A Grande era dos Piratas



 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Raksha Ragnarson
por GM.Senshi Hoje à(s) 02:22

» [M.E.P.] Valerie Valentine
por Valerie Valentine Hoje à(s) 00:36

» [MINI - Valerie Valentine] Sussurros de Ohara
por Valerie Valentine Hoje à(s) 00:29

» Mini - Saskwatch - Futuro promissor
por Saskwatch Ontem à(s) 23:56

» Mini - Saskwatch - Futuro promissor
por Saskwatch Ontem à(s) 23:55

» [M.E.P] Lou White
por Brandt Ontem à(s) 23:27

» [Mini- Lou] True Damage
por Brandt Ontem à(s) 22:32

» [MINI-Big Brady] O Início
por Big Brady Ontem à(s) 22:08

» [Mini-Aventura] José Cardoso
por Rottweiler Ontem à(s) 21:02

» Aaron DeWitt
por GM.Yami Ontem à(s) 20:50

» Masaru Rokudo
por ADM.Raizen Ontem à(s) 20:32

» [Mini - EmperorNie] Em meio ao cheiro de tabaco
por EmperorNie Ontem à(s) 18:00

» [Mini - Last] - O Mini-aventureiro
por Hisoka Kurayami Ontem à(s) 17:40

» [MINI-SovereignHajime] O Começo da Jornada
por SovereignHajime Ontem à(s) 12:09

» [Mini - Freccia] Acordar
por Freccia Ontem à(s) 04:54

» Bell Farest
por Far Ontem à(s) 03:18

» [Mini - Night] - A despedida e o início
por Mephisto Ontem à(s) 02:41

» [Mini - Keel Lorenz] - A New Dawn
por Keel Lorenz Ontem à(s) 00:27

» [M.E.P] Freccia
por Fanalis B. Ria Ter 19 Mar 2019, 23:14

» [MINI-Hanabi] Happy New Year
por Fanalis B. Ria Ter 19 Mar 2019, 20:23

Facebook

------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG


Conheça o Fórum NS


Compartilhe | 
 

 [MINI-*Towetz*] O Fanfarrão de Shells Town

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Towetz
Membro
Membro
Towetz

Créditos : Zero
Warn :
Masculino Data de inscrição : 09/12/2018
Idade : 19

MensagemAssunto: [MINI-*Towetz*] O Fanfarrão de Shells Town   Dom 09 Dez 2018, 18:47

Nome: Galius
Idade: 34
Sexo: Masculino
Raça: Humano
Tamanho: 1,90 metros
Estilo de Combate: Boxeador
Localização: Shells Town
Grupo: Civil
Vantagens: Ambidestro
Desvantagens: Coração Mole
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Galaxy Dante
Orientador
Orientador
Galaxy Dante

Créditos : 15
Warn :
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 19
Localização : Eu não existo longe de vc

MensagemAssunto: Re: [MINI-*Towetz*] O Fanfarrão de Shells Town   Seg 10 Dez 2018, 04:09

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: http://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

____________________________________________________

"Teu coração é livre, tenha coragem de segui-lo"


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Towetz
Membro
Membro
Towetz

Créditos : Zero
Warn :
Masculino Data de inscrição : 09/12/2018
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: [MINI-*Towetz*] O Fanfarrão de Shells Town   Seg 10 Dez 2018, 15:07

Galius Toneri é um ex boxeador que apesar de agir de forma agressiva, é muito compassivo e se emociona facilmente com qualquer coisa. O mesmo também se dá bem com os animais e é obrigado a proteger os desamparados, cuidando de animais abandonados, mesmo no meio de um genocídio. A simpatia de Galius freqüentemente interfere em seus deveres como guerreiro, apesar de sua força de batalha. Seu coração mole o torna ingênuo e um alvo fácil para o engano. Ele muitas vezes acaba salvando a vida daqueles a quem ele deseja ajudar sacrificando sua própria missão. Oque resultou no fim da sua carreira. Ele agora vive fazendo trampos pela cidade como pedreiro, carregador, vigia e em casos extremos como lutador de apostas. Afim de pagar as contas e sobreviver.

Despertaria para mais um dia na cidade,em um pequeno muquifo próximo ao cais (Caso realmente vivesse em um) já reclamando da cama dura em que dormia. Mas meu estresse logo se sessaria ao ouvir vindo da janela o doce som das gaivotas e dos navios que ali atracavam. Caminharia até a pia, lavaria o rosto, e logo após isso abriria o armário a procura do que me restasse de comida.

Caso encontrasse, prepararia um pequeno café da manhã, e comeria a maior parte. Com as sobras faria uma pequena marmita e depois de me trocar sairia pelas ruas a procura de trabalho. (Começando ali mesmo pelas docas).

Se não encontrasse, iria apenas ingerir uma boa quantidade de água, na intenção de ao menos me manter hidratado. Trocaria de roupa e sairia em direção a taverna do Grand Tom. (Caso o conhecesse) Que por ter muitos informantes e ser dono da única taverna da cidade, muito provavelmente saberia de alguém que me pudesse oferecer trabalho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Galaxy Dante
Orientador
Orientador
Galaxy Dante

Créditos : 15
Warn :
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 19
Localização : Eu não existo longe de vc

MensagemAssunto: Re: [MINI-*Towetz*] O Fanfarrão de Shells Town   Qui 13 Dez 2018, 05:34

Seus olhos abriam lentamente e aos poucos contemplariam o teto daquele pequeno e bagunçado lugar. O sol brilhava indiretamente pela janela, liberando parcialmente sua luz naquele lugar escuro. Algumas baratas perambulavam os cantos da casa, enquanto a maresia era ouvida de longe pelo garoto. Talvez já estivesse acostumado com os insetos, talvez não, mas sem ser impedido por isto, começava seu dia rotineiramente se lavando e alimentando. O armário estava vazio agora, logo teria que conseguir algum trabalho para ter o que comer de novo ao voltar para casa.

Saindo do barraco sentia o vento bater do porto abraçar seu corpo. Era uma brisa incessante, mas suave e agradável. O som das ondas se quebrando era ouvido de fundo e diminuía lentamente na medida em que caminhava para a cidade. Seus passos já sabiam para onde seguir, já conhecia bem sua cidade e não foi difícil chegar até o Grand Drinqs. Ao chegar à taverna, facilmente via aquele gordo baixinho e sem camisa sorrindo enquanto, “maleficamente”, acariciava ambas as mãos, como num gesto de vilão clichê planejando algo. Mas ele chegava lá e não fazia nada além disso, apenas ficava parado em frente a porta olhando a taverna movimentada e o gordo conversando à mesa com outro homem, que em breve, saia. - Galius? Está aqui para mais um trabalho? – Ele abanava, fazendo um sinal para que fosse até a mesa. – Venha aqui, tenho algo para você dessa vez. – O garoto permanecia imóvel por alguns segundos, e Tom até se constrangia um pouco pelo vácuo. O que faria agora então?

Off:
 

____________________________________________________

"Teu coração é livre, tenha coragem de segui-lo"


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Towetz
Membro
Membro
Towetz

Créditos : Zero
Warn :
Masculino Data de inscrição : 09/12/2018
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: [MINI-*Towetz*] O Fanfarrão de Shells Town   Sex 14 Dez 2018, 23:12

Cor azul: Pensamentos   Cor verde: Conversação

Estava distraído apreciando a movimentada taverna e buscando quem sabe um rosto conhecido, quando enfim me dei conta de que o velho Tom estava a me chamar... (É impressão minha ou ele citou meu nome e trabalho na mesma frase?) Hehe, abriria um sorriso malicioso enquanto caminho em direção ao balcão a qual com os braços cruzados me inclinaria dizendo ''hora hora, vejo que não se esqueceu dos amigos, já estava ficando ansioso para por a mão na massa outra vez. Oque tem pra mim hoje?'' perguntaria em um tom de voz rouco e raivoso. (Não sendo nada ilegal, tá valendo)

A oferta sendo ilegal eu responderia que ''Não quero me meter em mais problemas, já tive muitos no passado.'' E só aceitaria nas condições do contratante ser muito persuasivo, oferecer muito dinheiro, o plano ser bem elaborado e não fosse prejudicar nenhum inocente.

Já sendo um trabalho comum ou até mesmo incomum nos conformes da lei, eu faria somente algumas perguntas relacionadas a ''Oque tenho que fazer necessariamente? qual o prazo de conclusão? e oque ganho em troca?'' O contratante me dando essas respostas de cara sem que eu precise perguntar, aceitaria sem hesitação em uma frase como ''Considere feito!''

Off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Galaxy Dante
Orientador
Orientador
Galaxy Dante

Créditos : 15
Warn :
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 19
Localização : Eu não existo longe de vc

MensagemAssunto: Re: [MINI-*Towetz*] O Fanfarrão de Shells Town   Ter 18 Dez 2018, 22:08

Os olhos do gordinho penetravam a alma de Galius, virando-se repentinamente com um olhar, hora assustado, hora surpreso. Um sorriso se abria no seu rosto em questão de segundos, parecia ser uma surpresa boa. Talvez não estivesse acostumado ainda em ser tratado daquele jeito, mas logo ele falava, permanecendo na mesa. – Olha... eu acabei de falar com o cara que acabou de sair daqui. Acho que você viu ele. – Ele virava o pescoço discretamente, como se estivesse inclinando para um homem de terno branco e fedora branca também, junto de uma bengala acompanhando sua aparência caricata. Ele parecia estar bebendo algumas doses de uísque com a mão direita enquanto abraçava uma mulher visivelmente vulgar com a esquerda.

- Pode parecer um absurdo o que eu vou falar agora, mas aquele homem quer apanhar. – Ele acabava por não se aguentar e soltar um riso abafado, logo após complementando – Sim, foi o que você ouviu, ele quer apanhar. Eu parei de querer entender quando ele insistiu que era verdade. – Se recostou na cadeira, colocando ambos os braços para trás para relaxar com a cabeça. – É algo a ver com dar uma desculpa de que foi assaltado ou sei lá o que para a esposa dele que está esperando em casa há duas noites. – Se dissesse que não queria se meter por problemas do passado, então Tom daria de ombros, terminando – Olha, eu acho que pode ser considerado legal, eu já até falei com os guardas daqui, eles disseram que permitiriam, mas que não seriam eles a bater nele. Vai de você mesmo, está dentro da lei, mas, é certo ou errado? Isso importa de verdade? – Saiu de sua posição relaxada e avançou na direção do garoto, com um olhar penetrante e um sorriso perceptível. – Mas o dinheiro que ele ofereceu não é pouco. E é claro... Você vai ter que me dar uma pequena comissão se aceitar. – Esfregava suas mãos só de pensar no dinheiro enquanto encarava o teto. Ao fazer suas perguntas, ele então responderia – Bom, você tem que, deixar hematomas visíveis nele. O prazo de conclusão é quando ele estiver com o olho roxo ou... sei lá. Vai ganhar muito dinheiro, acho que já disse isso. -

Se decidisse aceitar o trabalho então, indo até o homem poderia ver que o mesmo estava completamente despreocupado com a situação e tudo ao seu arredor. Ele continuava a beber o uísque, e, depois de algum tempo com Galius parado ali, iria finalmente notá-lo, abrindo os olhos perceptívelmente, mas sua expressão corporal não demonstrava surpresa alguma. - Eh, então, é você? - Ele soltava a mulher na qual estava abraçando, pegando a garrafa e enchendo o copo novamente. - Vai querer beber um pouco antes de começarmos? - Dizia como se estivesse apenas numa situação cotidiana.

Off:
 

____________________________________________________

"Teu coração é livre, tenha coragem de segui-lo"


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Towetz
Membro
Membro
Towetz

Créditos : Zero
Warn :
Masculino Data de inscrição : 09/12/2018
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: [MINI-*Towetz*] O Fanfarrão de Shells Town   Qua 19 Dez 2018, 03:35

A principio não acreditei na situação, e após ter a confirmação de que era verdade rebati, ''Só pode estar brincando comigo, ele aparenta ser nobre, eu vou acabar preso ou morto se encostar um dedo nele'' tentando me sair aos poucos da situação.

Até ser interrompido por Tom que fez questão de deixar claro que não haveria problemas com a guarda local, oque por si só já havia me convencido a aceitar a oferta. Mas ainda sim ele continuou falando da recompensa e me fazendo indagações éticas que fiz questão de responder: ''O fato é que não importa se é certo ou errado, o casamento dele não me diz respeito, meu único problema era com os guardas pois é meu dever como civil andar nos conformes da lei, não havendo esse empecilho, não vejo por que não aceitar... Ah e não se preocupe, terá sua comissão por me indicar!'' Em seguida me retiraria do balcão e sorrindo daria um leve soco acima do peito de Tom, como gesto de agradecimento.

Ao me virar, avistaria o meu contratante leve e despreocupado em meio taverna, o semblante em meu rosto mudará, de um sorriso descontraído para um rosto sério e desconfiado. Me aproximaria com cautela e ansiedade como quem espera ser notado. Nesse meio tempo havia pensado: (E lá vamos nós mais uma vez, coragem Galio, vc já fez trabalhos piores... Ele se quer percebeu que estou aqui, estaria bêbado? bom,  isso só torna as coisas um pouco mais fáceis) Após ser percebido, ficaria surpreso com o comportamento e a oferta daquele homem... (Estaria ele acostumado com isso? Ah, não importa! esse uísque deve valer mais que meu barraco, não posso perder a chance de provar) Aceitaria a oferta de bom grado, segurando o copo a abrindo novamente o sorriso... ''Como desejar! E perdoe-me a estranheza, mas em todos esses anos é a primeira vez que me pedem um trabalho do tipo, enquanto você já me parece bem acostumado'' comentaria em tom de simpatia ao mesmo tempo que saboreava à bebida.

Ouviria atentamente a qualquer resposta q ele me desse. E em seguida questionaria: ''Mas e então? Como quer que seja feito? Aqui? lá fora? Golpes aleatórios? em uma região especifica? hematomas leves ou fortes? É você quem manda, o resultado garanto que será profissional!''
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Galaxy Dante
Orientador
Orientador
Galaxy Dante

Créditos : 15
Warn :
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 19
Localização : Eu não existo longe de vc

MensagemAssunto: Re: [MINI-*Towetz*] O Fanfarrão de Shells Town   Sab 22 Dez 2018, 17:16

O gorducho com a rede de contatos aceitava o cumprimento devolvendo-o com um outro soco no deltóide, sendo que este Galius sequer sentia, apenas indo na direção do seu serviço. - Bom… Eu sei que é um trabalho bem estranho, mas eu preciso de uma desculpa boa e de diversão nessa vida de merda. - Sua voz surgia lentamente e de modo arrastado, como se estivesse bem embriagado já e com um pouco de preguiça. Ele se levantava aos poucos, chacoalhando o corpo e estalando alguns ossos nos braços e ombros. - É… É bem comum eu fazer isso. Eu digo que sou sequestrado toda quinta-feira e todo domingo no meu retorno ela acredita. - Ele sorria debochando do seu cônjuge. - Casar por interesse meu amigo, nunca faça isso. É horrível. - Colocava a mão direita sobre a testa e franzia, era clara a dor em seu semblante. - Aproveite, acho que já abusei do álcool por hoje. - Galius sentia a bebida descer por sua garganta como uma recompensa, seu paladar sentia o amargo, doce e o ácido. O sabor era uísque em sua essência, mas tinha algo a mais. Talvez fosse a forma como era feito, ou da região em que havia sido produzido, talvez.

- Você nunca tomou um desses, não é? - Ele sorria novamente, retirando já a sua fedora branca e a parte superior do terno branco. - Vem de uma das melhores empresas do novo mundo, bem caro importar para cá, mas à mim não faz diferença no final do mês. - É claro, esse homem parecia bastante exibido, e continuava. - Quando terminar, preciso que seja aqui mesmo. Tem que parecer real, tem que ser real. Deve haver testemunhas. Como eu disse… É parte da minha diversão também. - A mulher que há segundos estava com ele já havia se retirado sem deixar nenhum outro sinal de vida. Os outros clientes estavam numa área afastada dali, era um tipo de camarote especial para aquele homem, demonstrando ainda mais seu poder monetário. Ali havia algumas cadeiras e mesas vazias, e é claro, as cadeiras montadas no chão em frente ao balcão do barman. Descendo uma pequena escada estava o restante da clientela, que poderia ver bem qualquer coisa que houvesse ali, por conta da parede de madeira ser muito baixinha e o restante dela ser constituída por vidro transparente. - Então, quer mais um pouco ou já podemos começar? - E assim ele empurrava o próprio punho contra a palma, especificamente estalando os dedos um a um.

Off:
 

____________________________________________________

"Teu coração é livre, tenha coragem de segui-lo"


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Towetz
Membro
Membro
Towetz

Créditos : Zero
Warn :
Masculino Data de inscrição : 09/12/2018
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: [MINI-*Towetz*] O Fanfarrão de Shells Town   Qua 26 Dez 2018, 11:20

Fecharia os olhos me desligando de tudo e todos por um momento, minha mente estava branca e mal podia ouvir qualquer coisa, era como se tudo e todos estivessem em câmera lenta naquele instante. Sendo um ex-boxeador me mantive longe das lutas por um bom tempo e já estava me acostumando aquela vida pacata. Meu sangue logo começará a ferver como se meu corpo anseia-se pela sensação de estar em combate novamente. Gradativamente os sons do ambiente retornavam e o tempo voltava a fluir. Abriria os olhos e diminuiria o tom de voz dizendo: ''Pois bem... não irei tomar mais do seu tempo, é um homem importante, deve ter coisas a fazer...'' Derrubaria meu copo agora vazio, propositalmente. Na intenção de chamar à atenção e fazer a briga parecer mais séria. Após isso em um movimento brusco agarraria a gola de meu contratante com meu braço esquerdo dizendo em alto e bom tom portando um semblante nada agradável: ''Você virá comigo agora, e é melhor não tentar reagir se quiser voltar com vida para sua esposa'' desferindo em seguida uma cabeçada em seu rosto...

Após tal feito, largaria a gola e o empurraria levemente pra trás observando atentamente cada movimento e reação dele, na intenção de medir o dano que estou causando e controlar minha força nos próximos golpes. De modo que não viesse a provocar nenhuma fratura ou desmaio no mesmo.

''Tudo bem aí?'' em sussurro questionaria.

Off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Galaxy Dante
Orientador
Orientador
Galaxy Dante

Créditos : 15
Warn :
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 19
Localização : Eu não existo longe de vc

MensagemAssunto: Re: [MINI-*Towetz*] O Fanfarrão de Shells Town   Dom 30 Dez 2018, 15:36

Naquela mesma fração de segundos que recebia a pergunta, Galius parava e fechava seus olhos. Só aquele curto período fora necessário para trazer à tona seus dias como boxeador de novo. O homem assentia, e, por alguns segundos, parecia surpreso com o copo sendo derrubado e o vidro quebrando no chão. A atuação do lutador era tão boa que o próprio contratante acabava por acreditar nela por alguns segundos, mas ao escutar a palavra “voltar em segurança para sua esposa”, ele não se segurava e deixava escapar um pequeno sorriso, levando logo após a cabeçada e recuando para trás atordoado. Ele ria novamente ao escutar o pugilista murmurando, respondendo então ao fechar seus punhos e levantar os braços.

Sussurrava de volta com esse mesmo sorriso sútil- Não se segure isso é parte da diversão! – Ele então balançava a cabeça estalando seu pescoço para os dois lados e fechando os punhos com mais força, avançando com passadas rápidas na direção do lutador. Mesmo que sua voz estivesse um pouco distorcida e relaxada, seus movimentos não pareciam estar tão retardados quanto os de um bêbado. – Espera, como você sabe que eu tenho uma esposa!? ANDA SAINDO COM ELA? DESGRAÇADO! – Ele gritava, e todos no bar já estavam observando aquela cena. Os guardas por um momento apontavam seus rifles, mas logo Tom interceptava e falava algumas palavras, talvez estivesse dizendo que aquilo era parte do show que haviam combinado antes. A aproximação era real, e os golpes também seriam a denunciar pelos sussurros do homem. Provavelmente ele iria utilizar de socos, já que havia levantado os punhos em sua guarda.
Off:
 



____________________________________________________

"Teu coração é livre, tenha coragem de segui-lo"


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [MINI-*Towetz*] O Fanfarrão de Shells Town   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[MINI-*Towetz*] O Fanfarrão de Shells Town
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A Grande era dos Piratas :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: