One Piece RPG
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol YTcHx


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Mini - Ephràyim] Minha Lenda Pessoal
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor love.licia Ontem à(s) 10:50 pm

» [Mini - Bobby Nine] "Vamos colocar tudo de cabeça pra baixo"
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor bobbybest9 Ontem à(s) 9:15 pm

» [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor Hisoka Kurayami Ontem à(s) 9:02 pm

» [MINI-HAROR] Cap. 01 - Eventos
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor Hisoka Kurayami Ontem à(s) 7:45 pm

» [Mini Aventura] O Caminho da Espada
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor Koyozumi Ontem à(s) 6:31 pm

» [Mini- ItoEis] Dinheiro, dinheiro, dinheiro
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor ItoEis Ontem à(s) 6:22 pm

» [MINI-June]Primeiros movimentos
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor Juno Ontem à(s) 5:28 pm

» Noelle Eisenhower
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor Noelle Ontem à(s) 2:36 pm

» [M.E.P] June
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor Fanalis B. Ria Ontem à(s) 12:51 pm

» Julian D'Capri
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor jonyorlando Ontem à(s) 12:27 pm

» [MINI-Broc Von Brandt] Reaprendendo a andar
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor Fanalis B. Ria Ontem à(s) 9:58 am

» Salazar Reis Wegis
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor ADM.Raizen Ontem à(s) 5:41 am

» Carolyn S. Mitchell
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor ADM.Raizen Ontem à(s) 5:39 am

» [Mini-Yuusaku] Big Game Hunter
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor love.licia Sab Abr 20, 2019 11:47 pm

» Shaanti Mochan
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor GM.Furry Sab Abr 20, 2019 4:49 pm

» [M.E.P.] Haror
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor Hisoka Kurayami Sab Abr 20, 2019 2:03 am

» [M.E.P] ItoEis
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor Hisoka Kurayami Sab Abr 20, 2019 2:01 am

» [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor Haddes Sex Abr 19, 2019 10:16 pm

» NPC || Madabi Damenoir - Witch of the Wilds
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor GM.Alipheese Sex Abr 19, 2019 5:14 pm

» NPC || Madabi Damenoir - Damenoir Brothers
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Emptypor GM.Alipheese Sex Abr 19, 2019 5:10 pm

Facebook

------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG


Conheça o Fórum NS


Compartilhe
 

 [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
AoYume
Membro
Membro
AoYume

Créditos : 6
Warn : [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol 10010
Data de inscrição : 23/09/2018

[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Empty
MensagemAssunto: [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol   [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol EmptyQua Nov 14, 2018 6:38 am

Nome: Iris Ao'Yume
Idade: 22
Sexo: Feminino
Raça: Humano
Tamanho: Normal
Estilo de Combate: Esgrima
Localização: Centaurea Island - South Blue
Grupo: Civil
Vantagens: -Boa Aparência
Desvantagens: - Sedutora incorrigível


Última edição por AoYume em Sex Nov 16, 2018 9:43 am, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 37
Warn : [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 22
Localização : The Wonderful Land

[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol   [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol EmptyQui Nov 15, 2018 10:51 am

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: http://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

Vantagens e desvantagens:
 

____________________________________________________

[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol FanalisG
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Unknown[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Imagem4
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
AoYume
Membro
Membro
AoYume

Créditos : 6
Warn : [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol 10010
Data de inscrição : 23/09/2018

[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol   [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol EmptySex Nov 16, 2018 10:37 am

A princesa falida
Você pode ouvir o som das asas de uma borboleta? Se isto acontecer no meio da cidade movimentada, ainda pode ouvir? Consegue afirmar que o faria engolido pelo trabalho em uma usina qualquer? Os dias que passam diante de meus olhos, sem valor ou significado específico, vem sendo como este som ao qual desconheço. Passam, correm, mais rápido do que posso alcançar e escapam entre meus dedos como a batida ágil e elegante que a mesma produz, sem que nenhum proveito seja tirado de mim.

Não há nenhuma direção em minha vida jaz algum tempo, nenhum trabalho ao qual eu tenha durado, vivendo da gentileza da família que me acolheu. A esgrima, da qual minha infância em muito baseou-se e era um dos momentos peculiares que tinha com meu pai, não passam de lembranças, carregadas de nostalgia e alegria que não me pertencem nesse tempo. Há muito não empunho uma lâmina em um duelo.

Com os olhos fechados em uma rua qualquer de um lugar qualquer, o vislumbre daquele tempo é uma carícia ao meu ego ferido pela apatia. Não era um povo grande, na verdade, uma pequena ilha isolada no meio do oceano azul. Não importava, vivíamos bem e eu era feliz. Meu pai, o rei daquele lugar, era um homem carinhoso e cuidadoso com seu pequeno povo de menos de dez mil habitantes, sempre ajudando e orquestrando como podia o lugar. Minha mãe, era mais ligada a administração do pequeno castelo, mais semelhante a um casarão que ao glamour dos contos de fada.

Eu os via quando seus afazeres permitiam, porém, pouco me era relevante ser segundo plano, alegrando-me com os pequenos momentos que possuíamos. Ao menos, era muito melhor assim que no desfecho rubro que ambos se encontraram. Uma guerra que não era nossa, uma luta sem nenhuma causa, se não, o vazio do sangue. Piratas e Marinha, indiferentes aos que ali faziam morada, usaram o local de um povo, em despreparo para um conflito, como campo de guerra. As vítimas esquecidas ao tempo, dentre elas meus pais, mortos por lâminas que nãos os tinham como alvos. Eles apenas estavam ali no tempo errado, e, tentando proteger o povo, morreram pela mão de invasores desinteressados em razões alheias.

Meses em um barco da marinha, me trouxeram até aqui, uma forma de salvar os civis, era o que eles diziam. Eu não tinha mais um título e pensar em ser princesa, agora parece apenas uma piada de mal gosto. Se eu pudesse voltar a carregar comigo um fardo, um título, eu gostaria de fato disso. Abro meus olhos sentindo o sol em minhas pupilas, como sempre de meu desagrado. A noite, é uma companheira bem melhor para alguém como eu.

- Eu gostaria de uma espada...

À lâmina seria reservada novamente aquela sensação que antes senti? Eu de fato gostaria de experimentar novamente, o toque gélido do metal em meus dedos, os movimentos de perna e alternância de postura para golpes que priorizam o estoque em pontos vitais. Sutil e elegante, um avante limpo, diferente da carnificina que antes presenciei. Um linda mulher, ou, ainda um cavalheiro gentil, que eu possa cortejar sem receios, também pode ser algo que livre de mim o desconforto que vêm com os filmes de dias que não são mais meus.

>> Vestindo <<
cons. off: Objetivos em questão: *conseguir um florete, em vista estar desarmada de atual momento, conseguir um primeiro contato com piratas para que ela escolha esse caminho, considerando que meus amigos jogarão nesse sentido e não é possível interagir com eles aqui.
Princess Iris Ao'Yume
Um passo à frente, pode ser o começo para consertar os passos que já foram dados






Última edição por AoYume em Qui Nov 29, 2018 10:09 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 37
Warn : [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 22
Localização : The Wonderful Land

[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol   [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol EmptySex Nov 16, 2018 2:06 pm

~Post NEGADO~



* Olá, eu irei te orientar durante a mini-aventura, qualquer dúvida que tiver, pode me enviar MP ou chamar pelo discord: Fanalis B. Ria#8212. Mas agora vamos ao post.

Eu amei sua escrita, é muito bem feita e dá para ver seu esforço nela, mas tive que negar por dois motivos, apesar de estar quase tudo condizente com o fórum e até acima da média está faltando uma coisa, as ações, mas antes de falar mais sobre isso, quero destacar algo que deixaria passar no post se você tivesse colocado ações, com uma observação, o GOD mode, algo que é bem comum para quem está iniciando no fórum, e foi aqui:

“Abro meus olhos sentindo o sol em minhas pupilas, como sempre de meu desagrado. A noite, é uma companheira bem melhor para alguém como eu.”


Esse Sol que você colocou batendo em seus olhos não poderia ser usado até que o narrador o mencionasse, pois poderia ser que o tempo estivesse nublado, estivesse amanhecendo, anoitecendo ou já de noite, então para fazer uso dele você teria que colocar algo como:

“Abriria meus olhos, sendo que se o Sol estivesse no céu e batesse em minhas pupilas, como sempre, sentiria um desagrado. A noite, é uma companheira bem melhor para alguém como eu.”

É incorreto GOD mode, mas eu deixaria passar por ser apenas um erro e bem pequeno, o problema foi a fala de ações, com o seu post, o máximo que eu poderia fazer seria introduzir um cenário com algum NPC aleatório talvez, mas no caso, eu estaria controlando totalmente e forçando seu personagem a fazer coisas, como se você não fosse a protagonista da história.

Você diz que gostaria de uma espada, mas como você vai conseguir ela? Vai ir até uma loja tentar comprar uma? Vai tentar roubar? Vai tentar trocar por algo? E se você achasse alguma para comprar, tentaria negociar? Como faria isso? Essas são as ações que você precisaria escrever bem descritas e com algumas possibilidades para que um narrador ou orientador possa trabalhar seu post e fazer um post para você.

Lembrando que as ações vão ser sempre tentativas, ou seja, você deve usar o futuro do pretérito (verbo+ia. Ex: Andaria, comeria, compraria, falaria). Desse modo, a partir das suas ações, o narrador determina quais ocorreram, quais não e pode fazer um post para você.

Quanto a estrutura de seu texto, acho que já está muito boa, uma recomendação para que melhore a qualidade é que você destaque os pensamentos e falas de seu personagem com cores distintas, para que haja um maior destaque nelas.

Acho que será uma mini bastante curta, é normal ter alguns posts negados até se adequar ao sistema, mas pelo que percebi, você deve sair bem rápido para começar sua aventura, está de parabéns pela sua escrita. Queria destacar também que a mini é uma história paralela e funciona como um tutorial, ou seja, você não precisa levar nada daqui para sua ficha em relação as vantagens, personalidade, nome, etc e em relação a arma, na aventura você vai ter que recomeçar sem uma, já que na criação da ficha, começa apenas com 50.000B$ e as roupas do corpo. Vlws e no aguardo.

Aqui vão algumas aventuras das quais sugiro que leia alguns posts para melhorar e incrementar os seus:

http://www.onepiecerpg.com/t42812p30-troia-parte-4-fury-road#382847
http://www.onepiecerpg.com/t41597-troia-parte-3-pandemonium
http://www.onepiecerpg.com/t34886-1-capitulo-e-melhor-reinar-no-inferno-do-que-servir-no-ceu*


____________________________________________________

[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol FanalisG
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Unknown[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Imagem4
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
AoYume
Membro
Membro
AoYume

Créditos : 6
Warn : [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol 10010
Data de inscrição : 23/09/2018

[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol   [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol EmptySeg Nov 19, 2018 4:46 am

A princesa falida
Você pode ouvir o som das asas de uma borboleta? Se isto acontecer no meio da cidade movimentada, ainda pode ouvir? Consegue afirmar que o faria engolido pelo trabalho em uma usina qualquer? Os dias que passam diante de meus olhos, sem valor ou significado específico, vem sendo como este som ao qual desconheço. Passam, correm, mais rápido do que posso alcançar e escapam entre meus dedos como a batida ágil e elegante que a mesma produz, sem que nenhum proveito seja tirado de mim.

Não há nenhuma direção em minha vida jaz algum tempo, nenhum trabalho ao qual eu tenha durado, vivendo da gentileza da família que me acolheu. A esgrima, da qual minha infância em muito baseou-se e era um dos momentos peculiares que tinha com meu pai, não passam de lembranças, carregadas de nostalgia e alegria que não me pertencem nesse tempo. Há muito não empunho uma lâmina em um duelo.

Com os olhos fechados em uma rua qualquer de um lugar qualquer, o vislumbre daquele tempo é uma carícia ao meu ego ferido pela apatia. Não era um povo grande, na verdade, uma pequena ilha isolada no meio do oceano azul. Não importava, vivíamos bem e eu era feliz. Meu pai, o rei daquele lugar, era um homem carinhoso e cuidadoso com seu pequeno povo de menos de dez mil habitantes, sempre ajudando e orquestrando como podia o lugar. Minha mãe, era mais ligada a administração do pequeno castelo, mais semelhante a um casarão que ao glamour dos contos de fada.

Eu os via quando seus afazeres permitiam, porém, pouco me era relevante ser segundo plano, alegrando-me com os pequenos momentos que possuíamos. Ao menos, era muito melhor assim que no desfecho rubro que ambos se encontraram. Uma guerra que não era nossa, uma luta sem nenhuma causa, se não, o vazio do sangue. Piratas e Marinha, indiferentes aos que ali faziam morada, usaram o local de um povo, em despreparo para um conflito, como campo de guerra. As vítimas esquecidas ao tempo, dentre elas meus pais, mortos por lâminas que nãos os tinham como alvos. Eles apenas estavam ali no tempo errado, e, tentando proteger o povo, morreram pela mão de invasores desinteressados em razões alheias.

Meses em um barco da marinha, me trouxeram até aqui, uma forma de salvar os civis, era o que eles diziam. Eu não tinha mais um título e pensar em ser princesa, agora parece apenas uma piada de mal gosto. Se eu pudesse voltar a carregar comigo um fardo, um título, eu gostaria de fato disso. Abriria meus olhos sentindo o ambiente em minhas pupilas, havendo luz do dia, como sempre seria de meu desagrado. A noite, é uma companheira bem melhor para alguém como eu.

- Eu gostaria de uma espada...

À lâmina seria reservada novamente aquela sensação que antes senti? Eu de fato gostaria de experimentar novamente, o toque gélido do metal em meus dedos, os movimentos de perna e alternância de postura para golpes que priorizam o estoque em pontos vitais. Sutil e elegante, um avante limpo, diferente da carnificina que antes presenciei. Um linda mulher, ou, ainda um cavalheiro gentil, que eu possa cortejar sem receios, também pode ser algo que livre de mim o desconforto que vêm com os filmes de dias que não são mais meus.

- Poderia comprá-la, porém, não possuo muito dinheiro. Consigo uma com minhas finanças neste lugar?

Aquela poderia não ser a pergunta certa, ainda que gaste o pouco que me sobra em uma arma, me preocupa o que faria a seguir. Preciso comer, trajar algo, e, neste momento, não possuo nenhuma fonte de renda. Uma arma, seguindo alguma jornada que seja de agrado ao metal, convém em uma possível fonte de renda, assim, a pergunta mais adequada é o quanto consigo em recompensa pela decisão de gastar minhas finanças em algo como aquilo.

- Evitando os riscos, apenas ei de tardar a chegada do fim. Está decidido, tomarei o caminho até onde encontram-se as lojas locais. Procurar um bom preço, barganhar, quem sabe.

Ergo meu dedo até a ponta de meus meus lábios, tocando a extremidade  de minha unha em meus dentes. Não a mordo. Busco lembrar-me de onde haveria alguma em que poderia ir, minha irmã adotiva, qualquer uma de todas três, seriam bem úteis agora. Não, melhor não depender tanto delas. Sigo silenciosa, evitando distrações, ou, ao menos tentando.

>> Vestindo <<
cons. off: -Objetivos em questão: *conseguir um florete, em vista estar desarmada de atual momento, conseguir um primeiro contato com piratas para que ela escolha esse caminho, considerando que meus amigos jogarão nesse sentido e não é possível interagir com eles aqui.

- Não destaco pensamentos, pois minha narração é em primeira pessoa e acredito que mesmo ações, de certo modo, é um pensamento da mesma

Princess Iris Ao'Yume
Um passo à frente, pode ser o começo para consertar os passos que já foram dados






Última edição por AoYume em Qui Nov 29, 2018 10:09 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 37
Warn : [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 22
Localização : The Wonderful Land

[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol   [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol EmptySeg Nov 19, 2018 8:25 pm


Era o amanhecer de mais um belo dia em Centaurea Island, o Sol ainda estava nascendo, então a escuridão ainda reinava sobre o lugar, embora pássaros começassem a cantar, junto à pessoas que se levantavam e saiam de suas humildes residências, provavelmente rumando na direção de sua rotina ao trabalhar, aquele parecia ser apenas mais um belo dia, mas o que ninguém sabia era que uma princesa, praticamente exilada de suas terras por terroristas, vagava pela ilha a procura de um florete, tudo que tinha além de suas roupas eram 100.000 B$ que antes achara no chão.

Naquele momento, quase todo o comércio ainda estava fechado, não demorou para que em sua caminhada a garota avistasse uma loja, pelo letreiro em sua faixada, era claramente uma loja de armas, mas provavelmente demoraria algum tempo até que abrisse, além de algumas casas e ouras lojas aleatórias na rua pela qual seguia, o que via era uma taverna, esta sim estava aberta, sendo possível escutar algum tipo de grupo bastante barulhento conversando e dando risadas do lado de dentro.

DICAS E ORIENTAÇÕES:
 

____________________________________________________

[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol FanalisG
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Unknown[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Imagem4
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
AoYume
Membro
Membro
AoYume

Créditos : 6
Warn : [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol 10010
Data de inscrição : 23/09/2018

[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol   [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol EmptyTer Nov 20, 2018 5:39 am

A princesa falida
Erguendo-se ao horizonte, o sol dava sua graça, cumprimentando aqueles que saíam de suas casas, assim como os que retornam a elas. Não é de meu feitio hábitos tão matutinos, salvo, quando em festas e bares atrás de aventuras e perdia a hora. Lojas fechadas, o cheiro úmido do orvalho comum para aquele horário, um longo suspiro inclinando minha cabeça para trás e sinto o peso de minhas tranças, cintilantes pelos efeitos de luz ainda brandas, apreciando o meio que agora posso interagir.

Breve, meu devaneio era interrompido pelo som de boêmios em uma taverna qualquer de Centaurea Island. Bem próxima, sem nenhuma distração que auxilie com a passagem de tempo e de maneira inevitável, curiosa a respeito das coisas que ali estariam ocorrendo, considerando que, o barulho era mais alto que o de costume, em ênfase, para um fim de noite, decidiria ver como as coisas estavam por ali.

Fito o ambiente, buscando aproximar-me, cautelosa em perceber que tipo de pessoas encontraria e se implicaria algum risco para mim. Umedeço meus lábios com a língua e um breve sorriso me escapa, como uma garota infantil e descuidada que parecia por ceder-me ao anseio pelo desconhecido atrás da parede.

- Pode ser uma má ideia...

Sussurros sem peso jogados ao vento, meus passos continuariam em direção a porta de entrada do local, onde buscaria um vislumbre do lugar antes de qualquer ação. Encontraria ali alguém digno do meu interesse, digamos, mais romântico? O quê? Casos de uma noite também podem ser cheios de paixão e clima de novelas entre as escritas por sheakspeare. Ou seria um caso de uma manhã pelo horário? Não importa muito.

Entraria de forma calma, em busca de compreender o que pudesse e evitando ser abordada, dentro do possível, antes que pudesse encontrar-me no cenário de fato. Buscaria em algum funcionário as primeiras respostas que poderiam me ser úteis, ou, já ser colocada para fora pelas circunstâncias, não seria de todo um resultado ruim dentro das possibilidades.

- Olá, já estão fechando? Gostaria de ficar um pouco se possível e...

De forma mansa, fitaria quem me atendesse em seus olhos buscando cativar sua atenção, abertos o bastante apenas para destacar o azul cintilante mas ainda mantendo um clima imerso em mistério. Alternaria apenas no fim de minha frase, ao que segue de minha fala, para um tom mais baixo, provocando de certa forma e demonstrando minha curiosidade.

- ... quem são esses? Algum evento?

Não queria arrumar confusão, por essa mesma razão seria quase um sussurro a pergunta em questão. Apesar disso não esperaria passar completamente batida, ninguém que quer ser completamente despercebida se veste desta forma, não é mesmo? E eu sei bem o que posso conseguir com minha aparência, então invisto na mesma. Não pediria nenhuma bebida também, mas, quem sabe alguém me pagasse uma antes que precise sair por não consumir nada.

>> Vestindo <<
cons. off:
- Mas eu pus o "tentando" para isso t.t, bem, enfim, seguindo :p quando não uso futuro do pretérito, uso de palavras que conjuguem seu efeito "se possível" "tentando" "em busca"...

- To tanto no medo de ser negada que o receio me fez evitar qualquer ação no anterior, neste eu tentei um pouco mais ><

Princess Iris Ao'Yume
Um passo à frente, pode ser o começo para consertar os passos que já foram dados





____________________________________________________

A Luxure Girl
Keep

calm,


i'm

Here




Última edição por AoYume em Qui Nov 29, 2018 10:08 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 37
Warn : [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 22
Localização : The Wonderful Land

[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol   [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol EmptyQua Nov 21, 2018 8:56 pm


Dadas às circunstâncias do horário e o movimento que ocorria na cidade, não restaram muitas alternativas para Iris, se não entrar no primeiro estabelecimento onde viu algum movimento. Conforme se aproximava, o som, a conversa e as risadas ficavam cada vez mais altas, sendo que ao adentrar na taverna, ela viu o que já era bastante perceptível do lado de fora, haviam vários homens e mulheres, todos vestidos com trajes nem um pouco formais, bebiam, faziam piadas, riam de qualquer coisa que era dita ou falada. Talvez, não, muito provavelmente ela nunca havia visto pessoas tão desordeiras, mas ao mesmo tempo felizes, em toda sua vida como princesa.

Assim que adentrou, algumas das pessoas que lá se divertiam olharam para ela, uma loira tão exuberante, utilizando trajes azuis que para muitos poderiam ser elegantes e ao mesmo tempo tentadores em um corpo com tamanha perfeição, como o daquela que antes fora uma princesa. Mas evitando que fosse abordada ao dar qualquer olhar e dar a chance para que alguém investisse em sua direção, ela se dirigiu em linha reta até o balcão que ficava de frente para a porta, lá se encontrava uma outra mulher, que se destacava muito em relação às pessoas que lá estavam, haviam muitos homens e mulheres que poderiam ser considerados atraentes para os padrões da sociedade, mas aquela ruiva de um metro e sessenta tinha um corpo quase tão invejável quanto o de Ires.

Ao se aproximar, a loira notou que a provável dona do lugar, já que não parecia haver outros funcionários, estava secando alguns copos com um pano, durante a aproximação, a ruiva olhou para a garota e manteve contato fixo em seus olhos, soltando um sorriso e não demorando até fechar os próprios, até que lhe fora perguntada sobre o funcionamento do lugar. Com isso, a barwoman respondeu calmamente, era uma voz doce, tranquila e um tanto quanto sedutora.

- Não se preocupe, nós nunca fechamos, embora aqui seja uma taverna, sempre tem pessoas querendo apagar as mágoas ou se divertir... –

Foi quando ela parou de secar os copos e começou a passar o pano no balcão que a separava da garota e mais uma vez, a loira perguntou, dessa vez sobre aquele divertido grupo que parecia ser mais livre que qualquer um antes visto, com a pergunta, a ruiva, que usava de um decote um tanto quanto chamativo se inclinou, ficando com o rosto bastante perto de Iris, de modo que até mesmo sua respiração pudesse ser sentida, junto de um doce cheiro de pétalas de rosa misturado com doces morangos e falou baixo para a garota, ainda olhando para aqueles que estavam no lugar.

- Aaah, você não sabe? Eles são piratas, está vendo aquele homem grande com o chapéu roxo, que tem aquele bigode azulado e está sentado ali no canto com aquelas garotas? Ele é conhecido como Bigode Azul, dizem que é muito perigoso, aparentemente eles saquearam um nobre em uma ilha aqui perto e estão comemorando. Pelo que eu sei, o nobre extorquia as pessoas e agora perdeu tudo que tinha conseguido de maneira suja. –

A ruiva então se afastou um pouco, pegou duas taças de vinho e às colocou sobre o balcão, com isso pegou um banco, se sentando de frente para a garota curiosa e olhando fixamente nos olhos azulados, disse com seu tom sensual de sempre, pouco antes de pegar uma das taças e dar uma golada naquele vinho vermelho.

- Meu nome é Neo, pode beber, é por conta da casa, qual o seu nome e sua história? Adoro boas histórias e você tem cara de ser interessante... –

DICAS E ORIENTAÇÕES:
 




____________________________________________________

[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol FanalisG
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Unknown[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Imagem4
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
AoYume
Membro
Membro
AoYume

Créditos : 6
Warn : [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol 10010
Data de inscrição : 23/09/2018

[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol   [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol EmptyTer Nov 27, 2018 6:07 am

A princesa falida
“O tempo é muito lento para os que esperam. Muito rápido para os que tem medo. Muito longo para os que lamentam. Muito curto para os que festejam. Mas, para os que amam, o tempo é eterno.” Páginas velhas e empoeiradas de uma biblioteca aos fundos do castelo, pouco visitada, de um conhecimento que àqueles dias, como o povo disperso, que, mal lhe dava atenção, também eu não podia compreender como aquelas palavras fariam tanto sentido em minha história, e, em ênfase, no dia presente.

Em espera, permaneci, me aquietei, e então, senti toda agitação nos anos que passaram, o som de pessoas que podem mostrarem-se a minha forma de saída. Lento, assim como também longo mostrou-se, entre lamentos e lágrimas que não voltam mais e tornaram-se vazias. Já não choro mais, este tempo, extenso, também já não pertence mais a mim. Sorriria, de forma bem sutil, sobre o ecoar de meus pensamentos e os eventos que me cercam, seria o tempo daqueles presentes o curto explicitado? Para mim, o resumo dos eventos mergulhados na noite carregada de calor não passaram de fugas por muitas vezes.

Cautelosa, porém instigada por algo peculiar presente, atenta, porém com meus olhos ainda tomados, caminharia assim, com o caminho certo, reto, de destino incerto e carregado de curvas que felizmente, eu desconhecia. Quanto tempo atrás me senti tão empolgada? É ironia dizer que, tomada pelas ilusões da palavra de uma charlatã, desesperada com a perda daqueles que me eram importantes e perdendo o pouco dinheiro que possuía na época, uma vidente disse, com voz mansa, “você ainda voltará a ser princesa um dia”. Talvez, eu ainda me agarre nas suas palavras como forma de esperança.

Uma mulher de belas formas, fios rubros como chamas intensas, que, aos poucos aquecia o frio deixado por mim, e, em mim. Fitaria seus lábios, carregados por um sorriso fácil e charmoso, a textura e tom, de forma rápida, tentando evitar uma primeira abordagem que poderia ser incômoda a mesma e ouvindo com atenção suas palavras.

- Pergunto-me se já estive aqui antes, não, certamente não estive. Eu não me esqueceria de nada tão interessante.

Nos tons de seus olhos os meus prendiam-se, mergulho, como já bem dizia o sábio de minha infância, na breve eternidade de uma nova paixão, onde apenas aquele tempo importaria. “Se não lembra as menores tolices que o amor te levou a fazer, é porque jamais amaste”. Dizem, aquarianas não possuem coração, para mim então, digamos que não tê-lo apenas abre mais espaços para que mais amores me corram, e, aquele poderia ser mais um deles, seja fogo ou faísca. Não permitir a tolice de envolver-me de forma tão voraz e instantânea, também seria negar os sentimentos que mais me aquecem.

Os copos eram deixados de lado, suas mãos, agora deslizando sobre o balcão o secando, tornavam-se mais abertas a minha visão. Atentaria-me, ainda que sutil, sua forma, o tom de suas unhas, seu tamanho, em ênfase, de uma específica que poderia ser um indício do quanto eu podia mergulhar naquele intento. Seu corpo inclina-se para perto, talvez seria comum olhar para o decote? Meus olhos não saíam de seus lábios, podia sentir em sua respiração a fração do calor destes, o anseio.

De meu questionamento a resposta, sobre o grupo que ali estava, eram piratas. O nome, não sei, eu realmente não aprecio muito como chamam pessoas neste ramo. Bigode azul, onde mora a criatividade? Tornando-me pirata eu seria a “Trança Loira”? Prefiro não pensar nisso, mais me cativa uma certa e situacional admiração, poderiam ser também justiceiros os rotineiros bandidos. Seria mentira negar o interesse, e, que aquela poderia vir a ser de fato minha forma de seguir em frente com a minha vida, e, em campo a habilidade que mais domino possuiria uso.

- Piratas, o que você acha? Digo, sobre alguém como eu seguir este caminho…

Desviaria de forma sutil meu olhar, como que, pensando por um instante a respeito daquilo. Não seria naquele grupo, manteria minha voz em quase sussurro, buscando evitar chamar atenção dos demais. Também não seria naquele momento, apenas um plano de uma nova empreitada, e, para uma iniciante como eu, aquela fama toda que o caro Bigode Azul já tinha, não está bem nos meus objetivos por hora.

- … um outro dia, outro momento, hoje, minha atenção está em outro lugar.

Minhas palavras acompanhariam as ações da mulher, dispondo duas taças entre nós, vinho, então sentando-se em um banco para juntar-se à mim. Sua pergunta, sobre mim, sobre minha história, poderiam deixar-me evasiva, porém, não senti-me assim. Ergueria a taça com certo requinte, oriundo dos dias em que aprende sobre etiqueta encontrava-se dentro de uma simples rotina, tocando de maneira suave a taça em meus lábios e degustando um pouco do vinho, sem pressa, não pretendia chegar a uma segunda taça de todo modo. Retornando a taça a mesa e deslizando o lábio superior sobre o oposto, mordiscando de leve ao final, a fim de provocá-la.

- Um florete, a busca de um foi o que me trouxe aqui...

Inclinaria meu corpo, à esquerda, enquanto prosseguia, passeando meus olhos por sua face e sugerindo uma certa nostalgia, os pensamentos do que se passou e de, até onde, eu poderia realmente falar com ela. Canhota, esta sobre a face com leve apoio ao queixo com o polegar, e, tocando meu lábio inferior com o dedo indicador transpassando lentamente.

- ...Eu perdi meus pais ainda bem jovem e do pouco que lembro destes, os seus ensinamentos na arte da esgrima ficaram marcados em mim e à muito não sinto o peso de uma lâmina...

Omitia minha origem no cunho de minha casta, oi, sou uma princesa, não me parece uma boa informação para um primeiro diálogo, e, muito menos uma coisa sã a se dizer. É claro, isso também traria à tona o foco errado para a conversa, que, por minhas razões, preferia que decorresse de forma fluída.

- ...Os dias parada precisam de um fim e…

Um sorriso correria minha face, meu corpo, inclinaria-me de maneira sutil e lenta em sua frente. Lateralmente a sua face, diminuindo minha voz conforme as nossas distâncias encurtariam-se, buscando seus ouvido a sua destra. Sussurraria, próxima, não somente para uma particularidade de nossa conversa, como também na intenção de quem sabe, arrepiá-la incluso ao ato.

- … estou atrás de novas aventuras, novas descobertas…

Recolheria meu corpo, dentro do mesmo ritmo, de maneira calma, sem afastar-me de mais para que deixe que o clima passe, sem aproximar-me de mais para que roube seu espaço. Frente a sua face, e, com meus lábios próximos o bastante para que novamente pudesse tomar do hálito que sugeria o gosto de seus lábios, aguardando, que de ambas as partes partissem o desfecho, em que, desfrutaria do sabor daquele morango.

Por minha consciência ainda passaria o eco de suas primeiras falas, que ali nunca fecha. Preocupava-me que ela não tivesse tempo livre, ao que no fim queria, preferia que fosse a dois e em particular. A primeira vez ao menos, posterior sou aberta a muitas possibilidades.

Olho ao olho, uma certa ansiedade que correria-me, torcia, para que meu beijo fosse respondido por ela. Minhas unhas da mão direita, apoiando-se sobre a mesa. A esquerda que tremia de certa ansiedade, pronta, para sentir o toque de sua nuca, a sensação de seus cabelos no primeiro sinal de resposta que esta poderia dar-me, ou, apenas puxar meu corpo de volta em caso de negativa. Pensamento que correm minha mente, no momento, naquele momento, afinal. “para os que amam, o tempo é eterno.”  

>> Vestindo <<
cons. off:
- Tentei fazer o melhor possível, peço desculpas por erros, escrever uma segunda vez após perder o primeiro cortou um pouco o ímpeto. Desculpa a demora ><
- A descrição de aparece segue praticamente a mesma, mas, estou mudando só a photoplayer pra não pegar a Elsa q está em uso e eu não sabia.
- Tudo tentativa, e, a pergunta que não quer calar. Qual o tamanho das unhas? Muito importante sabe :P

Princess Iris Ao'Yume
Um passo à frente, pode ser o começo para consertar os passos que já foram dados





____________________________________________________

A Luxure Girl
Keep

calm,


i'm

Here


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 37
Warn : [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 22
Localização : The Wonderful Land

[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol   [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol EmptyTer Nov 27, 2018 8:19 am


Escutando a loira, Neo coloca a mão direita apoiando sua bochecha, enquanto olha para cima, era clara sua expressão de que estava pensando sobre a pergunta, então mais uma vez, volta seu olhar para a maravilhosa garota em sua frente, com isso, bebe mais um pouco do vinho que servira para ela e responde sua pergunta, ainda esboçando um ar um tanto quanto sensual, mas dessa vez com um tom de empolgação, enquanto fecha os olhos dando um leve sorriso durante sua resposta.

- Piratas? É difícil dizer, nesse mundo existem piratas e piratas... Cada um segue suas próprias vontades e convicções... Tesouros, poder, fama, liberdade, aventuras... Acho que é uma palavra bastante ampla para definir alguém, pode ser que combine com você e pode ser que não tenha nada a ver. –

Enquanto a garota bebia do vinho e começava a contar sua história, a ruiva a olhava fixamente, bebendo do vinho e até mesmo servindo sua própria taça, aquele olhar, onde olhos vermelhos extremamente parecidos com dois grandes rubis inestimáveis, que poderia até ser ameaçador para alguns, penetravam nos olhos azulados de Ires, duas beldades conversavam no meio de toda a confusão que ocorria no bar, enquanto os piratas se divertiam, sendo que tudo que Neo fazia era beber e escutar cada palavra atentamente, balançando a cabeça e mudando seu semblante para de tristeza ou felicidade com o decorrer da história.

Com a conclusão da história, a garota se aproximou, deixando os lábios bastante próximos da ruiva, não deixando escolha para a moça, Ires era uma linda e sedutora garota, irresistível até mesmo para Neo, que aparentava ser bastante vivida e ter tido todo tipo de experiências. Vendo a aproximação, a ruiva também aproximou seus lábios, deslizando uma das mãos por trás do pescoço da garota, de maneira sutil e deixando sua outra mão sobre a mão direita da garota, também de maneira sutil, dando oportunidade para que aquele belo, longo e doce beijo entre as duas jovens garotas ocorresse por algum tempo, como se tudo naquele ambiente barulhento tivesse ficado silencioso e mágico por um breve momento.

- Quero te mostrar uma coisa, vem comigo... –

A garota finalizou o beijo, se aproximando com os lábios do ouvido de Ires e sussurrou mais uma vez de maneira sensual, enquanto puxou o braço da garota, a levando por uma porta localizada ao lado do balcão onde estavam, esta levou até uma sala, onde haviam algumas bebidas nas paredes, como uma espécie de adega, mas o inusitado eram as variadas armas penduradas em uma das paredes, onde haviam revolveres, espadas, foices, chicotes, martelos e todos os tipos de arma. Com isso, a ruiva disse ainda de maneira sensual, mas animada, enquanto pegava dois floretes e oferecia um para Ires.

- O antigo dono deixou essas armas para mim quando comprei o lugar, tenho treinado esgrima faz algum tempo, pode ficar com um dos floretes, mas será que me daria a honra de uma luta? –

Neo:
 

DICAS E ORIENTAÇÕES:
 



____________________________________________________

[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol FanalisG
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Unknown[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Imagem4
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol   [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: