A Grande era dos Piratas



 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [M.E.P.] Valerie Valentine
por Valerie Valentine Hoje à(s) 0:36

» [MINI - Valerie Valentine] Sussurros de Ohara
por Valerie Valentine Hoje à(s) 0:29

» Mini - Saskwatch - Futuro promissor
por Saskwatch Ontem à(s) 23:56

» Mini - Saskwatch - Futuro promissor
por Saskwatch Ontem à(s) 23:55

» [M.E.P] Lou White
por Brandt Ontem à(s) 23:27

» [Mini- Lou] True Damage
por Brandt Ontem à(s) 22:32

» [MINI-Big Brady] O Início
por Big Brady Ontem à(s) 22:08

» [Mini-Aventura] José Cardoso
por Rottweiler Ontem à(s) 21:02

» Aaron DeWitt
por GM.Yami Ontem à(s) 20:50

» Masaru Rokudo
por ADM.Raizen Ontem à(s) 20:32

» [Mini - EmperorNie] Em meio ao cheiro de tabaco
por EmperorNie Ontem à(s) 18:00

» [Mini - Last] - O Mini-aventureiro
por Hisoka Kurayami Ontem à(s) 17:40

» [MINI-SovereignHajime] O Começo da Jornada
por SovereignHajime Ontem à(s) 12:09

» [Mini - Freccia] Acordar
por Freccia Ontem à(s) 4:54

» Bell Farest
por Far Ontem à(s) 3:18

» [Mini - Night] - A despedida e o início
por Mephisto Ontem à(s) 2:41

» [Mini - Keel Lorenz] - A New Dawn
por Keel Lorenz Ontem à(s) 0:27

» [M.E.P] Freccia
por Fanalis B. Ria Ter 19 Mar - 23:14

» [MINI-Hanabi] Happy New Year
por Fanalis B. Ria Ter 19 Mar - 20:23

» [Mini - Elivelton Carneiro] - O Perdido
por Makei Ter 19 Mar - 17:18

Facebook

------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG


Conheça o Fórum NS


Compartilhe | 
 

 [MINI-Big Brady] O Início

Ir em baixo 
AutorMensagem
Big Brady
Membro
Membro
Big Brady

Créditos : Zero
Warn :
Masculino Data de inscrição : 09/03/2019

MensagemAssunto: [MINI-Big Brady] O Início   Seg 11 Mar - 23:06

Nome: Dante Redgrave
Idade: 23
Sexo: Masculino
Raça: Humano
Tamanho: Normal
Estilo de Combate: Espadachim
Localização: Micqueot - North Blue
Grupo: Civil
Vantagens: Ambidestro - Você possui um elevado nível de destreza manual, podendo executar tarefas com as duas mãos/pés sem sofrer penalidades.
Desvantagens: Código de Conduta - nunca desobedecer seus superiores, seja o Capitão da sua tripulação, ou um marinheiro de patente superior.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hisoka Kurayami
Cabo
Cabo
Hisoka Kurayami

Créditos : 9
Warn :
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

MensagemAssunto: Re: [MINI-Big Brady] O Início   Qua 13 Mar - 12:51

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: http://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

____________________________________________________



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Big Brady
Membro
Membro
Big Brady

Créditos : Zero
Warn :
Masculino Data de inscrição : 09/03/2019

MensagemAssunto: Re: [MINI-Big Brady] O Início   Qua 13 Mar - 15:53

Dentro da cabeça de Dante passava todo tipo de pensamento, desde as promessas feitas ao pai a suas preocupações com a mãe, imaginava o vasto oceano, repleto de mistérios e segredos. Pulsava no seu coração, a promessa feita ao pai, de limpar os oceanos da escória pirata, daria enfim o seu primeiro passo, bastava-lhe agora se alistar em um QG da marinha.

De onde estava, Dante primeiramente buscaria ver se avistava o QG da marinha, caso contrário procuraria algum estabelecimento confiável, como uma padaria ou um restaurante, para buscar essa informação, por último iria tenta avistar algum transeunte que aparentasse conhecer bem a cidade para questiona-lo sobre a localização do QG da marinha, além disso ficaria atento caso em algum momento passasse algum marinheiro fardado.

Assim que encontrasse a oportunidade, Dante educadamente lhe perguntaria: - Olá Senhor(a) Tudo bem? O Senhor poderia me dar uma informação? Sou novo na cidade e gostaria de saber como chego no QG da Marinha?

Ao ser respondido, Dante cordialmente agradeceria: - Obrigado Senhor(a), passar bem.

“Enfim entrarei na marinha, estou realmente ansioso por isso”

Legenda:
Narração
- Fala
"Pensamento"

Off: Não sei se ficou curto, fiquei meio perdido no primeiro post. Desde já agradeço a orientação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hisoka Kurayami
Cabo
Cabo
Hisoka Kurayami

Créditos : 9
Warn :
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

MensagemAssunto: Re: [MINI-Big Brady] O Início   Qui 14 Mar - 18:03



Mini-Aventura




Era início de inverno em Micqueot. Naquela manhã, a cidade estava coberta por uma bruma ofuscante responsável por amorar grande parte dos raios solares que vertiam pelas nuvens carregadas na abóbada celeste. O zéfiro denso parecia penetrar os ossos dos cidadãos, ainda que a maior parte estivesse muito bem protegida com suas indumentárias fartas e forradas. Eles caminhavam de cabeça baixa, sem muita pressa, abraçando o próprio corpo com as mãos na expectativa de apaziguar a sensação térmica. Impressionantemente ainda não nevava, talvez pelo ar seco que dispunha de pouquíssima umidade, a qual limitava-se a embeber os roxos lábios rachados da população.

Um dos citadinos era um rapaz aspirante a marinheiro. Dante arriscava-se na atmosfera álgida sem as peças de roupa correlatas ao clima, mas relutava de corpo frêmito, agarrando-se ao anseio de seguir os passos e sonhos do pai. Ele procurava pelo quartel general da ilha, no entanto, a forte neblina mal o permitia enxergar o fim do quarteirão onde estava. Era guiado, em sua maioria, pelas luzes dos postes e estabelecimentos. Um em especial, de letreiros bem cintilantes, o chamou a atenção. Assim que abriu a porta, um sininho acoplado na entrada soou, indicando a sua entrada junto a uma bafagem gélida que irrompeu o recinto. O bálsamo de trigo imediatamente ascendeu às narinas, culminando num rápido acúmulo de saliva na mucosa oral. Havia adentrado numa padaria, nada opulenta por sinal. Nos flancos, havia balcões de vidro com uma série de ingredientes, à esquerda para doces, à direita para salgados. No fundo, logo depois de um pequeno lance de dois degraus, num tablado superior, havia um outro balcão, este de madeira, responsável por abrigar o recepcionista. Era um homem vestido com um avental, que carregava o logo da loja no peito, e um chapéu de cozinheiro. Ele estava pálido, sinal que o frio assolava-lhe mesmo dentro da residência.

– Oi, companheiro. Gostaria de algo? – Perguntou de sobrancelhas arqueadas e braços abertos, deslocando os lábios esquálidos num sorriso para recepcioná-lo. – Oh, entendo... Ele fica próximo à Adega One. Na verdade, deveria conseguir vê-lo daqui, mas a névoa deve estar o impedindo... – Levou a mão ao mento e direcionou o olhar para baixo, pensando na validez da própria justificativa. – Sabe... Você deveria ficar aqui um pouco mais. Está muito frio, não acha? Pode acabar com uma hipotermia. – Sugeriu com o queixo franzido. Era difícil ler as suas intenções, no entanto, não havia dúvidas que o ambiente lá fora estava praticamente inóspito, principalmente para Dante que não trajava as roupas adequadas. Provavelmente ouvi-lo e acatar com seu pedido fosse mais sensato naquele instante. – Então... O que trouxe você até aqui? – Se Dante optasse por ficar, o homem apoiaria o cotovelo sinistro no balcão e o queixo na base do carpo, buscando puxar assunto com o garoto sem muita pretensão, talvez somente para quebrar a atmosfera silenciosa instaurada.

Dicas e Instruções:
 


____________________________________________________



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Big Brady
Membro
Membro
Big Brady

Créditos : Zero
Warn :
Masculino Data de inscrição : 09/03/2019

MensagemAssunto: Re: [MINI-Big Brady] O Início   Sab 16 Mar - 23:54


Dante sentia um grande alívio logo ao entrar naquela padaria, o vento gelado parecia atravessar os seus ossos, não duraria muito tempo sem agasalhos naquele imenso frio. Logo ao adentrar no recinto Dante sentiu o cheiro do trigo que lhe fizera salivar, cheiro esse que lhe confortava, pois parecia esquentar a alma congelada pelo frio das ruas. Os salgados e doces expostos no balcão do local também lhe chamavam a atenção.

“Ahhh, o que eu não daria por um desses salgados com um chocolate quente.”

O recepcionista do local lhe recebeu bem e lhe explicou que o QG da Marinha não estava tão distante. Dante se aliviava ao saber que o QG não estava tão distante, mas não sabia como prosseguir diante de tanto frio. Contudo antes que pudesse pensar em algo o recepcionista lhe convidava para ficar um pouco.

Dante lhe sorriu agradecido: - Obrigado senhor, de fato tenho a impressão de que iria acabar desmaiado nesse frio.

Dante não pretendia extrapolar a hospitalidade do homem, mas estava muito frio para ficar sem um casaco. Então com a boca ainda tremendo pelo frio Dante lhe pedia: - O senhor teria um casaco ou algo que eu pudesse me agasalhar?

Se a resposta fosse positiva e o recepcionista lhe entregasse um casaco, Dante se agasalharia de imediato e ainda utilizaria os braços para abraçar seu corpo, ao mesmo tempo que tentaria pôr as mãos para dentro do casaco numa tentativa de aquecê-las um pouco. Dante então se aproximaria do balcão e responderia o homem, buscando também lhe puxar papo.

Caso tivesse um resposta negativa, ele procuraria se afasta da porta ou de qualquer lugar que passasse aquela fria corrente de ar do lado de fora, buscaria proteger suas mãos dos frios as colocando embaixo da camisa. Aí então responderia o homem:

- Eu busco ingressar na marinha, eu vim para essa ilha porque era o QG mais próximo, mas realmente não sabia que era a mais fria de todo North Blue.

Dante buscaria também colher algumas informações sobre a ilha e aquele clima tenebroso: - Então por aqui é sempre assim? ou eu dei azar? Acha que o clima vai melhorar em algum momento?

“Ainda bem que não vou ter que encarar esse frio por enquanto, mas se o clima não amenizar vou acabar morrendo de tédio aqui.”

Legenda:
Narração
- Fala
"Pensamento"

Off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hisoka Kurayami
Cabo
Cabo
Hisoka Kurayami

Créditos : 9
Warn :
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

MensagemAssunto: Re: [MINI-Big Brady] O Início   Seg 18 Mar - 23:57



Mini-Aventura




Dante sabia que o frio lá fora poderia ser um enorme empecilho em sua jornada, talvez até mesmo capaz de lhe infligir mazelas severas. Por isso, decidiu acatar com a sugestão do padeiro e se manter um pouco mais aquecido dentro de seu estabelecimento que acabava recebendo um pouco de calor dos fornos que assavam os pães e salgados na sala dos fundos. Ainda assim, a sensação térmica continuava sendo um tormento para o aspirante a marinheiro, ao ponto de fazê-lo pedir por um agasalho, ao menos para que pudesse reter parte de sua temperatura corpórea que exauria aceleradamente.

– Oh... Tenho sim. Farei um achocolatado também. – Comentou modestamente com as sobrancelhas erguidas. – Por conta da casa, hahaha. – Com as palmas das mãos a frente do tronco e um sorriso franco, ele já adiantava que o rapaz não precisaria se preocupar com o pagamento. – Pegarei nos fundos. – Alertou, apontando para a porta em suas costas com o polegar sobre o ombro.

Bastou que abrisse o compartimento para que Dante sentisse uma aragem cálida contra seu corpo, tal como o eflúvio de trigo fomentado, quase como se estivesse com um pão em suas mãos. De lá, o garoto conseguia ouvir frêmitos metálicos de panelas abalroando e baques surdos contra uma mesa de madeira, sugerindo que o padeiro estava preparando algo como havia prometido. Entretanto, passados alguns minutos, os ruídos cessaram subitamente, o que poderia intrigar Dante. O insólito silêncio, então, foi irrompido bruscamente por um grave clamor pávido, causando um sobressalto no menino:

– AHHHHH!!! – O brado foi sucedido por um alto ruído, este que poderia ser possivelmente identificado como um recipiente de metal caindo e rolando pelo chão. Após o fragor diminuir paulatinamente, a tensa quietude voltou a reinar no local. Dante poderia agir sob o consciente curioso e averiguar o que acontecera, porém iria se expor ao perigo, ou sucumbir ao medo e evadir do estabelecimento, mas teria de enfrentar o martírio frio lá fora.

Dicas e Instruções:
 


____________________________________________________



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Big Brady
Membro
Membro
Big Brady

Créditos : Zero
Warn :
Masculino Data de inscrição : 09/03/2019

MensagemAssunto: Re: [MINI-Big Brady] O Início   Ontem à(s) 22:08


Dante era só alegria por dentro após o padeiro lhe oferecer um achocolatado, embora o frio lhe impedisse de demonstrar todo a gratidão que sentia. “Nossa que homem bondoso, eu pedi somente um cassaco mas vou acabar ganhando um achocolatado”. Ainda tremendo um pouco do frio Dante agradecido lhe respondia: - Obrigado senhor, muito obrigado mesmo.

O aroma de trigo que vinha dos fundos somado ao som da panelas fizeram Dante relaxar, o jovem já se imaginava fazendo uma bela refeição em alguns minuto, chegava até a salivar ao pensar em um achocolatado quentinho descendo em sua garganta. “Ahh mal posso esperar, esse achocolatado vai salvar meu dia”.

Dante acordou do seu pequeno sonho após escutar um súbito grito seguido pelo destoante som de metais caindo ao chão. O jovem pensava no pior, assim tentaria se esgueirar silenciosamente para próximo da porta dos fundos aonde o senhor cozinhava, já com mão no cabo da espada pronta para desembainha-la caso necessário. Buscaria do canto da porta, sem dar vistas, olhar o que estava acontecendo lá dentro, procuraria identificar o que aconteceu ali.

Se conseguisse ver mais alguém além do padeiro, buscaria primeiramente identificá-lo como pirata ou alguém que atacou o padeiro, se fosse o caso buscaria um brecha para ataca-lo e defender o padeiro. Se esse possível invasor estivesse atacando, sacaria a espada de imediato e defenderia o ataque contra padeiro com a espada, buscando ficar entre o agressor e o padeiro, se por acaso o possível agressor se utiliza-se de uma arma de fogo, buscaria saltar e empurrar o padeiro para tira-lo da linha fogo, após isso buscaria espaço para atacar a arma e desarma o agressor.

Se não houvesse ninguém e pudesse ter percebido que apenas foi um escorrego do padeiro, apenas se afastaria um pouco e perguntaria se ele precisava de ajuda. – Está tudo bem senhor, precisa de ajuda?

Se por acaso não conseguisse ver nada do que ocorrera, agiria com ainda mais cautela e buscaria escutar qualquer possível som ou conversa que pudesse ajudar a identificar o que aconteceu.

Legendas:
Narração
- Fala
"Pensamento"

Off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [MINI-Big Brady] O Início   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[MINI-Big Brady] O Início
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A Grande era dos Piratas :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura-
Ir para: