One Piece RPG
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter YTcHx


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Mini - Hikari no kushaku] O alvorecer dourada
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor Mephisto Hoje à(s) 20:52

» [MEP] - Hikari no kushaku
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor Mephisto Hoje à(s) 20:49

» Giorgino Escanor
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor Gina Hoje à(s) 18:19

» [Mini- ItoEis] Dinheiro, dinheiro, dinheiro
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor ItoEis Hoje à(s) 16:23

» [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor Mugen Hoshi Hoje à(s) 15:43

» ~ Mudanças Importantes ~
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 12:52

» ~ Bombas & Explosivos ~
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 12:42

» Drake
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor CrowKuro Hoje à(s) 12:00

» [MEP] -FuryousRavenloft
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor FuryousRavenloft Hoje à(s) 10:55

» [Mini-FuryousRavenloft]-O Preço da Liberdade, Vingança se inicia!
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor FuryousRavenloft Hoje à(s) 10:53

» Sette Bello
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor Pippos Hoje à(s) 01:07

» [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor Yuusaku Hoje à(s) 00:08

» Salazar Reis Wegis
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor KingSalazar Ontem à(s) 22:51

» Samantha Evergreen
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor ADM.Hoyu Ontem à(s) 22:09

» Naitlyn Daisy
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor ADM.Hoyu Ontem à(s) 22:00

» Jinne Belmont
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor ADM.Hoyu Ontem à(s) 21:59

» Julian D'Capri
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor ADM.Hoyu Ontem à(s) 21:56

» Noelle Eisenhower
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor ADM.Hoyu Ontem à(s) 21:46

» Alipheese Fateburn
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor ADM.Hoyu Ontem à(s) 21:21

» Skÿller Van Der Veen
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Emptypor ADM.Hoyu Ontem à(s) 21:10

Facebook

------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG


Conheça o Fórum NS


Compartilhe
 

 [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter

Ir em baixo 
AutorMensagem
Yuusaku
Membro
Membro
Yuusaku

Créditos : Zero
Warn : [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter 10010
Data de inscrição : 26/10/2012

[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Empty
MensagemAssunto: [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter   [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter EmptyDom 07 Abr 2019, 17:01

Nome: Salaam Takasu
Idade: 16 anos
Sexo: Masculino
Raça: Humano
Tamanho: Normal
Estilo de Combate: Lanceiro
Localização: Dawn Island
Grupo: Civil
Vantagens: Visão na Penumbra
Desvantagens: Mau Humor
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
love.licia
Membro
Membro
love.licia

Créditos : 6
Warn : [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter 10010
Feminino Data de inscrição : 20/01/2019
Idade : 19

[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter   [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter EmptyTer 09 Abr 2019, 21:59

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: http://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

____________________________________________________

Ficha
Aventura

- Fala. -
"Pensamento."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Yuusaku
Membro
Membro
Yuusaku

Créditos : Zero
Warn : [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter 10010
Data de inscrição : 26/10/2012

[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter   [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter EmptyQui 11 Abr 2019, 23:46

Desde criança, eu via meu pai saindo para caçar com seu rifle e queria ir algum dia com ele, e com frequência o via chegar cedo pela manhã e perguntava quando ele me ensinaria a atirar também, mas essa pergunta era sempre recebia com um olhar pouco animador. "Algum dia, Salaam...", dizia sempre que chegava, enquanto entrava em casa após passar a noite fora. Com o passar dos anos, meu interesse aumentava, até que um dia ele disse que iria me ensinar a caçar, mas não com armas. Há um ano, ganhei uma lança de presente, e meu pai me ensinou a usá-la e a caçar alguns animais pequenos com ela, e com prática, comecei a ir sozinho.

Infelizmente, quando meu sonho de infância se tornou a minha rotina, eu percebi que era muito menos emocionante do que eu imaginava, pois não havia riscos, e não exigia muito de mim além da paciência para me aproximar de algum animal pequeno sem ser percebido e abatê-lo com um só golpe, tudo já era automático e eu não estava mais satisfeito, mas continuava caçando semanalmente pela força do hábito.

Contudo, hoje eu tentaria fazer diferente. Já havia decidido que não voltaria para casa antes de encontrar algum alvo que fosse me trazer algum desafio, algum risco, e me permitir sentir a emoção que eu esperava de ser um caçador. "Se eu me bater com algo realmente grande, eu preciso de uma lança melhor, senão provavelmente vou acabar me machucando, ou pior.", pensei, e resolvi que devia comprar uma arma melhor se fosse fazer algo que envolvia o mínimo de perigo. Procuraria pelo meu quarto o dinheiro que havia juntado desde que comecei a caçar sozinho, assim como a minha antiga lança, pois caso não tivesse o suficiente para comprar uma nova, poderia entregar ela para completar o que faltasse, ou apenas tentar a minha sorte com a mesma. Após juntar todo o dinheiro que tinha e pegar a arma que usava há tanto tempo, iria sair à procura de um ferreiro ou uma loja de armas, perguntando às pessoas pelo caminho como chegar lá caso não encontrasse o lugar.

- Com licença, saberia me dizer para onde fica o ferreiro mais próximo? Estou precisando comprar algumas coisas. - Por alguma razão, não me sentia tão confortável em perguntar sobre uma loja de armas e apesar de não saber exatamente por quê, não me questionei muito. Apenas seguiria pelo caminho que me indicassem e, quando chegasse lá, tentaria negociar pra não ter que oferecer tudo o que tinha em mim pelo que eu queria.

- Olá, você teria alguma lança à venda? Eu estou procurando por uma com comprimento de aproximadamente dois metros. - Caso o ferreiro, ou vendedor, me trouxesse uma, eu tentaria negociar o preço para que pudesse pagar com o tinha encontrado em casa. - Isso é o suficiente pra pagar por ela? - Diria, oferecendo inicialmente metade do dinheiro que trazia comigo. Se não fosse o suficiente, aumentaria a oferta para dois terços do que tinha, e também daria minha antiga lança como pagamento.

- Certo, então isso aqui deve dar? - Se ainda não fosse o suficiente, eu, relutantemente, tentaria o último lance, com todo o dinheiro que tivesse. - Eu não posso dar mais nada além disso, espero que não ache que isso aí vale tanto.

Se conseguisse comprar a lança, sairia com minha arma nova em busca de alguma trilha que desse para a floresta, e iniciaria minha busca por algum desafio que valesse a pena.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
love.licia
Membro
Membro
love.licia

Créditos : 6
Warn : [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter 10010
Feminino Data de inscrição : 20/01/2019
Idade : 19

[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter   [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter EmptySex 12 Abr 2019, 23:00

Salaam deixava sua morada, uma construção simples feita com tijolos e cimento localizada na parte externa das muralhas de Dawn Island ficava, apesar de não ser extravagante era o local que o garoto havia crescido com seu pai um dos caçadores mais reconhecidos naquela região, e ao contrário de seu progenitor o jovem caçador utilizava uma lança como arma de caça, mas as diferenças acabavam nesse ponto, pois Salaam possuía as habilidades de um excelente caçador mesmo sendo tão novo o rapaz já conseguia abater animais pequenos com facilidade, porém todo esse progresso havia custado caro, as caçadas tornaram-se monótonas e repetitivas, Salaam já não sentia o mesmo prazer em perseguir suas presas diferente de quando começou.

O jovem porém ótimo caçador caminhou alguns minutos pela periferia de Dawn Island, as casas em sua maioria estavam construídas em concreto, mas algumas eram de madeira, porém todas demonstravam algo algo em comum, as paredes eram desgastadas e esburacadas além de não possuírem nenhuma pintura, a vizinhança era cinza dando um ar de melancolia e tristeza que se expandia por todo o local, tal atmosfera refletia nos moradores a maioria ali possuía um semblante de tristeza e cansaço a vida na região periférica era difícil, os civis que não tinha o sangue nobre precisavam trabalhar muito até o esgotamento para conseguirem sobreviver naquele lugar, o único ar de esperança daquele lugar estava nas crianças que apesar das dificuldades brincavam e se divertiam alegremente com o pouco que tinham.

O movimento naquela parte da ilha era pequeno, alguns idosos estavam sentados em frente suas casas sentados em bancos de madeira enquanto fofocavam, pouquíssimos mercadores caminhavam carregando suas mercadorias, e alguns grupos de crianças corriam pelas ruas brincando de pique, era por volta de oito horas da manhã não havia nuvens no céu, fazendo com que os raios solares castigassem ainda mais daquelas almas desafortunadas, porém uma sutil brisa de vento fresco percorria a ilha tornando a sensação térmica mais agradável.

Enquanto Salaam caminhava pela cidade um alto barulho metálico pode ser escutado, era como um estalo duas estruturas de metal se chocando o estalo se repetia em um ritmo constante, então o habilidoso caçador pode observar uma estreita entrada de protegida por um portão de ferro que naquele momento estava aberto, possuindo uma placa de madeira com uma bigorna e um martelo talhados no material, era claramente o local onde um ferreiro trabalhava.

Salaam passou pela entrada sem maiores problemas pois apesar de estreita ela comportava facilmente uma pessoa, porém o interior era espaçoso e um balcão de madeira separava o garoto de um homem de costas com cabelos grisalhos que estava sentado no chão martelando algo que Salaam não podia enxergar na posição atual o homem continuou a martelar produzindo o mesmo estalo metálico porém dessa vez o barulho ecoava pelo local podendo incomodar o jovem caçador, o ferreiro estava tão concentrado em seu serviço que apenas parou de trabalhar ao escutar a voz de Salaam tomando um leve susto.

O homem ficou de pé e virou-se para o seu novo cliente expondo um sorriso amarelado no rosto, o ferreiro aparentava ter por volta de sessenta anos, com o rosto cheio enrugado, e marcas roxas de olheira indicando que não dormia direito, apesar do cansaço e olhar desgastado o velho demonstrava ser bem receptivo e prontamente foi até um balcão.
- Nunca te vi por aqui antes garoto, o que trás até minha forja? É raro eu receber clientes tão jovens. -

Salaam fez sua proposta ao ferreiro, o caçador havia encontrado cerca de dez mil bellys em sua casa assim como sua principal parceira a lança que usou para caçar nos últimos três anos, porém o semblante do homem não era muito motivador, o ferreiro parecia desapontado com.

O velho ferreiro respirou fundo e colocou suas mãos calejadas de tanto trabalhar sob o balcão inclinando o corpo para frente observando a arma do garoto.
- Desculpe jovem, mas não posso te vender nada da minha forja por esse preço, não me leve a mal mas também preciso sobreviver nesses tempos de dificuldade nenhum mercador ou ferreiro da região vai te vender nada por tão pouco. - A voz do ferreiro soava rouca e grave.
O velho virou seus olhos para o cliente a sua frente.  - E recomendo não usar essa lança, a ponta está desgastada e o cabo está fragilizado ela não vai aguentar nem mais um golpe. -
O ferreiro então voltou a sentar-se no chão e continuou seu trabalho martelando o objeto desconhecido, apesar de nem ter tocado na lança o ferreiro não demonstrava estar mentindo e nem possuía motivos para fazê-lo.

Orientação:
 

____________________________________________________

Ficha
Aventura

- Fala. -
"Pensamento."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Yuusaku
Membro
Membro
Yuusaku

Créditos : Zero
Warn : [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter 10010
Data de inscrição : 26/10/2012

[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter   [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter EmptyDom 14 Abr 2019, 18:58


Enquanto andava pela cidade, observava que o tempo estava muito bom, sem muitas nuvens e com uma temperatura agradável, o que me animava ainda mais para o que eu viria a fazer. Por outro lado, as ruas pareciam miseráveis como nunca e era possível perceber nos olhares cansados e vazios a dureza da vida que cada uma das pessoas por quem eu passava levava, o que era ainda mais acentuado pela frieza da paisagem formada pelas paredes das casas e prédios e os únicos que pareciam se manter felizes eram as crianças. "Como esses moleques são irritantes.", pensava, já que nunca gostei de crianças, e naquele momento não seria diferente.

Após um tempo de procura, finalmente encontrei um ferreiro onde poderia comprar uma lança, mas não tive tanta sorte quanto esperava, pois ele julgou que minhas ofertas eram insuficientes para pagar pelos seus produtos, e ainda disse que eu não devia tentar usar a minha arma antiga. "Quem esse velho tá achando que é? Eu devia testar aqui mesmo se a minha lança aguenta mais um golpe ou não.", falava para mim mesmo, enquanto apertava o cabo da minha lança. No entanto, apesar de ter ficado muito irritado com a situação, os olhares desolados e tristes pelos quais eu passei visitaram minha memória novamente, e eu me dei conta do quão duro devia ser o ofício do senhor que continuava martelando desde que eu cheguei, e quando percebi eu já estava pensando em voz alta, enquanto olhava para o chão ao meu redor.

- Não, não posso dificultar ainda mais a vida dele, por mais que... Mas eu ainda preciso disso, o que eu vou fazer?

Quando notasse que estava falando sozinho, me recomporia e começaria a pensar no que eu poderia fazer a partir daquele momento. Levaria em consideração o conselho do ferreiro, então simplesmente ir com a arma que eu já tinha estava fora de cogitação, pois se ele estivesse certo, seria arriscado demais, então a opção mais óbvia era convencer o homem a me dar a lança mesmo eu tendo pouco dinheiro. Como ainda era manhã, eu teria um bom tempo antes do fim da tarde, quando eu planejava sair de fato para caçar, já que a visibilidade estaria um pouco menor, o que me permitiria esconder-me mais facilmente e eu já estava acostumado a enxergar com pouca luz. Voltaria minhas atenções ao senhor, e tentaria convencê-lo de alguma forma, esforçando-me para controlar o incômodo da situação.

- Olha, você tá perdendo uma oportunidade muito grande por não me vender essa lança, mas tudo bem. Eu estou vendo que você está bem ocupado, será que eu não poderia te ajudar com alguma coisa para compensar o dinheiro que falta? Eu te garanto que você não vai se arrepender.

Esperava que ele tivesse que entregar algo a alguém, ou buscar algo em algum lugar e não poderia em razão das ocupações que tinha em sua oficina, mas aceitaria qualquer coisa que ele oferecesse, pois não tinha muitas outras formas de conseguir uma arma, já que não tinha quase nenhum dinheiro. Apesar de tudo, ouvir ele martelando o tempo todo deixou-me curioso sobre o que ele estaria fazendo, mesmo que não fosse nada demais.

- Ei, e o que você tanto martela aí? É mais alguma arma que meu dinheiro não consegue pagar?

Se mesmo depois de tudo, o ferreiro ainda não tivesse nada de que precisasse e eu não tivesse como conseguir minha arma, eu sairia pela cidade, procurando por um bar ou restaurante, onde comeria e beberia alguma coisa, pois não tinha feito antes de sair de casa e provavelmente começaria a ficar com fome em breve. Chegando lá, procuraria saber o que estava à venda.

- Vocês tem um cardápio aqui? Se possível, com os preços, porque aparentemente não tô bancando nada hoje.

OFF:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
love.licia
Membro
Membro
love.licia

Créditos : 6
Warn : [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter 10010
Feminino Data de inscrição : 20/01/2019
Idade : 19

[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter   [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter EmptySeg 15 Abr 2019, 20:56



O ferreiro coçou a região posterior de sua cabeça com as pontas dos dedos enquanto segurava o martelo com a mão livre e permaneceu alguns segundos encarando o trabalho incompleto, o homem virou o rosto encarando um relógio analógico preso a parede da forja, e soltou um suspiro de frustração e cansaço. - Mas que garoto persistente… - O velho ferreiro resmungou para si, mas Salaam conseguia escutá-lo.

Com uma certa dificuldade o homem apoiou-se nos próprios joelhos e se levantou, novamente voltando para o balcão de madeira, mas dessa vez o ferreiro colocou a mão nos bolsos e tirou algumas moedas, exatos quinhentos bellys, ele as depositou na mesa e disse como se quisesse voltar logo para seu trabalho exaustivo. - Se você seguir pela calçada saindo da minha forja e continuar caminhando reto verá um um cruzamento, parecendo uma encruzilhada, quando encontrá-la vire a direita mas sem sair da calçada, continue andando um pouco mais e verá uma loja de doces, é só dizer para a velha que você quer o pacote do Atílio, pegue o pacote, e entregue esse dinheiro, depois volte aqui, então verei o que posso fazer por você. No final o homem apenas enrolou para dizer que era apenas para Salaam dar a volta no quarteirão para encontrar a tal loja de doces.

Então quando o ferreiro novamente iria voltar ao seu trabalho a pergunta de Salaam foi feita, mas dessa vez o velho sorria alegremente e respondeu sem esconder a felicidade presente em sua feição. - Nenhum dinheiro no mundo poderia comprar essa coisa que tanto martelo, é um presente para minha neta, hoje ela vem me visitar e ainda falta terminar alguns detalhes, que gostaria de fazer antes de Mia chegar, a propósito os doces que você vai comprar são os favoritos dela. -  Antes de continuar a falar Atílio percebeu que deixou se levar e acabou falando mais do que deveria, ficando um envergonhado pois tentava demonstrar uma imagem de durão mas no fundo é um avô que adora sua neta Mia.

O ferreiro Atílio tossiu algumas vezes cobrindo a boca com a mão tentando disfarçar a vermelhidão no rosto enquanto se recompõe. - Ei garoto, esqueci de falar antes, em frente a loja de doces tem uma placa com um gato preto, e a dona parece uma bruxa velha, deve ter mesma idade que eu, não tem como se confundir. -

A situação tornou-se favorável para Salaam que antes encontrava-se sem saber o que fazer pois o dilema de não querer causar mais problemas ao velho ferreiro, ao mesmo tempo em que precisava de uma nova lança para poder ir em busca de um desafio que realmente valha a pena, porém agora tudo parece estar resolvido com a simples proposta de Atílio.

Orientação.:
 



____________________________________________________

Ficha
Aventura

- Fala. -
"Pensamento."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Yuusaku
Membro
Membro
Yuusaku

Créditos : Zero
Warn : [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter 10010
Data de inscrição : 26/10/2012

[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter   [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter EmptyQui 18 Abr 2019, 19:00


Enquanto esperava a resposta do velho ferreiro, eu apertava o cabo da minha lança com a mão direita e apontava-a para o piso, movendo-a levemente formando círculos no ar. Percebi que ele reclamou da minha proposta mas não me incomodei tanto, já que após isso ele começou a vir na minha direção, mexer nos bolsos e em seguida se dirigiu a mim, me oferecendo que fosse buscar alguns doces, o que me pareceu um pedido estranho, mas que fez mais sentido após ele falar de sua neta. Era perceptível que ele gostava muito dela, o que me irritava só de pensar no quão mimada pelo avô ela devia ser. "Até mesmo um ferreiro encontra tempo pra se preocupar com crianças... Provavelmente devia pensar mais em si mesmo, mas paciência."

- Obrigado por isso, voltarei o mais rápido possível. Prometo que não vai se arrepender! - Tentava passar algum entusiasmo nas minhas palavras já que apesar de a ideia de comprar um presente para uma criança irritante me incomodar um pouco, eu não tinha alternativas melhores no momento. Então, pegaria o dinheiro que o ferreiro havia deixado sobre a mesa, colocaria-o junto do meu e seguiria pelo caminho que ele havia indicado; sairia do estabelecimento e caminharia até encontrar o cruzamento, viraria à direita e e seguiria andando, com o mau humor aos poucos dando lugar ao entusiasmo, pois finalmente teria uma arma nova, e poderia seguir com o que queria fazer há tanto tempo.

No caminho, pensaria sobre a descrição da mulher e de sua loja feita pelo ferreiro. "Gato preto, gato preto... Que tipo de loja de doces tentaria chamar atenção com uma placa assim? Isso não afastaria as crianças?" Parando pra pensar um pouco, as características descritas soavam um pouco estranhas juntas; uma bruxa velha vendendo doces numa loja com uma placa de gato preto me parecia meio bizarro, mas talvez isso fosse alguma tendência entre os mais novos, e eu não estava com vontade o suficiente para questionar os gostos alheios e apenas pensava em resolver o que tinha em mãos.

Continuaria andando pela rua observando as pessoas por quem passasse e a frieza das casas e prédios, até que encontrasse a placa conforme descrita pelo ferreiro, bateria na porta para então entrar na loja e esperaria ser atendido por alguém, de preferência que não atendesse tanto às características que me foram antecipadas. Quando achasse alguém, tentaria fazer o pedido de Atílio, para que então pudesse voltar para sua forja sem muita demora. "Pelo menos não preciso fingir gostar de ninguém aqui, só preciso pegar o que o velho me pediu, e voltar pra loja dele."

Ao entrar na loja, olharia para as paredes e para a decoração, assim como os móveis, para ter uma melhor ideia do ambiente em que me encontrava. Além disso, procuraria por algum relógio nas paredes, para saber quanto tempo ainda tinha até escurecer e faria o pedido que me levava até o lugar - Bom dia, eu vim buscar o pacote do Atílio... Ele pediu para que eu o levasse até ele. - Caso não encontrasse um relógio na loja, perguntaria também o horário. - Ah, e que horas são?

Apesar da ansiedade para sair de lá, tinha a estranha sensação de que não seria tão simples quanto pagar pelos doces e ir embora, e por isso estava o tempo inteiro segurando a lança com a minha mão direita, como se antecipando algum ataque. Se nada demais acontecesse até que me trouxessem o pacote que o velho pediu, pagaria os quinhentos bellys e voltaria para a forja pela mesma rua que havia tomado até a loja de doces, mas sempre tentando olhar para trás e para os lados, buscando alguma coisa diferente no caminho de volta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
love.licia
Membro
Membro
love.licia

Créditos : 6
Warn : [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter 10010
Feminino Data de inscrição : 20/01/2019
Idade : 19

[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter   [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter EmptyDom 21 Abr 2019, 00:47

Yuusaku deixou a forja em direção a loja de doces, que sem maiores problemas foi encontrada pelo caçador graças a placa com o gato preto talhado, a entrada da loja era bem discreta com apenas uma porta de madeira além das paredes, sem nenhum tipo de vitrine.

A porta rangeu ao ser aberta como se quisesse anunciar a presença do rapaz, dos fundos da loja surge uma mulher alta trajando vestes negras em contraste com sua pele excessivamente pálida,
a mulher desfilou até Yuusaku os olhos verdes dela pareciam brilhar no ambiente escuro iluminado por velas que refletiam o vermelho das paredes, um forte cheiro de cereja dominava o local a decoração era um tanto quanto rústica, móveis antigos porém em perfeito estado de conservação, a proprietária sorriu com o canto dos lábios ao escutar o que o Yuusaku tinha para dizer e entregou a ele um
pacote de papel com o mesmo gato da placa estampado.- Jovem caçador, devolva esse dinheiro para aquele velho teimoso, se tiver a oportunidade diga a Mia por mim que é um presente, afinal não é todo dia que uma garota faz treze anos. - A mulher então retornou para o fundo da loja praticamente desaparecendo em meio ao ambiente escuro, tudo nela parecia estranho os cabelos platinados, a pele perfeitamente jovem sem rugas ou marcas de idade, o fato dela saber a ocupação de Yuusaku apenas por observa-la, a proprietária realmente se parece com uma bruxa, e aquela loja de doces com certeza assustaria qualquer criança.

Durante o caminho de volta nenhuma anormalidade ocorreu, Yuusaku estava com o pacote em mãos e tudo se encaminhava bem, porém ao dobrar a esquina para retornar a forja Yuusaku esbarrou em Atílio que segurava uma lança abraçava uma menina de cabelos alaranjados, a garota chorava enquanto estava com voltado para o peitoral do velho, e um pouco mais atrás está um homem vestido roupas de couro adornadas com spikes, e usando um cabelo moicano preto, ele também segurava um chicote com uma das mãos e uma coleira presa a um enorme cachorro cinza.

Atílio estava com as costas esnguentafas provavelmente por causa dos golpes que recebeu do chicote, o velho ferreiro sorria aliviado ao encontrar o caçador e entregou para ele a lança que segurava.- Rapaz, proteja Mia e eu te darei essa lança, ele quer sequestra-la. Por favor... -

Antes de que Atílio terminasse de falar ele foi acertado por outro golpe de chicote tendo que ajoelhar-se para não cair, o sequestrador gargalhava sadicamente e disse. - Velhote me dê essa garota, conheço gente que pagaria uma pequena fortuna por uma mercadoria tão valiosa. -

Orientação.:
 

____________________________________________________

Ficha
Aventura

- Fala. -
"Pensamento."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Yuusaku
Membro
Membro
Yuusaku

Créditos : Zero
Warn : [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter 10010
Data de inscrição : 26/10/2012

[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter   [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter EmptyHoje à(s) 00:08


Apesar de não ter acontecido nada demais, a sensação estranha que a loja de doces me fazia sentir acabou não sendo completamente sem sentido, pois a dona realmente tinha alguma coisa de especial sobre ela, já que ela se dirigiu a mim como caçador mesmo que eu não tivesse falado nada sobre mim. De qualquer forma, acabei não precisando pagar pelo presente da neta do ferreiro, então talvez isso melhorasse o humor dele e tornasse-o mais generoso.

A volta para a forja foi bem calma, o que me permitiu não me preocupar muito com meus arredores e apenas em chegar o mais rápido possível, mas a calmaria acabou junto com o meu percurso pois ao me aproximar do meu destino encontrei Atílio, que parecia ter sido atacado em sua forja e estava fugindo com uma criança, enquanto atrás deles estavam um homem com um chicote e um cachorro. Ele me entregou uma lança e pediu que protegesse sua neta, e antes que eu pudesse entender exatamente o que estava acontecendo, o homem flagelou mais uma vez as costas do velho e eu tornei minha atenção para a menina.

- Você é a Mia, né? Olha, eu trouxe um presente do seu avô pra você, só não vale ficar chorando, hein? - Deixaria o pacote de doces aos pés da menina, tentaria olhar para ela e dar um sorriso, então me viraria para o ferreiro, e pegaria a lança com ele. - A "bruxa velha" disse que era um presente, então depois disso aqui eu devolvo seu dinheiro.

Aquela cena era deplorável de tantas formas que eu não conseguia saber o que estava me irritando mais, entre a roupa ridícula do homem que atacara o ferreiro, eu ter que proteger uma menina de treze anos, ou saber que algum desgraçado por aí teria interesse nela, mas pelo menos não precisava mais me preocupar em lidar com esses sentimentos já que já tinha a arma pela qual buscava e um alvo à minha frente, então só precisava pensar em como lidar com o homem e seu animal. "Considerando que ele está usando um chicote e anda com um cachorro, ele provavelmente não vai querer se aproximar muito de mim, acho que não vão ser tão imprevisíveis." Me colocaria entre o ferreiro e o sequestrador, segurando com a mão direita a base da lança, e colocando a minha esquerda próxima ao seu centro.

- Eu achei que ainda tinha muito o que fazer até que meu dia realmente começasse mas parece que o universo realmente conspira ao nosso favor, agora eu tenho uma arma e alguém com quem compartilhar minhas frustrações.

Tentaria atacar antes que o homem tivesse tempo para pensar no que fazer, já que ele provavelmente não estava contando com a intervenção de alguma terceira pessoa. Correria apontando a lança em sua direção, como se planejasse atacá-lo com uma estocada, mas na verdade estaria esperando que ele soltasse o cachorro para me impedir, e se isso acontecesse, eu tentaria usar do alcance da lança para pegá-lo de surpresa. Se o cachorro pulasse em minha direção, seguraria a lança nas duas extremidades, usando o meio do cabo para interceptá-lo, afastar-me de sua trajetória e jogá-lo no chão, para então perfurá-lo na barriga com a ponta da lança quando estivesse no chão. Caso ele se aproximasse de mim sem pular, tentaria girar meu corpo em sua direção e desferir um golpe na diagonal com a lança, buscando acertar e cortar uma região próxima ao seu pescoço. Se o homem não soltasse o cão para me atacar, continuaria indo em sua direção visando perfurar seu abdome, e então puxaria a lança para baixo enquanto a retirasse, para causar ainda mais danos.

Se o homem me atacasse à distância com o chicote, tentaria bloquear o ataque com o cabo da lança, tomando vantagem do seu comprimento e cuidando para que o chicote não se enrolasse nela e ele acabasse me desarmando, e se ele coordenasse seus ataques com o animal que tinha consigo, priorizaria defender-me do cachorro.



OFF:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter   [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Mini-Yuusaku] Big Game Hunter
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura-
Ir para: