One Piece RPG
I - A Step of Harmony - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» I - A Match Made In Heaven
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor War Hoje à(s) 12:41

» Unbreakable
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor Ineel Hoje à(s) 12:38

» Apresentação - 2: Falência ambígua
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor GM.Furry Hoje à(s) 12:33

» Livro I: A paz na ilha da Guerra
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor ZnorLAX Hoje à(s) 11:43

» Ur Kleiner Bär
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor Johnny Bear Hoje à(s) 08:46

» Shimizzu Price
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor Mizzu Hoje à(s) 01:57

» [Mini-Eizen] Redenção do Espadachim
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor Eizen Hoje à(s) 01:53

» [MINI-JIN WOO] Ocioso de mão cheia
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor Jin Woo Hoje à(s) 01:50

» [MEP - JIN WOO] Ocioso de mão cheia
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor TheJoker Hoje à(s) 01:37

» [M.E.P] Eizen
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor TheJoker Hoje à(s) 01:33

» Cap 1.2 - Liberté
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor King Hoje à(s) 00:49

» [Frota] LB - Lótus Branca
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor Midnight Hoje à(s) 00:39

» O vagabundo e o aleijado
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor Mirutsu Ontem à(s) 23:46

» 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor yaTTo Ontem à(s) 21:35

» Sons of Vermillion's Blood: Gênesis
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor Boreal Ontem à(s) 20:46

» O Ronco do Bárbaro
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor West Ontem à(s) 19:42

» Fogo e Sangue
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor PepePepi Ontem à(s) 18:53

» Desventura 3.5: O treino para Grand Line
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor TheJoker Ontem à(s) 17:14

» Red Albarn
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor GM.Doodles Ontem à(s) 17:09

» A Jornada do Herói: Capítulo 1 - O garoto do cachecol vermelho
I - A Step of Harmony - Página 4 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 16:16



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 I - A Step of Harmony

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 11, 12, 13  Seguinte
AutorMensagem
Roy Collins
Estagiário Orientador
Estagiário Orientador
Roy Collins

Créditos : 17
Warn : I - A Step of Harmony - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 23/11/2012
Idade : 22
Localização : East Blue - Loguetown

I - A Step of Harmony - Página 4 Empty
MensagemAssunto: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 4 EmptySeg 04 Jan 2016, 17:23

Relembrando a primeira mensagem :

I - A Step of Harmony

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Civil Shira Yarin. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Olá, Convidado seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
GM.Kekzy
Tenente
Tenente


Data de inscrição : 06/11/2013

I - A Step of Harmony - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 4 EmptyTer 02 Fev 2016, 21:11

Página 3 ⁞ Post 09 ⁞ Status: Normal


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
You are free

A música é poderosa. Sempre foi. Ela tem a capacidade de fazer lágrimas, sorrisos, encantar, e se bem usada pode abrir milhares de portas. Seria rude dizer que conhecia a música como ninguém quando sou apenas um mero noviço, mas posso dizer que já sei brincar com ela.

O homem se irritou comigo ao pedir o estandarte, talvez ele não fosse tão gentil como eu tinha pensado. Porém, ele me intrigou, se o violino estava comigo isso significava que... Ele era meu? Isso não fazia sentido, mas continuei. Minutos depois eu cheguei onde queria, no seu coração, um golpe mental, direto nos seus sentimentos. Como eu disse, eu sabia brincar um pouco com o violino, apesar de não ser nada comparado as pessoas que me ensinaram. E, como não estava nos planos passar a noite em uma cela, com certeza eu não voltaria para aquele lugar.

Foi díficil reprimir o sorriso que queria se alargar no meu rosto ao ouvir o homem falar que estava livre, pelo menos até uma hora antes do seu turno acabar, mas isso não importava, mesmo assim, por sua gentileza eu pensaria bem no seu caso até que a hora chegasse. Sairia da cela com compustura, me levantando devagar e segurando firme o violino. Passaria pelo guarda e faria uma devida reverência a ele, me curvando um pouco em sinal de agradecimento. Ele merecia pelo menos isso.

Pode contar com a minha presença aqui, antes do seu turno acabar. Muito obrigado — agradeceria.

Me mandaria dali em seguida, para longe, já era tarde e eu não tinha exatamente para onde ir, nem fazia ideia, mas seria bom me preparar para alguma confusão, pois se eu não voltasse era capaz do guarda ir a minha procura, e contra aquela clava eu nada podia fazer no meu estado atual. Não ficaria indefeso assim, precisava garantir a minha segurança. Procuraria uma loja de armamentos, se fosse difícil encontrar uma por ali só o tempo diria, mas isso eu tinha de sobra. O violino iria nas minhas mãos, já que não possuía um estojo para o mesmo. Não sei como ele havia parado ali, mas não tinha nenhuma reclamação a fazer. Obrigado entidade da música.

Encontrando uma loja apropriada iria até o vendedor, procuraria por um par de botas para proteger os meus pés contra coisas tipo... Clavas. E, como eu não importava muito com moda não seria estranho vesti-las por ai. Tiraria trinta mil berries do bolso caso alguma estivesse a venda e alegaria só ter isso para bancar com a peça. Logo depois a equiparia. E então estaria pronto para alguma eventualidade.

Eu precisava de três coisas. Essa seria a primeira.

E, é claro, o homem havia me liberado, mas isso não significava que outros na rua não pudessem me reconhecer, e ao sinal de alguém daquele clã, com o mesmo símbolo, eu desviaria o caminho, para onde quer que fosse. E, sendo abordado responderia:

Estou indo dormir, a noite foi longa, shows cansam. Com licença. — responderia com o devido respeito, assim como a devida ignorância.

Sendo um civil, ou alguém não pertencente ao clã de antes, seria mais receptivo:

Estou indo visitar o mar, e tocar uma canção para ele. — abriria um sorriso amistoso. Não esperava que alguém entedesse, mas pouco me importava, era a verdade e eu não tinha vergonha para esconder.

Eu não tinha para onde ir, então, na falta de opções só me restava uma coisa a fazer, ir para o mar. Dessa vez estava saciado, e agora tinha um violino, poderia tocar até os meus dedos não aguentarem, mas não faria isso, não era estúpido a esse ponto. Eu sabia a hora de parar, e quando ela chegasse assim faria.

Então, tocaria para o mar, como fazia todos os dias.
Spoiler:
 



Voltar ao Topo Ir em baixo
Buggy
Coringa
Coringa
Buggy

Créditos : 16
Warn : I - A Step of Harmony - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 30/07/2015
Idade : 22

I - A Step of Harmony - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 4 EmptyTer 02 Fev 2016, 21:53


Post: Where: Malkiham Wheater: Time:

O começo do enigma



Realmente, não achei o que tinha pensado que encontraria aqui. Mas recebi algumas informações que podem vir a ser importantes: os bueiros são selados, o esgoto é um labirinto incompreensível,  há um número marcado sobre a tampa, membros do clã Ant-Bullet ficam de sentinela na rua, e esta lei de vadiagem. A bem da verdade, se eu não soubesse desta última parte, poderia me ver em grandes problemas, algo que eu realmente não quero agora. Farei o serviço, receberei o dinheiro, e não planejo ter problemas com as autoridades. Eu terei que andar nas sombras por ora, assim não serei visto como um vagabundo.

Pelo jeito, o sistema de esgoto está fora das brechas do zoológico. Muito complicado de ser usado, e as tampas de bueiros eram lacradas. Mas ainda há meios de adentrar o local, tenho certeza. Um verdadeiro ladrão não tem plano A e plano B; eles sempre devem chegar até Z. Sem dúvidas, há muito a ser checado antes de descobrir a brecha perfeita.

O homem já estava visivelmente irritado, e o ideal seria me afastar dele. Faria uma reverência, abaixando meu chapéu, e partiria para a próxima marca. Iria em um passo mais apressado, como se estivesse atrasado para algo. Se fosse parado por alguém, apenas diria, simulando estar ofegante e desesperado:

Estou tentando chegar ao teatro ver a peça, mas estou atrasado... Por favor, não tenho tempo...

Ao chegar no local sinalizado no mapa, ficaria antes a uma certa distância, apenas examinando o local. Dificilmente seria o mesmo cenário, e creio que daqui para frente cada local exigirá mais de minhas capacidades. O enigma ainda estava longe de ser desvendado, e a identidade de Kotomine permanece um mistério. E, como um bom curioso que sou, preciso descobrir!







____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por GM.Buggy em Dom 17 Abr 2016, 14:54, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Akuma Nikaido
Pirata
Pirata
Akuma Nikaido

Créditos : Zero
Warn : I - A Step of Harmony - Página 4 10010
Data de inscrição : 03/08/2012

I - A Step of Harmony - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 4 EmptyQua 03 Fev 2016, 13:49

Nero havia obtido algumas informações que julgara relevante e, então, saía do local, visivelmente evitando encrenca com caçadores do Ant-Bullet. Infelizmente, para ele, o próximo local o levava exatamente em frente à sede do clã. Nero observava a região, mas os caçadores eram espertos. Não deixavam nenhuma outra construção próxima, de modo que qualquer um que se aproximasse do clã seria visto já de longe. Sem dúvidas aquela marca no mapa referia-se à sede. A questão era por que havia um ponto de interesse lá? E, se devia procurar algo, seria externamente ou internamente? Alguns questionamentos poderiam aparecer na mente de Nero, mas, justamente naquele instante, ele via dois guardas entrarem no local.

O maior guarda anunciava a plenos pulmões para alguém lá dentro, de modo que Nero também podia escutar claramente.

- Ei! O carinha que prendemos mais cedo parece que roubou o violino da loja! O dono só deu falta mais tarde e veio nos falar. Vim pegar o instrumento para devol... VOCÊ!! -

Talvez Shira devesse amaldiçoar sua pouca sorte. Quando finalmente as coisas pareciam que dariam certo para ele, bem quando já havia se despedido do guarda e estava pondo os pés para fora do clã, dois guardas entravam e identificavam-no como um ladrão. Ele havia roubado o violino? Bom, algo era certo, se por beber demais e bagunçar a cidade já havia pegado uma noite de cadeia, por furto certamente pegaria mais. A saída para a liberdade estava a menos de dez passos do jovem, mas um guarda furioso encontrava-se apenas 10 metros atrás dele, enquanto outros dois, surpresos, estavam a menos de dois metros. O que Shira decidiria?

Orientações:
 

Citação :
Citação :
Shira Yarin:

Posts: 9
EdC: 0
Ganhos: Violino
Perdas: -x-

Citação :
Nero Blackwater:

Posts: 8
EdC: 0
Ganhos: Garrafa de bebida (7/10), bilhete, mapa da cidade, mapa do zoológico
Perdas: 20.000 berries
Vício: 2/10

Citação :
"Doctor":

Posts: 3
EdC: 0
Ganhos: -x-
Perdas: -x-

Citação :
Vlad Nishiyama:

Posts: 2
EdC: 0
Ganhos: -x-
Perdas: -x-
Compulsão: 2/10
Vício: 2/10

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Buggy
Coringa
Coringa
Buggy

Créditos : 16
Warn : I - A Step of Harmony - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 30/07/2015
Idade : 22

I - A Step of Harmony - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 4 EmptyQua 03 Fev 2016, 21:41


Post: Where: Malkiham Wheater: Time:

Sede do clã Ant Bullet



Maldito Kotomine, olhe onde ele me meteu... Por que diabos há uma marca bem aqui? No local com a mais forte segurança da ilha? Ah, droga... Calma, não posso me desesperar agora. Pare, examine e raciocine. Pare, examine e raciocine. Sim. Sinto minha raiva se esvaindo, e minhas emoções deixando de me influenciar. Perfeito. Agora preciso descobrir o que há neste lugar para ser marcado no mapa. Kotomine é um homem esperto, talvez esperto demais, e ele não marcaria este local se não fosse importante.

Os caçadores haviam mencionado algo sobre um ladrão de violinos, mas isto não realmente me interessava. Pequenos furtos como esse eram de menor impacto para minha vida.

O cenário me parece bem simples; não há nada em volta da sede, então ele provavelmente queria designar o interior do edifício mesmo. Mas invadir um local desses será uma tarefa difícil: afinal, é a sede do clã de caçadores que dita a ordem na ilha! É como invadir um QG da marinha. Como proceder? Pense no único defeito em comum de todos os membros deste clã... Sim! Todos eles têm um grande senso de justiça, e devotados a defender o povo. Só preciso me aproveitar desta desvantagem, e esvaziar aquela maldita sede. Já sei!

Correria em direção do local, fingindo estar desesperado, ofegante e amedrontado. Enquanto me aproximaria do local, eu berraria, o mais alto que poderia, um timbre aflito e desolado:

PEGA LADRÃO! Ele roubou minha carteira e meu anel! LADRÃO! LADRÃO!

Estes gritos deveriam fazer os caçadores saírem do local, e, assim que eles fossem falar comigo, eu não deixaria eles se expressarem e já diria, aos prantos:

O maldito... estava com um broche do clã Ant-Bullet! Ele pegou tudo meu, e foi por ali!

Enquanto terminasse minha frase, eu apontaria por onde eu havia vindo. Por mim, os dois grupos do clã se desentenderiam e, por sorte, brigariam. Mas, se os caçadores saíssem do local, já estaria de bom tamanho. Se eles não fossem, eu diria:

O que raios vocês estão esperando? Ele ainda pode ser alcançado! E roubou algo do seu clã!

Caso eles saíssem, eu entraria no recinto, a trapaça ainda de pé. Desolado, eu andaria pelo edifício, vasculhando do canto do olho cada canto do lugar, a procura do que Kotomine julgava importante. Se eu encontrasse um caçador, eu diria:

E-Estou tentando me esconder do ladrão que ameaçou me matar... Eu estava indo para o teatro, e... e...

Ao terminar essa frase, eu esconderia meus olhos na minha manga, fingindo chorar. Eu mencionaria essa parte do teatro, pois, tudo o que eu menos precisava agora, era ser condenado por vadiagem.

Caso eu achasse o que estava procurando, eu sairia do local, me direcionando para a próxima marca.

OFF:
 






____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por GM.Buggy em Dom 17 Abr 2016, 14:54, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Kekzy
Tenente
Tenente
GM.Kekzy

Créditos : 15
Warn : I - A Step of Harmony - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

I - A Step of Harmony - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 4 EmptySex 05 Fev 2016, 15:42

Página 4 ⁞ Post 10 ⁞ Status: Normal


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Fighting for freedom

Tudo parecia fluir assim como planejado, como quando se toca música e as notas seguem seu fluxo, tudo perfeitamente em seu lugar. Até que uma pertubação na melodia me pegou de surpresa.

Já estava pondo os pés para fora dali, quando dou de cara com duas visitas indesejáveis. Não sabia quem eles eram, mas eles aparentavam me conhecer de alguma lugar, e se me conheciam com certeza era o lado bêbado da história. Franzi as sobrancelhas em um rosto desentendido. E realmente não estava entendendo nada.

Ei, vamos com calma, do que vocês estão falando? — meus olhos olhavam ao redor. Estava em perigo, dois homens de frente a mim, e o outro atrás. Precisava de um plano, e rápido.

Segurei o violino com força. Não iria desistir dele. Um homem gritou lá fora, era a minha chance.

Não me venham com essa história fiada daquele velho, a gente nunca se deu bem e toda vez que compro algo lá ele me cobra absurdos, ele não gosta que sempre consigo barganhar com ele e inventa essas neuroses, e se aproveitando de um dia ruim, ele não perdeu a chance de me acusar pelo visto. — falaria indignado, com toda inocência que podia.

Não era o melhor plano, mas se eu pudesse pelo menos faze-los duvidar da minha culpa eles priorizariam o ladrão lá fora e me esqueceriam por um momento.

Ora, você sabe, se eu fosse um ladrão como poderia saber tocar e cantar daquele jeito? Eu não faria algo assim, sou um músico, não um bandido. — olharia para o brutamonte da clava, se fosse ele atrás de mim.

Tentaria apaziguar a situação assim, e com o foco no outro ladrão estaria livre. Mas depois dessa eu não sairia dali de mãos vazias. E, se apenas um guarda ficasse na minha vigia após "acreditarem" na minha história eu botaria o violino de lado.

Eu tentei ser legal, mas vocês não deixam. — daria um sorriso. Me prepararia para lutar.

Ousaria me esquivar dos golpes desferidos com recuos para trás e para os lados, sempre buscando o lado oposto do vetor do golpe. Usaria de agachamentos para desviar de golpes mais complicados de se esquivar para as laterais ou para trás, além de rolamentos para o lado utilizando das acrobacias que tanto sabia.

E se você quer derrubar um inimigo maior que você foque três lugares: os joelhos, o pescoço, e os olhos. Durante as esquivas, vendo uma oportunidade avançaria com velocidade para cima do oponente, desferindo uma rasteira em suas pernas e uma tesoura - por minhas pernas entre as deles na altura do joelho e aplicar força nesse ponto frágil - visando o derrubar. Tentaria dar uma cotovelada em seu olho e no pescoço, ou uma joelhada, dependendo da posição, sendo a mais favorável a utilizada. Ele devia portar algemas, as pegaria rapidamente e prenderia seus punhos, ou pés, sendo o qual estivesse mais próximo.


Esse seria o plano A. Aliás, um gênio sempre tantos planos como pode, não? Heh.

É claro, se todo o discurso não desse certo eu só teria uma opção: correr.

Olharia para trás dos dois homens, onde o civil gritava.

Klein, acabe com eles! — e apontaria para os homens. Esperava que eles olhassem para trás, pois um homem gritava lá. Esse momentos de distração serviria para eu iniciar a minha fuga em alta velocidade, sabendo da minha velocidade avantajada, ser esguio não era tão ruim.

Iria em direção ao local onde o espaço fosse maior, e correria até lá. Se um dos homens tentassem me impedir rolaria, pondo o violino sempre em cima de mim para não danifica-lo, passando por debaixo dos seus braços. Optaria pela violência, não havia mostrado meu lado lutador ainda para eles, e não achava que os mesmos esperassem por algo assim de mim, seria uma espécie de elemento surpresa, então havendo alguém impedindo o meu caminho daria um dash para a frente com um rolamento e chutaria atrás dos seus joelhos, visando desequilibra-lo, e então correria para longe dali, sem parar de correr, adentrando becos e pulando muradas para despistar qualquer perseguidor.

O tempo era curto, e isso era o que me vinha a mente.


Spoiler:
 





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]  | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Akuma Nikaido
Pirata
Pirata
Akuma Nikaido

Créditos : Zero
Warn : I - A Step of Harmony - Página 4 10010
Data de inscrição : 03/08/2012

I - A Step of Harmony - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 4 EmptySab 06 Fev 2016, 09:40

Se, do lado de dentro, Shira tentava usar um de seus discursos para se ver livre, do lado de fora contava com a conveniente aparição de Nero, que, berrando, pedia por ajuda. O musicista podia ver que seu plano não havia dado muito certo ao notar o barulho do guarda atrás de si, sinal de que se aproximava. À sua frente, entretanto, os dois outros membros do clã olhavam confusos para fora e, aproveitando dessa brecha, o jovem gritava para Nero, deixando os guardas em estado de alerta. Com essa distração criada, Shira corria. Não tão rápido quanto gostaria, é verdade, pois seu joelho ainda doía da queda de mais cedo. Mas, ainda assim, corria rápido o bastante para sair da vista do clã antes que os homens o perseguissem.

Mas a situação para Nero não era tão boa assim. Ao fingir que ele era seu parceiro, Shira havia o metido em uma grande encrenca. Sem seu prisioneiro, os guardas viravam-se para o homem, segurando seus pulsos e rapidamente algemando-o.


- Pois bem! Diga-nos onde achar o seu parceiro e, vejamos, talvez a gente até te libere depois de um ou dois dias. Mas se tentar nos fazer de bobo... Bom, essa clava aqui não é só para enfeite! -


O homem estava completamente furioso, afinal, sabia que iria ser severamente punido mais tarde por permitir a fuga de alguém durante sua guarda. E, pelo jeito, Nero não conseguiria convencê-los com apenas histórias.

Orientações:
 

Citação :
Citação :
Shira Yarin:

Posts: 10
EdC: 0
Ganhos: Violino
Perdas: -x-

Citação :
Nero Blackwater:

Posts: 9
EdC: 0
Ganhos: Garrafa de bebida (7/10), bilhete, mapa da cidade, mapa do zoológico
Perdas: 20.000 berries
Vício: 3/10

Citação :
"Doctor":

Posts: 3
EdC: 0
Ganhos: -x-
Perdas: -x-

Citação :
Vlad Nishiyama:

Posts: 2
EdC: 0
Ganhos: -x-
Perdas: -x-
Compulsão: 2/10
Vício: 2/10

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Kekzy
Tenente
Tenente
GM.Kekzy

Créditos : 15
Warn : I - A Step of Harmony - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

I - A Step of Harmony - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 4 EmptyDom 07 Fev 2016, 20:25

Página 4 ⁞ Post 11 ⁞ Status: Normal


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Guilty

O plano A foi falho, mas como sempre tenho um plano B e além, as probabilidades - e um pouco de sorte - cantaram ao meu favor. E que canção bela, a melhor que meus ouvidos podiam escutar, a da liberdade.

Estava livre daqueles estorvos, não que estivesse cansado da prisão, não havia passado nem um dia lá, mas não era bem um local que eu gostaria de ficar.  Ah, mas eu não posso... Droga. Levei as mãos até o rosto, entre meus cabelos e bufei, irritado comigo.

Ah, eu não posso. — olhei para trás, o homem iria levar a culpa pelos meus atos, e então dei meia volta. Era hora do plano C.

Eu não iria dar de frente com os guardas, eles eram combatentes experientes e estavam em vantagem numérica, seria difícil ganhar. Minha alternativa era simples, chamar atenção. E tendo uma voz potente, por que não gritar?

EI! IDIOTAS! VOCÊS ACREDITARAM MESMO NISSO? — gritaria alto. Muito alto, para eles não se fazerem de surdos e ignorarem, uma vez que tinham um bode expiratório, mas se tratando de lutadores que defendiam a ilha, com certeza o orgulho deles falaria mais alto. E, é claro, começaria a gargalhar - como parte da encenação - para irrita-los tanto como poderia.

As vantagens de se submeter a isso? Simples, eu conseguiria dar uma chance ao homem e a raiva cega, te faz tomar decisões precipitadas e em uma luta isso pode lhe custar caro, um movimento em falso e pronto. São dois coelhos em uma cajadada só, e pronto, presa abatida.

Quebrando o silêncio na calada da noite, chamando tanta atenção, era possível atrair maus olhares, e isso envolvia outros membros do clã Ant-Bullet. Por tais motivos, ficaria atento as redondezas para não ser surpreendido, ou seja, estaria pronto para me atirar para os lados se percebesse alguém chegando furtivamente por trás ou pelos flancos. Tomaria distância como poderia e me prepararia para um possível confronto, recuando e observando.

Conseguindo irrita-los e fazendo-os virem ao meu encontro eu "correria" em uma velocidade quase igual a deles para leva-los para longe dali, quando eles tivessem esperançosos correria de verdade entrando em algum beco - esse eu teria que ver o outro lado da rua para ter certeza de entrar - e despistando-os, voltando rapidamente para o local. O tempo seria curto mas eu me prepararia para lutar contra os homens que impediam o inocente de ir para casa.

No caso, eu seria uma espécie de anti-herói, não era tão ruim.

Um pouco de culpa - muita - me fez decidir que não deixaria aquele homem ser preso, ele podia ter uma esposa que dependesse dele, talvez até filhos, eu não poderia estragar os dias de uma família.

Era torcer para dar certo.




____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]  | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Buggy
Coringa
Coringa
Buggy

Créditos : 16
Warn : I - A Step of Harmony - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 30/07/2015
Idade : 22

I - A Step of Harmony - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 4 EmptySeg 08 Fev 2016, 14:42


Post: Where: Malkiham Wheater: Time:

Algemado



Filha da puta. Não acredito que ele me usou tão descaradamente para fugir. Devo me lembrar sempre que não sou o único astuto neste mundo. Com um grito, um aviso, ele conseguiu fazer nossos papéis se inverterem. Maldito ladrão de violinos, ele realmente me pegou... Se ele houvesse proposto uma parceria, eu até teria aceitado. Sua inteligência e improviso são quase tão bons quanto os meus. Kotomine certamente o aprovaria.

Mas agora preciso descobrir como sair dessa enrascada. São três caçadores Ant Bullet contra mim: lutar está fora de questão. Se for para eliminá-los, teria que ser um por um, sem que eles me percebam. Mas, por enquanto, estou bem visível. Inventar mentiras seria difícil, já que o ladrão praticamente convenceu os homens que eu era seu parceiro, ou seja, um criminoso. Não tenho tempo para ficar na prisão, tenho um trabalho a fazer. Preciso achar um jeito de sair daqui...

Aguardaria um momento onde os guardas não olhassem para mim e estivessem distraídos. Neste momento, procuraria por algum objeto que pudesse ser de uso em minha volta: uma chave, uma arma, algo que possa me ajudar. Assim que pegasse o item, escondê-lo-ia dentro de minha manga longa, e fingiria que nada havia acontecido. Viraria para os caçadores e diria:

O que diabos vocês estão fazendo? Vão deixar ele fugir! Sou um subordinado do vendedor de instrumentos musicais, e vim aqui para ver se o violino é nosso!

Com sorte, eles iriam atrás do violonista, me deixando com apenas um guarda. Neste momento, lhe diria :

Bom, pode me interrogar se quiser. Mas eu mereço uma chance de defesa antes de ser preso sem nenhuma prova.

Enquanto me encaminhasse pela sede, estaria sempre atento ao que Kotomine queria me mostrar com esta marca. Se eu visse algum objeto que possa vir a ser de utilidade mais para frente, eu fingiria uma crise de tosse fortíssima, e, me aproximando do item, curvaria meu tronco, fazendo como se fosse segurar minha barriga de dor, enquanto o pegaria e rapidamente esconderia na minha manga. Logo diria, recuperando meu fôlego:

Desculpe, eu tenho uma asma horrível, e ando tendo muitos ataques ultimamente.

Ao chegar onde ele me levasse, sentaria onde ele me indicaria e lhe diria, a voz chateada:

Você realmente acredita que sou um criminoso?

Caso ele me perguntasse minha profissão, lhe diria que era assistente do vendedor de instrumentos musicais, mas também um ator de teatro. Se ele me perguntasse o que estava fazendo ali, diria que estava prestes a recuperar o violino e checar se era nosso mesmo. Preciso sair dessa prisão, o mais rápido possível. E tirar essas mil vezes malditas algemas.






OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Akuma Nikaido
Pirata
Pirata
Akuma Nikaido

Créditos : Zero
Warn : I - A Step of Harmony - Página 4 10010
Data de inscrição : 03/08/2012

I - A Step of Harmony - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 4 EmptyQua 10 Fev 2016, 12:06

A situação não era nada boa para Nero, mas Shira, sentindo-se culpado, tentava novamente ajudá-lo. Seu grito alertou os guardas e, em um timing perfeito, o prisioneiro aproveitava para instigar os guardas que, rapidamente, iam no encalço do musicista, deixando o carcereiro e seu refém a sós.


- Assistente na loja de instrumentos? Pois bem! Amanhã checaremos sua história, quando trouxermos o dono aqui! Já pra cela, anda! -


Nero era esperto e contara com seus engodos e sua perspicácia, mas não imaginara que a fúria do homem o deixaria irracional. Estava sendo seguro firmemente pelo colarinho enquanto era empurrado para a cela antes ocupada por Shira. Mesmo que quisesse, não conseguiria pegar nada naquele momento. Não vira nada no caminho que pudesse ser de interesse para o trabalho de Kotomine.


- Se vire durante à noite. Pelo menos terei um pouco de álcool pra me consolar! -

Dizia, enquanto tomava um gole da garrafa confiscada de Nero. Sua mente teria de trabalhar muito agora se quisesse se livrar. Tinha algumas horas para pensar, mas será que encontraria um meio de reconquistar sua liberdade? E mais: o que Kotomine queria ao marcar a sede do clã? Aparentemente ou a resposta estava mais escondida do que parecia ou encontrava-se no exterior dela, e não em seu interior.

Já um pouco longe dali, Shira gastou alguns minutos em uma falsa fuga até, por fim, decidir despistar os guardas. Acelerando o máximo possível, entrou rapidamente em um beco e saiu na rua do outro lado, crente que havia obtido sucesso. Mas se, durante a perseguição, houvesse virado para trás em algum momento, teria visto que os caçadores haviam se separado. E, ao atravessar o beco, dera de cara com o segundo homem.


- Peguei você! -

O caçador parecia triunfante enquanto seu companheiro, agora, cercava Shira por trás. O musicista estava em apuros, seu plano parecia ter voltado contra si mesmo.

Naquele mesmo instante um homem mascarado entrava na sede do clã e, virando-se para o carcereiro, falava, irritado:


- COMO OUSA DEIXAR UM PRISIONEIRO ESCAPAR? NÓS NUNCA TIVEMOS ALGO ASSIM EM NOSSA HISTÓRIA. FERRY SABERÁ SOBRE ISSO, MAS, ENQUANTO ELE NÃO VOLTA, EU MESMO TE PUNIREI! VOCÊ VAI TRABALHAR DO LADO DE FORA ATÉ REBOCAR A NOSSA PAREDE PICHADA. QUERO AQUELES NÚMEROS APAGADOS PELA MANHÃ! -

Apenas naquele instante é que o mascarado via Nero preso atrás das grades. A atenção virava-se para ele e encarava-o por alguns instantes. O que será que ele queria?
Orientações:
 

Citação :
Citação :
Shira Yarin:

Posts: 11
EdC: 0
Ganhos: Violino
Perdas: -x-

Citação :
Nero Blackwater:

Posts: 10
EdC: 0
Ganhos: Garrafa de bebida (confiscada) (6/10), bilhete, mapa da cidade, mapa do zoológico
Perdas: 20.000 berries
Vício: 4/10

Citação :
"Doctor":

Posts: 3
EdC: 0
Ganhos: -x-
Perdas: -x-

Citação :
Vlad Nishiyama:

Posts: 2
EdC: 0
Ganhos: -x-
Perdas: -x-
Compulsão: 2/10
Vício: 2/10

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Buggy
Coringa
Coringa
Buggy

Créditos : 16
Warn : I - A Step of Harmony - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 30/07/2015
Idade : 22

I - A Step of Harmony - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 4 EmptySex 12 Fev 2016, 22:06


Post: Where: Malkiham Wheater: Time:

Mudança de marés



Há! Esse homem pelo jeito tomou um belo golpe do karma. As forças da natureza, enigmáticas como são, sempre fazem jus a seu status. E o carcereiro agora sofreu com seu poder. Ele não quis me ouvir, não quis ceder à razão e à mentira, pois bem, agora ele recebia uma dura punição de seu chefe. E, principalmente, aquele era meu bilhete fora desse lugar. O homem mascarado deve se curvar mais facilmente a minha manipulação, já que seus sentimentos não estão abalados.

Outra coisa importante é a menção aos números pichados na parede do recinto. Burro! Como pude não pensar nisso antes? Preciso permanecer focado e com meu raciocínio afiado, ou poderei me encrencar cada vez mais. Não posso permitir deslizes como esse me atrapalharem. Meu primeiro e último erro!

O homem mascarado voltou sua atenção para mim. Excelente. O show agora pode começar. Meu semblante estaria desolado, porém também desconcertado e revoltado. Olharia para os olhos deste homem, e, minha voz sobrecarregada de emoções proclamaria, instável:

Meu caro senhor, devo dizer que seu subordinado, em uma ação impetuosa e sem fundamentos, me pôs neste encarceramento. Veja bem, sou apenas um mero subordinado do vendedor de instrumentos musicais, que veio para checar se o homem realmente havia roubado o item de nossa loja. Pois bem, aquele violino não nos pertence. Porém, levado pela cólera, ele me prendeu. Pois, lhe peço humildemente, meu caro senhor, que me solte, pois não cometi nenhum crime a nossa sociedade.

O discurso seria longo e bem formulado, para convencer o homem a me liberar. Caso ele não me soltasse, eu não protestaria, pois discutir com alguma autoridade nunca resulta em nada. Ao invés disso, eu sentaria no chão, a face pensativa, e diria, ponderando:

De que números o senhor está falando? Estou seguindo bastante a street art, e certamente isso deve ter um sentido, mesmo que seja vandalismo. E acho que posso até mesmo descobrir o autor!

Se ele me liberasse, sairia do recinto, abaixando meu chapéu e daria a volta completa do edifício, buscando os números pichados. Ao vê-los, sairia de perto da maldita sede do maldito clã Ant-Bullet, e iria ao próximo marco no mapa.






____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Kekzy
Tenente
Tenente
GM.Kekzy

Créditos : 15
Warn : I - A Step of Harmony - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 21
Localização : Utopia - 7ª Rota

I - A Step of Harmony - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 4 EmptySab 13 Fev 2016, 21:40

Página 4 ⁞ Post 12 ⁞ Status: Normal


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
All in

Correr, essa era a minha única opção. E que outra opção teria? Enfrentar dois brutamontes? Não, isso nem passava pela cabeça, o resultado seria mais que óbvio.

Meus pés estavam leves como penas, e a adrenalina tomava conta do meu corpo, e nem a dor no meu joelho pode me impedir de me mandar dali. O grito atiçara a raiva dos guardas, inflamando-a como fogo, e eu não queria estar perto o suficiente para me queimar. Agora, quem estava com problemas era eu, mas o peso nos meus ombros se foi, eu havia dado a ele uma chance, cabia ao homem aproveitá-la. A única coisa que faltava era conseguir escapar dali.

Minha respiração estava pesada, um suor frio me descia a testa e ameaçava entrar nos meus olhos, passei a mão e joguei a gota fora enquanto corria. Não era cansaço em si, mas a adrenalina e o estresse da situação, era a primeira vez que ousava fazer algo assim, das tantas coisas que podiam dar errado, tenha uma certeza, cada uma delas passou pelo menos duas vezes pela minha cabeça.

Desviei a rota de fuga para um beco, era ali que terminava, o homem ainda me seguia pelo barulho de seus passos, mas eu estava a frente e o despistaria ali. Engano meu. Meus pés deslizaram pelo chão em um freio repentino, meu joelho roxo quase me fez cair, e meu coração acelerou tanto que podia sentir seus pulsos subindo pela minha garganta e correndo pelos meus pulsos. Recuei rapidamente para trás, três passos, pronto para correr para a direção oposta, dei de cara com o outro perseguidor estava encurralado. Não. Não! NÃO! Isso não podia estar acontecendo. Não deveria estar acontecendo, não era esse o plano, como pude acabar encurralado?!

Droga...
Droga...
DROGA!

Isso não está certo, não era pra acontecer, eu havia feito tudo certo... Onde falhei? Droga, de novo, xingaria todos os palavrões que conhecia e também os que não conhecia, danem-se os modos, se tivesse tempo para isso, claro, mas não tinha. Estava preso, não tinha para onde fugir, cercado como um coelho pronto a ser abatido por sua presa. Eu precisava de um plano, e rápido. Mas o que fazer nessa situação? Observar, olharia com toda atenção que o tempo me permitisse ao redor, precisava encontrar algo que me ajudasse, tinha que haver algo, não podia acabar assim, logo quando eu havia posto as mãos no violino, não queria abrir mão dele...

A pressão imposta pelos dois homens em cima de mim era intensa, nunca sentira algo parecido, nunca estive tão perto de cair dessa corda bamba que era a minha situação. Um passo em falso e o jogo havia acabado para mim. Já havia mentido, trapaceado, enganado, uma vez na cadeia eu não sairia de lá por um bom tempo e isso estava fora dos meus planos. Não que eu tivesse um, estava perdido naquela ilha, mas convenhamos, seria um atraso na minha vida que eu não poderia me dar o luxo. E aliás, eles não eram a marinha ou o governo mundial para eu me preocupar em não reagir.

Precisava de algo, alguma coisa que me permitisse ganhar alguma vantagem, uma parede escalável, um cano em que pudesse subir, uma lata de lixo - ou algo em que pudesse ganhar altura - para usar como apoio para um salto rumo aos telhados. Algo. Desespero. Tinha uma bomba relógio em minhas mãos prestes a explodir, precisava me livrar dela.

Para cima era a opção mais viável, mas fazer isso seria difícil. Precisava de algum ponto de apoio para por os pés e me impulsar com um salto para cima, agarrar com as mãos a borda do telhado e subir. Não tendo nada como apoio tentaria correr contra a parede nessa curta distância e chuta-la para fora, o beco apertado provavelmente me proporcionaria condições para isso, chutando as paredes rapidamente alcançaria o nível dos telhados, agarrando-os e subindo - lembrando de jogar as pernas para cima para não serem agarradas pelos homens. Era a minha melhor opção, pois usar as pernas era algo que eu sabia fazer, e bem, e o violino estaria seguro comigo. Mas algo já havia dado errado nos meus planos, estava mais precavido, mais atento, meus sentidos tão afiados como podiam naquela situação de perigo. Não era só a minha melhor alternativa, mas a minha única, pois não conseguiria dribla-los em um lugar tão apertado, mesmo sendo esguio eu reconheço meus limites.

Na minha desesperada esperança eu sabia de uma coisa, se isso falhasse minha única alternativa era lutar. Logo, o jeito deles me pegarem era quando eu já estivesse correndo contra a parede, provavelmente pelo primeiro ou segundo chute se fossem rápidos, eles tentariam me puxar pelas pernas, pelo menos era o que previa, e prevendo isso eu desviaria contra a outra parede, remexendo bem os pés e pernas para escapar de suas mãos e daria um chute duplo nos dois homens enquanto caia, minha habilidade em acrobacias me proporcionariam alguma segurança no movimento, e quando caísse no chão deixaria o violino rolar para o lado, atirando-o sem força, o suficiente para não me machucar com ele na queda.

Agora minhas mãos estariam livres e aproveitaria esse curto momento em que eles tivessem sido pegos de surpresa pelo meu golpe - muito provavelmente já que suas mãos estariam indo em direção as minhas pernas, e não protegendo seus rostos -, pousaria-as no chão e giraria para obter força para mais um golpe giratório contra os homens, levando o meu calcanhar em velocidade contra seus rostos, mirando mais adentro, perto da orelha para se esquivassem tivesse chances de acertar o queixo, precisava de um golpe em cheio para deixa-los atordoados.

Eu precisava fazer ser uma luta de um único lado e não dar chances para eles, era a minha única chance, então assim que desse o golpe - acertando ou não - deixaria as minhas pernas caírem rapidamente, ainda com sua velocidade, me apoiando sobre as mãos e abrindo uma espécie de escala, tendo que girar todo o corpo junto com o apoio dos braços para acertar nos seus pontos de equilíbrio, os joelhos. Seria uma bicuda na região posterior, onde além de doer bastante teria a chance de derruba-los caso acertasse em cheio. E, conseguindo derrubar algum deles, ou os dois, usaria ainda meu impulso para desferir um chute lateral em seu queixo, jogando-o contra a parede, estenderia o braço para pegar o violino e segura-lo firme e me alavancaria com a energia rotacional para disparar contra o beco, agora livre.

Era a minha única chance, precisava fazer dar certo.



Spoiler:
 





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]  | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




I - A Step of Harmony - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: I - A Step of Harmony   I - A Step of Harmony - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
I - A Step of Harmony
Voltar ao Topo 
Página 4 de 13Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 11, 12, 13  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Malkiham Island-
Ir para: