One Piece RPG
Act I: Gathering Disasters - Página 5 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Os 12 Escolhidos, O Filme
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 05:24

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Wesker Hoje à(s) 03:53

» Jade Blair
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Kylo Hoje à(s) 03:42

» Seasons: Road to New World
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Ravenborn Hoje à(s) 02:26

» The Victory Promise
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Akise Hoje à(s) 00:33

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Fukai Hoje à(s) 00:27

» Kit Phil Magestic
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 22:25

» 10º Capítulo - Parabellum!
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Marciano Ontem à(s) 22:12

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Achiles Ontem à(s) 21:59

» II - Growing Bonds
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor War Ontem à(s) 21:36

» Xeque - Mate - Parte 1
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Ceji Ontem à(s) 21:20

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Fran B. Air Ontem à(s) 19:58

» Livro Um - Atitudes que dão poder
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Quazer Satiel Ontem à(s) 18:28

» Galeria Infernal do Baskerville
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Blum Ontem à(s) 18:16

» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Blum Ontem à(s) 17:48

» Hey Ya!
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 17:25

» Blackjack Baskerville
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Baskerville Ontem à(s) 17:21

» Cap. 2 - The Enemy Within
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 16:07

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Skÿller Ontem à(s) 16:07

» Mini-Aventura
Act I: Gathering Disasters - Página 5 Emptypor Akaza Ontem à(s) 16:03



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Act I: Gathering Disasters

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 11, 12, 13  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Act I: Gathering Disasters - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Act I: Gathering Disasters - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Act I: Gathering Disasters   Act I: Gathering Disasters - Página 5 EmptySeg 11 Jan 2016, 22:53

Relembrando a primeira mensagem :

Act I: Gathering Disasters

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) civis Leonard Darwim Stein, Jowls Bernard, Sky, Lancelot Pendragon e Ruby Rose . A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento


Data de inscrição : 10/08/2015

Act I: Gathering Disasters - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Act I: Gathering Disasters   Act I: Gathering Disasters - Página 5 EmptyDom 28 Fev 2016, 18:59





Going to Hell



Sky e Ahri saíram de loja, tudo parecia estar a correr perfeitamente. Sky conseguira disfarçar o sangue, encontrou algo para minimizar o sangue que escorria na mochila e tinha agora, ao fim de 2 anos, alguém que poderia chamar de “amiga”, mas como a vida adora Sky, a sua felicidade não durou muito tempo. Em pouco tempo Sky ouviu sirenes que diziam “Atenção! Atenção! Atenção! A ilha esta sobre ameaça revolucionaria! Todos os civis devem se manter abrigados até segunda ordem! Aqueles que forem encontrados nas ruas serão tidos como inimigos!“  Sky continuou com as mão dadas a Ahri dirigindo-se ao porto, a sua paciência já começara a escassear. Ela tentou manter a calma mas quando foram abordas por cinco marines no porto, Sky explodiu - “Identifiquem-se!Porque não estão em suas casas?”. - Claro que apenas aconteceu na sua mente. Após anos de treino, Sky sabia que não podia deixar que o inimigo soubesse como estava a sentir em situações surpresa.
SÓ PODEM ESTAR A GOZAR COM A MINHA CARA! ACABAMOS DE SAIR DE UMA CENA DO CRIME E SOMOS LOGO CERCADAS POR MARINES?! HAJA PACIÊNCIA! Calma  Sky… calma… concentra-te. Vê o lado positivo, duas jovens e um gigante. Na pior das hipóteses sais desta ilha com feridas não letais. Lembra-te: “A Vida é dura, mas as Bestas são mais duras!” Vamos recapitular o que aconteceu. Eu e a Ahri matamos o velho e pegamos tudo o que queríamos. Infelizmente a Ahri trata-me como uma criança… Maldito sejas corpo estupidamente enganador, mas desta vez serás útil…

A cabeça de Sky estava a trabalhar à velocidade do som. Em poucos segundos já tinha um plano que livraria ela, Ahri, e o gigante por pouco tempo. Assim que ouviu a pergunta do marinheiro ela começaria a um choro falso, um que mexesse com a mente dos marines.
Buuuuuáááá….. U-uns homens maus b-ba-bateram num senhor numa loja! E-eles diziam q-que se ele não os ajudasse dando as armas…. Eles iram m-matá-lo! Buuuááááá – Caso algum marine tentasse perguntar algo para a Sky sobre o crime aproximando-se ou permanecendo-se no mesmo lugar, Sky tentaria se esconder entre as pernas de Ahri dizendo Mana… eles…. Eles também são revolucionários? Também vão nos fazer mal? Hein? Eles também têm armas iguais aos homens que diziam ser maus naquela loja…. – e continuaria a fingir o seu choro.
Caso os marines deixem apenas Sky e Ahri continuar, Sky continuaria a fingir ser irmã da Ahri até chegarem a um local seguro, a menos que Ahri sinta a necessidade de ajudar o gigante, nesse caso, Sky sacaria a sua arma das costas e esperaria Ahri fazer o seu primeiro movimento contra os marines para começar a atacar.
No caso de o gigante atacar um marine, fazendo com que eles suspeitassem que o trio fosse um problema para a segurança pública, Sky, após um monólogo mental sobre a estupidez do gigante, sacaria a sua arma e atacaria o marine mais próximo com um ataque na sua perna direita, sempre desfiando o seu corpo da direção do cano da arma, afinal ele poderia disparar contra ela.
No caso de o gigante não estragar os planos de Sky e pelo menos três marines baixassem a guarda ela olharia para Ahri fazendo um sinal para elas iniciarem um ataque-surpresa aos marines. Nesse momento, Sky correria na direção do mais próximo lançando 2 shurikens na direção da barriga dele e fazendo um corte na perna, novamente evitando a direção do cano da arma, se o ataque fosse bem-sucedido, Sky usaria o corpo do marine como um escudo humano caso os restantes tentem disparar contra ela.

Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Spoiler:
 

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Act I: Gathering Disasters - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Act I: Gathering Disasters - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Act I: Gathering Disasters   Act I: Gathering Disasters - Página 5 EmptyDom 28 Fev 2016, 21:43

Atenção! Atenção! Atenção! A ilha esta sobre ameaça revolucionaria! Todos os civis devem se manter abrigados até segunda ordem! Aqueles que forem encontrados nas ruas serão tidos como inimigos! Tais palavras ecoariam como trilha sonora para meus ouvidos curiosos.



   
   
   

"Será que meu irmão está nessa invasão? Acho que não... Ah, bons tempos quanto ficávamos juntos, eu derrubava aquelas árvores em cima daquela mansão... Meus irmãos diziam que era brincadeira, mas nunca entendia porque ficavam tão bravos os donos da casa... Era tudo combinado... Ah, isso me lembra de que não comi ainda... Tenho que comer, se não comer bem, não terei forças para conseguir me tornar um pirata... Revolucionários... REVOlucionários... Isso me lembra a Marinha... Acho que tenho que derrotar marinheiros... acho que tenho que encontrar algum para derrotar, meu irmão disse que fazendo isso me tornaria um pirata... Decidido!"



Obs: Pode parar o player.



   
   
   

- Identifiquem-se! Porque não estão em suas casas? - falaria um homem junto com outros quatro, ambos apontando armas para mim. - Ei! Vocês podem tirar uma dúvida minha? Falaria enquanto me aproximava dos senhores sem titubear. - Vocês podem me dizer onde encontro marinheiros? - falaria próximo deles me abaixando. Caso fossem marinheiros, eu pensaria alguns momentos, ligaria os fatos, lembrar ia-me do que meus irmãos disseram sobre se tornar um pirata atacando um Marinheiro e os atacaria sem pensar duas vezes.

Ao homem que havia gritado, atacaria com um soco vindo de cima para baixo em um movimento "bate-estaca". Se os outros começassem a atirar, lembraria que teria garotas pequenas perto a mim, então as protegeria ficando na rota dos disparos caso algum fosse em direção à ela e após ter alguma brecha tentaria atacá-los com um"tapão" que iria na direção horizontal da direita para a esquerda.


Esclarecimento:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Levy
Civil
Civil
Levy

Créditos : Zero
Warn : Act I: Gathering Disasters - Página 5 4010
Masculino Data de inscrição : 22/10/2015

Act I: Gathering Disasters - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Act I: Gathering Disasters   Act I: Gathering Disasters - Página 5 EmptyDom 28 Fev 2016, 22:45

5. Revolucionários...

Revolução. Conheço essa palavra das aulas de história e das historietas floreadas de meus avós, um nobre tem pavor desse tipo de acontecimento, não que eu me importasse na verdade com o que eles diziam, só que parecia algo tão distante da minha singela realidade que nem saberia o que pensar nesse momento em que a sirene ordenava o toque de recolher. Atenção! Atenção! Atenção! A ilha está sobre ameaça revolucionaria! Todos os civis devem se manter abrigados até segunda ordem! Aqueles que forem encontrados nas ruas serão tidos como inimigos!

Mal sabia como reagir, e certamente não ouvi direito, pois tinha um gigante me distraindo e se alguém me perguntasse segundos depois tudo que me lembraria da mensagem seria: Atenção! E apenas porque foi uma palavra repetida três vezes. Não o conhecia, mas o que se pode pensar de um grandalhão que sai perguntando a esmo de que forma se tornaria pirata. Ei! Como me torno um pirata? As palavras me chocaram um pouco, essa pergunta, assim, dessa forma tão simples e direta eu jamais fiz a mim mesma, queria responde-lo, mas me faltariam as palavras. E quando os marinheiros nos abordaram o cenário mudou completamente me deixando a deriva, Sky, minha mais nova e deliciosa amiga começou a dar seu show particular. Identifiquem-se! Porque não estão em suas casas?

Buuuuuáááá….. U-uns homens maus b-ba-bateram num senhor numa loja! E-eles diziam q-que se ele não os ajudasse dando as armas…. Eles iram m-matá-lo!Buuuááááá… Fiz cara de paisagem, não sei mentir de jeito nenhum, então se alguém falasse comigo eu apenas concordaria, dizendo alguma coisa que não atrapalhasse os planos da minha irmãzinha mais nova. Foi terrível. E esse provavelmente era o sentimento que estava se instalando em meu coração, já éramos cúmplices, ligadas por uma futura relação médico-paciente, e agora seríamos irmãs, parecia mesmo que estávamos progredindo nossa relação de forma verdadeira, mas se fosse uma ilusão aproveitaria o momento, pois queria vive-la um pouco mais ao lado da minha doce Sky.

Mana… eles…. Eles também são revolucionários? Também vão nos fazer mal? Hein? Eles também têm armas iguais aos homens que diziam ser maus naquela loja…. O plano podia dar certo, ou talvez fossemos presas, mas não saberei o que teria acontecido, afinal tudo mudaria novamente, quando aquele desconhecido gigante resolveu descer o braço nos marinheiros. Talvez pudéssemos fugir depois dessa confusão, mas sabe, eu acho que também preciso descobrir, assim como esse cara, o que é ser um pirata, senão vejamos. Já ajudei a matar um comerciante inocente, roubei uma caixa registradora, ora, só me faltava chutar a cara de um marinheiro! E tem mais uma coisa, estávamos todos juntos quando fomos abordados, já estávamos envolvidas, se pegassem o gigante seríamos procuradas, a melhor opção seria ajuda-lo, e quem sabe fazendo isso eu teria minha resposta, um pouco caótico de minha parte eu sei, mas porque não.

Diante desse cenário, parece que Sky me procuraria com os olhos, e faria algum movimento, não sabia qual, mas tentaria sincronizar com os dela, seria de fato um ataque surpresa diante dos acontecimentos, afinal quem esperaria que duas irmãs inocentes fariam isso, talvez desse certo. Então, enquanto Sky fazia seu movimento na direção do mais próximo eu atacaria outro que estivesse mais atrás, abaixando meu tronco caso sentisse que seria alvejada por algum disparo, então pularia chutando na direção do rosto de algum soldado. Caso ele se esquivasse ou bloqueasse com a arma continuaria com um chute em seu abdômen, e para o caso dele tentar atirar de perto manobraria girando o corpo em pivô com a perna canhota para ganhar seu flanco e lhe passar uma rasteira com a perna direita terminando o movimento abaixada. Se nada desse certo, tentaria me esquivar sempre para os flancos do inimigo esperando o melhor desse embate entre a arma do marinheiro e minha esquiva. Caso outro marinheiro se intrometesse eu tentaria me posicionar sempre colocando o marinheiro que estive atacando entre nós, mas caso eu já tenha derrubado o cara que ataquei tentaria apenas esquivar na direção do gigante, afinal ele parecia uma boa cobertura para qualquer um.

Citação :
Post's: 05
Nome: Ahri Liliver
Vantagens: Boa Aparência, Genialidade
Desvantagens: Distraído
Perdas: N/A
Ganhos: Bota Taekwondo e 300.000 berries.
Extra: Sky - Esta se tornando uma irmã e amiga, Ahri sentirá muita dor se isso não acontecer.
Jowls - O cara estava estático, então foi ignorado por enquanto, quem sabe se ele reagisse.
Marshall - Não sabe seu nome, mas compartilha de seu desejo por pirataria.
OFF: Nada a declarar, obrigado por nos narrar Chang, capricha! ^^

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kerigus
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Kerigus

Créditos : 74
Warn : Act I: Gathering Disasters - Página 5 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

Act I: Gathering Disasters - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Act I: Gathering Disasters   Act I: Gathering Disasters - Página 5 EmptySeg 29 Fev 2016, 00:17

Havia matado o velho conseguido uma grana e a arma que eu queria, agora era hora de me organizar antes de sair dali e fingir que nada havia acontecido, pegaria uma das foices pequena que havia encontrado e prenderia em uma bainha na cintura, já a foice assassina prenderia em uma bainha nas costas, guardaria o dinheiro e me preparava para responder ao ruivo que estava falando bastante enquanto eu me arrumava. A ideia dele era boa e obvia sair dali o mais rápido possível e antes que eu conseguisse responder podia ouvir uma notificação da marinha.

-Atenção!Atenção!Atenção!A ilha esta sobre ameaça revolucionaria!Todos os civis devem se manter abrigados até segunda ordem!Aqueles que forem encontrados nas ruas serão tidos como inimigos!

Soltando um suspiro pensaria, “Era tudo que eu precisava...”. – Bom não sei quanto a ti mas eu vo tenta sai daqui, sem que a marinha me veja. – Diria para o garoto de forma séria enquanto me dirijo para próximo a porta mantendo meus ouvidos abertos para sons de pessoas se aproximando da loja ou barulho de alguma confusão, caso ouça alguém se aproximando da loja rapidamente, iria para o lado direito da porta tentando me manter escondida utilizando a parede, estaria de costas para a parede e com a foice assassina em mãos, caso seja mais de uma pessoa entrando e eu tenha certeza que são marinheiros ou algum revolucionário, esperaria o ultimo entrar e o atacaria pelas costas tentando cravar a foice no meio das costas e tentaria jogar o corpo para cima do homem que esteja na frente e o atacaria fazendo um movimento de rotação fazendo com que a foice saia de quem eu ataquei primeiramente e utilizaria a ponta do cabo para atacar a cabeça do que estava na frente, caso haja mais do lado de fora faria o movimento de antes para me esconder atrás do balcão. Caso quando eu esteja me dirigindo para a porta eu perceba que há tempo de ir para os fundos da loja e me esconder sem precisar me meter na confusão, esperaria a marinha sair do local.

Caso ao estar escondida perceba que alguém estava se aproximando, fingira ser uma garotinha assustada e chorando, manteria a foice pequena na mão esquerda escondida em minhas costas, e o braço direito escondendo o rosto, me manteria nesta posição agaichada até alguém se aproximar, caso não seja o ruivo atacaria de surpresa quando o alvo estiver próximo cravando a foice na sua virilha enquanto falava baixinho no ouvido do alvo. – Não grita que é pior...

Caso eu não perceba ninguém se aproximando da loja sairia de fininho utilizando minha audição para tentar me manter fora da vista de qualquer problema.

OBS:
 



Histórico da Ruby:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lancelot
Civil
Civil
Lancelot

Créditos : 1
Warn : Act I: Gathering Disasters - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 29/06/2013
Idade : 23
Localização : North Blue, Lvneel Kingdom.

Act I: Gathering Disasters - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Act I: Gathering Disasters   Act I: Gathering Disasters - Página 5 EmptySeg 29 Fev 2016, 11:00

Quinto Ato - Revolução!


Nenhuma reação despontava do velho, que inerte como um boneco, aceitava o assassínio de uma forma assustadora. “Essa mulher não é alguém comum, afinal... Parece que ela sabe ser bem letal.” Perquiria intimamente enquanto a mesma limpava os jorros de sangue que adornava as suas vestes, como pétalas rubras de uma rosa. Aproveitaria esse momento para desativar o gatilho da arma e guardá-la no cós da calça, seria talvez mais útil num momento ulterior. Após fazê-lo, correria atrás de um par de botas de combate, para equipar-me e calçá-las o quanto antes, buscaria por algum dinheiro também no caixa, se ainda restasse algo, se já estava envolvido naquilo, e agido com conivência, teria que ao menos aproveitar, antes de me safar. Lá fora, o caos era instaurado. A outrora deserta rua, de repente alarmava-se com um eminente perigo:
– Atenção! Atenção! Atenção! A ilha está sob ameaça revolucionária! Todos os civis devem se manter abrigados até segunda ordem! Aqueles que forem encontrados nas ruas serão tidos como inimigos!
O som era de fato muito audível, chegando até a incomodar-me um pouco os tímpanos. “Parece que lá fora tá pegando fogo! Mas preciso ainda do meu violão.” Olhava novamente para a ceifeira, reparava a sua movimentação para a saída, dirigindo o seu verbo para a minha pessoa.

– Bom não sei quanto a ti, mas eu vou tentar sair daqui, sem que a marinha me veja.

Fitava-a com lucidez, olhando face a face, onde despedir-me-ia, endereçando-lhe alguns alvitres:

- Eu irei sair também, mas buscarei uma alternativa pelos fundos. Não acho prudente sair pela entrada, mas boa sorte, e tome cuidado. Sorria – A propósito, chamo-me Lancelot, nos vemos por aí! Tenho que conseguir algumas coisas ainda. – Dava de costas dirigindo-se aos fundos buscando uma passagem, cantarolando baixinho, algo de meu gosto para entreter-me. Vasculharia por uma porta ou janela de modo que eu pudesse transpô-la com facilidade. Se estivesse aberta, ultrapassá-la-ia tomando a rua de trás, mesmo sabendo do perigo em questão. Se estivesse emperrada ou trancada, forçaria com um chute, o mais comedido possível, não batendo para quebrar, mas empurrando com a sola de meu pé canhoto, gradativamente forçando-a para arrombar a tranca devagar, sucedendo o mesmo com a janela, caso não houvesse porta. Obtendo o devido êxito, sairia me esgueirando por entre algo que pudesse me ocultar da ronda dos marinheiros. Buscaria desse modo, seguir até Porto Branco. E se porventura fosse abordado por marinheiros, ou alguém me pedisse identificação para entrar na cidade, eu diria quantas vezes isso acontecesse:

- Eu sou membro da vasta e nobre família Pendragon, neto do grande Vice-Almirante, Uther Pendragon! Acabo de chegar na cidade, e estou dirigindo-me a porto branco a mando do meu avô, quero conseguir alguns recursos antes de sair da ilha. Penso que vim em péssima hora, não?

"Agora, pensando melhor... Será que aquele homem de sobretudo era um dos revolucionários?" Indagava-se, e se por acaso fosse perguntado a razão de andar escondido, apenas diria:

- Bom, estou cauteloso com os revolucionários, não queria arrumar confusão por aqui. Preciso chegar urgente em Porto Branco.

Por serem verdades, diria com convicção.

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


Act I: Gathering Disasters - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Act I: Gathering Disasters   Act I: Gathering Disasters - Página 5 EmptyQua 02 Mar 2016, 16:20

Cubo / Levi / Alencar

O grupo de marines se aproximava, Sky e Ahri se viam em apuros.No entanto Sky pensava em uma solução sagaz para o problema.A menina começava a falar uma serie de lorotas para os homens da marinha, e com a jovem medica a concordar com seus dizeres os oficiais começavam a cair na mentira.Porem um fator com o qual a pequena canibal não contara entrava em ação, o gigante.O homem que almejava o titulo de pirata parecia não ligar para as baboseiras ditas por Sky, talvez sua inteligencia não o permitisse compreender a situação, e em um impulso partia para cima do grupo de inimigos.Os soldados se assustavam com a ação inesperada, mas logo se reestruturavam para o combate.

Infelizmente para os pequenos soldadinhos, Marshall não era um homem comum. Com seus 5 metros de altura e meia tonelada de músculos, o jovem parecia uma bola de boliche indo ao encontro de pinos indefesos. Logo que se aproximava sua altura se fazia imponente e intimidava os homens, que hesitavam em atirar a primeira vista, dando a oportunidade de Marshall esmagar um dos componentes do pequeno grupo.No entanto após tal ato partindo do gigante,uma chuva de projeteis era disparada.O bárbaro então com seu grande coração e enorme corpo se fazia de escudo para suas pequenas companheira, as balas penetravam a pele do gigante causando uma leve dor e alguns poucos sangramentos.Mesmo que seu atual estado não fosse ruim, Marshall deveria evitar de ser acertado de tal forma novamente.E embora sua tentativa de proteção as damas  fosse heroica, as meninas já não se encontravam mais ali.

Ahri e Sky , em movimentos quase que sincronizados, seguiam em uma investida contra seus atuais inimigos. Sky visava aquele que se encontrava mais próximo, a jovem tentava ser ágil em seus movimentos porem parecia se esquecer que carregava alguns quilos de carne em suas costas , fato que a fazia correr desajeitadamente.E infelizmente para a canibal a marinha não a iria perdoar, logo que era avistada por seu alvo o mesmo disparava.O projetil acertava em cheio a coxa direita da menina, e provavelmente iria causar algum tipo de dificuldade para a locomoção no futuro.O ataque parava a investida de Sky, e a levava ao chão devido a dor,ficando então a merce do inimigo. Ahri por outro lado consegui mexer seu corpo leve como uma pluma e com movimentos velozes mirava um soldado mais ao fundo da formação.O homem percebia a movimentação da nobre, porem não era rápido o suficiente para reagir.Em instantes o marinheiro se encontrava inconsciente ao chão e Ahri se encontrava cercada pela equipe de soldados.Seu caminho de volta de volta era interceptado pelo homem que outrora fora alvo de Sky, e os demais integrantes da equipe apontavam para a jovem.-Rendam-se agora,ou não teremos misericórdia com a garota - Dizia um dos soldados enquanto outro ao seu lado parecia chamar reforços.
Mapinha mau feito:
 

Windeck/ Lelouch / Tormayhen

Nicolas praguejava ao vento pelo seu descontentamento para com a atitude dos revolucionários.O gatuno se via agora em uma situação nada favorável, desarmado e impotente o jovem só via uma solução, fugir e se esconder.Os marines andavam em sua direção, no entanto não parecia que o tinha avistado , pelo menos isso estava a favor do rapaz.Porem quando iria se esgueirar para longe ouvia -Parados ai!- Ao escutar o grito de repreensão percebia que o mesmo partia de um dos guardas, que se aproximavam mais rapidamente por sinal.Mas como eles o notaram de um hora para outra? A explicação estava bem ali de pé bem ao lado do espadachim.O rapaz que foram expulso do bar juntamente a Nicolas. Lelouch ,agora dominado por sua outra personalidade , havia gritado aos céus e com isso atrairá o olhar do grupo de guardas.A dupla agora se via cercada, o pequeno pelotão os havia alcançado. Eram ao todo seis, três portando espadas, dois com pistolas, e um em posse de um par de pequenas foices.A cena não era nada boa para a dupla de maus elementos.Nicolas ainda tentava se safar contando algumas mentiras porem sua reputação o antecipava e nenhum dos possíveis oponentes era enganado.

Neste momento eis que chega em meio a confusão,Reisi. Com um olhar despreocupado e um andar arrastado o jovem parecia não estar apar do que acontecia na ilha. Talvez sua audição não fosse da melhores, ou quem sabe fosse apenas distraído mas aparentemente não ouvira o anuncio que ecoava pela ilha.O jovem que antes procurava por uma loja de armas agora se via em meio ao que parecia ser o incio de um combate.Guardas da cidade de um lado, dois estranhos do outro e o jovem navegador no meio da confusão.Ao notarem a presença do espadachim, dois soldados se viravam para o encarar, o ceifeiro e um dos espadachins.-Indetifique-se cidadão- Falava o ceifador.
Mapinha mau feito:
 

Lancelot / Bowel

A dupla de estranhos tinha um pensamento em comum, deixar a loja.No entanto, a ideia a ser executada era diferente. Lancelot procurava por saídas secundarias por onde pudesse se esgueirar, e Ruby tinha porta da frente em sua mira.O garoto não obtinha exito em encontrar o que procurava, e logo se dava por vencido.O menina, por sua vez iniciava seu trajeto em direção a porta. Porem, quando dava o primeiro passo direcionado a saída, percebia a movimentação de um grupo de pessoas. A jovem então recuava, e se colocava mais uma vez atrás do balcão.O grupo de homem armados adentrava ao estabelecimento, eram três:um em posse de pistolas e outros dois a carregar katanas.- Identifique-se cidadão.E relate o que houve aqui.- Falava o estranho que portava pistolas.A frase era dirigida a Lancelot, que diferente de Ruby se mantivera a vista do trio.O grupo parecia tenso,todos mantinham suas armas em punho e estavam prontos para qualquer ação por parte do rapaz.
Mapinha mau feito:
 

Alfred

O aspirante a Chef  se encontrava em uma situação anormal, anúncios ecoavam pela cidade e deixavam o jovem desorientado.As ruas se encontravam vazia, não havia nenhuma multidão com a qual se aglomerar.As lojas estavam fechadas, deixando o jovem desamparado.Por sorte, encontrava um pequeno beco onde poderia se entocar. Porem, quando se aproximava da entrada do esconderijo, percebia o cano de um rifle apontado para sua pessoa.-Quem é você?- Indagava o ser que tinha Alfred como alvo. -Fala logo porra- Emendava. Ao que tudo indicava se tratava de um homem.Sua altura não podia ser definida pois se encontrava sentado.Com uma das mão sobre o que parecia ser um ferimento, e a outra a segurar a arma que ameaçava Alfred.Apesar da raiva em sua voz, o estranho não parecia querer fazer mau ao gatuno.
Localização geral:
 

OFF:
 


Última edição por Chang em Sex 04 Mar 2016, 00:42, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Beyond
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Beyond

Créditos : 6
Warn : Act I: Gathering Disasters - Página 5 3010
Masculino Data de inscrição : 14/02/2013
Idade : 23

Act I: Gathering Disasters - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Act I: Gathering Disasters   Act I: Gathering Disasters - Página 5 EmptyQua 02 Mar 2016, 19:32


A bagunça de formara da noite pro dia, mal tive tempo de reagir, já fazia parte parte do movimento. Alguns homens acabavam por atrapalhar minha busca por uma loja de armas, não sabia ao certo o que queriam comigo, porém responderia-os assim mesmo. ─ Olá, me chamo Reisi. Em meio a minha resposta, uma luz. Todos ali possuíam armas, saberiam me dizer com certeza onde arrumar alguma e uma abordagem minha não seria nada mais justo depois de responder. ─ Vejo que vocês tem diversas armas por ai, sabem onde eu posso conseguir uma espada? Indagaria em um som audível para todos ali presentes. Se a resposta fosse positiva, pediria para que os mesmos me apontassem uma direção, do contrário apenas daria minhas costas para todos e continuaria meu caminho tranquilamente. ─ Parece que vocês estão bem encrencados! A frase era auto explicativa e dita conforme eu me afastaria. Apesar de toda cena não pude deixar de notar dois homens encurralados como ratinhos, porém não é de meu feitio se meter nos problemas alheios.

Estava exausto de procurar pela mesma coisa,  quem diria que seria tão difícil me armar em uma cidade dessas, nem pacifica ela mostrava ser, meus pensamentos nesse instante só se confundiam ainda mais, talvez fosse hora de relaxar um pouco. Procuraria por uma taverna e então iria para lá, encher as mágoas. ─ Me de algo para beber! Assim me pronunciaria para algum garçom ou garçonete disponível no local - caso o encontrasse, claro -, daria a quantia necessária para suprir valor da bebida. ─ E então, como alguém faz para ganhar dinheiro em uma ilha como essa? Abordaria o indivíduo mais próximo de mim e questionaria-o. Reunir algumas informações não faria mal, para alguém como eu que procura um futuro, só seria vantagem.

Mais um dia onde eu dependeria de respostas, pois bem, arquitetar um plano de vida exigiria isso, entretanto eu não contava com a demora e dificuldade para coisas tão simples do cotidiano, ainda me sentia incompleto e cada vez que colocava a mão em minha bainha, sabia a resposta do por quê. Após toda cerimonia no bar, retornaria ás ruas de Dawn Island procurando novamente pela arma que me completaria, tendo o conhecimento passado pelos homens de momentos antes, seguiria para um local especifico, ou então minha busca prosseguiria com uma longa caminhada atrás da tão misteriosa loja de armas.

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Act I: Gathering Disasters - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Act I: Gathering Disasters - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Act I: Gathering Disasters   Act I: Gathering Disasters - Página 5 EmptyQua 02 Mar 2016, 23:02


Esse sentimento... Essa dor... Nunca senti antes, mas esse sentimento... Sim, isso mesmo! "Nunca desistir, nunca voltar atrás, as Leis do Mar são rígidas, ou você as segue ou será punido severamente!" Me lembro como se fosse hoje, que dia chato foi aquele... Meu corpo está formigando, que sentimento é esse crescendo dentro de mim... É ruim, me lembra de algo... Aliás, estou com fome, tenho que acabar logo com isso... O que será que vou comer?

Conseguir acabar com um marinheiro, acho que isso é bom, mas as pequenas garotas estão em apuros, a rosinha está baleada e a loira cercada... O que faço? Tenho que salvá-las, só assim conseguirei salvar meus futuros nakamas quando os conhecer. Vamos lá, pense, pense, pense... Estou com fome... Se pudesse jogaria tudo fora e comeria uma baleia... Jogar tudo fora... Baleia... Sake... É isso! Tenho que comer sake com carne de baleia!
- pensaria por alguns instantes.

- É, acho que estamos cercados! - falaria rindo ao me dirigir a menina ruiva que estava caída no solo atingida na coxa. Andando um pouco mais lento, por estar com um pequeno formigamento no meu corpo, sentia o sangue escorrer por todos os meus músculos, estranhamente parte de mim estaria adorando aquilo, aquela fúria que nascia a cada instante, outra estaria com fome.

Ao me abaixar, tentaria cobrir o máximo da visão dos marinheiros para não poderem ver o que a ruivinha faria. - Ei, pega alguma coisa nessa bolsa e me cobre, vamos começar o jogo - falaria rindo para ela, demonstrando toda minha animação com a situação.

Após isso, esperaria a mocinha se aprontar e quando estivesse preparada, sairia correndo em direção ao marinheiro à direita da loira, e ao me aproximar o atacaria com um gancho de direita, obviamente vindo de baixo e em Ascenção para cima. Marotamente, queria o jogar longe para não atrapalhar mais.

Após concluir meu ato inicial de ataque, tentaria acertar os outros marinheiros. Caso estivessem atirando, eu correria na direção deles bloqueando ao máximo meu corpo com os braços em "x" e ao me aproximar deles saltaria forçando o máximo minhas pernas e, mesmo sentindo dores por forçar o tronco perfurado, tentaria acertar um golpe simultâneo pousando entre eles ou próximo na tentativa de acertar socos em ambos.

Histórico do Hein:
 


Esclarecimentos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Levy
Civil
Civil
Levy

Créditos : Zero
Warn : Act I: Gathering Disasters - Página 5 4010
Masculino Data de inscrição : 22/10/2015

Act I: Gathering Disasters - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Act I: Gathering Disasters   Act I: Gathering Disasters - Página 5 EmptyQui 03 Mar 2016, 20:56

6. Dois a menos...

Foi um pequeno triunfo, tenho que admitir. Ninguém pode se considerar pirata se não tiver chutado com força a cara de um marinheiro. Mas foi uma enorme falha e poderia enumerar as razões em três ou quatro laudas, mas apenas uma lancinava meu seu ser nesse momento. Sky. Precisei me segurar para não correr e tentar ajudá-la, ora, como fui ingênua, como pude ser tão leviana a ponto de colocar em risco minha pequena paciente. Idiota! As lágrimas que escorriam de meu rosto enquanto levei a mão fechada a cabeça eram cristalinas e carregadas de amor, o olhar que desferi para minha querida Sky só entregava a afeição que eu mesma criei por ela, e quem pode dizer diferente, o poeta exalta o amor como instância ulterior a seu ser, antes de tudo é uma ilusão, onde administramos doses de realidade ansiando para que a superem. As palavras me escapariam como lamentos de um boêmio em seu último suspiro de uma vida precocemente tirada. Me... Des-cul-pe! E não sou daquelas que pode escolher quem ama, nem de forma incondicional como agora, então se houvesse uma queda, nesse lance de escadas ainda não seria fatal, pelo menos eu acho...

Segundos. No campo de batalha pode ser a diferença entre a vida e a morte, mas por sorte Marshall se moveu antes de mim e provavelmente chamaria toda atenção para si, e o mais importante, me colocaria novamente com o foco na batalha, estava cercada, e o gigante fez questão de frisar isso de uma forma espantosamente natural, ainda assim, meu primeiro movimento foi de certa forma defensivo, buscava uma posição fora do cerco e caso o gigante não conseguisse abater aquele marinheiro faria questão de chutá-lo nas partes baixas afim de deixa-lo se contorcendo no chão e então seguiria com o plano do “escudo gigante”.

Mas se o marinheiro a minha direita fosse mesmo mandado longe pelo grandalhão aproveitaria sua enorme vantagem corporal como defesa já que ele parecia se mover na direção dos outros três, e tentaria um plano que deveria nomear mais tarde, e assim que ele se lançasse na direção deles, aproveitaria a confusão para sair de suas costas e atacar de surpresa com um chute vertical de cima para baixo mirando o queixo do marinheiro mais perto da ponte, se houvesse uma esquiva ou bloqueio mesmo nessas condições seguiria com um chute agora horizontal nas costelas, mas se o soldado tentasse me segurar estaria pronta a mudar a direção do ataque no último instante mirando seu peito, caso houvesse um disparo me inclinaria para seu flanco esquerdo esperando desviar ao menos por pouco do tiro e terminando com as costas para a ponte e de frente para a linha de marinheiros, tentaria um golpe fatal na cabeça dele usando um chute por trás do corpo girando em meu eixo com a perna direita para impulsionar a canhota na tentativa de acertar o calcanhar na lateral de sua testa. Será que ainda haveria uma linha de marinheiros depois dos nossos movimentos? Sky poderia ser o elemento que falta para que tudo isso acontecesse, seja qual for o resultado, em cada passo mostraria a determinação de quem jamais abandonaria um amigo numa hora como essas, e isso bastava para me trazer paz.

Se no final tivéssemos êxito, eu não perderia tempo e procuraria uma farmácia, ou boticário, certamente teria visto alguma no caminho - não que eu fosse lembrar é claro - mas pediria para que todos fossemos para lá, não haveriam soldados naquele lugar, e eu poderia ajudar a diminuir todos os ferimentos me utilizando dos instrumentos que encontrasse, e diria. Vamos sair da rua, todos estão machucados, posso curar vocês em uma farmácia ou boticário!

Citação :
Post's: 06
Nome: Ahri Liliver
Vantagens: Boa Aparência, Genialidade
Desvantagens: Distraído
Perdas: N/A
Ganhos: Bota Taekwondo e 300.000 berries.
Extra: Sky - Esta se tornando uma irmã e amiga, Ahri sentirá muita dor se isso não acontecer.
Jowls - O cara estava estático, então foi ignorado por enquanto, quem sabe se ele reagisse.
Marshall - Não sabe seu nome, mas compartilha de seu desejo por pirataria. Tem muita coragem.
OFF: Sim Chang, eu quero construir relações com sentimentos lançados ao vento, Ahri é inocente e desconhece a si própria...

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por levy em Sex 04 Mar 2016, 07:30, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Windeck
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Windeck

Créditos : Zero
Warn : Act I: Gathering Disasters - Página 5 4010
Masculino Data de inscrição : 19/08/2015
Idade : 27
Localização : Conomi Sland

Act I: Gathering Disasters - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Act I: Gathering Disasters   Act I: Gathering Disasters - Página 5 EmptyQui 03 Mar 2016, 21:54

Quinto ato: Atrapalhado por um louco...

Pra piorar um pouco mais essa vidinha mais ou menos que tenho me aparece um imbecil no pior momento de todos. Estava tendo sucesso no meu plano de fuga, por um momento achei que iria conseguir sair despercebido, mas eu não contava com algum retardado gritando na rua, que chamou a atenção dos marines que logo me pararam também. De uma hora para outra eu estava cercado por meia dúzia de marines armados, e eu desprotegido e sem crédito para acreditarem em minha mentiras devido minha fama nada boa. Mas para minha sorte outro bobão qualquer aparece na rua com cara de paisagem, alguns dos marines presentes se viraram para ele para lhe fazer algumas perguntas e aquela era minha chance de virar o jogo.

Apesar de querer evitar brigas e confusões aquilo parecia inevitável, mas acho que conseguiria sair impune se conseguisse ocultar o que faria a seguir. Mesmo que eu estivesse com uma vontade imensa de enfiar uma espada no órgão escrotal daquele imbecil ele poderia me ser útil, ou pelo menos ele parecia útil. Me aproximaria dois passos perto dele e falaria quase em um sussurro com os dentes cerrados para que só ele pudesse escutar.

- Escute aqui seu idiota, você acabou de me ferrar mas podemos sair dessa. Se o dono do bar mandou você pra fora também então não deve ser um cara lá muito apreciado pelo povo. Odeio esses caras tanto quanto você parece odiá-los, me ajude e eu vou tentar não matar você. Pegue os espadachins... - Terminaria e já me distanciaria dele para não haverem mais imprevistos.

Me aproximaria devagar de um dos atiradores, tudo precisava ocorrer certo, caso o contrario eu iria ver meus pais e meu irmão logo logo.

- Ei, o que estão fazendo? Se não acreditam em mim então sabem quem eu sou. Não sou um revolucionário, não é deles que estão atrás? Me deixem ir logo, mostrem um pouco de gratidão com alguém que ajudou vocês a prenderem a maioria dos ladrões daqui. Se não fosse por mim vocês não estariam nessa folga toda, então tratem de me liberar - Diria me aproximando  torcendo para que meu "colega" não tivesse agido ainda. Todo esse papo era uma distração para me aproximar o suficiente do pistoleiro. Mesmo que entrássemos em um combate nós seriamos fuzilados se não acabássemos com os atiradores logo.

Assim que estivesse perto o suficiente eu agiria rapidamente. Seguraria seu braço que estava com a arma com toda força que pudesse e tentaria forçar o gatilho para disparar contra o outro pistoleiro tentando acertar na cabeça ou no peitoral dele. Obtendo sucesso no ataque contra o primeiro atirador, tentaria imobilizar o segundo que eu havia usado para atirar no primeiro com uma cotovelada de esquerda no seu rosto e caso a primeira não funcionasse tentaria uma segunda cotovelada. Visando que todo o plano desse certo pegaria a pistola de um deles e olharia rapidamente para o cara para ver se ele havia conseguido ser bem sucedido, e caso ele tivesse ido bem miraria no ceifador e atiraria contra ele, mas se ele estivesse precisando de ajuda, miraria contra o marine que o estivesse atacando e atiraria.

Se tudo desse errado, na pior das hipóteses teriam matado ou imobilizado ele, e eu não teria conseguido fazer o primeiro atirador disparar contra o segundo. De um jeito ou de outro eu iria acabar baleado ou pior então teria que escolher a opção em que eu tivesse menos chances de morrer. Aceraria uma rasteira no atirador e correria o mais rápido que pudesse em zigue-zague para ter menos perigo de ser atingido por balas, então tentaria entrar em algum beco e tentar despista-los por lá.



OFF:
 

Historico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : Act I: Gathering Disasters - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 25
Localização : Entre a faca e a parede

Act I: Gathering Disasters - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Act I: Gathering Disasters   Act I: Gathering Disasters - Página 5 EmptySex 04 Mar 2016, 14:36





Going to Hell


Quando Sky fugiu com Ahri da loja, o peso da mochila simplesmente não foi sentido por Sky por diversos factos. O primeiro deles, certamente era de conhecer uma pessoa nova que parecia gostar dela; o segundo era ter bebido sangue humano, algo que ela não fazia já a algum tempo; e por fim, a maldita sirene de alerta. Fosse como fosse, Sky esquecera-se de largar a mochila, um erro que ela sentiu sem dó na sua coxa. A dor era insuportável, Sky já nem se lembrava da última vez em que tinha levado um tiro, mas a dor não durou basante.
-Rendam-se agora,ou não teremos misericórdia com a garota! – assim que ouviu tais palavras, Sky esqueceu quase que por completo a dor, um suor frio escorria pelas suas costas. Ao olhar na direção do grito, a jovem garota simplesmente começou a ver as imagens traumatizantes do passado dela. “Não… por favor, não… não a matem, não quero ficar outra vez sozinha neste mundo, eu não consigo perceber as outras pessoas… eu só não quero ficar sozinha…”
-Me... Des-cul-pe!- esta fora a gota de água para Sky, nada podia estar pior. Se ela ia perder alguma coisa, que fosse a sua vida. Ela não podia perder mais alguém, seria pior que morrer para a pequena canibal.
“Não. Não! NÃO! Outra vez não! Não posso perder novamente alguém próximo! Estávamos a nos dar tão bem! Maldita guarda! Se não nos tivessem parado, este gigante retardado não teria atacado eles! Agora ela vai ser baleada e acabou… NÃO! DE JEITO NENHUM! É QUE NEM FUDENDO QUE VOU DEIXAR ELA MORRER COMO O CLOUD!” Os seus pensamentos já estavam meio bagunçados, de facto. Misturar passado com presente para alcançar um futuro nunca daria para uma psicopata como ela. Embora Sky tivesse bebido sangue humano há pouco tempo, sua sede começava a aumentar. O simples facto de perder novamente próximo provocou uma sede de sangue que só acabaria de uma forma.
HAHAHAHAHA! KYAHAHAAHHAHAAH! Aaawn… -  um riso, no mínimo psicopata, seria solto, e de seguida diria para os marines - Primeiro cercam três civis, baleiam dois deles e cercam um? Nana-nina-não… Isso não está certo senhor marinheiro… Vamos… acalme-se, nós apenas nos defendemos, compreende? – Sky não esperaria que esta fala tivesse qualquer efeito nos marines, ela simplesmente começava a enlouquecer.
- É, acho que estamos cercados!
-Não me digas… E de quem seria a culpa? – a jovem, agora enlouquecida daria uma pausa e continuaria – eu acho que a culpa é daqueles caras ali…
“Engraçado… Parece que tá sentindo um grande ódio daqueles marines… consigo perceber isso por essa cara, a cara de um lutador. A cara de uma besta! Isto vai ser interessante…”
- Ei, pega alguma coisa nessa bolsa e me cobre, vamos começar o jogo.- e, com um aceno de cabeça, Sky tiraria a sua mochila das costas pegando o pedaço de carne mais pequeno que conseguisse e levar-lho-ia à sua boca. Após se alimentar, sacaria as suas shurikens e diria para o gigante – Pronta…
Assim que o gigante começasse a correr em direção ao marine da direita, Sky começaria a lançar shurikens na direção das mãos dois marines à esquerda. Se necessário para ter melhor visão, Sky pôr-se-ia de pé. No caso de não conseguir se por de pé, Sky tentaria ficar de joelhos.
No caso de o gigante errar o golpe, Sky lançaria as shurikens contra o marinheiro da direia. No caso de o gigante acertar o golpe e o corpo do marine ir em direção de Sky, esta sacaria rapidamente a sua lâmina e apontaria ela em direção à garganta do corpo, certificando-se se este estaria morto. Caso o marine morra, Sky agarraria o corpo dele e o usaria como escudo para se aproximar de uma arma de fogo. Se o corpo fosse muito pesado para Sky, ela desistiria de o usar como escudo e permaneceria no mesmo lugar.
No caso de Ahri cair devido a algum ataque dos marinheiros, ela começaria a atirar shurikens contra o guarda mais próximo de Ahri, para evitar que este tentasse magoar ainda mais a sua nova companheira do crime.
Após a luta, Sky correria para a direcção de Ahri. Caso Sky não conseguisse andar, esta rastejaria, uma vez que estava determinada a não abandonar a sua companheira.

Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :
Histórico

Nome da Personagem:
Sky
Nº de Posts: 6
Canibalismo: (3/5)
Nº de vítimas: 1
Ganhos: Um buraco na coxa, Ninjaken, Shuriken, Mochila cheia de carne humana com um tecido envolta para minimizar o sangue que escorre para fora e uma capa.
Perdas: Sanidade
NPC's/Personagens: Ahri Liliver- Sky vê Ahri como uma possível companheira pela qual daria a sua vida por ser muito parecida com seu falecido amor;
Jowls Bernard- Sky não notou a presença de Jowls;
Marshall- Um gigante (avá) determinado e, no mínimo, lerdo.
Coments Extras: You! tô de olho na sua zuera, chang…  tá aqui um exemplo de como de ser lido o riso de Sky... Okay não consigo voltar a usar o player bonitin... só dá com o do youtube Act I: Gathering Disasters - Página 5 3551987972

Objetivos escreveu:
(X) Arranjar uma ninjaken
(X) Arranjar um kit de shuriken
(X) Conhecer Ahri
( ) Conhecer Jowls
( ) Conhecer Lelouch e Ancrath
(/) Conhecer Marshall
( ) Conhecer Alfred
( ) Conhecer Ruby
( ) Conhecer Lancelot
( ) Conhecer Windeck
(X) Beber sangue humano
(X) Arranjar confusão numa taverna loja
( ) Roubar uma casa nobre
( ) Explodir uma casa nobre
( ) Matar alguém importante
(/) Ter um pesadelo
(X) Fazer o narrador amar a minha char S2
( ) Deixar o Chang narrar uma cena explícita de Sky e Ahri. (Obs: é o mesmo objetivo do Levy, vulga Ahri)
( ) Aprender a perícia “Atuação”
( ) Aprender a perícia “Disfarce”

____________________________________________________

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.



Última edição por Cubo Nito em Sab 05 Mar 2016, 16:33, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Act I: Gathering Disasters - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Act I: Gathering Disasters   Act I: Gathering Disasters - Página 5 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Act I: Gathering Disasters
Voltar ao Topo 
Página 5 de 13Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 11, 12, 13  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Dawn Island-
Ir para: