A Grande era dos Piratas



 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Yamajin
por Yamajin Hoje à(s) 10:35

» [MINI - Bill Curly] - Meu Ódio Será Tua Herança
por Curly Bill Hoje à(s) 03:00

» Helves
por Ryoma Hoje à(s) 02:16

» [MINI-Kurokami] Alvorada
por Knabstrupper Hoje à(s) 02:00

» Bell Farest
por Far Ontem à(s) 23:38

» Kryn Nerelin
por Punk Ontem à(s) 22:19

» [Mini-Theoscelo] The Awakening
por Theoscelo Ontem à(s) 20:08

» [MINI-*Towetz*] O Fanfarrão de Shells Town
por Towetz Ontem à(s) 15:07

» Edmure de Rivia
por Wing Ontem à(s) 14:24

» SeaGull Newspaper - Agosto a Dezembro de 2018
por Marciano Ontem à(s) 14:12

» Iris Ao'Yume Al'Nyat
por ADM.Bowel Ontem à(s) 12:54

» [Mini-Jean-Claude] Prólogo
por Jean-Claude Strauss Ontem à(s) 10:15

» [M.E.P] Curly Bill
por Galaxy Dante Ontem à(s) 04:10

» [M.E.P] Towetz
por Galaxy Dante Ontem à(s) 04:08

» MINI-TRIPZAP
por Galaxy Dante Ontem à(s) 04:06

» [M.E.P] - TRIPZAP
por Galaxy Dante Ontem à(s) 04:05

» [MINI-*Shark D. Davy*] *Mundança...*
por Fanalis B. Ria Ontem à(s) 01:55

» [MINI-Shark D. Lee] A Primeira de Muitas
por Fanalis B. Ria Ontem à(s) 01:55

» [MINI-Ulricheisen] O Sopro Inicial
por ulricheisen Ontem à(s) 01:41

» [Mini - Hou Yi] Capítulo 0.5
por Hou Yi Ontem à(s) 01:07

Facebook

------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG


Conheça o Fórum NS


Compartilhe | 
 

 [MINI - Kijartan] Anjo do Mar

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Bread
Orientador
Orientador


Data de inscrição : 03/04/2017

MensagemAssunto: Re: [MINI - Kijartan] Anjo do Mar   Ter 09 Out 2018, 19:31

~Post NEGADO~


* Olá Kijartan... infelizmente passou alguns detalhes importantes que ainda caracterizam o "God Mode". Por mais que o orientador Meursault tenha adiantado um pouco a história colocando casos futuros (caso ele adentrasse na loja, se depararia com uma jovem atendente) isso não representa exatamente que os casos serão completamente bem sucedidos e que pode abdicar do tempo verbal no futuro do pretérito, pois justamente eles ainda não ocorreram.

Abaixo eu separei algumas frases com verbos que vc usou no futuro do presente, e depois da setinha, fica como eles deveriam ser escritos no futuro do pretérito:
- "o celestial vai em busca" -> "o celestial iria em busca"
- "as suspeitas do rapaz se confirmaram e ele avistou" -> "as suspeitas do rapaz se confirmariam e ele avistaria"
- "ele olha o texto e logo sorri" -> "ele olharia o texto e logo sorriria"

Existem mais exemplos no seu post, mas eu acredito que não precise pontuá-los pq sinto que vc já captou a mensagem. É importante ressaltar também que na sua última estrofe nenhum "God Mode" foi cometido... o que me faz pensar que você confundiu a narração do antigo orientador de um caso do qual vc tivesse se dirigido ao pet shop, mas que ainda de fato não tinha ocorrido.

Gostaria também de deixar uma reflexão para que vc comparasse as falas do seu personagem com os pensamentos do mesmo... eu sinto que suas falas estão completamente humanizadas, o que torna a narrativa muito interessante; porém seus pensamentos estão meio robotizados como se eles fizessem parte da sua narração e não uma reflexão pessoal do seu personagem. Encare o pensamento como se fosse uma fala, mas da qual apenas seu personagem está ouvindo... essa dica ajuda bastante e enriquece sua escrita ;) *
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kijartan
Membro
Membro
avatar

Créditos : 6
Warn :
Masculino Data de inscrição : 24/09/2018
Idade : 21

MensagemAssunto: Re: [MINI - Kijartan] Anjo do Mar   Ter 09 Out 2018, 20:01

Depois de sair de sua casa e começar a perambular pela cidade, Sora sente os agradáveis raios de sol da manhã banhando seu rosto, enquanto uma brisa sutil e delicada acerta seu corpo, levando ele a pensar:

- O clima dessa ilha é realmente maravilhoso, sair esse horário é realmente muito satisfatório, ainda mais por quase não ter ninguém nesse horário.

Porém, algo estava diferente da maioria de suas manhãs, pois o jovem celestial conseguia ver ao seu redor uma quantidade bem maior de pessoas na rua, mas ninguém em especifico no meio da multidão chama sua atenção e ele não consegue lembrar que este dia seja uma data especifica de alguma comemoração ou ainda alguém importante esteja visitando a ilha, assim ele começa a refletir em sua mente sobre a situação:

- Heee?...

- Por que tem tanta gente na rua essa hora?...

- Não lembro de nada de novo pra hoje, isso é muito estranho...


(Sora da um suspiro)


- Mas fazer o que...

- Vou logo para onde tenho que ir, ficar aqui perto de tanta gente está me deixando nervoso e cansado.


Chegando ao seu destino, o rapaz entendeu o motivo de tudo aquilo, vários cartazes anunciavam o motivo de toda aquela agitação, estava acontecendo uma exibição de animais exóticos acontecendo na ilha, organizada por ninguém menos que a Tumtum Pet Shop, uma loja conhecida por todos do East Blue, tanto por suas riquezas quanto influência. Nos cartazes havia a informação de que o evento duraria a semana inteira, fazendo Sora pensar:

- Hum...

- Acho que para algo com tanta gente assim, eles devem estar precisando de pessoal...

- Vale a pena investigar...

- Só espero que não tenha muita gente pra ter que falar nesse trabalho...

- Se tiver vai ser muito cansativo.


Terminando seu pensamento, o celestial iri em busca da loja procurar a informação de que  eles estariam realmente precisando de trabalhadores ou não. Chegando a Tumtum Pet Shop, as suspeitas do rapaz se confirmariam e ele avistaria logo um cartaz escrito "contrata-se" bem na porta do gigantesco estabelecimento, ele olharia para o texto e logo abriria um sorri, enquanto avançaria para dentro do lugar feliz por não ter ido até ali em vão. Ao entrar no lugar, o ceifador seria logo abordado por uma jovem atendente que de forma simpática lhe desejaria um bom dia e perguntaria se pode ajudá-lo com algo. Sora pararia e ficaria próximo a atendente quando a mesma o chamaria a atenção, ele olharia ela de cima a baixo rapidamente e logo responderia com seu tom natural, uma voz um pouco mais baixa que o normal, falando de maneira lenta e meio tímido, diria:

- O-Olá...

- Me chamo Sora...

- Eu vim pelo anúncio...
(Ao mesmo tempo ele aponta para o cartaz na porta)

Ao terminar suas frases, o jovem esperaria pela resposta da atendente, caso ela deseje que ele a acompanhe a um algum lugar para uma possível entrevista ou mesmo que ela o envie para algum lugar para receber as informações do que é o trabalho, o celestial a seguiria e ouviria atentamente a tudo que for explicado a ele.




Legenda:

Narração - Branco
Pensamentos - Vermelho
Falas - Azu
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bread
Orientador
Orientador
avatar

Créditos : 39
Warn :
Masculino Data de inscrição : 03/04/2017
Idade : 28
Localização : Las Camp - West Blue

MensagemAssunto: Re: [MINI - Kijartan] Anjo do Mar   Qua 10 Out 2018, 23:58





NARRAÇÃO SORA



MINI AVENTURA / POST 02






Apesar de precisar de um trabalho, Sora não queria nada do qual precisasse se comunicar em demasia. Tumtum Pet Shop não era um pet shop comum... diversos animais diferentes e raros se encontravam lá e trabalho era trabalho. Enquanto estivessem pagando... por que não?


A moça que recebia o ceifador era bem simpática. Seus cabelos negros longos e lisos contrastavam bem com sua pele alva e jovem, conferindo-lhe uma beleza acima da média. A garota coloca o indicador na frente dos lábios enquanto esbugalha os olhos - Han?


Depois de alguns instantes, enquanto a timidez de Sora travava um pouco suas palavras, a menina já parecia ser mais extrovertida. Ela daria um soco na palma de sua própria mão e deduziria quase gritando - AHHHHHHHHHH O EMPREGO! VEM!


O jovem esperava acompanhar aquela que poderia ser sua chefe ou mesmo uma colega de trabalho, mas ela se antecipava e puxava o rapaz pelo pulso machucando-o levemente. Ela no fundo parecia ser bem mais forte do que aparentava.


Várias jaulas contendo animais coloridos e alguns até selvagens eram encontrados pelos corredores. Itens como brinquedos e ração também podiam ser avistados pelas prateleiras. Ao chegar perto de uma jaula com quase o dobro do tamanho de Sora, um pássaro colorido grande estava lá dentro dormindo.


- Esse é um Tori... você acha que consegue cuidar dele? - perguntava a garota com os braços cruzados, levemente empolgada.




Off:
 

____________________________________________________

Objetivos:
 


FICHA~~~~~~~~~~~~~~~~~~AVENTURA



Legendas:
 


Última edição por Bread em Sex 12 Out 2018, 19:43, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kijartan
Membro
Membro
avatar

Créditos : 6
Warn :
Masculino Data de inscrição : 24/09/2018
Idade : 21

MensagemAssunto: Re: [MINI - Kijartan] Anjo do Mar   Qui 11 Out 2018, 12:17

Depois de dizer o motivo por trás de sua ida até a loja, Sora observava a reação da moça que o recebeu, enquanto esperava por sua resposta, até que ela da um soco na palma da própria mão e confirma o fato de ter entendido que o jovem estava ali pelo emprego, assim ela o puxa por seu pulso com uma certa força, em direção a algum lugar, fazendo Sora pensar enquanto é arrastado pela moça:

- Ai...

- Essa moça é bem mais forte do que parece...

- E ela já foi logo me puxando...



(Sora da um leve suspiro)


- Agora não tenho muito o que falar...

-  Só me resta esperar pra ver onde ela me leva...

- Afinal eu tenho que conseguir esse trabalho.


Enquanto era levado a um destino desconhecido a Sora, o jovem percebe muitos animais coloridos e até mesmo selvagens pelos corredores, além de brinquedos e rações pelas prateleiras, fazendo o ceifador concluir que realmente a loja oferta muitas coisas ao publico e é muito bem preparada para realizar um evento de grade porte.

A moça leva Sora até próximo a uma jaula com quase o dobro de seu tamanho, com um pássaro grande e colorido em seu interior, o ceifador observa que o animal em seu interior está dormindo. No momento em que os dois param perto da criatura, a garota logo diz a Sora que esse ser se trata de um "Tori" e pergunta se o rapaz pode cuidar dele, no momento em que as palavras chegariam ao ceifador, o mesmo se aproximaria da jaula e observaria bem o animal.

Logo em sequência, Sora recuaria um pouco em direção a garota e perguntaria, com um olhar de duvida em relação a situação e um tom meio preocupado em não falar de uma forma rude, misturado com sua timidez rotineira, ele falaria:

- Com licença...

- É...

- Então...

- Como assim...

- Cuidar?...

- Ele está com algum tipo de doença...

- Ou algo assim?

Sora aguardaria a resposta da moça em relação ao que ele realmente deveria fazer com o animal em questão, caso ela falasse que o animal precisaria de algum tipo de cuidado médico, o ceifador responderia, com um tom meio decepcionado, misturado com sua timidez:

- Bem...

- Sinto muito...

- Eu não tenho nenhum conhecimento veterinário.


Porém, juntando forças e com o intuito de mostrar a garota que Sora poderia ser contratado para o trabalho, ele falaria, com um tom mais entusiasmado e com determinação, embora estaria acompanhado de sua timidez cotidiana, diria:

- Mas...

- Se a senhora me der uma chance...

- E me dizer o que precisa ser feito...

- Eu prometo que farei meu melhor!


Assim, esperaria pelo que a garota diria a ele, sobre o seu futuro naquele trabalho.
 



Legenda:

Narração - Branco
Pensamentos - Vermelho
Falas - Azul
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bread
Orientador
Orientador
avatar

Créditos : 39
Warn :
Masculino Data de inscrição : 03/04/2017
Idade : 28
Localização : Las Camp - West Blue

MensagemAssunto: Re: [MINI - Kijartan] Anjo do Mar   Sex 12 Out 2018, 23:04





NARRAÇÃO SORA



MINI AVENTURA / POST 03






A loja da qual Sora provavelmente se tornaria o mais novo funcionário era imensa e muito bem resguardada em termos de estoque. Lá, haviam todo o tipo de itens e comidas para animais, de modo que ele poderia respirar aliviado em conseguir emprego em um local de grande porte.


Seu braço já estava ficando vermelho com a força que a menina o agarrava e o arrastava pelos corredores do pet shop. Mesmo assim, ele apenas a acompanhava sem ter muita opção de escolha até que ambos chegavam na jaula que guardava o Tori.


- Cuidar? Ele está com algum tipo de doença ou coisa assim? - perguntava o garoto um tanto quanto curioso pelo motivo do pedido e eis que a menina franze a testa e olha fixamente para o grande pássaro com as mãos na cintura - Não... esse espertinho aqui é muito rebelde! Ele já até mesmo arrancou o braço de uma das cuidadoras... pobre Matilda! - a menina ficava cabisbaixa lamentando por instantes após cruzar os braços e voltar-se para Sora - Preciso que me dê cobertura enquanto coloco comida na jaula dele. Acha que consegue? - apesar de séria, as palavras de sua colega de trabalho soavam um pouco como desafiadoras.


- Se a senhora me disser o que precisa ser feito, darei o meu melhor! - respondia empolgado o ceifador. E não qual a sua surpresa quando a mulher apontou para uma foice curta de aproximadamente um metro de altura encostada na parede atrás de uma estante - Certo, certo... é só pegar aquela foice ali e me acompanhar enquanto eu entro na jaula


Porém, quando a criadora abre a jaula e coloca o primeiro pé no lado de dentro, uma poderosa bicada arremessa a criadora para o lado oposto da grande jaula fazendo com que ela batesse com as costas e caísse sentada no chão inconsciente. Se Sora demorasse muito, poderia ser o fim da garota!




Off:
 

____________________________________________________

Objetivos:
 


FICHA~~~~~~~~~~~~~~~~~~AVENTURA



Legendas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kijartan
Membro
Membro
avatar

Créditos : 6
Warn :
Masculino Data de inscrição : 24/09/2018
Idade : 21

MensagemAssunto: Re: [MINI - Kijartan] Anjo do Mar   Ter 16 Out 2018, 14:25

Após um curto dialogo, Sora consegue entender qual deve ser seu trabalho naquele lugar, proteger a moça que o atendeu, enquanto ela alimenta a enorme ave dentro da jaula, assim, o mesmo se encaminharia em direção a uma foice curta, na qual havia sido indicada a ele pela garota para usar como arma, com o objetivo do jovem proteger a si mesmo e a moça do Tori.

Porém, no momento em que a criadora entra na jaula, ela é atacada por uma repentina bicada da ave e arremessada para o lado oposto da grande jaula, levando ela a sofrer um grande impacto nas costas, enquanto desmaia logo em sequência. Ao observar essa cena, Sora pegaria rapidamente a foice e entraria na jaula, enquanto pensaria de forma nervosa e agitada, olhando os arredores do lugar:

- E agora? E agora?

- O que eu faço?


O ceifador lembraria rapidamente o que acabou de acontecer e com um plano em mente, correria em direção ao lado direito da ave. Conseguindo chegar aonde se dirigia, Sora se aproximaria das grades da jaula, até que elas ficassem bem próximas as suas costas, porém, longe o suficiente para que não atrapalhassem seus movimentos, enquanto isso, o jovem pensaria, ao mesmo tempo em que olharia rapidamente para o Tori e a Moça:

- Não tem outro jeito, se eu não fizer nada ela vai acabar morrendo!

Sora respiraria fundo e com um olhar determinado, começaria a bater na jaula com a parte de trás de sua foice, enquanto grita provocando a ave com uma coragem e um tom de voz que nem ele sabia que tinha, dizendo em alto e bom som:

- Venha aqui seu idiota!

- Eu estou aqui, venha logo ou eu vou acabar com você!


O plano do ceifador é atrair a atenção do Tori para si mesmo, para que assim ele se afaste da moça, tendo conseguido chamar sua atenção, Sora ficaria em posição de batalha esperando o golpe da criatura, para que no momento em que ela atacaria o celeste, ele usaria toda sua agilidade para desviar de uma provável bicada, para que assim, a ave batesse com a cabeça nas grades e logo em sequência, o ceifador usaria essa oportunidade para acertar a nuca do Tori com o lado externo de sua foice usando toda sua força, visando incapacitar a criatura.

Caso as batidas e os gritos de Sora não chamassem a atenção do pássaro, o ceifador arremessaria sua foice na direção do rosto do animal e o provocaria mais, até que ele avançasse em sua direção, levando o jovem a executar o plano que já havia elaborado, porém dessa vez, ele juntaria suas mãos simulando o formato de um martelo e desferiria o golpe que já havia planejado na nuca da ave, porém com seu próprio corpo no lugar da foice.

Tendo certeza que havia incapacitado o Tori, Sora correria em direção a atendente desmaiada, colocaria rapidamente a comida que ela estava levando para a ave, onde ele imaginaria que ela deveria ser colocada e logo em sequência, sairia junto com a atendente de dentro da jaula, fecharia a entrada e tentaria ajudar a garota a recuperar seus sentidos, enquanto o mesmo mexeria em seus ombros da atendente e diria com um tom nervoso, ainda muito agitado:

- Moça, tudo bem!?

- Vamos acorde, por favor, vai ficar tudo bem agora, mas você precisa acordar.
 




Legenda:

Narração - Branco
Pensamentos - Vermelho
Falas - Azul
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bread
Orientador
Orientador
avatar

Créditos : 39
Warn :
Masculino Data de inscrição : 03/04/2017
Idade : 28
Localização : Las Camp - West Blue

MensagemAssunto: Re: [MINI - Kijartan] Anjo do Mar   Qui 18 Out 2018, 21:57

~Post NEGADO~


* Bom... eu não terminei ainda o combate pq gostaria de te dar umas dicas sobre ele.

A primeira dica é pra evitar sempre utilizar um EdC do qual vc não possui. Por exemplo, vc colocou um caso para arremessar a foice (sem ser um atirador) e golpear o pássaro com as mãos nuas (sendo que vc sabe lutar com uma foice, e não com EdC de mãos nuas). Isso resulta em casos praticamente falhos de combate por estar tentando executar uma manobra da qual seu personagem não conhece bem.

Outro ponto foram seus casos de defesa... eles estão pouco descritivos (desviaria... ok... mas como?). Além disso, seu primeiro caso de ataque foi todo focado em desviar de uma bicada que bateria na jaula. Não tem problemas ser pouco genérico em sua estratégia, mas quando for procure ao máximo criar demais casos e situações...

Vou dar um exemplo: Se o Tori não te atacasse com o bico, ou se não batesse na jaula, ou mesmo se vc não desviasse... qualquer uma dessas situações invalidariam todo o resto do seu post pois toda a sua estratégia estava focada nisso.

Outra coisa que é legal falar é que suas falas e pensamentos ainda estão com quebra de linha... eu particularmente acho ruim para a leitura pois ele indica uma quebra de um raciocínio (ou fala) que na verdade não quebra... ele continua simplesmente.

Todavia sua narração no geral é muito boa mesmo e só estou pegando no pé negando o post pq eu acredito que vc tem muito potencial para evoluir dentro do fórum e porque se eu desse seguimento na história, vc estaria em grande desvantagem agora contra o Tori. *

____________________________________________________

Objetivos:
 


FICHA~~~~~~~~~~~~~~~~~~AVENTURA



Legendas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kijartan
Membro
Membro
avatar

Créditos : 6
Warn :
Masculino Data de inscrição : 24/09/2018
Idade : 21

MensagemAssunto: Re: [MINI - Kijartan] Anjo do Mar   Sab 20 Out 2018, 17:22

Após um curto dialogo, Sora consegue entender qual deve ser seu trabalho naquele lugar, proteger a moça que o atendeu, enquanto ela alimenta a enorme ave dentro da jaula, assim, o mesmo se encaminharia em direção a uma foice curta, na qual havia sido indicada a ele pela garota para usar como arma, com o objetivo do jovem proteger a si mesmo e a moça do Tori.

Porém, no momento em que a criadora entra na jaula, ela é atacada por uma repentina bicada da ave e arremessada para o lado oposto da grande jaula, levando ela a sofrer um grande impacto nas costas, enquanto desmaia logo em sequência. Ao observar essa cena, Sora pegaria rapidamente a foice e entraria na jaula, enquanto pensaria de forma nervosa e agitada, olhando os arredores do lugar:

- E agora? E agora? O que eu faço?

O ceifador lembraria rapidamente o que acabou de acontecer e com um plano em mente, correria em direção ao lado direito da ave. Conseguindo chegar aonde se dirigia, Sora se aproximaria das grades da jaula, até que elas ficassem bem próximas as suas costas, porém, longe o suficiente para que não atrapalhassem seus movimentos, enquanto isso, o jovem pensaria, ao mesmo tempo em que olharia rapidamente para o Tori e a Moça:

- Não tem outro jeito, se eu não fizer nada ela vai acabar morrendo!

Sora respiraria fundo e com um olhar determinado, começaria a bater na jaula com a parte de trás de sua foice, enquanto grita provocando a ave com uma coragem e um tom de voz que nem ele sabia que tinha, dizendo em alto e bom som:

- Venha aqui seu idiota! Eu estou aqui, venha logo ou eu vou acabar com você!

O plano do ceifador é atrair a atenção do Tori para si mesmo, para que assim, ele se afastaria da moça, tendo conseguido chamar sua atenção, Sora ficaria em posição de batalha esperando o golpe da criatura, para que no momento em que ela atacaria o celeste, ele usaria toda sua agilidade para desviar, com um pequeno salto em direção ao lado esquerdo em relação ao corpo do jovem, do golpe que se aproximaria, para que assim a ave batesse contra as grades. O ceifador usaria essa oportunidade para acertar o Tori com o lado externo de sua foice,  usando toda sua força ele miraria na nuca da ave, caso a mesma use uma bicada. Sendo um golpe diferente, Sora bateria na parte do Tori que haveria acertado a grade da mesma forma que já havia decidido, fazendo um movimento de cima da sua cabeça em direção ao chão, para quebrar o equilíbrio do pássaro e derruba-lo no chão, assim, Sora correria rapidamente em direção a sua cabeça e desferiria outro golpe com a parte externa da foice bem no centro da região, visando incapacitar a ave.

Caso as batidas e os gritos de Sora não chamassem a atenção do pássaro, o jovem correria rapidamente em direção a região da barriga do pássaro, assim que chegasse próximo o suficiente, com o lado externo de sua foice, ele acertaria um golpe na horizontal, mirando a "boca" do estomago da ave, para que a mesma desmaiasse. Caso a região que o celeste desejaria acertar esteja fora de seu alcance, o mesmo correria em direção ao joelho da criatura e o usaria como plataforma para saltar em direção a onde pretenderia acertar seu golpe. Percebendo que o Tori não haveria sido derrotado, Sora se posicionaria na frente da ave, com a ideia de "forçar" uma bicada em sua direção, para que, no momento em que o golpe seria lançado, o jovem desviaria com um pequeno salto para a direita de seu próprio corpo e logo em sequência desferiria outro golpe com o lado externo de sua foice bem na nuca da ave, visando incapacitar a mesma.

Tendo certeza que havia incapacitado o Tori, Sora correria em direção a atendente desmaiada, colocaria rapidamente a comida que ela estava levando para a ave, onde ele imaginaria que ela deveria ser colocada e logo em sequência, sairia junto com a atendente de dentro da jaula, fecharia a entrada e tentaria ajudar a garota a recuperar seus sentidos, enquanto o mesmo mexeria em seus ombros da atendente e diria com um tom nervoso, ainda muito agitado:

- Moça, tudo bem!? Vamos acorde, por favor, vai ficar tudo bem agora, mas você precisa acordar.  




Legenda:

Narração - Branco
Pensamentos - Vermelho
Falas - Azul
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bread
Orientador
Orientador
avatar

Créditos : 39
Warn :
Masculino Data de inscrição : 03/04/2017
Idade : 28
Localização : Las Camp - West Blue

MensagemAssunto: Re: [MINI - Kijartan] Anjo do Mar   Seg 22 Out 2018, 20:57





NARRAÇÃO SORA



MINI AVENTURA / POST 04






O ceifador se preocupava realmente com a garota que tinha sido atacada impiedosamente pelo pássaro gigante. De um modo deveras nobre, Sora adentra a jaula e começa a bater com sua foice recém adquirida para atrair a atenção do Tori e fazer com que ele desvie a atenção da criadora e evitar que a pobrezinha viesse sofrer um trágico fim.


A atração foi bem sucedida, e o pássaro gigante começa a piar de uma forma bizarra e parte agachada ruflando suas asas em direção ao celestial como se fosse uma ave de rapina. Esperto, Sora salta para o lado no momento oportuno desviando da bicada daquele animal do qual deveria cuidar e golpeia com muita força sua foice em formato de gancho na nuca do animal.


Uma quantidade considerável de sangue jogarrava do ferimento gerado e os pios do animal ficavam mais altos e estridentes. Aproveitando do descuido de seu oponente, o ceifador alado prontamente golpeia os pés do Tori fazendo-o cair no chão com certa violência pelo seu tamanho e peso fora dos padrões das aves.


Não obstante, Sora finaliza o pássaro com um golpe da área externa de sua foice fazendo com que a ave desmaie. Talvez não fizesse tanta diferença por conta do ferimento em seu pescoço que aparentava ser bem grave, mas de fato a ave estava fora de combate e ainda viva.


- Moça, tudo bem!? Vamos acorde, por favor, vai ficar tudo bem agora, mas você precisa acordar. - Desesperadamente, o herói tenta acordar a criadora do pet shop mas ela parecia ainda estar inconsciente, apesar das batidas de seu coração provarem que ela estava viva ainda quando Sora a pegou no colo.




Off:
 

____________________________________________________

Objetivos:
 


FICHA~~~~~~~~~~~~~~~~~~AVENTURA



Legendas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kijartan
Membro
Membro
avatar

Créditos : 6
Warn :
Masculino Data de inscrição : 24/09/2018
Idade : 21

MensagemAssunto: Re: [MINI - Kijartan] Anjo do Mar   Qui 25 Out 2018, 19:12

O plano de Sora havia dado certo, o jovem ceifador conseguiu derrotar o Tori e salvar a moça que estava com ele, utilizando daquilo que tinha planejado, além de sua coragem e agilidade para realizar tudo aquilo. Com isso, o celeste se aproxima para ajudar a moça inconsciente a recobrar os sentidos, porém, mesmo chamando e tentando acorda-la, a atendente parece não responder, embora Sora saiba que, por conseguir ouvir as batidas do coração da moça, ela esta viva.

Assim, Sora colocaria a mulher encostada em algum lugar seguro próximo a eles e buscaria ajuda na loja, ele correria em direção ao lado em que a principio havia entrado na loja e procuraria alguém que trabalharia ali e poderia ajuda-lo, ele levaria a pessoa até a atendente, enquanto explicaria tudo que ocorreu até aquele momento.

Sora ajudaria em tudo que seria necessário ao atendimento a moça e pediria desculpas por ter ferido a ave, com isso ele acabaria em dizer que não necessitaria do pagamento por todo o estrago que causou ao animal.

O jovem sairia da loja deprimido pelo que fez ao animal, mas com um sentimento de adrenalina e orgulho misturados dentro de si, ele olharia para suas mãos e pensaria:

- Ter feito aquilo naquele pobre animal foi realmente horrível. Mas, que tipo de sensação é essa?

Sora acabaria por entender que ele estaria apenas feliz e agitado, por ter derrotado aquele enorme pássaro e salvo a garota. Com isso, o ceifador entenderia que mesmo com toda sua timidez, ele adora o sentimento de uma boa batalha, fato que levaria Sora a procurar um novo tipo de trabalho, a partir desse dia, o jovem se encaminharia para se alistar na marinha, pois ele estaria em busca de grandes aventuras, enquanto defende a justiça.

Legenda:

Narração - Branco
Pensamentos - Vermelho
Falas - Azul
~FEEDBACK~

Visando uma maior qualidade nas orientações, a Staff gostaria de saber a opinião do que achou do orientador em que teve a responsabilidade de narrar. É uma pergunta básica que deve ser respondida com sinceridade, ajudando bastante a qualidade de orientação dos orientadores, afinal os mesmos saberão onde estão indo bem, pecando e assim melhorando gradativamente. Então a questão é a seguinte: "O orientador demonstrou um regular/bom/ótimo trabalho? Desde a parte de tirar dúvidas, as dicas, o carisma do orientador com você (principalmente a atenção que foi dada durante a mini-aventura), o desenrolar dela e por fim se reconheceu uma maior clareza do sistema narrativo."
Opinião: Ótimo
Bem, eu achei a mini aventura muito explicativa, a maneira de como eu deveria responder os posts também foi muito bem detalhada e cobrada, além do fato do conteúdo da aventura em si ter sido muito bons. Sim, e sempre que eu mandava algum tipo de pergunta, era respondido rápido e com muita clareza.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bread
Orientador
Orientador
avatar

Créditos : 39
Warn :
Masculino Data de inscrição : 03/04/2017
Idade : 28
Localização : Las Camp - West Blue

MensagemAssunto: Re: [MINI - Kijartan] Anjo do Mar   Qui 25 Out 2018, 22:57

~Mini-Aventura ENCERRADA~


Observações:
- Kijartan conseguiu captar diversas dicas ao longo da mini-aventura e isso fez sua narração ficar ainda melhor do que já era. Garoto promissor!

O que fazer agora que terminei minha Mini-Aventura?
- 1º passo: Agora que encerrou sua mini-aventura basta criar a sua ficha na Criação de Personagens usando o Modelo de Ficha.
- 2º passo: Corra e crie sua aventura. Onde? Há um tópico chamado Crie sua Aventura, lembre-se de que você somente pode criar uma aventura se sua ficha for aprovada e dentro do limite de pedidos de criação de aventura pendentes. Caso haja alguma pendência espere alguém aprovar a aventura anterior, para postar a sua.
- 3º passo: Aventura aceita? Então procure um narrador, onde? Em T.N.D crie um tópico para solicitar seu narrador, e aguarde o ADM responsável pela área escolher um narrador para você.
- AH! Leia as regras para que você não venha a tomar punições.
- Lembre-se você tem 30 dias para pedir os 6 créditos da conclusão da mini-aventura neste link.

____________________________________________________

Objetivos:
 


FICHA~~~~~~~~~~~~~~~~~~AVENTURA



Legendas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [MINI - Kijartan] Anjo do Mar   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[MINI - Kijartan] Anjo do Mar
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» MANUAL COM ESQUEMA MINI SISTEM PHILCO MOD. PH400 VERSION A.pdf
» Mini pizza e brotinho semi-pronta.
» quanto tempo dura a mini pizza na geladeira
» AJUDA: Montando um carrinho ambulante de mini pizza
» Massa ideal para mini pizza pré-assada

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A Grande era dos Piratas :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: