A Grande era dos Piratas



 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Prazer em conhece-los
por Joker299 Hoje à(s) 22:40

» *[MINI - Akira Mazer] o começo de uma nova aventura, de Loguetown ao mundo!!
por Joker299 Hoje à(s) 22:31

» [MINI - Akira Mazer] o começo de uma nova aventura, de Loguetown ao mundo!!
por Joker299 Hoje à(s) 22:26

» Troca de Orientador
por beyonder Hoje à(s) 22:04

» Samantha Evergreen
por Sioux Hoje à(s) 21:21

» [Mini - Räst] No massacre floresço, como uma flor no amanhecer.
por Räst Hoje à(s) 18:03

» Sette Bello
por Pippos Hoje à(s) 17:43

» [Mini - Fergus] A continuação de um sonho
por Volkesrj Hoje à(s) 13:18

» [M.E.P} O Vazio
por Bread Hoje à(s) 12:58

» Gran Magnus
por ADM.Mephisto Hoje à(s) 07:05

» [Mini - Dori] Agora vai
por Galaxy Dante Hoje à(s) 06:59

» [M.E.P] Räst
por Bread Hoje à(s) 01:34

» [Mini-Zeratul] Um Caminho Tortuoso
por Zeratul Ontem à(s) 21:48

» [M.E.P.] Zeratul
por Galaxy Dante Ontem à(s) 21:38

» [Mini-kurayami kotei] Um novo amanha
por Rimuru Ontem à(s) 17:37

» [MINI-AZRAEL] O COMEÇO DE UMA NOVA ERA!
por Azrael Ontem à(s) 16:35

» [MINI-Flame Spearrow] Os punhos da revolução
por Flame Spearrow Ontem à(s) 15:56

» [Mini-RodolfoA] Forjado no fogo - A história do ferreiro gigante
por Rimuru Ontem à(s) 13:48

» Hizumy Mizushiro Mayan
por ADM.Mephisto Ontem à(s) 13:07

» [MINI- Edward Westbrook] O Vazio
por killianakira Ontem à(s) 09:10

Facebook

------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG


Conheça o Fórum NS


Compartilhe | 
 

 Baharami Reijo

Ir em baixo 
AutorMensagem
ADM.Bowel
Administrador
Administrador
avatar

Créditos : 62
Warn :
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 28

MensagemAssunto: Baharami Reijo   Sab 23 Jun 2018, 16:27

~ PESSOAL ~


Nome: Baharami Reijo
Idade: 25 anos
Altura:1,92 m
Peso: 87 kg
Mão predominante: Ambidestro
Sexo: Masculino
Raça: Humano
Tamanho/Espécie: Normal
Origem: Malkiham Island
Localização: Wars Island
Grupo: Civil


~ ATRIBUTOS ~


(Começa com 10 pontos, BÔNUS RACIAL EM AZUL E BÔNUS DE EDC EM VERMELHO)

LEVEL: 1
EXP: 10/25
BERRIES: 50.000

HP: 44
SP: 62

DANO:1 +2 = 3
ACERTO:2 +2 +3 = 7
PONTARIA:0
ESQUIVA: 2+3 = 5
BLOQUEIO: 1+2 = 3
RESISTÊNCIA:1
PERCEPÇÃO:1+2 = 3
MANIPULAÇÃO:2+2 = 4
VELOCIDADE DE ATAQUE:3


KENBUN-SHOKU HAKI

Citação :
LEVEL: -X-
EXP DO PODER: 000/050
BUSOU-SHOKU HAKI

Citação :
LEVEL: -X-
EXP DO PODER: 000/050

~ ESTILOS DE COMBATE ~

Citação :
• Estilo de Combate: Espadachim
LEVEL DE COMBATE: 1
EXP DE ESTILO: ~PRIMÁRIO NÃO POSSUI EXP~

~ Perícias ~
Citação :

• Lábia
• Primeiros Socorros
• Toxicologia
• -X-
• -X-

~ Ofícios ~
Citação :
• (ofício)
• -X-
• -X-
• -X-
• -X-
• -X-

~ FAMA & REPUTAÇÃO ~

Photoplayer:
Photoplayer:
 
Alcunha:
Recompensa:
Citação :
LINK DOS JORNAIS:
~ AKUMA NO MI ~

Citação :
Nome:
Tipo:
Energia:
Bonificação:
~ EQUIPAMENTOS ~


• ARMA(S)
-Nome:
Bônus:
Dano:
Requerimentos:
Custo:

• CABEÇA
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

• TRONCO
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

• BRAÇOS
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

• MÃOS
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

• PERNAS
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

• PÉS
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

~ INVENTÁRIO~

(MÁXIMO DE 10W)

~ EMBARCAÇÕES ~

Nome:
Tipo:
Descrição:
Velocidade:
Número de tripulantes máximos acomodados:
Lotação máxima no transporte:
Número de ilhas sem precisar reabastecer:
HP:
Canhões:

~ TÉCNICAS ~

• -X-
• -X-
• -X-
• -X-
• -X-

~ TÉCNICAS SUPREMAS~

• -X-
• -X-
• -X-


~ EXTRAS ~


APARÊNCIA: Reijo possui um cabelo negro e comprido, amarrado em um rabo de cavalo e um chapéu de palha "non-la", que evidencia um rosto fino porém com um sorriso belo, mostrando sempre um semblante calmo e um sorriso fácil. Seu corpo visivelmente esbelto e extremamente bem definido com músculos bem distribuídos em seus 1,92m de altura denota uma aparência de quem não parece ostentar uma força sobrenatural.


Os olhos do jovem mostram uma de suas características mais marcantes: de irís em fenda em coloração cinza e preto, dão um ar calmo e sereno ao jovem forasteiro. Embora alvo de poucas expectativas e muito julgamento precipitado por conta da sua aparência, onde parece ser sempre relaxado, bêbado, uma pessoa que não é de se levar a sério, seu rosto também acompanha uma barba rala e desleixada, mostrando que o mesmo não liga muito para sua aparência. Seu sorriso é muitas vezes aberto sem o mínimo motivo, como se estivesse achando graça de tudo, o tempo todo, algo que atenua o mistério envolta do rapaz.

Reijo ostenta uma vestimenta um tanto quanto peculiar para a maioria. Usa um Shihakusho preto, sem mangas, que ia até o final de suas pernas com a cintura amarrada em um laço verde água com as pontas brancas. Por cima, utiliza um sobretudo branco, com detalhes pretos, no qual tem mangas. E por ultimo, o que mais chama atenção por onde ele passa, é sua vestimenta como se fosse um roupão rosa com detalhes, no qual Enzo não veste as mangas, deixando somente sobre seu corpo. Nos pés o mesmo utiliza uma sandália simples, fácil para lutar e correr.





PERSONALIDADE: Há algumas palavras que definem o Reijo dessa história: Leal, desleixado, confiante, zombeteiro, malandro, divertido, alegre, determinado. São alguns poucos exemplo que posso resumir da personalidade feliz e descontraida de Barahari Reijo. Sempre com um sorriso no rosto, é como se o garoto nunca pudesse ser abalado por nada ou ninguém, tentando ser otimista e sendo um tanto quando presunçoso. Leal a seus princípios, leal a seus objetivos e principalmente a seus amigos, mesmo sendo um preguiçoso inverterado. O jovem é um protetor em potencial, mesmo com seu jeito descontraído e zombeteiro. Com a mesma facilidade que coloca sua vida em jogo para proteger, Reijo não sente a menor hesitação em tirar uma vida, sabendo que entre sua vida e a de outro, a sua é que é de mais valia, até porque sem sua vida não poderia paquerar mulheres, beber rum e fumar seu cigarro, tendo isso em mente, ele sempre que entra em uma disputa é para ganhar. Tem certos problemas para obedecer a superiores, preferindo fazer as coisas à sua maneira caótica de ser, mais não é por mal, é que Reijo sempre preferiu a liberdade ao comportamento preso dos outros.

HISTÓRIA:

HISTÓRIA DE BAHARAMI REIJO


Cap.1 O nascimento do Garoto Prodígio

Serena estendia a mão por entre a cortina de seu quarto enquanto perpassava o olhar para a entrada de sua casa. Ainda com dificuldades para se movimentar, a cama, sentia uma felicidade enorme ao perceber que o barulho que vinha de fora de sua casa, e que lhe havia tomado um ar de curiosidade se travada de Werd, seu marido.

Aquele provavelmente era um dos poucos dias em que ela não se esqueceria de nenhum detalhe. Todos aqueles momentos que haviam adentrado em sua vida há poucas horas seriam determinantes em sua vida. Dar a luz a uma criança era uma dádiva, acreditava ela, e, junto de seu marido, ela pretendia vivenciar esta dádiva por muito tempo.

Abrindo a porta do quarto sorrateiramente o Werd que acabara de chegar de uma pesquisa entrava no quarto tentando fazer o máximo de silêncio possível, com a alegria florindo sua face, enquanto ia de encontro a Serena, que estava ao canto do quarto, em sua cama.

Cuidadosamente ele colocava suas mãos por entre o corpo do bebê que estava no colo da sua esposa, e com um beijo em sua testa, sorria para ela e retirava o garoto de seu colo, devagar e meticuloso, cuidando para que o mesmo não acordasse.

- Ele é lindo Serena, já escolheu o nome dele? – O pai, agraciado pela beleza de seu primeiro filho, perguntava a mãe se ela realmente já tinha pensado em algo que, pelo que parecia, já haviam discutido muito, e não haviam chegado a resposta alguma.

- Sim amor, pensando como seria meu garoto eu decidi chamá-lo assim mesmo, Reijo! Interessante não? – Um breve sorriso em conjunto com um olhar materno em direção a criança que estava no colo de Werd demonstrava a afetuosidade da mãe pelo garoto que havia nascido há poucas horas.

- Reijo... Reijo... Realmente é um ótimo nome; Não é meu garoto? – A exemplo de sua esposa, Werd também olhava de maneira paternal para seu filho, perguntando ao mesmo sobre seu próprio nome.
De certa maneira aquele garoto mudara a vidas de duas pessoas, ao menos naqueles momentos, Werd e Serena, pai e mãe, estavam radiantes e contentes por dar a luz a uma criança. E por muito tempo esta alegria continuou dia após dia a vida daqueles dois não se resumia mais ao mundo pirata, e sim a criação de seu próprio filho, que recebia com muito entusiasmo toda a alegria que seus pais o passavam.


Cap.2 Descobrindo o Mundo Inexploravel

O primeiro olhar, a primeira tosse, o primeiro sorriso, a primeira limpeza, a primeira palavra, os primeiros passos, a paz e o amor que era cultivado dentro daquela casa era tão bom que fazia tudo passar tão rápido; Já se passavam dois anos e a vida para Reijo parecia tão maravilhosa. Todos os problemas que ele tinha não eram mais que um arranhão no rosto, um machucado na perna, a vontade de fugir de seus pais e conhecer o que tinha para fora de sua casa.

Ele estava sendo criado com toda cautela e todo amor disponível. Isso ajudou seus pais a perceberem que ele não se tratava de um garoto comum. Eles sabiam da excelência de um trabalho, e que, além disso, as novas gerações sempre vinham a surpreender à antiga, mas aquilo estava parecendo um pouco mais um caso de relato ao seu nome. Seria ele realmente um garoto prodígio? Essa era a pergunta que seus pais mais faziam ao ver o garoto entender os efeitos de ações complicadas, como fazer uma atadura, a facilidade de mexer com o pilão, o jeito que olhava para as plantas e manuseava-as com carinho, para aprender os venenos e cura-los, a forma que manuseava um bisturi.

Tudo isso pareceu complicado no começo, porém pouco a pouco os pais de Reijo se desdenhavam da dúvida e partiam para a certeza de que treiná-lo e ensina-lo como um Medico, mesmo que a pequenos passos, seria o melhor para ele e para a própria família.

Durante estes meses de treinamento os pais despendiam poucas horas de Reijo, porém tratavam de assuntos de cunho de suas profissões de Médicos e pesquisadores, particularmente, onde desenhavam através de palavras toda a história. Lendas sobre como foi criado o mundo, o surgimento dos primeiros países e ilhas, a busca destes países por movimentos militares e a fundação das primeiras vilas, dentro dos países, eram contadas a Reijo, com o objetivo de inseri-lo ao mundo inexplorável de uma maneira regular, mas que ele pudesse entender o que era aquele mundo em que seus país viviam, afinal de contas tanto pai como mãe eram médicos, e em segredo, seu pai foi um grande marine e sua mãe uma pirata, ele especialista em medicina e ela uma grande utilizadora de venenos.


Ao completar seus 10 anos de idade, os pais de Reijo decidiram explicar todas as complicações de um mundo onde o poderio da marinha x piratas dominava grande parte do comércio mundial, podiam estar errados em explicar isso a ele, porém mesmo assim Werd e Serena, em consenso, o fizeram. E não estavam errados, não ao menos pela facilidade do pequeno Reijo em analisar aqueles dados e realmente se interessar sobre o assunto que fazia seus pais ganharem a vida, o caminho da medicina, um caminho que os dois se orgulhavam de ter traçado e que o jovem já estava se inserindo mesmo já demonstrando uma certa preguiça em obedecer ordens, gostando mais de mexer com venenos.

Cap.3 Aprendendo com espadas


Por se tratar de pesquisadores e médicos de renome na ilha, os pais de Reijo tinham como sua residencia, um local mais afastado da vila Malkiham Island, dentro de uma grande floresta. Por ter muito dinheiro e ser conhecido na cidade, fez Reijo virar um preguiçoso e mulherendo de primeira, fazendo seus pais começarem a ficar preocupados com a falta de responsabilidade de Reijo, mesmo com seu pai lhe ensinando a arte de espadas, Reijo trabalhava um pouco com seus pais, treinava por algumas horas e depois não era dificil encontra-lo, sempre acompanhado de garotas e bebidas, mesmo tendo seus 17 anos. Este era um dos poucos defeitos de uma linda criação que Werd e Serena davam ao seu filho. Reijo era mimado e superprotegido, fazendo assim que demorou mais 2 anos para eles tomarem uma decisão que deixou Reijo meio revoltado no inicio.

- Reijo, senta aqui comigo... SENTA AQUI! - berrava Werd já visivelmente esgotado com as atitudes de seu primogênito, ele havia tomado essa decisão já fazia algum tempo e era a hora de contar para seu filho, para aonde ele iria para Lvneel, o local aonde o mestre espadachim de Werd o havia treinado e é para lá aonde mandaria seu filho - Reijo, eu e sua mãe, conversamos e esta na hora de você aprender um pouco sobre responsabilidade e comprometimento, quando você concluir, se quiser voltar para nossa casa e assumir nossos lugares como médicos, eu ficaria muito orgulhoso, mas esta na hora de você crescer, você ira para Lvneel e aprender tudo que eu aprendi com o Mestre Kala e não adianta resmungar ou dizer que não vai, porque você vai essa noite - Werd se levantava lentamente da sua cadeira com um olhar sério e determinado, fazendo com que seu jovem filho entendesse que seu mundo iria mudar para sempre.

Cap.4 O Responsável



Repentinas mudanças na vida de Reijo aconteceriam, coisas que ele nem imaginaria, com algumas roupas sendo carregadas em sua mala, junto com toda sua prepotência e sua arrogância, faria com que o jovem rapaz aprendesse algumas coisas já nos primeiros meses. A rotina do nosso jovem aventureiro seria trabalhar na horta de seu novo Mestre,  o espadachim reconhecido por toda a cidade, o grande Kala. Ele treinaria na parte da manhã seu corpo, após o almoço ele meditaria. Treinaria com espadas de tarde e antes de dormir, seria obrigado a exercitar seu corpo com corridas. A vida tranquila que Reijo estava acostumado, regado de bebidas, cigarros e mulheres mudaria de uma forma que nem o mais otimista saberia.


Dizer que tudo foi um mar de provações seria um exagero, Reijo fez amizade com os outros dois discípulos, a jovem Delah, loira, alguns anos mais nova que ele e um pouco mais baixa que Reijo, com um par de seios que faziam Reijo se desconcentrar muitas vezes de seus exercícios. Junto dela, estava o irmão mais velho dela, Frith, era da altura e idade do jovem mimado, com uma habilidade incrível em utilizar duas espadas, se tornando o melhor amigo dele e parceiro para tudo.

Após dois anos de treinamento, Reijo já era reconhecido por suas habilidades, como também por seu temperamento calmo e divertido, não era dificil ver ele na cidade arrancando risadas em bares e com sua lábia extremamente afiada, conquistando mulheres, porém a mulher que ele aprendeu a amar e respeitar, era Delah, aquela que não dava brecha para o jovem galanteador.


Em um inverno rigoroso, um evento inesperado acometeu sobre o Dojo do mestre Kala, com o reconhecimento de suas artes pelo mundo a fora e seu principal pupilo já estar quase pronto para seguir seu caminho, uma das suas seguidoras mais queridas por todos, ficou doente, a querida e linda Delah.

- Frith, me desculpa cara. Sério, me desculpa mesmo. Eu poderia ter salvado a vida dela se eu tivesse aprendido mais com meus pais, a culpa é... minha! - Chorava Reijo nos ombros de seu melhor amigo, a saúde de Delah estava cada vez pior e ele sabia disso. Porém o que ele não estava preparado, era perder ela, por isso ele tomou uma decisão, que mudaria a vida dele e de todos ao seu redor para sempre.



Cap.5 Recomeço de uma nova direção

Quando completou 25 anos, Reijo sentia falta de sua amada, seu verdadeiro amor, ele continuava praticando com o Mestre Kala, porém sem seu melhor amigo Frith que já havia partido do Dojo para viver sua vida. O jovem garoto estava preso em sua lembrança da jovem amada e não queria abandonar seu Mestre. Mas tudo estava para mudar após uma conversa com Kala.

-A prisão não são as grades, e a liberdade não é a rua; existem homens presos na rua e livres na prisão. É uma questão de consciência. Você esta crescido o suficiente jovem Reijo, você deve aprender a viver sua vida e encontrar sua felicidade, você nasceu para ser livre meu filho - Aquelas palavras atingiram em cheio o jovem garoto, ele sabia que tinha que abandonar seu mestre para escrever a sua própria história, em homenagem a sua família, seu melhor amigo, seu mestre e sua amada falecida e acima de tudo, ele devia isso a liberdade que ele tanto queria.






~ VANTAGENS E DESVANTAGENS ~



(MÁXIMO DE 6 PONTOS GASTOS. TODOS COMEÇAM COM 2)



Vantagens:
• Ambidestro (Gasta 1 ponto)
Você possui um elevado nível de destreza manual, podendo executar tarefas com as duas mãos sem sofrer penalidades.

• Genialidade (Gasta 2 Pontos)
Você é algum tipo de super gênio. Consegue aprender coisas com extrema facilidade, memorizar e resolver diversos tipos de padrões. Um personagem com essa vantagem pode aprender perícias em todas as aventuras (respeitando o limite de perícias por Level) e podem comprar todas elas, ao invés de aprender da forma tradicional.

•Temperamento Calmo (Gasta 1 pontos)
Você é naturalmente calmo e dificilmente perde o controle; fazendo o seu personagem ser um mestre ao lidar com situações tensas e de difícil resolução.

• Aparência Inofensiva (Gasta 2 pontos)
Por algum motivo você não parece perigoso. Talvez pareça pequeno, fraco ou covarde. Talvez seja um bichinho fofo, um vovô barrigudo, uma menininha segurando pirulito... Você define o motivo. Os benefícios dessa vantagem podem ser vários, como por exemplo entrar em lugares protegidos sem levantar suspeitas ou enganar pessoas para atingir os seus objetivos. Lembre-se que não é possível ter "Aparência Inofensiva" e "Monstruoso" ao mesmo tempo.

Desvantagens:
• Sedutor Incorrigível (1 ponto)
Você não consegue resistir a fazer tentativas casuais para seduzir qualquer um que encaixe em seus critérios de perfeito parceiro sexual, mesmo que você possa não querer ter um relacionamento sério (ou qualquer relacionamento). Porém isso não significa que você é um bom sedutor.

• -Vício (Ganha de 1-3 pontos) - Nicotina
Você é viciado em alguma substância que precisa estar presente no seu sangue. Desde álcool, nicotina, açúcar, drogas pesadas e até alimentos ou compostos mais simples. Sempre que você viola o vicio, além de não receber o EXP das páginas em questão, o personagem deve arcar com as consequências da abstinência, que varia de acordo com o seu grau de vício. Há três graus, quanto mais pontos de desvantagem você está disposto a receber, em menos tempo precisa saciar seus vícios:
2 pontos - 10 posts

• Distraído (1 ponto)
Você tem dificuldade para se concentrar em alguma coisa na qual não está muito interessado.


[/color]

[/font]
~ PERSONAGENS CONHECIDOS ~




PLAYERS:
 

NPC's Importantes:
 

NPC's Criados:
 

Link da Mini Aventura concluída ou da ficha antiga cancelada: http://www.onepiecerpg.com/t41914-mini-hildied-banhado-em-rum

____________________________________________________

Fala
Fala NPC
Ficha | Aventura



Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: Regras | Mudanças Importantes | Crie seu Personagem | Mini-Aventuras
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Baharami Reijo
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A Grande era dos Piratas :: Personagem e Mundo :: Arquivo de Fichas :: Civis-
Ir para: