One Piece RPG
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Em busca da resistência
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor PepePepi Hoje à(s) 03:11

» Chapter I: Seafret - Oceans ♪♫♪
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor GM.Thomas Hoje à(s) 01:37

» Xeque - Mate - Parte 1
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor Jacob Allan Hoje à(s) 01:14

» A inconsistência do Mágico
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 00:49

» Hey Ya!
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 23:50

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor gmasterX Ontem à(s) 22:51

» Livro Um: Graduação
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor Jean Fraga Ontem à(s) 22:48

» A Ascensão da Justiça!
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor K1NG Ontem à(s) 22:46

» Ato I - Antes da tempestade
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor Razard Ontem à(s) 22:43

» Right Punch, Left Punch!
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor Razard Ontem à(s) 22:43

» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor Razard Ontem à(s) 22:42

» Hizumy Mizushiro Mayan
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor Mizushiro Hizumy Ontem à(s) 22:36

» X - Some Kind Of Monster
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:11

» Takamoto Lisandro
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 21:44

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor Madrinck Dale Ontem à(s) 21:09

» Alipheese Fateburn
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 21:02

» Alejandro Alacran
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 20:12

» Wu-HA!
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor Oni Ontem à(s) 16:47

» Making Wonderful Land a Real Wonder
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor Achiles Ontem à(s) 16:38

» [Mini-Saitoshiba] A Aventura está apenas começando
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Emptypor Saitoshiba Ontem à(s) 15:45



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Episódio 1 - Qual a sua Justiça?

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 71
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Empty
MensagemAssunto: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? EmptySab 27 Fev 2016, 15:03

Episódio 1 - Qual a sua Justiça?

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Carnelian Velvet. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 31
Localização : -

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? EmptyDom 28 Fev 2016, 13:34

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

#PartiuMarinha
Post: 01 | Localização: Shells Town| Aparência: Camisa branca simples, calça Jeans e óculos

Olá, o personagem a ser narrado possui diversas camadas e uma história empolgante. Você está convidado a acompanhar suas aventuras em busca de um mundo mais justo e sem sofrimentos. Entretanto, para acompanhar a jornada devidamente é necessário conhecer um pouco sobre o seu passado e suas motivações. Sim, o personagem tem algumas. Então, senta que lá vem história.

Em uma ilha secreta da Grande Rota, dentro de um porão para ser mais preciso, estava o filho mais novo e ex-sucessor do grande clã Carnelian. Seu nome era Velvet. Ele vivia enclausurado pois era uma mancha na genética da família, aonde todos tinham os cabelos vermelhos como sangue - algo que combinava com a joia de onde recebiam o nome - porém o garoto veio ao mundo com as madeixas rosas, algo considerado uma falha. Todos na família o odiavam com exceção do irmão primogênito Sly que ciente da provável morte do irmão o mandou para um dos blues, confiando em seu capataz - ele pediu que o irmão fosse mandado para uma ilha fraca -aonde o clã não teria influência e após uma longa e dura viagem, nosso herói chegou em Shells Town. Uma pequena ilha, longe o suficiente para que ele possa viver sua vida da maneira que desejasse.

- M-Mas… Eu nem sei por onde começar…

Falaria enquanto andava sem trajeto fixo, apenas caminharia enquanto observaria as coisas ao seu redor. Sua cabeça recebia um fluxo de sensações incontroláveis, sua barriga gelava enquanto sua pele esquentava e seus dedos tremiam. A respiração pesada mostrava a pressão que ele sentia. Os óculos ficavam embaçados e pequenas gotículas saíam de seus olhos, mas não eram lágrimas de dor e sim de uma ansiedade inexplicável.

Meu irmão me deixou uma pequena quantia em dinheiro e disse que eu tinha de me virar. Ele não vai gostar do que eu vou fazer… Mas já me decidi!

E assim nosso herói decidiu seguir em frente com um sonho que há muito perseguia. Seu grande desejo era se tornar um Marine e lutar pela Justiça no mundo, mesmo que para isso acabe enfrentando a própria família. O primeiro passo na busca pelo objetivo era bem simples: Encontrar um Quartel para se alistar!

Visando esse objetivo, Velvet seguiria pelas ruas buscando pelo paradeiro do quartel. Procuraria por mapas ou informações que apontassem a direção. Caso não encontrasse, perguntaria aos transeuntes que encontrasse pelo caminho aonde era o Quartel da Marinha, sempre com educação e respeito. - Olá, desculpe interromper… Pode me dizer aonde é o quartel da Marinha? - O jovem ferreiro idealizava um mundo aonde haveria marinheiros todas as ilhas, por isso perguntaria confiante de que receberia uma resposta. Na hipótese de encontrar o local desejado, procuraria um guarda ou bateria na porta.

- Olá, eu sou Velvet e quero ser um marinheiro!

Esperaria por uma resposta e caso fosse positiva, seguiria as instruções. Se fosse negativa, insistiria sem parar. Pedindo, implorando de joelhos, algo que mostraria sua real motivação. Na hipótese de ser agredido, empurrado ou impedido de prosseguir, manteria sua posição firme e mesmo com as possíveis dores não sairia dali. Só trocaria a posição caso os óculos caíssem, pois aí tentaria pegá-los para vestir novamente.
Considerações:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 73
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? EmptySeg 29 Fev 2016, 23:49

~~ Narração ~~


Era uma tarde como outra qualquer, o sol emanando calor, transmitindo seus raios solares a toda ilha de Shells Town, o céu extremamente azul sem qualquer nuvem apenas agregava a beleza do sol, era quase que uma pintura por assim dizer, mas tinha dias que o calor era insuportável, talvez uma das únicas desvantagens daquela bela ilha.

Dentre todos os grandões da cidade, havia um que era tão grande que poderia talvez ofuscar qualquer outro, mas não grande em termos físicos, mas sim sentimentais. Velvet um jovem menino de apenas 12 anos... opa, digo 17 anos, mas que aparentava um garotinho, peregrinava pelas ruas sem qualquer destino inicialmente. Veio de uma família muito conhecida principalmente no submundo. Os Carnelian eram conhecidos pelos cabelos e principalmente habilidades exemplares desde novos, ouve-se histórias pela Grand Line de alguns prodígios Carnelian de apenas 10 anos já terem experimentado o gosto de matar, alguns contos ainda não verídicos, diziam que alguns dentre eles já até haviam perdido a virgindade. É de fato uma família fodona em um mar fodão... mas infelizmente não era o caso de Velvet, na verdade o garoto era até bem diferente do que costumam dizer da família, talvez os mal tratos e o modo que lhe tratavam lhe fez um adolescente sonhador e justo. Seu cabelo era a marca de fracasso, pelo menos era o que sua família pensava, menos seu irmão mais velho que tinha salvado sua vida.

Mas isso ficou no passado, Velvet era livre agora, poderia virar um pirata temido, um caçador famoso, um revolucionário determinado ou um marinheiro implacável. O jovem de madeixas rosadas já tinha se decidido virar um marinheiro. Enquanto caminhava pela rua central da cidade de Shells, pode ver um cartaz escrito ‘Aliste Agora na Marinha: Justiça ontem, justiça hoje, justiça sempre’... alguns passavam olhavam, mas se quer davam bola, mas o garoto pareceu contente ao achar o panfleto colado em uma das paredes próximo de um restaurante, que por sinal o cheiro estava divino.

Após analisar o mapa, seguia o caminho indicado, nem precisava pedir informações, talvez isso fosse bom. Ao levar mais de vinte minutos, parava em frente ao quartel, aquela enorme construção, com três andares e diversos marines entrando e saindo, enchia os olhos de qualquer visionário. Sem delongas o adolescente adentrava no local, por sorte os guardas não lhe barravam, pois era dia de alistamento! Parecia ser o dia de sorte de Velvet... ao perceber uma fila de homens musculosos, cheios de cicatrizes, cabeças raspadas, barbas volumosas e roupas com diversas artes de luta, talvez se espantasse ou talvez não, mas se quer tinham visto o garoto no final da fila.

Passavam-se meia hora e a fila tinha já tinha andado, estava na vez de Carnelian. – Próximo da fila!? O homem da recepção proferia meio zangado, talvez por estar farto do cargo e não conseguir de subir de patente ou apenas estava mal-humorado. Carnelian falava, mas parecia ser ignorado inicialmente. – Ei garoto saia da frente, seu pai está aí para se alistar, não pode ficar na fila rapaz, saia vamos... Próximo! Asseverava ao perceber a pouca presença que Velvet emanava e pela aparência nada chamativa do jovem. – Ei moleque, sai da frente, quero me alistar de uma vez e viver uma vida de luxo. BUHORARARARA! A fila tinha aumentado enquanto Velvet estava para ser chamado, um dos bombados insinuava para que o garoto saísse... agora o adolescente se mostraria quem era de fato ou resolveria de alguma outra maneira?!




Histórico Velvet:
 

____________________________________________________

~Fala / Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conquistas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 31
Localização : -

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? EmptyTer 01 Mar 2016, 19:08

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O heroi chegou
Post: 02 | Localização: Shells Town| Aparência: Camisa branca simples, calça Jeans e óculos

O nosso herói Velvet iniciou sua trajetória em Shells Town com uma busca rápida pelo Quartel da Marinha e encontrando avisos pela rua, rapidamente chegou aonde desejava. Assim como ele, outros também desejavam seguir a carreira militar, cada um com sua motivação. O jovem de cabelos rosados sentia a ansiedade aumentar ainda mais dentro de si e o suor que escorria pela sua face misturava-se ao causado pelo calor usual da ilha. A sensação fria percorria a pele como formigas em um piquenique. Ele respirava fundo e adentrava o recinto, encontrando uma fila, a qual se posicionou e esperou novas ordens.

Próximo da fila!?  Ei garoto saia da frente, seu pai está aí para se alistar, não pode ficar na fila rapaz, saia vamos... Próximo!

Ei moleque, sai da frente, quero me alistar de uma vez e viver uma vida de luxo. BUHORARARARA!

Não bastavam as palavras desmotivadoras do marinheiro, ainda era obrigado a ouvir os desejos sujos daquele recruta. Pela primeira vez em muito tempo, Velvet fechou os punhos e sentiu calor em seu interior. Sua pele ficaria corada e seus olhos profundos. Era fácil notar o sentimento que lhe dominava no momento: Raiva!

- Ei… Como ousa falar algo tão ridículo assim dentro da Marinha? Um marinheiro movido por ganância? Você é uma vergonha!

O jovem boxeador era pacífico por natureza, porém injustiças e maldade lhe tiravam do sério. O instinto heroico tomava conta de si e ele jamais permitiria um homem ganancioso servindo ao seu lado. Ele vai manchar a honra daquela instituição, pensou. Seus olhos estariam determinados, embora os óculos cobrissem parte deles. A fila ainda estava grande e muitos poderiam ficar impacientes, porém nada disso importava para o recruta ferreiro. Ele tinha um trabalho mais importante agora.

- Ei, senhor. - Disse olhando para o marinheiro responsável pela seleção. - Vai permitir que este homem corrupto participe da seleção? Isso é um ultraje…

Se a resposta do homem fosse positiva ou neutra para a inscrição do homem, Velvet cruzaria os braços na frente do homem, impedindo-o de prosseguir. Se a resposta fosse negativa, o pugilista observaria o homem sair da fila e continuaria olhando para ele até que fosse finalmente embora. À qualquer momento, caso receba algum ataque, permaneceria imóvel, recebendo-o em cheio. Uma agressão gratuita certamente causaria sua retirada do alistamento e poderia causar até sua detenção. Desviar, apenas daria motivos para que ele continuasse.

Na hipótese do homem sair da fila, o recruta voltaria sua atenção para a inscrição, pedindo desculpas para todos e responderia as perguntas necessárias. Por fim, seguiria as indicações e cronogramas que surgissem. Se os outros participantes reclamassem por causa da demora, Velvet encaminhar-se-ia para o final da fila enquanto pedia desculpas pela interrupção. Ele não tinha problemas com outros recrutas e sim com gente suja.
Considerações:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |


Última edição por GM.Van em Dom 06 Mar 2016, 18:29, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 73
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? EmptyTer 01 Mar 2016, 23:37

~~ Narração ~~


O quartel da marinha parecia banal como de costume, mas Velvet parecia ter iniciado uma treta no local. – Como é que é moleque... tá pensando o que, me piralho? O homem asseverava ao inclinar seu corpo e encarar o garoto pela resposta audaciosa do jovem. Mas antes de qualquer idiotice, pois bater em uma criança seria crime no quartel, o homem não fazia nada, mas mostrava sua face zangada.

Claro que Velvet não era uma criança, mas para quem visse e não ouvisse de sua própria boca, não acreditaria. O jovem de madeixas rosadas, mesmo após uma constante fúria pela frase repulsiva do grandalhão, tentava dialogar e convencer o marine, que fechava seus olhos, colocava a mão em sua testa ainda segurando uma caneta e respondia. – Aí, aí... garoto cada um entra com seus objetivos na marinha, temos vários cargos, não são todos que querem dar suas vidas em combate! Agora saia da fila, está atrasando o restante! Ele fazia um sinal com a mão, chamando um marine até o local. – Retire essa criança por favor soldado! Ele olhava e soldado batia continência e pegava no braço de Velvet... nesse mesmo momento, o homem de músculos volumosos solta uma risadinha enquanto encara o adolescente, mas sabia aquele homem com quem estaria lidando, mas isso é passado e Velvet parecia não apelar ao usar sua família para tais ameaças.

Enquanto o marine arrastava pelo braço o garoto, um sargento estava conversando com uma mulher, talvez algum assunto sério ou não, suas bochechas coradas insinuavam o interesse pela mulher, mas seus múrmuros eram impossíveis de se ouvir. O soldado puxava Velvet e ambos estavam passando ao lado do sargento e da secretaria, o que o Carnelian renegado faria a seguir?!




Histórico Velvet:
 

____________________________________________________

~Fala / Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conquistas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 31
Localização : -

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? EmptyQua 02 Mar 2016, 17:16

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
A luta começa antes de começar
Post: 03 | Localização: Shells Town| Aparência: Camisa branca simples, calça Jeans e óculos

O alistamento na Marinha mostrava-se mais difícil do que imaginava nosso herói. Não bastava permitir que qualquer um fizesse o processo, o marinheiro responsável ainda lhe retirava por tentar se impor diante de alguém corrupto e sujo. A frustração aumentava ao ser carregado para fora por outro soldado, este cumprindo as ordens recebidas. Não havia o que pudesse fazer para mudar o panorama. Pessoas sujas estavam em todos os lugares, as mesmas com quem conviveu toda a vida. O jovem Carnelian não conseguia esquecer o sorriso sarcástico daquele recruta bombado, afinal era o mesmo de seus familiares. Aquele dejá vù incomodava tanto que ele perdia as forças para revidar e apenas seguia o soldado, entretanto um casal captava sua atenção. Um marinheiro bem vestido, provavelmente Sargento, tentava impressionar uma mulher e percebendo a situação do homem, Velvet tentou lhe ajudar, afinal o que conquistava mais uma mulher do que um homem altruísta?

- Hey, Senhor… Eu fui retirado da fila para recrutamento só porque eu fui contra um homem que disse querer dinheiro na Marinha. Eu falei que não aceitaria um corrupto na Marinha e fui expulso… Né, senhora…?? Como podem expulsar um inocente e deixar um homem corrupto se alistar!?

Diria enquanto tentava se desvencilhar do soldado, fazendo movimentos chamativos e desnecessários, deixando claro que estava sofrendo um abuso de autoridade e que era injusto o que acontecia com ele. Apesar do clã Carnelian ter assassinos capazes de atuar e criar situações manipuladoras, o mais novo não possuía as mesmas habilidades, entretanto, poderia ter observado o suficiente para absorver alguma coisa e ser capaz de reproduzir alguma coisa, o bastante para chamar atenção para si e ser ajudado pelo Sargento que poderia utilizar aquela situação para “aparecer” para a senhorita e quem sabe facilitar na conquista amorosa.

- Por favor, ajude-me…

Caso não fosse ouvido ou lhe ignorassem, fingiria um tropeço e cairia no chão. De lá, fitaria o casal numa última súplica, aonde estaria abaixo deles e tal situação de imponência poderia criar uma certa empatia no casal e fazer com que se sintam obrigados a ajudar. Nosso herói não era um manipulador como os irmãos, porém certamente tinha a inteligência para isso.

Eu serei um Marine. Nada me impedirá!

Na hipótese de ser ajudado, seguiria o superior e faria o que ele dissesse, apontando o culpado se necessário. Em seguida, acompanharia e participaria do processo como deveria ter sido feito. Na hipótese de não ser ajudado, o ferreiro olharia para o soldado que lhe escoltava e diria. - Aprendi minha lição, soldado-san, pode me soltar. Eu irei para o final da fila e respeitarei a hierarquia. - Diria com determinação, mostrando que havia entendido como as coisas funcionavam e adaptar-se-ia.
Considerações:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 73
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? EmptyQua 02 Mar 2016, 21:32

~~ Narração ~~


O jovem Carnelian estava prestes a ser expulso do quartel, isso faria ele perder toda sua motivação e futuras ideias, perderia ainda o poder de fazer justiça em nome da marinha. Mas talvez fosse um dia que os deuses lhe estivessem abençoando ou apenas sorte mesmo, pois Velvet agia no calor do momento falando sem qualquer educação com o superior ao lado da linda mulher. Ele olhava para o soldado e olhava para Velvet tentando entender o que estava acontecendo naquele instante.

A mulher olhava para o garoto de madeixas rosadas e com um sorriso ela proferia. – Que bonitinho! Ela espontaneamente falava para Velvet. O sargento olhava para ela com sua face séria e num flash mudava com um leve sorriso. – Soldado, o que está havendo? O superior se virava para falar com o marine e fazia sua face séria novamente. – Senhor, esse garoto estava na fila para se alistar, pelo visto não tem nenhum familiar com ele, mandaram eu retirar ele do quartel! O soldado falava rapidamente ao ser questionado pelo superior. – Hm! Garoto você quer se alistar? O marine percebia a chama nos olhos de velvet, conseguia sentir o forte desejo do garoto querer se alistar. – Ainda tão Jovem e bem determinado! Soldado, deixe que ele se aliste, até porque sou o responsável pela etapa final! Estarei te esperando garoto! O homem proferia ao ver a mulher ficar impressionada com ele, ela pegava no braço dele e ambos seguiam para dentro de um corredor, parecia que tinha ganhado a pepeca do mal!

O soldado batia continência e afirmava. – Sim senhor!... Vamos moleque. Ele proferia ao fazer sinal e dessa vez não agarrava Velvet. O marine voltava até a mesa do secretário e dialogava com o mesmo. – O sargento Leikan que ordenou para que esse jovem pudesse se alistar! O soldado falava ao passar seu dedo na bochecha mostrando não negar a ordem. – Quêee?! O próprio sargento avaliador?! Tsc... se ele disse não tenho escolha, tome garoto, preencha e depois me devolva! O marine mostrava estar zangado e entregava no final de sua fala um papel escrito informações para alistamento, ali dizia para colocar todas as informações pessoais como, nome, sobrenome, oficio, habilidades (pericia), estilo de luta, altura, peso e etc.… todos os dados para que a marinha entendesse o recruta e desenvolvesse suas futuras missões!



Sargento Leikan:
 


Histórico Velvet:
 

____________________________________________________

~Fala / Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conquistas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 31
Localização : -

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? EmptyQui 03 Mar 2016, 08:56

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Entrando pra dentro
Post: 04 | Localização: Shells Town| Aparência: Camisa branca simples, calça Jeans e óculos

Obstáculos eram feitos para serem superados. O alistamento de Velvet não era diferente. As dificuldades existiam e ele sofria para alcançar seu objetivo, entretanto ele possuía uma forte determinação e isso refletia em suas atitudes. Diante de uma oportunidade, ele conseguiu aproveitar o máximo dela e fora premiado. Seu olhar e palavras alcançaram o Sargento e ele providenciou uma nova chance ao recruta. O Carnelian estava no páreo e pelo visto dependia apenas dele para chegar aonde desejava.

Quêee?! O próprio sargento avaliador?! Tsc... se ele disse não tenho escolha, tome garoto, preencha e depois me devolva!

- Sim, Senhor!

E assim pegaria o documento, aonde precisava preencher diversas informações. O ferreiro não tinha dificuldades para responder, pois o questionário era bem simples. Quanto mais tentasse esconder ou incrementar, mais chances de chamar atenção indesejada, então escreveria tudo o que ali pedisse sem omitir uma informação sequer. Assim que terminasse, entregaria ao superior e seguiria para a próxima etapa.

Mal posso esperar… Tomara que eu consiga mandar bem na parte física. Eu não sou forte igual meus irmãos, mas sou engenhoso… Conseguirei fazer algo.

Diferente dos Carnelian conhecidos por serem assassinos, Velvet era pacífico e preferia o diálogo. Outro ponto importante sobre ele era que sua família o desprezava constantemente, então eles não conheciam suas habilidades, apenas Sly - seu irmão mais velho - conhecia o irmãozinho. As habilidades com Forja eram excepcionais e ele poderia ser chamado de “Ferreiro” sem demérito algum. O jovem também possuía habilidades físicas. Devido ao curto espaço em que tinha para viver, um galpão velho e sujo, o boxeador acabou melhorando sua locomoção com treinos de curta distância. Seu conseguia se mover e alcançar a velocidade máxima de forma instantânea, movimento conhecido como “dash” aonde em um simples impulso ele era capaz de “planar” em alta velocidade e alcançar outro ponto. Sem poder correr para treinar sua resistência física, ele acabou melhorando seus reflexos e agilidade, adaptando-se ao meio em que vivia. Logo, sua grande dificuldade no alistamento seria a parte física, momento este em que estaria em grande desvantagem quando comparado aos concorrentes.

- Dê o seu melhor, Vê… - Falava para si mesmo, tentando se motivar para as provas que viriam. Ele não sabia o que estava por vir, mas independente do que fosse, faria o seu melhor. Na hipótese de lhe passarem coordenadas, ordens, pedidos, executaria como pudesse, tentando assim mostrar seu valor para a Marinha e seus futuros superiores.
Considerações:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 73
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? EmptyQui 03 Mar 2016, 16:20

~~ Narração ~~


Alguns minutos se passavam e Velvet terminava o preenchimento de seu cadastro para adentrar como recruta. Até então tudo era tranquilo, ele devolvia a folha e o secretario apenas dava uma averiguada para ver se não faltava nada. – Carnelian Velvet? Parece estar tudo okay... Carnelian?! Esse sobrenome me parece familiar... o homem fazia uma cara de confuso ao tentar lembrar, mas talvez fosse impossível, pois os milhares que se escrevem tinham diversos nomes e sobrenomes loucos, tecnicamente ele estava buscando uma agulha no palheiro.

- 17 Anos... e eu pensando que tu tinhas uns 10, vá até a área dos ferreiros e fale com Matsuo ele é responsável por lá, você fará o primeiro teste lá. Use as placas para achar o local, mas não é difícil, assim que chegar lá entregue essa carta para ele... fica naquela direção! Ele apontava para o lado esquerdo do jovem boxeador. Após ter sua direção e suas informações, ao seguir, passaria por outro saguão de porte médio, ainda podia avistar ao virar o pescoço para o lado direito um campo de treinamento e em seguida, à sua frente estava a ala dos ferreiros do quartel. Era um local quente já na entrada, tinha alguns homens gordos e barbudos, pareciam vikings da era moderna. Tinha algumas fornalhas para criar as tão lindas e abençoadas espadas, tinha equipamentos para moldar como, pegador, baldes de titânio e etc.

Um homem batia forte na lamina fazendo diversas faíscas soltarem como fogos de artifícios, tal função para dar vida as espadas. – É assim que se faz Matso-sensei! Um dos jovens recrutas proferia ao olhar para o homem de cabelos e barba branca. Sua barba ainda tinha um formata até diferente do habitual. O calor era imenso, fazia qualquer um suar, o velho parecia ter destreza no que fazia, mas sua face parecia fechada e bem séria.  – Hóohh... Continue assim! Ele dialogava e mostrava uma voz rustica e bem envelhecida, como de fato era sua idade. Ele usava apenas um tipo de macacão, com uma luva na mão esquerda e um martelinho na mão direita, enquanto exercia sua função no quartel.

Ao se aproximar do responsável pelo primeiro teste, veria a cara de surpresa do homem, ele encarava o jovem de madeixas e um leve suspiro era ouvido, mesmo naquele local cheio de batidas de martelos. Velvet ao decidir entregar a carta para Matsuo, veria o homem ler o documento e falar em seguida. - Uhm... oficio ferreiro então, Carnelian?! Muito bem, pegue aquele balde com aquelas espadas sem fio logo ali! Ele apontava para uma das mesas de pedras mais baixas, atrás tinha uma fornalha e dois baldes grandes repletos de espadas sem fio, em cima da mesa tinha uma luva, ao lado uma garra ou pegador, um amolador de lâminas e mais alguns utensílios para afiar lâminas. Era provável que fosse espadas de marinheiros que perderam o fio nas batalhas. - Concerte-as, estarei de olho e se precisar de ajuda, basta falar!? Alguma dúvida? Ele proferia ao parar de bater o martelo e analisar bem o jovem boxeador. Velvet poderia dar inicio a seu primeiro teste.



Matso:
 


Histórico Velvet:
 

____________________________________________________

~Fala / Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conquistas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 31
Localização : -

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? EmptySex 04 Mar 2016, 21:53

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Batendo uma
Post: 05 | Localização: Shells Town| Aparência: Camisa branca simples, calça Jeans e óculos

A entrega do documento foi mais rápida do que o esperado e apesar do breve susto ao ter o sobrenome mencionado, Velvet finalmente estava encaminhado para a próxima etapa. Confundirem sua idade não o incomodava, entretanto ser mandado para uma Forja, sim. Apesar de ser uma de suas poucas habilidades, ele não estava confiante em seu trabalho, pois só havia utilizado a que possuía no porão e caso encontrasse equipamentos novos poderia acabar se atrapalhando.

Após passar por alguns lugares do Quartel, finalmente chegou ao esteriótipo do ofício ao encontrar homens barbudos, mal cuidados e fortes. Faltou apenas um anão e uma caneca de rum para completar o visual. Diante de tal cenário, o recruta destoava completamente e parecia um turista no local. O responsável pelo lugar era um homem com porte de alfa, apesar do corpo não tão bem trabalhado. Era possível sentir que todos ali respeitavam o experiente ferreiro e para Velvet não seria diferente.

- Uhm... oficio ferreiro então, Carnelian?! Muito bem, pegue aquele balde com aquelas espadas sem fio logo ali!

- Sim, Senhor!

- Concerte-as, estarei de olho e se precisar de ajuda, basta falar!? Alguma dúvida?

Que bigode legal…” Pensou enquanto observava o superior. Pensamento rápido logo substituído pelo trabalho que tinha para fazer. O recruta ajeitaria os óculos no rosto, algo que fazia para se inspirar e ficar focado na atividade, entrando num estado de concentração bem alto. O trabalho era fácil de fazer, qualquer pessoa com o mínimo de conhecimento seria capaz. Havia uma pequena quantidade de materiais, o suficiente para fazer armamentos simples. Todavia, por se tratar de um teste, Velvet precisava dar o seu melhor e a melhor maneira de isso acontecer era mostrando todas as suas habilidades. “Vamos lá!

A primeira medida seria pegar uma espada. Ele escolhia de forma aleatória e sem muito avaliar, pois não poderia pensar em serviço fácil. O trabalho era colocar para uso e assim ele o faria. A segunda seria avaliar o estado da arma. Observaria de todos os pontos, empunhaduras e luzes. Com isso, avaliaria o estado atual da espada, se estava alinhada, rachada, sem fio, etc. Depois de entender o estado atual, passaria para a parte de restauração. Na hipótese da arma estar apenas sem fio, passaria a lâmina na pedra como se tentasse fazer cortes milimétricos. Cada passada tinha o objetivo de criar linhas simétricas e finas que tornariam a lâmina afiada. Era importante ter calma e paciência, pois era um trabalho cansativo e técnico. Se errasse uma passada, precisaria de pelo menos duas para consertar o erro e como ferreiro não poderia permitir que isso acontecesse. Assopraria após algumas passadas e voltaria a analisar bem de perto, buscando sempre pela perfeição. Na hipótese da espada estar torta, procuraria pelo óleo quente e deixara a arma imersa até que esteja maleável e nesse momento tentaria acertar(envergando para o lado desejado levemente) até que fique uma linha perfeita. Na hipótese da arma estar rachada ou faltando pedaços, reforjaria adicionando novos elementos e faria todo o trabalho de forja, batendo e jogando água para oxidar e melhorar a absorção do material. Com os óculos protegendo os olhos, poderia bater bem próximo, tendo assim uma visão muito boa do trabalho e por conseguinte seu melhor resultado. Bateria na vertical e horizontal, tentando fazer uma arma fina, porém resistente. Não economizaria no material ou esforço físico. Após terminar toda a arma, colocaria em um balde ou local apropriado, dando como pronta ao término. Caso acabe todas, perguntaria ao chefe se havia mais trabalho. Caso não termine, continuaria exercendo a função até que acabe.
Considerações:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Conteúdo patrocinado




Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Episódio 1 - Qual a sua Justiça?
Voltar ao Topo 
Página 1 de 5Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Yotsuba Island-
Ir para: