One Piece RPG
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 YTcHx


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Mini - Hikari no kushaku] O alvorecer dourada
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor Mephisto Hoje à(s) 20:52

» [MEP] - Hikari no kushaku
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor Mephisto Hoje à(s) 20:49

» Giorgino Escanor
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor Gina Hoje à(s) 18:19

» [Mini- ItoEis] Dinheiro, dinheiro, dinheiro
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor ItoEis Hoje à(s) 16:23

» [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor Mugen Hoshi Hoje à(s) 15:43

» ~ Mudanças Importantes ~
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 12:52

» ~ Bombas & Explosivos ~
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 12:42

» Drake
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor CrowKuro Hoje à(s) 12:00

» [MEP] -FuryousRavenloft
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor FuryousRavenloft Hoje à(s) 10:55

» [Mini-FuryousRavenloft]-O Preço da Liberdade, Vingança se inicia!
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor FuryousRavenloft Hoje à(s) 10:53

» Sette Bello
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor Pippos Hoje à(s) 01:07

» [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor Yuusaku Hoje à(s) 00:08

» Salazar Reis Wegis
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor KingSalazar Ontem à(s) 22:51

» Samantha Evergreen
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Ontem à(s) 22:09

» Naitlyn Daisy
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Ontem à(s) 22:00

» Jinne Belmont
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Ontem à(s) 21:59

» Julian D'Capri
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Ontem à(s) 21:56

» Noelle Eisenhower
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Ontem à(s) 21:46

» Alipheese Fateburn
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Ontem à(s) 21:21

» Skÿller Van Der Veen
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Ontem à(s) 21:10

Facebook

------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG


Conheça o Fórum NS


Compartilhe
 

 [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
ADM.Raizen
Administrador
Administrador


Data de inscrição : 18/04/2011

[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador    [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 EmptyQui 11 Abr 2019, 18:27

Mini-Aventura Reaberta!


Mini-aventura reaberta a pedido do player, caso não possua mais um Orientador, deverá refazer uma MEP e aguardar para voltar a ser orientado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arrepiado
Membro
Membro
Arrepiado

Créditos : Zero
Warn : [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 10010
Data de inscrição : 02/03/2019

[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador    [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 EmptyQui 11 Abr 2019, 21:48


- Nossa Yue, você está muito ferida, não tente mais, só se vai magoar ainda mais. Sim, deixa comigo, eu vou tentar me soltar com isso.

Tom, sorrateiramente, esticaria a sua mão para pegar o pedaço de vidro da mão da garota, e ao mesmo tempo estaria atento no homem para não ser apanhado. Ao pegar o caco da mão da garota, Tom conseguia sentir o seu nervosismo pela maneira como ela estava tremendo.

Tom brinca com a situação, numa tentativa de animar a garota - Não é todos os dias que se acorda amarrado numa caverna... Agora  a sério, eu também estou um pouco nervoso com isto tudo, e eu não me assusto com pouco. Mas vamos deixar as emoções de lado, e vamos focar em sair daqui.

Já com o pedaço de vidro na sua mão, Tom estava preparado para se desamarrar. Visto que tinha, não só as pernas, como também os braços amarrados, tentaria alcançar as cordas com o vidro, dobrando o pulso e esticando a mão.
No caso de não conseguir, pediria à Yue para segurar o vidro e cortar as cordas que o amarravam a ele nos braços, para posteriormente ele cortar as cordas que o amarravam nas pernas. Se ele se conseguisse soltar, desamarraria a garota e procurariam um sítio para se esconderem ou para fugirem do homem.

Legenda:
 

OFF:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 37
Warn : [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 22
Localização : The Wonderful Land

[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador    [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 EmptyTer 16 Abr 2019, 22:49

Interação!
A jovem sorria diante da ajuda daquele que poderia ser seu único aliado e o entregava o vidro com alguma dificuldade, então o pegava e começava a cortar as cordas, não demorando a conseguir finalmente se soltar. Como suas mãos não tinham a pele tão fina quanto a da garota, acabou não se cortando, dando a oportunidade de também soltar a jovem, de forma que não demorava até que os dois se livrassem, mas no instante em que cortou as cordas dela, escutou algumas palavras e sentiu uma paulada com força na cabeça.

- Não era para vocês terem acordado... –


Com isso, sem saber quanto tempo havia se passado, acordou em uma sala escura. Junto dele, haviam mais três pessoas, estando todas presas por correntes em uma mesa no centro da sala. Foi aí que percebeu que as outras duas das três pessoas estavam acordando e começaram a se questionar em relação ao que estava acontecendo naquele lugar, já que a visão era bastante afetada pela escuridão, de forma que se debatiam, fazendo com que o barulho das correntes fosse escutado. A primeira voz era feminina, da mesma garota de antes e a segunda, masculina, parecendo ser um homem também jovem, estando ambos desesperados sem saber o que ocorria.

- O que está acontecendo aqui? –

- Mas que droga é essa? Quem são vocês, o que fizeram comigo? -

Luzes:
 

Foi então que as luzes se acenderam e as correntes ficaram visíveis, haviam duas correntes ligadas em cada pessoa, sendo presas aos capacetes de metal que mais pareciam baldes que cada um utilizava, elas se ligavam aos capacetes pela parte de trás e pela parte da frente. Na parte de trás, se estendiam até cerras redondas desligadas e na parte da frente, estavam indo até uma mesa no centro onde havia uma chave, dando para se notar que cada pessoa estava com a corrente da frente conectada ao capacete da pessoa ao seu lado, com exceção dos dois que estavam no meio.

Nesse instante, o último detalhe notável naquela sala de concreto fez contato, era um den den mushi bastante velho sobre uma mesa, ele apontava para a parede a frente das pessoas e ligou seu projetor, transmitindo o que parecia ser um boneco branco com uma peruca de forma que era calvo e tinha espirais vermelhas desenhadas nas bochechas, então com uma voz bastante fina e perturbadora, conforme mexia seus lábios, foi falando sobre o que ocorria.


Jigsaw:
 

- Olá, nenhum de vocês deu valor a vida, sempre estavam fazendo coisas inúteis, enquanto pessoas sofriam cuidando de suas famílias e sofrendo na miséria... A única coisa que faziam era ficar vagando por aí sem nenhum propósito, sendo um peso para sociedade, mas hoje, vocês vão renascer, hoje, vocês vão aprender a dar valor a vida, eu quero jogar um jogo... –

Nesse momento as cerras que estavam atrás das pessoas que estavam no meio da sala, entre as cerras e a mesa do centro com a chave começaram a rotacionar.

- Para se libertarem, existe apenas uma chave, se verificarem atrás de suas cabeças, existe um cadeado, no momento em que a chave for colocada em um dos cadeados, ela nunca mais sairá, ficará presa nele para sempre, além disso, as correntes vão começar a puxar todos vocês para trás, sendo que elas estão ligadas à pessoa do lado tanto pela frente, como por trás, formando um arco, ou seja, sempre que você for para frente, a pessoa do lado vai para trás e vice-versa, de toda forma, daqui um minuto, a corrente vai ser tão tracionada para trás que o pino na mesa não vai aguentar, estourando, quando isso acontecer, será impossível de se alcançar a chave localizada na mesa... No momento em que ela for alcançada por alguém, a pessoa do lado morre.... –

- QUEM É VOCÊ? DESGRAÇADO! O QUE ACHA QUE ESTÁ FAZENDO? EU SOU UM TENENTE DA MARINHA, VAI SE VER COMIGO! –

- AAAAAAAAAAAAH! –

O homem começou a reclamar gritando, enquanto a mulher deu um berro, o que levou à quarta pessoa na sala a acordar sem entender nada do que estava acontecendo, por alguma razão, a pessoa que era também claramente um homem, não falava nada, ficando apenas fazendo alguns gemidos com a boca enquanto se levantava, aparentemente as correntes não tinham começado a puxar ainda, mas isso poderia começar a qualquer momento.

- Só mais uma coisa, eu quero jogar, então... Que os jogos comecem! –

DICAS E ORIENTAÇÕES:
 

____________________________________________________

[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 FanalisG
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Unknown[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Imagem4
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arrepiado
Membro
Membro
Arrepiado

Créditos : Zero
Warn : [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 10010
Data de inscrição : 02/03/2019

[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador    [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 EmptySex 19 Abr 2019, 12:55


Acordei meio atordoado, com dores na cabeça, e dei-me conta que tinha algo ligeiramente pesado enfiado na cabeça. Instintivamente tentaria tirar à força aquilo da minha cabeça, que me estava a dificultar a visão e a respiração, e pelo tacto me parecia ser um balde de metal. Naquele momento percebi que tinha gente ao pé de mim, e ouvi duas vozes a perguntarem o que se estava a passar. A primeira reconheci e soube identificar que era da garota de antes, e a segunda voz não reconheci, mas me parecia ser de um homem jovem.

- Yue, você também está aqui! Parece que eles nos apanharam quando nos estavamos a soltar. Eu estou com umas dores na cabeça, devem ter me dado uma pancada bem forte que me pôs inconsciente. Agora não estamos sozinhos, temos mais gente para ajudar a sair dessa encrenca. E aí cara, sou o Tom, prazer. Estamos com o mesmo problema, vamos unir forças e sair daqui.

Foi ai que se acenderam umas luzes. No caso de não ter conseguido tirar o capacete na minha tentativa de anteriormente, pensaria: Afinal esse balde não me estava a tapar a visão, apenas estava escuro. Na verdade, isso me tira uma boa parte da visão periférica, ou seja, sempre que eu quiser ver alguma coisa, vou ter que virar o pescoço e ficar bem de frente para ela. Mas tranquilo, eu dou um jeito.
Olhei à minha volta e percebi a situação das correntes, da mesa com a chave e das cerras, e que eramos 4 no total.
Posteriormente, apareceu um cara estranho projetado na parede para a qual nós estavamos virados, e nos explicou como iria funcionar o jogo.

Comecei a ter uns suores frios, derivado do estresse e da ansiedade daquela situação, afinal eu tinha que sobreviver num jogo de um cara completamente psicopata.
O Jigsaw anunciou que os jogos começavam naquele momento, e eu passaria imediatamente à ação. Primeiramente tentaria alcançar a chave. Se conseguisse, usaria ela para abrir o capacete. Se não desse resultado, tentaria cortar as correntes na cerra, com muito cuidado para não me cortar a mim mesmo. Se nada desse resultado, perguntaria:
- Gente, vocês têm alguma ideia? Ei tenente, você é forte? Tem algum tipo de poder que nos tire daqui?


OFF:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 37
Warn : [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 22
Localização : The Wonderful Land

[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador    [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 EmptySex 19 Abr 2019, 17:52

Combate!
Yue parou de gritar e ficou em silencio um pouco, escutando o que Tom dizia atentamente e tentando se acalmar, olhava para o rapaz e o respondia um pouco mais calma, parecia estar dando um leve sorriso, apesar de não dar para ver sua boca com o capacete de metal que a garota estava utilizando e as luzes apagadas.

– Sim, vamos conseguir sair daqui! Minha cabeça também dói, ele me acertou logo depois de você. –

- Prazer, meu nome é Peter, estamos com problemas mesmo, mas o que vamos fazer? -

Assim que foi respondido pelo rapaz, foi quando as luzes se ascenderam e as regras foram explicadas, a primeira ação de Tom foi a pior coisa que ele poderia fazer naquela situação, pois quando ele avançou indo na direção das chaves, ao esticar sua corrente, um som de algum gatilho foi escutado, sendo que conforme avançou, sua corrente, que estava ligada à corrente de Peter, puxou o rapaz para trás, fazendo com que ele se irritasse e gritasse furioso.

- SEU IDIOTA! O QUE VOCÊ FEZ? NEM SEQUER TIVEMOS TEMPO DE PENSAR! EU NÃO VOU MORRER EM UM LUGAR ASSIM! –

Assim que ele terminou de falar, com as correntes começando a puxar vagarosamente, o homem que continuava gemendo saiu correndo na direção da chave soltando seus gemidos. – HUUUUM! HUUUUM! – o que fez com que Yue fosse puxada para trás na direção da serra, mas com isso, a garota começou a se forçar para frente e a gritar também desesperada.

- EI, NÃO SE MEXA, PARE COM ISSO, DESSE JEITO EU VOU MORRER! –

Foi aí que vários alçapões se abriram no teto e deles, caíram algumas armas que se espalharam pelo chão, com algumas quase acertando aqueles que participavam do que para muitos seria uma tortura, entre as armas, estavam pistolas, revolveres, espadas, ninjakens, machados, martelos. Foi então que o Peter, o homem com quem Tom estava conectado com a corrente pegou uma ninjaken e disse.

- Se eu te matar, vai ser tudo mais fácil, é melhor seguir as regras, eu realmente não vou morrer em um lugar como esses, me desculpe! –

DICAS E ORIENTAÇÕES:
 

____________________________________________________

[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 FanalisG
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Unknown[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Imagem4
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arrepiado
Membro
Membro
Arrepiado

Créditos : Zero
Warn : [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 10010
Data de inscrição : 02/03/2019

[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador    [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 EmptyTer 23 Abr 2019, 15:35


Quando estou correndo para a frente, Peter grita comigo e eu vejo que estou fazendo porcaria por estar pondo a vida dele em risco. Eu tento tranquilizar um pouco os ânimos exaltados dele:
- Desculpa, cara! Eu realmente não estou a pensar bem antes de fazer as coisas. Temos que pensar com calma uma maneira de resolver isto.
Vejo o outro homem correndo em frente, enquanto gemia, e com isso Yue começou a ser puxada para trás na direção da serra. Grito para o homem, não irritado como quando Peter tinha gritado comigo, apenas na intenção de avisar o homem que ele estava fazendo aquilo errado:
- EI CUIDADO, NÃO FAÇA ISSO, ASSIM A GAROTA VAI MORRER!
Pouco depois, várias armas começaram a cair do teto, e Peter me ameaçou que me ia matar para ser mais fácil ele sobreviver.

Eu achei aquilo bastante arrogante e egoísta da parte dele, e já furioso, falaria para ele:
- Eu realmente pensei que podiamos colaborar e sair daqui vivos, mas já vi que com um idiota como você não dá. Eu já não tinha uma boa impressão da Marinha, e agora sabendo que um tenente é capaz de sacrificar as outras pessoas para poder sair vivo de uma situação, passei ainda a odiar-vos mais. Acho que isso não é digno de alguém que faz parte de uma força militar que diz aplicar a justiça e proteger as pessoas. - Faria uma pequena pausa na fala, e pegaria uma pistola do chão, e verificaria se tinha balas. - Pensei até seriamente em me alistar na Marinha, MAS SE FOR PARA TER COLEGAS COMO VOCÊ, PREFIRO MIL VEZES SER PIRATA!

Como sou um caçador, e tenho uma certa aptidão para armas de longo alcance, era prudente usar a pistola em combate, e só em último caso, em que o meu adversário se conseguisse aproximar de mim, é que usaria alguma arma de curto alcance que estivesse próxima de mim no chão.
Passando à luta, afastaria um pouco e flectiria as pernas para me apoiar bem no chão, e concentraria todo o meu peso nelas para me conseguir manter no mesmo sítio, já antecipando que Peter iria correr na minha direção, e que as correntes me iriam puxar na direção dele e da serra. Com a pistola na mão, faria pontaria no peito dele e dispararia. Evitaria mirar em cima, na região da cabeça, já que essa estava protegida pelo capacete. Se não conseguisse acertar no peito tentaria acertar nas pernas pelo menos para conseguir imobilizá-lo. No caso do meu adversário se aproximar de mim, e eu estar a ser arrastado pelas correntes, me esforçaria a correr em direção à mesa da chave, para que ele fosse arrastado em direção à serra. No pior dos cenários, em que nada disso estivesse a resultar, pegaria numa ninjaken do chão, e partiria para a luta de curta distância, que não é lá a minha especialidade.

Investiria contra o meu adversário, e já perto dele, faria um corte na horizontal na zona do abdómen ou do peito, da esquerda para a direita, e no caso de ele se baixar lhe daria um chute, aproveitando o balanço que eu tinha da investida que tinha feito. No caso de ele ir para trás, continuaria com investidas nele, sempre de forma rápida para não lhe dar descanso, e tentaria alternativas, como cortes diretos no abdómen ou cortes diagonais de baixo para cima tanto da esquerda como da direita, e não daria cortes na vertical e na diagonal que começassem de cima, pois seriam completamente ineficazes por causa do capacete. Se ele levasse a melhor e conseguisse um tempo para se desviar e me atacar logo de seguida, adotaria uma postura defensiva com a ninjaken na diagonal, e tentaria bloquear os seus ataques na minha zona do peito e do abdómen, fossem eles na vertical, na diagonal, na horizontal ou diretos. Se ele me atacasse na zona da cintura para baixo, tentaria me esquivar, saltando, se fosse um ataque na horizontal ou direto, indo para o lado se fosse vertical, e indo para trás se fosse diagonal.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador    [Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador  - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Mini - Arrepiado] Um pequeno caçador
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura-
Ir para: