One Piece RPG
I - Warcraft - Página 3 XwqZD3u
One Piece RPG
I - Warcraft - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Mini - Toji]
I - Warcraft - Página 3 Emptypor Toji Hoje à(s) 16:34

» Pandemonium - 9 Brave New World
I - Warcraft - Página 3 Emptypor CrowKuro Hoje à(s) 16:29

» LightPoint!Os herois e amigos se reunem novamente!
I - Warcraft - Página 3 Emptypor Noah Hoje à(s) 15:50

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
I - Warcraft - Página 3 Emptypor AoYume Hoje à(s) 15:08

» Uma promessa ao céu
I - Warcraft - Página 3 Emptypor Bolin Hoje à(s) 13:32

» Lealdade, Valor e Morte
I - Warcraft - Página 3 Emptypor Coldraz Hoje à(s) 11:47

» Steps For a New Chapter
I - Warcraft - Página 3 Emptypor Achiles Hoje à(s) 10:49

» Right Punch, Left Punch!
I - Warcraft - Página 3 Emptypor Razard Hoje à(s) 10:36

» ~ Acontecimentos ~ The Wonderful Land
I - Warcraft - Página 3 Emptypor GM.Milabbh Hoje à(s) 10:17

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
I - Warcraft - Página 3 Emptypor Shogo Hoje à(s) 09:22

» Um Encontro Destinado
I - Warcraft - Página 3 Emptypor Cloe Kaminari Hoje à(s) 02:24

» Drake Fateburn
I - Warcraft - Página 3 Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 01:49

» I did not fall from the sky, I leapt
I - Warcraft - Página 3 Emptypor Formiga Hoje à(s) 01:47

» Alipheese Fateburn
I - Warcraft - Página 3 Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 01:43

» Sophia Aldebaran Rockfeller
I - Warcraft - Página 3 Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 01:38

» Vol 2 - The beginning of a pirate
I - Warcraft - Página 3 Emptypor Formiga Hoje à(s) 01:09

» [MINI-HOKI] O Espadachim Negro
I - Warcraft - Página 3 Emptypor Hoki Hoje à(s) 00:35

» União Flasco: Inicio do Sonho
I - Warcraft - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 00:12

» I - Justiça: Um compromisso obstinado!
I - Warcraft - Página 3 Emptypor Hammurabi Ontem à(s) 22:57

» 11º Capítulo - Cataclismo em Skypeia!
I - Warcraft - Página 3 Emptypor Marciano Ontem à(s) 22:05



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 I - Warcraft

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 77
Warn : I - Warcraft - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

I - Warcraft - Página 3 Empty
MensagemAssunto: I - Warcraft   I - Warcraft - Página 3 EmptyTer 05 Jan 2016, 18:51

Relembrando a primeira mensagem :

I - Warcraft

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Saigyouji Yuyuko. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
yaTTo
Soldado
Soldado


Data de inscrição : 07/11/2010

I - Warcraft - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Warcraft   I - Warcraft - Página 3 EmptyDom 17 Jan 2016, 15:48



You're just too good to be true



Chegavam finalmente a loja, a criança observava o local, era provavelmente o ambiente mais bem decorado que tinha visto em sua vida, sua cor atrativa e suas exibições deliciosas pareciam sambar em meio a sua imaginação. Elas entravam, os pequenos olhos observavam todas aquelas guloseimas que se encontravam ali, ela sabia o que eles estavam tramando, ninguém nunca desconfiaria de uma sede de assassinos que fazem deliciosas obras primas, quem sabe dentro de cada uma dessas guloseimas não tenha um tipo de arma diferente? Ela ficava animada por aquilo. Ela era apresentada ao dono do local, ele não parecia um grande guerreiro, mas ela sabia, como sabia, que os melhores guerreiros são aqueles que não demonstram nem um tipo de habilidade aparente. Ela fazia uma referencia padrão abaixando um pouco a parte superior de seu torso, com uma cara um tanto quanto seria ela tentava demonstrar respeito.

Sua companheira iria lhe buscar quando estivesse pronta o bastante para ir, ela teria o tempo necessário para fazer todo seu aprendizado. Seus pensamentos eram interrompidos, uma fatia de algo saboroso parecia surgir a sua frente e o proprietário interessado em demonstrar suas habilidades de culinária estendia um prato. Ela aceitava, vagarosamente recolhia o talher, cortava um pequeno pedaço graciosamente e colocava na boca esperando a explosão de sabores. Ela sabia o que estava por vir, mas mesmo assim era surpreendida por aquele gosto e sem perder tempo voltava-se a comer outro pedaço daqueles deliciosos morangos. Com certeza estava diante de um mestre naquela arte, ela tinha que responder as expectativas do mesmo.

Ela agora sabia como era o tipo de serviço empregado por aquele disfarce, porem eles não estavam indo bem demais com isso? Os nórdicos pareciam não ter esse conhecimento, quem sabe um dia o povo inferior não faça uma revolução utilizado de bolos e sopas quentes? Ela não poderia admitir aquilo... mas apenas mais um pedaço com certeza não faria mal algum, faria? Surgia a oportunidade de mostrar seu valor, o homem parecia retirar-se, contudo não saía antes de falar sobre suas preocupações, ao que parecia um bando de baderneiros. Contudo ela sabia o que estava acontecendo ali novamente, o homem sair e logo depois um bando de guerreiros aparecerem do nada? Com certeza apareceria alguém e com certeza eram membros daquela organização esperando para fazer um teste com a pequena. Gerda tinha decifrado o segredo, mas apenas Loki parecia agir, ele andava até a vitrine e observava os arredores, ele tinha que ter pelo menos uma ideia do que estava por vim.

Não avistando nada era hora de procurar por armamento, mesmo que seja uma loja de fachada com certeza teria todo tipo de artilharia e ele as estava caçando. Procuraria por debaixo de prateleiras e ate mesmo por entre as diversas possíveis caixas que ali teriam. Não achando nada ela sabia onde com certeza encontraria, porem não desejava revelar sua arma secreta, não agora. Se finalmente adversários se mostrassem presentes era hora de agir, ela enfiaria a mão dentro de um delicioso bolo, com certeza encontraria um armamento ali, ela estava ciente de todo aquele esquema, ou assim achava. Porem existia um grande problema em toda aquela situação, quem realmente eram seus inimigos? Talvez qualquer cliente que resolve-se dar as caras por ali acabasse por enfrentar uma fúria infantil.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ninon
Civil
Civil
Ninon

Créditos : Zero
Warn : I - Warcraft - Página 3 3010
Feminino Data de inscrição : 20/08/2014

I - Warcraft - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Warcraft   I - Warcraft - Página 3 EmptyTer 19 Jan 2016, 19:22



O Retorno do Atirador



Após chegar na loja, Saigyouji cumprimenta Hanzo, mostrando ser bem educada, e ao mesmo tempo, em sua mente imagina que aquele sujeito pode ser um grande guerreiro escondendo suas verdadeiras habilidades por debaixo de uma aparência não chamativa, assim como o local, imaginando que ali pode estar cheio de armas, inclusive dentro dos bolos bem decorados que dificilmente levantariam suspeitas.

Após se deliciar com um pedaço de bolo e criar várias teorias da conspiração em relação a tudo aquilo, a jovem Saigyouji olha pela janela do estabelecimento, esperando que alguém vá chegar ali, porém, passam-se alguns instantes e não vê ninguém, volte e meia uma pessoa ou outra passa diante da loja, mas não chega a adentrar no estabelecimento, talvez por ainda ser bem cedo. Não tendo muito o que fazer, a jovem começa a procurar por armamentos por toda a loja, precisava estar preparada para quando os baderneiros chegassem.

A garota olha nas estantes, nas caixas, debaixo das mesas, em todos os cantos suspeitos, mas não encontra nada. A jovem escuta o som de um sininho e o ranger de madeira, conforme a porta da loja vai se abrindo, estava pronta para apelar para seu plano secreto, mas é interrompida por suas próprias emoções, ou melhor dizendo, pela surpresa que tem, a pessoa que entra no estabelecimento é o mesmo sujeito que a garota viu nos campos, no dia anterior, e que havia lhe ajudado dando uma arma e indicando a direção da cidade. Ele parece surpreso em encontrar Saigyouji ali.

- Olha só quem está aqui... - Fala, referindo-se a Saigyouji. - Vejo que conseguiu chegar na cidade viva. Como foi sua aventura? -

Ele não parece apresentar hostilidade, exceto pelo fato de estar armado, ele observa os doces e bolos da loja, se mantendo na porta da loja e não se aprofundando muito no estabelecimento.

- É bom ver que está bem, você se encontrou com o Javali Negro no caminho?  Encontrou... Algo mais? - Sua surpresa dava espaço para a curiosidade, em relação a viagem que Saigyouji fez pelo vale que atravessa as montanhas.

Uma outra pessoa entra na loja de maneira tranquila. - Bom Dia - Diz, tanto para o atirador de cabelo branco quanto para Saigyouji, e vai se aproximando do balcão, é uma criança, um pouco mais nova que Saigyouji, mas também mais velha que Hina, vestindo um vestido bem simples que se parece com aquele que Saigyouji despertou, seu cabelo não muito comprido tem a cor preta e no geral não é muito chamativa.

- Eu gostaria de um bolo de morango. - Diz a pequena garota, apontando para um bolo dentro de uma vitrine.

O sujeito de cabelo branco, cruza os braços e se encosta na porta da loja que está fechada. - Está trabalhando aqui é? Me vê algum doce. - E fica aguardando que seu pedido seja atendido, enquanto observa o local. Outra coisa que chama atenção no atirador, é que dessa vez, ele esta carregando com a mão esquerda, uma maleta fechada.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Citação :
Aventuras que Narro:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Aventuras Pausadas:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Minhas Aventuras:

Em Breve
Voltar ao Topo Ir em baixo
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : I - Warcraft - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

I - Warcraft - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Warcraft   I - Warcraft - Página 3 EmptyQua 20 Jan 2016, 22:20



Ketsu



Não conseguia encontrar nada que lhe pudesse ser útil em uma batalha, porem encontrava algo muito mais especial, ou melhor, alguém muito mais especial. Sua voz lhe era familiar e aquele rosto ainda mais, o homem que a tinha ajudado agora se mostrava presente e parecia reconhecer a pequena. Ela observava bem, ele a tinha seguido até aquele local? Talvez as desconfianças de Loki se mostrassem fieis de fato, ela recuava. - Foi ótimo, obrigado por sua ajuda. - O esperto agia, era o momento de tentar extrair informações, Gerda era esperta, mas Loki sabia muito bem como descobrir as coisas de maneira diferenciada. - Encontrei... - Ele trocava o tom de sua voz - Alguém especial. - Um sorriso sarcástico era exibido em seu rosto.

Outra pessoa adentrava na loja, uma pessoa educada pelo visto. Uma jovem, não mais velha que a atendente, parecia interessada em um dos doces da loja, ela não conhecia de nome qualquer um que estivesse ali, porem utilizando da arte mais antiga do mundo ela iria passar por esse problema, Gerda agia - O preço está junto do mesmo, coloque o dinheiro aqui que irei pegar para você. - Recebendo o dinheiro ela iria ignorando o homem por um breve momento enquanto retirava o bolo da vitrine, tirava com calma para não esbarrar em algo ou até mesmo derruba-lo. Colocaria em cima do balcão e procuraria por um recipiente que conseguisse suportar seu tamanho e peso. Colocando o mesmo dentro do local apropriado ela se viraria em direção do atirador, era hora de saber o que ele era realmente.

Ela pegaria qualquer tipo de doce mais vagabundo que existisse no local, iria jogar para o mesmo e mostrar uma cara de insatisfação. Sobre o preço ela apenas desejava que ele a retribuísse adequadamente. - Eu não imagino como um caçador pode querer estar interessado em doces. Por acaso você... - Loki interrompia sua frase por um instante, ele desejava saber pelos lábios do mesmo se o que ele buscava era apenas um pouco de açúcar em seu sangue ou quem sabe algo mais. Ele reparava na maleta, porque alguém com uma maleta entraria numa loja de doces? Aqui não fazia sentido nenhum e toda aquela situação ficava mais estranha a cada segundo que se passava.

- O que trazes nessa maleta? - Como um tiro as palavras afiadas eram dirigidas para o homem, perguntar não ofende, certo? Talvez ela tenha encontrado o baderneiro que anda incomodando o mestre do açúcar daquele local sagrado, ela não iria perdoar qualquer um que desejasse por fim incomodar aquele estabelecimento. Como não conseguia localizar qualquer tipo de armamento era hora de procurar por talheres, apesar de sua grande maestria ser as armas de fogo era uma grande atiradora de facas e coisas do gênero, aquilo talvez fosse realmente útil no final de tudo. Tudo que acontecia desde seu pulo em direção ao rio parecia como um conto de fadas e talvez aquele homem seja um enviado dos Deuses para lhe ensinar novamente a direção certa em busca de sua missão, ela tinha que no fim abandonar aquele local magico e ir em busca do que a estivesse esperando.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ninon
Civil
Civil
Ninon

Créditos : Zero
Warn : I - Warcraft - Página 3 3010
Feminino Data de inscrição : 20/08/2014

I - Warcraft - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Warcraft   I - Warcraft - Página 3 EmptyTer 26 Jan 2016, 10:07



O Caçador de Recompensas



- Foi ótimo, obrigado por sua ajuda. -

Encontrar o atirador novamente, traz uma certa alegria passageira para Saigyouji, que revive também as suspeitas de Loki, o que faz a garota recuar um pouco.

- Encontrei... Alguém especial. -

- Entendo. - Responde, tentando não demonstrar seu interesse.

Para atender a garota que adentra na loja, fazendo um pedido, Gerda assumi Saigyouji e já vai se pronunciando.

- O preço está junto do mesmo, coloque o dinheiro aqui que irei pegar para você. -

- Tá... - A garota aparenta estranhar um pouco a maneira de Saigyouji atende-la, mas segue as instruções e dá os 5.000 berries.

Saigyouji então consegue retirar o bolo de trás da vitrine sem muitas dificuldades, com bastante calma, e logo atrás do balcão encontra uma gaveta, de onde pega um recipiente especifico para se colocar tais bolos, e é onde a jovem coloca o bolo de morango, a garotinha pega o recipiente, segurando com ambas as mãos e agradece com um sorriso. - Obrigada. - Retirando-se da loja logo em seguida.

Agora era a vez de atender o sujeito de cabelo branco, Saigyouji apanha um brigadeiro e joga para o atirador, que agarra o doce ainda no ar com a canhota.

- Eu não imagino como um caçador pode querer estar interessado em doces. Por acaso você... -

Loki interrompe a fala, o atirador começa a comer o brigadeiro, escorando-se na parede e deixando com que a maleta repouse no chão, porém, não diz nada, apenas continua encarando Saigyouji, um silencio incomodante que dura até ele terminar de comer todo o brigadeiro, deixando o papelzinho no chão e depois retirando um pequeno saquinho de moedas, que lança para Saigyouji assim como ela lançou o brigadeiro, mas a garota não tem dificuldades em também pegar o saco.

- Isso deve bastar... Eu estava aqui pensando, você deve imaginar que eu sou algum tipo de caçador que vive em florestas e se alimenta da carne de animais, certo? - Um pequeno sorriso surge no canto de sua boca. - Está enganada, eu de fato sou um caçador, mas não esse tipo. -

- O que trazes nessa maleta? -

- Essa? - Pergunta ele, apontando para a maleta que trazia consigo e depois retornando a olhar a garota, sendo um pouco fingido até. - Muito dinheiro. -

Há um facão acima do balcão, que foi usado pelo dono do lugar para cortar a fatia de bolo que Saigyouji comeu mais cedo, após ter chegado no estabelecimento, e tal ferramenta é uma das poucas coisas que pode ser usada como uma arma, que a garota vê por ali, podendo apanha-lo se assim a garota desejar. O rapaz enfim se desencosta da parede e pega a maleta com a desta, olhando para a porta de saída.

- Eu estou de partida... - Ele da uma pequena pausa, fecha os olhos por alguns instantes e dá um longo suspiro. - Vou para bem longe daqui. Por isso o doce. - E depois abre os olhos, olhando mais uma vez para Saigyouji. - Vejo que já se adaptou a cidade, não pude deixar de notar no nosso primeiro encontro, que você não é daqui. - O olhar dele, que até então estava descontraído e distante, agora fica focado e toda a face dele revela uma verdadeira seriedade, assim como a firmeza em sua voz. - Antes de eu ir, tenho uma curiosidade, quem exatamente é você? E porque está aqui, nessa ilha? Eu te menosprezei por não passar de uma criança, mas naquele teste com o revolver e chegar aqui viva, provam que você não é uma criança qualquer. -

Antes que Saigyouji possa responder, o atirador novamente começa a falar, ainda sério.

- E eu acho justo falar um pouco sobre mim, já que estou pedindo para você falar um pouco sobre si... - Ele desvia o olhar por uns instantes. - Na verdade, não há muito à falar de mim, eu sou um caçador de recompensas, e como deve imaginar, viajo pelo mundo atrás de boas recompensas, caço piratas, tesouros, e qualquer coisa que me traga algum lucro. Aquela minha casa nas planícies? Eu tomei posse dela, quando cheguei na ilha, ela estava abandonada, e eu precisava de um lugar para ficar, então passei a morar lá, isso já foi a uns dois meses atrás. Mas agora que já não estou tendo mais lucro por aqui, estou partindo, indo para um lugar onde possuo um alvo muito bom. - Após terminar de falar, ele fica em silencio, encarando Saigyouji como se estivesse cobrando a história da mesma.

.
Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Citação :
Aventuras que Narro:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Aventuras Pausadas:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Minhas Aventuras:

Em Breve
Voltar ao Topo Ir em baixo
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : I - Warcraft - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

I - Warcraft - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Warcraft   I - Warcraft - Página 3 EmptyDom 31 Jan 2016, 11:48



Beyblade



A primeira venda era bem sucedida, a garota levava seu bolo e a jovem atendente recebia seu dinheiro. Porem o outro possível cliente se mostrava um tanto quanto ainda misterioso, mesmo que tivesse a cara de pau de dizer que carregava dinheiro naquela maleta tudo ainda era meio estranho. Caçador de recompensas, aquela que a tinha salvo tinha mencionado essa profissão e ela parecia interessante para aqueles olhos ansiosos, porem aquele homem era realmente um? Suas palavras pareciam tentar conseguir mais informações sobre o ser angelical que ainda não confiava muito bem naquele sujeito. - Sou Saigyouji Yuyuko, um valquíria em busca de realizar sua missão. - Limpo e seco, aquilo era o máximo que ela iria falar por enquanto, queria ele gostasse ou não, as desconfianças ainda não se esvaiam por completo.

Ela ouvia sua historia, talvez o que ela queria para si era mais ou menos aquilo que lhe era mostrado, ela parecia se assemelhar bastante com aquilo, talvez até demais. Ela sabia o que tinha que fazer, não gostava, mas sabia o que deveria ser feito. Mesmo que Loki não interferisse ela tinha que manter sua missão como prioridade, todo aquele mundo novo em que descobriu e se sentiu confortável não poderia durar muito tempo, ela tinha que avançar, ir em busca de sua terra natal. Passava levemente a mão direita em seu cabelo, ela tinha se decidido. Iria colocar a faca em um local apropriado de sua roupa, mesmo que não tivesse uma pistola, uma faca não era de em fim algo tão ruim, pois mesmo que não utilizasse em batalha ela teria muitas outras opções.

- Me leve com você - Ela falava fortemente, seus olhos determinados e seu corpo firme desejavam por entrar neste mundo de caçadores, conseguir bastante dinheiro e financiar sua missão, ela sabia que poderia tentar no estilo sobrevivência, mas com dinheiro tudo ficaria mais fácil, certo? Um sorriso no rosto e um sonho eram as únicas coisas que ela poderia ter de motivação, uma motivação que antes de seu sonho não era devidamente aparente. Ela observava os arredores, ela sabia que despedidas eram tristes, talvez fosse hel com seu temperamento inusitado, então decidira não contatar aquela que a tinha salvo e nem mesmo o homem que parecia dormir em qualquer lugar por ai.

Passos curtos e ritmados era a trilha sonora daquela despedida, mesmo que o homem não a levasse consigo ela tinha decidido que era o momento certo para continuar sua aventura, era tempo de mudar. Sairia da loja lentamente, primeiro tentar arranjar novamente uma pistola, quem sabe com sorte um par. - Sei que parece injusto, mas teria outra pistola para me emprestar? - Um sorriso no rosto era sua unica oferta para caso estivesse junto do homem. Tinha perdido sua ultima pistola e agora talvez não tivesse tanta confiança assim para requerir uma tão rapido. Caso não conseguisse com o mesmo a faca teria que bastar, por enquanto.

M
esmo que estivesse no mundo inferior a algum tempo ela não o conhecia bem, talvez aquela fosse a oportunidade. - Onde seria esse local onde existem adversários valiosos? Soube que existem continentes de gelo e até mesmo gigantescos desertos, isso é verdade? - Tudo sobre o mundo inferior que conseguia encontrar em sua terra natal eram apenas contos, ou seja, informação concreta não era uma posse da mesma, ela teria que estudar muito para quem sabe um dia ser alguem experiente e comandar seu povo.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ninon
Civil
Civil
Ninon

Créditos : Zero
Warn : I - Warcraft - Página 3 3010
Feminino Data de inscrição : 20/08/2014

I - Warcraft - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Warcraft   I - Warcraft - Página 3 EmptyQua 03 Fev 2016, 14:55



A Jornada Continua



Apesar de tudo, Saigyouji ainda sustenta algumas suspeitas em relação ao suposto caçador de recompensas.

- Sou Saigyouji Yuyuko, um valquíria em busca de realizar sua missão. -

É tudo o que a garota diz, a respeito dela mesma. O caçador fica em quieto, pensativo, ao menos até Saigyouji tomar uma decisão, falando para si mesma que não pode continuar ali, que tem uma missão a cumprir e é o que irá fazer, e com isso em mente, a jovem apanha a faca e à esconde dentro de sua roupa, abordando o atirador logo em seguida.

- Me leve com você -

- Comigo? - Ele não parece muito espantado com o pedido, embora um pouco surpreso. - Você é livre para fazer o que bem entender. Se deseja vim, não vou te impedir. -

Após dizer tais palavras, o caçador sai da loja, levando consigo a maleta alojada na mão direita, enquanto sua mão esquerda fica escondida no bolso de seu sobretudo vermelho. Saigyouji também sai do local, sem se despedir ou avisar o dono, deixando a loja vazia, e passa a acompanhar o caçador pelas ruas que ainda estão bem vazias, embora o sol já tenha nascido completamente. O atirador continua a caminhar com passos rápidos, trazendo um pouco de dificuldades para a garota de acompanha-lo, este fica a todo instante um pouco mais à frente da jovem.

- Sei que parece injusto, mas teria outra pistola para me emprestar? -

Ele da uma olhada para trás, observando o sorriso da garota, mas logo volta sua cabeça para frente.

- Não tenho uma aqui para você, mas posso conseguir no nosso destino. -

Apesar de ter seu pedido recusado, a garota não estava totalmente indefesa, graças à faca que pegou na loja.

- Onde seria esse local onde existem adversários valiosos? Soube que existem continentes de gelo e até mesmo gigantescos desertos, isso é verdade? -

- Existem sim... Mas o lugar para onde estamos indo, é uma cidade bem famosa, nada de desertos, gelo ou lava, e sim o lugar onde ocorreu a execução do Rei dos Piratas. Apesar disso, surgem muitos piratas por lá, outros simplesmente passam, tornando um bom lugar para caçar. Há também uma certa pessoa com a qual eu preciso me encontrar, que mora por lá. -

Terminando de falar, o silêncio volta a prevalecer, exceto pelo som dos passos e pelo cantar dos pássaros, que podem ser escutados em todos os cantos daquela simplória cidade, cheia de flores e algumas pessoas de vestimentas simples. Porém, com mais alguns minutos de caminhada, o caçador de nome ainda desconhecido e a garota, enfim saem da cidade, indo na direção oposta ao das montanhas, só então que o sujeito de cabelo branco volta à se manifestar.

- Estamos indo para o sul, vamos precisar prosseguir até o litoral, vai ser uma caminhada longa, mas temos que conclui-la antes do entardecer. -

Dito isto, o caçador acelera ainda mais os passos, a dupla entra em uma extensa planície, um imenso gramado verdejante, cheia de plantas rasteiras e algumas flores, um verde que se estende até o horizonte, onde não há quase nenhuma elevação à vista, sendo assim uma terra extremamente plana, um tapete verde que limita-se à um céu bem azul, decorado por algumas nuvens brancas, criando assim uma combinação perfeita. Quando tomam uma certa distância da cidade, quase ficando no horizonte, o caçador puxa assunto, aparentemente querendo mais informações.

- Me fale um pouco sobre o que é ser uma valquíria. E porque você quer ser uma? Parece ser perigoso e trabalhoso. -

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Apesar disso, ele não olha para a garota, apenas continua olhando em frente, talvez só esteja querendo puxar assunto para quebrar o silencio da viagem, ou simplesmente querendo coletar mais informações. O vento soprando com intensidade e frequência, balança todo aquele imensidão verde, que é aquela planície, a terra plana revela o que parece ser uma pedra de dois metros e meio, que atrai a atenção do caçador, visto que este para próximo de tal pedra e fica observando-a por alguns instantes, quieto e com um olhar sereno, antes mantendo os olhos fechados por poucos segundos.



O vento fica mais forte, levando os longos fios de cabelo de Saigyouji para frente de seus olhos diversas vezes, o que pode trazer um certo incomodo para a garota. - Certo... - O caçador aproxima-se da pedra e deixa a maleta no chão, à frente da mesma, em seguida, volta à caminhar, sem falar nada à respeito de sua ação, continuando rumo ao horizonte. Se olhar para trás, a cidade nem sequer pode ser mais avistada, o que indica que já andaram bastante, mas sabe-se lá quanto mais ainda terão que caminhar.

.
Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Citação :
Aventuras que Narro:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Aventuras Pausadas:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Minhas Aventuras:

Em Breve
Voltar ao Topo Ir em baixo
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : I - Warcraft - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

I - Warcraft - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Warcraft   I - Warcraft - Página 3 EmptySab 06 Fev 2016, 11:10



Quem É Ela?



Ele não conseguia uma nova pistola, porem aquela faca teria que bastar. Seus olhos observavam os arredores, não tinha se despedido de seus aliados mas não pretendia o fazer agora, estava em direção de seu objetivo e ela o faria. Imersa em um gigantesco tapete verde ela olhava para cima, o céu azul lembrava de sua terra natal, seus dias de treinamento eram de fato muitas vezes ao ar livre e o mesmo ja tinha sido seu companheiro por muitas noites em claro em meio a floresta. - Em minha terra natal garotas assim como eu são pegas bem jovens e treinam para se tornar uma líder de seu povo - Ela enfim se abria mais um pouco, não era facil, porem parecia um pouco mais tentada a dar um voto de confiança. - Desculpe... por Loki - Ela falava timidamente, aquela poderia ser uma frase estranha para quem não conhecesse toda a historia daquela jovem, porem ela não poderia ficar junto de uma pessoa cujo sua divindade ofendeu a pouco.

Suas esperanças sobre ver as belezas naturais daquele mundo pareciam cada vez mais reais, tinha a confirmação que desejava, apenas mais um pouco e estaria indo para um caminho sem volta, pegaria provavelmente um meio de transporte e iria para um local onde um rei havia sido morto. Rei dos Piratas, que tipo de pessoa teria sido esse homem? Seria ele o antigo dono de todo aquele mundo inferior? Quem era seu sucessor? Muitas perguntas sem resposta, mas ela pretendia adquirir todo aquele conhecimento. - Quem assumiu o lugar do antigo rei? É alguém importante? - Ela sabia que piratas pareciam ser algum tipo de criminosos, mas se eles tem um ser tão conhecido como um Rei eles não deveriam ser tão sorrateiros assim, seriam?

O vento passava por seu cabelo, ajeitava seu gorro, cabelos sobre os olhos eram colocados para o lado e uma pequena abertura em sua boca, seus olhos serravam-se. Ela estava começando a se acostumar com aquele ambiente, mesmo que soubesse de tantas pessoas sobre os perigos daquele local, tinha conferido que eram verdades, porem também tinha esse lado simples e gostoso que parecia apreciar mais do que momentos difíceis, bons momentos. Contudo uma ação chamava a atenção da garota, a maleta onde parecia guardar dinheiro agora era deixada perto da pedra, o que ele estava fazendo? Chegou a cogitar perguntar sobre aquilo, porem toda aquele momento, aquele instante, não a deixava soltar uma palavra de sua boca, então apenas sorria e voltava-se a andar pelo seu caminho. - Certo. -

Já tinham andado por algum tempo, quanto mais teria que andar até o que os levaria para o local desejado? Seus pequenos pés mesmo treinados não eram feitos de ferro, ela sentia um pequeno calo em seu menor dedo incomodar, naquele tipo de calçado não era de se estranhar, quem teria sido o idiota por trás daquela vestimenta? Não era nem um pouco pratica, talvez não fosse ele que teria que usar a roupa por isso não esperava por essa sensação depois de muito andar. - Falta Muito? - Suas palavras, palavras tipicas de uma criança impaciente, Loki tentava ganhar algum tipo de informação mais precisa sobre seu destino.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ninon
Civil
Civil
Ninon

Créditos : Zero
Warn : I - Warcraft - Página 3 3010
Feminino Data de inscrição : 20/08/2014

I - Warcraft - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Warcraft   I - Warcraft - Página 3 EmptySeg 08 Fev 2016, 11:50



De Frente Para o Mar



As palavras de Saigyouji, em relação à sua terra natal e o pedido de desculpas sobre Loki, parecem levantar um pouco de curiosidade no atirador, no entanto, ele não diz nada e apenas continua à caminhar, acenando positivamente com a cabeça. Durante a viagem pelas planícies, a jovem se mostra bastante pensativa e ansiosa, querendo descobrir mais sobre aquele mundo, e logo recorre à perguntar ao atirador mais uma vez.

- Quem assumiu o lugar do antigo rei? É alguém importante? -

E recebe uma resposta imediatamente.

- Ninguém... Existe um tesouro chamado One Piece, o Rei dos Piratas deixou este tesouro escondido na última ilha de todo o oceano, e quem chegar lá primeiro vai se tornar o próximo rei, mas até hoje ninguém conseguiu, embora muitos ainda estejam tentando. -

É tudo o que o atirador diz, como resposta, não parecendo muito interessado na história, embora saiba dela. Vendo a cena na pedra, Saigyouji até pensa em perguntar o porque dela ação, mas acaba não o fazendo, e assim a viagem prossegue. Os pés da pequena garota começam a incomoda-la, de fato andar tanto com aquelas vestimentas não é algo tão agradável, já o atirador não parece estar encontrando dificuldades em continuar o trajeto.

- Falta Muito? -

- Não. - Responde o sujeito, talvez apenas querendo tranquilizar a garota, ou talvez realmente seja a verdade.

Acontece que o trajeto continua, volte e meia alguns cervos e raposas são avistadas, de longe, mas desvios não parecem ser aceitáveis, já que o atirador continua em frente, dando algumas olhadas para trás à grandes espaços de tempo, para ver se Saigyouji ainda o acompanha. No horizonte, uma coisa grande é avistada, mas é difícil dizer o que é.

- Chegamos! Viu só, não demorou tanto. -

Diz o atirador, com um sorriso sarcástico, visto que já foram uns 40 minutos dês da pergunta da garota. Quando a dupla se aproxima mais, da para se ver que trata-se de uma torre de três andares, à beira do mar. O som das ondas aproximando-se e se afastando, e o próprio cheiro do mar, mudam completamente o cenário de poucos instantes atrás, exceto pelo vento que continua forte, o caminho se divide em dois, um leva para à torre e o outro, separado por uma parede de pedras, leva para o caís, onde há algumas poucas casas, pessoas pescando, crianças brincando e alguns navios pequenos ancorados, porém o atirador toma o caminho que leva à torre, acelerando os passos.



- Vamos! Ou podemos acabar perdendo à chance de irmos embora. -

Ele corre, agarrando e puxando Saigyouji pela mão, até chegarem no portão da torre, que encontra-se aberta. O atirador solta da mão da garota e é o primeiro à adentrar no local, revelando uma espécie de grande recepção, embora esteja quase que vazio, exceto por uma mulher atrás de um balcão, mais ao fundo da área. O local embora espaçoso, não tem móveis, nem nada, apenas uma escada que leva para o segundo andar. O caçador aproxima-se do balcão e inicia um dialogo com a mulher, que não é tão velha, nem tão nova, e que usa uma blusa branca por cima de uma camisa também branca, aparentando uma uniforme, seus olhos puxados tornam sua face bem diferente das outras pessoas.

- Eu gostaria de comprar duas passagens para o East Blue, Loguetown. -

A mulher olha para o atirador e depois para Saigyouji, quieta e avaliando os dois apenas com o olhar, e então entrega um papel para o atirador. - Preencha isso. - Ele vai preenchendo rapidamente e não demora à devolver para a mulher, que da uma lida e depois entrega outros dois papéis, menores, para o atirador, dessa vez não sendo para preencher.

- São duzentos mil berries. -

- Okay. - Com a resposta, o sujeito retira do bolso o dinheiro requisitado e coloca sobre o balcão.

- Aguardem no segundo andar, até serem chamados. -

- Entendido, obrigado. -

O atirador olha para as escadas, depois para Saigyouji e fala com a mesma, em voz baixa.

- Não afaste-se de mim, certo? -

E ao terminar de dizer isso, ele caminha em direção das escadas, em silencio, mas para próximo, se vira para a jovem e estende a mão, com um sorriso simplório no rosto e aguardando a garota.

.
Lado de Fora:
 

Interior da Torre:
 

Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Citação :
Aventuras que Narro:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Aventuras Pausadas:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Minhas Aventuras:

Em Breve
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




I - Warcraft - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Warcraft   I - Warcraft - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
I - Warcraft
Voltar ao Topo 
Página 3 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Toroa Island-
Ir para: