One Piece RPG
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [MINI - Kani]
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor Makei Hoje à(s) 00:25

» 11º Capítulo - Cataclismo em Skypeia!
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor Yami Hoje à(s) 00:10

» As Raízes do Vigilante Lucífugo
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor Hisoka Ontem à(s) 23:41

» Onde terra e mar se encontram, o início da jornada!
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 21:53

» [Mini-Aventura] - Oaridã.
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor Terasu Ontem à(s) 21:17

» [M.E.P]Toph
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor Toph Ontem à(s) 21:07

» Making Wonderful Land a Real Wonder
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor Achiles Ontem à(s) 21:05

» Apresentação 7 ~ Falência Premeditada
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor Furry Ontem à(s) 20:36

» Hinata Bijin
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 20:30

» Cap 4: O Silêncio dos Inocentes
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor PepePepi Ontem à(s) 19:59

» X - Some Kind Of Monster
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 19:41

» Caçadoras Eternas: Pesar Crescente!
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor Alek Ontem à(s) 19:34

» [MINI-LEO GREYWOLF] O início
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor Mephisto Ontem à(s) 19:13

» nova aventura
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor duduzinx Ontem à(s) 18:54

» nova aventura
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor duduzinx Ontem à(s) 18:41

» [Mini-Saitoshiba] A Aventura está apenas começando
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor Saitoshiba Ontem à(s) 18:30

» I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor Achiles Ontem à(s) 18:10

» MINHA FICHA
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor Mephisto Ontem à(s) 18:06

» Mini - Casslol
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor casslol Ontem à(s) 17:36

» Right Punch, Left Punch!
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Emptypor Razard Ontem à(s) 12:04



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 71
Warn : A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Empty
MensagemAssunto: A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres   A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 EmptyQua 13 Jan 2016, 12:25

Relembrando a primeira mensagem :

A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Kurama Mei . A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Kouta
Civil
Civil


Data de inscrição : 29/05/2014

A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres   A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 EmptyQua 20 Jan 2016, 18:26

Apenas mais um dia por aqui



“Nossa verdade, que falta de educação a minha!” Diria enquanto levava a mão até a nuca e me sentiria envergonhada e tentava dar um sorriso sem jeito “Meu nome é Kurama Mei, mas pode me chamar apenas de Mei” seguiria-o até a loja onde tudo começou e ao entrar notaria as 2 figuras ali presente que demonstram estar a espera de Garamond, enquanto ele tenta me apresentar e o interrompo “Mei! Já se esqueceu do meu nome?” diria um pouco irritada, por ele não demonstrar se importa e continuou falando.

Assim que soube que teria trabalho já me sentiria animada e o coração começaria a bater mais rápido “Meu primeiro trabalho!” pensaria, e sem exitar falaria “Mas é claro que aceito! E com toda certeza não serei morta, eles nem sequer nos verão!” Mas antes de acompanha-lo, apontaria para os outros dois ali presente e perguntaria “Antes, quem são vocês?” aguardaria a resposta.

Antes de sair, perguntaria para o vendedor "Você tem algum pedaço de pano que eu possa utilizar como mascara que cobrisse do nariz para baixo para ser exata?", se ele me desse a guardaria no bolso. Se ele não pudesse ou não quisesse me dar um pano, rasgaria uma parte de minha roupa para servir de mascara e a guardaria no bolso por hora.

“Uma nova noite, um novo começo, uma chance de ser reconhecida e aceita. Enfim, Uma nova vida para alguém que não tem passado. Estou dando apenas o primeiro passo, mas por enquanto é o melhor que posso fazer” Olharia para o céu estrelado, sentiria a brisa noturna e sorriria, enquanto seguiria Garamond e as instruções que me fossem passadas, sempre tomando cuidado e prestando atenção nas pessoas e ao que acontecesse ao meu redor.

Quando chegássemos ao loca, pediria para Garamond para a gente dar umas voltas pelo quarteirão a fim de entender melhor o movimento de pessoas ali e entender melhor também como era o local que a gente iria invadir, prestaria atenção nas janelas e se tinhas guardas, se poderíamos invadir pelos telhados, se tinha escada ou algo do tipo.

Off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
brunookada
Civil
Civil
brunookada

Créditos : Zero
Warn : A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 4010
Masculino Data de inscrição : 23/03/2014

A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres   A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 EmptyQui 21 Jan 2016, 18:13

the dark side of pink

-Nyahaha! Esqueci, desculpa. Dizia enquanto tentava demonstrar um leve sorriso de canto. -Mas de todo modo, se está preparada para os riscos, vamos nos aprontar. Precisa de alguma coisa? Interrompia a garota antes de suas indagações, entretanto ainda feitas. -Não se preocupe com eles, são apenas figurantes que devem sumir na próxima cena. Levantando a voz a mulher retrucara. -Hey seu merda, eu ouvi isso!! Garamond começara uma leve gargalhada. (O Pano e o arco serão entregues, se você pedir)

Com todos os preparativos feitos, os dois partiram em sua jornada. -Bem garota, chegamos a nosso atalho, ou caminho seguro, como preferir chamar... Ah! E eu não disse que eles iam sumir? Dizia enquanto puxava a tampa de uma entrada para o esgoto. -Vá em frente, é só pular. Dizia enquanto arremessava uma lanterna para a criança. -O caminho é longo, mas pelo menos é o mais seguro.

Os dois agora estavam no esgoto da cidade. Os diversos cheiros de dejetos humanos, assim como as pequenas formas de vida que ali havia, ratos e outras coisas mais nojentas, tornavam aquele lugar mais do que repulsivo. As paredes eram cheias de lodo, fungos e musgos de diversas formas e em diversos estágios de desenvolvimento. O tempo passava, mas era difícil de se notar sem algum tipo de relógio. Talvez minutos, talvez horas, não tinha como se ter certeza.

As passadas ecoavam de forma oca, reverberando na suja água ao seu lado. O caminho deles finalmente chegara ao fim. -É aqui, antes de subirmos, tenho que te falar duas coisas. Primeiro, sempre deixe um caminho para fuga livre, ou seja, nunca feche totalmente as portas ou, no nosso caso atual, a tampa do bueiro. E segundo, não deixe que te peguem, nunca. Agarrara um dos braços da garota e logo prosseguiu. -Entendeu?

Logo que saíram daquele lugar esquecido por deus, deixaram sua saída meio aberta, ou meio fechada, como achar mais adequado. Um muro os separava de uma enorme casa. Havia diversas janelas imensuráveis e cortinas que as cobriam por dentro, mas ainda revelando alguns móveis de madeira e pilastras de mármore.  
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
 
[addictional info.]
# Post: 05 #
Off: 
” “:
 



____________________________________________________


Legendas:.
Narração:. (#FF9933)
-Falas:. (#DC143C)
"Pensamento":. (#00FA9A)
*Fala do Escritor:. (#FF69B4)

Voltar ao Topo Ir em baixo
Kouta
Civil
Civil
Kouta

Créditos : Zero
Warn : A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 29/05/2014
Idade : 25
Localização : Sao Paulo

A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres   A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 EmptyQui 21 Jan 2016, 21:54

Apenas mais um dia por aqui


“Sim, preciso de um pedaço de pano para me servir como mascara" Caso ele não forneça rasgaria uma parte da rouba e a guardaria por hora "E acho que não preciso de mais nada, tenho comigo meu Pack de Sembons, apesar de que não sei se irei me adaptar a eles, um arco e flecha seria melhor"

Era a primeira vez que eu entrava em um esgoto “É bem pior do que falavam!” sentiria uma leve náusea, quando entrasse e uma certa repulsa pelos seres que ali habitavam “Tomara que não pegue nenhuma doença... Bom, pelo menos é o mais seguro”  Com o tempo me acostumaria.

“Finalmente saímos daquele esgoto! já não tava aguentando o cheiro", mas Garamond não parecia dar ouvidos ou estava concentrado demais na missão, apenas concordaria com o que ele disse “O que nos viemos buscar? E vc sabe exatamente aonde esse pote esta?” diria enquanto amarrava o pano para cobrir minha identidade.

Antes de pular o muro ele sendo alto ou não, olharia ao redor para ver se tinha alguém olhando ou câmeras nos observando. Se ele fizesse pezinho para eu subir, subiria, mas antes de pular colocaria só a cabeça e olharia aonde cairia e se tinha pessoas ao redor que pudesse denunciar a nossa entrada, mesmo coisas com câmeras e animais. Se tivesse desceria e falaria “Por aqui não da, vamos tentar outro lugar” Caso não tenha nada subiria e ficaria sentada no muro, depois passaria minhas pernas para o outro lado e me deitaria ficando meio corpo para cada lado, a fim de ter força e apoio suficiente para puxa-lo para cima, feito isso, olharia aonde cairia e desceria, prestaria atenção em tudo, qualquer som ou movimento, o coração bateria depressa, era meu primeiro roubo, não tinha pratica ainda “Espero que não de nada errado”
Olharia todos os detalhes da casa para ver se tinha alguma brecha que poderíamos aproveitar.

“O que fazemos agora? Ainda sou inexperiente... não sei muito bem o que fazer” Sussurrava para não fazer qualquer tipo de barulho,seguiria as instruções passadas por ele e seguiria-o se fosse necessário, sempre olhando aonde eu pisaria, e tentaria fazer o mínimo de barulho, olharia tudo, me mantendo sempre alerta.



Off:
 


Off2:
 

____________________________________________________

~Fala~

~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
brunookada
Civil
Civil
brunookada

Créditos : Zero
Warn : A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 4010
Masculino Data de inscrição : 23/03/2014

A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres   A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 EmptyDom 24 Jan 2016, 00:36

the dark side of pink

A troca havia sido feita com um sucesso, assim como uma máscara e um capuz. Armados, puderam partir sem preocupações.
Capuz e Máscara:
 
.
.
.

-Bem, sim e não... Apenas sei o endereço. Pode ser que esteja fácil de ser encontrado, assim como pode estar ridiculamente difícil de ser também. Dava um sorriso e então prosseguia. -E assim não é mais divertido? Ter que explorar a casa e tudo mais... Ahhh que nostalgia.... Ah, verdade, o que estamos buscando é este vaso aqui. Retirava de seu bolso a foto que recebera mais cedo do vendedor. Um objeto dourado que aparentava ter um grande valor, não só emocional, mas monetário. Seu formato era cilíndrico com uma deformidade na parte superior, possuía várias protuberâncias em seu entorno.

O garoto parecia confiante. Rapidamente dera pezinho para Mei que se quer teve chance de parar para olhar, já era arremessada para o outro lado, caindo sobre uns arbustos, que acabaram por lhe arranhar um pouco. Com apenas um salto e uma leve pisada na parede o rapaz já estava encima do muro. -Que esperta você, eu deveria ter mais ideias como as suas... Quem pensaria em se esconder em um arbusto? Dizia o rapaz em tom sério, sem demonstrar sarcasmo. -Façamos o seguinte, aproveite que você está pelo chão e procure no primeiro andar, eu vou por cima e procuro no segundo, nos encontramos aqui no arbusto em uma hora, se acabarmos por não nos encontrar lá mesmo... Até mais. Como uma bala, o garoto corria pelo muro e logo começava a dar vários saltos acrobáticos, chegando rapidamente em uma janela entreaberta.

Um gramado, com cheiro de orvalho, separava a pequenina da enorme casa. Suas opções de entrada não eram muitas, apenas uma porta lateral, provavelmente a dos fundos, uma janela fechada, a porta da frente e algum tipo de armário subterrâneo, já que era duas portas de madeira que iam em direção ao chão suavemente anguladas a não ficar no mesmo nível da terra. A decisão, teria de ser feito rápida, pois, apesar de não haver humanos por ali, um cachorro preso a uma corrente começava a demonstrar sinais de estar prestes a acordar.

O horário aparentava já estar bem avançado, visto que a lua estava a pino e poucas luzes por outras casas estavam acesas.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
 
[addictional info.]
# Post: 06 #
Off: 
” “:
 



____________________________________________________


Legendas:.
Narração:. (#FF9933)
-Falas:. (#DC143C)
"Pensamento":. (#00FA9A)
*Fala do Escritor:. (#FF69B4)

Voltar ao Topo Ir em baixo
Kouta
Civil
Civil
Kouta

Créditos : Zero
Warn : A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 29/05/2014
Idade : 25
Localização : Sao Paulo

A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres   A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 EmptySeg 25 Jan 2016, 23:07

Apenas mais um dia por aqui

“Arte é uma coisa estranha. Aonde eu guardaria um vaso valioso que parece uma piroca alienigena? Com toda certeza não seria na sala de estar” pensaria enquanto caminhava furtivamente em direção a casa, pararia ao ver que o cachorro estava acordando puxaria o meu arco e uma flecha, seguraria da forma convencional e colocaria a flecha "Um tiro fácil, rápido, sem barulho e indolor, ele nem vai saber o que o atingiu" puxaria a corda do arco e respiraria fundo "Não gosto da ideia de matar um animal, mas se ele estiver no meu caminho ou possa atrapalhar meu objetivo, ele vai morrer" Dispararia mirando entre os olhos do animal. Caso o cão acordasse esperaria ele avançar e ficar com a corrente esticada "Cachorros tem o péssimo habito de sempre atarem você de frente e ainda mais "parado" por essa corrente no mesmo lugar, não é difícil acerta-lo" miraria e atiraria do mesmo jeito. Após abater o animal chegaria perto e verificaria se o mesmo estava morto, caso não estivesse terminaria de mata-lo o mais rápido possível atirando-lhe outra flecha no cranio. estando certo de que o animal não tinha mais vida seguiria meu caminho "Até que é bom não ter memórias, torna o trabalho de matar mais fácil, mas não gosto da idéia de tirar a vida de alguém. Não foi nada pessoal, me desculpe"

Chegando até o armário subterrâneo, ”Provavelmente aqui é o lugar mais escondido da casa” Tentaria abrir as portas de madeira tomando o cuidado para as dobradiças não fazerem tanto barulho, caso elas abram desceria e deixaria uma porta aberta, seguindo a instrução de Garamon de sempre deixar uma rota de fuga, “Assim ele também vai entender que desci aqui, quando vier me procurar”. Prestaria atenção aonde pisasse e evitaria encostar nas coisas, sempre observando se haveria câmeras, se houver evitaria passar na frente delas, passando bem a baixo delas encostado na parede ou passando por trás de objetos para que elas não me gravassem, caso constatasse que não tivesse. (Pericia Furtividade)

Caso a luz que entrasse pela porta aberta fosse o suficiente para eu explorar o local, não procuraria um ponto de luz, caso não desse para enxergar o local direito, procuraria algum interruptor, abajur lâmpada no teto, lanterna, qualquer coisa para iluminar o local, feito isso, procuraria no local “Deve ter algum relógio por aqui... Preciso me encontrar com Garamon em 1h caso não ache nada” iria explorando o local a procura do vaso de formato sugestivo, abrindo armários e gavetas, se não encontrasse nada e tivesse outra porta no local, seguiria por ela, deixando-a entre aberta e tomando cuidado novamente para não fazer barulho e ver se tinha câmeras.(Vantagem Visão na penumbra)

Caso a porta do armário subterrâneo estivesse fechada, tentaria a janela, se ela abrisse entraria tomando o mesmo cuidado com câmeras, evitar fazer barulho e esbarrar nas coisas, verificaria as horas também. Deixaria ela aberta o mínimo possível para que eu fosse capaz de fugir por ela rapidamente caso precisasse, exploraria o local da mesma forma já mencionada indo de cômodo em cômodo.

Caso a janela também não abrisse tentaria a porta dos fundo e em seguida a lateral, seguindo os mesmos meios já citados. E em ultimo caso, a porta da frente, mas essa não deixaria parcialmente aberta, se conseguir entrar e não encostar nada no 1 andar. Seguiria para o segundo a fim de me encontrar com o meu parceiro.



Off para o novo Narrador:
 

____________________________________________________

~Fala~

~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 76
Warn : A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres   A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 EmptyQua 10 Fev 2016, 19:56

Takamoto Lisandro Olá

A lua alcançava seu clímax e sua luz era lançada de maneira suave naquela mansão, deixava as coisas um pouco mais sombrias por lá. A gatuna se encontrava com seu arco armado e aparentemente apenas um cachorro protegia aquela moradia, o vaso estava escondido em algum lugar naquela casa e a jovem deveria encontra-lo o quanto antes. Essa seria a melhor hora para um furto, a noite dava de presente a gatunos uma porção de sombras que poderiam ser usadas de maneiras bem efetivas.

A garota decidiu que o cão que estava dormindo tranquilamente seria um obstáculo para sua meta e não poderia o deixar atrapalha-la de maneira alguma. O cachorro permanecia quieto sem demonstrar qualquer sinal que iria acordar e a garota usou aquilo como vantagem para disparar uma flecha certeira que atingiu o cão que nem mesmo demonstrou reação. Ficou ali com a mesma expressão como se tivesse dormindo, porém, seu sono seria eterno.

Ela entrava na mansão e ia à procura do tal vaso que consideravam uma fortuna, passando por alguns cômodos da casa e abrindo gavetas e outros compartimentos não encontrava vestígios desse vaso. Talvez Garamon tivesse mais sorte no segundo andar, os passos da gatuna eram silenciosos e a mansão não emitia qualquer som. Era tudo muito quieto que deixava um clima tenso no ar, Mei encontrava um armário estranho que ao abrir suas portas rangiam. A garota se deparava com uma escadaria iluminada com algumas tochas, algo bem estranho para uma mansão, ela deixava a porta aberta para uma futura fuga talvez, também para avisar para seu parceiro do crime que tinha tomado esse caminho, mas aquela porta aberta poderia também ser sua ruina.

Ao descer pela escada prestava atenção nas tochas que cintilavam e transmitia luz para que pudesse enxergar naquele ambiente escuro, chegando no final da escadaria se encontrava com um túnel. As paredes do túnel eram revestidas por tijolos que davam uma aparência sinistra e medieval, era como se fosse um calabouço. O que diabos estaria acontecendo neste lugar? Seria só um lugar para guardar tal vaso, e porque ele estaria escondido tão bem? Tantas perguntas para se obter resposta, mas a garota se mantinha focada na busca por seu artefato.

Andando pelo túnel que tinha uma temperatura meio alta, que fazia Mei suar um pouco, encontrava agora uma porta de madeira antiga e de lá alguns cochichos, talvez houvesse pessoas atrás dessa porta. A porta tinha uma fechadura bastante grande, e olhar através dela seria fácil. Agora restaria para garota o que fazer.


Offs:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Kouta
Civil
Civil
Kouta

Créditos : Zero
Warn : A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 29/05/2014
Idade : 25
Localização : Sao Paulo

A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres   A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 EmptyQui 11 Fev 2016, 13:08

Apenas mais um dia por aqui

Apesar de ter apenas as luzes das tochas, desde que acordou do hospital, um pequeno ponto de luz já era suficiente para ela enxergar como se fosse dia, era uma habilidade que nasceu com ela. Aceitou esse emprego por estar precisando de dinheiro e também queria ser mais que uma simples ladra, queria ascender, ter os melhores lucros e quem sabe um dia comandar uma organização, mas para chegar no posto mais alto de um grupo era necessário começar por baixo e por esse motivo ela se encontrava dentro desse túnel para ingressar nesse grupo, de uma casa que mudara completamente de figura, sua fachada parecia comum, mas agora tomava tons assustadores “Caramba como esta quente aqui” pensaria enquanto tiraria o moletom e amarraria ele na cintura, ficando com a regata branca que tinha por baixo em uma tentativa de diminuir um pouco o calor.

Seguiria pelo túnel e ao encontrar essa porta de madeira, ficaria um tempo escutando para ver se os donos desses cochichos estavam perto da mesma, a fim de não ser surpreendida com a porta sendo aberta subitamente quando olhasse pela fechadura. Se constatasse que as vozes estavam longe da porta, olharia ao redor para ver se tinha alguém vindo, se estivesse correria para o lado oposto fazendo o mínimo de barulho possível, se não tivesse ninguém olharia com cautela pela fechadura. Prestaria atenção para ver quem e sobre o que estavam falando, e olharia para ver se tinha alguma pista do tão estimado vaso.

Se não encontrasse nada ou se o que eles estivessem falando fosse irrelevante, seguiria pelo caminho do corredor sempre prestando atenção ao meu redor e com qualquer tipo de ruído ou sombra que pudesse denunciar uma pessoa ou ser, por perto.

Se fosse algo que mostrasse a localização do vaso, seguiria com cautela para o lugar que eles falassem. Mas se estivessem falando sobre mim ou Garamond "Fomos descobertos!" Voltaria por onde vim e tentaria encontra-lo para alerta-lo, se o encontrasse diria "Acho melhor a gente fugir já sabem que estamos aqui"

Off:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

~Fala~

~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 76
Warn : A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres   A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 EmptySex 12 Fev 2016, 00:14

Takamoto Lisandro Parece q... Nada..

A garotinha enxergava normalmente, as tochas ajudavam é claro, mas suas brasas não tinham iluminação bastante para tampar todos os buracos das sombras. Mei tinha consigo uma visão especial, e seguia adiante por aquele túnel. Para se livrar um pouco do calor se despia um pouco, ao chegar na porta de madeira escutava sons de pessoas falando. E se perguntara que diabos estaria de trás desta porta.

Ela tentava discernir se essas vozes estavam próximas, mas os cochichos eram baixos e percebia que estavam longe daquela porta. A medida que a gatuna se aproximava da porta o som das vozes iam aumentando gradualmente, ao encostar na porta, Mei mantinha seu cuidado para não emitir sons e sua curiosidade se atiçava naquele momento e que a fazia ir em direção a fechadura.

Ao colocar seu olho na fechadura podia ver o que tinha atrás da porta, ela tampava sua boca ao ver aquela cena... A frente dela estava seu objetivo, porém não era algo comum o que ela estava vendo. Era um quarto iluminado, onde existia três homens. Dois homens encarando um velho senhor que estava preso por correntes na parede, o homem grisalho estava pelado naquela situação.

Parecia mais uma prisão, os dois homens conversavam entre si. – Ele não quer falar Joy... Faça seu trabalho imundo! Não te contratei para fazer nada! – Resmungava o pequenino que tinha uma aparência nobre, porém era mais parecido com um porco. Era pequeno e roliço que usava um terno amarelo e tinha um nariz gigante em sua face. – Não se preocupe Masturd-sama... Vou fazer meu trabalho. – Dizia um homem alto com aparência musculosa, ele vestia um traje masoquista que o deixava indecente, mas sua aparência ainda era sinistra. Seu tom de voz era áspero e medonho que combinava bem com sua estrutura.

Tinha um pilar no centro da sala onde tinha vários equipamentos de tortura e inclusive o tal vaso estava lá, ele parecia um pouco melecado como se estivesse em um lugar pegajoso. A garota definitivamente não gostaria de saber o que eles tinham feito com o vaso que mais parecia um brinquedinho pervertido. Os dois homens estavam de perfil para a garota que estava oculta, já o homem grisalho estava a sua frente exposto completamente.

A garota tinha a missão de pegar o vaso, ela poderia simplesmente esperar que a tortura acabasse e eles voltassem para mansão enquanto ela se escondia no túnel e poderia pegar vaso e sair dali o mais rápido possível, ou poderia ajudar aquele homem de algum jeito. – Não tenho o dia todo, faça ele falar rapidamente. Daqui a pouco tenho que voltar aos meus afazeres. – Falava Masturd para seu lacaio, agora estava nas mãos de Mei o que fazer naquela situação.


Offs:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Kouta
Civil
Civil
Kouta

Créditos : Zero
Warn : A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 29/05/2014
Idade : 25
Localização : Sao Paulo

A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres   A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 EmptySex 12 Fev 2016, 14:43

Apenas mais um dia por aqui


“Encontrei!” pensaria entusiasmada, aquele objeto estar melecado não diminuiria nem um pouco a sua euforia. “Mas o que são esses homens?” Continuaria prestando atenção na conversa dos deles e ao ver que uma tortura iria se iniciar, era parte de sua personalidade querer ajudar as pessoas, mas não fazia disso uma obrigação, porque nesse caso uma luta para salvar o velho seria inevitável, e Mei odeia ter que lutar.

Ela ficaria olhando pela fechadura enquanto a tortura começaria, não saberia dizer se era curiosidade, por querer ver o que o carrasco faria com aqueles instrumentos ou se era para também ouvir o que eles queriam arrancar do prisioneiro. Tanto por um ou pelo outro, se manteria de olho em tudo que fosse possível ver através daquela fechadura, sempre prestando atenção aonde os 3 estavam, para não ser surpreendida. Se visse que um deles estava vindo em direção a porta, sairia e se esconderia no melhor lugar que seu bom senso indicasse.

Se fosse possível se manter ali enquanto toda a tortura prosseguisse, ao contatar que nenhum dos 3 viria ate a porta nos próximos 5 segundos, olharia de tempo em tempo ao redor para ter certeza que ninguém viria pelo corredor enquanto olhava pela fechadura. Se alguém viesse, se esconderia no melhor lugar que encontrasse.

Após a tortura, se Masturd e seu lacaio fossem sair da sala, me esconderia no melhor lugar que encontrasse e esperaria eles saírem de vista. Entraria no local procuraria algum pano para cobrir o vaso melequento e guardaria no bolso, caso não encontrasse o guardaria do mesmo jeito. Sairia do lugar e seguiria com cautela prestando atenção se alguém viria em minha direção e me esconderia, após a pessoa passar, continuaria seguindo rumo ao local de inicio. Quando chegasse no muro, pularia para fora e entraria no esgoto e esperaria por Garamond lá me sentindo triunfante.

Se Masturd saísse e o lacaio continuasse no local, após ter certeza que o anfitrião não estava mais por perto, bateria na porta e deixaria o arco esticado com uma flecha posta. Quando o lacaio abrisse a porta, dispararia em sua testa antes que conseguisse demonstrar qualquer reação, pegaria o objeto e sairia do local.

Se encontrasse Garamond no meio do percurso de fuga, mostraria o vaso para ele e falaria o mais baixo possível “Consegui! Vamos fugir daqui” Saltaria o muro, seguiria pelo muro tendo os mesmos cuidados já citados e o pularia e entraria no esgoto, mas dessa vez já seguiria o caminho de volta.


Off:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

~Fala~

~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 76
Warn : A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres   A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 EmptySeg 15 Fev 2016, 21:41

Takamoto Lisandro Net da Xuxa

A garota se sentia feliz por ter encontrado o objeto tão esperado mesmo que estivesse melecado por algum tipo de gosma pegajosa. Mei tinha uma pequena parte de sua personalidade gritando para adentrar aquela sala e salva-lo, porém, uma grande parte dela dispensava lutas desnecessárias e assim foi, não ajudou o homem e ficou observando a tortura pela fechadura da porta

O lacaio do pequeno “porco” pegava um chicote com alguns metais cortantes em sua ponta e açoitava o prisioneiro que mesmo levando tanto dano se mantinha com uma expressão determinada e durona em seu rosto como se mesmo que morra nunca diria para qualquer eles seus segredos. Assim a tortura continuou durante 20 minutos passando por vários utensílios que o lacaio usava para torturar o homem, após o tempo os dois não tinham pegado nem mesmo uma informação.

Ele não quer falar, o meu tempo por aqui acabou. Deixe-o ai, vamos terminar com ele amanhã. – Falava o nobre irritado, mas tinha em sua face um sorriso sádico em seu rosto. – Certo, Masturd-sama. – Mei vendo que os dois iriam sair da sala se distanciava da porta e achava uma bela sombra para se esconder, as tochas não iluminavam bem aquele local que foi de grande utilidade para a gatuna se esconder. Passos e mais passos a gatuna ouvia, agora a única coisa que estava em seu caminho era aquela porta de madeira.

Quando a menina entrava na sala de tortura via a estado do homem, escorria sangue por muitas partes do seu corpo. Ele se mantinha com a cabeça baixa, mas dava para ver que ainda estava vivo, pois seus olhos ainda brilhavam com vida e tinham uma forte determinação. Parecia que ainda o restava forças e para as usou para falar com a jovem. – Você.. Me solte.. – Ordenava o homem aprisionado, a garota ignorava suas falas e matinha o foco em seu precioso item.

Ela pegava o vaso com as mãos e sentia a gosma que a fazia sentir repulsa e sem demais delongas a guardava, agora a gatuna poderia sair dali e cumprir sua missão. O homem vendo que a garota não tinha intenção de solta-lo falava. – Solte-me.. Se não.. Usarei toda minha força.. Para gritar e.. – Respirava ofegante, certamente aquele homem não duraria sequer mais um dia de tortura. – E os fazer voltar.. E te pegarem. – Era uma ameaça, mas o que ele poderia fazer naquela situação? Se encontrava entre a vida e a morte, a única coisa que poderia salva-o era Mei. – Por favor.. Tenho que encontrar.. Meus superiores.. – Ele agora implorava e parecia fazer parte de uma certa organização.

Eu preciso.. Contatar os revolucionários.. – Falava o homem impondo suas forças que agora acabaram, apesar de se manter consciente ele não podia mais falar. Talvez andar seria impossível sem ajuda, e agora? O que Mei faria?


Offs:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Kouta
Civil
Civil
Kouta

Créditos : Zero
Warn : A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 29/05/2014
Idade : 25
Localização : Sao Paulo

A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres   A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 EmptyQua 17 Fev 2016, 00:08

Apenas mais um dia por aqui


A tortura começaria, quando o carrasco pegou o chicote com metais na ponta, Mei sentiu um forte aperto no coração por querer ajudar o rapaz, mas não queria lutar. Sabia que as chances de algo dar errado eram grandes e suas habilidades de combate eram miseráveis, por isso era uma atiradora. Quando o primeiro golpe foi dado, e os ferros cravaram na pele do prisioneiro, e em seguida o vassalo puxava rasgando a pele do condenado. Nossa pequena ladra fecharia os olhos vez ou outra para evitar olhar. Mas uma coisa lhe chamaria a atenção, o olhar determinado do rapaz e sua expressão solida sem demonstrar um único traço de dor.

Após tudo ter acontecido e eu ter meu premio em mãos, sentiria mais aliviada com o fato da encomenda estar em minhas mãos apesar de grudenta, guardou esquecendo completamente do prisioneiro. Mas com a ameaça dele de gritar e por todo o plano em ruína pensou enquanto olhava para ele “Caraca! Esqueci completamente dele” meio sem jeito e um pouco aflita evitando olhar para os ferimentos “Mas você ta preso ai, sabe ao menos aonde estão as chaves?” caso ele indicasse o local seguiria e o soltaria, se não, procuraria um martelo ou marreta para bater na argola de cima do cadeado, costuma ser a parte mais frágil ou algum alicate que pudesse ter no local.

“Consegue andar sozinho?” Caso ele não conseguisse sentiria um pouco de repulsa por todo aquele sangue escorrendo mas a vontade de tentar ajudar seria mais forte “Pode se apoiar em mim, vou te ajudar a sair daqui” e seguiria com ele “Me diga seu nome pelo menos. O meu é Mei”

Agora com os prêmios em mão e um prisioneiro junto, seguiria pelo mesmo caminho que vim, aproveitando que já conhecia o local me esconderia como fosse possível junto com o prisioneiro. Caso ouvisse o barulho de alguém vindo diria bem baixo para o prisioneiro “Vou te deixar aqui no chão a mostra e flanquearei o inimigo enquanto ele segue até você” Dito isso, me esconderia nas sombras e sacaria meu arco e uma flecha, esperaria a pessoa se aproximar do homem ferido no chão e dispararia na cabeça, caso constatasse que não viria mais ninguém, esconderia o corpo nas sombras aproveitando a péssima iluminação do lugar, ou dentro de alguma caixa ou baú. Levantaria o jovem e seguiria voltando “Você esta bem?” sempre tomando cuidado ao abrir uma porta, caso não encontrasse dificuldades nem pessoas seguiria para o muro e o ajudaria o prisioneiro a pular o muro, escalando o mesmo logo em seguida.

Enquanto seguia prestaria atenção para ver se encontrava algum sinal de Garamond, se o encontrasse “Encontrei o Vaso, Vamos sair daqui, esse prisioneiro estava sendo torturado, não pude deixar ele lá, vamos leva-lo também!”



Pc da Xuxa:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

~Fala~

~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres   A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A ocasião não faz apenas o ladrão, mas também grandes mulheres
Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Yotsuba Island-
Ir para: