One Piece RPG
I - A Step of Harmony - Página 10 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» MINI maximo 12 A procura de um destino
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor maximo12 Hoje à(s) 00:16

» Red Albarn e o Alvorecer de um Herói
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor Bijin Ontem à(s) 23:49

» Só mais uma Aventura
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor Jabuloso Ontem à(s) 23:30

» Cap. 2: Da alvorada ao Crepúsculo, os aspectos da liberdade surgem!
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor PepePepi Ontem à(s) 23:30

» [Mini-Eizen] Redenção do Espadachim
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor TheJoker Ontem à(s) 23:18

» Construindo o Começo
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor Graeme Ontem à(s) 22:55

» [MINI-JIN WOO] Ocioso de mão cheia
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor TheJoker Ontem à(s) 22:30

» Timbre Mudo
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor Oni Ontem à(s) 22:30

» I - Conhecendo o mundo
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:12

» O vagabundo e o aleijado
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor Megalinho Ontem à(s) 21:53

» Sem rumo definido
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor PepePepi Ontem à(s) 20:13

» Cap. 1 - Abrindo caminho
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor Bijin Ontem à(s) 19:53

» Apresentação - 2: Falência ambígua
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor love.licia Ontem à(s) 17:45

» Phantom Blood
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor Remenuf Ontem à(s) 17:13

» 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor ADM.Kiodo Ontem à(s) 16:51

» Sons of Vermillion's Blood: Gênesis
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor Midnight Ontem à(s) 16:41

» Arco da Queda I: O novo poder da marinha!Avante para a Grand Line!
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor Noah Ontem à(s) 16:13

» 1º Capítulo - Adeus, Micqueot
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor Oni Ontem à(s) 15:23

» [FICHA] - Artturi
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 14:56

» Artturi Bloodfist
I - A Step of Harmony - Página 10 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 14:50



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 I - A Step of Harmony

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11, 12, 13  Seguinte
AutorMensagem
Roy Collins
Estagiário Orientador
Estagiário Orientador
Roy Collins

Créditos : 17
Warn : I - A Step of Harmony - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 23/11/2012
Idade : 22
Localização : East Blue - Loguetown

I - A Step of Harmony - Página 10 Empty
MensagemAssunto: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 10 EmptySeg 04 Jan 2016, 17:23

Relembrando a primeira mensagem :

I - A Step of Harmony

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Civil Shira Yarin. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Olá, Convidado seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
GM.Kekzy
Tenente
Tenente


Data de inscrição : 06/11/2013

I - A Step of Harmony - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 10 EmptyQua 18 Maio 2016, 20:45

Página 9 ⁞ Post 26 ⁞ Status: Normal


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Darkness

Consegui invadir o edifício com uma ajudinha, apenas um ombro. Digo isso por que fiquei com pena de maltratar tanto as costas do velho, prometo evitar isso mais uma vez.

Esse breu me dá calafrios. Tão sinistro como estar em uma peça de terror onde o medo torna-se real. Alguém poderia estar nas sombras, oculto, ou algo, o silêncio é demasiado absurdo, e vira doentio ao longo do tempo. É agonizante estar a sós com meus pensamentos. A sós? Quase. Por que ele tem que fazer tamanho barulho? Ensinaram-me a respeitar os idosos, dada a sua sabedoria... Mas creio que por isso eles não deveriam estar pulando janelas! Fomos denunciados, para quem fosse que estivesse ali. Teriamos que ter cuidado em dobro.

Eu tomava a dianteira, como Nero pedia, seria desastroso deixa-lo seguir na frente, quanto mais barulho poderia ele fazer se o permitisse? Nem pensar.

Deixa comigo. — sussurraria, confirmando sua solicitação.

Ditaria o meu ritmo, lento e gradual. Precisava saber o que tínhamos ao nosso redor. Pararia a cada dois passos, usando a perna em um movimento de arco para sentir o que estava ao redor e nos flancos. Ainda andaria meio agachado, por mais ridículo que parecesse, estava escuro demais para alguém me julgar por isso; e ao primeiro sinal de um disparo me atiraria ao chão, trazendo Nero comigo ao puxar-lhe a mão com força para baixo. E prevendo um ataque surpresa, me daria a abaixar, o velho disse que cuidaria da retaguarda. Porém, o oponente estando perto o desestabilazaria com uma rasteira na altura das pernas.

Avançaria os metros aos poucos, sempre atento para Nero estar no meu encalço. Precisávamos chegar no cofre rápido, antes que alguém o achesse primeiro.

Não pode dar uma acendida naquele isqueiro? Segundos, para vermos os arredores. Ao menos sabemos se pode ser aqui a sala do cofre. — sugeriria.

Empolgado era pouco para definir como me sentia. Meu coração parecia estar na garganta.









Off:
 






Voltar ao Topo Ir em baixo
Akuma Nikaido
Pirata
Pirata
Akuma Nikaido

Créditos : Zero
Warn : I - A Step of Harmony - Página 10 10010
Data de inscrição : 03/08/2012

I - A Step of Harmony - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 10 EmptySex 20 Maio 2016, 11:21

O medo dava lugar aos sentimentos de Shira e, principalmente, de Nero. A sensação de estar indo tudo tão bem era-lhes estranha, quase como um presságio de que algo estava por vir. Juntos andavam na escuridão, cada qual a seu modo, procurando pelas escadas que os levariam a sala com o cofre. Para a sorte de ambos, a sala que entraram estava do lado delas.

Juntos foram subindo as escadas, sempre com o musicista a frente. Uma vez parados no segundo andar, um raio caiu bem na hora, iluminando o local momentaneamente. Pela sua posição, Shira notou que não haviam outras escadas. Provavelmente aquele era o último andar do prédio. Viu também que estavam de frente para um longo corredor. Nero, por sua vez, atentou-se a uma única imagem: uma placa logo à sua frente escrita setor financeiro. Mais uma vez, a porta encontrava-se entreaberta. Seria tarde demais e o assalto já teria ocorrido? Afinal, o que diabos estava ocorrendo ali?
Orientações:
 

Citação :
Citação :
Shira Yarin:

Posts: 26
EdC: 0
Ganhos: Violino, máscara
Perdas: -x-

Citação :
Nero Blackwater:

Posts: 28
EdC: 0
Ganhos: Garrafa de bebida (5/10), bilhete, mapa da cidade, mapa do zoológico, tinteiro (8/10), pena, 300.000 berries, carne, saco vazio, isqueiro (9/10), algemas e pistola
Perdas:200.000 berries
Vício: 4/10

Citação :
"Doctor":

Posts: 3
EdC: 0
Ganhos: -x-
Perdas: -x-

Citação :
Vlad Nishiyama RESETOU:

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Buggy
Coringa
Coringa
Buggy

Créditos : 16
Warn : I - A Step of Harmony - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 30/07/2015
Idade : 22

I - A Step of Harmony - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 10 EmptySex 20 Maio 2016, 17:49


Post: Where: Malkiham Wheater: Time:

Caminho livre



Mas.. mas que sorte... estranha... Não tem absolutamente nenhuma resistência: um guarda, uma armadilha, um animal, nada. Como um lugar tão importante e próspero pode ser tão indefeso? Definitivamente, há algo de muito errado aqui. Kotomine, clã Ant-Bullet, o assalto, o zoológico, o homem de cabelo espetado, os gritos animalescos, a ausência de pessoas... todo esse enigma peculiaríssimo irá ser desvendado? Será que a noite mas escura do ano se revelará a mais clara? Novamente, só me resta deixar nas mãos do destino. Pontos essenciais me escapam para chegar a uma conclusão válida.

Minha consciência não está plenamente tranquila. Não sinto-me triunfante, muito menos satisfeito de não ter encontrado nenhuma resistência. Me parece que estou cada vez mais me embrenhando nesta rede, estou sendo fisgado com uma promessa de dinheiro, e que, em breve, não haverá mais escapatória.  Estou... estou com receio do que pode vir. Meus músculos estão contraídos de agonia, mas ainda se movem. Já desci demais no buraco do coelho para fugir agora.

Setor financeiro... bem, quem diz finanças diz dinheiro. Mas não tenho certeza que o cofre esteja ali; afinal, nem sempre escondem algo tão importante em um lugar tão óbvio. Mas não custa nada arriscar: é o melhor que eu tenho por enquanto. Pena que não pude ver mais coisas apenas no meio-segundo de iluminação. Bem, por aquela porta entrarei. Não tenho nada a perder, afinal; apenas tempo. Mas o que são cinco minutos para alguém que perdeu a vida inteira?

Pegaria meu isqueiro e acendê-lo-ia. Não há nenhuma razão para prosseguir cego; afinal, não há absolutamente ninguém neste maldito edifício! Guiado pela pequena chama, olharia em volta de mim atentamente. Nenhum detalhe escaparia ao meu olhar. Após varrer a sala, entraria pela porta entreaberta, uma mão sobre a pistola, e a outra brandindo o isqueiro. Com o ombro, empurraria lenta e delicadamente a porta, rapidamente olhando o interior da sala logo após o movimento. Buscaria por qualquer objeto que possa cativar minha atenção: um cofre, dinheiro, alguns documentos... Reviraria o local, procurando sob tapetes, atrás de quadros, dentro de gavetas.

Caso houvesse algum segurança que, por alguma razão, fosse cego, mudo e surdo, e não tivesse nos descoberto antes, eu miraria nele com minha arma de fogo e diria, suavemente, porém com uma certa firmeza:

Opa, companheiro. O que fazes aqui?

Após explorar aquela sala desconhecida, se houvesse uma atrás da porta, eu faria o mesmo com quaisquer peças que poderiam ser acessíveis do lugar onde estava, passando por possíveis portas que havia localizado com meu isqueiro. É mais que hora de descobrir o que está acontecendo aqui, e abrir as cortinas de uma vez por todas. Que Deus me proteja.





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Kekzy
Tenente
Tenente
GM.Kekzy

Créditos : 15
Warn : I - A Step of Harmony - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

I - A Step of Harmony - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 10 EmptySab 21 Maio 2016, 23:21

Página 10 ⁞ Post 27 ⁞ Status: Normal


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Paranoia

Por fim conseguiamos achar um lance de escadas que nos levava até um longo corredor. Era o fim do edifício ali, tinha que estar ali.

A escuridão tornou-se clara e sombria por um momento, ao cair de um raio. E que susto! Nunca ia me acostumar a essas tempestades, sempre deixavam o meu coração disparado. Aquilo tudo me dava uma sensação paranoica; a quietude, o mistério, as sombras que tomavam formas grotescas, os raios, tudo conspirava para montar um cenário digno das melhores histórias de terror.

Nesse vislumbre lúgubre, as letras cravadas na placa ficaram bem nítidas: setor financeiro. Era por isso que estavamos aqui, haviamos encontrado o nosso destino, fiquei eufórico. Entretanto, não por muito tempo; como eu suspeitava, havia algo de muito peculiar ali, algo estranho que me deixava inquieto, a porta estava entreaberta. E isso confirmava os meus temores, alguém tinha tido a mesma ideia que nós. Não, alguém havia roubado a nossa ideia, nos observado, nos atrasado e fora mais rápido. Droga... Tomara que o Nero já tenha percebido isso.

Esperança, dizem que é a última a morrer, e nós ainda tínhamos chances, não havíamos passado tanto tempo presos naquela sala, foram minutos preciosos, mas não tantos. Passaria aquela porta, com o dinheiro lá ou não, ele ainda estaria em algum lugar, quem sabe não encontrasse o pilantra com a mão na massa.

Esperaria termos alguma fonte de luz, como o isqueiro do Nero, já estava na hora de iluminar um pouco nossas vidas. Não encontrando ninguém na sala, procuraria primeiro por pistas para determinar se alguém esteve ali; buscaria também por saídas daquele lugar, como janelas ou o que encontrasse, e tendo marcas que foram usadas para uma fuga ou pegasse alguém com em flagrante, não hesitaria, percorreria o caminho com velocidade, tendo posteriormente gravado em minha mente a localização dos objetos na sala, a minha mente era boa para isso, para evitar colisões e atrasos desnecessários.

Estávamos no segundo andar, e se fosse necessário pular a janela, pularia, com o devido cuidado: encurtando a distância com o chão, segurando as bordas com as mãos, e efetuando um rolamento para dissipar o impacto, e continuaria a perseguição/corrida, usando os sons dos animais para guiar-me caso perdesse-o de vista, se alguém passasse lá com certeza os atiçaria.

Usaria de toda a minha aceleração para vencer a distância e alcançar o fugitivo. No primeiro sinal de uma arma de fogo, desviaria para o lado, jogando meu corpo lateralmente, ainda correndo e mantendo a velocidade, mas passaria a usar a tática do zigue-zague para dificultar a mira. Contava com o peso do roubado para diminuir sua velocidade.

Se chegassemos a algum ponto que eu conhecia e havia passado previamente, usaria das minhas habilidades acrobáticas para subir nas jaulas, caso parecesse viável para intercepta-lo do outro lado, me atirando sobre ele; tentaria cair exatamente sobre ele, pondo minhas pernas ao redor de sua cabeça e atirando-o contra algo sólido, rolando no chão ao impacto. Esse golpe só atordoaria-o, pois só jogaria seu corpo, a dor viria do impacto com algo, logo correria em sua direção, como se fosse chutar uma bola de futebol — a sua cabeça — e daria um belo pontápe na sua fuça. Isso, se na minha prévia avaliação mental, considerando o trajeto que ele faria — ciente das saídas que ele poderia tomar —, eu tivesse mais chances do que continuar a perseguição direta.

Não tendo escolhas além de alcança-lo, assim faria, botaria toda a minha energia nisso. Meu orgulho não me pouparia esforços, não podia falhar. No meu raio de alcance, daria uma rasteira violenta por trás, visando acertar na altura dos joelhos. Frearia meu movimento com tudo, e voltaria com ímpeto em sua direção, atento a retaliações que seriam recebidas com múltiplos rolamentos para os lados em caso de disparos; sendo lâminas, daria uma estrelha, desviando do corte e tentando por seu braço entre as minhas pernas, puxando-o para perto e rotacionando para desferir um potente chute no rosto.

Reavivaria a perseguição se necessário, e em ambos casos, se tivesse a chance, botaria meu joelho no pescoço do oponente, pressionando o suficiente para deixa-lo ali, parado.

Mexa-se e eu afundarei a sua garganta. Pense em reagir e eu farei mais que isso.

De uma forma ou outra, iria desvendar esse mistério.

Off:
 







____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]  | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Akuma Nikaido
Pirata
Pirata
Akuma Nikaido

Créditos : Zero
Warn : I - A Step of Harmony - Página 10 10010
Data de inscrição : 03/08/2012

I - A Step of Harmony - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 10 EmptySeg 23 Maio 2016, 20:26

Se tinha algo que com certeza atormentava a ambos era a ausência de resistência. Tudo estava fácil demais. Mesmo assim o coração da dupla insistia em bater disparado, como se antevisse problemas. Quando Nero finalmente resolvia acender o isqueiro e investigar ao redor, conseguiu notar outras três portas, sendo uma a direita e duas a sua esquerda. E, invariavelmente, perto delas, pequenas manchas vermelhas, possivelmente sangue. Finalmente algo parecia indicar a presença de outras pessoas ali. Mas não do jeito que ele queria.

Finalmente adentravam a sala, após empurrar a porta. Nero preocupava-se com o dinheiro. Shira com possíveis invasores. Um se alegrava e outro se decepcionava. Isso ocorria pois, embora o cofre, localizado atrás de um quadro jogado ao chão, estivesse aberto, uma bolsa cheia de dinheiro estava em cima da mesa, de frente para a dupla. A grana era tanta que simplesmente algumas notas estavam à mostra.

Nero corria ansioso na direção da bolsa, tomando-a em mãos, enquanto Shira observava o resto da sala. Um tapete bonito percorria o chão da sala. Mas o que chamava atenção mesmo eram marcas de sangue nele. Uma janela intacta estava no local mas, além disso, nada mais.

Se antes já era tudo muito estranho, agora estava mais ainda. Haviam outras três salas para explorar, e Nero saía na frente. Shira, que, nesse momento, preparava-se para segui-lo, via aproximadamente dez pessoas se aproximarem do prédio onde estavam. Um raio que acabara de cair iluminara o grupo e, pelas roupas, eram caçadores do clã Ant-Bullet.

Nero, totalmente desavisado, abria a porta da primeira sala, à sua direita. Seis corpos encontravam-se no local. A boa notícia é que isso explicava a falta de segurança na região. A má notícia é que as tatuagens tribais no braço esquerdo de um dos cadáveres não deixava dúvidas de que Mikan fora assassinado. E isso não seria nem um pouco bom. Se havia algo que deixara os Ant-Bullet famosos era sua forma impiedosa de tratar aqueles que tentavam prejudicar o clã. Sérios problemas estavam por vir.
Orientações:
 

Citação :
Citação :
Shira Yarin:

Posts: 27
EdC: 0
Ganhos: Violino, máscara
Perdas: -x-

Citação :
Nero Blackwater:

Posts: 29
EdC: 0
Ganhos: Garrafa de bebida (5/10), bilhete, mapa da cidade, mapa do zoológico, tinteiro (8/10), pena, 300.000 berries, carne, saco vazio, isqueiro (9/10), algemas e pistola
Perdas:200.000 berries
Vício: 5/10

Citação :
"Doctor":

Posts: 3
EdC: 0
Ganhos: -x-
Perdas: -x-

Citação :
Vlad Nishiyama RESETOU:

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Kekzy
Tenente
Tenente
GM.Kekzy

Créditos : 15
Warn : I - A Step of Harmony - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

I - A Step of Harmony - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 10 EmptyTer 24 Maio 2016, 21:32

Página 10 ⁞ Post 28 ⁞ Status: Normal


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Deadline

Meu coração disparou. Meus olhos arregalaram-se perante o sangue e os corpos ali enfileirados. Para piorar, dez companheiros daqueles homens estavam a caminho. E a culpa já tinha donos.

Nero! Temos problemas! Dez guardas do Ant-Bullets estão vindo para cá! Olha só no que nos metemos! Droga! — correria em sua direção, faria questão de fazê-lo escutar.

Precisava pensar e bolar um plano, e rápido, o tempo tornou-se meu inimigo. Não conseguiriamos enfrentar dez deles, escapar pela janela era arriscado. Estamos fritos! Vão decepar nossas cabeças, esquartejar nossos corpos e espalhar pela cidade! Calma! Calma... Um plano, um único plano. É a única coisa que preciso, dane-se o dinheiro.

Amarre minhas mãos com algo, rápido! Me dê um soco, com força! Não no nariz nem nos olhos, RÁPIDO! Encontre algo para prender suas mãos e suje-se de sangue, fingiremos uma batalha na qual fomos reféns, eu atuarei como se estivesse apagado e perderei a memória! Passe-me o que quiser esconder comigo. Não temos muito tempo! E ponha o maldito saco em minha cabeça! Finja-se de golpeado, destranque a janela, jogue-se ao chão de mãos presas, esteja rastejando quando eles chegarem, isso ajudará na nossa imagem, diga que quem fez isso fugiu pela janela! — falaria com ele enquanto passaria sangue rapidamente em mim, principalmente na cabeça, e voltaria para ele me socar e amarrar-me — Não esqueça de amarrar-se fracamente, para soltar-se quando bem entender! — feito tudo isso, morderia com força o meu lábio inferior, segurando a dor e me jogaria encostado na parede, passando algum sangue nela, fingindo estar desmaiado.

Nos faríamos de vítima, era a melhor coisa a fazer, aliás, não eramos culpados por aquela chacina. Como ator, eu iria por em prática princípios básicos que aprendi, como controlar a respiração e os batimentos cardíacos, isso sempre ajudou-me a ficar tranquilo antes de atuar. Faria o que Nero pedisse, rápido, e já na parede ficaria ali parado, esperando a chegada do grupo.

Permaneceria sem falar nada, se me pegassem fitaria o vazio com um olhar frio, sem focar nada, como se estivesse com demência. Isso, demência, balbuciando algumas palavras sem sentido se insistissem.

Não fode comigo... Por que fui me meter nessa?!



Off:
 







____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]  | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Buggy
Coringa
Coringa
Buggy

Créditos : 16
Warn : I - A Step of Harmony - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 30/07/2015
Idade : 22

I - A Step of Harmony - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 10 EmptyTer 24 Maio 2016, 21:45


Post: Where: Malkiham Wheater: Time:

Escrevendo o roteiro



Deus! Mas o que raios aconteceu aqui? Tanto sangue, tantos cadáveres, tanta morte... Que carnificina horrenda! Parece que estou fundo demais na toca do coelho para sair ileso! Nem mesmo Mikhan, aquele homem que, um dia atrás, mantinha-se tão orgulhoso, conseguiu escapar das gélidas mãos da morte... Que horror, que desgosto! Deve ser uma artimanha de Ktomine, só pode! Seis caçadores de recompensa estão mortos! Apesar de eu nunca ter gostado de caçadores de recompensa, eles merecem sua honra como humanos! Isto é... inacreditável.

Parece que está indo de mal a pior! Agora o garoto me fala que uma dezena de caçadores está chegando aqui! Além de descobrir nossos planos, vão nos culpar pela morte de seu vice-líder e de seus companheiros! Todo esse planejamento poderia ir por água abaixo bem agora... Pelo menos já peguei o dinheiro que eu queria, ou seja, não terei mais que procurar. A única coisa que me falta aqui, são RESPOSTAS.

Fugir agora está fora de questão; não vou me atirar do segundo andar e arriscar uma torsão ou fratura. Além disso, não conheço o caminho até a porta do estabelecimento, e, se eu partir vagando em busca dela agora, com certeza vão me encontrar. Não há nenhuma rota de fuga válida aqui; teremos que nos virar com os caçadores para não perdermos nossa cabeça. E lutar nunca realmente foi meu forte. Terei que mentir, enganar é ludibriar os homens.

Esse é um jeito de não morrer. Mas agora preciso pensar em uma maneira de me livrar dos homens de justiça. Com uma pistola, será impossível incapacitar 10 pessoas... preciso de algo mais forte, mais poderoso. O melhor seria preparar uma armadilha; não conseguirei fazer nenhuma refinada, já que me falta material e conhecimento. Mas tem uma bem fácil de fazer... Pena que ela é tão dolorosa!

Aproximar-me-ia da entrada para a sala onde estavam os corpos, e beberia um último gole de meu whisky. Ah, meu coração! Desperdiçar uma boa bebida como essas é um pecado pior que capital... Mas é um mal necessário. Adeus, bom amigo. Começaria então a espalhar o líquido no chão, de modo a ele estar cobrindo toda a passagem da sala ao corredor, e uma parte da peça. A armadilha estaria pronta; não do jeito que eu prefiro, mas estaria feito.

Depois, era hora de preparar a distração. O garoto parecia ter bolado um bom plano; afinal, os caçadores só não matariam quem julgam ser vítimas também. Seguiria todas as instruções do garoto: socá-lo-ia com força moderada três a cinco vezes na bochecha, destrancaria a janela, poria o saco sobre sua cabeça, entregar-lhe-ia minha pistola e meu isqueiro. O cenário estava pronto. Prender-me-ia com minhas próprias algemas, escondendo a chave dentro de minha manga, como um verdadeiro mágico faria. Quando comprei estes objetos, nunca passou pela minha mente que eu os usaria assim. O destino realmente é imprevisível, não?

Meu "disfarce" pronto, sentar-me-ia no meio do corredor, encostado sobre a parede, meus músculos relaxados e olhos fechados. Aí seria esperar, esperar até que os caçadores chegassem e eu incarnasse meu papel. Caso alguém me acordasse, pra me sacudindo, ora gritando, eu abriria meus olhos lentamente, mas ainda conservá-los-ia semicerrados, como se houvesse sido bruscamente acordado. Então diria vagarosamente, minha voz melosa e similar à de quando se está embriagado:

Hããã... Vocês vieram nos ajudar? Meio tarde, acho... Não sei se eles ainda tão vivos... Meu amigo também está lá... Naquela sala estranha... Somos reféns e... e me deram um negócio estranho para comer. Eu não to bem...

Após estas palavras, eu cairia ao chão lentamente, simulando um estado de sonolência mental. Deitado no chão, aguardaria que os caçadores entrassem na sala molhada pelo álcool e faria sinal para o garoto por fogo na poça de whisky. Era hora do show.





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Akuma Nikaido
Pirata
Pirata
Akuma Nikaido

Créditos : Zero
Warn : I - A Step of Harmony - Página 10 10010
Data de inscrição : 03/08/2012

I - A Step of Harmony - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 10 EmptyQua 25 Maio 2016, 16:20

O desespero tomava conta da dupla. Eram ladrões e trambiqueiros. Mas assassinos? Isso era algo que não poderíamos chamá-los. Ao menos não ainda. Nero e Shira chegavam em um comum acordo de que lutar não era a melhor saída e que, portanto, deveriam fazer o que sabiam de melhor: atuar e enganar. Rapidamente começavam a realizar suas preparações. O tempo era seu inimigo, pois, de longe, já podiam ouvir o barulho de passos dentro do prédio. Não demorava, no entanto, para que ambos ficassem no ponto. O soco do atirador no musicista não deixava marcas fortes, até pela própria força física do homem. Mas era o suficiente para inchar um pouco o rosto do garoto. Terminavam as preparações bem a tempo. Quando sentavam-se, uma luz acendia, iluminando todo o corredor, ao mesmo tempo que passos ecoavam escada acima. Em menos de dez segundos os caçadores chegavam.

O primeiro deles, certamente o líder daquele grupo, batia de leve no rosto de Shira enquanto retirava o capuz dele. O garoto não respondia nada com nada, apenas balbuciando. Nero era um pouco mais efetivo e alertava sobre a sala, onde os outros nove caçadores já estavam dentro. Checavam um a um o estado dos cadáveres, procurando algum vivente entre eles. Não demoraria para que saíssem de lá. Mas ainda havia um homem do lado de fora. Nero via isso muito bem. Shira também.

A bolsa de dinheiro jazia esquecida ali do lado, ignorada pelo caçador que, ainda mudo, apenas observava aquilo tudo. Sua máscara tampava seu rosto, escondendo suas feições. Poderia tanto estar preocupado quanto com raiva. A única certeza era que sua constituição era franzina, diferente da maioria dos Ant-Bullets vistos pela dupla até agora. O que fariam?
Orientações:
 

Citação :
Citação :
Shira Yarin:

Posts: 28
EdC: 0
Ganhos: Violino, máscara
Perdas: -x-

Citação :
Nero Blackwater:

Posts: 30
EdC: 0
Ganhos: Garrafa de bebida (5/10), bilhete, mapa da cidade, mapa do zoológico, tinteiro (8/10), pena, 300.000 berries, carne, saco vazio, isqueiro (9/10), algemas e pistola
Perdas:200.000 berries
Vício: 6/10

Citação :
"Doctor":

Posts: 3
EdC: 0
Ganhos: -x-
Perdas: -x-

Citação :
Vlad Nishiyama RESETOU:

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Buggy
Coringa
Coringa
Buggy

Créditos : 16
Warn : I - A Step of Harmony - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 30/07/2015
Idade : 22

I - A Step of Harmony - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 10 EmptyQua 25 Maio 2016, 19:57


Post: Where: Malkiham Wheater: Time:

Respostas



Droga, agora estou preso com esses homens! Ah, maldição... Pelo menos não perdi minha vida ainda. Porém, vou ter que inventar alguma coisa para eles saírem daqui. Lutar ainda está fora de cogitação; ele pode estar isolado, mas apenas um som indesejado pode atrair nove caçadores sanguinários para cima de mim. Tenho que continuar no meu papel, incorporar esta vítima drogada que escolhi como personagem. Afinal, imprevistos são frequentes no teatro, não?

Olharia de soslaio para o garoto e faria um sinal para que ele pegasse a pistola, e se preparasse para fugir. Então erguer-me-ia, vagarosamente, meu corpo curvado para frente e meus músculos relaxados, como se estivessem dormentes. Então dirigir-me-ia na direção do caçador isolado, titubeando, sem ser capaz de andar em linha reta, e fingindo cair frequentemente. Precisaria parecer com o jeito que um drogado se moveria. Após chegar perto do homem, talvez perto demais, balbuciaria algumas palavras lentamente, minha voz ainda com o tom meloso e tênue:

Cara... foi o Kotomine... maldito... arrastou a gente aqui... olha, cara, os bandidos fugiram para o esgoto. Acho... Urgh... eu não to bem...

Com essas palavras, jogar-me-ia no chão, tentando cair sobre o saco de dinheiro, como uma galinha protegeria seu ovo. Seria melhor deixar a quantia longe de olhares curiosos. Sobre as notas, gemeria algumas vezes, com uma voz suplicante, e me calaria. Todas as palavras que proferiria teriam algum objetivo: ora elas confirmariam nossa inocência, ora elas fariam os caçadores quererem ir aos esgotos e saírem do prédio, ora elas induzi-los-iam a falar mais sobre Kotomine: seja seu emprego, sua fama, ou seu papel no assalto. De bruços, aguardaria alguns segundos, ou quem sabe minutos, para descobrir a reação dos homens da justiça. Se um mínimo erro fosse cometido, minha vida não seria perdoada.

Se alguém tentasse me mexer ou me virar, eu murmuraria lentamente:

Não, não... me deixa aqui...

Se ele insistisse, eu não teria outra opção. O saco em mão, correria em direção do moleque, pegaria minha arma, ordenaria que ele ateasse fogo ao álcool, e sairia correndo o mais rápido possível do edifício. Essa, logicamente, era a pior opção possível.

Quando eles parassem de falar ou se mover, seria hora de agir. Não poderia ficar no zoológico para sempre. Caso eles tivessem ido embora, primeiramente retiraria minhas algemas. Depois, erguer-me-ia, e varreria todo local, à procura de objetos valiosos, como dinheiro e documentos importantes, tanto quanto o tempo me permitisse. Nesta parte, pediria ajuda ao moleque para agilizar o trabalho, pegaria o saco de dinheiro e desceria as escadas. Se o enigma de Malkiham Island não fosse resolvido lá, quem sabe o jornal esclareça mais, ou até o dia de amanhã. Mas não poderia ficar mais lá.

Se os caçadores ainda estivessem por lá, erguer-me-ia pondo o saco de dinheiro dentro de minha jaqueta e diria a eles, um pouco mais rápido que antes, mas ainda lento:

Acho melhor eu levar meu amigo para casa, e voltar para a minha... Acho que o efeito da droga está passando. Espero que vocês descubram logo quem causou isso. Agora eu vou indo...

Então andaria até o garoto e deixá-lo-ia apoiar-se em mim para andar, e desceríamos as escadas lentamente até a saída do edifício. Porém, antes de partir, eu deixaria o mapa da cidade no chão, dando uma pista aos caçadores. Afinal, quem sabe se o confronto entre eles e Kotomine trará mais respostas?

Fora do edifício principal, diria ao garoto:

Então, você vai querer libertar os animais? Ou vamos embora?







____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Kekzy
Tenente
Tenente
GM.Kekzy

Créditos : 15
Warn : I - A Step of Harmony - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

I - A Step of Harmony - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 10 EmptyQui 26 Maio 2016, 18:23

Página 10 ⁞ Post 29 ⁞ Status: Normal


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
...

O plano havia sido efetivo, por enquanto. Os caçadores nos ignoraram. Não sei por quanto tempo.

Eu sabia que tínhamos que continuar naquela farsa, nada poderíamos fazer contra dez homens. Tentaria escutar suas conversas, para saber que fim teríamos caso ficássemos ali. Para isso, fecharia os olhos e focaria na minha audição.

Dessa vez, falaria caso alguém viesse me incomodar, mostrando aos poucos a volta de minha consciência.

- Esgoto... - balbuciaria, seguindo a lógica do Nero. Não é que o velho era mesmo esperto? Se conseguíssemos tirar pelo menos alguns dali estaríamos em uma posição menos desfavorável - Vários... - continuaria soltando palavra por palavra - Quinze... - uma palavra por vez, para não abusarem das possíveis respostas que eu poderia dar ali - Piratas - deixaria-os na dúvida, um número maior que os deles poderia levar a tirar todos dali, e o orgulho ferido do grupo favorecia-me, esperava tirar o máximo de vantagem disso. Aliás, eram caçadores de recompensas, não?

Esperava obter algo com aquilo, e conseguindo, esperaria, estando pronto para seguir as ordens de Nero. Se ficássemos sozinhos, era hora de passar a mão em tudo que estivesse ali. Quem sabe o lugar não possuiria um fundo falso e o verdadeiro tesouro estivesse guardado além?

Caso algum deles perguntassem o que estávamos fazendo ali, qualquer coisa, responderia:

- Reféns... Visitantes... Vocês tão do nosso lado? - esperava que isso aliviasse a suspeita sobre a gente, aliás, nossos aspectos não eram em nada parecidos com piratas, ladrões, ou algo assim. Com a pergunta, mostraria a minha ignorância para a existência deles, mostrando que era novo na ilha.

Se deixassem nos partir, ou não, faria o que o Nero planejasse, e daria o pé dali com ele, se preciso, em velocidade máxima.

Esperaria ansioso para o desfecho desse teatro.

Spoiler:
 




____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]  | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Akuma Nikaido
Pirata
Pirata
Akuma Nikaido

Créditos : Zero
Warn : I - A Step of Harmony - Página 10 10010
Data de inscrição : 03/08/2012

I - A Step of Harmony - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 10 EmptySab 28 Maio 2016, 11:04

A arte do improviso era grande com aqueles dois. Mesmo com o plano não dando totalmente certo, Nero continuava a improvisar, levantando-se e andando cambaleando, apenas para cair de lado, em cima da sacola de dinheiro. Uma dor percorria seu abdômen, devido a seu peso todo encontrar várias moedas em meio as notas. Mais que isso, o barulho chamava a atenção dos caçadores. Péssimo, péssimo erro.

Antes disso, contudo, Shira tentava ouvir as palavras dos caçadores lá dentro. O que ouvia, contudo, era assustador.. Se fossem fichados como cúmplices, certamente não morreriam somente. Seriam torturados até não poderem mais. Juras de ódio e lamentos pela vida dos companheiros eram ouvidos o tempo todo. E o pior: um dos mortos era filho de um dos caçadores ali presentes.

O momento que o som ecoou, revelando quantia de dinheiro no local, a dupla percebeu seu erro. E agiu. Agiu rápido para salvar a vida. A adrenalina era tamanha que, no mesmo instante em que Nero emitia a ordem, Shira já ateava fogo na poça. E bem a tempo. Três caçadores já haviam se adiantado e estavam quase na porta. As chamas subiam e pegavam rapidamente. Em parte por causa do álcool. Em parte por conta da roupa dos caçadores ser de algodão. O tecido originalmente foi desenhado para que eles possam andar sem fazer barulho, mas isso acaba tornando a roupa bem suscetível ao fogo. Os gritos dos azarados ecoavam, aumentando ainda mais o barulho. Os outros seis ali dentro freavam momentaneamente seu impulso homicida, contendo-se ao ver os companheiros em chamas. E assim ambos corriam. Shira mais rapidamente, devido a sua agilidade, idade e estado atuais. Nero mais atrás, atrapalhado com a bolsa de dinheiro, as algemas, a idade e a dor abdominal. Estranhamente o suposto líder daquele esquadrão, que deveria estar perseguindo-os, nada fizera para atrapalhá-los. Mais que isso, ao olhar para trás, em busca de Nero, Shira pôde ver cabelos espetados, encobertos antes pela máscara.

E assim a dupla fugia. As algemas ainda presas nos punhos de Nero, atrapalhando-o de mover os braços livremente. Quando saíam do edifício, ouviam um barulho de vidro quebrando. Os caçadores pulavam por ele, como animais ensandecidos, indo atrás de suas vítimas. Possuíam a vantagem de aproximadamente quinhentos metros de distância. Não mais conseguiam enxergar bem os caçadores, vagamente seus contornos. Até porque as chamas já não mais estavam próximas a eles, para contrastar e permitir uma clara visão. Precisavam pensar rápido, até porque Nero já dava sinais de que não aguentaria correr muito mais tempo.
Orientações:
 

Citação :
Citação :
Shira Yarin:

Posts: 29
EdC: 0
Ganhos: Violino, máscara
Perdas: -x-

Citação :
Nero Blackwater:

Posts: 31
EdC: 0
Ganhos: Garrafa de bebida (0/10), bilhete, mapa da cidade, mapa do zoológico, tinteiro (8/10), pena, 300.000 berries, carne, saco vazio, isqueiro (8/10), algemas e pistola
Perdas:200.000 berries
Vício: 1/10

Citação :
"Doctor":

Posts: 3
EdC: 0
Ganhos: -x-
Perdas: -x-

Citação :
Vlad Nishiyama RESETOU:

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




I - A Step of Harmony - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 10 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
I - A Step of Harmony
Voltar ao Topo 
Página 10 de 13Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11, 12, 13  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Malkiham Island-
Ir para: