One Piece RPG
Porto Branco XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Mini-Aventura] A volta para casa
Porto Branco Emptypor Fiest Hoje à(s) 10:51

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Porto Branco Emptypor Fukai Hoje à(s) 10:10

» [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA
Porto Branco Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 10:07

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Porto Branco Emptypor PepePepi Hoje à(s) 07:50

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Porto Branco Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 06:02

» Hey Ya!
Porto Branco Emptypor GM.Mirutsu Hoje à(s) 02:56

» Enuma Elish
Porto Branco Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 02:32

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Porto Branco Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 02:08

» [Ficha] Raveny Moonstar
Porto Branco Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:38

» Raveny Moonstar
Porto Branco Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:36

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Porto Branco Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 01:11

» Escuridão total sem estrelas
Porto Branco Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 00:39

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
Porto Branco Emptypor Kiomaro Hoje à(s) 00:27

» Arco 5: Uma boa morte!
Porto Branco Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 23:58

» A inconsistência do Mágico
Porto Branco Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 23:45

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Porto Branco Emptypor Furry Ontem à(s) 22:54

» Seasons: Road to New World
Porto Branco Emptypor Volker Ontem à(s) 22:44

» Ain't No Rest For The Wicked
Porto Branco Emptypor Hoyu Ontem à(s) 21:55

» I - O bêbado e o soldado
Porto Branco Emptypor Domom Ontem à(s) 21:49

» Um novo tempo uma nova história
Porto Branco Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 21:29



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Porto Branco

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Porto Branco 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Porto Branco Empty
MensagemAssunto: Porto Branco   Porto Branco EmptyQui 18 Fev 2016, 13:09

Porto Branco.

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Ark. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ragnar
Civil
Civil
Ragnar

Créditos : Zero
Warn : Porto Branco 10010
Masculino Data de inscrição : 09/05/2011
Localização : Por aí...

Porto Branco Empty
MensagemAssunto: 1 - Decisões...    Porto Branco EmptyQui 18 Fev 2016, 13:14

- Merda...

Era a única a coisa o que Ark falou quando estava na frente do bar...

”E agora? Fugiram? Presos? Mortos? O dono foi morto pelo que falaram... Se ele está morto, não tem mais nada aqui pra mim...”

Ark pensava desta forma, pois há pouco tempo ele havia chegado de Mt. Ballon e encontrado o bar, em que vivia e trabalhava, vazio, devido a uma batida policial, comandada pela própria chefe de polícia de Porto Branco, onde resultou na morte de alguns bandidos e civis que ali se encontravam, incluindo o dono do bar, outros conseguiram sobreviver, mas eles não se encontravam mais ali, uns foram presos e o restante fugiu, provavelmente para Mt. Ballon, ou para algum lugar no mar, mas Ark não sabia para onde eles foram e também importava para ele...

”Agora que estou sozinho... O que eu deveria fazer? Beber? Arranjar algo para trabalhar? Será que consigo virar médico no hospital da cidade? Não... Eu deveria arranjar algo diferente pra fazer... Hum... Deveria sair dessa ilha, poucos me conhecem, mas seria bom sair daqui, será que eu devia fazer o que Adam fez no passado? Ir para a Marinha... Salário certo... Chance de sobreviver lá é alta, já que tem tantas pessoas ali... Provavelmente eles precisarão de um médico... E ainda sei usar algumas armas... Então não deve ser muito difícil de entrar para a marinha... Hum... Mas não tem uma base da marinha aqui... Eu teria que sair de Dawn... Melhor... Eu já estava pensando mesmo em deixar a ilha... Normalmente tem barcos no lado leste da ilha, aqui perto de Porto Branco... Além de barcos menores no vilarejo do outro lado da ilha... Melhor procurar nos barcos aqui no leste da ilha mesmo... Como tem barcos maiores, pode ter um barco da marinha, posso até pegar uma carona para uma base da marinha com eles... Hum... Mas no caminho eu bem que deveria passar em um outro bar...” – Pensava Ark, enquanto tentaria deixar para trás seu passado no bar em que passou quase toda sua vida...

Enquanto andasse Ark tentaria ir para o leste da ilha em direção aos barcos, para dizer um adeus para a cidade em que nasceu e cresceu... Porto Branco... Mas antes ele precisava saciar sua cede, pois há pouco havia acabado sua última dose de bebida...

- Aff...

”Eu deveria ter pego mais bebidas no bar antes de ter ido pra Mt. Ballon... E ter levado o material também... Só fiquei com o mísero pagamento que aqueles bandidos me deram... E já vou ter que gastar uma parte pra conseguir um pouco de bebida e talvez para pagar uma passagem... Han... Bem que posso oferecer meus serviços como pagamento... É sempre bom ter um médico a bordo... Ou posso ajudar em algo no barco... Deve ter algo aqui na cidade baixa pra mim... Talvez consiga a carona em algum navio em algum bar na parte leste... É... Primeiro irei no bar, que sabe não consigo tudo que quero lá...” – Pensaria Ark enquanto se decidia o que fazer...

E decidido no que fazer, Ark começaria a andar pela cidade baixa de Porto Branco em direção de um bar ao leste da cidade.


observações do post:
 

____________________________________________________

Legenda:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Orange Laranjado
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Orange Laranjado

Créditos : Zero
Warn : Porto Branco 4010
Data de inscrição : 14/01/2016

Porto Branco Empty
MensagemAssunto: Re: Porto Branco   Porto Branco EmptySab 20 Fev 2016, 10:42

! Narração !




A fina garoa castigava Dawn Island, clima era fúnebre pois o céu chorava pelos inocentes que perderam suas vidas durante a a abordagem policial que a pouco ocorrera na cidade. Um vento leve vindo do norte entrava em contato com o corpo de Ark e fazia com que a chuva penetra-se em suas vestes. O médico a pouco havia voltado de Mt Ballon e estava parado à frente do seu lar, mas o que ocorrera ali a pouco tempo fez com que aquele local onde aprendera muito e até mesmo seu ofício, deixasse de existir. Ark não era alguém muito ligado á sentimentos de perda e logo aceitou que aquele não era mais um lugar onde poderia viver, portanto depois de um grande conflito interno sobre o que poderia fazer dali por diante, decidiu por tornar-se um membro da marinha assim com seu irmão Adam havia feito.

Ele então tomou rumo ao leste da ilha, onde ficavam atracados o navios de grande porte, quem sabe lá pudesse encontrar um navio da marinha ou então um capitão de navio que topasse leva-lo até a próxima ilha em troca de serviços. - Aff... - O vício lhe atacava mais uma vez, havia pouco tempo desde sua ultima dose de álcool e esta já tinha se dissolvido no sangue, ele precisava de mais, precisava saciar o vício e isso fez com que sua rota tivesse uma alteração, agora Ark buscaria um bar. Não demorou muito para que o encontrasse, afinal na parte pobre da cidade muitos dependem do álcool para afogar suas mágoas e sofrimento. O nome do bar era escrito de forma arcaica em madeira, mas dava para ler, o nome do bar era "Novo Rumo". O bar era um local bem arejado e simples, possuía duas portas de madeira enormes, as quais quando fechadas tampavam toda a área, mas agora estavam abertas e era fácil ver tudo ali dentro.

No bar haviam cinco pessoas, dentre elas um estava em pé, este aparentava ser o dono, as outras quatro pessoas não podiam ser identificadas pelo lado de fora do bar. No mesmo instante em que encontrara o bar, Ark viu um monte de pessoas correndo em direção ao porto, era difícil discernir o que falavam por conta do vício que ainda não havia sido saciado, mas pode escutar um velho que se esforçava para correr. - A ma... um navio... Marinha... - O homem ofegante falava com dificuldade e tudo o que o jovem médico pode escutar foi isso.

O que Ark faria agora? Saciaria seu vicio ou iria verificar oque a marinha estava fazendo por alí? Esta poderia ser a sua chance de fazer parte da marinha, mas também era a chance de saciar sua vontade de beber, qual dos dois ele escolheria?

Imagem aproximada do bar:
 

Off:
 

____________________________________________________

?

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] ||| [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ragnar
Civil
Civil
Ragnar

Créditos : Zero
Warn : Porto Branco 10010
Masculino Data de inscrição : 09/05/2011
Localização : Por aí...

Porto Branco Empty
MensagemAssunto: Uma escolha nem um pouco difícil...   Porto Branco EmptySab 20 Fev 2016, 11:42

- Mas que saco... Tinha que estar chovendo? Aff... Isso me dar ainda mais cede...

Ark anda em direção ao bar com pensamentos distantes...

”Será que eu deveria mesmo ir para a marinha? Hum... Lá posso conseguir equipamento mais facilmente... É acho que irei pra lá... Mas onde está aquele bar mesmo...”

Ark chegava ao bar que procurava... Ao abrir a porta ele notava cinco pessoas dentro do mesmo.

”O que está em pé deve ser o dono... Os outros devem ser clientes... Acho que eu deveria ir até o balcão...” – Pensava Ark.

Quando Ark estava prestes a entrar... Ele escutava umas pessoas correndo falando sobre um navio, ou melhor sobre a marinha...

Ark para um momento sob a porta e pensa:

”Navio... Marinho... Um navio da marinha? Será que está atracando na ilha? Ah... Não importa... Vou comprar minha bebida e depois vou olhar isso... Eu acho...”

Ark entra no bar, sem olhar para trás, tenta caminhar, devagar até o balcão, se fosse ali onde o homem em pé se encontrava, e falaria:

- Boas... – Ele faria uma pausa na fala e esperaria que o homem lhe desse atenção, antes de continuar... - Gostaria de uma garrafa de bebida,  preferência rum... Caso não tenha... Uma de cerveja... – Outra pausa na fala, para saber a resposta do homem, caso ele confirmasse ter uma dessas bebidas, ou caso não, Ark pediria uma outra bebida alcoólica, antes de perguntar... - Ah... Quanto custa mesmo?

Caso o homem, não estivesse no balcão, Ark se encaminharia para o balcão e esperaria um pouco para ser atendido, mas caso demorasse um pouco, ele tentaria chamar a atenção do dono, levantando a mão e logo depois baixando, como se estivesse chamando... Para então poder puxar a conversa...

Ark esperaria a resposta para poder pagar, e pegar sua bebida, além disso, Ark tentaria verificar o ambiente no bar, ver o que os outros possíveis clientes estavam fazendo, sempre tentando perceber algo que não tivesse em seu devido lugar...

”Estar prevenido é chave da sobrevivência... Uma garrafa normalmente custa dez mil berries, tenho cinquenta mil... Espero que seja esse valor, se for, só precisarei pagar e ir atrás daquela notícia do navio da marinha...”

Se o valor fosse o que Ark imaginava, ele pagaria com um sorriso e esperaria para pegar sua mercadoria antes de tentar sair do bar para investigar o caso do navio da marinha que apareceu na costa de Dawn, caminhando na direção para onde as pessoas que estavam correndo iam, quando Ark estava entrando no bar, mas antes ele abriria a garrafa e tomaria um gole, agradeceria o dono e partiria...

____________________________________________________

Legenda:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Orange Laranjado
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Orange Laranjado

Créditos : Zero
Warn : Porto Branco 4010
Data de inscrição : 14/01/2016

Porto Branco Empty
MensagemAssunto: Re: Porto Branco   Porto Branco EmptySeg 22 Fev 2016, 18:33

! Narração !



As pessoas passavam rumo ao porto, mas Ark estava mais preocupado em saciar seu vício e entrou no bar. Com passos lentos o médico caminha até o balcão. O garçom estava terminando de pegar o pedido de um cliente e voltou para trás do balcão. - Boas... - AAAAAAAAAAAAAH! - O garçom soltou um grito e derrubou seu bloco de notas no chão. - Seu cretino, por que me assustou????????? - O garçom então abaixou e recolheu o bloco que havia caído quando assustou-se - Desculpe, eu estava meio distraído. Em que posso ajudar?

- Gostaria de uma garrafa de bebida,  preferência rum... Caso não tenha... Uma de cerveja...


- Você tem os 10.000 necessários para comprar a garrafa? - O tom de voz do garçom era rude, parecia desconfiar da índole do homem que estava a frente de seu balcão, mas a semblante desconfiada foi substituída rapidamente. - Desculpe a indelicadeza. - O garçom andou um pouco para o lado, pegou então uma garrafa de rum e a destampou, pegou na outra mão um copo e retornou à frente de Ark, colocou o copo no balcão e serviu uma dose. - Falemos de valores depois. Me chamo Olaf. - Olaf olhou Ark de cima a baixo. Foi até uma das mesas, pegou uma cadeira e colocou ao lado do cliente. - Sente-se. Você me parece forte, precisa de dinheiro? Ouvi falar que um homem loiro e com as suas medidas trabalhava como médico em um bar aqui por Porto Branco. Se estiver interessado tenho um trabalho para você, mas é necessário ter coragem, se não a tiver pode esquecer o que falei. - O garçom deixou a garrafa ao lado do copo e foi servir outros clientes.

Era fácil identificar a aparência das pessoas que estavam dentro do bar. Três homens estavam em uma mesa no canto, Ark podia ver o rosto dos três, dois loiros e um de cabelo azul no meio, eles pareciam estar comemorando algo. - Viva, conseguimos, ninguém deve voltar à aquele bar. - O homem de cabelo azul falava alto agora. - Afinal, não existe bar sem um dono! Hahahahaha... Os outros dois clientes do bar pareciam um casal, uma mulher encostava a cabeça no ombro de um garoto. O garoto aparentava pouco mais de 19 anos e a mulher parecia ter uns 30 anos. Eles pareciam intretidos em um assunto íntimo. Olaf voltou ao balcão, mas desta vez não falou com Ark, parecia estar dando espaço para o homem pensar.

Grupo de três homens.:
 

Garoto e mulher.:
 

Garçom.:
 

____________________________________________________

?

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] ||| [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ragnar
Civil
Civil
Ragnar

Créditos : Zero
Warn : Porto Branco 10010
Masculino Data de inscrição : 09/05/2011
Localização : Por aí...

Porto Branco Empty
MensagemAssunto: Candidato à recruta da marinha...   Porto Branco EmptyTer 23 Fev 2016, 11:06

Quando Ark pedia a bebida, parecia mais que o dono desconfiava dele, deixava Ark um pouco chateado...

”Será que eu aparento ser tão pobre assim? Então são dez mil berries... Ainda bem... O dinheiro que tenho dará para pagar sem problemas...

Ark escuta algumas palavras do homem que se identificou com Olaf...

”Então escutaram sobre mim... Pensei que aquele velho tivesse tido cuidado, para que não soubessem de mim... Não importa... Ele já está morto...”

Ark ver Olaf se dirigir a outros clientes e servi-los, também identificando as aparências das pessoas no bar...

”Cinco... Quatro homens e uma mulher... Aquele rapaz e aquela mulher, não aparentam muita coisa... Mas...” – Pensava Ark enquanto verificava o ambiente ao redor, e escutava algumas coisas do trio de homens...

”Será que esse bar que eles falam... É bar que eu morava? Não importa... Ou morreram... Ou fugiram... Ou estão presos... O que importa é sobreviver!!!” – Pensava ignorando, o que o trio dizia, mas devido a suas palavras... – ”Melhor manter eles onde possa ver... Não quero que saibam quem sou... Vai que eles estão falando do bar...

Notando que Olaf meio que esperava uma resposta, Ark tomava a dose, tentaria pegar os dez mil berries, e passaria para o lado de Olaf...

- Desculpe... Mas como ver... – Gesticulando para os dois loiros... - Você deve estar me confundindo com alguém... Não sou médico... Na verdade sou um candidato à recruta da marinha... Espero que o senhor tenha um bom dia...

Ark tenta terminar a dose do copo, deixando o copo vazio e pegando a garrafa, da um pequeno sorriso, sempre tentando manter o trio sobre sua vista...

”Hum... Espero não ter demorado muito no bar... Preciso pegar esse navio da marinha que apareceu...”

- Obrigado... – Dizia Ark, enquanto tentaria ir para saída do bar, se saísse, Ark iria em direção ao Leste de Porto Branco, onde o navio da Marinha tinha aparecido.

”Será que é complicado ser aceito na marinha? Espero que lá não me façam trabalhar tanto...”

Ark suspirava, enquanto pensava na vida em que teria pela frente...

- Sim... Eu sou um candidato à recruta da marinha – Dizia Ark se convencendo de seu futuro...

____________________________________________________

Legenda:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Baranor
Civil
Civil
Baranor

Créditos : Zero
Warn : Porto Branco 10010
Masculino Data de inscrição : 09/03/2015

Porto Branco Empty
MensagemAssunto: Re: Porto Branco   Porto Branco EmptyQua 02 Mar 2016, 21:16

Ark estaria pronto para sair do bar, havia bebido sua dose o mais rápido que sua garganta pode aguentar a queimação da bebida destilada descendo por ela. Assim que acabou, deixou o copo sobre o balcão, pagou a quantia devida pela garrafa e a pegou, dirigindo-se em direção a porta.

Tudo parecia normal, os homens conversavam em sua mesa e o casal também continuava sem esboçar nenhuma reação suspeita ou duvidosa. Porem quando o médico se aproximava da porta do bar um dos homens lhe falou:

- Ei rapaz, eu não conheço você de algum lugar? - dizia um dos homens loiros sentados na mesa. Logo o outro homem loiro entrou na conversa confirmando a dúvida do colega. - Sim, ele é mesmo parecido com aquele cara... Aquele, Meric, aquele que os fracotes do bar falavam tanto que ia surrar a gente. - Dizia o segundo loiro cutucando o homem de cabelos azuis.
- Bem, deixe-me ver se a descrição bate com o que nos foi dito - Disse o homem enquanto se virava na cadeira para olhar para Ark. - Venha aqui rapaz, vejo que você tem uma boa garrafa de bebida em mãos, vamos beber juntos e nos conhecer melhor. Diga-nos, qual o seu nome? - Dizia ele olhando para o jovem médico com um sorriso malicioso nos lábios.

Enquanto a cena se desenrolava, simultaneamente a conversa dos 3 homens falando com o médico, o casal se levantou, pagou o que deviam e passaram as costas de Ark. Ele poderia jurar que teria ouvido a mulher surrar - Fuja! - enquanto passava atrás dele, ou fora apenas o barulho do vento quando a porta se abriu para os dois saírem na chuva, agora mais forte lá fora.

Olaf não estava avista, após receber o dinheiro do casal, ele teria se dirigido para os fundos do bar, talvez para arrumar o estoque ou pegar alguma bebida para repor no bar, mas o fato é que só se encontravam os 4 homens no salão do bar.

- E ai rapaz, o gato comeu a sua língua? Ou será que nos assustamos você? Não tenha medo, a gente não morde. - Dizia o homem de cabelos azuis. - Venha, traga a sua amiga para a nossa mesa.

Ark se encontrava a 5 metros da porta e a 5 metros do trio, estava sozinho com os 3 e não havia nenhum sinal do garçom do bar. Qual seria a escolha dele? Sentar-se com os homens e dividir sua garrafa afim de descobrir alguma coisa? Ou simplesmente ignorar e seguir o que supostamente a moça havia lhe sussurrado antes de sair? Lá fora a chuva caia sem trégua e ele podia escutar as ondas batendo com violência nas pedras a beira mar, definitivamente não era uma boa ideia ir ao cais e se fosse nesse momento era arriscado ou ser levado pelas ondas que lá arrebentavam ou pegar uma pneumonia naquele tempo. Qual seria o próximo passo do médico?
Historico:
 

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]    FALAS    PENSAMENTOS   NPC's
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ragnar
Civil
Civil
Ragnar

Créditos : Zero
Warn : Porto Branco 10010
Masculino Data de inscrição : 09/05/2011
Localização : Por aí...

Porto Branco Empty
MensagemAssunto: Compre sua própria bebida!!!!   Porto Branco EmptySex 04 Mar 2016, 16:53

Ark fazia o pagamento de sua bebida e começava a sair do bar, com a mesma, agora em sua posse, mas enquanto saia uma dos três homens que conversava começava a falar com Ark, como se o conhecesse...

Sem nem dar tempo para que Ark respondesse, o loiro falava como seus outros colegas, onde logo o outro loiro começa a falar com Ark, sem dar tempo do mesmo responder, fazendo com que nesse meio tempo o casal se levantasse de sua mesa e passasse por Ark, não antes da moça dar um aviso à Ark, para que ele fugisse...

Mas era só o casal sair, que o loiro voltava a falar, meio que convidando Ark a se juntar a sua mesa...

”Fugir? Amiga? A minha bebida?” – Pensava Ark enquanto ele tentava pensar o que estava ocorrendo ali

Ark continuava sem responder, daria uma olhada para sua bebida, daria um sorriso, daria um passo adiante, pararia, e falaria:

- Acho que vocês me confundiram com alguém, parece que hoje estão me confundindo bastante com alguém... Primeiro com um médico e agora com um cara briguento? Eu sou apenas um mero candidato à recruta da marinha... E quanto a minha amiga aqui... Bem ela tem algumas irmãs ali no balcão... Desculpe... Mas tenho que ir...

Ark manteria sua atenção aos três homens que estavam à cinco metros de si, mas apenas outros cinco metros separava Ark da saída...

”Maldição... Chuva... Não importa... Viver com uma bebida na mão, nada mais tem importância...”

Ark continuaria seu caminho para a porta de saída e quem sabe para o porto, ver se conseguia algo a partir dali, mas antes de sair do bar, Ark estaria atento aos três homens...

”Posso ser ágil... Mas nunca os vi, além de ter três... Será que eu deveria ter feito o que tinha dito? Hum.... Ah, ele queria a MINHA BEBIDA... Porra.... Ele está em um bar... Ele que compre a dele... Essa é minha... Eu que comprei!”

Caso um dos três, ou mais de um, fizesse algum movimento em direção a Ark, Ark tentaria correr em direção a saída, visando ir para um lugar onde pudesse escapar utilizando sua agilidade...

”Se eles vierem atrás de mim... Devo correr, para caso tenhamos que lutar, eu não precise lutar com os três ao mesmo tempo... As pessoas não tem a mesma velocidade que os outros, nem a mesma resistência, se eu correr deles, eles eventualmente me seguirão e se separarão, com o mais perigoso para mim, me enfrentando antes... Vamos ver se eu realmente tenho o que é necessário para ser um homem da marinha...”

Caso um dos homens chegasse próximo de Ark, ele tentaria dar dois passes para o lado contrário de um possível golpe que viesse, utilizaria suas pernas versadas em taekwondo, flexionando um pouco os joelhos, fixando a perna mais próxima de seu oponente, no chão, utilizando a força de seu pé, enquanto se inclinaria adiante, girar seu corpo no sentido anti-horário, caso a perna fixada à frente fosse a esquerda, e no sentido horário, se fosse a perna direita, esticando a perna que não estaria fixada, visando acertar um ponto um pouco acima do calcanhar do oponente, visando machucar o pé do mesmo...

”Pé machucado... Diminui sua velocidade... Então... Terei mais chances para que eu escape desses idiotas...”  

Então Ark não esperaria para ver o resultado, tentaria continuar a rotação de seu corpo e tentaria correr para fora do bar e continuar correndo em direção ao porto, mesmo de baixo da chuva...

Caso não houvesse qualquer movimento dos três enquanto Ark sairia do bar, Ark iria em direção ao porto tentando ir em uma caminhada o mais rápido possível, tentando se distanciar cada vez mais do bar...

”Maldita chuva... Aff...”

____________________________________________________

Legenda:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Baranor
Civil
Civil
Baranor

Créditos : Zero
Warn : Porto Branco 10010
Masculino Data de inscrição : 09/03/2015

Porto Branco Empty
MensagemAssunto: Re: Porto Branco   Porto Branco EmptyDom 06 Mar 2016, 20:19

Passos na chuva...

Após os homens começarem a falar com Ark e todo o restante da cena se desenrolar, seria finalmente a vez do jovem médico dar sua resposta no dialogo iniciado pelo trio sentado em uma mesa do bar.

- Acho que vocês me confundiram com alguém, parece que hoje estão me confundindo bastante com alguém... Primeiro com um médico e agora com um cara briguento? Eu sou apenas um mero candidato à recruta da marinha... E quanto a minha amiga aqui... Bem ela tem algumas irmãs ali no balcão... Desculpe... Mas tenho que ir..

-Calma ai rapaz, para que a pressa? - Disse Meric, o homem de cabelos azuis - A chuva lá fora esta muito forte e eu duvido que você consiga chegar até a Marinha agora. - Meric virava sua cadeira e agora estava sentado de costas para os loiros mas de frente para Ark.

- É rapaz para que a pressa? E porque essa grosseria toda, só pedimos para dividir a bebida, você irá beber também - Disse um dos loiros, o que parecia mais inquieto dos três e o que achara que Ark era o cara da descrição que eles haviam escutado.

Realmente lá fora a chuva era muito forte, porem no momento o clima dentro do bar parecia mais tenso do que o normal. Mas Ark continuava se direcionando para a saída, fingindo não se importar com os três indivíduos, mas sem tira-los do seu raio de visão. Ao primeiro sinal de movimentação por parte de algum deles ele iria partir em disparada para a porta. Mas não foi preciso, eles continuaram a observa-lo até ele sair pela porta e partir para a chuva impiedosa que assolava o Porto Branco naquele momento. Uma vez lá fora, Ark só possuía visão de alguns metros a sua frente, devido a chuva que era densa e caia como uma cortina de água. Começou a andar o mais rápido que conseguia em direção de onde estava o porto. Em poucos minutos, suas roupas já se encontravam encharcadas e começavam a colar junto a seu corpo, tornando-se pesadas.

Já havia se afastado do bar, não saberia dizer quanto pois não enxergava a porta do bar, na verdade seu campo de visão girava em torno de 6 metros, a coisa mais distante que ele via eram o que julgava ser as luzes de algum navio ao longe, atracado no porto. A distancia seria algo como uns 50 metros de onde ele estava agora.

Neste momento, Ark começou ouvir passos vindo de suas costas, eram mais de uma pessoa a julgar pelo barulho, não era ouvida nenhuma voz e a medida que ele ficava parado os passos se aproximavam. Aparentemente ele tinha 3 opções, a primeira seria rumar em direção ao suposto navio, com as luzes acesas, a segunda era se esconder um uma viela que se apresentava a sua frente e a qual estava muito escura, um esconderijo bom para quem quisesse saber o que estava vindo e no fundo dela havia uma porta a qual ele não sabia para onde daria, mas poderia ser uma rota de fuga caso algo desse errado e a terceira era apenas esperar ou perguntar quem vinha pelo caminho. Independente da escolha de Ark, ele precisaria encontrar logo um lugar seco e trocar de roupas ou se secar, estava praticamente ensopado e o frio logo começaria a fazer efeito. Os passos continuavam a se aproximar? Qual seria a reação do jovem médico.
OFF:
 

Historico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]    FALAS    PENSAMENTOS   NPC's
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ragnar
Civil
Civil
Ragnar

Créditos : Zero
Warn : Porto Branco 10010
Masculino Data de inscrição : 09/05/2011
Localização : Por aí...

Porto Branco Empty
MensagemAssunto: Decisões na viela...   Porto Branco EmptyQua 09 Mar 2016, 09:04

Ark saia do bar, mas a chuva lhe incomodava a cada passo que dava...

”Aff... Essa chuva só serve para dificultar a minha ida para a marinha... Não entendo... Mesmo quando a pessoa quer somente viver em paz... Sempre tem um idiota que quer arranjar confusão... han? – Pensava Ark, mas ao escutar uns sons...

- Quem vem aí? – Ark perguntava, enquanto olhava a procura de algo no chão, quando notava que tinha uma luz adiante e uma viela...

Caso Ark achasse uma pequena pedra no chão, ele a pegaria e iria em direção a viela, só até a entrada, e tentaria arremessar a pedra em direção a luz que via adiante, com a intenção de enganar as pessoas que estavam no mesmo caminho que Ark estava instantes antes, para poder saber quem eram, e se eram os mesmo do bar.

”Maravilha... Chuva e pessoas desconhecidas atrás... Nessa chuva, é bem capaz que eu possa pegar um resfriado se ficar muito tempo nela... Para onde eu deveria ir? Se o navio... Se aquela luz for de um navio... Tiver atracado na costa, seria bom ir para lá... Mas se ele estiver um pouco distante da costa e nessa chuva, seria loucura ir para lá... O que devo fazer???”

Ark iria tentar prestar atenção no ambiente, para saber o que tinha a sua disposição naquele local, além de tentar ver quem vinha atrás...

”Uma porta? Onde será que ela vai dar? Hum... Melhor analisar logo o navio!”

Ark tentaria olhar que estava chegando, caso ele notasse que fosse os três do bar, e caso eles fossem entrar na viela, Ark não iria aguardar para ver, iria tentar utilizar da escuridão atrás de si, da viela, para partir ao ataque.

Ele utilizaria de sua agilidade e conhecimento em taekwondo, com uma corrida, meio que agachado, tentando utilizar pegadas firmes, e tentando um chute alto no oponente que parecesse mais próximo de si, na corrida quando ele se aproximasse a um metro e meio do oponente mais próximo, Ark, iria utilizar a perna esquerda para fixar, com o joelho um pouco flexionado, e fazendo um giro no sentido das horas de um relógio, enquanto esticaria o joelho esquerdo e levantaria a perna direita, com a intenção de acertar a cabeça do oponente com o calcanhar direito, caso acertasse o golpe, Ark tentaria correr,  utilizando a perna esquerda que estava fixa no chão, ele se impulsionaria para a esquerda, e utilizando o impacto do golpe, Ark puxaria a perna direita, para se posicionar para a corrida visando ir primeiro para esquerda e depois mudar de rumo em direção as luzes do navio. Mas caso errasse o golpe, e o chute passasse no vazio, Ark tentaria uma sequência, onde baixaria a perna direita para se fixar no chão com o pé direito, mas enquanto baixaria a perna direita, daria um chute com a esquerda, visando acertar o quadril do oponente, para afastar ele de si, enquanto Ark tentaria recuar com uns passes para trás, visando se afastar dos oponentes...

”Merda... Para onde? Porta...”

Ark tentaria recuar e correr em direção a porta, visando, uma corrida em zigue zague, para atrapalhar seus perseguidores...

Caso não fossem os três homens, Ark olharia eles passarem, ou escutaria a resposta deles, para analisar o que ele faria a seguir...

”Caramba... Essa chuva está me dando uma sede...”

____________________________________________________

Legenda:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Porto Branco Empty
MensagemAssunto: Re: Porto Branco   Porto Branco Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Porto Branco
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Dawn Island-
Ir para: