One Piece RPG
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor Handa Hoje à(s) 20:08

» Bell Farest
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 19:25

» Helves
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 19:22

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 18:53

» O Segredo de Um Ladrão
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 18:11

» Art. 5 - The hunt is on
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 18:10

» Cap.1 Deuses entre nós
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor Thomas Torres Hoje à(s) 18:09

» The Hero Rises!
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 17:21

» VIII - The Unforgiven
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 17:10

» 11º Capítulo - Cataclismo em Skypeia!
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor Far Hoje à(s) 16:17

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor K1NG Hoje à(s) 15:52

» Vol 1 - The Soul's Desires
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor Arthur Infamus Hoje à(s) 15:41

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor Furry Hoje à(s) 13:22

» Seasons: Road to New World
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor GM.Muffatu Hoje à(s) 10:55

» [FICHA] Sonny Delahunt
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 10:10

» Sonny Delahunt
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 10:09

» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor Oni Hoje à(s) 08:33

» Meu nome é Mike Brigss
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor Oni Hoje à(s) 08:18

» Evento Natalino - Amigo Secreto
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor Hisoka Hoje à(s) 03:24

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Emptypor Fukai Hoje à(s) 01:54



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 [CF] Primeiros passos em uma nova estrada

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 10, 11, 12  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 68
Warn : [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Empty
MensagemAssunto: [CF] Primeiros passos em uma nova estrada   [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 EmptyTer 05 Jan 2016, 13:08

Relembrando a primeira mensagem :

[CF] Primeiros passos em uma nova estrada

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Civis Gregory W Ross, Kurihara L Riki e Yukimura Sanada. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Akane Kazumi
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 05/01/2014

[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: [CF] Primeiros passos em uma nova estrada   [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 EmptyQua 13 Jan 2016, 20:50


As coisas não tinha saído conforme o planejado pela moça e agora seu elemento surpresa tinha ido por água abaixo, ela precisava de um plano melhor. A frieza passou a exalar de seus olhos enquanto ela observava o Marine com a arma na mão, começou a calcular então: Três disparos foram feitos, provavelmente ainda restavam 3 balas antes que ele tivesse que recarregar, ou não. A perna ardia com o tiro de raspão que passou por ela, mas Kazumi não se deixaria abater por um ferimento simples daqueles, tinha muito mais em jogo do que parecia até então, seu contra-ataque estava sendo friamente calculado.

Não disse mais nenhuma palavra, seus olhos transpareciam frieza e ódio ao mesmo tempo. Marines eram homens desprezíveis que só se importavam com seus próprios interesses, a lei era relativa quando se tratava de alguém daquela laia, portanto piedade não era um direito que um oficial da marinha tinha direito ao lutar contra Akane Kazumi. Movendo apenas as pupilas com muita atenção rapidamente avaliaria o local ainda com a espada empunhada com a mão esquerda enquanto tentava encontrar algum modo de distração ou algo que lhe desse algum tipo de vantagem contra o Marine, O campo de batalha tinha que ser usado a favor do espadachim em qualquer situação se este quisesse vencer, portanto conhecer o local onde se iria lutar era crucial. Não se importava com as pessoas mais, afinal já tinha feito uma cena muito alardeante então não tinha mais motivo para ficar escondendo minhas reais intenções.

Caso encontrasse próximo a si algum objeto pequeno de facilidade de arremesso, tentaria jogá-lo contra o Marine para desviar sua atenção antes que ela pudesse fazer minha investida. Uma arma de fogo era problema para uma espadachim, mas se funcionasse a estratégia de lançar algo contra o homem e tirar-lhe a concentração, a moça então avançaria em zig-zag rumo ao Marine e tentaria desferir-lhe um golpe no pulso, exatamente na junta entre as falanges e o radio na intenção de decepar-lhe a mão que segurava a arma. Se tudo ocorresse bem até aí, tentaria um movimento outra vez mirando o pescoço, mas dessa vez seria falso, giraria então o fio da lâmina antes de atingir-lhe o pescoço de volta para a mesma direção fazendo um arco e tentando desferir um corte horizontal na barriga, pouco abaixo das costelas para não ter chance de ele evitar o golpe direto.

No caso de não conseguir o objeto de distração para arremessar nele, ou caso ele não caísse na distração, ergueria então os braços em sinal de rendição e abaixaria a espada vagarosamente até o chão. Fingiria sentir dor no local atingido pela bala e levaria a mão até lá, tinha certeza que o truque da garotinha inocente não funcionaria dessa vez, mas esperava que ao menos o truque do "Eu me rendo" desse certo. Se ele caísse e se adiantasse, aproximando-se dela, tentaria rapidamente pegar a espada e rolar na direção do Marine ficando de pé rapidamente e se movendo o máximo que pudesse de um lado para o outro para confundi-lo, tentando uma estocada direta no estômago do mesmo enquanto com a destra tentaria segurar-lhe o pulso. Se funcionasse ela puxaria a espada para fora do Marine e tentaria uma segunda estocada na altura da faringe como fizera anteriormente.

Se o Marine não caísse também no truque da Rendição e mantivesse a distância ou disparasse em sua direção, a garota buscaria alguma porta aberta ou lugar para se esconder antes que ele a atingisse, uma barricada, ou alguma casa poderia servir, não fazia diferença desde que ela conseguisse escapar. Tentaria atraí-lo para dentro e ficaria de tocaia em algum canto, caso ele viesse atrás dela assim que passasse tentaria desarmá-lo com um golpe de espada mirando os dedos dele ou o cabo da mesma tentando golpear com precisão e força para fazê-lo soltar o revólver e então tentaria um corte diagonal no peito, ainda tentando pegar a carótida no pescoço do mesmo.

- Aí está seu pagamento, com juros e correção. - diria caso obtivesse sucesso em pelo menos um de seus planos de ataque contra ele.

Se tudo desse certo e ele tivesse enfim morrido, vasculharia o corpo do homem em busca de alguma coisa de valor, fosse lá o que fosse. Tiraria sua jaqueta e o bone e vestir-se-ia com o uniforme ali mesmo, saindo logo em seguida sem se importar com o corpo jogado no chão. Iria se dirigir de volta para o local onde a luta dos rapaz provavelmente ainda acontecia e tentaria chegar pela retaguarda, buscaria alguma rua que desse nas costas da tropa da mulher, tentaria ficar de tocaia se possível para observar o que ocorria no local e tentar intervir se fosse necessário. Só agiria depois de analisar a situação, antes disso ficaria no aguardo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alek
Pirata
Pirata
Alek

Créditos : 1
Warn : [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 09/06/2013
Idade : 22
Localização : Penumbra - 5ª Rota

[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: [CF] Primeiros passos em uma nova estrada   [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 EmptyQui 14 Jan 2016, 16:04




O Filho Único

"Chaotic."



- Heh. - Um sorriso brotava de meus lábios, não que estivesse feliz com a situação. Mas divertia-me com problemas como aqueles. - Carente? Tudo bem... Darei-lhe toda a minha atenção, mulher. - Diria, levantando-me de sobre o homem que havia empurrado para a vitrine, rapidamente retirando a pistola de minhas vestes enquanto colocava-me de pé e disparando várias vezes, sem nem mirar, para baixo, em direção ao corpo do homem.

Viraria-me completamente à sargento, por fim, abrindo um dos lados de meu casaco com a mão esquerda e enfurnando a pistola em algum compartimento por ali. - Pode vir. - Prepararia-me, pondo-me em posição de corrida enquanto mantendo ambos os braços em frente ao rosto. ~ Ugh... ~ Sentiria a dor da bala de antes em meu ombro, parecia fumegar em minha carne, forçando-me a abaixar ao menos o braço atingido. Era melhor, em todo o caso, não forçar a musculatura daquela área.

Caso a sargento, em qualquer momento, focasse ataques retilíneos - os únicos que teriam força suficiente - contra o meu corpo, procuraria desviar com movimentos rápidos para os lados, pondo-me a correr e avançar em sua direção logo em seguida. Durante o caminho até ela, desviaria de novos golpes de sua chicotadas retilíneos ou verticais, saltando para os lados e continuando minha investida. Da mesma forma para golpes horizontais, os quais me forçariam a abaixar ou saltar, a depender da altura do golpe, e continuar avançando contra ela.
Manteria-me atento ao atirador restante, preparado para desviar de suas balas da mesma forma que o faria com os chicotes da mulher. - TOMA ATENÇÃO! - Uma piada bem fora de hora, na real. A verdade era que se divertia naquela situação, enquanto que, com o punho destro, executaria um movimento de alavanca, erguendo-o para cima em rotação ao eixo do ombro, e, de punhos fechados, procuraria atingir o estômago da mulher. Seguido de um outro soco contra seu rosto, e apenas parando quando tivesse certeza de que a mulher não se moveria mais, mas parando antes que ela ficasse inconsciente.

De toda a forma avançaria daquela maneira e a socaria no final, não importando de que maneira o faria, ou se precisaria desviar de golpes no caminho ou não.
Por fim, agarraria seus cabelos azuis com uma das mãos, transpassando os dedos por entre suas mechas e puxando sua cabeça para cima, de forma a fazê-la me ver melhor. - No fim, você é apenas uma attention whore. - Cuspiria em seu rosto, sorrindo.









____________________________________________________

[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Falas da Mao
Falas da Aggy
Falas de Players Aliados
Falas de NPCs Aliados
Falas de Inimigos




RIP:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Meiko Matsunaga
Civil
Civil
Meiko Matsunaga

Créditos : Zero
Warn : [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 18/06/2013
Idade : 28
Localização : Baterilla

[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: [CF] Primeiros passos em uma nova estrada   [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 EmptyQui 14 Jan 2016, 20:10



Eu agora me encontrava diante de uma situação bem peculiar. Aparentemente eu acabei chegando ao lugar que eu havia buscado no começo, antes de começar a deliberar com relação a amor, traição, poder e navios exóticos com montes de funções especiais, como forjas e piscinas. Uma loja de armas, aonde eu poderia comprar o equipamento necessário para lutar durante o começo daquela jornada, pelo menos até eu ter acesso a equipamento, local e também tempo para criar uma arma melhor adaptada para o meu estilo. Porém no momento estes eram problemas que eu poderia deixar para resolver depois, porque eu estava diante de algum tipo de confronto, entre um sujeito que me parecia ser um tipo de fora-da-lei e alguns membros da marinha. Havia dois marinheiros confrontando o sujeito, uma estava usando um chicote e parecia ter certa perícia com a arma, então imaginava se o sujeito a enfrentando poderia realmente a derrotar, ainda mais com o segundo marinheiro dando cobertura com uma arma de longo alcance, provavelmente esperando uma brecha dele ou que a mulher dê-se algum sinal de que iria perder para interferir no resultado da luta. Tinha que tomar uma decisão rápida, por sorte haviam apenas três alternativas que conseguia pensar diante da cena se desenrolando ali, tomar partido de um dos dois lados, apenas observar até tudo terminar e então tentar tirar proveito do resultado, ou escapar correndo dali e voltar depois. A terceira opção realmente não era uma favorita para mim, parecia o tipo de alternativa que apenas alguém que não tivesse uma gota de coragem tomaria, e a segunda também não me parecia muito apreciável, mais pelo fato de eu realmente não ter vontade nenhuma de parecer apenas algum tipo de aproveitadora ou traidora.

“No final das contas, acho que só resta uma alternativa.” Eu pensei para mim mesma, começando a me posicionar como uma corredora prestes a partir nos 100m rasos, para tirar proveito da minha velocidade e fazer uma investida para dentro da luta. Apenas tinha que me decidir pelo alvo, eu poderia atacar o meliante que havia arrumado confusão com a marinha, atacar a oponente dele, ou tentar acabar com o atirador dando cobertura para ela. O meliante até me parecia um sujeito legal, qualquer um que arrumasse confusão com a marinha poderia ser dito como legal por mim afinal de contas, e considerando a situação ele deveria ser algum tipo de criminoso comum, um revolucionário, ou... um pirata, e esta possibilidade era o suficiente para eu considerar que deveria ficar do lado dele, pelo menos até saber mais sobre o que estava acontecendo ali. Me restavam como alvos os membros da marinha, poderia até tentar atingir a chicoteadora com força total, porém eu não queria interferir na luta deles, eu não gostaria de alguém se metendo em uma luta minha do meio do nada, por outro lado o fato do atirador estar dando uma vantagem injusta para a marinheira me fez ver este como aquele que eu queria nocautear mais ali. “Agora eu tenho um alvo!”

Eu me preparava para ter um bom impulso, de maneira a aplicar toda a minha velocidade em uma investida com tudo para cima do atirador, preparando para o derrubar com apenas um golpe rápido e violento. Assim que estivesse próxima dele, eu daria um salto para cima deste e tentaria aplicar um chute bem abaixo das costelas dele, na lateral do seu abdômen, de maneira a causar bastante dor. Enquanto corria com tudo para cima do alvo que eu havia estabelecido, eu aproveitaria e gritaria, logo antes de aplicar o meu ataque:

-- ATACAR! – Já que não conseguia realmente pensar em nada melhor para dizer na ocasião, e não tinha tempo de preparar uma frase de efeito melhor. Caso meu ataque falhasse, tentaria me abaixar e tentar aplicar um chute contra o braço com o qual ele segurava a sua arma, prestando atenção para tentar me esquivar caso dele tentasse me contra-atacar antes que eu o desarmasse. Mas se eu conseguisse sucesso com a investida, aproveitaria o recuo causado pelo golpe para tentar atingir ele com um soco na mandíbula, tentando fazer este cair no chão, e caso caísse aproveitaria para pisotear o seu braço para fazer este soltar a arma, ou se não caísse eu apenas me moveria para tentar ficar atrás dele, e encerrar com um chute nas vertebras dele.



____________________________________________________

- Fala - Narração - Pensamento - Outros –
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takashi Kiyoshi
Designer
Designer
Takashi Kiyoshi

Créditos : Zero
Warn : [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 3010
Masculino Data de inscrição : 29/01/2015
Idade : 20
Localização : Shells Town - East Blue

[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: [CF] Primeiros passos em uma nova estrada   [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 EmptySex 15 Jan 2016, 19:25







Takashi Kyoshi
O Atirador Psicopata



Galerinha da Violência


A situação se complicava cada vez mais para Baker e seus ajudantes. Gregory rapidamente checava o caixa do estabelecimento, enquanto soltava um breve sorriso de empolgação. O caixa estava vazio, provavelmente o dinheiro estaria em um cofre situado abaixo do balcão, porém aparentemente, o mesmo só seria aberto com a senha correta, pois era bastante resistente, apesar de pequeno.
  Ao observar as prateleiras, o boxeador notou um pequeno pote marrom no local, que continha dentro uma quantidade considerável de pólvora. Não havia a menor necessidade de retirar a pólvora para transferir a outro local. Rasgando um pedaço de sua roupa e logo após improvisando um pavio, que era colocado dentro do pote.
  O Baker chegava as vestes do homem na procura de munição, porém o homem estava sem nada consigo a não ser a arma e uma munição que havia dentro, talvez este seja o motivo do homem não ter efetuado mais disparos.
  Yukimura, o lanceiro que parecia ter o dom de chamar atenção, agora se encontrava com um corte profundo em sua perna. O mesmo retirava a faixa situada em sua cintura e amarrava com força encima da ferida.

  -Heh! Com licença. - Dizia o menino retornando rapidamente para a loja.

- Você tem uma boa pontaria, fique com esse explosivo. Só use se necessário. - Dizia Gregory ao entregar o explosivo caseiro nas mãos de Baker, que o guardava no bolso livre de sua calça.

  O boxeador de cabelos loiros com um plano em mente, erguia o corpo do dono da loja morto em sua frente, enquanto retirava-se da loja junto de Baker, que se preparava para retirar novamente a arma de seu bolso e fazer um estrago.

  -Carente? Tudo bem... Darei-lhe toda a minha atenção, mulher. - Falava Kurihara para a chicoteadora.

  O cenário de batalha ficava cada vez mais cheio, agora se encontravam de um lado a chicoteadora acompanhada do atirador e contra três criminosos. No meio do cenário de guerra, estava situada uma menina que não tinha ideia do que acontecia ao redor.

  -Parece até uma colmeia de abelhas, quando mais cutuca mais saem de dentro.Haha! - Sorria a marinheira, que parecia feliz com a situação desfavorável. ( Tranquilo e favoráve )

O menino de cabelos brancos sacava seu revólver e disparava diversas vezes no homem que estava deitado no chão, tendo como objetivo acabar com o mesmo. Dos 8 disparos efetuados, 2 acertaram o homem, porém atingiram a cabeça e o estômago, definitivamente acabando com o mesmo. Baker olhava fixamente para o homem afastado, o jovem atirador que ferira Kurihara, esse seria seu oponente. O carpinteiro seguia correndo na direção do marinheiro, em zigue zague, desviando dos 3 tiros efetuados em sua direção. Chegando em uma distância um tanto quanto favorável, o homem colocava sua arma próxima de seu rosto, porém mantendo uma distância para que a mesma não lhe acertasse após o recuo. Um primeiro disparo foi efetuado na direção do marinheiro, que jogou-se no chão desviando do tiro, porém sendo acertado por um segundo disparo, que acertava sua mão tornando-a inutilizável.
-EU VOU TE MATAR! - Berrava o marinheiro com olhos fixos no carpinteiro.

Gregory avançava na direção da chicoteadora, usando o corpo do dono da loja como escudo humano,algo um tanto quanto cruel, porém necessário. A mulher de cabelos azuis efetuava um movimento em horizontal com o chicote, fazendo com que a arma acertasse os dois, tanto o cadáver quando Gregory, porém não o ferindo muito, apenas arranhando seu braço enquanto o homem arremessava o cadáver na mulher. Diferente do que o boxeador pensava, a mulher não tentara desviar para trás nem muito menos para os lados, ela apenas contraía seu corpo e fazia um movimento de baixo para cima, como se estivesse erguendo algo com as mãos em sua frente, empurrando o cadáver de volta na direção do jovem, que não tinha tempo para efetuar seu ataque.

-Hey! Foi uma boa ideia, porém tenho mais experiência em combates. - Gargalhava a mulher enquanto recuava.

Agora era a vez do menino de cabelos brancos atacar, rapidamente posicionava-se em posição de corrida e avançava na direção da mulher, posicionando seus braços na frente de seu rosto para evitar ataques naquela região.Ao observar a corrida do menino, a mulher tentava um ataque em linha reta, porém o mesmo desviava ao ir para o lado. Novamente a marinheira atacava, porém agora em horizontal baixo, resultando num pulo do jovem. Depois de se aproximar o suficiente, o mesmo utilizava de seu braço destro para efetuar um ataque, que acertava o estômago da mulher. Um outro ataque era desferido pelo segundo boxeador,tendo como objetivo acertar o rosto da mulher, porém a mesma percebia isso em um último momento e amarrava o braço direito no menino em seu chicote.

-Maldito!Você vai me pagar! E você aí, vai ficar parada ou vai se revoltar também? - Dizia a mulher de cabelos azulados para a menina parada em frente a loja de armas.

Um pouco afastados da confusão estava Meiko, uma menina distraída que pensara em que lado apoiar. Tendo como objetivo viajar pelo mundo, seria mais útil ajudar os possivelmente piratas, e esta era sua decisão final. Observando bastante a situação, a menina podia observar o atirador, um pouco afastado de todos. Utilizando toda a sua aceleração, a menina impulsionava seu corpo efetuando uma rápida investida na direção do atirador. Apesar de ferido, o homem ainda conseguia acertar um alvo, ainda mais no ar, onde não haveria um meio de defesa ou esquiva. Um tiro foi disparado pelo atirador, acertando o pé da menina e dificultando a movimentação da mesma. Mesmo o marinheiro tendo efetuado uma esquiva arremessando seu próprio corpo para trás e desviando do primeiro golpe, agora se encontrava sem chance de esquiva, recebendo um chute em sua mão ainda utilizável e sendo desarmado. Agora era uma luta 4x1.

Dentro da loja, o lanceiro observava atentamente o local, procurando um local de fuga ou dinheiro. O caixa estava vazio e apesar das tentativas, o cofre resistia a lança e continuava fechado. Abaixo do corpo da linda atendente que agora estava morta, havia algo como um piso falso, que era aberto pelo menino. Abaixo da loja, havia um pequeno túnel, porém nenhum dos meninos sabia se era seguro ou onde a passagem poderia dar. Teria o dono da loja vindo de lá?

Kazumi


A menina se encontrava em uma situação complicada, com sua perna ardendo devido ao tiro do marinheiro e seus truques de encenação revelados. A espadachim pegava rapidamente uma pedra e arremessava na direção do marinheiro, que efetuava uma esquiva, sem saber o que viria a seguir.

-É o máximo que você tem? Haha! - Dizia o homem.

Antes mesmo que o homem pudesse terminar sua fala, a menina partia na direção do mesmo, tentando um corte em sua mão, porém o homem era rápido e desviava. Após tantas tentativas de decapitação da menina, o homem já estava acostumado a desviar dos golpes da menina naquela região e esperava um próximo, porém ele seria apenas uma distração. Ao observar o golpe da ruiva, o homem com um sorriso confiante arremessava seu corpo para trás, decidido de que desviaria do golpe, porém logo após a espadachim girava o fio de sua espada e efetuava um corte na barriga do homem, que caía imóvel no chão, com tripas e sangue saindo do local. Após uma revista rápida no homem ,nada pode ser encontrado, ele nem ao menos tinha patente suficiente para usar uma jaqueta de marinheiro.

- Aí está seu pagamento, com juros e correção. - Respondia a menina.

Depois de retornar ao local, a mesma observava que a luta agora era favorável para os criminosos, tendo apenas uma marinheira contra os quatro situados do lado de fora.O que ela faria?


Tags
EDC: Atirador - ONDE: Wars Island - FUNÇÃO: Médico - POST: 004

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

Fala do Personagem
Pensamento

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Image HTML map generator
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wander
Pirata
Pirata
Wander

Créditos : 17
Warn : [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 05/07/2013
Idade : 22
Localização : Não sei :D

[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: [CF] Primeiros passos em uma nova estrada   [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 EmptySex 15 Jan 2016, 22:02

- Há. - Deixaria um sorriso aparecer em meus lábios. Sentia que estava com a mesma confiança de momentos atrás, no começo de toda a confusão. Eu já tinha sido agarrado por duas belas mulheres, se fosse do jeito que eu gosto eu poderia dizer que era meu dia de sorte, mas a unica coisa que elas pegavam eram os meus punhos e logo em momentos cruciais para o desfecho do conflito. Era hora de ficar calmo e pensar... Ela pode ser experiente, mas era apenas uma pessoa contra vários inimigos. Ela é boa em lutar, e é forte ao ponto de rebater o cadáver de volta para mim antes, mas tinha cometido o erro de limitar seus ataques ao prender sua arma, e eu já tinha noção disso.

A primeira coisa que eu faria era usar ambas as mãos para segurar o chicote e em seguida puxar sua arma para mim. Com isso, iria limitar seus ataques e talvez abrir uma abertura para o quatro-olhos. - QUEBRA ELA, CABELO-CINZA! - Continuaria puxando ela com força, enroscaria o chicote no braço já preso e aos poucos me aproximaria, caso estivesse fora de alcance para efetuar meus ataques. Assim que estivesse perto dela, continuaria segurando o chicote apenas com o braço já preso e com o outro eu direcionaria um soco para as costelas da sargento. Após o primeiro soco, usaria o punho livre para dar mais dois golpes rápidos direcionados a sua cabeça, um deles no seu queixo e o outro em sua testa, e depois dar-lhe um empurrão. Esse ataques poderiam funcionar ou não, não importava, o objetivo deles era ser uma distração para que eu pudesse me jogar repentinamente no chão para usar o braço livre e as pernas para agarrar pelo menos uma das pernas da chicoteadora. - Eu seguro! - Esperava que com isso algum de meus aliados conseguisse finalizá-la.

Se ninguém acabasse com ela, eu arquearia meu corpo para o lado, afim de levá-la ao chão. Se ela caísse, me sentaria em cima dela, distribuindo golpes em sua cabeça, pescoço e peitos, afim de acumular dano e fazê-la ser nocauteada. Se não conseguisse derrubá-la, a soltaria e tentaria me afastar de seu alcance com alguns pulos.

Caso o atirador resolvesse usar a bomba, me afastaria correndo de perto de seu alvo.

Em qualquer momento, poderia usar de contrações e movimentações de qualquer parte de meu corpo para ter certeza de que sairia da rota do ataque ou para evitar que os ataques sejam em pontos vitais, como a cabeça por exemplo. Caso eu percebesse que contrair o corpo não seria o suficiente, usaria também pulos e impulsos para fugir do alcance dos ataques. Como ultimo recurso, caso eu percebesse que uma esquiva não iria dar certo, eu tentaria bloquear colocando ambos os antebraços na frente do ataque. Depois de efetuar esquivas contra ataques de curta distancia, eu contra-atacaria usando empurrões, para desestabilizá-lo e também para afastá-lo.

Caso o conflito acabasse, suspiraria e ficaria quieto enquanto retomava o fôlego, mas comemoraria por dentro. - Cara... Parece que derrotamos uma líder de esquadrão. - Diria para o garoto de cabelos cinza - Sou Gregory W. Ross, o homem que se tornará uma lenda nos mares. Qual seu nome? - Estenderia minha mão para cumprimenta-lo - Ah, lembrei agora. Carpinteiro, construa um navio para mim. - Essa seria minha nova meta.



OFF:
 

____________________________________________________

Falas
Pensamentos
Esquizofrenia (Fantasia)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

RIP:
 

Titulo Internacional:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Vrowk
Civil
Civil
Vrowk

Créditos : Zero
Warn : [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 05/02/2014

[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: [CF] Primeiros passos em uma nova estrada   [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 EmptySab 16 Jan 2016, 07:16

"O mundo não precisa de heróis e sim de monstros para que heróis surjam. "

Finalmente a luta seguia para seu fim, independente das ações e reações de Baker ele sabia em parte aquela vitória era dele. O atirador da marinha agora estava desarmado, incapaz de lutar com qualquer arma de fogo, ou qualquer arma se aquela fosse sua mão predominante. Um velho sorriso surgiu nos lábios de Steve mostrando seus dentes brancos e alinhados para qualquer um que olhasse.

Carregava agora a bomba e uma nova arma com munição, ambas seriam melhor utilizadas em Tom do que ali. No entanto aquela mulher a frente deles, a marinheira usando um chicote seria um problema se não conseguissem mata-la de uma vez. Esta era a ultima vez naquele combate que faria isso, ergueria a mão e arma na altura do rosto apontando para a mesma e ganhando distancia de seu colegas para que pudesse flanquear. Esperaria o momento certo em que ela fosse efetuar um ataque ou estivesse imobilizada, miraria perfeitamente no local onde nenhum de seu colegas poderia ser ferido e dispararia, fosse na perna, em um braço ou até no cranio.

Continuaria ali mirando, até que a chicoteadora caísse sem reação contra o chão e para ajudar esse evento ocorrer, quando fosse oportuno o Baker dispararia mais um pouco contra o corpo daquela mulher.

Quando a mesma fosse derrotada ele diria. - Otários, pelo visto agora sou eu que estou rindo não é? Se qualquer um olhasse o mesmo sorriso se encontrava ali desde algum tempo atrás e logo se tornaria uma gargalhada alta e barulhenta, realmente coisa de louco. - Olhos atentos pessoal, podemos não estar sozinhos e outro grupo pode se aproximar para tentar luta conosco. Daria meia volta em direção ao porto, enquanto começaria a andar vagarosamente naquela direção, travaria o revolver com o polegar e o deixaria dormir em um dos bolsos da calça.

Quando ouvisse o tal Gregory falar sobre construir um barco para ele a risada retornaria a sua boca, não sabia por que mas Baker acharia muito engraçado aquilo. - Moleque, você não tem mais o que fazer não? Eu sou um Carpinteiro Assassino, em uma missão. Faria uma pausa no caminhar e no falar para completar a frase, sentia um pesar em falar naquilo? Baker não sabia, mas algo o fez parar no mesmo instante e tom agora era mais sério em sua boca. - Matar o dono de um estaleiro e também carpinteiro, que afundou a minha vida em um mar de trevas. Por um segundo deixaria tudo quieto e voltaria a rir insanamente. - Lá provavelmente tem bastante embarcações, se você quiser poderá rouba-la, Sr. Pirata! Diria isso parado, agora observando se algum deles iria o acompanhar ou se disporia a fazer curativos neles, Baker estava precisando.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alek
Pirata
Pirata
Alek

Créditos : 1
Warn : [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 09/06/2013
Idade : 22
Localização : Penumbra - 5ª Rota

[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: [CF] Primeiros passos em uma nova estrada   [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 EmptySab 16 Jan 2016, 08:02




O Filho Único

"Chaotic."



~ Esse homem é bom. ~ Pensava, me relacionando ao outro boxeador que me dava suporte na luta contra a marinheira. Eu conseguia, de certa forma, atingi-la com um soco ao estômago, e, o outro garoto aproveitava do momento para dar o seu próprio soco, porém tinha seu braço preso pelo chicote da mulher.

~ Meu momento. ~ Sequer pensaria tanto. Aproveitaria de que a arma principal da marinheira estaria indisponível, presa ao braço do loiro boxeador e, com o braço direito, ergueria o punho fechado em gancho, de baixo para cima, contra o rosto da Sargento, ao mesmo tempo que, com o braço esquerdo, ergueria um gancho - com certo delay em relação ao golpe anterior - contra seu estômago, assim, caso ela conseguisse desviar do golpe contra seu rosto, estaria preparado para me impulsionar para mais perto dela, acertando-a com um soco ao estômago, o qual seria provavelmente difícil de desviar por conta de sua atenção dividida. Acertando um - ou mesmo ambos os golpes - continuaria, aproveitando de sua possível falta de ar pelo soco contra o estômago e desferindo uma sequência alternada contra o rosto, sempre mudando as mãos que fariam tal golpe.

Confiaria tal plano de ação ao outro boxeador, esperando que ele pudesse mantê-la ocupada por tempo o suficiente para que eu pudesse agir de forma correspondente. Caso, em qualquer momento, algum ataque fosse executado contra mim de forma retilínea, saltaria para o lado, revidando ao mesmo tempo com um soco contra o rosto do atacante. Em golpes na horizontal, saltaria ou abaixaria-me, a depender de sua altura, podendo, então, socar os joelhos da marinheira, ou cair por sobre o seu corpo, utilizando-me de meu peso. Novamente, a depender da altura do golpe que ela poderia desferir contra mim.

Se, em qualquer momento, a sargento executasse algum golpe contra o outro boxeador, desferiria uma sequência de três socos contra seu estômago e rosto, abaixando-me e bombardeando suas pernas. Não pretendia deixar que o rapaz desconhecido apanhasse de graça.









____________________________________________________

[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Falas da Mao
Falas da Aggy
Falas de Players Aliados
Falas de NPCs Aliados
Falas de Inimigos




RIP:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Meiko Matsunaga
Civil
Civil
Meiko Matsunaga

Créditos : Zero
Warn : [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 18/06/2013
Idade : 28
Localização : Baterilla

[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: [CF] Primeiros passos em uma nova estrada   [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 EmptySab 16 Jan 2016, 15:49



Mas que grande pedaço de ... aquele cara havia conseguido evitar a minha investida, e ainda por cima acertado meu pé com um tiro. Aquilo estava doendo demais, eu mal conseguia me apoiar no pé atingido direito, parecia que eu poderia ter sérios problemas com aquela ferida, mas esperava que ainda dê-se para tratar de alguma forma. “Eu realmente espero que alguém aqui seja médico... e queira me ajudar também...” Eu pensava, me lembrando que na verdade nem conhecia o pessoal com o qual eu havia me aliado. De qualquer forma, eu precisava agir rapidamente após desarmar o marinheiro, não queria perder aquela oportunidade para ferrar o cara que me deu toda aquela dor. Eu rapidamente decidia que o melhor a fazer era me afastar dele, mas com o meu pé no estado que eu estava pular ou simplesmente me levantar e correr não eram boas alternativas, então tudo que eu podia fazer era tentar rolar para longe do meu oponente, e enquanto fazia isso iria tentar esticar meu braço para pegar a arma dele no chão e parar agachada, mirando a arma neste. Eu não realmente era muito perigosa com uma arma, afinal eu poderia errar uma parede estando de frente para ela, mas mesmo assim ele não precisava saber disso, dessa forma caso conseguisse adquirir a arma do chão enquanto me afastava, eu iria gritar para este com ela apontada para o seu tórax:

-- Parado aí mesmo! – Eu gritava para ele, e dando um tiro no chão perto do seu pé, esperando com isso fazer ele perceber que eu falava sério.

Caso eu não tivesse sucesso em pegar a arma dele, eu apenas me manteria na defensiva e me prepararia para atacar ele caso tentasse pegar a arma, ou pegar essa e tentar atirar neste caso ele tentasse fugir. De qualquer forma, eu tentaria evitar que ele recuperasse a arma e fugisse, uma vez que isso poderia ser um problema no momento. Uma vez que tivesse terminado o que tinha para resolver com aquele maldito atirador, iria me voltar para ver como transcorria a batalha entre o bandido e a marinheira de cabelos coloridos.

-- Muito bem, agora que terminaram podem vir me ajudar? – É o que diria caso já tivessem terminado a batalha com esta, caso não houvessem encerrado esta, eu iria dizer: -- Tá para se apressarem? Eu preciso que alguém me ajude com meu pé... – Parecendo um pouco impaciente, o que era bem fundamentado já que estava com um ferimento bem doloroso.


____________________________________________________

- Fala - Narração - Pensamento - Outros –
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: [CF] Primeiros passos em uma nova estrada   [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 EmptySab 16 Jan 2016, 18:24

~Finalmente a calmaria?~

O lanceiro tinha terminado de matar o dono da loja e a atendente. Nunca tinha feito aquilo, matar alguém que não tem a menor chance de defesa, mas ele não se sentia culpado, aquilo foi algo necessário para a sua vingança. Quando matou a loira, viu um túnel abaixo da mesma. Era bem estreito e havia tochas iluminando o caminho.

"Nem ferrando eu vou entrar ai sozinho, vai que isso leva até uma armadilha ou algo pior... Se eu acabar me dando mal, nada garante que esse pessoal aí virá atrás de mim para me salvar". Seguindo a linha de raciocínio, fecharia o alçapão novamente e se possível, seguraria fortemente o balcão com as duas mãos e o arrastaria para cima do alçapão, a fim de impedir que alguém saísse dali. Se não conseguisse arrastar o balcão, procuraria por qualquer outra coisa pesada e repetiria o procedimento. - "Vai que alguém sai dali todo bravo porque matamos o pessoal da loja. Eu é que não quero ter mais problemas".

Se não achasse nada que pudesse arrastar, suspiraria decepcionado com o fracasso das suas ações. Procuraria agora por alguma outra lança na loja, pois ele tinha ambidestria e pretendia começar a treinar usando duas lanças para a batalha, dessa forma poderia tirar o máximo de proveito do alcance da lâmina e ainda conseguiria atacar um possível ponto futuro de esquiva de seu oponente. Além é claro de sempre possuir uma lança reserva caso a primeira venha a quebrar.

Em seguida, faria uma revista nos cadáveres que encontrasse dentro da loja. Procuraria por algo de valor financeiro e/ou útil, como isqueiros, relógios, bússolas, dinheiro, mapas, qualquer coisa. Daria foco no corpo da mulher, pois ela poderia ainda estar com o dinheiro de algumas pessoas que compraram armas na loja, pois ela não ficaria guardando o dinheiro no cofre a cada cliente que aparecesse

Levando em consideração que pegasse uma segunda lança, sairia da loja segurando uma em cada mão e a ponta destas apoiadas no ombro. Feliz pela segunda lança, sairia da loja à passos largos e com um sorriso estampado no rosto. Iria até onde os arruaceiros estavam reunidos. Se ainda houvesse marines para serem derrotados, deixaria sua segunda personalidade fluir.

-FILHOS DA PUTA!!!! - Gritaria.

Jogaria uma das lanças no chão (se tivesse pego) e partiria para cima do marine mais próximo com uma estocada. Não ligaria para os possíveis ataques que pudesse levar, apenas pularia em cima do marine com uma estocada no peito, em seguida começaria a socar o rosto deste até mata-lo. Depois de ver todos os marinheiros mortos, voltaria a consciência como se nada tivesse acontecido e diria para as pessoas ali fora:

-Lá dentro tem um túnel com destino incerto. - Apontaria para a loja com a cabeça, depois voltaria para o carpinteiro - Ai, rola aquela troca de favores? Eu preciso de um navio.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Akane Kazumi
Pirata
Pirata
Akane Kazumi

Créditos : Zero
Warn : [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 05/01/2014
Idade : 23

[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: [CF] Primeiros passos em uma nova estrada   [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 EmptyDom 17 Jan 2016, 01:17


A jovem permanecia ali, de tocaia enquanto um sorriso sádico lhe brotava no rosto ao ver que os meliantes estavam se dando bem pra cima dos Marines. Todos os inimigos abatidos, todos eles com excessão de uma, a sargento que mais parecia uma dominatrix do que uma oficial da Marinha. Mesmo que ela fosse a única remanescente, estava sozinha contra um bando de foras da lei e não parecia que ela levaria a melhor, ainda assim era notável que ela tinha patente alta, com certeza seria páreo duro até mesmo para os arruaceiros. Observava a cena vendo que havia com uma arma de longa distância, enquanto dois boxeadores tentavam atacar a tal dama do chicote. As ideias fluíam na mente da jovem enquanto ela ainda observava o lugar, não localizava o outro rapaz que estava com eles anteriormente, porém agora havia mais um indivíduo, uma garota, e pela forma como mancava era provável que tivesse recebido um tiro na perna ou no pé, o que seria a ocasião perfeita para ela se revelar, porém ainda tinha um assunto pendente, um objetivo tão grande quanto o cuidar daquela garota, se certificar de que a sargento sucumbiria perante os outros dois.

Observaria atentamente a movimentação de cada um dos rapaz que a atacavam aguardando o momento certo para fazer seu Gran Finale. Caso a mulher conseguisse levar a melhor durante a luta contra os dois que atacavam de perto e o atirador de longe, o que parecia ser extremamente improvável, ela sairia de sua tocaia quando a mesma estivesse distraída, tentando seguir na direção oposta a qual os criminosos atacavam-na e pegar a sargento pelas costas, completamente desprevenida. Cravaria a espada com uma estocada forte e precisa na altura do coração pelas costas, na tentativa de empalá-la, perfurando-lhe o órgão principal do sistema circulatório e causando-lhe uma hemorragia grave. Se por acaso ela fosse notada antes de atingir a estocada nas costas da mulher, então faria uma finta com a espada girando-a em sentido anti-horário e tentando desferir um corte na altura da garganta mirando a carótida e um segundo corte na altura da barriga abaixo da última costela, como fizera com o último que cruzou seu caminho.

Se os rapazes estivessem vencendo a luta, mas com dificuldade, então entraria em cena da mesma maneira, tentando pegá-la desprevenida pelas costas da mesma forma. Se ela tentasse bloquear o golpe da espada abriria a guarda para os outros dois o que os favoreceria grandiosamente.

- Vocês!! Agora!!! - gritaria caso fosse isso que acontecesse. Daria o sinal, com esse grito para que eles a pegassem e terminassem o serviço.

Se ao invés de tentar bloquear a espada a mulher tentasse uma esquiva, moveria rapidamente a lâmina para trás de volta, puxando-a como uma mola tentando não atingir os outros dois, e tentando um golpe em arco na horizontal tentando cortas a mulher na altura do pescoço, peito ou barriga para ao menos lhe causar algum dano e reduzir suas capacidades pelo menos.

Se eles dessem conta da mulher sem necessitar de ajuda, a jovem Akane sairia da tocaia em direção a outra moça e cravaria sua espada no homem desarmado para ceifar-lhe a vida sem nenhum pingo de remorso ou piedade.

- Marines merecem um destino muito pior... Da próxima não hesite em atirar. - diria para a garota encarando-a com olhar frio e cruél. Olharia então para o pé ferido da garota da mesma maneira fria e sem emoção de antes. - Seu pé... Precisa de cuidados ou teremos que amputar. - diria, esboçando um sorriso sádico e um brilho nos olhos. Diria aquilo só para intimidar e causar certo medo à garota, não tinha essa ideia em mente, mas adorava ver a expressão de choque e medo no rosto das pessoas.

Caso tudo acabasse bem, se ajoelharia diante do pé da moça e analisaria enquanto ouvisse as vozes dos demais em conversa, não diria nada a princípio, nem mesmo olharia para eles, precisava manter o foco no ferimento da garota. Rasgaria um pedaço da roupa do Marine assassinado e amarraria o pé para fazer um torniquete e estancar o sangramento até estar em um lugar seguro para cuidar daquilo, caso este fosse o caso. Se não houvesse sangramento então examinaria para ver se não havia um projétil alojado no local, caso houvesse olharia séria para a menina.

- Precisamos de um kit de primeiros socorros, fogo e uma garrafa de rum. - diria olhando para ela em seguida para os demais ali presentes. - Ou isso ou a ferida vai infeccionar até eu ter que cortar fora o pé. - diria olhando séria para eles. A parte de cortar o pé era puro exagero e um tipo de piada de humor negro, mas ela se divertia causando pavor nas pessoas.

Assim que obtivesse todo o necessario para tratar a jovem, esterilizaria a ponta da espada com fogo, extrairia o projétil do pé dela sem ao menos pedir licensa ou desculpas pela dor que com certeza causaria, em seguida abriria a garrafa jogaria um pingo na ferida para prevenir de infecções, tomaria um gole direto do gargalo e cobriria a ferida com gaze e esparadrapo fazendo um curativo. Caso não houvesse projétil alojado pediria as mesmas coisas e faria quase o mesmo procedimento, com exceção do uso da espada.

- Prontinho... Novinha em folha. - diria por fim levantando-se e olhando para os demais. - Akane Kazumi, médica anti-Marine, é um prazer conhecê-los. - diria ela séria enquanto embainhasse a espada após limpar na barra da saia os possíveis vestígios e sangue que houvesse na lâmina.

Se não conseguisse o kit de primeiro socorros nem, nenhuma das coisas que pedi, então teríamos que transportá-la daquela forma mesmo para longe do local. Ficaria de pé e daria o ombro para que ela se apoiasse.

- Precisamos tratar isso, mas sem um kit vai ser impossível, acho que é melhor cortar o pé fora. - diria séria encarando-a.

Olharia para o outro rapaz caso ele saísse da loja gritando algo sobre um túnel e o encararia séria, mas ficaria muda, olharia então para o cara dos cabelos brancos que até o presente momento parecia ser o líder.


____________________________________________________

Fala - "Pensamento" - Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takashi Kiyoshi
Designer
Designer
Takashi Kiyoshi

Créditos : Zero
Warn : [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 3010
Masculino Data de inscrição : 29/01/2015
Idade : 20
Localização : Shells Town - East Blue

[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: [CF] Primeiros passos em uma nova estrada   [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 EmptySeg 18 Jan 2016, 16:11







Takashi Kyoshi
O Atirador Psicopata



Diferente de antes que os marinheiros possuíam a vantagem, agora os criminosos é quem dominavam o lugar. A rua se encontrava deserta e apenas estavam presentes aqueles que formavam a confusão, era como uma arena de luta, uma luta que estava prestes a acabar.

  -PODEM VIR! HAHAHAHA! - Sorria a marinheira que parecia se divertir com a situação.

  Gregory, o primeiro boxeador, avançava na direção da mulher, que tentava um golpe baixo com o chicote, acertando-o na perna e logo após tentando outro alto, porém o mesmo conseguia segurar o chicote, ignorando a dor por causa das manoplas. A mulher agora não contava com o atirador para a proteger, percebendo então que aquilo não seria favorável para a mesma.

   -QUEBRA ELA, CABELO-CINZA!- Gritava o boxeador para o jovem de cabelos brancos.

  Bastou uma fala para que o menino até então ferido investisse na direção da mulher,efetuando um gancho na mulher, que graças a Gregory não conseguia escapar, sendo nocauteada. Apesar de desmaiada, Baker ainda achara que ela merecia mais, efetuando diversos disparos na mesma enquanto a mulher caía no chão.

  -Vocês...criminosos...Pagarão.No fim...morri...fazendo...o que... eu gosto!Ha...Ha...Ha...! - Dizia a mulher em seus últimos suspiros, enquanto demonstrava sentir dor e fechava seus olhos com um sorriso.

  Enquanto isso, Meiko rapidamente pegava a mulher do marinheiro e a engatilhava, apontando para o mesmo e dando ordens para que ele evitasse movimentos.Apesar do homem ter ficado imóvel, a jovem Kazumi retornava e cravava sua espada no peito do homem, que morria instantaneamente.

  -Marines merecem um destino muito pior... Da próxima não hesite em atirar. - Dizia a ruiva para a garota com um sorriso -Seu pé... Precisa de cuidados ou teremos que amputar.

  Após o final da batalha, os jovens se encontravam feridos a procura de uma médica, que era Kazumi. Ela observava seriamente o ferimento da menina, percebendo a bala alojada em seu pé. Assim como a menina, todos ali se encontravam feridos, alguns igualmente baleados, outros com cortes. No lugar não havia rum nem nada que pudesse servir de primeiros socorros. Caso fosse feito os primeiros socorros sem algo que fosse forte o suficiente como rum, a ferida poderia infeccionar, piorando o estado da menina. Dentro da loja de armas claramente haveria espadas e fogo, de alguma forma.

  -Precisamos tratar isso, mas sem um kit vai ser impossível, acho que é melhor cortar o pé fora. - Dizia a ruiva enquanto apoiava a menina em seu ombro e a ajudava a se levantar e andar.

  Dentro da loja, o lanceiro usava o balcão para bloquear a entrada abaixo  e procurava uma lança pelo local, porém todas estavam quebradas, talvez houvesse ocorrido em meio a confusão. Um esqueiro foi encontrado dentro das vestes da menina e com isso o menino estava pronto para se retirar da loja.

  Lá dentro tem um túnel com destino incerto. - Apontava o menino para o carpinteiro - Ai, rola aquela troca de favores? Eu preciso de um navio.

  -Sou Gregory W. Ross, o homem que se tornará uma lenda nos mares. Qual seu nome?Ah, lembrei agora. Carpinteiro, construa um navio para mim. - Dizia Gregory para o carpinteiro.

- Moleque, você não tem mais o que fazer não? Eu sou um Carpinteiro Assassino, em uma missão.Matar o dono de um estaleiro e também carpinteiro, que afundou a minha vida em um mar de trevas.Lá provavelmente tem bastante embarcações, se você quiser poderá rouba-la, Sr. Pirata! - Respondia o carpinteiro.

No momento, o carpinteiro começava a caminhar sozinho em direção ao porto, acompanhariam os criminosos ou ficariam ali e tratariam de seus ferimentos?


Tags
EDC: Atirador - ONDE: Wars Island - FUNÇÃO: Médico - POST: 004

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

Fala do Personagem
Pensamento

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Image HTML map generator
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




[CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: [CF] Primeiros passos em uma nova estrada   [CF] Primeiros passos em uma nova estrada - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[CF] Primeiros passos em uma nova estrada
Voltar ao Topo 
Página 4 de 12Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 10, 11, 12  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Briss Kingdom-
Ir para: