A Grande era dos Piratas



 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Jhonnyssauro
por ADM.Mephisto Hoje à(s) 7:48

» [MINI-MAEL WATER] BEGIN
por pedrocchaves159 Hoje à(s) 3:18

» [MINI-PADRE] UM GRITO DE SOCORRO
por Padre Hoje à(s) 3:04

» [M.E.P] Mael Water - Begin
por Fanalis B. Ria Hoje à(s) 1:24

» [Mini - Peter] O Caos Rastejante.
por Nyarlatothep Hoje à(s) 0:46

» [MINI-Sr. Gomes] Teste
por FalkorBr Ontem à(s) 23:57

» Ahab
por ADM.Mephisto Ontem à(s) 23:37

» Sette Bello
por ADM.Mephisto Ontem à(s) 23:31

» [MINI-beyonder] Guangzhou, o monge bêbado
por Bread Ontem à(s) 22:40

» [MINI-Eshir Inferos] O preço de uma vida.
por Bread Ontem à(s) 22:23

» [Mini-Zeratul] Um Caminho Tortuoso
por Zeratul Ontem à(s) 21:43

» [MINI-Akira Saber] Uma aventura congelando,Fernand Ice Island
por Joker299 Ontem à(s) 21:32

» [MINI-Flame Spearrow] Os punhos da revolução
por Flame Spearrow Ontem à(s) 17:12

» [Mini-AoYume] Princesa, pirata, uma lua prateada sob o sol
por Fanalis B. Ria Ontem à(s) 17:06

» Fafnir Borax Greedfall
por ADM.Mephisto Ontem à(s) 12:09

» Shaanti Mochan
por ADM.Mephisto Ontem à(s) 12:05

» Aaron DeWitt
por ADM.Mephisto Ontem à(s) 11:57

» [MINI- Edward Westbrook] O Vazio
por killianakira Ontem à(s) 9:13

» { Mini - Shigenori } A aventura de um aspirante a marinheiro
por Galaxy Dante Ontem à(s) 6:54

» [M.E.P] Shigenori Cunningham
por Galaxy Dante Ontem à(s) 6:53

Facebook

------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG


Conheça o Fórum NS


Compartilhe | 
 

 Zonge

Ir em baixo 
AutorMensagem
Raizen
Administrador
Administrador
avatar

Créditos : 50
Warn :
Masculino Data de inscrição : 18/04/2011
Localização : Grand Line – 6ª Rota – Alabasta

MensagemAssunto: Zonge   Ter 3 Abr - 10:33

~ PESSOAL ~


Nome: Zonge
Idade: 20
Altura: 1,66
Peso: 64
Mão predominante: Direita
Sexo: Masculino
Raça: Humano
Tamanho/Espécie: Normal
Origem:  Wars Island - North Blue
Localização: Micqueot – North Blue
Grupo: Civil


~ ATRIBUTOS ~


(Começa com 10 pontos, BÔNUS RACIAL EM AZUL E BÔNUS DE EDC EM VERMELHO)

LEVEL: 1
EXP: 10/25
BERRIES: 50.000

HP: 44
SP: 62

DANO:  2 +2 = 4
ACERTO:  0
PONTARIA:  2 +3 +2 = 7
ESQUIVA:  2 +3 +2 = 7
BLOQUEIO:  0
RESISTÊNCIA:  2 = 2
PERCEPÇÃO:  0 +2
MANIPULAÇÃO:  2 +2 = 4
VELOCIDADE DE ATAQUE: 3


KENBUN-SHOKU HAKI

Citação :
LEVEL: -X-
EXP DO PODER: 000/050
BUSOU-SHOKU HAKI

Citação :
LEVEL: -X-
EXP DO PODER: 000/050

~ ESTILOS DE COMBATE ~

Citação :
• Estilo de Combate: Atirador
LEVEL DE COMBATE: 1
EXP DE ESTILO: ~PRIMÁRIO NÃO POSSUI EXP~

~ Perícias ~
Citação :
• Acrobacia
• Corrida
• Intimidação
• -X-
• -X-

~ Ofícios ~
Citação :

• -X-
• -X-
• -X-
• -X-
• -X-

~ FAMA & REPUTAÇÃO ~

Photoplayer:  
Spoiler:
 
Alcunha:
Recompensa:
Citação :
LINK DOS JORNAIS:
~ AKUMA NO MI ~

Citação :
Nome:
Tipo:
Energia:
Bonificação:
~ EQUIPAMENTOS ~


• ARMA(S)
-Nome:
Bônus:
Dano:
Requerimentos:
Custo:

• CABEÇA
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

• TRONCO
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

• BRAÇOS
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

• MÃOS
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

• PERNAS
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

• PÉS
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

~ INVENTÁRIO~

(MÁXIMO DE 10W)

~ EMBARCAÇÕES ~

Nome:
Tipo:
Descrição:
Velocidade:
Número de tripulantes máximos acomodados:
Lotação máxima no transporte:
Número de ilhas sem precisar reabastecer:
HP:
Canhões:

~ TÉCNICAS ~

• -X-
• -X-
• -X-
• -X-
• -X-

~ TÉCNICAS SUPREMAS~

• -X-
• -X-
• -X-


~ EXTRAS ~


APARÊNCIA:

Uma espécie de topete surge no topo de sua cabeça, enquanto que as laterais são levemente raspadas. Seus olhos são azuis como o mais puro dos lagos. Sua translucidez refletem sua alma gentil, que por vezes balança com seus sentimentos. Seu cabelo é castanho e sua pele clara, porém, por vezes marcada com os “roxos” e ferimentos de seus “passeios por aí”. Apesar de não muito alto, é bastante esguio. Sua musculatura é flexível devido aos treinos que teve. Costuma andar comas mãos enfaixadas. Não que haja motivo, apenas por fazer parte de seu estilo, assim como suas plaquetas de identificação, possuindo apenas seu nome e tipo sanguíneo. Sua voz é de fato impressionante. Melodiosa ao passo que vibrante. Costuma preencher os ouvidos de todos ao seu redor, chega a ser quase impossível não querer dar atenção a ele.

PERSONALIDADE:
Sua personalidade é vibrante e cativante, costuma atrair a atenção das pessoas, seja para bem ou para mau. Apesar de ser alguém que costuma galantear donzelas, é bem raro não o ver nervoso quando chega em algum passo mais adiante. Costuma lembrar de seu passado como "tempos melhores". Na maior parte do tempo apresenta um comportamento alegre e brincalhão, porém, quando está sério, sua presença cresce e sua alma se torna torvejante, agindo por vezes como se um imperador fosse. Acontecendo o mesmo em lutas.

HISTÓRIA:
De que modo é a melhor forma de contar sua própria história? Seria um diário largado com algumas páginas rasgadas com os segredos quem nem mesmo sua mãe iria perdoá-lo se soubesse? Uma espécie de conto de fadas cheio de explosões e efeitos sonoros enquanto está uma seleta clientela com atentos ouvidos protos para ouvir e julgar o que seria uma lorota ou realidade? Acho que uma forma de relato talvez fosse mais interessante, então vamos lá.

Marco #00
Lentamente o homem se aproximava e com delicadeza e ao mesmo tempo voracidade avançava em direção a seu objetivo. Uma jovem dama logo a sua frente pouco podia fazer para lutar contra as intenções do homem, não que ela tivesse vontade para tal. Os dois de acordo e com suor escorrendo de seus corpos, sendo aquele breve momento que definiria a formação de uma nova existência. Alguém que estaria fadado a tristezas. (Mas quem realmente não está?)

Marco #01
Em um bairro onde apenas os mais fortes conseguiam “sobreviver”. Era um lugar onde realmente onde era matar ou ser morto. Desde pequeno já entendia que era necessário ser forte. Coisa que nunca pude dizer ser. Para a minha sorte sempre fui um ótimo corredor. Bem é como diz o ditado. “Se não pode com um problema. Corra o mais rápido que puder!” Vez em quando a gente ainda podia bater uma boca fazendo ameaças ou simplesmente gritando pra ver se dava certo. Minha habilidade em correr logo acabou chamando a atenção de gente com quem a gente não se metia. Pra falar a verdade era aquela gentalha que ninguém se atrevia a chegar perto porque sabia que nada de bom sairia dessa relação. Bem, nem preciso dizer que acabou dando ruim pra mim. Essa galera sempre sabe das coisas e sempre estão precisando de gente que faça o trabalho sujo por eles. No meu caso era entrar, pegar ou deixar alguma coisa e sair e por vezes, quando os paisanos não queriam entregar, umas ameaças e intimidações rolavam, tudo sem que os tiras me apanhassem. É, houve uma época em que eu estive do outro lado da lei. Antes que me julguem, deixa eu explicar melhor. Lembra que mais cedo eu falei daqueles dois? Então. A mulher foi morta por eles e o homem acabou sendo deixado como “garantia” para que eu me mantivesse na linha.

Marco #02
Nunca me enturmei direito com aquela galera. Pra falar a verdade na maioria das vezes eu só ficava caladão na minha, só ouvindo o que eu precisava fazer e esperava o horário pra fazer. Acabei conseguindo fazer um pé-de-meia dos serviços prestados. Eles acreditavam que o melhor jeito de me fazer ser útil era me “pagando” pelos serviços para que eles fossem melhores executados. Não vou mentir que isso acabava me “animando” um pouco para fazer. O motivo para esse ser o segundo marco, não era só para marcar que eu já não era mais um garoto, mas também acabou que uma espécie de equipe ou time, seja lá como você queira chamar desmantelou o negócio da gentalha. Sorte a minha. Não precisava mais trabalhar para aquela gente maluca. O problema era, como eu ia tocar a vida daquele ponto em diante. Querendo ou não eles eram minha renda. Ah, esqueci de falar, meu velho foi, como dizem, “espancado até a morte com um taco de baseball”. Algo bem normal pelas minhas bandas. Continuando, como eu ia continuar? Bem a resposta foi simples. Me juntei àquele time, um grupo de mercenários que faziam trabalhos por dinheiro. DINHEIRO PRA CARAMBA!! Na minha primeira missão levei 3 tiros, mas nunca vi tantas verdinhas de uma única entrega. Não vou dizer que o que fazíamos era ilegal, mas também não acho que fazia parte de alguma regra, já que muitas vezes nossos contratantes era o próprio governo. Estranho, né? Okay. Agora eu já sabia correr, atirar e fazia parte de uma equipe bacana que eu fazia parte como membro e ganhava uma boa grana, o que mais eu poderia querer?

Marco #03
Por alguns anos fiz parte daquela equipe. Lá eu já conseguia ser mais falante. Eu me sentia bem à vontade com aquela galera. Cheguei a me abrir com alguns caras. Tudo na irmandade. A gente levou muita bala junto pra não acabar criando uma relação. Eu era o mais novo, mas a carga era igual pra todos, assim como a grana. Me machuquei muito com eles. Cara, como eu me fudia não sei nem explicar. Sorte que o Doc sempre dava um jeito na gente. Alguns deles já tinham sido da marinha, outros do governo e outros ainda do Exército Revolucionário. Era uma galera da pesada especializada no que fazia e eu… Eu era o cara que corria. E como eu corria. Parecia o vento de tanto que eu ia de lá pra cá. Ainda me lembro como se fosse ontem quando estávamos disparando como idiotas as nossas armas enquanto eu corria com a mala de algum cientista nas costas. Mas como já era de praxe, a alegria acabou não durando muito. Por motivos de forças que não faço menor ideia de quem sejam. Sério, eu realmente não faço ideia, eles esqueceram de me contar. A equipe acabou se separando. Cada um foi para um lado. A grana que eu tinha juntado acabei gastando com energéticos e frango frito. Não vou dizer que acabei exagerando, mas acabei gastando demais. Tá, não foi só com comida… Também paguei por umas aulas em um circo pra impressionar uma garota. Cara que garota e também comprei um anel. Em resumo, no final das contas acabei só aprendendo umas estripulias, a garota espero um dia achar de novo.

Marco #04
Acho que é nesse ponto em que nos encontramos agora. Algo nem muito distante, nem muito perto. Aqui foi onde eu acabei viajando com o pouco dinheiro que eu tinha guardado para uma ilha diferente para quem sabe tentar a vida de novo. No geral é isso. Ah! E pra não dizer que não houve explosões nem nada emocionante. Meu bote por algum motivo acabou pegando fogo.

~ VANTAGENS E DESVANTAGENS ~

(MÁXIMO DE 6 PONTOS GASTOS. TODOS COMEÇAM COM 2)

Vantagens:
• Aceleração
• Noção Exata do Tempo
• Voz Encantadora

Desvantagens:
• Vício (Energético) – 2


~ PERSONAGENS CONHECIDOS ~


PLAYERS:
 

NPC's Importantes:
 

NPC's Criados:
 

Link da Mini Aventura concluída ou da ficha antiga cancelada: Here

____________________________________________________





Ficha l Aventura





Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: Regras | Mudanças Importantes | Crie seu Personagem | Mini-Aventuras



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Zonge
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A Grande era dos Piratas :: Personagem e Mundo :: Arquivo de Fichas :: Civis-
Ir para: