãe, nada mais me fazia ficar desse jeito.

Diferente de meu pai. Lembro até hoje, mesmo que tenha se passado um ano e meio, da sensação graciosa que foi passar a faca na garganta de meu pai bêbado enquanto o mesmo terminava de espancar o corpo de minha mãe morta. Uma das melhores sensações da minha vida, comparáveis até aos momentos em que eu cozinhava. Queria mais e sabia meus próximos alvos. Marinheiros. Agora que estava livre eu iria atrás daqueles que me colocaram, naquele maldito lugar que parecia uma prisão para loucos. Um sorriso perverso podia ser visto em meu rosto, enquanto eu bolava meus planos para viver minha nova vida. A vida oposta à que meu pai vivia, a vida de uma pessoa que viveria nas sombras, sendo culpada da morte da própria mãe e do assassinato do próprio pai, e esse eu me orgulhava de ter matado.

Mas antes de tudo eu precisava de laranja. Precisava muito de uma laranja. Fazia quase seis meses que eu não comia ou tinha uma laranja de nenhuma forma. E eu queria e precisava dela com muita urgência. Então sai andando por conomi, procurando por laranjas. O que não seria difícil. Assim que as achasse pegaria e beberia o suco da mesma ou utilizando minhas garras, abriria a fruta e a chuparia por inteiro. Depois pegaria algumas extras ou mais uma garrafa e colocaria no bolso de minha calça ou de minha camisa de botões, aquele que possuísse mais espaço.

off:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] - [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Legendas:
 


objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente Especial
Agente Especial
Skÿller

Créditos : 10
Warn : Uma gata, conhecida como assassina 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

Uma gata, conhecida como assassina Empty
MensagemAssunto: Re: Uma gata, conhecida como assassina   Uma gata, conhecida como assassina EmptySex Mar 18, 2016 7:50 pm

Ahhh... Laranjas...





O final da tarde em Conomi Island estava simplesmente agradável. Uma brisa fresca que carregava, ao nariz da jovem felina, o delicioso cheiro das laranjas típicas de Conomi, os últimos raios de sol que batiam nas laranjeiras e as pessoas que regressavam para casa após mais um dia. Niyah sentia-se finalmente livre, mas a que custo? Apenas conseguiu se libertar das garras do próprio pai quando este matou a sua mãe, uma das poucas memórias que a fazia chorar.
Niyah estava disposta a aceitar o crime que cometeu, e assim teria uma vida contrária ao do seu pai. Planos perversos e tenebrosos eram “espelhados” em sua face. Mas o seu vício por laranjas, ou melhor, pelo sabor de laranjas estava incontrolável. A jovem felina estava em abstinência há 6 meses, mas, felizmente para ela, Conomi está repleta de laranjeiras. Não foi muito difícil para a esbelta jovem encontrar a “laranjeira perfeita” num quintal de uma casa. Rapidamente, pegou em uma laranja e, com a ajuda se suas garras, a felina devorou a laranja. Após “avaliar” a laranja, a felina começou a guardar algumas em seus bolsos até que ouvi duas vozes inocentes que disseram em sincronia:
-Pedimos desculpa, mas o papai não vai gostar do que está a fazer. – as vozes pertenciam a duas meninas com cerca de 1,40 metros de altura. Elas eram quase como que o contrário da outra. Uma tinha cabelos longos cabelos pretos, tinha um urso de peluche branco, um vestido preto com bolinhas brancas, uma pele pálida como a neve e olhos vermelhos; a outra tinha longos cabelos brancos, um urso de peluche preto, um vestido branco com bolinhas pretas, uma pele pálida como a neve e olhos azuis.
-A Alex pensa que não tem mal em continuares, desde que não sejas apanhada… - disse a menina de cabelo preto.
-A Cath pensa que devias parar, roubar nunca é bom… Se você não parar, a Cath irá chamar o papai… - disse a menina de branco.
-Qual é o seu nome? – perguntaram as duas, novamente em sincronia.


________________________________________________________

Histórico:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Fonseca
Civil
Civil
Fonseca

Créditos : Zero
Warn : Uma gata, conhecida como assassina 9010
Masculino Data de inscrição : 01/08/2012
Idade : 22
Localização : Conomi Island

Uma gata, conhecida como assassina Empty
MensagemAssunto: Re: Uma gata, conhecida como assassina   Uma gata, conhecida como assassina EmptyDom Mar 20, 2016 11:07 pm



Finalmente. O sabor de laranja descendo pela minha garganta, era algo que não sentia a muito tempo. Um sabor citrico tão bom, acidez misturado com doce. Combinação perfeita. Meu maior vicio. Aproveitando a laranjeira que encontrei guardei mais algumas laranjas em meus bolsos, para futuras necessidades, mas então duas garotas que apareceram e começaram a falar algumas coisas para mim. Ambas eram gemêas, mas opostas. Olhei curiosa para ambas as garotas, jogando meu peso sobre meus braços e ficando como se eu fosse um gato sobre as quatro patas. Minha calda balançava de um lado para o outro como a de qualquer outro felino curioso. Aproximei-me das garotas olhando detalhe por detalhe usando minha visão felina.

- Meu nome é Niyah.


Apenas diria meu nome para elas como haviam perguntado. Depois voltaria a ficar em pé como um ser humano normal e lamberia minhas unhas para apresiar o resto de laranja que poderia estar entre as mesmas, visto que havia as usado para cortar a fruta.

- Vocês são estranhas. Bom eu não ligo. Sou uma gata livre agora, faço o que quiser – paro se lamber minhas unhas e as aponto em direção as garotas – So queria as laranjas mesmo e não parece que faria falta vocês.

Recolheria minhas unhas, passaria minha mão em meu cabelo, colocando um pouco do mesmo atrás da minha orelha direita. E sairia andando ignorando ambas as garotas, indo em direção a cidade buscando por uma arma, já que nos dias atuais precisava-se de proteção contra os marinheiros de hoje em dia. Se alguma das meninas dissesse algo, eu pararia e prestaria atenção. Graças a minha audição aguçada eu ouviriadesde que não estivesse tão longe e com muito barulho ao redor.

Por mais curioso que as meninas fossem, eu não era tola de tentar matar crianças, sem estar bem armada e já tinha sido vista por eles. Além do mais elas não tinham nada que eu quisesse ou tivesseem feito qualquer coisa contra mim que exigisse que eu tomasse tal drastica decisão. Então apenas tentaria sair do local com minhas laranjas e me sentindo finalmente aliviada por ter ingerido a fruta que tanto adorava.

off:
 



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] - [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Legendas:
 


objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente Especial
Agente Especial
Skÿller

Créditos : 10
Warn : Uma gata, conhecida como assassina 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

Uma gata, conhecida como assassina Empty
MensagemAssunto: Re: Uma gata, conhecida como assassina   Uma gata, conhecida como assassina EmptySeg Mar 21, 2016 3:04 pm

Pequenas curiosas...


O dia de Niyah não poderia ficar melhor. Tinha saboreado a sua fruta favorita, a laranja, e agora poderia fazer o que bem entendesse. Quando as meninas se aproximaram, a felina havia ficado numa pose parecida com a de um gato enquanto olhava com grande curiosidade para elas. Quando elas questionaram o nome da felina, esta simplesmente respondeu:
- Meu nome é Niyah. - E levantou-se sobre as duas pernas e começou a saborear o sumo que estava nas suas garras.
-Uau…. Ela parece um gatinho… - disse a menina de branco.
-A Alex pensa que quem se veste como animais é uma pessoa tola. – disse a menina de preto escondendo a cara com o ursinho.
- Vocês são estranhas. Bom eu não ligo. Sou uma gata livre agora, faço o que quiser – disse Niyah, e parando de lamber as suas garras ela aponta-as em direção as meninas – So queria as laranjas mesmo e não parece que faria falta vocês.
-O papai não vai gostar… - disse a menina de branco.
-Não sejas tonta! Esta nem é a nossa casa! – disse a menina de preto.
Enquanto as meninas discutiam, a felina recolheu as suas garras, arrumou o cabelo e afastou-se das meninas ignorando-as e seguindo direção ao interior da cidade. Bem, a felina tentou afastar-se das garotas, mas estas estavam fascinadas com a sua aparência animal.
-A Cath pensa que Niyah faz um bom trabalho com esse disfarce de gatinho… A cauda mexe e tudo... – disse a menina de branco com os olhos focados na cauda a balançar de Nyah.
-A Alex começa a pensar que não é um disfarce… - disse a menina de preto – Vamos ver uma coisa… - disse a menina a pegar gentilmente a cauda de Niyah.
-Então? – disse a menina de branco curiosa – É falsa?
-N-não… - disse a menina boquiaberta olhando para a sua irmã.
-Podemos ser amigas?! – gritaram as meninas para Niyah num tom inocente, cheio de vida e alegre. – Podemos ajudar-te com qualquer coisa!

________________________________________________________

Presentin:
 
OFF:
 
Histórico:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Fonseca
Civil
Civil
Fonseca

Créditos : Zero
Warn : Uma gata, conhecida como assassina 9010
Masculino Data de inscrição : 01/08/2012
Idade : 22
Localização : Conomi Island

Uma gata, conhecida como assassina Empty
MensagemAssunto: Re: Uma gata, conhecida como assassina   Uma gata, conhecida como assassina EmptySeg Mar 21, 2016 7:46 pm



Ignorar as meninas não deu muito certo. Logo elas correram para me alcançar no caminho e ambas não paravam de falar. Eu fiquei apenas seguindo em frente, espreguiçando-me duas vezes enquanto andava, ouvia o que elas diziam sobre o pai e a casa não ser delas, coisa que não me interessava em nada. Eu inspirava e espirava o ar de conomi com cheiro cítrico que me deixava bem feliz. Sorrisos eram difíceis de serem vistos em meu rosto e o fato de estar finalmente livre da marinha, fazia com que um aparecesse em meu rosto, mesmo que o sorriso fosse maldoso, sarcástico e frio.

Então as garotas decidiram tocar na minha cauda, foi um leve toque, mas a cauda é uma área sensível, uma região que eu odiava que tocassem. E elas o fizeram, o que me deixou bem irritada. Se tem uma coisa que eu odeio é que toquem em minha cauda sem pedir ou de repente sem motivo nenhum. Virei para as duas garotas e liberei minhas unhas o máximo possível, meu rosto estava sério, sem demonstrar que eu realmente estava Brava, mas isso era típico de mim. Manter uma cara neutra escondendo minhas reais intenções. Apontei minhas mãos em direção ao rosto de ambas as garotas.

- Não toquem na minha cauda – recolheria as garras e tomaria uns cinco segundos para respirar e me acalmar – Podemos ser amigas, apenas se vocês puderem me providenciar dinheiro, armas e algumas coisas mais que precisarei. Caso contrario, vocês não me interessam em nada.

Agacharia colocando minha mão direita no chão e mantendo minha mão esquerda dobrada e próxima a minha boca e então a lamberia enquanto esperava por ouvir alguma resposta das duas garotas. Mas ambas aparentavam ser apenas duas crianças que não poderiam providenciar o que eu desejava, mas mesmo assim decidi esperar por alguma resposta.

Não era fã de crianças. De fato as coisas que eu mais gostava era laranjas e cortar a jugular de marinheiros, um desejo obscuro que adquiri a quando matei meu pai e fui presa pela marinha. Eles são seres desprezíveis e a sensação de passar uma faca na jugular deles e ver o sangue escorrer era muito agradável.

Se as garotas apresentassem me alguma proposta interessante eu ouviria e iria para o local que elas talvez me indicassem ou me guiassem. Caso não me tivessem nada a oferecer que fosse de meu interesse eu iria apenas tentar novamente sair andando e ignorando-as, indo rumo a uma loja de armas.
off:
 



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] - [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Legendas:
 


objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente Especial
Agente Especial
Skÿller

Créditos : 10
Warn : Uma gata, conhecida como assassina 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

Uma gata, conhecida como assassina Empty
MensagemAssunto: Re: Uma gata, conhecida como assassina   Uma gata, conhecida como assassina EmptyTer Mar 22, 2016 11:01 pm

“Não toquem na minha cauda”



A curiosidade das crianças superou o bom senso. Sem mais nem menos seguraram a cauda de Niyah que não gostou nem um pouco. Provavelmente, em situações normais, a felina já teria tratado das meninas, mas naquele dia não era como os outros.
-Não toquem na minha cauda – disse a felina libertando as suas unhas ao máximo e apontando para as meninas.
-Pedimos desculpas… - disseram as meninas num tom de tristeza e culpa.
- Podemos ser amigas, apenas se vocês puderem me providenciar dinheiro, armas e algumas coisas mais que precisarei. Caso contrario, vocês não me interessam em nada. – disse a gata ligeiramente mais calma enquanto se agachava e lambia a mão esquerda.
-A Cath pode dar muitas laranjas… A mamãe tem uma grande laranjeira em casa – disse a menina de branco.
-E a Alex sabe onde pode arranjar armas a um bom preço! – disse a menina de preto com um olhar malicioso.
-Mas não podes dar aquelas armas, mana… - ralhou a menina de branco – são do papai…
-Mas se a linguaruda não der com a língua nos dentes ele não descobre… - disse a menina de preto num tom meio zangado. – Bem… venha connosco e poderá ver as armas que temos! E a mamãe poderá fazer sumo de laranja para todas!
A menina de cabelo preto segurou na mão da felina e puxou levemente, talvez já havia percebido que Niyah tinha o pavio curto. Ao fim três minutos, elas estavam já tinham chegada na casa. Era grande, e cheia de plantas à sua volta, e claro, laranjeiras. Várias na realidade. Na porta da casa, era possível ver uma mulher alta com um um vestido preto, de olhos e longos cabelos brancos que quase tocavam no chão.
-Mamãe! – gritaram as meninas.
-A Alex trouxe uma amiga para brincar! - disse a menina de preto com um grande sorriso no seu rosto.
-A Cath disse que não seria uma boa ideia… - disse menina de branco.
-Mas também prometeste sumo de laranja, não foi? – disse a menina de preto com um sorriso perverso enquanto a menina de branco ficava corada.
-Ora, ora… Não há problema… - disse a mãe enquanto cafunava a cabeça das filha – E esta amiga, tem nome? – disse a mãe olhando para Niyah com um ar maternal - vamos, entre, tenho sumo de laranja... As minhas filhas adoram, espero que também goste!


________________________________________________________


Histórico:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Fonseca
Civil
Civil
Fonseca

Créditos : Zero
Warn : Uma gata, conhecida como assassina 9010
Masculino Data de inscrição : 01/08/2012
Idade : 22
Localização : Conomi Island

Uma gata, conhecida como assassina Empty
MensagemAssunto: Re: Uma gata, conhecida como assassina   Uma gata, conhecida como assassina EmptyQua Mar 23, 2016 5:09 pm



As duas garotas pareciam interesantes agora. Elas sabiam onde conseguir armas e poderiam me dar mais laranjas. Eu possuía 5 em meu bolso, mas não nunca se sabe o que pode acontecer e consegui mais laranjas seria uma boa ideia para um futuro próximo ou até mesmo distante. Então sem problema nenhum, deixei que a garota segurasse em minha mão e me levasse até. Sua casa. Obviamente iria andando como um humano normal, para chamar menos atenção do que eu já chamava normalmente por ser uma mink e ter um passado "memorável".

Ao chega a casa, um local bem amplo, cheio de vegetação ao redor e é claro laranjeiras. O que significaria apenas uma coisa: mais laranjas para mim. Aproximando me mais do local, pude notar uma mulher de vestidos pretos e cabelos longos quase tocando o chão de coloração branca. Parecia com ambas as garotas, então ela realmente era mãe delas, sim nenhuma dúvida. A mulher de forma maternal começou a me fazer perguntas e logo em seguida, me ofereceu para entrar em sua casa e aproveitar o sumo de laranja que ela possuía, as garotinhas pareciam animadas para isso e eu estava feliz por poder mais uma vez desfrutar do sabor da minha fruta favorita.

- Niyah. Prazer! Qual seu nome? E aceito o convite, obrigado.

Entraria no recinto prestando bem atenção no local onde eu estava. Tudo. E graças a minha genialidade, boa visão e audição, eu conseguia guardar coisas na memoria por mais tempo que pessoas comuns, além de observar os detalhes e ouvir sons que normalmente pessoas normais não ouviriam, como passos a distancia e se me concentrasse apenas em ouvir, as vezes conseguia captar algumas batidas de coração, mas exigiria muita consentração. Dentro da casa, a procuraria primeiro pela cozinha e admiraría o local, cada utesilio presente no cômodo, facas, pratos, panelas. Com certeza o local que eu mais gostava era a cozinha.

Já la dentro e depois de dar uma olhada ao redor, procuraria pelo sumo pegaria um pouco do mesmo e então o beberia. Depois esperaria que as garotas me acompanhassem, bebendo-o. Assim que todos terminássemos, voltaria minha atenção para a mãe delas.

- Senhora. Posso pegar algumas laranjas de suas laranjeiras? Além disso preciso de um livro de receitas, que possua várias receitas variadas. Sou uma cozinheira como minha mãe era...
- parei quase deixando uma lágrima cair, mas rapidamenreio sentimento de tristeza foi embora e substituído por raiva, porém esse sentimento eu era boa em esconder - Mas ainda não tenho conhecimento o suficiente para criar minhas próprias receitas, então preciso ter um livro para me guiar pelo menos no inicio de minha viajem. Aproveitando isso. A senhora teria alguns utensílios básicos e velhos que não usa mais que eu poderia estar levando comigo? E talvez uma mochila velha dessas duas pi... garotinhas?

Sim, pedi muitas coisas de uma vez só, mas gatos de um modo geral são intrometidos e independentes, fazendo o que querem na hora que querem, por isso não era muito boa em me segurar para pedir ou falar certas coisas. Esperaria por uma resposta ao mesmo tempo que pegaria mais do sumo de laranja e aproveitava-o. Depois voltaria minha atenção para as garotas que provavelmente estariam sentadas a mesa junto a mim. Por mais que ambas fossem diferentes, não sabia distinguia-las bem.

- Agora sobre as armas. Onde e como conseguir!?

OFF:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] - [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Legendas:
 


objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente Especial
Agente Especial
Skÿller

Créditos : 10
Warn : Uma gata, conhecida como assassina 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

Uma gata, conhecida como assassina Empty
MensagemAssunto: Re: Uma gata, conhecida como assassina   Uma gata, conhecida como assassina EmptyQui Mar 24, 2016 4:11 pm

Sumo



Niyah analisou rapidamente a mulher que se encontrava à frente da porta, e deduziu que era a mãe das garotas pela semelhança entre elas. A mãe das meninas havia feito um convite que seria irrecusável para qualquer amante de laranjas.
- Niyah. Prazer! Qual seu nome? E aceito o convite, obrigado. – disse Niyah. Mais uma vez, a jovem felina iria saborear a sua amada laranja, mas desta vez seria em forma de bebida.
- Chamo-me Eleanor, prazer – respondeu a mãe com um sorriso no rosto – vamos, entre.
Ao entrarem na casa, Niyah observava tudo ao seu redor. A divisão em que encontravam era uma cozinha que estava cheia de estantes com algumas loiças decoradas, uma mesa redonda com uma rosa branca no centro da mesa, um fogão, um frigorífico e outros utensílios comuns de uma cozinha, mas também tinha um grande quadro da família. No quadro, as garotas estavam com um grande sorriso na cara, a mãe estava sentada a rir-se para as meninas e um homem estava atrás da mãe com as mãos nos ombros da mesma, ele tinha cabelo grande, barba e bigode fartos pretos e um tapa-olho.
Então as três jovens sentaram-se na mesa enquanto a mãe punha uma jarra de sumo de laranja na mesa juntamente de bolachas. As meninas bebiam o sumo com toda a alegria do mundo, como se fosse a única coisa que lhes dava prazer. As meninas começaram a discutir qual era o melhor sumo de laranja, o mais doce ou o mais amargo.
- Senhora. Posso pegar algumas laranjas de suas laranjeiras? Além disso preciso de um livro de receitas, que possua várias receitas variadas. Sou uma cozinheira como minha mãe era... – disse Niyah para a mãe das garotas.
-É claro, nós temos muitas laranjas… Até demais na realidade – interrompeu a mãe com um tom pensativo mas que rapidamente mudou para um tom mais triste – Ohh… Lamento muito pela sua perda… Deve ser muito difícil perder alguém que se ama muito… Se eu desaparecesse, as minhas filhas teriam mais nada para fazer da vida… O pai quer muito que elas sejam marines como ele era. A Catherine até acha que seja uma boa ideia, já a Alex diz que não gosta da marinha. Ela sempre foi rebelde, temo que ela se torne numa criminosa… -disse a mãe contendo as lágrimas para as filhas não perceberem- OH! Onde estava com a cabeça? Interrompi-te com coisas sem sentido, peço desculpa.
- Mas ainda não tenho conhecimento o suficiente para criar minhas próprias receitas, então preciso ter um livro para me guiar pelo menos no inicio de minha viajem. – continuou a felina disfarçando a sua raiva - Aproveitando isso. A senhora teria alguns utensílios básicos e velhos que não usa mais que eu poderia estar levando comigo? E talvez uma mochila velha dessas duas pi... garotinhas?
-Bem, eu tenho um velho livro de culinária que já não uso… - disse a mãe – e utensílios tenho bastantes. Bem, eu não sei o que vocês combinaram em fazer, mas enquanto brincam eu procuro as coisas. – disse a mãe com um sorriso no rosto.
- Agora sobre as ar… - estava a dizer Niyah para as meninas quando a menina de preto pôs a sua mão na boca da gata.
-Xiu - disse a menina de preto – Vamos lá para cima! O que queríamos mostrar está lá em cima!
-A Cath vai ficar aqui em baixo… - disse a menina de branco com um olhar receoso.
-Pensei que iam brincar juntas. – disse a mãe com um ar confuso enquanto se levantava a mesa.
-É…uhmmm… – disse a menina de branco envergonhada.
-A mamãe já sabe como é a Cath! Ela gosta de esperar pelo papai… – desculpou-se a menina de preto. – Vem! – disse a menina de preto para Niyah.



________________________________________________________


Histórico:
 

Off:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Fonseca
Civil
Civil
Fonseca

Créditos : Zero
Warn : Uma gata, conhecida como assassina 9010
Masculino Data de inscrição : 01/08/2012
Idade : 22
Localização : Conomi Island

Uma gata, conhecida como assassina Empty
MensagemAssunto: Re: Uma gata, conhecida como assassina   Uma gata, conhecida como assassina EmptySex Mar 25, 2016 7:03 pm



Marinha. Essa sim é a escoria da humanidade. Seres que dizem existir para manter a ordem e a justiça, mas a corrupção, maldade e tudo de pior acontecia dentro dela. Pelo menos era o que eu acreditava. Ouvir a mulher Eleanor falar que cath queria ser uma marinheira me deixava com desgosto, raiva e vontade de vomitar. Porém me contive pois estava conseguindo o que eu queria. O livro de receitas e alguns utensílios básicos. Ter uma panela, um garfo, duas facas, sendo elas uma para comer e outra para corte e duas colheres, sendo uma de sopa e uma de madeira maior era tudo que eu poderia querer para iniciar minha viajem. Fogo eu poderia tentar fazer com gravetos e coisas, mas por mais que não pedisse um isqueiro viria a calhar.

Fui começar a perguntar sobre as armas, propondo um sorriso falso para demonstrar felicidade que era real, mas não exigiria tanta meiguice, mas a garota me interrompeu e me levou para o andar de cima, onde ela disse possuir o que eu procurava.

A seguiria sem receio, pois dentre as duas garotas, Alex era a que eu gostava mais, visto que ela me lembrava um pouco de mim antes de as coisas mudarem. Observaría o caminho até o andar de cima, tentando manter atenção aos detalhes, porém manteria minha audição o mais focada possível para prestar atenção no andar de baixo. Cath parecia não gostar de mim e devia ficar atenta para que a garota não falasse nada desnecessário que exigissem de mim ações drásticas.

Assim que chegássemos aonde a garota havia me guiado procuraria pelas armas. Primeiramente Sais, armas pontiagudos como pequenos tridentes portáteis. Não sabia muito bem como usa-los mas enquanto estive sobre tutela da marinha havia visto duas pessoas usarem e filmes com personagens que os usavam e achei que seria interessante usar isso como minha arma. Além disso analizaría as facas disponíveis, essa era uma arma que eu já tinha maior familiaridade, visto que havia usado várias para aprender a cozinhar e além disso havia matado meu pai com uma.

As coisas estavam indo bem para mim, porém bem demais de forma que me faziam ficar alerta.
OFF:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] - [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Legendas:
 


objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Uma gata, conhecida como assassina Empty
MensagemAssunto: Re: Uma gata, conhecida como assassina   Uma gata, conhecida como assassina Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Uma gata, conhecida como assassina
Voltar ao Topo 
Página 1 de 6Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Conomi Island-
Ir para: