A Grande era dos Piratas



 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Vem me dar oi, eu faço um chá
por Adrian/Vampiro Hoje à(s) 03:53

» Aegir Ran Njord
por SirAlencar Hoje à(s) 02:49

» Mizzushiro T. Arashikage
por Mizzu Hoje à(s) 00:26

» [mini-gubaca] Estrela Cadente
por gubaca Hoje à(s) 00:12

» ||NPC|| Dora Dodgers, a Aventureira - Little Garden
por Bread Ontem à(s) 23:34

» ||NPC|| Boo, "Dog"
por GM.Furry Ontem à(s) 23:07

» NPC || A Aventureira
por GM.Furry Ontem à(s) 23:04

» [MINI - Gark] Alvorecer de uma nova aventura
por BoderoX Ontem à(s) 21:31

» Kaleb Blaze
por West Ontem à(s) 20:36

» Olá e desculpa
por Cubo Nito Ontem à(s) 20:06

» Jarok
por Jarok Ontem à(s) 19:29

» Hornee Diamond
por Bread Ontem à(s) 18:53

» [Mini - B.Bunny] O primeiro dia em Yakira Town
por Makei Ontem à(s) 17:50

» [MINI-kaito]O solitário Kaito
por Fanalis B. Ria Ontem à(s) 17:41

» [M.E.P] - [MINI - Gark] Alvorecer de uma nova aventura
por Makei Ontem à(s) 15:43

» [MINI - Hanatos] - Que o senhor me ensine a viver...
por Hanatos Ontem à(s) 13:47

» [M.E.P - Hanatos] - Que o senhor me ensine a viver...
por Rimuru Ontem à(s) 09:09

» [MINI-Plank] Inicio
por Rimuru Ontem à(s) 08:00

» Gregory Ross
por Wander Ontem à(s) 02:39

» Sol Clair
por mello Ontem à(s) 02:30

Facebook

------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG


Conheça o Fórum NS


Compartilhe | 
 

 [MINI-Misael Luz] Em Busca de Aventuras

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
MisaelLuz
Membro
Membro
MisaelLuz

Créditos : 6
Warn :
Masculino Data de inscrição : 03/02/2019
Idade : 17
Localização : Micqueot

MensagemAssunto: [MINI-Misael Luz] Em Busca de Aventuras   Dom 03 Fev 2019, 14:40

Nome: Misael Luz
   Idade: 18
   Sexo: Masculino
   Raça: Humano
   Tamanho: Normal
   Estilo de Combate: Boxeador
   Localização: Micqueot
   Grupo: Civil
   Vantagens: Genialidade
   Desvantagens: Coração Mole
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hisoka Kurayami
Cabo
Cabo
Hisoka Kurayami

Créditos : 4
Warn :
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

MensagemAssunto: Re: [MINI-Misael Luz] Em Busca de Aventuras   Dom 03 Fev 2019, 18:55

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: http://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

____________________________________________________



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
MisaelLuz
Membro
Membro
MisaelLuz

Créditos : 6
Warn :
Masculino Data de inscrição : 03/02/2019
Idade : 17
Localização : Micqueot

MensagemAssunto: Re: [MINI-Misael Luz] Em Busca de Aventuras   Dom 03 Fev 2019, 20:34

Eu acordo, finalmente completei 18 anos. Após crescer ouvindo histórias lendárias sobre as grandes batalhas e os incríveis feitos de marinheiros lendários, eu finalmente estou pronto para me alistar. Meu pai era um Capitão, ele até foi bem famoso na sua época, Herbo Luz, seu sonho era se tornar Almirante e seu maior desejo era proteger os indefesos das ameaças desse mundo perigoso. Mas seu sonho foi impedido quando ele foi atacado por um navio pirata, sua frota foi quase toda destruída, os sobreviventes foram capturados e torturados por semanas até que fossem resgatados por caçadores de recompensas. Meu pai perdeu as pernas e não pôde mais continuar servindo. Minha mãe teve que se esforçar bastante para cuidar dele e de mim, ela é uma incrível costureira que produz casacos de neve. Ela nunca gostou de piratas, marinheiros, revolucionários, para ela todos são culpados do mundo ser como é, uma bagunça. Por isso, ela e meu pai brigam constantemente sobre o meu futuro.
Eu quero ajudar o mundo, eu não consigo ficar quieto e deixar as pessoas sofrerem devido à ganância dos piratas. Mas não sei se a Marinha é realmente o meu lugar. Não sou especialmente forte como meu pai, apesar de ter sido treinado desde pequeno. Talvez eu me daria melhor trabalhando como agente do Governo Mundial. Esses pequenos detalhes eu decidirei quando me alistar. Não posso esperar mais nem um minuto. Durante o café da manhã, estão todos em silêncio. Minha mãe parece ter chorado a noite toda. Me levanto, pronto para ir. Saúdo meu pai, posso ver o esforço dele para não chorar por trás de seu olhar de orgulho. Me curvo para abraçá-lo em sua cadeira de rodas. Minha mãe não aguenta e rompe em lágrimas e súplicas para que eu reconsidere, lhe abraço também e tento lhe reconfortar. Isso me dói muito, mas já me decidi. Me dirijo até o QG da Marinha mais próximo para me alistar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hisoka Kurayami
Cabo
Cabo
Hisoka Kurayami

Créditos : 4
Warn :
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

MensagemAssunto: Re: [MINI-Misael Luz] Em Busca de Aventuras   Seg 04 Fev 2019, 17:03



Mini-Aventura




O café da manhã conturbado em detrimento dos sentimentos divergentes de seus pais não pareceu abalar Misael. Resoluto quanto ao seu objetivo, o rapaz se despediu dos genitores e saiu de sua residência em busca do alistamento na marinha local. Por sorte, Micqueot dispõe de um quartel general em sua dependência, sendo um dos mais renomados de todo o North Blue inclusive, guarnecido por um notável capitão, Stuart.

Nas ruas da cidade, Misael deparou-se com um grande fluxo de pessoas, as quais caminhavam de um lado a outro pelos comércios e aposentos locais, conduzindo murmurinhos inaudíveis por onde passavam. Era por volta do meio-dia. O céu de poucas nuvens retinha um vistoso sol em seu ápice, responsável pelos raios refúlgidos que acaloravam o ambiente. Sendo uma ilha, Micqueot dispõe de uma boa umidade, culminando num aprazível clima úmido, ainda que quente.

Em alguns minutos de caminhada, Misael vislumbrou um bando de gaivotas cruzando o espaço entre uma grande montanha e uma ínclita construção, emitindo o grasnar característico que abafava a medida que se distanciavam. As aves, enfim, se perderam no horizonte, abrindo alas para o ilustre símbolo celeste da marinha estampado no prédio do quartel general. Isocronicamente a sua apropinquação, o doce bálsamo do sumo de uva ascendeu às narinas, resultado do processo fermentativo feito na Adega One, a mais importante loja de vinho da cidade e uma das mais reconhecidas em todos os mares, localizada ao lado do QG. Lá, Misael subiria um curto lance de escadas, acessando um piso superior onde está o portão principal, constituído por uma enorme dupla porta de aço, cuja espessura é maior que os dois braços do rapaz colocados lado a lado. Além da guarnição física, dois marinheiros adornados com as vestes típicas da organização cruzam suas lanças de modo a formar um "x", impedindo a passagem de qualquer indivíduo desautorizado.

– Quem é você, garoto? O que deseja aqui? – Indagou o da direita com o cenho franzido, direcionando o olhar que denotava julgamento à Misael.

Dicas e Instruções:
 


____________________________________________________



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
MisaelLuz
Membro
Membro
MisaelLuz

Créditos : 6
Warn :
Masculino Data de inscrição : 03/02/2019
Idade : 17
Localização : Micqueot

MensagemAssunto: Re: [MINI-Misael Luz] Em Busca de Aventuras   Seg 04 Fev 2019, 17:25

Misael olharia para o soldado e responderia tentando parecer o mais seguro possível: Meu nome é Misael Luz. Eu vim me alistar para o cargo. Se os soldados o deixassem passar, ele  seguiria em frente até encontrar o local adequado para realizar o processo de admição.
Caso o soldado não se convencesse tão facilmente, afinal nunca se sabe quem pode ser um pirata ou espião revolucionário, e exigisse alguma comprovação eu diria que meu pai era o Capitão Herbo Luz, e falaria que eu vim para dar prosseguimento ao sonho dele de tornar o mundo mais justo, livre e seguro.
Se ele finalmente conseguisse passar pelo portão ele ainda teria que se decidir se iria se tornar um Marinheiro ou um Agente do Governo Mundial. Ambos ajudam a combater o mal. Meu pai adoraria que eu fosse um Marinheiro e acabasse com a raça de incontáveis piratas. Mas acho que eu me encaixaria melhor trabalhando como Agente, espionar e proteger, entrar e resolver os problemas de países sem nem ser notado. Não me importo mesmo com a fama. Já decidi. Vou ser um Agente do Governo.
Agora com a decisão em mente, ele faria qualquer coisa para concretizar seu objetivo.  
Observações:
 

____________________________________________________



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hisoka Kurayami
Cabo
Cabo
Hisoka Kurayami

Créditos : 4
Warn :
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

MensagemAssunto: Re: [MINI-Misael Luz] Em Busca de Aventuras   Ter 05 Fev 2019, 16:40



Mini-Aventura




Misael respondeu com convicção o marinheiro que o questionou, no entanto, continuou a ver as lanças cruzadas a sua frente impedindo seu acesso ao interior do quartel general. O soldado o encarava com um semblante austero, maldado pela penumbra gerada pela sombra do boné. Sua feição entesada promovia rugas e sulcos em sua pele áspera, insinuando que desacreditava completamente nas palavras do menino. Os segundos de silencio, então, foram rompidos por uma risada abafada que precedeu o comentário do marinheiro:

– Não me faça rir! Olhe para você! Todo magrelo e fracote! – Zombou ao fitar Misael de cima a baixo, direcionando o olhar para o seu companheiro em seguida, puxando uma gargalhada em uníssono.

Ainda que estivesse sendo caçoado, Misael não desistiu, tampouco demonstrou ter sido afetado profundamente pela chalaça dos marinheiros. Ancorando-se na história de seu próprio pai, o menino revelou que era filho do capitão Herbo Luz. No átimo que o nome do bravo marine foi citado, a risada dos dois soldados cessou bruscamente. De olhos arregalados, ambos encararam Misael com certo constrangimento, insinuando total arrependimento pelo deboche de outrora.

– O-Oh... Herbo-senpai...– O soldado suspirou de olhos fechados, realizando um breve reverenciamento em pungimento. – Peço desculpas pelo comentário... Tudo bem, pode seguir. – Acatou com um meneio positivo de sua cabeça. De lábios escondidos, retirou a lança junto ao outro marinheiro, anuindo sua passagem.

Atravessando a grande entrada, Misael se deparou com um corredor escuro. Ele não era tão longo, mas a falta de iluminação não permitia ideia alguma de sua profundidade. Em pouco menos de um minuto, zumbidos começaram a tomar conta de sua audição, sendo ampliados vagarosamente a medida que seus passos prosseguiam. Quando atingiram o ápice, Misael vislumbrou um vasto salão oval e iluminado. A luz que entra pelas abóbadas de vidro no teto fez suas pupilas retraírem subitamente, dificultando o prévio discernimento do recinto. Pouco a pouco, os olhos notaram uma imensidão de pessoas, em sua maioria vestidas de branco e azul. Eram homens e mulheres de todas as idades, exceto crianças, caminhando com papéis, armas ou den den mushis em suas mãos. Talvez o rapaz se sentisse extremamente confuso de início, sem saber o seu próximo passo, todavia, antes que tivesse a mente fatigada pela dúvida, um ruído se destacou dentre os murmurinhos.

– Aii!! – Interjecionou uma voz feminina a sua direita.

O grito foi fruto de uma garota que não estava tão distante – cerca de dez metros. Ela era relativamente jovem, com aproximadamente vinte e três anos. Seu uniforme comum a associava a uma soldada, provavelmente uma novata. O berro surgiu em detrimento de uma queda, aliás, não que ela tenha caído sozinha; ela foi empurrada. Com os glúteos contra o chão e as pernas rigidamente abertas, ela tateava o topo dos cabelos loiros em busca de seu boné, que acabou rodopiando para próximo de Misael com a abalroada. A frente da menina, um homem bastante musculoso estava posicionado de braços cruzados. Seu denso bigode cobria até mesmo seus lábios, amorando a sua expressão em conluio com a sombra oriunda da boina de aba longa.

– Idiota! Eu disse para entregar o ofício para o Richard, não para o Harmer! O que uma burra como você está fazendo na marinha!? – A voz rouca do homenzarrão reverberou por todo o salão, sobressaindo-se sobre os cicios do ambiente.

– D-D-Desculpa... – Em titubeios, a menina esforçava-se em segurar o choro, mas em vão. Mesmo com as mãos sobre o rosto, as lágrimas escaparam entre as falanges, ao passo que sua lamentação constrangida ruía pela garganta.

Durante a reprimenda, a movimentação dos marinheiros nos arredores diminuiu e um tênue silêncio tomou conta do salão, como se buscassem entender o que estava acontecendo. Os olhares curiosos por cima dos ombros, entretanto, foram completamente rechaçados quando o marrento ergueu o pescoço, encarando a todos com sua feição fuzilante e, sem dizer sequer uma palavra, repassou a clara mensagem ameaçadora. Imediatamente engoliram em seco e continuaram a realizar suas tarefas como se nada tivesse acontecido.

Dicas e Instruções:
 


____________________________________________________



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
MisaelLuz
Membro
Membro
MisaelLuz

Créditos : 6
Warn :
Masculino Data de inscrição : 03/02/2019
Idade : 17
Localização : Micqueot

MensagemAssunto: Re: [MINI-Misael Luz] Em Busca de Aventuras   Ter 05 Fev 2019, 18:29

Misael ficou chocado com o que viu, ele imaginava que a Marinha e o Governo fossem organizações rígidas mas as idealizava como regidas pelo respeito mútuo, naquela situação ele viu apenas violência e agressão. Tipo de comportamento que ele só pretendia encontrar em combates contra inimigos, não entre companheiros. Ele não pestanejou, não se intimidou pela aparência ou possível cargo do homem bigodudo. Assim que conseguiu analizar a cena ele falou o mais alto que pôde: - Ei! O que acha que está fazendo? Nós estamos todos do mesmo lado, olhe para ela. Ela não é uma pirata nem uma revolucionária, ela não é nem sequer uma bandida de rua. Ela é uma marinheira assim como você. Ela está aqui pelo mesmo motivo de todos neste prédio, ajudar aqueles que precisam. Se ela cometeu um erro, repreenda-a, diga como fazer direito e mande ela fazer de novo! Mas se um marinheiro não é respeitado nem mesmo entre seus companheiros, que merda é que vocês estão fazendo aqui?
Misael imaginaria que a sala ficaria toda em silêncio, olhando pasmada para ele. Talvez imaginando a punição que seria aplicada sobre ele. De repente lhe veio em mente, que aquele cara que ele acabou de "dizer como fazer o trabalho" deveria ser alguém importante. Começou a imaginar que ele definitivamente seria punido por dizer aquilo. Imaginou que o funcionário certamente ficaria furioso e gritaria: - O que foi que você disse, pivete? Quem é você? Quem você pensa que é? Você sabe com quem está falando? - Todo esse tipo de coisa de pessoas que se acham importantes, Misael detestava esse tipo de pessoa. Ele já era maduro o bastante para saber que nesse mundo sempre há alguém mais inteligente, mais forte, mais rápido e mais importante que você, por isso não faz sentido você rebaixar os outros só por que você é melhor que eles em alguma coisa. Se o oficial realmente respondesse algo nesse nível, Misael responderia gritando com toda a força de seus pulmões e com mais convicção do que jamais falara antes: - Meu nome é Misael Luz, e eu sou o homem que vai consertar esse mundo!
Talvez ao ouvir isso o oficial começasse a rir, talvez ele ficasse mais furioso ainda e perguntasse como eu pretendia fazer isso sendo fraco desse jeito. Ele talvez até me desafiasse para uma briga. Caso fosse ofendido por seu porte físico ele responderia com tom de deboche, que herdara de sua mãe: - Foi por isso que eu vim aqui. Caso fosse desafiado ou atacado, Misael pôria em prática o treinamento que seu pai lhe deu, ele estava decidido a proteger quem precisasse, mesmo que o agressor fosse da própria Marinha. Por um momento ele ficou contente por ter escolhido ser Agente e não Marinheiro.
Observação:
 

____________________________________________________



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hisoka Kurayami
Cabo
Cabo
Hisoka Kurayami

Créditos : 4
Warn :
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

MensagemAssunto: Re: [MINI-Misael Luz] Em Busca de Aventuras   Qua 06 Fev 2019, 13:50

~Post NEGADO~


Hey, Misael! Não fique triste pelo post negado, lembre-se que você está numa fase de aprendizado, então é super comum! Bem, o erro é bem simples e fácil de ser identificado, embora seja gravíssimo numa narração. Ele surge da dificuldade inicial em narrar as possibilidades, o que é super compreensível, uma vez que se trata de um estilo que muitos estão tendo contato pela primeira vez. Então vamos tratar disso! ;D

Respondendo a sua dúvida: sim, você precisa imaginar as possíveis consequências de sua reação, ainda que não precise ir muito além, se não vai acabar com hipóteses dentro de hipóteses e isso ficará uma confusão haha. Geralmente isso ocorre com interações com NPC's, como conversas, justamente algo similar ao que está passando.

Todavia, seu erro não foi exatamente no trabalho que fez com as possibilidades. Você acertou, em grande parte, porém eu devo reiterar que você NUNCA pode fazer uma narração de qualquer outro personagem que não seja o seu. No caso, você acabou narrando o marinheiro - mesmo que tenha sido numa hipótese, algo que pode ou não ocorrer -, quando você cita o seguinte: "Começou a imaginar que ele definitivamente seria punido por dizer aquilo. Imaginou que o funcionário certamente ficaria furioso e gritaria: - O que foi que você disse, pivete? Quem é você? Quem você pensa que é? Você sabe com quem está falando?".

Por outro lado, no último parágrafo, você narrou muito corretamente as hipóteses, já que não narrou diretamente as supostas ações do marinheiro, mas sim apresentou ações SUAS em decorrência de ações indiretas dele. Confuso? Talvez haha. Deixe eu mostrar o que você fez:

"Caso fosse ofendido por seu porte físico ele responderia com tom de deboche, que herdara de sua mãe: - Foi por isso que eu vim aqui. Caso fosse desafiado ou atacado, Misael pôria em prática o treinamento que seu pai lhe deu, ele estava decidido a proteger quem precisasse, mesmo que o agressor fosse da própria Marinha."

Vê? Você não cita diretamente uma ação do marinheiro, como fizera naquela anterior. Vou mostrar-lhe como ficaria aquele trecho de maneira correta:

Caso o funcionário mostrasse uma reação colérica, eu responderia com toda a força de meus pulmões:

– Meu nome é Misael Luz e eu sou o homem que vai consertar este mundo! – Brandou de tórax elevado, mostrando o indômito vigor ao não desviar os olhos do homem.

Pode parecer que não houve diferença, ou até mesmo que ela fora sutil, porém você narrar uma ação direta de um NPC é um erro gravíssimo. Então nada de apresentar falas ou interações dos outros, ok?

Bem, você não precisa refazer todo o post, apenas se concentre em modificar esse trecho de modo que o NPC não seja narrado por você. Continuaremos daí mesmo ;D

Uma outra dica, apesar desta não estar diretamente relacionada com o fato de seu post ter sido negado, diz respeito ao português. A interpretação é muito importante para uma boa nota nas aventuras e é a característica que mais é levada em conta, porém, o português também detém seu valor. Não vou entrar muito no mérito dos erros mais técnicos, até porque este não é nosso objetivo aqui, mas devo frisar uma falha bem corriqueira em sua escrita que é o pleonasmo. Você tem repetido bastante a mesma palavra consecutivamente, sendo que pode substituí-la por equivalentes, os sinônimos. Aqui, por exemplo:

"Misael imaginaria que a sala ficaria toda em silêncio, olhando pasmada para ele. Talvez imaginando a punição que seria aplicada sobre ele. De repente lhe veio em mente, que aquele cara que ele acabou de "dizer como fazer o trabalho" deveria ser alguém importante. Começou a imaginar que ele definitivamente seria punido por dizer aquilo. Imaginou que o funcionário certamente ficaria furioso e gritaria:"

O verbo Imaginar foi repetido quatro vezes em um único parágrafo. Tente usar outros termos, como: pensar, presumir, supor, acreditar, achar, julgar.

Bem, é isso. Boa sorte no próximo post e não desanime! ;D

____________________________________________________



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
MisaelLuz
Membro
Membro
MisaelLuz

Créditos : 6
Warn :
Masculino Data de inscrição : 03/02/2019
Idade : 17
Localização : Micqueot

MensagemAssunto: Re: [MINI-Misael Luz] Em Busca de Aventuras   Qua 06 Fev 2019, 14:09

Misael ficou chocado com o que viu, ele imaginava que a Marinha e o Governo fossem organizações rígidas mas as idealizava como regidas pelo respeito mútuo, naquela situação ele viu apenas violência e agressão. Tipo de comportamento que ele só pretendia encontrar em combates contra inimigos, não entre companheiros. Ele não pestanejou, não se intimidou pela aparência ou possível cargo do homem bigodudo. Assim que conseguiu analizar a cena ele falou o mais alto que pôde: - Ei! O que acha que está fazendo? Nós estamos todos do mesmo lado, olhe para ela! Ela não é uma pirata nem uma revolucionária, ela não é nem sequer uma bandida de rua. Ela é uma marinheira assim como você. Ela está aqui pelo mesmo motivo de todos neste prédio, ajudar aqueles que precisam. Se ela cometeu um erro, repreenda-a, diga como fazer direito e mande ela fazer de novo! Mas se um marinheiro não é respeitado nem mesmo entre seus companheiros, que merda é que vocês estão fazendo aqui?
Misael acreditaria que a sala ficaria toda em silêncio, olhando pasmada para ele. Talvez imaginando a punição que seria aplicada sobre ele. De repente lhe veio em mente, que aquele cara que ele acabou de "dizer como fazer o trabalho" deveria ser alguém importante. Supôs que ele definitivamente seria punido por dizer aquilo. Esperaria que o funcionário certamente ficaria furioso e gritaria algo, caso ele tentasse rebaixar ou humilhá-lo, Misael responderia gritando com toda a força de seus pulmões e com mais convicção do que jamais falara antes: - Meu nome é Misael Luz, e eu sou o homem que vai consertar esse mundo!
Talvez ao ouvir isso o oficial começasse a rir, talvez ele ficasse mais furioso ainda e perguntasse como eu pretendia fazer isso sendo fraco desse jeito. Ele talvez até me desafiasse para uma briga. Caso fosse ofendido por seu porte físico ele responderia com tom de deboche, que herdara de sua mãe: - Foi por isso que eu vim aqui. Caso fosse desafiado ou atacado, Misael pôria em prática o treinamento que seu pai lhe deu, ele estava decidido a proteger quem precisasse, mesmo que o agressor fosse da própria Marinha. Por um momento ele ficou contente por ter escolhido ser Agente e não Marinheiro.



Observação:
 

____________________________________________________



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hisoka Kurayami
Cabo
Cabo
Hisoka Kurayami

Créditos : 4
Warn :
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

MensagemAssunto: Re: [MINI-Misael Luz] Em Busca de Aventuras   Qui 07 Fev 2019, 23:37



Mini-Aventura




Bastaram poucos minutos dentro do ambiente da marinha para que Misael percebesse a sordidez recôndita nas entrelinhas da organização. O órgão que, aos olhos da sociedade, reflete a figura perfeita que atende ao povo, sempre utilizando a justiça e equanimidade como alicerces de sua edificação, ao que parece guarda enormes mazelas em seu cerne, principalmente no que se refere à hierarquia que rege o sistema.

Ver aquela garota ser subjugada daquele modo pesou para o coração mole de Misael, que não tardou em intervir na cena, ainda que a garantia de sua futura posição na marinha estivesse em risco. Assim, repleto de bravura, o garoto retomou a atenção dos demais funcionários, antes olvidada em decorrência da repreensão do superior, reavendo o tenso silêncio junto aos olhares espantados com tamanha coragem em seu desafio ao tenente.

– ANHMM!? Como é que é, pirralho!? – De glabela crispada, o homem cerrou os dentes neurastênico após o retruque. Talvez fosse apenas impressão, mas era como se Misael pudesse sentir sua voz grave retumbando pelos seus ossos. – Aliás, em primeiro lugar. Quem RAIOS é você!? De onde você veio!? – Indagou com os lábios projetados em desdém. Por outro lado, assim que ouviu a resposta de Misael, gargalhou descontroladamente abraçando o próprio estômago. – Só pode estar brincando! E como você pretende "consertar" o mundo sendo um frangote, ein pirralho!? – Ele aproximou dois passos, buscando amedrontar Misael com sua presença intimidadora, sinalizando as aspas com os dedos ao citar a palavra consertar em completo vilipêndio, como se não acreditasse que o menino fosse capaz de fazê-lo. – Vamos! Me dê um motivo para eu não afundar essa sua cara horrível no chão, pirralho! – Insinuou enquanto pressionava o punho direito contra a mão esquerda, provocando um estralar das falanges, ao passo que continuava a encurtar a distância para com Misael. Os funcionários ao redor, por sua vez, imitavam seus passos, mas em recuo, demonstrando bastante medo de sua aura aterradora. Já a menina se arrastava pelo chão, abrindo espaço para que o tenente pudesse passar.

Dicas e Instruções:
 


____________________________________________________



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [MINI-Misael Luz] Em Busca de Aventuras   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[MINI-Misael Luz] Em Busca de Aventuras
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Busca de dons no jd. Monte Carlo em Jandira
» BUSCA DE DONS NA CCB JANDIRA EM PASSOS MG
» quanto tempo dura a mini pizza na geladeira
» duvidas com mini pizzas congeladas
» Mensagens Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. Apóstolo Valdemiro Santiago

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A Grande era dos Piratas :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: